Blogs e Colunistas

O terror do 11 de setembro e os atentados contra a verdade

Fugindo do terror e da negação da realidade- foto Doug Kanter/AFP

O que aconteceu em 11 de setembro de 2001? Resposta simples e histórica: terroristas suicidas da rede Al Qaeda lançaram ataques nos EUA. Mas, como diz Christopher Hitchens, “é muito provável que aqueles que aceitam esta narrativa convencional são, pelo menos globalmente, a minoria”. Estamos, de fato, na era da desinformação, dos atentados às verdades mais elementares e da persistência das mais bizarras teorias conspiratórias, alimentadas na Internet.

A descrença no convencional sobre o 11 de setembro nestes dez anos não foi lugar-comum apenas no mundo muçulmano. Logo após os ataques, ganharam vida em todas as partes as bizarrices sobre um complô do governo americano e dos judeus (sempre eles). Havia a história que quatro mil judeus tinham sido alertados sobre os atentados e não apareceram para trabalhar naquele dia no World Trade Center, inicialmente publicadas no jornal sírio Al Thawra. Existem as fantasias detalhadas sobre o míssil que o próprio Pentágono disparou contra o Pentágono. Na França, o livro de Thierry Meyssan sobre a “mentira assustadora” do 11 de setembro foi best-seller, disparando esta fantasia sobre o míssil ou um pequeno avião investindo contra o Pentágono.

Arautos profissionais da paranóia na imprensa alternativa americana, de direita e de esquerda, se uniram para denunciar as tramas. Personagens folclóricos como o apresentador de rádio Alex Jones e o repórter conspiratório Michael Ruppert tinham certeza sobre os planos diabólicos do governo Bush para manufaturar os atentados. Tudo elementar: era preciso um pretexto para invadir o Afeganistão e o Oriente Médio, beneficiar a indústria petrolífera e de armamentos, forjar um estado fascista que suprimisse as liberdades civis e consolidar uma nova ordem mundial. Sacou? World Trade Center? Centro do Comércio Mundial.

Logo depois dos atentados, a maluquice popular nos EUA até que estava sob controle. Numa pesquisa no começo de 2002, apenas 8% acreditavam que o governo Bush, então muito popular, mentia sobre o que acontecera. Os números cresceram depois da guerra do Iraque diante do fato real de que o governo Bush, de fato, enganara sobre as armas de destruição em massa de Saddam Hussein. O número de céticos sobre a narrativa convencional dos atentados do 11 de setembro saltou para 16% em 2004. Escaramuças burocráticas em Washington e esforços do governo (como acontecem em qualquer governo) para acobertar ou minimizar suas falhas na prevenção dos atentados também alimentaram as teorias conspiratórias.

Políticos da ala mais esquerdista do Partido Democrata deram munição para os conspiradores e Michael Moore com o seu documentário Fahrenheit 11 de Setembro foi uma festa para os paranóicos ao martelar nas conexões da família Bush com a Arábia Saudita e o clã Bin Laden. Por volta de 2007, pesquisas revelararam que até 1/3 dos americanos duvidavam da narrativa convencional sobre o 11 de setembro.

O tempo passou, Bush esvaneceu e Barack Obama assumiu a presidência. O ódio a um presidente foi transferido a outro. Um parte dos conspiradores sobre a verdade do 11 de setembro (os “truthers”) inclusive migrou para a nova conspiração sobre as falsidades na vida daquele “queniano” que mentira sobre ter nascido no Havaí. Hoje “só” uns 10% dos americanos não acreditam que a rede Al Qaeda tenha sido responsável pelos atentados. Um alerta deve ser feito: o campo continua fértil para teorias conspiratórias, de qualquer gênero, em tempos de incerteza econômica nos EUA, falta de confiança nas lideranças políticas e um descrédito sem precedentes das instituições, a destacar o governo federal.

E já que não dá para ter um final feliz para esta história, vamos para o mundo islâmico. Uma pesquisa de julho do Centro Pew confirma que, uma década depois, existe ceticismo no mundo islâmico sobre os eventos de 11 de setembro de 2001. A maioria dos muçulmanos acha inconcebível que árabes tenham sido responsáveis pelos ataques (numa descrença que inclui vergonha para assumir a verdade, crença no pacifismo da religião, desconfiança na capacidade técnica de árabes realizarem os atentados, preconceitos, antiamericanismo e antissemitismo). Dos 19 terroristas suicidas, 15 eram sauditas, dois dos Emirados Árabes Unidos, um libanês e um egípcio. A pesquisa englobou sete países e os territórios palestinos. Em nenhum deles, sequer 30% aceitam que árabes realizaram os ataques. Pior, muçulmanos na Jordânia, Egito e Turquia estão mais céticos hoje do que há cinco anos.

Um dos dados mais preocupantes, aliás, é que esta pesquisa foi feita com a primavera árabe em curso. E no mesmo revolucionário Egito que derrubou Hosni Mubarak existe o nivel mais alto de negação da realidade, com 75% dos egípcios registrando sua descrença que árabes tenham sido responsáveis pela obra de destruição.

Eric Trager, um especialista em Oriente Médio da Universidade da Pensilvânia, passou alguns meses no Egito, fazendo pesquisas e seu relato sobre a percepção do 11 de setembro é desolador. Islamistas encampam este revisionismo sobre o terror, pois reescrever a história é fundamental para desviar a acusação de que sua ideologia motiva o assassinato em massa. O ex-guia supremo da Irmandade Muçulmana, Mehdi Akef, disse para o incrédulo Trager “que não existe o terror da Al Qaeda, é uma expressão americana”. Na narrativa de Akef, os atentados do 11 de setembro representaram um ataque americano contra o Oriente Médio e existe uma política islamista de autodefesa.

Líderes mais jovens da Irmandade Muçulmana gostam da tese que os atentados do 11 de setembro, por sua sofisticação, só podem ter sido obra da CIA ou do Mossad. Mesmo líderes seculares, socialistas ou liberais no “novo Egito” também negam a responsabilidade da Al Qaeda. Mustafa Shawqui, da Coalizão da Juventude Revolucionária, disse a Trager que se tratou de maquinação para dominação global por interesses imperiais. Até o vice-primeiro-ministro do governo provisório, Ali ElSalmy, pisou na bola. Homem educado nos EUA, integrante do governo Sadat nos anos 70 e ex-vice-diretor da Universidade do Cairo, ele disse “não ter certeza sobre quem foi responsável pelos atentados”.

Dez anos depois dos atentados do 11 de setembro, é preciso impedir novos ataques e ainda por cima estes atentados à verdade em países com ou sem primavera árabe.

***
A colher-de-chá madrugou. Vai para Ivanildo Terceiro (dia 7, 8:27), por trazer o material didático e visual da construção e desconstrução das teorias conspiratórias no 11 de setembro.

Deixe o seu comentário

Aprovamos comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais (e-mail, telefone, RG etc.) e links externos, ou que sejam ininteligíveis, serão excluídos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.

» Conheça as regras para a aprovação de comentários no site de VEJA

256 Comentários

  1. Ze ninguém

    -

    13/04/2014 às 21:46

    Prefiro acreditar que o O Sr. Caio Blinder utiliza-se da Ironia para passar informações preciosas para pesquisadores virtuais do 11 de setembro num canal de mídia proibido. Como ele já soubesse que pela matéria estar na Veja ninguém acreditaria nele e ainda teria várias informações preciosas para pesquisar e descobrir a verdade, ou parte dela. Seria um jornalista sério aprisionado nas grades da mídia corporativa pedindo socorro pela verdade?

  2. Déborah Sena

    -

    07/03/2014 às 9:31

    Eu acredito piamente que foi o governo dos EUA que arquitetou os ataques em 11/09/2001. Independente da minha opinião, posso apenas dizer que o texto acima não diz nada, sobre nada. É apenas um emaranhado de informações desconexas, justapostas num mesmo texto, sem qualquer coesão ou coerência. A mensagem que li acima foi, “don´t matter what”, foi a AL Qaeda e ponto final. Não importam as explicações científicas e até físicas que demonstram não ser de fato um atentado. O que importa é que o pvo árabe é mal , louco e fanático. Isso é o que o jornalista nos quer fazer acreditar. Mas desculpe, não somos americanos, fanáticos, alineados e bobos para acreditar no seu texto. Se é para levar a sério, quero uma reportagem deconstruindo com fatos, o que foi alegado pelo documentário Zeitgeist, ponto a ponto. Mas ressalto, com fatos, e não com argumentos de mero efeito que servem apenas para colocar criancinhas de berçário para dormir. Se a Veja fizer isso estará de fato praticando jornalismo sério. Senão é mais do mesmo, um festival de besteirol arranjado com palavras e frases de efeito para impressionar uma burguesia pseudointelectual.

  3. Paulo Monteiro

    -

    11/01/2014 às 10:44

    O filme A Família Adams, tem uma fala “Eu vi o horror, Eu vi o mau…”, quanto está pagando a este autor por esta matéria fraudulenta tendenciosa, creio que o autor pensa que o povo ainda esta na era das trevas, da total desinformação, primeiro quer dizer que somos todos alienados sequitario de conspirativistas envizeirados. Mas quero deixar aqui a posição de indivíduos comuns que esta realmente vendo a orquestração de governos delinquente, arbitrários belicoso que se importa de maneira nenhuma com as gentes de qualquer pais do mundo, sei que o que tentou fazer foi colocar poeira sobre o móvel pra tentar esconder a verdade que você mesmo conhece bem, quanto recebeu? Quanto esta matéria vale para os interessados é claro que minha fala não terá eco mas ACORDA o povo não esta mais na dormência na embriagues das grandes mídias que querem destruir a opinião e implantar a NOVA ORDEM MUNDIAL. Mas você autor precisa alimentar sua família não importa que pra isso alguns milhares de vida se percam. Lastimável!

  4. José Paulo Tomiello

    -

    19/12/2013 às 16:53

    Um perfeito trabalho de demolição controlada. Um motivo criado para justificar a invasão do Iraque para se apossarem das suas reservas petrolíferas. Uma infâmia muito bem ocultada com a ajuda das midias de massa e de profissionais como o autor da matéria. http://www.ae911truth.org/

  5. Prof. Baume

    -

    11/11/2013 às 2:04

    Os EUA são o país mais poderoso, a era de impe´rios continua em nosso mundo atual, capitalista, e por isso que problemas ainda existem, a desigualdade social, a fome, as mortes.

    Obviamente um impe´rio dominante não vai se expor como “mau”. Ele usará de seus recursos possíveis para ter créditos, mas a verdade é que não há sentimento pela vida humana unitária, tudo se baseia em números massivos e preservação do império.

    A História remonta a isso, e continua.

    Um país que massacra seu povo diariamente não sentiria “remorso” em alguns mortos no 11/09. As mortes só reforçaram a ideia de atentado.

    Esse Poder existe inclusive aqui no Brasil, PSDB e outros partidos, que se mantem no poder mesmo sendo tão rejeitados. Isso são alianças entre grupos fortes.

    O povo, simples, plebeu, faz parte dessa “realidade”, em uma segunda camada…inconsciente.

  6. Davi

    -

    09/11/2013 às 9:05

    “Só sei que nada sei”….mas se apenas 10% dos americanos duvidam que o governo pudesse atentar contra o próprio povo, eu que moro aqui no Brasil, diria o contrário!? Pra mim, soa incrivelmente excêntrico e de uma maldade sem precedentes, que um governante possa fazer tamanho mal contra seu próprio povo.

  7. joao

    -

    15/10/2013 às 18:02

    ALGUM INTELIGENTE PODE ME DIZER EM QUAL TRECHO DO TEXTO FALA SOBRE A MANIPULAÇÃO DOS EUA SOBRE ESSA REPORTAGEM ?

  8. Iassim

    -

    14/10/2013 às 23:50

    Ufa, que alívio constatar pelos comentários que nem todo mundo caiu nessa fantasia midiática.

    “Assistam ao Filme Zeitgeist” – apesar de algo superficial por se tratar de um resumão, é mesmo muito bom pra ‘ligar’ o cérebro.

    “como o senhor explica a implosão do prédio 7 ?”
    Blinder parece tão Cegoer no texto que nem duvido que ele nunca tenha ouvido falar nisso…

  9. Rafael Lima

    -

    10/10/2013 às 22:56

    Embora eu não concorde totalmente com o que foi dito, tenho admiração por Caio Blinder, por respeitar a opinião dos leitores. Ao contrário do que faz, por exemplo, o sr. Reinaldo Azevedo, o fascista que quer que sejamos como um robô frente ao seu programador.

  10. Lucas Arantes

    -

    25/09/2013 às 18:43

    Assistam ao Filme Zeitgeist

  11. Jose Lopes Rodrigues

    -

    10/09/2013 às 0:31

    cego nao e aquele que nao ve., e aquele que nao quer ver… SEM DUVIDA . 11 DE SETEMBRO E UMA GRANDE FARSA.

  12. EDSON

    -

    21/04/2013 às 13:54

    Impressionante como um texto tão bem escrito, por uma pessoa tão culta, tenta convencer os cidadãos a acreditarem numa mentira tão deslavada. É chamar todas as pessoas que leêm o artigo de tolas, ingênuas e ignorantes. Então, porque escrever tão bem.

  13. Jailson Augusto

    -

    20/03/2013 às 14:08

    Sr. Caio Blinder.

    O respeito por ter escolhido seu lado, mas não pela matéria tendenciosa. Qualquer investigação jornalística, por menos profunda que seja, não é capaz de trazer elementos que provem que não foi uma farsa.
    O número de falhas apontadas no vídeo “september clues” é tão grande que causa espanto. Mas entendo, vc faz pate de mídia que frequenta o “Bohemian Grove”

  14. Addos

    -

    03/02/2013 às 0:39

    Elvis não morreu, fez uma prástica veio para o brasil e formou uma dupla com o milionário, o homem não foi a lua, aquilo era o cenário dos teletubbies, a verdade está la fora…

  15. frc

    -

    21/10/2012 às 18:13

    Esses texto é simplesmente ridículo e sem base alguma, não foi a Al Qaeda. Bush e os Sionistas derrubaram as torres gêmeas, sem mais.

  16. Marcelo

    -

    20/09/2012 às 18:25

    Caro Caio Blinder,
    como o senhor explica a implosão do prédio 7 ?

  17. Paulo Roese

    -

    17/09/2012 às 20:35

    Não concordo com o termo teoria da conspiração.
    Não é uma teoria. O que se fez no 11/9 é um amontoado mal remendado de mentiras que quem não é completamente idiota ou zela por uma vida confortável em NY, não tem a menor dúvida de que foi algo organizado e/ou anuido por forças internas dos EUA.
    Quem tiver interesse em pesquisar comece pelo absurdo colapso da torre 7 e o testemunho de Barry Jennings, em seguida se informe sobre os mais de 1500 profissionais entre engenheiros e cientistas de todas as correntes que contestam explícitamente essa verdade que fizeram o mundo engolir, para depois irem atrás das “poderosas” armas químicas de Sadam…

  18. kleyton

    -

    13/09/2012 às 16:40

    Vocês acreditam que foram uns caras com uns canivetes que tomaram um avião com várias pessoas e derrubaram aqueles prédios tão resistentes?
    Cadê os pedaços dos aviões que cairam no Pentágono e daquele suposto que ia em direção a Casa Branca?
    Cadê as caixas-pretas? Se destruiram(uma das coisas mais resistentes do mundo) e pedaços de roupas, passaportes não?
    Vocês da Veja são como o resto da mídia mesmo.

  19. Gabriel Santiago

    -

    12/09/2012 às 10:18

    Acho , que o 11/09 foi uma farsa
    e acredito que as torres foram demolidas !
    e outra acho que a duvida em todos os casos é essencial !
    o edifico 7 caiu como estivesse sendo demolido
    e fora o negocio do pentagono ! que nao foi um boeing !

  20. fernando

    -

    17/08/2012 às 15:21

    estados unidos não invadiu o afeganistão por causa dos supostos atentados feitos pelo bin laden e sim por causa de petroleo,no iraque tanbem mas algumas coisas chamam atenção porque os estados unidos estavam tanbem interessados em riliquias que se encontravam nos museus do iraque e tanbem em algumas escavações feitas naquele pais??

  21. CAROL

    -

    05/08/2012 às 19:29

    É POR ISSO QUE GUERRA É TÃO MAL VISTA PORQUÊ MUITOS INOSCENTES MORREM E MAL SABEM POR QUÊ ESTÃO LUTANDO OU SEJA OS REAIS MOTIVOS E INTERESES NUNCA SÃO REVELADOS PRINCIPALMENTE QUANDO SE TRATA DE PODER E DINHEIRO PARA OS ESTADOS UNIDOS.isso realmente é muito triste meu DEUS.

  22. beto

    -

    06/07/2012 às 12:01

    Concordo plenamente com quem acha que foi uma estratégia para iniciar uma nova orden economica mundial. Se foi ataque terrorista porque só aconteceu no governo de Bush? Se a “Al Quaeda” é tão malévola e poderosa por que não fizeram mais atentados e esperaram tantos anos para isso? Ainda, como essas pessoas conseguiram invadir espaço aereo americano tão bem vigiado, fiscalizado e resguardado?Eu acho engraçado é que os EUA quando querem uma coisa parece menino mimado e ainda chama meio mundo para ajudar. Esse presidente da siria é um caba macho, tá sozinho mas não deixa o navio mesmo este estando afundando. Isso é honra, dignidade. As artimanhas americanas são baixas e feias e só buscam poder sem pensar na quantidade de civis que morrem com todo esse protecionismo. mesmo os herois de guerra americanos aqueles soldados que pareciam guerreiros estão decaindo e se manchando por causa dessas guerras sem fim. Quantos mais morrerão para os EUA, a inglaterra, a china e a Russia continuarem sendo potencia?

  23. Joãom Lourençom da Silva Netto

    -

    12/06/2012 às 13:30

    Gostei muito do opúsculo do Sr Caio Blinde sobre os atentados de 11 de setembro. Gostaria respeitosamente coloca meu site http://www.jlourenco.com onde retrato com mais detalhes o 11 de setembro e ficarei muito honrado em recebe não só sua visita como também de todos os internautas que estudam até hoje este atentado.

    Agradeço atenção e mais uma vez parabenizo pela excelente matéria

    João Lourenço da Silva Netto
    Advogado- Historiador – Escritor
    site: http://www.jlourenco.com
    e- mail: jlourenco@terra.com.br
    Nenhum problema, abraços, Caio

  24. leandro almeida

    -

    05/06/2012 às 9:27

    eu nao consigo achar nd porisso to perguntando aqui

  25. leandro almeida

    -

    05/06/2012 às 9:20

    oq e onus?
    as perguntas sao de um trabalho da minha escola 8serie
    Entao faça uma pesquisa, nao tenho tempo para ajudar, boa sorte, abs, Caio

  26. leandro almeida

    -

    05/06/2012 às 9:01

    mais da pra responde as perguntas?
    ate 12:00am
    Meu caro, o onus da prova esta com voce, eu nao preciso responder, e realmente nao é praxe voltar tao atras em colunas, converso com leitores a respeito das colunas da semana, abs, Caio

  27. leandro almeida

    -

    04/06/2012 às 22:12

    da pra responder 5 perguntas ate amanha 12:00 am
    1)tema tratado no texto:
    2)como resposta aos atentados os eua invadiram o Afeganistão, segundo o autor qual seria o motivo da invasão:
    3)qual fator alimenta as teorias conspiratórias sobre o 11 de setembro:
    4)quais sao os reais interesses norte-americanos em relação ao oriente medio:
    5)as opinioes se dividem sobre a veracidade dos atentados do 11 de setembro vc acredita q realmente eles estejam associados a terroristas suicidas da rede al qaeda? justifique:
    da pra me ajuda a tira essas duvidas q tenho sobre esse tempo
    obg
    E com ultimato e dois nomes,hehehe, Leandro ou Marcelo, nem sei do que voce (s) esta falando, esta é uma coluna de setembro do ano passado, certo? Abs, Caio

  28. marcelo de oliveira

    -

    04/06/2012 às 22:06

    da pra responder 5 perguntas ate amanha 12:00 am
    1)tema tratado no texto:
    2)como resposta aos atentados os eua invadiram o Afeganistão, segundo o autor qual seria o motivo da invasão:
    3)qual fator alimenta as teorias conspiratórias sobre o 11 de setembro

  29. Rod

    -

    30/05/2012 às 13:50

    Para mim não existem provas cabais de que os atentados de 9/11 tenham sido um “trabalho interno”, contudo, não duvido nada esta possibilidade. Por exemplo é mais do que provado que o real motivo das guerras fomentadas no oriente médio é o petróleo e não a luta pela “liberdade”. Acreditar na luta pela liberdade é realmente bastante infantil… Quantos soldados americanos pereceram em guerras? Em guerras onde a motivação oficial são claramente falsas? Ou seja, manutenção de vidas humanas não é o problema ou preocupação central. A partir deste ponto não fica difícil aceitar que possibilidades de consolidação das mais diversas atrocidades possam ser possíveis. A mídia oficial sempre engana e mente, em nome da “elite” político-econômica. Procure por exemplo no youtube o vídeo intitulado “Libya and Gaddafi – TRUTH NOW!”. O vídeo não trata de teorias conspiratórias, trata de fatos reais sobre uma conspiração totalmente factível e concreta. O mundo é feito de palhaços, deprimente ….

  30. walter

    -

    09/05/2012 às 18:52

    No meu entender até uma criança de 8 anos sabe o que ocorreu em 11 de setembro.Eu acreditava que para trabalhar na veja precisava ser muito inteligente,mas depois deste texto vejo que não é preciso.

  31. walter

    -

    09/05/2012 às 18:48

    Muito bla bla bla e pouca análise da situação real.Texto fraco apelando para a baixaria ( ex: bizarras teorias conspiratórias, alimentadas na Internet) tentando ridicularizar posicionamentos no meu ver vazem um grande sentido.Porque não analisa as tais teorias bizarras no texto então?Tem medo da verdade?

  32. Renan

    -

    09/05/2012 às 17:33

    Esse Caio Blinder passa o texto inteiro dizendo q é ingenuidade acreditar que foi uma farsa. Mas ele não explica pq, não apresenta falhas de argumentação dos que não acreditam, não se justifica.

    O Caio Blinder tem uma opinião superficial sobre um assunto que merece atenção, e é responsável por promover uma mídia burra.

  33. gaborul

    -

    28/11/2011 às 9:27

    vc deve ser um garotinho muito ingênuo, em acreditar nessa farsa toda que foi o 11/09 tá na cara que foi armação, não dos eua que já não existe desde a década de 30, mas sim da america corporativa que pertence ao cartél de banqueiros internacionais, e é tão gritante as relações das familias bush e ladein e as pessoas envolvidas na adm do complexo que é um bush, bem como o seguro que indenisaria em caso de ataque terroorista e mais a ausencia de forsa de defesa no dia 11/09 depois do 1º avião se chocar, terroristas que sobreviveram a explosão do boing estando dentro do mesmo, uma mentirada sem tamanho isso tudo como pretexto para se fixar no oriente médio e se apoderar do petróleo da região… me ingana que eu gosto!

  34. agnaldo

    -

    26/11/2011 às 17:43

    “Tempos de incerteza econômica”,deste momento em diante nem Europa e nem Eua se levantarão novamente. O capitalismo gera o seu próprio coveiro…Assistam Zeitgeist.

  35. Tiago

    -

    23/09/2011 às 18:44

    O que aconteceu com a torre no. 7?

  36. Karlos Santos

    -

    19/09/2011 às 7:30

    O colunista continua total e absolutamente desinformado (ou é apenas credulidade?) sobre as mentiras do sr. Obama. Certamente ele não lerá a verdade no NYT ou no WP. Se o colunista fugisse um pouco, como os americanos, da grande imprensa, obamista em sua totalidade, pararia com esta prova de desinformação. Em sua “inocência”, vá lá, o jornalista recusa-se a acreditar no óbvio: se Obama não tivesse um grande interesse em esconder dados constantes de sua certidão já a teria mostrado faz tempo e não teria trocado a que mostrou por uma imagem de menor resolução. Mas isto é simples lógica…

  37. alberto santo andre

    -

    14/09/2011 às 21:47

    um colega meu ,professor de matematica ,na universidade brasileira ,melhor colocada no ranking mundial, [posicao 260]apesar dos esforcos feitos pelos pseudos professores da apeosp, para que a mesma continue caindo posicoes,em conversa me disse que infelismente a populacao mundial esta se emburrecendo,e muito embora com muitomais informacoes e facilidades de aprendizado, ,e estes comentarios sobre o atentado de 11de setembro, como sendo uma farsa so vem confirmar o que ele disse.
    Caro Alberto, confirma, abs, Caio

  38. Smurf

    -

    13/09/2011 às 13:02

    Os maiores arsenais nucleares e de destuição em massa estão nos E.U. e continuam sendo desenvolvidos.Quem acredita que os nucleares vão desistir de seus arsenais ou são ingenuos ou agindo de má fé! O que falta para denunciar os E.U. pelo genocidio nuclear contra duas cidades japonesas;as bombas napalm no vietnan; os genocidios provocados no Iraque e Afeganistão; a conivencia com as mortes e torturas a regimes ditatoriais pelo mundo?

  39. Sanaa

    -

    12/09/2011 às 21:36

    NAO ME RESTA DUVIDAS..BUSH FOI O RESPONSAVEL PELO ATENTADO DE 11/09.E É CLARO,FAZ DE TUDO PARA QUE AS ATENÇOES FIQUEM VOLTADAS PARA O ORIENTE E SAIR LIMPO DAS TRAMOIAS!FAZEM CAMPANHAS,FALAM DE PAZ E PORQUE NAO DEIXAM DE CESSAR FOGO CONTRA O IRAQUE E O AFEGANISTAO?

  40. debinha

    -

    12/09/2011 às 15:02

    Pronto…

    Agora – vou aos píncaros da civilização pra me fazer compreendida:

    Não apele pra forma – se atenha ao conteúdo. E não me venha com essa de que sem a forma não se chega ao conteúdo. Vc tem forma e prova irrefutável que as duas coisas não se coadunam.

    Seus posts tem a profundidade de um esgoto.
    Moça fina, abs, Caio

  41. debinha

    -

    12/09/2011 às 13:49

    Fabianooo,

    Pois é, vou ler os comentários do Caio e fora juízo de valor – não encontrei uma constestação coerente e válida.

    Fazer o quê? Cada um – dá o que tem.
    Cara Debinha, antes de tudo, vou dar uma aula de português. Imagino que você já tenha lido os comentários e não encontrou uma contestação coerente. Abs, Caio

  42. daniel

    -

    12/09/2011 às 13:41

    Caio, você tem muita paciência parabéns! Eu não teria disposição para dialogar pelo menos sem chamar cada um desses crentes da conspiração ou como eu chamo “teoria da imaginação” de idiotas medíocres estúpidos, você citou o Christopher Hitchens e eu vou colocar aqui um texto do Richard Dawkins que no fundo trata desse mesmo assunto, só que em relação ao criacionismo e a evolução. Do jeito que esses babacas são atrevidos não duvido que no futuro ganhem ainda mais apoio de figuras públicas, organizações e queiram que seja ensinado em escolas nas aulas de historia, a teoria “alternativa” sobre o que aconteceu em 11 de setembro.

    Trecho do primeiro capitulo do livro O MAIOR ESPETACULO DA TERRA: AS EVIDENCIAS DA EVOLUÇAO

    “1. Apenas uma teoria?

    Imagine que você é um professor de história romana e de latim, ávido por transmitir seu entusiasmo pelo mundo antigo — as elegias de Ovídio e as odes de Horácio, a enxuta gramática latina exibida na oratória de Cícero, a refinada estra¬tégia das Guerras Púnicas, a talentosa liderança bélica de Júlio César e os excessos voluptuosos dos últimos imperadores. É uma grande empreitada que requer tempo, concentração e dedicação. Mas continuamente você vê seu precioso tempo predado e a atenção de sua classe desviada por uma ululante matilha de ignoramuses (pois como especialista em latim você jamais cometeria o erro de dizer “ignorami”) que, com forte apoio político e especialmente financeiro, ronda sem tréguas, tentando persuadir seus desafortunados alunos de que os romanos nunca existiram. Nunca houve um Império Romano. O mundo todo surgiu pouco antes das gerações hoje vivas. Espanhol, italiano, francês, português, cata¬lão, ocitano, romanche, todas essas línguas e seus dialetos componentes brota¬ram de maneira espontânea e separadamente e nada devem a alguma língua pre¬decessora, como esse tal de latim. E você, em vez de dedicar toda a sua atenção à nobre vocação de estudioso e professor dos clássicos, é forçado a gastar seu tempo e energia na retaguarda, defendendo a proposição de que os romanos existiram, sim, senhor: uma defesa contra uma exibição de preconceito ignorante que faria você chorar se não estivesse tão ocupado combatendo-a.
    Se minha fantasia do professor de civilização latina parece estapafúrdia demais, vejamos um exemplo um pouco mais realista. Imagine que você é um professor especializado em história mais recente e que suas aulas sobre a Europa no século XX são boicotadas, tolhidas ou perturbadas de outras manei¬ras por grupos bem organizados, generosamente financiados e politicamente fortes de negadores do Holocausto. Ao contrário dos meus hipotéticos nega¬dores de Roma, os negadores do Holocausto existem mesmo. São vociferantes, superficialmente plausíveis e sabem afetar erudição como poucos. Eles contam com o apoio do presidente de no mínimo um país atualmente poderoso, e em suas fileiras milita no mínimo um bispo da Igreja Católica Romana. Imagine que, como professor de história europeia, você continuamente se vê intimado a “ensinar a controvérsia” e conceder “igual tempo” à “teoria alternativa” de que o Holocausto nunca aconteceu e que foi inventado por um bando de sio¬nistas embusteiros. Intelectuais adeptos da moda relativista entram no coro, bradando que não existe verdade absoluta: se o Holocausto aconteceu ou não é uma questão de crença pessoal, todos os pontos de vista são igualmente válidos e devem ser imparcialmente “respeitados”.
    Os apuros de muitos professores de ciências atualmente não são menos terríveis. Quando tentam explicar o princípio central e norteador da biologia, quando honestamente situam o mundo vivo em seu contexto histórico — o que significa evolução —, quando exploram e explicam a própria natureza da vida, eles são acossados e barrados, aparteados, intimidados e até ameaçados com a perda do emprego. Na melhor das hipóteses, o tempo deles é desperdi¬çado a cada esforço. Muitos recebem cartas ameaçadoras de seus próprios pais e têm de suportar as risadinhas sarcásticas e os braços cruzados de crianças que sofreram lavagem cerebral. Os livros didáticos que lhes são fornecidos, sancio¬nados pelo governo, têm a palavra “evolução” sistematicamente obliterada ou abastardada para “mudança ao longo do tempo”. Já houve uma época em que tentávamos ridicularizar isso tudo como um fenômeno singularmente ameri¬cano. Mas hoje os professores britânicos e europeus continentais enfrentam os mesmos problemas, em parte por causa da influência americana, porém, mais significativamente, em razão da crescente presença islâmica nas salas de aula — favorecida pelo comprometimento oficial com o “multiculturalismo” e pelo terror de serem considerados racistas…

    …A evolução é um fato. Além de qualquer dúvida razoável, além de qualquer dúvida séria, além da dúvida sã, bem informada, inteligente, além de qual¬quer dúvida, a evolução é um fato…”
    Caro Daniel, muito obrigado. Toda razao sobre minha tolerância (embora eu fique cansado as vezes). Apenas pediria um favor: evitar estes textos muito longos. O ideal é dar o link do texto de um autor, abs, Caio

  43. Fabianooo Guimarães

    -

    12/09/2011 às 2:29

    Caro Caio, fiquei muito surpreso ao ouvir você dizer no Manhattan Connection que havia escrito sobre as teorias conspiratórias. Foi uma das poucas vezes em toda essa ampla cobertura que ouvi uma ligeira menção sobre o assunto. Algo que eu acho absurdo de não se tratar, nem que fosse para desmascarar as tais teorias. Absurdo não haver qualquer discussão sobre a existência das mesmas, visto que, como seu próprio artigo ressalta, é algo que tem cada vez mais penetração no público, contra todas as tentativas da mídia de ignorar essas questões. Contudo, decepcionei – me ao ler o que escreveu. Gostaria muito que ao invés de simplesmente tentar depreciar os argumentos de quem tenta colocar suas hipóteses através destas teorias, você viesse esclarecer e refutar os argumentos. Apresentar informações que pudessem fazer crer que realmente o que é dito por estes teóricos é uma grande baboseira. Mas, infelizmente, você não faz isso. E é por atitudes como essas e de toda a mídia – que faz de conta que essas teorias não existem – que quase somos obrigados a acreditar que, de fato, existe algo mais aí. Não aparece ninguém “com credibilidade” e contra – argumentos que se preste a investigar e apontar o porquê as teorias são absurdas. Diferentemente, os teóricos das conspirações apontam cada vez mais detalhes de como a “estória oficial” não convence. Deixo algumas sugestão de fontes, caso ainda não conheça:
    http://video.google.com/videoplay?docid=2361717427531377078
    http://www.911inplanesite.com/
    http://video.google.com/videoplay?docid=7866929448192753501
    http://www.loosechange911.com/
    Fabiano, voce é uma pessoa que parece educada e cortês, please caia na real, abs, Caio

  44. Filipe Santos Oliveira

    -

    12/09/2011 às 1:04

    Também recomendo http://www.skepdic.com/911conspiracy.html
    Vale a pena a leitura!

  45. Filipe Santos Oliveira

    -

    12/09/2011 às 1:00

    Recomendo também o seguinte link rebatendo tais teorias http://www.skepdic.com/911conspiracy.html
    Triste ter que gastar um tempinho do Domingo em discussões em redes sociais sobre isso,mas…a pesquisa valeu e pena,aprender vale a pena!

  46. Vanessa Aline Schunke

    -

    11/09/2011 às 17:05

    Negação igualmente espantosa é a de que o Holocausto, por exemplo, nunca aconteceu: que 6 milhões de judeus não foram dizimados nos campos de concentração. Por outro lado, uma visão sarcástica das conspirações governamentais pode ser apreciada no excelente “Mera Coincidência”, com Dustin Hoffman e Robert De Niro

  47. maysvalya

    -

    10/09/2011 às 21:55

    O clima dos discursos oficiais teve um tom emocionado. Com voz amena e olhos baixos, George W. Bush, presidente à época dos atentados, usou parte de seu discurso para reconstruir o ocorrido dentro da aeronave. “Quando a democracia americana estava ameaçada, os 40 passageiros tomaram sua decisão votando. Sua determinação lhes custaria a vida e eles sabiam isso. Muitos ligaram para suas famílias para se despedir. E, com sua coragem, eles venceram a primeira batalha da guerra contra o terrorismo”, narrou. “Nós todos temos a obrigação de servir a uma causa maior do que nós mesmos, os passageiros do voo 93 deram o exemplo. Os Estados Unidos nunca esquecerão que nesse campo da Pensilvânia aconteceu um dos atos mais corajosos da história americana”.
    REALMENTE UM HIPÓCRITA, VEZ QUE NA VERSÃO DELIRANTE DO MARXISTA RENHIDO, O BUXI MANDOU MATÁ-LOS.

  48. Fabricio Juliano

    -

    10/09/2011 às 20:15

    Imaginem se todos os familiares das centenas de milhares de vítimas dos ataques da OTAN em retaliação (vingança), alguns desses ataques tidos por alguns como “intervenções humanitárias”, imaginem se todos esses, que eram próximos das vítimas, planejassem a “retaliação”, se todos esses fossem se vingar….imaginem…tentem se imaginar na pele do outro. Bombas “inteligentes”, tropas de elite, armamento de ultima geração que mataram milhares de crianças e famílias, esses sim verdadeiramente inocentes. Tentem imaginar uma igualdade do ser humano, e após essa difícil tarefa, tentem imaginar sua família morta pela “justiça” ocidental. Nada bom surgirá disso tudo, e essa é a única certeza.
    É a sua imaginação, caro Fabricio. Nao entendi muito o que a Otan, com mandato legitimo deveria ter feito depois do 11 de setembro.Nao sei de você, mas eu fui atacado naquele dia por terroristas, eu como integrante da sociedade humana, abs, Caio

  49. carlos cezar

    -

    10/09/2011 às 20:01

    Caio, apenas para finalizar o assunto, acho que não me expressei corretamente no último comentário. Eu queria dizer que, entre dois povos tão antigos, com cinco mil, seis mil anos de tradição e cultura, podem surgir muitos desentendimentos devido à essa longa existência. Talvez haja ressentimentos dos egípcios em relação aos israelenses, nesses últimos trinta anos, por exemplo, por causa do Mubarak e a política de aproximação com Estados Unidos e Israel. Essa política se resume numa ditadura que muitas vezes se mostrou brutal e opressora para calar a voz dos opositores.
    Abs.
    Caro Carlos, nao vou voltar cinco mil anos na historia, apenas uns 50, quando havia um presidente egipcio chamado Nasser que prometeu jogar os israelenses no mar, nao havia ocupacao da Cisjordania por israel, era ocupada pela jordania, nao havia ocupacao de Gaza por Israel, ocupada pelo Egito e no entanto estava ai o tal do ressentimento contra Israel e os judeus, que alias precisaram fugir do Egito depois da ascensao ao poder do Nasser, abs, Caio

  50. Carmem

    -

    10/09/2011 às 19:51

    Oi Caio,
    Pior q as conspirações é aturar os q dizem que os atentados serviram aos interesses dos EUA, e quando vc pergunta- Onde? – eles respondem, haaa mas não deu certo.
    É mole?
    abs
    Carmem, nunca é mole com este pessoal, abs,Caio

  51. Carmem

    -

    10/09/2011 às 19:35

    “Gostei demais do comentário da marcia costa – 10/09/2011 às 15:40.”
    .
    Eu gostei de todos os três!
    abs Marcia.
    Gostei tambem, pessoa muita educada, assim que eu gosto, abs, Caio

  52. Carmem

    -

    10/09/2011 às 19:31

    “SE O PLANO DER CERTO, PALMAS PRO HUSSEIN.
    SE DER ERRADO CULPA DOS ELEFANTINHOS.”
    .
    Só se os elefantinhos não aprovarem nada. O Krugman fez uma provocação, jogou uma isca, vamos ver se os elefantinhos não mordem. Chato aprovar um plano que até o Krugman acha razoável…
    O plano não é ruim mas dificilmente dará algum resultado até as eleições, o problema dos elefantinhos é conseguir um candidato decente.
    abs
    .
    Caio, só queria avisar ao pessoal q o próximo Manhattan Connection vai ser AO VIVO!!!!! Oba!!

  53. Fabricio Juliano

    -

    10/09/2011 às 18:52

    Brasileiros não são considerados ocidentais, América Latina não é ocidente, não pensem que a localização geográfica é o que define isso. Não é porque alguns países da África estão do lado “ocidental” do mundo, que quem ali vive é ocidental, o mesmo vale para os latinos…colônias a parte, o nível de desenvolvimento é o que define o termo.

  54. Lucas

    -

    10/09/2011 às 18:00

    Gostei demais do comentário da marcia costa – 10/09/2011 às 15:40.
    Já vi inúmeras pesquisas e documentários mostrando o quanto a população prefere a presença americana do que a maldade do talibã.
    Isso é para alguns anti-sempre-americanos sofrerem.

  55. Rodrigo

    -

    10/09/2011 às 17:58

    Caio, uma revista duvidosa como a Carta Capital estampa na capa que Bin Laden venceu. Nela se fala em xenofobia, insegurança e declínio americano. Até o Pat Buchanan já perguntou se haverá América em 2025, “Suicide of a Super Power”.

  56. carlos cezar

    -

    10/09/2011 às 17:02

    Prezado Caio, até eu, um pobre coitado ocidental, já me tornei antisraelense (em se tratando apenas dos israelenses que praticam terrorismo na Cisjordânia, jamais deixando de admirar o povo israelense como um todo). Então, o que dizer dos egípcios que foram amordaçados durante trinta anos por uma política favorável a Israel? E agora, quando vêem cinco de seus compatriotas serem assassinados por israelenses sem que ninguém seja punido? Você não está exagerando um pouco, fazendo de conta ignorar outros fatores que influenciam as revoltas, ao se referir apenas à possibilidade de que Israel será sempre um alvo no oriente médio independentemente de estar ou não praticando injustiças?
    Abs.
    O que é isso, Carlos, nao fale bobagem. Nenhum policial egipcio foi assassinado, houve um incidente na fronteira. Injustificavel é o que aconteceu na sexta feira quando um bando de arruaceiros invadiu a embaixada israelense no Cairo. É desolador, qualquer frustracao no mundo arabe o negocio é descarregar em Israel, santa paciencia, abs, Caio

  57. marcia costa

    -

    10/09/2011 às 16:01

    A sua coluna é a que traz embates mais interessantes e fundamentados entre os “internautas” da Veja, claro que alimentados pelo seu fairplay, inteligência e gentileza. Mas como já te disse uma vez, não entendo como podes apreciar um político tão oportunista e demagogo como o atual presidente dos EUA. No meu “sentimento” Obama tenta dividir os americanos com um discurso falsamente salvacionista, e numa época em que o mundo dito liberal aliado ao mundo árabe tenta destruí-los. E destruição é a palavra mais precisa. Deus queira que eu esteja errada e que os problemas internos americanos, a política e a economia, não sejam combustíveis para seus detratores.
    Agora fui, abraços.
    Cara Marcia, com fairplay respeito sua opiniao e com gentileza discorso de tanta aversão ao Obama, especialmente nesta sua avaliaçao sobre sua postura no Oriente Médio. Ele agiu levando em conta a realidade concreta e tentando se ajustar na medida possivel, preservando ideais e interesses da mais poderosa democracia do mundo, abs, Caio

  58. marcia costa

    -

    10/09/2011 às 15:40

    Ouvi uma interessante reportagem na CBN essa semana, a repórter comentava que a maioria da população do Afeganistão nem mesmo sabia do fato “11 de setembro”, mas perguntados sobre o porquê, então, da presença americana em seu país diziam aliviados que era para livrá-los dos talibãs. Contra todo cinismo, desinformação e acusações aos EUA, nada como a voz das verdadeiras vítimas.
    Yes, Marcia!!Abs, Caio

  59. marcia costa

    -

    10/09/2011 às 15:30

    Caro Caio, na minha opinião a invasão à embaixada israelense no Egito mostra bem a cara do que é esse tal movimento pela democracia no mundo árabe, que nada mais é do que a imposição da ideologia muçulmana contra os valores ocidentais. Na verdade, é o ódio à Israel e aos americanos que alimenta essa sanha revolucionária. O mundo está mudando para pior!
    Cara Marcia, como tenho dito há meses, existem perigos e oportunidades nestas revoluções, mas esta barbárie antisralense no Cairo me leva a rebaixar meu cauteloso otimismo, abs, Caio

  60. maysvalya

    -

    10/09/2011 às 14:24

    UM DOS NOSSOS MÁRTIRES, OU SERIA FALSO MÁRTIR, OU SERIA ELOGIO A UM CANALHA.
    Comissão da Verdade? O terrorista Carlos Lamarca foi admitido no panteão dos heróis, com pagamento de indenização e até promoção post mortem. Assim, foi adotado pelo estado brasileiro como homem de bem. A Comissão da Verdade pretende contar a VERDADE sobre, por exemplo, o assassinato covarde, com incríveis requintes de crueldade, do tenente Alberto Mendes Júnior, da Polícia Militar de São Paulo, comandada por aquele doce facínora? Contará a verdade sobre as 119 pessoas assassinadas (nomes, circunstâncias e assassinos aqui) pelos terroristas de esquerda?

  61. Frei Dr. Jonex Almeida, COSF

    -

    10/09/2011 às 12:37

    Paz e Bem!

    Ótimo comentario; Contudo o futuro da América é incerto no que tange as politica de emprego e renda. Devido ao fato que a Economia americano neste instante (dificil de acredita), esta de certa maneira atrelada a uma politica “barrista/feudo” dificultando o interesse maior; o povo americano para amaricano.
    De certa maneira é natural que tenhamos a evolução partenalista inclusa na cultura “barrista” americana; de que os problema advem apenas da economia sem breck. Mas, o que seria a economia de mercado por si só, sem auto-convalidação da economia/globalizada.
    -…então “bola pra frente”, por que atrás vem gente; a gente/meu Brasil brasileiro….
    …, bom é só.
    Paz e Bem, mas achei um pouco hermético o comentário, abs, Caio

  62. amauri

    -

    10/09/2011 às 10:24

    Bom dia maysvalya!
    Lendo declarações como etas colocadas por voce (dos iluninados, santos, sabedores do que é bom para o homem, desagregadores ‘no jargão esportivo’), chega ao ponto de retardar-me a digestão, copiando Nietzsche. abs

  63. maysvalya

    -

    10/09/2011 às 8:38

    E esqueci
    Go Sarah go
    Without Hoffa, hehehehehe

  64. maysvalya

    -

    10/09/2011 às 8:34

    O Hoffa hein caro Caio.
    Nesta te peguei hein?
    Faz um artigo, hehehe
    E já que falei dos idiotas, lembra do roteiro do Krugman, o imbecil já começou a vomitar suas asneiras.
    Você falou caro Caio de possíveis candidatos. O hussein é presidente, “so”me poupe.
    Você gosta do Pablo, porque ele é meio conservador, hehehehe
    Mas vamos ao moron.

    Com a cabeça em chamas
    O plano de Obama para gerar empregos é corajoso, mas é improvável que vire lei, graças à oposição republicana. E nada mais deve ocorrer para ajudar 14 milhões de desempregados
    10 de setembro de 2011 | 0h 00

    Paul Krugman – O Estado de S.Paulo

    THE NEW YORK TIMES

    Fiquei favoravelmente surpreso com o novo plano de Obama para criação de empregos, muito mais corajoso e melhor do que eu esperava. Não tão ousado quanto o plano que eu desejaria num mundo ideal. Mas se, de fato, for transformado em lei, provavelmente produzirá um forte golpe contra o desemprego.
    OU SEJA, CERTO ESTA O RA.
    SE O PLANO DER CERTO, PALMAS PRO HUSSEIN.
    SE DER ERRADO CULPA DOS ELEFANTINHOS.
    E “sua pataquada” É O PRESIDENTE SE MISTURAR COM PORCOS, OU NÃO?

  65. jorji

    -

    10/09/2011 às 8:04

    “A história da humanidade é a história das guerras”, como já dizia o meu grande amigo Winston Churchill, sempre será assim, existem sempre duas histórias sobre o mesmo acontecimento, a contada pelos vencedores, e aquela que não foi contada, a história dos perdedores, normalmente a verdade pouco interessa, eu tenho a certeza que boa parte do que estudamos nas aulas de história, não foram a verdade, e essas teorias conspiratórias do 11 de setembro realmente são um exagero, mas que temos vários exemplos de países que simulam e às vezes até matam a sua própria população só para incitar o povo a lutar contra determinados inimigos, isso sempre aconteceu. Mauricio, a distância que nos separa dos animais é 1,5% em relação aos primatas, eu sou um ser primitivo, eu sou um animal, mais irracional do que racional.
    Jorji, até que o comentário foi sofisticado para um primitivo, hehehe, embora excessivamente darwinista e hobbesiano, sorry, pelas citacoes, abs, Caio

  66. maysvalya

    -

    10/09/2011 às 7:48

    …President Obama needs union votes to win re-election. Therefore, he did not condemn Hoffa’s over-the-top rhetoric even though he campaigned for verbal restraint in his Arizona speech. Obama also will not go up against the unions and demand fiscal reform. He will position himself as the champion of the working stiff even if it means more disasters like the USPS.

    Previously in this space, I discussed my membership in AFTRA, a union that represents TV and radio people. When some greedy suits tried to con me and my colleagues at the syndicated program “Inside Edition” out of pension money, AFTRA fought them and won. So unions are needed, but they should be optional. No American worker should be forced to pay union dues. Employees must weigh self-reliance against union protections.

    With union power in decline, Hoffa needs an enemy to rail against, and the tea party provides him that. But if he were honest, Hoffa would see that the tea party folks simply want financial responsibility and fairness in the public sector. Living within your means is a key to economic success. Gaming the system through intimidation and threats is not…

    Hoffa’s not looking out for his country on this one.
    Bill O’Reilly
    DUAS COISAS:
    SERÁ QUE ESTE HOFFA É IGUAL AO OUTRO!!!
    Quem com porcos se mistura, farelos come.
    Este é o exemplo Karen???
    Grande maysvalya, bom dia, não tenho resistencia fisica para acompanhar sua excitação antiObama (nem é um problema ideologíco, é fisico mesmo), mas tudo bem você fica pinçando frases vexaminosas como a do Hoffa, e a omissao do Obama. Esta bem, correto. Mas sera que vou comecar agora a pinçar as barbaridades de cada politico ou ativista conservador e o silencio das liderancas. Preciso lembrar coisas que alguns lideres evangelicos disseram apos o 11 de setembro, que foi um castigo de Deus à promiscuidade de NY? Basicamente você faz comercial negativo de campanha eleitoral. Imagine se alguem pinçar o besteirol da Sarah Palin ou do Perry, um herói texano que se insurge contra o básico da ciência e está sendo ridicularizado pelas coisas que falou sobre o Galileu no debate. Yes, he can, Perry pode até ganhar uma primária, pode até ganhar uma eleicao. Mas se você deixar de ter orgasmo ideológico contra o Obama vai perceber o risco que será alguem como Perry, Palin ou Bachamann (a mocinha, coitadinha, já dançou) no poder. As contribuicoes do leitor Pablo me parecem uma mais valia para a causa conservadora e nao a sua pataquada. Ai, ai, ai, sabadao, nao poderei continuar o debate nas proximas horas, mas fique a vontade, voce ficara, para contra contra contra argumentar, hehehe, Abs, Caio

  67. maysvalya

    -

    10/09/2011 às 7:39

    …Maisvalia, “you don’t get me”, eu prefiro mesmo o Obama a esta oposicao fajuta que temos atualmente. O Obama tem sido otimo? nao, mas podia ser pior com McCain/Palin em seu lugar…

    Yes, eu te peguei sim.
    O duro é admitir que o iluminado hussein é uma porcaria, uma grande porcaria, quase um carter.
    Quanto a McCain/Palin WHO KNOWS? You não, porque votou na porcaria e vai votar na porcaria e afirma isso com a boca cheia, hehehehe
    A oposição existe para se OPOR, ACHO QUE NÃO PRECISO DESENHAR, NÉ?
    SÓ NA BANANIA A OPOSIÇÃO EXISTE PARA NÃO INCOMODAR O GOVERNO.
    GO SARAH GO
    ONE TERM
    THE BIG BANANA IS GOING!!!
    E sensatez apoiando o hussein é algo paradoxal, hehehehe

  68. Thiago

    -

    10/09/2011 às 1:54

    Essas teorias conspiratórias deixam qualquer pessoa racional nervosa pois como seria possivel os estados unidos se auto-destruir, como todos sabem os atentados causaram consequencias fatais aos EUA, gastos militares elevadissimos que ajudaram a aumentar o rombo da divida americana q com a crise de 2008 fez o imperio americano balançar só um imbecíl pode acreditar em conspiração do governo americano fui abs!
    Toda razao, Thiago, as teorias sao um atentado `a verdade e ao bom senso, abs, Caio

  69. Mauricio

    -

    09/09/2011 às 23:38

    A embaixada de Israel foi atacada no Cairo.
    Pelo visto mais uma data a ser comemorada nas madrassas, ops, universidades brasileiras. Junta-se a 11/09, setembro negro, abril vermelho e demais cores.
    Terrivel o que aconteceu, Mauricio, a coisa esta complicada, existe frustracao com X, Y, Z, entao vamos aliviar a tensao atacando I (Israel) ou J(os judeus). Por esta razao, as rebelioes do mundo arabe devem ser aceitas como parte da marcha da historia, mas nunca saudadas com deslumbramento. Sao processos turbulentos e como se v^e as vezes perigosos e reacionarios (nao revolucionarios), abs, Caio

  70. Mauricio

    -

    09/09/2011 às 23:14

    Que mundo primitivo nós vivemos.
    Guerras, atentados, intolerancia e violencia por toda a parte.
    As notícias são discursos de ódio. Aqui mesmo através dos comentaristas é possível perceber isso. Tem de tudo: xingamentos, ameaças, previsão de “paredon” para burguesia (achava que isso não existia mais) e o escambau. E isso porque temos ainda um bom mediador que é tolerante. No mundo os mediadores reais também estão sofrendo (leis internacionais e a ONU)e são incapazes de manter a casa em ordem. Evitam, talvez, a anarquia completa. É pouco. Precisamos evoluir.
    Caro Mauricio, e moderadores se cansam do seu trabalho, por ver os xingamentos e a repeticao de argumentos. Mas vejo as vezes que existem rachaduras nos edificios de dogmas de alguns, é sempre gratificante nestas horas, abs, Caio

  71. Nostradamus

    -

    09/09/2011 às 22:53

    IIIIHHHH…
    Acabei de ver que invadiram a embaixada de Israel no Cairo e está um tumulto danado lá.
    Desse jeito esses fanáticos vão dar razão aos que criticaram a queda do Mubarak e acham que os muçulmanos são selvagens que precisam viver sob ferro e fogo de ditaduras.
    Ou como disse o Clinton: não perdem oportunidade de perder oportunidades.
    A frase ainda é atribuida a Abba Eban, um gigante da diplomacia israelense, mas de novo lembro o que escrevi varias vezes estas ditaduras tambem alimentaram este odio, tentaram manipular. Voltar `a ditadura nao resolve. Israel sempre foi o alvo habitual, o que acontecia numa ditadura como a do Egito era calibrar o ressentimento, pois precisava manter um status quo com Israel e preservar a alianca com os EUA (e a ajuda americana). Abs, Caio

  72. Karen

    -

    09/09/2011 às 19:32

    Maisvalia, “you don’t get me”, eu prefiro mesmo o Obama a esta oposicao fajuta que temos atualmente. O Obama tem sido otimo? nao, mas podia ser pior com McCain/Palin em seu lugar, depois de 8 anos de um governo que nos envergonhava e nos colocou em um buraco internamente e desgastou nossa reputacao mundialmente e preferivel o Obama. Mas decididamente ele precisa mover e rapido.

    Qto a Palin eu nao te levo a serio, acho que vc realmente so brinca quando fala que gosta e admira-a. Espero…
    Pablo, comentarios bons. Vc nao gosta do Obama mas e sensato, e sensatez falta em alguns que comentam aqui.
    Karen, sem falar que com o Perry, dá ate para ter saudades do Bush, que na frente do seu sucessor no Texas é um poço de sabedoria, Abs, Caio

  73. maysvalya

    -

    09/09/2011 às 18:55

    ronald reagan, jair bolsonaro
    O Bolsonaro eu acho um milico ignorante mas que diz muita verdade sobre os falsos heróis da esquerda bananeira.
    Mas o RR na sua lista celio demonstra complexo de inferioridade, para dizer o minimo, hehehehehe
    Quase todos os políticos norte-americanos liberals ou conservatives reverenciam este presidente, você só pode estar de brincadeira ao pô-lo ao lado do idi amin ou hitler,himmler,papa doc e baby doc,ferdinand marcos,pinochet,timothy mc veigh,unabomber,anders breivik.
    E depois o cretino sou eu, hehehehehehe

  74. Rodrigo

    -

    09/09/2011 às 18:24

    Amauri, a análise que o Reinaldo Azevedo fez dessa fala do Jabor é primorosa!

  75. amauri

    -

    09/09/2011 às 17:56

    Boa tarde Caio!
    Desculpa, mas eu não resisti em colar esta perola do esquerdista brasileiro:
    “O medo ajudou a piorar a América, pois, usando a política de guerra, Bush deixou o capital financeiro livre e solto para forjar a crise econômica que explodiu em 15 de setembro de 2008, dia da queda do banco Lehman Brothers. A queda das torres levou à queda da economia, deixando destroços até hoje. Bin Laden é um vitorioso, e seu terror continua, agora ajudado pelos republicanos da direita radical. Se Bin Laden fosse vivo, apoiaria os tea parties“ Arnaldo Jabor

  76. carlos cezar

    -

    09/09/2011 às 17:43

    A Europa possui linhas fronteiriças com a Rússia e com o Casaquistão, dentre outros. O Casaquistão, por sua vez, possui fronteiras com o Turcomenistão que, ao sul, faz fronteira com quem? Acertou quem disse Afeganistão!!! Donde é possível deduzir que facilmente os afegãos poderiam atacar alvos no Turcomenistão. Será que ficou bem clarinho?

  77. maysvalya

    -

    09/09/2011 às 17:28

    E celio, para terminar.
    Quanto ao Roberto Campos, concordo em número, gênero e grau.
    Cite um conservador que virou verdadeiro ou falso mártir.
    Um só.

  78. maysvalya

    -

    09/09/2011 às 17:20

    célio marques

    já que alguns cretinos

    Leia de novo e entenda o contexto da história.
    A esquerda produz seus falsos mártires. Amigos da ativista mataram 2 roceiros, os quais você não sabe nome nem sobrenome.
    Ela, tanto quanto Chico Mendes, são exemplos de falsos mártires.
    O Stalin é festejado pelo Niemayer, ou você não sabia?
    Não conheço ninguém que festeje Hitler com artigos em jornais como Folha.
    O sentido básico é este do RA:
    ….A razão da suspicaz hesitação e da pergunta errada é uma só: caso não considerem os manifestantes “progressistas” o bastante, então os motivos deixam de ser importantes. Essa gente pode conviver com corruptos, mas jamais com “direitistas” ou com quem não tem os teores mínimos exigidos de esquerdismo.

    Isso tem história. Indivíduos que não pertençam a uma das corporações de ofício da sociedade da reclamação e da mobilização simplesmente NÃO EXISTEM! Ora, não foi esse escriba que lembrou aqui dia desses que um dos países do mundo que mais torturam presos comuns — O BRASIL! — já torrou quase R$ 5 bilhões para indenizar vítimas (bem poucas) e supostas (a esmagadora maioria) vítimas da ditadura? Usei, então, a expressão “presos sem pedigree”. É isto: o Brasil é um país livre da tortura de presos com pedigree. Quem liga para os outros? No fundo, esses “humanistas” não dão a menor pelota se um ser humano está ou não sendo seviciado. Eles não aceitam é a tortura de seus aliados. Não aceitam é que se torturem as pessoas erradas…
    Acho que não preciso desenhar, né celio?

  79. Pablo Vilarnovo

    -

    09/09/2011 às 16:38

    “Rodrigo, o Gore Vidal, nesse caso, não está completamente errado. Os invasores só não deixaram ainda o Afeganistão por medo de haver ataques contra os gasodutos que transportam gás natural do Turcomenistão à Europa.”

    Se isso for verdade mesmo essa tal de Gore Vidal deve ter tirado zero na prova de geografia…

  80. Rodrigo

    -

    09/09/2011 às 16:37

    Caio, a Michelle Bachmann disse que o Papa é o Anticristo. Se eleita, o que ela vai fazer com os católicos do país?
    Talvez interna-los na clinica do marido, abs, Caio

  81. carlos cezar

    -

    09/09/2011 às 16:24

    Caio Blinder, não seja tão arrogante. Qualquer adolescente, hoje, pode conhecer muito bem a história, pesquisando através da internet. É simples e rápido. Basta não ser preguiçoso. O que se torna cada vez mais difícil entender é o descaramento de Israel em continuar roubando terras palestinas na Cisjordânia, contra todos os pedidos internacionais. Falar sobre isso não é revisionismo histórico; é apenas conhecer a verdade e desejar que ela se cumpra. Alguns fingem ignorar essa parte dos conflitos e começam a dizer bobagens sobre os direitos de Israel. Conheço muito bem os direitos de Israel, mas conheço também suas obrigações… que estão longe, muito longe de serem cumpridas, de acordo com importantes vozes europeias e norte-americanas.
    Registrado, abs, Caio

  82. carlos cezar

    -

    09/09/2011 às 16:16

    Rodrigo, o Gore Vidal, nesse caso, não está completamente errado. Os invasores só não deixaram ainda o Afeganistão por medo de haver ataques contra os gasodutos que transportam gás natural do Turcomenistão à Europa.

  83. Rony

    -

    09/09/2011 às 15:54

    carlos cezar
    - 09/09/2011 às 12:17

    Acredito que para haver ressurgimento, algo ja deve ter existido antes. Nao eh o caso daquele Estado.

  84. Rodrigo

    -

    09/09/2011 às 15:45

    O Gore Vidal também disse que a invasão do Afeganistão visava apenas à construção de um oleoduto. Pobre Vidal!

  85. Fabrício Golobovante

    -

    09/09/2011 às 15:30

    Quem derrubou as torres em Nova Iorque? http://correiodobrasil.com.br/quem-derrubou-as-torres-em-nova-iorque/294212/ Muita coisa mau contada. Recomendo ainda o filme “Jogos de poder” baseado em fatos reais, relata com clareza muitos dos falsos argumentos de Bush para estabelecer a guerra no Iraque. Um exemplo; tubos de alumínio “comprados” na China para serem usados em centrífugas enriquecedoras de urânio ou Yellowcake que “seria comprado da Nigéria”. esse lande de conspiração ´pode até ser exagero e viagem de muitos, mas não dá pra negar que com a morte de 4 mil nos EUA e 40 mil no oriente médio muitos enriqueceram da noite para o dia e que quem mais ganhou foram as indústrias do petróleo e armamentos.
    “Não se trata de estabelecer se a guerra é legítima ou não. A vitória não é possível. A guerra não é feita para ser vencida, é feita para não acabar nunca”. George Orwell, em 1984.
    Caro Fabricio, qual a correlação entre os tubos de alumínio da crise iraquiana (e foi Níger e não Nigéria), sao paises diferentes) e as torres do World Trade Center? Abs, Caio

  86. célio marques

    -

    09/09/2011 às 15:22

    já que alguns cretinos andaram por aqui comparando a freira dorothy stang com o assassino stálin,poderíamos fazer uma lista alternativa com hitler,himmler,idi amin,papa doc e baby doc,ferdinand marcos,pinochet,ronald reagan,timothy mc veigh,unabomber,anders breivik e jair bolsonaro! que tal?é como dizia o saudoso roberto campos,esse sim um homem que honrava o pensamento conservador:”a burrice no brasil tem um passado glorioso e um futuro promissor”!
    Caro Celio, eu também não gostei da lista. Mas pediria que fosse evitada uma terminologia tão brusca para se referir aos demais leitores, grato, abs, Caio

  87. Rodrigo

    -

    09/09/2011 às 15:15

    Já no atentado contra a vida do Papa João Paulo II, já li que quem o ordenou foi Yuri Andropov. Como o Woytila já se foi, fica no ar a questão.

  88. Pablo Vilarnovo

    -

    09/09/2011 às 14:28

    André Costa – Não foi minha intenção… desculpe.
    Boa, civilidade, abs, Caio

  89. jorji

    -

    09/09/2011 às 14:05

    Sarah Palin, os EUA estão decadente, está parecendo a America Latina, eu sugiro uma eleição Sarah X Hilary Clinton, agora, voltando ao assunto conspiração, quem matou Kennedy?
    Lee Oswald, abs, Caio

  90. Betty

    -

    09/09/2011 às 13:12

    Caio, estou meio que saltando de para quedas nesta conversa de Estado Palestino, mas e’ que tenho a impressão que alguns dos seus fans ou esqueceram ou desconhecem O Pearl Commission de 1937, a partilha de 1948, os 3 nAo de Karthoun, a cilada do Arafat em Camp David e finalmente, a atual atitude da Autoridade Palestina com a nao aceitação de 2 países para dois povos.
    Se estou repetindo comentários anteriores, me desculpe. Só li o ultimo da lista.
    Toda razao, Betty, alguns leitores fazem revisionismo histórico sem conhecer sequer a história, legal, você está nomeada ministra da Educação deste espaço, hehehe, abs, Caio

  91. André Costa

    -

    09/09/2011 às 13:06

    Bem, eu tentei ser irônico, mas entendi sua resposta como brincadeira. Quando falei dos ataques a baixo da linha da cintura me referi ao comentário do Pablo que chamou os simpatizantes da super-gata de retardados…mas enfim, é a internet!
    Na Internet, nem sempre dá para captar ironia, como dá para captar oportunismno na cara da Sarah Palin (golpe alto, nao baixo), hehehe, mas valeu Andre, tranquilo, abs, Caio
    Andre, você é cool, neste espaço infestado com mal humorados (heheh), tropical birther é uma autodefinicao engraçada, consiga certidao no cartório, abs, Caio

  92. André Costa

    -

    09/09/2011 às 12:49

    Poxa Caio, tá valendo ataques abaixo da linha da cintura? “a Sarah Palin irrita qualquer um que mantém as ligações dos hemisférios esquerdo e direito do cérebro intactas”. Eu me considero, sei lá, meio normal e gosto da Palin.
    Oi, Andre, gostar esteticamente da Sarah Palin nao é medieval, nada contra. Me incomodou a frase infestado de comunistas anticristaos, abs, Caio

  93. Carmem

    -

    09/09/2011 às 12:49

    “I am sending this Congress a plan that you should pass right away. It’s called the American Jobs Act. There should be nothing controversial about this piece of legislation. Everything in here is the kind of proposal that’s been supported by both Democrats and Republicans–including many who sit here tonight. And everything in this bill will be paid for. Everything.”
    .
    Maisvalia, vc pulou a parte ” Tudo o que esta aqui(no plano) são propostas que tem sido apoiadas por democratas e republicanos, incluindo vários que estão sentados hoje aqui”
    .
    Pinçar frases no varejo não dá. Tá querendo moleza?
    abs

  94. Anouk

    -

    09/09/2011 às 12:22

    Oi Caio,
    Li faz muito tempo o livro citado pelo Rodrigo. Com certeza o livro nao é tendencioso, embora as críticas sejam controversas. Para a comunidade judaica dos EUA, Finkelstein é uma pedra no sapato, além do fato de ele ser marxista. Aí já é demais.
    ele se insere na categoria conhecida como self hating Jew, abs, Caio

  95. carlos cezar

    -

    09/09/2011 às 12:17

    Espero que o Ban Ki-moon não esteja fazendo jogo de cena. Sabemos que a Palestina devia existir há muito tempo; o que não entendemos é porque alguns lutam com todas as garras, dentes e patas contra o ressurgimento desse Estado.

  96. Rodrigo

    -

    09/09/2011 às 12:15

    Só a Sarah Palin? Vamos com Francis? “Bill Clinton marca o apogeu do Jeca Tatu no Primeiro Mundo”.
    Rodrigo, voce é campeao de citacoes do Francis, hehehe, abs, Caio

  97. maysvalya

    -

    09/09/2011 às 12:09

    Não foi assim.. hora nenhuma ele disse q se o plano não fosse aprovado os EUA iriam para o ralo.
    …Segundo Obama, os políticos em Washington devem “parar com o circo e fazer alguma coisa para ajudar a economia”. “Eu estou mandando a esse congresso um plano que vocês devem passar imediatamente. Não deve haver nada controverso nessa legislação. Deve ser aprovada por Democratas e Republicanos”…
    Leia de novo cara Carmem, sorry!
    E Pablo, comparar a Sarah com o çábio é muito exagero da sua parte. Ela não rouba nem deixa roubar, hehehehe
    E eu quero que os tucanos de lá – chamados de independentes ou moderados vão ….

  98. André Costa

    -

    09/09/2011 às 11:57

    Oi Caio, que vida dura esta de Obamista juramentado (by Odorico Paraguassú)! Quando eu penso que a Michelle deu uma bronca nele (…putz! tu podias ou não podias? Enganou todo mundo…e as meninas, como é que ficam no colégio?…), ele aparece fazendo mais besteira…e temos ainda que ouvir gente falando: o plano é bom, se não der certo a culpa é dos outros (exatamente o que falaram em 2010, 2009,…). Enfim, como um tropical birther (mandei até fazer uma camiseta!), devo dizer que adoro conspirações, pena que não há nenhuma pra fazer a mega-super-gata Sarah virar presidente do mundo e botar ordem nesta zona infestada de comunistas anti-cristãos! Agora mais calmo digo, abraços.
    Vida mole a minha ate ler o final medieval do seu comentario , abs, Caio

  99. Pablo Vilarnovo

    -

    09/09/2011 às 11:50

    maisvalia – Sinceramente a Sarah Palin irrita qualquer um que mantém as ligações dos hemisférios esquerdo e direito do cérebro intactas. Ela também irrita os independentes e moderados. E são eles que vão decidir as eleições.
    Pablo, boa, nada como conservadores sensatos aqui para acalmar os histericos palinistas, com os hormonios a toda, abs, Ciao

  100. carlos cezar

    -

    09/09/2011 às 11:29

    Caramba! Alguns terroristas dos serviços secretos estadunidenses e ingleses estão envolvidos em novos casos de tortura… em apoio ao próprio Kadafi! O que é isso, meu filho! Aonde vamos parar? Será que eles fizeram cursos em Cuba?

  101. Carmem

    -

    09/09/2011 às 11:27

    “Ele não pediu, ele chantageou, ou é isso ou o caos.
    Sorry Carmem”
    .
    Não foi assim.. hora nenhuma ele disse q se o plano não fosse aprovado os EUA iriam para o ralo. Ele pediu a aprovação para um plano que ele acha bom e explicou pq acha bom. Óbvio que ele deu algumas alfinetadas na house, mas daí a ter chantageado vai uma looonga distância.
    abs

  102. maysvalya

    -

    09/09/2011 às 11:24

    …Cara, esquece a Sarah Palin…
    Nem a pau Juvenal
    Ela é a pessoa que mais irrita os burricos, olhe por este angulo.
    Mas se não der, faça como o Groucho na frase que a Anouk trouxe, olhe por outro angulo também, hehehe
    Estes são os meus princípios. Se você não gosta deles, eu tenho outros.
    Groucho Marx
    Go Sarah go

    E a piada real do dia, mais parece o exagerado amor da Karen pelo iluminado:
    Mulher é processada por perseguir ex-marido

    A Justiça da Holanda conduz um processo contra uma mulher de 42 anos que telefonou cerca de 65 mil vezes para o celular do ex-marido no período de um ano. Promotores querem que ela seja forçada a não fazer contato novamente, sob ameaça de prisão.
    É MOLE OU QUER MAIS???
    Juvenal, voce realmente é juvenil sobre a Sarah, hehehe, abs, Caio

  103. carlos cezar

    -

    09/09/2011 às 11:24

    Eu sabia que os tapados não iriam entender.

  104. Pablo Vilarnovo

    -

    09/09/2011 às 11:12

    maisvalia – Cara, ou um liberal (ao estilo brasileiro), tinha enorme simpatia e admiração pelo Tea Party quando esse era um movimento encabeçado, principalmente, pelas idéias de Ron Paul. Gostava do movimento quando gente como Huckabee o atacava por ser “liberal demais”. Quando gente como Sarah Palin e o próprio Huckabee perceberam as possibilidades, começaram a minar movimento. Ficou mais Palin do que Ron Paul, e foi nesse momento que começou a desandar.
    Sarah Palin é uma invenção, um Lula com o sinal trocado. Uma ignorante, uma aproveitadora, não tem a menor capacidade de ser a presidente de um país como os EUA.
    Cara, esquece a Sarah Palin.

  105. carlos cezar

    -

    09/09/2011 às 11:09

    Esperemos que também Israel abandone a ideia de ataques preventivos. A Turquia afirmou que irá apoiar outros barcos que queiram ir à Gaza, e disse que pretende romper relações militares e comerciais com Israel. Se isso acontecer, Israel será o maior prejudicado, devido à pujança da nação turca. Bastaria Netanyahu não ter se negado a fazer um pedido de desculpa pela tragédia no ano passado e talvez nada disso estivesse acontecendo.

  106. maysvalya

    -

    09/09/2011 às 11:04

    A diferença fundamental entre Obama e seus adversários é que ele usa o imenso poder bélico norte-americano como fator de dissuasão, e não como invasão e ataque.

    É PARA RIR SENTADO OU É MELHOR DEITAR, HEHEHEHEHEHEHEHE

  107. maisvalia

    -

    09/09/2011 às 11:02

    …Sobre o Obama, como ja disse antes, minha maior critica foram os erros de calculo, como ter investido na questao da saude, quando deveria ter tentado se concentrar em emprego. A leitura dele do aqui e agora é desfocada. O Obama estava la no alto do seu cavalo, mais preocupado com sua agenda de transformacao e nao viu a realidade la embaixo se transformando para pior ou nao mediu o tamanho do buraco com exatidao ou fingiu que nao sabia o tamanho dele,…

    EU ABAIXO…Ele foi eleito porque sabia a maneira de tirar os EUA do buraco, sem a ajuda de nenhum republicano.
    Você se lembra do Yes we can.
    Daí, na sua prepotência e arrogância de queixo anguloso, deixou tudo de lado e investiu no objeto de desejo dos liberals adoradores do outro mundo possível, empurrando goela abaixo uma reforma da saúde que a maioria do povo americano não queria.
    Esqueceu da economia. Me lembro da arrogância dele, da idiota Peluso e do idiota do senado.
    Mas nada os abalaram.
    Resultando disso os tea pertiers e a perda da Câmara.
    Agora que a água já tá nas canelinhas ele apela para sair da crise que ele ajudou a aumentar, ora bolas!…
    AI AI AI PARE DE ME PLAGIAR CARO CAIO, HEHEHEHEHE
    PS NEM SEMPRE O DAVID, ASSIM COMO VOCÊ – MEU CARO AMIGO VIRTUAL E QUALQUER UM DE NÓS, ACERTAM, HEHEHEHE
    Voce olha para o retrato da Sarah e fica assim excitadao, hehehe, abs, Caio

  108. maisvalia

    -

    09/09/2011 às 10:57

    Boa Pablo Vilarnovo
    Foi no ponto.

    …Achei interessante o seu ponto, mas o maior problema do Obama nao eh ser corporativo, mas sua pretensao que estaria acima do bem e do mal, abs, Caio…
    Finalmente uma pequena crítiva ao iluminado do queixo anguloso, que já está pau a pau com o Carter, hehehe

    …Nao entendi a fina ironia sobre a Sarah, entao pode desenhar por favor…
    Cara Karen, acho que fui grosseiro no começo do meu comentário, mas penso que você idolatra tanto o hussein, mais até que a midia da banânia, que me dá engulho – já está quase se equiparando ao open minded CC ou CCM, hehehe
    Mas voltando a Sarah, a ironia é que ela não é candidata, mas como ele é bonita e desanca o iluminado, todos são contra.
    Mas se ela fosse a Pelosi, todos a amariam, né?
    GO SARAH GO
    ONE TERM
    PS …e pediu, veementemente, que fosse aprovado…
    Ele não pediu, ele chantageou, ou é isso ou o caos.
    Sorry Carmem
    Memoria curta, maysvalya, trato o Obama com o devido rigor, sem ser espalhafatoso, hehehe, abs, Caio
    PS- sua adoracao pela Sarah é adolescente, hehehe

  109. carlos cezar

    -

    09/09/2011 às 10:54

    A diferença fundamental entre Obama e seus adversários é que ele usa o imenso poder bélico norte-americano como fator de dissuasão, e não como invasão e ataque.

  110. Pablo Vilarnovo

    -

    09/09/2011 às 10:39

    Caio – Meu problema com Obama é que apesar dele ser um tremendo orador, sua mensagem é totalmente vazia de conteúdo. Foi assim desde a eleição com o seu slogan de campanha. Os independentes, que deram a vitória a ele e são cada vez mais importantes nas eleições americanas, pularam do barco logo quando viram que Obama não tinha programa, não tinha idéias ou elas eram tão ruins (como o ObamaCare) que não valia a pena. É uma lástima para os americanos que o partido republicano hoje também é um deserto com raríssimas excessões. Eu gosto muito do Chris Christie, apesar do meu favorito até hoje é o Colin Powell e é uma lástima ele não ter sido presidente e ser carta fora do baralho hoje.
    Pablo, nao sou republicano, mas de fato seria bom para o pais se o Christie fosse o candidato do partido. Achei o comportamento dele exemplar na passagem do furacao Irene. Sobre o Obama, como ja disse antes, minha maior critica foram os erros de calculo, como ter investido na questao da saude, quando deveria ter tentado se concentrar em emprego. A leitura dele do aqui e agora é desfocada. O Obama estava la no alto do seu cavalo, mais preocupado com sua agenda de transformacao e nao viu a realidade la embaixo se transformando para pior ou nao mediu o tamanho do buraco com exatidao ou fingiu que nao sabia o tamanho dele, abs, Caio

  111. carlos cezar

    -

    09/09/2011 às 10:24

    Bom dia, Caio.
    Os mais tapados sempre foram contra o Obama. Depois de os republicanos espalharem a própria fama de invasores e destruidores ao redor do mundo, os democratas surgiram com uma nova proposta de paz e sobre direitos humanos, o que obviamente fez com que os mais grosseiros se engasgassem e gaguejassem, não encontrando outra saída além de atacar as propostas que mais tranquilizam a opinião pública mundial. Alguns não conseguem engolir o fato de que chegou ao fim e já não produz nenhum efeito a ideia enganosa e abjeta de ataques preventivos dos republicanos.
    Abs.
    Como o maysvalya, voce esta repetitivo, abs, Caio

  112. Anouk

    -

    09/09/2011 às 10:21

    “De fato, todos integram o mesmo circo.”
    De fato Caio,democracia é osso duro de roer.
    Abs.
    De fato, abs, Caio

  113. Pablo Vilarnovo

    -

    09/09/2011 às 10:09

    Carmem – “A parte que achei detestável do plano foi o mega afago ao teacher’s Union, Caio q me corrija se eu estiver errada, que é um dos mais poderosos motores eleitorais mas uma praga para a educação.”

    É por isso que é um erro chamar Obama de fascista, é um erro chamar Obama de socialista. Obama é, na pior das hipóteses um corporativista. Ele pratica um governo de afago a instituições de sua preferência e não são só sindicatos.

    A propaganda democrata foi vitoriosa quando consegui “afastar” o partido dos ricos. Mas na verdade o Partido Democrata sempre foi o partido das elites americanas, dos banqueiros de Wall Street, dos magnatas, dos grandes industriais, da elite acadêmica.

    Agora, Obama é fraco demais. O que mais me surpreende é que uma das grandes causas da guinada extremista do partido republicano (que só vai prejudicar ele mesmo) tem como causa uma pessoa chamada Nancy Pelosi. Comparada a ela, Sarah Palin é uma noviça. A atuação de Nancy quando speeker foi carregada de arrogância, prepotência que quase beirava o totalitarismo. As ações dela deram imenso impulso para que figuras mais extremistas do partido republicano tivessem “razão”. Porém Obama não tem força para barra-la.
    Caro Pablo, desde o New Deal, o partido democrata fora dos sindicatos, das minorias, dos imigrantes, dos urbanos (e tambem elite academica, nao financeira), etc. Eh uma coalizao um pouco esfacelada. Achei interessante o seu ponto, mas o maior problema do Obama nao eh ser corporativo, mas sua pretensao que estaria acima do bem e do mal, abs, Caio

  114. Karen

    -

    09/09/2011 às 10:02

    maisvalia, que pena que os meus argumentos sao sempre fraquinhos para vc. Vc tem opcoes, sabia?

    Nao entendi a fina ironia sobre a Sarah, entao pode desenhar por favor. Talvez eu seja muito rustica que nao “entendo” as suas sutilezas. Spill the beans…hehehe

  115. Carmem

    -

    09/09/2011 às 9:43

    “A Interpol emitiu nesta sexta-feira um mandado de prisão contra Muamar Kadafi por acusações de crime contra a humanidade.”
    Deu aqui na Veja.. parece q a Interpol esta achando que o Kadafi fugiu..
    .
    Preparado para perder a aposta?
    Not yet, abs, Caio

  116. Carmem

    -

    09/09/2011 às 9:36

    Eu realmente não entendo onde o adjetivo de fascista se encaixa no discurso do Obama. Ele tem um plano, foi apresentá-lo ao congresso e pediu, veementemente, que fosse aprovado.
    Ele não sugeriu nenhuma reforma constitucional ou alteração nas instituições democráticas.
    Alguém pode me explicar, se possível com gráficos e desenhos, onde estava o fascismo no discurso dele?
    abs
    Ou na atitude, Carmem, bem acho que estamos discutindo demais o nada, em funcao de comentarios de um colunista amigo meu, adiante, abs, Caio

  117. amauri

    -

    09/09/2011 às 9:12

    Bom dia Caio!
    Fui ler o artigo do Reinaldo Azevedo que fala sobre fascista. Se entendi, disse que fosse um mortal republicano (palavra minha) que proferisse as palavras de Obama, seria chamado de fascista. A critica foi no sentido que o Obama, o Cara, tem o monopólio da verdade e grande leitor da realidade. Qualquer um que ouse ir contra ele é chamada por nomes pejorativos. Como diz um jornalista brasileiro: isto é um absurdo! Em relação ao seu ai,ai,ai amauri, qual a conspiração! A prova: basta apenas achar que tem mais grupos na elaboração do atentado já é tratado como teórico de conspiração. Isto é um absurdo. abs
    Amauri, nao me sinto a vontade para comentar colunas do meu amigo Reinaldo, mas nao achei relevante o tom da analise, fora do contexto do que se debate hoje em dia sobre a situacao politica e economica dos EUA e como os varios atores se posicionam com suas propostas. So isso, nao vejo sentido no tom melodramatico da analise..
    Sobre o resto, reitero ser perda de tempo discutir estas teorias conspiratorias.
    Abs, Caio

  118. Carmem

    -

    09/09/2011 às 9:02

    Oi Caio, oi maisvalia,
    Eu achei bom o discurso ontem. Tirando a ordem para matar bin Laden o Obama tem se esquivado de liderar e conduzir os EUA para o que (na opinião dele) deve ser o melhor caminho para retomar o crescimento. Ele finalmente apresentou um plano (so o FED parecia ter algum) que é de sua responsabilidade seja um sucesso ou não. Como ele anunciou, uma parte do plano são medidas que o executivo pode tomar independentemente do congresso, mole para os americanos fiscalizarem, e como ele deixou bem claro .. é para RIGHT NOW, ótimo.
    É claro q o congresso vai fazer suas modificações na parte q o cabe, mas acho que eles deviam aprovar.. ao contrário do Reinaldo acho que se o congresso der sinal verde e o plano não começar a mostrar resultados até as eleições, bye-bye Obama. Se der bons resultados, well, então as medidas sugeridas foram as certas, sorry elefantinhos (são meus animais prediletos,ok?), bom para o país.
    A parte que achei detestável do plano foi o mega afago ao teacher’s Union, Caio q me corrija se eu estiver errada, que é um dos mais poderosos motores eleitorais mas uma praga para a educação. De resto, a parte de incentivos para a média e pequena empresa não dá para ser contra e investimento em infraestrutura, se bem feito, é lucro na certa.
    E finalmente… achei NY bem mais esburacada do que em outras épocas.. eu colocaria mais uma camadinha de asfalto, sorry maisvalia.
    .
    Bom dia a todos!
    abs
    ‘E isso, ai, Carmem, mas tudo acontece numa escala pequena de solucoes, numa escalada de problemas, abs, Caio

  119. maisvalia

    -

    09/09/2011 às 8:40

    Segundo Obama, os políticos em Washington devem “parar com o circo e fazer alguma coisa para ajudar a economia”. “Eu estou mandando a esse congresso um plano que vocês devem passar imediatamente. Não deve haver nada controverso nessa legislação. Deve ser aprovada por Democratas e Republicanos”, afirmou.
    REALMENTE UM ESPANTO.
    UM GENUÍNO DEMOCRATA.
    SÓ ELE SABE O QUE É BOM PARA OS DEMAIS ESTÚPIDOS.
    NO YOU CAN’T
    ONE TERM
    GO SARAH GO
    Repetitivo, abs, Caio
    PS- quando voce se acalmar, leia na intetgra o David Brooks desta sexta no NYTJ, aqui um aperitivo, abs, Caio
    Personally, my bottom line is this: I think the president has earned a second date. He’s put together a moderate set of stimulus ideas. His plan may not be enough to jolt prosperity, but it might maintain its current slow growth.

    If he comes up with his own deficit proposal that pays for his programs with some serious entitlement reforms (and not merely with some boilerplate “let’s tax the rich” plan), then Republicans would be wise to work with him to make his growth ideas more effective.

    The mainstream economic view is that we should combine near-term stimulus with long-range austerity. Up until now, the political system has been unable to perform this two-stage approach. Republicans won’t touch spending, and Democrats won’t touch entitlement reform.

    The president clearly wants to give it a final shot. His tone on Thursday was feisty and will please Democrats. But the substance was heterodox and worth pursuing. In this moment of peril, the country needs an insurance policy against the double dip.

  120. maisvalia

    -

    09/09/2011 às 7:48

    …President Obama’s speech on Thursday night bordered on parody. His repetition of long-overused talking points combined with his repeated attacks on job creators and his incessant demand to “pass it right now” produced a mixture of arrogance and absurdity so transparently political that it lacked any capacity to cause political movement or to change anyone’s opinion on any issue.

    Guy Benson, the political director here at Townhall.com, tweeted “That was a shallow, callow campaign speech masquerading as something important. Truly awful.” That tweet was retweeted by friends and strangers across the county again and again as it so completely and accurately summed up the president’s remarks as to need no improvement or additional commentary…
    Hugh Hewitt
    The Speech That Broke The Patience of the Country?

    …Bet you didn’t know that cement was really, really bad for you.

    It’s not actually bad for you, but that isn’t stopping the EPA from imposing more ridiculous rules, known as MACT, that will require the cement industry to invest billions in new technology over the next two years in order to improve air quality.

    Hey: We may not have jobs, but take a deep breath. Can’t you breath easier knowing that you’ll breath easier in the unemployment line now that Obama’s extending the dole?

    All this as Obama calls on Congress to give him more money to create more unionized government workers, more buildings to house them, more unionized workers to build bridges to ANYWHERE.

    I don’t know about you, but the streets in my town don’t need another layer of asphalt. It didn’t work out so great the last time we tried this…
    John Ransom
    Obama Proclaims: Stimulus Forever

    Agora vou te dar o roteiro.
    Como não vai dar certo, mais ou menos daqui um mês aparecerá o grande, o inefável arauto da idiotice econômica a trombetear no NYT, e terá grande repercussão na banânia e alhures, que o estímulo foi tímido, pequeno, etc e tal
    O arauto Krugmann, hehehehe
    Keynes já era e ninguém se deu conta.
    Outra coisa Rodrigo, do jeito que a coisa vai, cada vez mais fica difícil o hussein se reeleger, a não ser que a eleição seja numa praça da Alemanha, hehehehe

  121. Rodrigo

    -

    09/09/2011 às 6:47

    Pensando bem, Caio, acho que você tem razão. Exagero do Reinaldo!
    uma ou outra vez devo ter razao, abs, Caio

  122. Anouk

    -

    09/09/2011 às 6:18

    Ué Caio,
    Que coisa feia!
    Presidente Obama pediu ao Congresso “stop the political circus” para que o plano de ajuda na economia de meio trilhao de dólares seja aprovado.
    De fato, todos integram o mesmo circo, abs, Caio

  123. Anouk

    -

    09/09/2011 às 3:48

    Epa! Quis dizer “bridgeheads”.

  124. Anouk

    -

    09/09/2011 às 3:23

    Oi caio,
    Bom ponto do Pablo.
    ***
    Há um caso conhecido de inimizade de dois agentes (FBI E CIA). Ambos diretamente envolvidos na defesa contra o terrorismo da Al Qaeda.

    Conta-se que o FBI agente John O’Neill era conhecido pelo seu talento; foi ele quem coordenou o espetacular seqüestro do mentor do ataque ao WTC de 1993, Ramzi Yousef no Paquistao, para julgamento nos EUA. Mas ele era também um bon vivant, vivia acima das posses, para alguns um escroque mentiroso. Por causa desse comportamento, O’Neill gerou algumas inimizades no ambiente de trabalho. Um de seus mais fiéis inimigos foi o agente Michael Scheuer (CIA), diretor da chamada Bin Laden pacto. Se esses dois agentes unissem forcas, a tragédia poderia ter sido evitada ou em proporcao menor, mas o ódio era mútuo. O’Neill foi um dos primeiros a perceber que Bin Laden estava em guerra com os EUA. Numa conferência em 1997, ele alertou para a possibilidade de o grupo terrorista atacar em solo americano. Ele estava certo de que a Al Qaeda teria instalado ‘headbridges’ nos EUA. Infelizmente suas suspeitas nao foram consideradas nem pela Casa Branca nem pelo Conselho de Seguranca Nacional. Em 1997 O’Neill foi transferido de Washington para New York como chefe de 350 agentes do departamento antiterrorista. Num seminário em 2001, O’Neill avisou ao diretor da CIA, George Tenet, conselheiro de seguranca de Condoleezza Rice, que num futuro muito próximo um significante ataquue da Al Qaeda iria acontecer. No dia 22 de agosto de 2001, foi seu último dia no FBI. Dezenove dias antes ao ataque terrorista, O’Neill encontrou novo trabalho como chefe de seguranca no WTC. Ele trabalhava no 31°andar, no 59° andar houve a colisao do vôo terrorista. O agente desceu imediatamente e cuidou da evacuacao de uma creche. Ao dirigir-se para a torre sul, houve o desabamento, onde mais tarde foi encontrado morto.
    ***
    “A única coisa boa do ataque de 11 de Setembro, foi para mim a morte de John O’Neill.” Palavras do agente Michael Sheuer(CIA).
    De fato, Sheuer é um sujeito para dizer o minimo muito complicado, abs, Caio

  125. Rodrigo

    -

    09/09/2011 às 0:30

    Caio, uma pergunta: Você leva a sério um historiador chamado Norman Finkelstein? Ele escreveu um livro chamado A indústria do holocausto. Como você é bem informado, pode me dizer algo. Parece um livro perigoso, elogiado por gente duvidosa.
    não, abs, Caio
    me cobre outra hora, te passo a entrevista que fiz com ele há uns dez anos para a Primeira Leitura, ou busque no google, deve estar lá.

  126. Marcelo Rosa Melo

    -

    09/09/2011 às 0:27

    As causas do atentados terroristas foi a insanidade mental (psicopatia) e a lavagem cerebral a qual os terroristas foram submetidos nos países tirânicos islâmicos (alguns miseráveis, outros nem tanto). O atentado foi contra toda a humanidade e não somente os EUA.
    Boa, abs, Caio

  127. Rodrigo

    -

    09/09/2011 às 0:15

    Incrível, mas os mesmos que dizem que Obama foi truculento na execução de Bin Laden, torcem muito pela vitória dele. E acho que Obama será reeleito em 2012, dado o legado de Bush.

  128. Rodrigo

    -

    09/09/2011 às 0:11

    Não tinha visto, mas o Maisvalia postou o comentário do Reinaldo Azevedo. Na verdade, nem é Barack Obama que me incomoda, acho-o banal. Incomoda-me é acharem que desafiá-lo é quase ilegítimo. É sobre isso que vem escrevendo o Reinaldo Azevedo sobre Obama e sobre Lula faz já algum tempo. Não me refiro a você, Caio, mas a essa torcida ridícula que já vi no Brasil em 2008, e vi novamente em dois programas de tevê no Brasil em 2011.
    Bem, ja dei minha resposta. Creio que este tipo de critica ao Obama é mal direcionada, acha-lo com uma postura tipo fascista, santa paciencia, abs, Caio

  129. Eduan Lenine Neves

    -

    08/09/2011 às 23:54

    Engraçado vocês desconsiderarem assim os “conspiracionistas”. Ignorar o que o Wikileaks publica todos os dias… pode ser uma forma de não enxergar essas conspirações. E me vem uma pergunta à cabeça, por quê a Veja! não publica mais nada sobre Wikileaks?!

  130. Gustavo

    -

    08/09/2011 às 23:33

    O 11 de setembro não foi nada perto do ataque feito por Bobama aos Estados Unidos.

    Esse sim, fez um estrago no país.

    Quem defende Bobama defende a destruição da América.

    O que diria o grande Reagan? Vendo esses malditos democratas destruindo o império Americano.
    Caro Gustavo, nao te conheço, espero não conheçô-lo, e me incomoda o que vou dizer: mas você tem problema patológico, deveria buscar algum tipo de tratamento.

  131. Rodrigo

    -

    08/09/2011 às 23:31

    Aqui no Brasil muita gente se decepcionou com Obama. Depois que Bin Laden foi executado sem julgamento, Obama é só mais um. Digo isso porque sempre assisto a programas de debate na tevê, e a decepção é generalizada.

  132. Rodrigo

    -

    08/09/2011 às 23:26

    Tio Rei também não gostou do discurso do presidente americano!

  133. maisvalia

    -

    08/09/2011 às 23:21

    …Quanto ao Obama ele vai ter que por em pratica este discurso de hoje, ele precisa parar de dar tregua para esta oposicao que so quer tira-lo da presidencia, faze-los tambem responsaveis em tirar nossa economia do buraco onde eles ajudaram a empurra-la e ser mais efetivo…

    Fraquinho, aliás como sempre, o seu argumento cara Karen.
    Ele foi eleito porque sabia a maneira de tirar os EUA do buraco, sem a ajuda de nenhum republicano.
    Você se lembra do Yes we can.
    Daí, na sua prepotência e arrogância de queixo anguloso, deixou tudo de lado e investiu no objeto de desejo dos liberals adoradores do outro mundo possível, empurrando goela abaixo uma reforma da saúde que a maioria do povo americano não queria.
    Esqueceu da economia. Me lembro da arrogância dele, da idiota Peluso e do idiota do senado.
    Mas nada os abalaram.
    Resultando disso os tea pertiers e a perda da Câmara.
    Agora que a água já tá nas canelinhas ele apela para sair da crise que ele ajudou a aumentar, ora bolas!
    Se você não entendeu a fina ironia da Sarah, que nem candidata é, me perdoe, da próxima vez eu desenho.
    Faça críticas ao hussein, não que não está dando trégua a oposição, está é se adequando ao que pensa a maioria do povo e não só o que pensam os radicais de esquerda dos burricos e não use o velho truque e discurso das esquerdas:
    A CULPA SÃO OS OUTROS, NESTE CASO, OS ELEFANTINHOS, HEHEHEHE
    Go Sarah go

  134. Karen

    -

    08/09/2011 às 22:54

    Que Sarah? Aquela que nao responde a ninguem, exceto a Fox? Nao gosto da Bachmann mas pelo menos ela mostra mais coragem ao participar de outras estacoes de tv/debate (parece um papagaio confuso mas melhor do que um papagaio mudo).
    E maisvalia, eu fiscalizo todos. Alguns tem a minha simpatia mas nao estao isentos das minhas criticas, mesmo que so fiquem internamente…hehehe
    Quanto ao Obama ele vai ter que por em pratica este discurso de hoje, ele precisa parar de dar tregua para esta oposicao que so quer tira-lo da presidencia, faze-los tambem responsaveis em tirar nossa economia do buraco onde eles ajudaram a empurra-la e ser mais efetivo . Eu gosto de civilidade mas com esta turma dos elefantes da era da escuridao nao funciona, melhor ser mais agressivo. Abs.
    Karen, voltou em forma, um furacao (construtivo), hehehe, abs, Caio

  135. maysvalya

    -

    08/09/2011 às 22:52

    Não sou só eu, hehehehe

    …A cada vez que Obama trata os “políticos de Washington” como se ele próprio fosse um ser de outra natureza, de outra galáxia, que estivesse acima do mundo real em que transitam os outros políticos — com que diabos, ele é o quê? Um demiurgo? —, eu penso que vivemos dias realmente perigosos. Eis aí o presidente daquele que ainda é — e assim será por muitos e muitos anos — o país mais importante do mundo.

    Trata-se de uma abordagem inaceitável para pessoas minimamente civilizadas. Fosse ele um daqueles republicanos demonizados pela imprensa liberal (a esquerda possível por lá) americana e ou pela imprensa esquerdofílica mundo afora (incluindo a nossa), seria chamado de “fascista”. Mas se convencionou que ele pode falar essas besteiras porque, afinal, democrata que é, tem o monopólio do bem mesmo quando faz e fala besteira — a exemplo de alguns dos nossos esquerdistas aqui…

    Obama está armando o seguinte TRUQUE ELEITORAL: se os republicanos concordarem com o plano dele, ele o chamará de “a salvação da América” — não será possível saber se deu certo ou não antes das eleições de novembro; se os republicanos o rejeitarem, então serão eles os culpados pela crise. O corolário é o seguinte: ou os adversários o ajudam a fazer campanha eleitoral e a se reeleger ou serão responsabilizados pela crise. Luiz Inácio Apedeuta da Silva não faria melhor.

    Como até algumas inteligências respeitáveis, lá fora e aqui, são vítimas desse suposto exclusivismo moral de Obama, que faria dele um homem sempre certo, mesmo quando errado, dirão que política é assim mesmo, que isso é parte do jogo. “Política é assim mesmo” em país bananeiro, onde a democracia costuma ser usada para solapar o próprio regime democrático.
    Por Reinaldo Azevedo
    Conservador de direita conhece conservador de direita, hehehe
    Conversa dramatica e oca ao mesmo tempo, Obama esta fazendo politica, nao sendo fascista. Os outros fazendo politica tambem, nao sendo fascistas. Demiurgo era o Dick Cheney. Abs, Caio

  136. carlos cezar

    -

    08/09/2011 às 22:30

    Caramba! A Carmem disse que o Obama fez um ótimo discurso (estamos torcendo). Já o maisvalia disse que foi uma droga.
    e então, Oiac???
    ehehehehe…

  137. Felipe Goltz

    -

    08/09/2011 às 22:28

    “Valeu, Felipe, mas como voce bem lembrou, os terroristas tinham boa formacao educacional. É um choque para muita gente. Alias saiu uma pesquisa agora no Egito e mais da metade deles nao acredita que Osama bin Laden tenha morrido. De fato nem tudo sao flores na primavara arabe, mas é preciso cultivar, pois nao ha volta para o passado”

    >> Imagina, Caio, você merece. Confesso estar um pouquinho temeroso em relação ao próximo Domingo. Não sei se os dementes do Islã tentarão alguma coisa. Espero que os serviços secretos dos países engajados na luta contra o terror estejam em alerta máximo. A notícia boa é que o MC será ao vivo, hehe. Viva!
    Abs,
    Felipe
    Well, primeiro preciso chegar em Manhattan sexta cedo, maior seguranca na cidade. Programa ao vivo, ao fundo do estudio da Globo, a torre subindo, abs, Caio

  138. Nostradamus

    -

    08/09/2011 às 22:05

    Gente, o nome do colunista escrito em segredo, ao contrario, é
    Rednilb Oiac !
    Todos sabemos que os Rednilb historicamente foram muito ligados aos Rotschild e estão infiltrados em todos os orgaos com o objetivo de camuflar a Nova Ordem Mundial em andamento. Por isso o colunista sempre faz pouco das ideias que confrontam o stablishment e a grande imprensa !
    OK, ok, melhor levar a serio, hehehe, abs, Oiac

  139. Mauricio

    -

    08/09/2011 às 21:53

    Esse blog tambem tem seus segredos: foi descoberto que escrevem aqui o Rone e o Rony, assim como tem o Reinaldo e o Reynaldo mas na verdade eles podem ser a mesma pessoa que tem dupla ou multipla personalidade e mostram ora um lado do bem e ora um do mal. Quando é do mal ou do bem depende não só do IP mas principalmente do observador. Isso é que é método conspiratório dialético ein?
    Mauricio, sei que voce esta brincando, mas quero falar sério. Posso realmente garantir que estas quatro pessoas são idôneas, como a imensa maioria que contribui aqui. E de novo, nao me importa filiacao politica ou ideologica, desde que todos se tratem na medida do posisvel com civilidade e as vezes ate com humor maroto e isto creio que esta melhorando. Mas nao é Reinaldo, o antiReynaldo é o Maysvalya, hehehe, abs, Caio

  140. maisvalia

    -

    08/09/2011 às 21:52

    …Discurso bem formulado e que coloca os republicanos na parede…
    Continua só bom de gogó e penso que a magia dele se foi.
    O plano dele continua fraco como ele.
    Quem viver verá, hehehe
    Go Sarah go
    Mania de subir no palanque e falar a mesma mesmice. Analise o jogo politico e para de matraquear, hehehe, abs, Caio
    PS- Sarah esta no gogó daquele cauboi texano que pelo menos sabe quem foi Galileu.

  141. Felipe Goltz

    -

    08/09/2011 às 21:48

    Caro Caio,
    Como de costume, parabéns pelo texto “comemorativo” ao decênio do 9/11. Infelizmente, é chocante e desolador ver a quantidade de incrédulos e adoradores do “outro lado da história”. Mesmo que não haja outro lado algum. Muitos destes conspiracionistas e mistificadores possuem bom nível educacional e cultural, o que refutaria a concepção de que pessoas que pensam de forma tão esdrúxula, assim o fazem somente por não terem acesso à informação. Acontece que quem não tem acesso nesta história toda são as sinapses neuronais desta gente que, de forma contrária aos automóveis, parecem funcionar apenas com combustível adulterado. E o que dizer do “desaparecimento” de Osama Bin Laden, então? O que surgiu de teorias e teoristas de que a verdade não era “bem aquela” divulgada pelo presidente Barack Obama dava para encher um World Trade Center. Afinal, já que ninguém viu o corpo do terrorista saudita, ele bem que pode ainda estar por aí, né?, tramando com seu quase-homônimo, o Obama, o próximo atentado da Al-Qaeda contra os infiéis do Islã.
    Abs,
    Felipe
    Valeu, Felipe, mas como voce bem lembrou, os terroristas tinham boa formacao educacional. É um choque para muita gente. Alias saiu uma pesquisa agora no Egito e mais da metade deles nao acredita que Osama bin Laden tenha morrido. De fato nem tudo sao flores na primavara arabe, mas é preciso cultivar, pois nao ha volta para o passado, abs, Caio

  142. Mauricio

    -

    08/09/2011 às 21:41

    Ahahahaha.
    Dei uma passada de olho rápida nos comentarios e achei essa coluna muito boa. O assunto de teorias conspiratorias gera sempre boas risadas.
    Boa tb está a divulgação de um IP e email falso de um cara xingando o Caio e os desdobramentos. hehehe… deve ter preocupado o sujeito e alguns vão passar a pensar duas vezes antes de escrever.
    Vc devia ter feito isso mas mais a sério quando tinha aquele blog no IG, Caio. Lá vi comentários e ameaças diretas em que se trocassemos a palavra judeu ou sionista por homossexual ou negro a policia federal ia ter que baixar lá no IP deles, hehehehe. Até deixei de ler na época, era disgusting.
    Agora com licença que eu vou procurar alguma partida do US open para assistir, hehehehehe
    Boa, Mauricio, a comecar pelo final de assistir ao US OPen. Aqui chovia sem parar. Na epoca do IG eu nao tinha controle sobre os comentarios. E era aquela esbornia. Mas com este farsante “Jacó” estou aprendendo a licao e vou comecar a apregoar o IP publicamente, embora em geral nao seja detectado, mas nada como exibir o covarde, abs, Caio

  143. Rodrigo

    -

    08/09/2011 às 21:39

    Eu só dei o nome dele. Assim você não vai pensar que eu andei sonhando, hehehehe.
    Nao botei a historia do Gore Vidal na coluna pois precisaria explicar muito, mas que final patetico para um grande escritor e polemista, abs, Caio

  144. Rodrigo

    -

    08/09/2011 às 21:20

    Caio, é Stanislav Lunev o nome do homem que disse que a Rússia estava por trás dos ataques às Torres Gêmeas.
    Como dizia Nelsinho Motta, include me out desta, abs, Caio

  145. maisvalia

    -

    08/09/2011 às 21:16

    É Karen, como diz o cumpanheiro Caio voltou muito contundente e fiscalizadora, pena que seja só com os marvardos republicanos. Todos com defeitos, só prestando, na sua liberal ótica, aquele que não tem chance alguma.
    Tomara que seja crítica também e muito com o cumpanheiro moleirão mentiroso hussein, que acaba de fazer mais um longo discurso de queixo anguloso com relevância de pastel de feira, na hora que abre é só vento, nada de conteúdo, hehehehehe
    Go Sarah go. One term. It is a piece of cake, hehehehe
    Aqui nao, feirante republicano, nao foi só pastel. Discurso bem formulado e que coloca os republicanos na parede, como ajudar a economia sem ajudar Obama? Abs, Caio

  146. Carmem

    -

    08/09/2011 às 20:57

    Oi Karen,
    Adorei, em novembro vou estar aí de novo (é, a trabalho galera).
    Ótimo big post.
    Acabei de assistir ao Obama, ele é muito bom, discurso ótimo, vamos ver a execução, espero q não seja uma big decepção…
    abs

  147. Rodrigo

    -

    08/09/2011 às 20:49

    “O jornal inglês The Guardian , em 27 de outubro de 2002, publicou um contundente ensaio de Gore Vidal, intitulado The Enemy Within (“O inimigo interno”), no qual acusa categoricamente o governo norte-americano, no mínimo, de cumplicidade no atentado”. É o Gore Vidal, hein, Caio?
    Gore Gaga Vidal, abs, Caio

  148. Karen

    -

    08/09/2011 às 20:01

    Muito bom o comentario do Plabo Vilarnovo.
    E Carmem, como foram os seus dias em NY? Abs.

  149. Karen

    -

    08/09/2011 às 19:55

    Oi Caio e amigos da coluna…ignorancia e conveniencia sao as palavras para estas pessoas que falam que nao acreditam que terroristas de origem mulcumana sao responsaveis pelos ataques em sep/11. E cansativo mas nao e uma pratica, infelizmente, so naquelas “playas”. La parece mais chocante porque os proprios cidadaos que acreditam nestes demagogos, ou nao, estao constantemente sofrendo ataques por estes que falam que os estao protegendo, parece um filme de terror sem fim.
    Iraque foi um big mistake…como nao podemos voltar no tempo, pelo menos deveriamos usar o fato como referencia para decisoes futuras.
    O debate entre os candidatos republicanos ontem foi o esperado. Romney e Perry foram os destaques, e o resto fez o que pode e nao ( Bachmann nao consegue/ ou nao pode responder a uma unica pergunta diretamente). Huntsman parece ter um conhecimento global (quando nao tentando agradar os conservativos) que acho importante em um chefe de estado . Gingrich e o pior, a unica coisa que fez foi reclamar dos meios de comunicacoes tentando dividir os candidatos do seu partido na luta contra o Obama (parece ser sua unica preocupacao derrotar o atual presidente). Ron Paul e inacreditavel, eu devo confessar que gosto dele: ele acredita nos seus principios e acho que nao e so da boca para fora, ele parece ser um homem honesto (e claro que a maioria nao votaria nele porque o povo adora falar que nao quer intervencao do governo federal mas na hora que algum beneficio e ameacado de acabar estes mesmos ficam em desespero), pode-se chamar este fenomeno de hipocrisia. E o Perry parece estar na dianteira da competicao mas pode ter problemas pois ele sugeriu em seu livro e no debate que o seguro social pode estar com os dias contados do jeito que esta hoje, e e claro que Romney falou que isto e um direito do aposentado e que todos podem contar com este direito se ele for o presidente. Recado p/ o Perry, mesmo que seja verdade vc nao pode falar estas coisas, o povo pensa que quer o governo fora de suas vidas mas e mentirinha, entendeu? Outro problema do Perry e que parece muito independente em suas ideias mas foi noticiado, por poucos meios de comunicacao, de suas reunioes com os irmaos Koch que chamam Obama de Saddam Hussein e pede guerra contra o seu segundo turno…e melhor o partido democrata se emendar porque as opcoes do lado de la nao parecem muito promissoras. Abs.
    Oba, Karen, voltou com big guns, assim que eu gosto, conviccao de suas ideias e muito importante, nesta triste celebracao do 11 de setembro voce é uma voz de Nova York, abs, Caio

  150. Carmem

    -

    08/09/2011 às 19:08

    Oi Leonel,
    Pode ser, bom, tenho pelo menos uma boa notícia, o IP da Net aqui de casa aparece como sendo do Rio, o do trabalho é da embratel q como vc adivinhou, tá no Rio.
    Desculpe a aporrinhação, mas é um assunto q me interessa.
    abs

  151. amauri

    -

    08/09/2011 às 18:51

    Boa noite Regina!
    Amanhã farei um comentário, espero que fale, mas fale alguma coisa, para não ser reprovado pela segunda vez por voce. Até.

  152. amauri

    -

    08/09/2011 às 18:49

    Boa noite Rony!
    É mais ou menos isto. abs
    Ai, ai, ai, Amauri, qual das conspiracoes? Abs, Caio

  153. Leonel Lazouwnik

    -

    08/09/2011 às 18:45

    Corrigindo: De todas as teorias da conspiração, a que mais me impressionou pela tolice (…)

  154. Leonel Lazouwnik

    -

    08/09/2011 às 18:41

    Algumas teorias da conspiração que mais me impressionou pela tolice, é aquela que afirma que governos estão mantendo em segredo que um planeta irá se colidir com a terra (só os orkuteiros que estão acima do sistema que não foram ludibriados). Fico pensando qual será o QI de uma pessoa para acreditar nisso.
    Como eu li num blog por aí, “se J. R. R. Tol­kien fosse sar­cás­tico o sufi­ci­ente para dizer que ele era um médium, e que suas his­tó­rias são na ver­dade o depoi­mento de um espí­rito que viveu em Atlân­tida, tenho cer­teza que muita gente engo­li­ria a lorota cega­mente e até cri­a­riam uma reli­gião e uma página na Inter­net, com direito a ofe­ren­das aos deu­ses élfi­cos e sacri­fí­cio de vir­gens a Sau­ron”.
    A realidade prosaica choca muita gente, mais do que colisao de planetas, caro Leonel, ? Abs, Caio

  155. Leonel

    -

    08/09/2011 às 18:25

    Carmen,
    O provedor ele acerta. Mas creio que todos os sites acertam o provedor. Mas a cidade, poucos acertam…Talvez seu provedor tenha sede na sua cidade…

  156. maisvalia

    -

    08/09/2011 às 18:20

    Eu amo a juventude como tal. O que eu abomino é o jovem idiota, o jovem inepto, que escreve nas paredes “É proibido proibir” e carrega cartazes de Lenin, Mao, Guevara e Fidel, autores de proibições mais brutais.
    Nelson Rodrigues

  157. Vera

    -

    08/09/2011 às 18:10

    opa, sorry, salada nas teclas… corrigindo o antepenúltimo parágrafo: quanto aos direitistas em menor grau, que creio, se deixaram influenciar.

  158. Vera

    -

    08/09/2011 às 17:54

    Well Caio, quando uma desconcertante e estupefaciente verdade se contrapõe a um conceito preestabelecido e que se tem como irrefutável, vem a se tornar evidente, forte e dolorida demais para ser aceita, “inventa-se” uma outra suposta verdade para renegar totalmente aquela realidade e justificar a sí mesmos que não estavam enganados.
    É o que se faz quando negam o holocausto ou quando se nega que foram terroristas islâmicos que perpetraram aquela barbaridade…
    E ainda há os que beiram mesmo à desordem mental e louvam os que ousaram desafiar a grande potência… (uma grande e estúpida bobagem)
    Admitir que houve o holocausto ou que a América foi mortalmente atacada é como deixá-los de joelhos, sem argumentação, nunca farão isso. Só lhes resta então criar uma nova teoria que negue o óbvio. E isso pode se aplicar tanto aos povos árabes quanto aos esquerdistas. Quanto aos direitistas, acredito
    Em menor grau aos direitistas, que creio, se deixaram influenciar.
    Well…O bom de uma teoria é que ela é apenas e tão somente isso: uma TEORIA, sem nenhuma comprovação científica. E SE NÃO SE COMPROVA, NÃO MERECE CRÉDITO.
    Oi Vera, legal esta correlacao que muitos que negam o Holocausto tambem negam o que aconteceu em 11 de setembro, abs, Caio

  159. maisvalia

    -

    08/09/2011 às 17:32

    Idolos e Idiotas

    Todo jornalista brasileiro, até prova em contrário, é ignorante, burro e esquerdista. Podemos medir sua estupidez pelos seus ídolos. Ivan Lessa é um deles, idolatrado por jornalistas brasileiros escreveu um dos piores artigos de todos os tempos – Ivan Lessa: Festival 11\9. Esse elemento sugere que os ataques terroristas de 9-11 têm um culpado, a existência de Israel. Para vocês terem idéia de como um indivíduo consegue falar tanta m… impunemente, considerem o seguinte parágrafo de sua autoria; nunca se viu em tão poucas linhas tanta besteira junta:
    Em 2003, ficou decidido que fora tudo coisa do Saddam Hussein e suas “armas de destruição em massa” e a única solução era invadir o Iraque, matar o maior número de pessoas possíveis, julgar sumariamente o ditador, enforcá-lo, dando ao mesmo tempo uma chegadinha no Afeganistão com as forças aliadas (como apareceram aliados na época) para garantir a liberdade não só dos dois países em questão (coisa decidida lá pelos que mandam nesta Terra) como livrar o mundo do terrorismo árabe.
    http://www.bbc.co.uk/portuguese/noticias/2011/09/110907_ivanlessa_tp.shtml
    SELVA BRASILIS

  160. jorji

    -

    08/09/2011 às 17:03

    Quem planejou a morte de Kennedy?

  161. Osvaldo

    -

    08/09/2011 às 16:34

    Prezado, essas teoria então estão ganhando força na própria Rede Globo por que os especiais que estão passando mostram que as familias das vitimas solicitaram uma investigação completa onde os mesmos apuraram que o governo americano sabia da intenção da Al Qaeda de atacar os EUA, então sinceramente não sei em quem e no que acreditar.
    Caro Osvaldo, a Al Qaeda ia atacar, a questao é adivinhar onde. Os alemaes sabiam que haveria desembarque aliado na França em 1944, a questao era acertar quais praias da Normandia. Estamos discutindo mais negligencia, incompetencia, etc, abs, Caio

  162. maisvalia

    -

    08/09/2011 às 16:11

    Cid Gomes torce para o ditador Kadafi?

    O governador do Ceará, Cid Gomes (PSB): torcendo para o ditador?

    Amigos do blog, um leitor do Ceará que não vou identificar passou a seguinte informação sobre o governador Cid Gomes (PSB) ao blog:

    “O presidente da associação a qual pertenço testemunhou na mesa de setorial negociação [com os professores em greve] o governador Cid Gomes proferindo a seguinte pérola:

    – Eu estava torcendo pelo Kadafi.
    - Coluna do Ricardo Setti

    PODE TROCAR GADAFI POR MUBARAK, POR AHMADINEDJA, POR FIDEL E RAUL, POR BATTISTI, POR ASSAD, POR QUALQUER PORCARIA DE TIRANO ILUMINADO DO PLANETA, HEHEHEHEHE
    E ELE NÃO É EXCEÇÃO NA BANÂNIA.
    MAS NA HORA DE VIAJAR, NADA DE HAVANA, TRIPOLI, COREIA DO NORTE.
    ELES PREFEREM AS DELÍCIAS DO TIO SAM OU O CIRCUITO ELIZABETH HARDEN, HEHEHEHEHE

  163. Carmem

    -

    08/09/2011 às 16:05

    Oi Leonel,
    E eu acreditando nesse tracer..
    O meu IP ele acerta em cheio, no mapa eu diria que tem um deslocamento de + ou – 1km, mas de RS para MT foi vergonhoso. Pelo menos ele acertou o nome do seu provedor?
    abs

  164. Pablo Vilarnovo

    -

    08/09/2011 às 15:58

    Caio – Meu maior problema com essas teorias de conspiração é que elas geralmente se focam no ato em si e deixam escapar toda a preparação anterior. Se esquecem que a Al Qaeda já havia atacado os EUA, aliás, o próprio WTC em um atentado a bomba. Se esquecem que a Al Qaeda já haviam atacado o USS Cole. Na verdade o governo Clinton teve a faca e o queijo nas mão para acabar com Bil Laden e perdeu a oportunidade quando ele estava abrigado no Sudão.
    Eles utilizam o mesmo sofisma das pessoas que dizem que as pirâmides foram feitas por extraterrestres, mas só focam nas pirâmides de Gizé, mas se esquecem que antes dessas houve centenas de anos de tentativa e erros, pirâmides que desabaram, pirâmides tortas, que deram errado até se chegar ao resultado final no Cairo.
    O atentado só foi possível porque os serviços de inteligência americano para esses casos eram extremamente falhos. Um conjunto de vaidades, incompetência, arrogância, disperço em dezenas de agências como a CIA, FBI, NSA, DoD entre outras. Cada uma cuidando do seu “quintal” e onde o compartilhamento de informações era quase inexistente.
    Um atentado como esse seria praticamente impossível em Israel, por exemplo, onde a inteligência funciona de maneira bem mais organizada.
    Pablo, gostei! Recomendo a leitura deste comentário aos demais leitores, abs, Caio

  165. Fernando dos Santos

    -

    08/09/2011 às 15:48

    O atentado ao WTC é como o assassinato de JFK.Sempre vai render assunto para o pessoal que curte conspirações.Sempre vai haver um ou outro detalhe mal explicado ou que teve explicação ao publico vetada pelo governo americano por motivos de segurança.No assassinato de Kennedy tem por exemplo a tal “bala mágica” e no WTC tem entre outras coisas o sumiço das caixas-pretas dos aviões.A versão oficial se não me engano é de que elas foram destruidas pelo fogo, mas tem gente que afirma que elas são feitas para suportar temperaturas muito mais altas que aquelas registradas nas Torres Gemeas na fatídica data.São detalhes como esses que continuarão alimentando a imaginação de teóricos de conspiração ao longo das décadas.Há quem duvide da versão oficial hoje passados dez anos do fato e certamente haverá gente duvidando daqui dez,vinte,trinta anos
    Sim, caro Fernando, um ou outro detalhe, mas a historia esta contada, abs, Caio

  166. Leonel

    -

    08/09/2011 às 15:18

    Olá, Carmen.
    Bem eu dei uma olhada no site indicado, mas ele também não é exato. Como exmplo, ele coloca meu IP como sendo do Mato Grosso, quando na verdade estou no RS.
    Até hoje, não conheci nenhum desses sites que dê a localização exata do IP.

  167. Carmem

    -

    08/09/2011 às 13:57

    Oi Leonel,
    Depende do tracer q vc estiver usando, alguns só apontam o país ou o estado.
    O q eu usei apontou um endereço na Rua Paraíba quase com Casemiro de Abreu.
    A página desse tracer é de acesso gratuito caso vc queira dar uma olhada.
    http://www.ip-adress.com/ip_tracer/
    abs,
    ps: melhor tracer q eu já encontrei por aí, enjoy!

  168. Rodrigo

    -

    08/09/2011 às 13:14

    Ok, deixemos de lado o Rummy, e vamos com o “Dirceu, guerreiro, do povo brasileiro”. Ele diz que o mensalão é uma teoria da conspiração do “PIG”.

  169. reynaldo

    -

    08/09/2011 às 13:12

    Não vejo porque estou idealizando o povo árabe só porque digo que a maioria é gente comum que só está querendo tocar suas vidas, não dá para entender, pode desenhar? Gente comum costuma ser manipulada pela propaganda, por políticos e por líderes religiosos e é natural que em virtude dessa manipulação essas pessoas acreditem que não foi seu próprio povo que cometeu aquelas atrocidades em terras tão distantes, assim como o povo americano acredita em Obama quando ele diz que “salvar bancos é salvar pessoas” e a história está provando que só os bancos foram salvos enquanto as pessoas continuam empobrecendo, com nova crise no horizonte. É o resultado da boa-fé e da propaganda enganosa, assim como a propaganda enganosa vende o mito dos países ocidentais como defensores da liberdade, da civilização e da democracia. Não defendo ataque terrorista nenhum contra os EUA e deploro com toda força o que aconteceu em onze de setembro e até concordo que a civilização foi atacada como um todo há dez anos atrás, apesar de achar que nesse setembro de 2011 deveria estar no foco de nossas atenções o modo como a civilização como um todo é atacada nesse exato segundo, quando milhares de crianças morrem de fome nos países africanos, mas deixa para lá, trata-se de gente anônima, cujas histórias individuais não interessam à grande mídia e como disse o Maisvadia, o discípulo-mor do gênio Reinaldo de Azevedo, “a África sempre foi assim”, portanto, não há nada a fazer, não é verdade? O mais impressionante é que até uma das instituições mais reacionárias desse planeta, a Igraja Católica, já reconheceu sua participação no genocídio dos indígenas e agora os sábios defensores das minorias oprimidas (Opus Dei, TFP e Tea Party) querem fazer o revisionismo da história da colonização européia no terceiro mundo. Agora, se alguém tenta fazer a revisão do holocausto judeu na II Guerra, é aquela grita! Esses caras são brilhantes, vamos aplaudir, para eles basta inverter o pensamento de esquerda e, oops, atingimos a iluminação!!!
    Caro Reynaldo, viajou um pouco (bastante) do meio para o fim, mas ao menos colocou alguns pontos razoáveis nos iis ou yys até a linha 10, valeu, abs, Caio

  170. Rony

    -

    08/09/2011 às 12:43

    Acho que o que o Amauri esta dizendo eh que pode ter uma galera que ajudou, tipo um aiatola do Ira, um KaGadafi da vida, um malucao do Pauistao… algo assim… Nao a CIA, KGB, Mossad ou MIF (mission impossible force), acertei amauri?
    Vi um comentario abaixo de alguem que queria a verdade acima de tudo e mais nada, so a verdade interessa… Lembrei da fala de um filme com o Jack Nicholson em que ele eh um general julgado por mandar darem um corretivo num cadete. “You can’t handle the truth!”.

    Abraco
    Grande filme, caro Rony, é em inglês A Few Good Men.
    Claro que a Al Qaeda pode ter suporte de frilas, como um setor da inteligência paquistanesa, mas foi obra dela, tramada no santuário oferecido pelo Talibã, abs, Caio

  171. Rodrigo

    -

    08/09/2011 às 12:43

    Então, Caio, em toda teoria conspiratória sobre o governo Bush, encontro o nome do Rumsfeld hehehehe. Isso pra não falar do aspartame.
    Uma passagem de ida a Guantanamo se você conseguir um dia nao escrever a palavra Rumsfeld, hehehe, abs, Caio

  172. Leonel

    -

    08/09/2011 às 12:38

    Caio e Carmen 08/09/2011 às 9:38
    Creio que todos os IP’s originados pelo Net Virtua são identificados como de São Paulo, mas de onde ele realmente é, apenas esse provedor poderá dizer.
    Valeu, Leonel, sempre que for possível flagrar esta gente, é um favor à humanidade. Está mais do patente que o espaço aqui é aberto para qualquer debate, por mais cáustico que seja, embora civilizado e sem estes covardes, abs, Caio

  173. Rone

    -

    08/09/2011 às 12:29

    Carlos Cesar esse mesmo São Thomé ;
    ninguem sabe quem foi se foi a “Al Caida” ,
    e se é que foi quem contratou e treinou esses caras
    ou foram serviços de contra espionagem ,
    os meios justificam as finalidades, os interesses ;
    afinal a maquina não pode parar!
    Tinha de ser um atentado em uma escala que superasse a todos os ocorridos no Planeta!
    Petroleo, Gaseodutos,isolar a região montar bases militares, desestabilizar a deixando a sempre em constante reconstrução
    a bola da vez!
    Caro Rone, acho que com seus argumentos hilários, você deveria criar a rede Al Queda, abs, Caio

  174. Regina

    -

    08/09/2011 às 12:26

    Amauri, você falou e não falou nada. Você duvida que foram só os terroristas do Osama? Qual é a base de sua dúvida? Que você duvida do discurso oficial? Até mais, obrigada.

  175. amauri

    -

    08/09/2011 às 12:02

    Bom dia Regina!
    Se eu soubesse já teria dito, não sou nenhum imbecil de falar o que não sei. Ademais, colocar aos que acham ser plausível uma inteligencia alem da Al Qaeda (não desmerecendo a inteligencia de seus integrantes, ou os atentados foi algo grande e complexo ou eu sou burro o suficiente para achar) na elaboração como anti-americano pode ser um atentado a realidade. Por que quando os iluminados colocam um pensamento, todos tem que seguir, senão da=lhe adjetivos pejorativos? Não tenho pretensões, nem DNA, para ser um conspirador. Pelo que o Caio disse o M. Moore consegue legiões de pessoas a endossar o que ele fala, nem com engov pensei em assistir o documentario. Qualquer confusão que eu possa lhe causar estou a disposição para me explicar. Não sou anti nada, apenas me dou o dever de não seguir o discurso oficial facilmente. abs

  176. maisvalia

    -

    08/09/2011 às 11:41

    …Pergunto ao leitor mais avisado se ele acredita que a CIA é a Companhia dos Iluminados e Anjos atuando com virilidade a favor do bem, como prega a propaganda oficial americana e os filmes de hollywood. Acredita?

    Em que planeta vive o invejoso, como sói acontecer a todos os reaças do século 19?
    Indique os filmes que fazem apologia da CIA nos últimos 20 anos.
    A maioria dos filmes da marvarda oliude é metendo o pau ou no mínimo tirando sarro da CIA, faz tempo que o comuna não vai ao cinema ou só assiste os lixos de pobrismo bananeiros, né?
    Porque será que todo comunista vive vomitando mentiras a torto e direita e nem se dá conta?
    Do leitor e cinéfilo mais avisado, hehehehehe

  177. Anti petista

    -

    08/09/2011 às 11:19

    A verdade é que a culpa é das elites e da imprensa golpista. Magnatas que possuem mansões no Afeganistão se sentiram prejudicados pelas torres, que de tão altas faziam sombra em suas piscinas em Cabul. Como esses magnatas são muçulmanos mas suas casas estão em alienação fiduciaria com banqueiros judeus, eles se aliaram a eles e juntos com as organizações Globo, alas neo-fascistas do exercito americano, sindiatos ligados a CUT e o Detran do RJ tramaram o que foi a mais hedionda ação da humanidade, e de quebra instituiram a vistoria anual de veiculos para angarear fundos de caixa 2 de campanha dos partidos politicos da “base aliada”. Pronto. Agora todos sabem a verdade.
    Agora sim a conspiracao esta devidamente esclarecida, o Detran estava metido, obrigado, hehehe, abs, Caio

  178. Regina

    -

    08/09/2011 às 11:17

    Ao Amauri, vi sua troca de comentários com o Caio e estou confusa com seus argumentos. O Caio fez ironia sobre os conspiradores dizendo que foi coisa da CIA e do Mossad e você quer conspirar ainda mais? Quem você acha que ajudou os terroristas? A China? A Rússia? O Irã? Os colombianos da Farc? O Hugo Chaves? Você parece muito conservador e aqui se une aos esquerdistas doentios e suas conspirações contra os americanos.
    Obrigada.

  179. Renato Rasiko

    -

    08/09/2011 às 11:14

    A única certeza que tenho é que ninguém pode ter certeza de nada. Nem você Caio. Por isso é muito estranho que você ataque as teorias conspiratórias com tanta veemência e convicção. Se por força da sua profissão e dos contatos que fez dentro dela você sabe o que não sabemos, então nos informe com dados que nos convençam e não possam ser contestados. O que li no seu texto não passa de uma tomada de posição (defesa) em contraposição à outra (ataque). Em termos jornalísticos o valor disso é zero. A mim, particularmente, o que me interessa é a verdade acima de tudo, doa a quem doer. E, independente de teorias e/ou práticas conspiratórias, a manipulação e o controle existentes no planeta como um todo sempre existiram e cada vez mais se aprofundam e ampliam. Só não vê quem não quer, especialmente os avestruzes que evitam de todas as formas assumir a responsabilidade que cada um de nós tem na mudança desse quadro. Ou o mundo tá o maior barato e meus acessores estão me enganando?
    Renato, por favor, fazendo equivalência entre fatos cabais e teorias conspiratorias, assim não dá, sobre algumas coisas tenho certeza, mas como sou camarada nao vou dar nota zero para seu argumento. E assim caminha a humanidade: os antiamericanos doentios se unem a esta bizarrice de uma nova ordem mundial. Triste, triste, abs, Caio
    Nossa, Renato, reli outra vez, você quer que eu prove a Al Qaeda realizou os atentados? É preocupante este ceticismo. Imagine em situacoes em que realmente existe uma margem de duvida. Em que planeta voce vive? O da realidade alternativa?

  180. reynaldo

    -

    08/09/2011 às 11:13

    Não sei onde você viu, Caio, que eu estava idealizando o mundo islâmico ou amaldiçoando o mundo ocidental em meu comentário abaixo, faça o favor de apontar. Só estava tentando demonstrar que nem toda teoria que desvenda os grandes interesses muito mundanos dos governos associados à indústria potrilífera e armamentista dos EUA e da Europa Ocidental é uma teoria conspiratória e que nem todo ódio que esses grandes interesses provocam mundo afora está desprovido de fundamentos na realidade. Essa balela de querer vender o ocidente capitalista como democrático e civilizado é típica dos cães da ordem, entre os quais os jornalistas da grande imprensa se destacam, na atualidade. Pergunto ao leitor mais avisado se ele acredita que a CIA é a Companhia dos Iluminados e Anjos atuando com virilidade a favor do bem, como prega a propaganda oficial americana e os filmes de hollywood. Acredita? Então pode acreditar também que foram os próprios americanos que explodiram as Twin Towers, é o mesmo gênero de inocência, meus caros.
    Reynaldo, esta frase sua achei idealizada: maioria do povo árabe, gente pacífica que só quer tocar sua vida do melhor modo possível, como cristãos, hindus”. O foco do meu texto foi justamente a negacao que existe no mundo islamico à realidade do terror, que gente islâmica foi capaz de fazer o que fez. Sobre o Ocidente, você simplesmente remove a autoridade moral de paises como os EUA e europeus de atuarem em nome da liberdade, como atuam. Obivamente que existem interesses econômicos e hipocrisia, alem do jogo sujo e conspiracoes da CIA, mas era mais simples ficar com o mais simples no contexto dos atentados do 11 de setembro e admitir que a civilizacao como um todo foi atacada naquele dia, num ataque injustificavel. Duro aceitar isso? Abs, Caio

  181. Maria de Fatima Machado

    -

    08/09/2011 às 9:51

    Parabéns. A exemplo de Nova York, Texas também vai sair dessa!
    Oi Maria, por que Texas? Abs, Caio

  182. Carmem

    -

    08/09/2011 às 9:38

    “divulgo o e mail falso com o qual ele enviou esta infâmia:
    fuckyoublinder@gmail.com (IP 189.62.15.13)”
    .
    O palhaço é de São Paulo capital e enviou a palhaçada usando uma conexão da NET. Se foi de lanhouse é difícil (mas não impossível) identificar, mas se foi de casa, não há coisa mais fácil…
    abs,
    Valeu, detetive Carmem, mas sempre é dificil encontrar estes canalhas, abs, Caio

  183. maisvalia

    -

    08/09/2011 às 9:30

    …squerdistas e teóricos da conspiração são idiotas ideológicos que não entendem nada da realidade, portanto, os EUA e a Europa Ocidental são os líderes do mundo livre e democrático e estão habilitados moralmente para impor seu modelo de liberdade e democracia ao resto do mundo…

    Finalmente concordo com algo dito pelo reacionário do século 19, hehehe
    E pode ficar tranquilo Y, depois do que passei na vida e que espero tenha terminado, você nunca me deixou nem perto de nervoso. Ao contrário, “dialogar” com você é extremamente prazeroso ou em linguagem mais povão, sai na urina, hehehehehe

  184. amauri

    -

    08/09/2011 às 9:29

    O importante Caio, é que mesmo divergindo mais, convergindo menos, ou vice e versa, eu o respeito e não tenho nenhum indicio de rixa com voce. Este é o caminho viável para uma futura paz no mundo: divergências com respeito e não igualitárias. abs
    Claro, Amauri, nao existe nenhum rixa, estamos dialogando. Insisto aqui que nunca sou condescendente com leitores e pelo visto muitos tampouco agem desta forma comigo, ainda bem, hehehe, abs, Caio

  185. carlos cezar

    -

    08/09/2011 às 9:11

    Eu vi, Rone, acho que você quis dizer São Tomé. Entretanto, dentre todas as teorias conspiratórias, a mais crível é de que a al qaeda é a responsável direta por todas aquelas mortes.
    Abs.

  186. reynaldo

    -

    08/09/2011 às 8:55

    Em resposta a alguns comentários da coluna anterior que querem me associar a alguns simplistas que passam por lá, não tenho nenhuma dúvida de que os atentados de 11 de setembro foram planejados e executados por terroristas árabes e concordo com o Caio no sentido de que esses radicais não representam o islamismo e só serviram para alimentar um ódio infundado à religião e à maioria do povo árabe, gente pacífica que só quer tocar sua vida do melhor modo possível, como cristãos, hindus, etc. Agora, as teorias conspiratórias costumam ser muito úteis a quem quer defender a tese de que os Estados Unidos e seus aliados agem apenas em nome da liberdade e da democracia. O raciocínio é o seguinte: esquerdistas e teóricos da conspiração são idiotas ideológicos que não entendem nada da realidade, portanto, os EUA e a Europa Ocidental são os líderes do mundo livre e democrático e estão habilitados moralmente para impor seu modelo de liberdade e democracia ao resto do mundo, portanto, aqueles que falam em interesses estratégicos e econômicos dessas nações no Iraque e na Líbia são ingênuos. Acredite, leitor, o ingênuo somos nós, eu e você que acreditamos que as potências do mundo capitalista não têm interesse no petróleo e na posição estratégica, acredite, leitor, isso é só fruto de nossa mente conspiratória, a CIA é a Companhia dos Iluminados e dos Anjos, todo o ódio que existe pelo mundo contra USA é pura inveja, se o serviço secreto americano usa de truques sujos e o exército de violência é só para o bem, como vemos nos filmes, entenderam?!!
    Caro Reynaldo, as teorias conspiratorias sobre o 11 de setembro sao uma folia que une ideologias e bizarrices de diversas vertentes e esquizofrenias, abs, Caio
    De resto, nao idealize o mundo islamico e tampouco amaldicoe o mundo ocidental.

  187. amauri

    -

    08/09/2011 às 8:54

    Então tá. Foram aqueles que estavam nos aviões, 19, que alem de executar, planejaram os atentados. Por que só citar CIA e Mossad? Achar plausível que tenha tido uma inteligencia, alem da Al Qaeda, por traz dos atentados que deixaram o mundo perplexo (uns felizes outros mais não) é acreditar na imaginação fértil dos lunáticos? É só discordar de suas nuances que, mesmo tendo alguns pontos congruentes é chamado de moldado? E voce, não tem uma visão de mundo moldada? abs
    Nao, Amauri, os 19 suicidas nos avioes foram operadores, nao planejaram a operacao. Isto foi feito por outros escaloes da Al Qaeda. Ai, ai,ai, qual é a sua teoria alternativa? Evidentemente que tenho meus valores moldados, abs, Caio

  188. carlos cezar

    -

    08/09/2011 às 8:37

    Bom dia, Caio. Parece que o Perry se saiu bem no debate. Aliás, estou começando a acreditar que ele pode vencer ano que vem. Ele critica Bush por uma das maiores tragédias deste início século: a invasão do Iraque. Como é impossível “engolir” essa invasão (para a maioria daqueles que conservam o bom senso), o Perry tem em mãos um bom trunfo para se tornar cada vez mais simpático aos admiradores das boas causas, com exceção à teoria do aquecimento global, que, para ele, é uma bobagem. Talvez um bom time de cientistas sérios ainda possa convencer o homem de que o crescimento da atividade industrial e outras coisas venham contribuindo para o tal aquecimento. Ou não? Resta saber se é uma opinião dele mesmo ou só jogo de cena para agradar parte do eleitorado.
    Abs.
    Nao sei se foi culpa do aquecimento global ou nao, pois fiquei sem energia eletrica do final da tarde de quinta ate a madrugada desta sexta. Nao vi o debate, Mas vamos ver, sera o debate perry x romney. Os dois vao duelar ate o final agora, abs, Caio

  189. Rone

    -

    08/09/2011 às 8:32

    Errei o Santo; e ninguem percebeu?

  190. Carmem

    -

    08/09/2011 às 8:32

    Oi Caio,
    O Gagarin só deu a volta na terra, jamais pisou na lua ao contrário do Armstrong e Aldrim, mas só porque os russos não tinham um Kubrick.
    Quanto ao Roswell, o Spielberg já deixou claro inúmeras vezes que o caso esta sendo encoberto pelo serviço secreto até mesmo do presidente.
    abs
    Bom dia, Caio!!
    Oi Carmem, ta vendo?, por isto que a realidade nao tem graça, bom dia, abs, Caio

  191. amauri

    -

    08/09/2011 às 8:20

    “De resto, nao tenho mais anda a declarar como nao dá para aceitar o mais simples, ou seja, quem realizou os atentados, de novo.” Não entendi!
    Voce quer dizer que eu estou no balaio dos que acreditam ser os EUA o autor, mesmo que intelectual, dos atentados? abs
    Oi Amauri, escrevi com base nesta frase sua: O curioso é que existem outros orgãos de inteligencia e não foi mencionado. Sozinhos, aquelas pessoas não o fizeram, pelo menos não consigo ver isto como logico::.
    Se interpretei errado, sorry, abs, Caio

  192. amauri

    -

    08/09/2011 às 8:08

    “Amauri, voce tem leituras muito dirigidas, aquelas que se ajustam a sua visao de mundo, logo voce tambem acaba acreditando nas mentiras que voce l^e, deu para ver a logica revertida do seu argumento?” Se assim fosse, não leria seus artigos ou comentários pois, muito de que voce acredita sou cético. Não é porque ‘temos tendencia a acreditar no que nos agradam’, que precisamos assim agir. Muitas cronicas leio meio enjoado, tomo engov antes, porem faz parte. Embora pareça que tenho tenho fé em um determinado modelo, não tenho. O fato de eu não idolatrar nenhum homem, presidente ou qualquer outra denominação já me torna um esquisito, né! Um dia, quem sabe, consiga acreditar somente na realidade como voce. abs
    Bom ponto, caro Amauri mas voce l^e meus textos ja munido de ceticismo e nao concorda com eles, sempre traz os contra argumentos. Claro que para mim é um exercicio intelectual o debate com voce, mas voce ja me parece muito moldado na sua visao de mundo para mudar, nao importa meu poder de dissuasao, hehehe,abs, Caio

  193. jorji

    -

    08/09/2011 às 8:03

    Caio, isso que voce relatou é absolutamente natural, é a natureza humana, qualquer acidente em uma esquina de uma cidade, ganha muitas versões, principalmente quando acontece uma tragédia, o ser humano é uma máquina de criar verdades, e o pior que a grande maioria se considera o dono da verdade, isso porque o ser humano é movido pelos sentimentos, não pela razão.
    Meu caro Jorji, existem acidentes e existem atentados terroristas, abs, Caio

  194. maisvalia

    -

    08/09/2011 às 7:57

    E Caio, se possível, faça uma listas de falsos ou reais mitos da direita dos últimos 50 anos?

    Tente?!?
    Meu caro, tente as vezes sair deste joguinho esquerda x direita, é saudavel, hehehe, abs, Caio
    MAS E A LISTA NADA, NADICA???
    Nadica desta conversa interminavel, chata, cansativa, um dia como voce, vou em algum bau ideologico e retiro as respostas prontas, como voce, hehehe,abs, Caio

  195. maisvalia

    -

    08/09/2011 às 7:45

    Na banânia são mortos 50.000 por ano, mas um “jornalista” esquerdo graúdo daqui escreveu a pérola de artigo, do qual vou colar um pequeno pedaço, para ver a quanto chega a idiotia.
    Talvez pelo fato de ser a esquerda herdeira direta do inventor do terror nos moldes ocidentais, o açougueiro Robespierre.
    O autor deste infeliz texto foi petista, mas parece que não deixou de sê-lo ou deve valer a máxima: Não existe ex v….

    Uma lápide para os terroristas
    Eugênio Bucci – O Estado de S.Paulo
    Acontece que a ilusão não passa disso, de ilusão. Além dela, o vazio, outra vez ele, mostra o seu avesso – este, sim, aterrorizante. As vítimas dos atentados de 11 de setembro de 2001 terão sua morte ritualizada pelo espetáculo, mas os terroristas permanecerão insepultos, exilados no avesso do vazio. Bin Laden foi morto por soldados americanos porque não tinha onde ser encarcerado e julgado neste mundo. Como ele, os criminosos inomináveis que pilotaram os aviões de carreira, e que também morreram em 11 de setembro, não terão uma lápide visível, minimamente humana. Não há notícias de que terão uma cova neste formidável cemitério que é o planeta Terra.

    Se não há ritos fúnebres para todos, não há paz. Se não sabemos sepultar dignamente esses homens, a nossa civilização é menor do que precisa ser e continuará escrava do desejo (espetacular) de fazer com que desapareçam para sempre.

    JORNALISTA, É PROFESSOR DA ECA-USP E DA ESPM
    ✎ A BESTA QUADRADA É PROFESSOR.
    AÍ A PROVA PORQUE DO NOSSO ATRASO E A FARTURA DE YDYOTAS!!!
    E ASSIM SE CRIAM OS MITOS DAS ESQUERDAS.
    SE O BIN FUGISSE PARA CÁ JÁ ESTARIA SOLTO COMENDO CHURRASCO COM O BATTISTI, HEHEHEHEHE

  196. amauri

    -

    08/09/2011 às 7:39

    Bom dia Caio!
    Quanto mais informações, mais confusão, melhor para alguem. Sobre a mentira do Bush:
    “Nenhum legislador até então jamais havia gritado calúnias a um Presidente, nem mesmo a George W. Bush quando este mentiu ao Congresso para conseguir sua aprovação para a invasão do Iraque.” Essa afirmativa ilustra a própria conclusão do artigo do Sr. Kepp, segundo a qual “as campanhas difamatórias se baseiam… na tática aperfeiçoada por Joseph Goebbels” – a tática da mentira repetida. “Bush lied, people died” é claramente a mentira mais repetida da última década. De um lado, Bush não mentiu coisíssima nenhuma: apenas repassou ao congresso a informação recebida dos serviços de inteligência, na qual seus opositores na época acreditavam tanto quanto ele. De outro lado, essa informação, que falava das armas de destruição em massa estocadas por Sadam Husseim, não era de maneira alguma inexata. A lista dessas armas encontrada efetivamente no Iraque – reproduzida no livro de Richard Miniter, Disinformation -, é mais que suficiente para comprovar que elas de fato existiam, mesmo sem contar a parte que foi removida em tempo para a Síria. Apenas, essa informação jamais se condensou num slogan publicitário nem foi trombeteada ad nauseam por milhões de Kepps. Quanto ao planejamento dos atentados, ninguem pode negar que foi um planejamento impressionante. O curioso é que existem outros orgãos de inteligencia e não foi mencionado. Sozinhos, aquelas pessoas não o fizeram, pelo menos não consigo ver isto como logico. A maioria das pessoas acreditam no que lhe agradam. O homem tende a acreditar em uma mentira que lhe agrade do que uma verdade que lhe desagrade. abs
    Caro Amauri, o Bush simplesmente nao repassou informacoes, ele pinçou as informacoes que se ajustavam a sua agenda e o Dick Cheney, seu vice teve um papel vital neste processo, inclusive presssionando setores da inteligencia que guiassem avaliacoes inconclusivas para a narrativa sobre a existencia das armas de destruicao em massa. De resto, nao tenho mais anda a declarar como nao dá para aceitar o mais simples, ou seja, quem realizou os atentados, de novo.
    Amauri, voce tem leituras muito dirigidas, aquelas que se ajustam a sua visao de mundo, logo voce tambem acaba acreditando nas mentiras que voce l^e, deu para ver a logica revertida do seu argumento? abs, Caio

  197. maisvalia

    -

    08/09/2011 às 7:10

    É Rone, leia sobre sua unanimidade, hehehe
    …Another post-9/11 myth assured us that George W. Bush foolishly squandered a rare national unity by enacting unlawful and unnecessary homeland security measures, and starting wasteful and unwinnable wars. The myth seems to suggest that if only we had not gone into Iraq or opened Guantanamo, we would still be at peace and, Left and Right, flying American flags from our cars’ antennas.

    But we know that theory is largely a fable for two reasons. From 2001 to 2008, almost every domestic and foreign security expert assured us that the next 9/11 was not a matter of “if,” but only of “when.” Yet 10 years later there has not been a single comparable terrorist attack, despite dozens of foiled efforts to shoot and blow up Americans. What happened?

    The Patriot Act, renditions, tribunals, preventive detention, new bothersome security measures and the use of Predator drones have all weakened al Qaeda and have made it difficult to attack Americans at home. For all the acrimony over Afghanistan and Iraq, tens of thousands of jihadists were killed abroad, and consensual governments that fight terrorists still survive in place of dictatorships…
    Victor Davis Hanson
    Myth and Reality After 9/11

    Infelizmente ainda não se descobriu uma maneira de fazer omelete sem quebrar ovos.
    PS O Chico, a Dorothy, o Che, a Marina, O Lamarca,o Prestes – grande vendido nativo, assassinou uma burguesa de 16 anos – e muitos outros são apenas e tão somente mistificações da esquerda.
    Sobre o primeiro, o Chico, por força de trabalho tenho amigos na banânia inteira – como disse o leitor abaixo não é nada do que se divulgou. O Che nem preciso comentar, né?
    E Caio, se possível, faça uma listas de falsos ou reais mitos da direita dos últimos 50 anos?
    É esta outra igreja, hehehe
    Tente?!?
    Meu caro, tente as vezes sair deste joguinho esquerda x direita, é saudavel, hehehe, abs, Caio

  198. Rodrigo

    -

    08/09/2011 às 1:27

    Do Donald Rumsfeld também já disseram que está encobrindo como pode o caso Roswell. Bush ia falar tudo, e Rumsfeld o proibiu.
    Rodrigo, que obsessao com o Rumsfeld, ele ja foi para a lixeira da historia, abs, Caio

  199. Anouk

    -

    08/09/2011 às 1:19

    Boa Caio.
    Viu só, o Davidz nao dorme no ponto.
    Oi Anouk,varios de voces nao dormem no ponto, e eu converso tanto com voces que nao durmo, heheheh, brincando, brincando, abs, Caio

  200. Helena

    -

    08/09/2011 às 0:25

    Oi Caio, tudo bem?
    Mais um texto para nos fazer pensar… e os bons textos são assim, não é?
    Teorias conspiratórias eu já ouvi várias, e confesso que as acho engrassadíssimas – tem para todos os gostos.
    O que acho preocupante é a negação dos fatos e uma tentativa de reescrita da história.
    O sr. bem sabe que aqui no Brasil também tem pessoas que dizem que o mensalão não existiu, etc…
    Por que reescrever?
    Desculpe a minha ignorância, mas eu gostaria de saber se árabes/muçulmanos entrevistados para a pesquisa citada, tem acesso às informações e notícias livremente. Eu sempre tenho a impressão que não.
    Será que a percepção desoladora não foi influenciada por isso?
    Att!
    Oi, Helena,obrigado, interessante sua pergunta: em varios dos paises onde foi feita a pesquisa existe uma imprensa mais vibrante e mais livre (nao totalmente democratica), como é o caso da Turquia. Portanto é um problema serissimo de desinformacao, preconceitos encravados, velhos ressentimentos e a indisposicao de aceitar a realidade. Outros leitores apontaram aqui tambem o empenho de governos, nao importa se mais a favor do Ocidente ou nao, de guiarem a populacao para questoes que desviem a atencao de mazelas internas, logo tudo é culpa do Ocidente ou de Israel, abs, Caio

  201. Rone

    -

    08/09/2011 às 0:12

    Ei Caio?
    É muito simples de tirar essa duvida!
    Em escalas reduzidas seria dificil
    demensionar as forças resultantes
    dessa colisões e as variaveis!
    Só que é muito caro ,
    mas se alguem ou alguma
    super potencia (EUA não vale)ou mesmo paises arabes
    estiverem a fim de fazer o teste de São Cristovão
    e ver se cairam mesmo com o choque dos aviões ou
    foram implodidos e só construir dois seguindo o modelo original
    lançar dois aviões boings contra os mesmos nas mesmas condições!
    Claro sem pessoas , nem nos aviões , os pilotos(?), ejectem se ,paraquedas!
    Piloto automatico!!!!
    é simples e a gente nao sabia. Parafraseando o leitor de baixo, é mole??? Caio

  202. Silvinho

    -

    07/09/2011 às 23:59

    Caio, não gosto dêsse tipo de assunto, mas não pude deixar de comentar um assunto que me dá um ‘engasgo’ na garganta há muito tempo: O ‘endeusamento’ de Chico Mendes. Explico o porquê:
    -Assim que foi divulgado sua morte, já há mais de 20 anos-acho, foi amplamente divulgado quem era, na realidade, Chico Mendes. Um guerrilheiro, bandido, invasor de terras, chefe de quadrilha, assassino indireto, pois foi êle que, com sua tropa, escavou buracos na pista de pouso do fazendeiro Darli (seu executor), e que, devido às fumaças existentes provenientes das queimadas na época dificultaram a visão do piloto quando no pouso (na pista esburaca pelo Chico Mendes), ocasionando sério acidente, que resultou na morte da esposa do fazendeiro Darli.
    Aí está o motivo para que o bandido/assassino Chico Mendes fosse justiçado.
    Passado uns tempos, sei lá quem, talvês Rede Globo, os Bispos, as ONGs internacionais, e tudo o que mais NÃO PRESTA nêsse pais, CRIARAM uma versão, que surpreendeu até os moradores de Xapuri, pois nunca haviam ouvido falar BEM de Chico Mendes.
    O resto da ‘estória’ é conhecida.
    Hoje é nome de um ‘Instituto’ que tem poderes de dizer o que pode e o que não pode se fazer no país… É MOLE????
    Caro Silvinho, de fato estamos desgalhando muito com este tema e os termos que voce utiliza, como justificativa para o justiçamento, me incomodam, mas a culpa é em parte minha por estarmos nesta conversa incomoda por eu ter achado muito estranha a equivalencia de Chico Mendes e Dorothy Stang com alguns dos maiores assassinos da historia. Foi esta minha observacao, nada mais. Faltou um senso de proporçao. O resto realmente é um imenso resto. Adiante, abs, Caio

  203. Davidz

    -

    07/09/2011 às 23:19

    Oi Anouk, tais brincando né? Não é o filme “Opération Lune”? No final ele revela que não é um documentário sério e sim um “mockumentary” (documentário de gozação) onde os principais atores riem do telespectador e do absurdo do roteiro. O filme é um exercício de hiperrealidade pra mostrar como a mídia pode te manipular.

    http://www.imdb.com/title/tt0344160/
    .
    Coincidentemente hoje saiu na BBC uma matéria falando de umas imagens tiradas do solo lunar que mostram as pegadas dos astronautas e a bandeira americana hasteada (como não tem vento nem atmosfera elas permaneceram intactas).

    http://www.bbc.co.uk/portuguese/noticias/2011/09/110907_lua_imagens_dg.shtml
    David, será que a BBC nao é parte da farsa? Chega, back to reality, abs, Caio

  204. Anouk

    -

    07/09/2011 às 21:38

    Oi Caio,
    Muito bom o artigo.
    ***
    Sobre se o homem foi mesmo à lua, a resposta é sim, mas os astronautas Neil Armstrong e Aldrin nao pisaram na lua. Como eu sei disso? Nao faz muito tempo assisti a uma documentacao; políticos e pessoas envolvidas no assunto declararam a farsa. Donald Rumsfel que era o ministro da defesa do governo Nixon, foi quem teve a mirabolante idéia. Nixon achou a idéia genial e entrou em contato com o chefe da CIA para coordenar a farsa. Stanley Kubrick foi procurado para fazer a filmagem, ele aceitou sob a condicao de manter o assunto em absoluto sigilo. A filmagem foi feita num estúdio, os protagonistas eram agentes da CIA. Depois da filmagem o chefe da CIA resolveu perseguir os agentes envolvidos na farsa. Kubrick apavorado permaneceu 10 anos enclausurado em sua própria casa. O depoimento foi dado pelo próprio Rumsfeld. Kissinger e outras pessoas da Casa Branca que sabiam da trama confirmaram a história, inclusive a viúva de Kubrick.
    A propósito, os russos nunca acreditaram na farsa.
    Boa Anouk, como os russos nao acreditaram? Fizeram a mesma farsa com um tal de Gagarin, abs, Caio

  205. carlos cezar

    -

    07/09/2011 às 21:29

    Boa noite, Caio.
    Eu ia digitar “boteco” e acabou saindo “espelunca”. Retiro o que disse.
    E aqui ninguém bebeu. Foi apenas “um dia de fúria”.
    Abs.
    Tranquilo, Carlos, abs, Caio

  206. maisvalia

    -

    07/09/2011 às 20:57

    ,,,Ei, você aí, da obsessão doentia com o Brasil e Cuba: vê se cria vergonha no focinho e procure os sites indicados pelo dono da espelunca. Ou está esperando que ele te meta o pé na b?!
    Dono da espelunca? Abs, Caio,,,
    SIGA O CONSELHO DA PROPAGANDA DE CERVEJA.
    SE BEBER NÃO COMENTE, HEHEHEHEHEHEHEHEHE

  207. maisvalia

    -

    07/09/2011 às 20:49

    E o filme que não existe é muito bom, apesar de sabermos o seu final.

  208. maisvalia

    -

    07/09/2011 às 20:48

    Título original: (United 93)

    Lançamento: 2006 (França, EUA, Inglaterra)

    Direção: Paul Greengrass

    Atores: Christian Clemenson, Trish Gates, Polly Adams, Cheyenne Jackson.

    Duração: 111 min

    Gênero: Drama

    Interessante como eu não vi nenhum filme ainda enaltecendo os supostos “heróis” do vôo que caiu no Pensilvânia (em uma área rural diga-se de passagem). Atentado contra a verdade é acreditar nessa versão, e não no óbvio, um caça americano derrubou o avião em uma área desabitada antes que o mesmo alcançasse seu objetivo.

    A falta de cultura e de informação fática do marxista atingiu seu maior nível.
    Lógico que os marvardos duzamericanus subiram seus caças e mataram seu povo no ar.
    Tem gravações de pessoas de dentro do avião sobre a luta, mas isso não conta na cabeça contaminada pelos educadores freirianos.
    Um espanto, hehehehe

  209. Fabricio Juliano

    -

    07/09/2011 às 19:56

    Interessante como eu não vi nenhum filme ainda enaltecendo os supostos “heróis” do vôo que caiu no Pensilvânia (em uma área rural diga-se de passagem). Atentado contra a verdade é acreditar nessa versão, e não no óbvio, um caça americano derrubou o avião em uma área desabitada antes que o mesmo alcançasse seu objetivo. Mas é claro que algo assim não poderia ser dito…que fiquem os “heróis” e que venham os filmes…quanta besteira
    Ai, ai, ai, Fabricio, sempre te achei muito racional. Tenha sua opiniao, mas nao brigue com fatos, com gravacoes telefonicas, com depoimentos das vitimas do voo 93. Sim, herois, herois, herois, eram civis que lutaram contra terroristas e se sacrificaram por todos nos, please, abs, Caio
    PS e quando puder assista ao filme do Paul Greengrass sobre os “supostos” herois do voo 93. Estou perplexo com seu comentario.

  210. carlos cezar

    -

    07/09/2011 às 19:26

    Ei, você aí, da obsessão doentia com o Brasil e Cuba: vê se cria vergonha no focinho e procure os sites indicados pelo dono da espelunca. Ou está esperando que ele te meta o pé na b?!
    Dono da espelunca? Abs, Caio

  211. carlos cezar

    -

    07/09/2011 às 19:22

    Ei, você aí, da lanterna de Diógenes: eu penso sempre sobre o enorme perigo das cercanias ideológicas de muita matéria jornalística. Temos de estar atentos para desmascarar os mentirosos.

  212. rober

    -

    07/09/2011 às 19:15

    Devemos sempre lembrar que morreram nas torres gemeas americanos, brasileiros, sul-americanos, judeus, cristãos e muçulmanos inclusive.Ganhar dinheiro vendendo livros com teorias malucas é eticamente reprovavel.Agora Caio o Supremo já decidiu que antissemetismo configura crime de racismo, inafiançavel e imprescritivel, denuncie o IP desses canalhas para as autoridades,esse tipo de gente só sosssega atrás das grades.
    Eu sei, Rober, obrigado pela solidariedade, mas é IP de internet cafe, ou coisa do genero, Esta gente é covarde. Valeu, e muito importante o que voce disse no comeco, as vitimas foram filhos da humanidade, abs, Caio

  213. Davidz

    -

    07/09/2011 às 18:41

    Oi Caio,
    Muito bom o artigo. Fiquei perplexo, após umas rápidas pesquisas no google, descobrir que existem sites super bem produzidos (e americanos) com domínio “.org” mantido por “truthers”. Só não me surpreendo ao ver “truthers”, “birthers” e outras faunas até mais bizarras pousarem aqui na área de comentários. Li um artigo da Reuters sobre uma pesquisa feita em 2008 pela WorldPublicOpinion.org sobre o consenso em relação aos fatos do 11 de setembro e fiquei impressionado que até na América Latina as coisas são piores do que se imagina (apenas 33% dos mexicanos acreditam que foi a Al-Qaeda). A impressão é que quanto mais “terceiro-mundo” (tipo menos acesso à informações, menos tradição democrática) a população em geral tende a acreditar em sandices…
    O artigo da Reuters é esse: http://www.reuters.com/article/2008/09/10/us-sept11-qaeda-poll-idUSN1035876620080910
    E isto, David, é existe uma convergencia ainda mais bizarra de gente vindo da esquerda com gente vindo da direita para se encontrarem neste asilo conspiratorio. Mas nao é so no Terceiro Mundo, O ceticismo existe em paises europeus. Na França houve momentos em que se chegou a cifras mexicanas, hehehe, abs, Caio

  214. maisvalia

    -

    07/09/2011 às 18:26

    Opa, calma lá, Dorothy Stang e Pol Pot na mesma galeria nao dã, nem Chico Mendes e Stalin, abs, Caio

    Viu como deu certo e a vida deles é mais importante que a dos outros.
    Por sinal todos da esquerda.
    Na mesma semana que a ativista morreu, seus companheiros assassinaram 2 da roça, você sabe o nome deles?
    Meu caro, meu calma lá é colocar na mesma galeria os assassinos Pol Pot e Dtaliln com assassinados, como Chico Mendes e Dorothy Stang. Voce pode se quiser questionar a causar deles, mas sao causas legitimas. Sobre o caso de roceiros que morreram, nao sei. Mas ai voce corre o risco de desmerecer a morte de alguem como Chico Mendes apenas por ser “cause celebre”, da mesma forma que alguns argumentam que se dá mais atencao a um morto no World Trade Center do que a um morto na Somalia, é a mesma armadilha, cuidado, abs, Caio

  215. Daniel

    -

    07/09/2011 às 18:05

    O artigo é intumecido de adjetivos “rotulativos”. A idéia é essa: etiquetar tudo e todos que não estejam de acordo com “as verções oficiais”, notadamente com aquelas defendidas pela Veja. Então para essa “ilustre” revista os EEUU também nunca patrocinaram nenhum golpe militar em outros países; buscam defender a democracia pelo mundo depondo, por mísseis ou pelo “facebook”, os ditadores que existem por aí; e nós, todos nós, não devemos pensar, apenas ler o que vocês escrevem e sair por aí dizendo ser portador da “verdade”, pois, alhures, ninguém nos chamará de “terroristas da verdade”.
    Peço emprestada a lanterna de Diógenes, não para procurar um homem honesto à clara luz do meio-dia, mas para achar ao menos uma pessoa que reflita profundamente sobre o enorme perigo que são as cernanias ideológicas que artigos como esse procuram demarcar, mas uma pessoa que não use do mesmo estratagema pedestre da “adjetivação iconoclasta”, senão fundamentos inquebrantáveis contra o movimento do “não-pensar”, amiúde defendido pela Veja e impresso nas linhas e entre-linhas do seu conteúdo jornalístico.
    Caro Daniel, que conversa mole, abs, Caio

  216. maisvalia

    -

    07/09/2011 às 17:58

    O MAIOR ATENTADO CONTRA A VERDADE COMETIDO NA BANÂNIA:
    …Seu maior líder teve o desplante de afirmar: Não roubamos nem deixamos roubar. Ia por os pingos nos is e até hoje nada…
    FRASE DITA PELO SUB CHEFE DA QUADRILHA SEGUNDO A PGR, QUE DEIXOU DE LADO O CHEFE – O ÇÁBIO, HEHEHEHEHEHE
    Meu caro, por favor, outros espaços e outros sites para seus temas nacionais, abs, Caio

  217. maisvalia

    -

    07/09/2011 às 17:53

    …Algumas vidas são mais importantes que milhares de outras…

    Realmente o marxista tem razão.
    Exemplos:
    Che Guevara
    Dorothy Stang
    Chico Mendes
    José Saramago
    Pol Pot
    Stalin
    Trotsky
    Camarada Envxa
    Quer que eu continue ou paramos por aqui???
    Opa, calma lá, Dorothy Stang e Pol Pot na mesma galeria nao dã, nem Chico Mendes e Stalin, abs, Caio

  218. Fabricio Juliano

    -

    07/09/2011 às 17:34

    Algumas vidas são mais importantes que milhares de outras

  219. J.R.Monteiro

    -

    07/09/2011 às 16:53

    Hollywood não ignorou totalmente, mas lançou filmes de segunda, assim mesmo, sobre tópicos do dia D, fatos isolados e pieguices, estrelados por ilustres desconhecidos.
    Se existe algum filme com um enredo abrangente sobre o Setembro 11, por favor. me informe, pois infelizmente, eu perdi..
    Bom ponto, curiosamente na literatura de nao ficcao nao existe um superinteresse popular sobre o tema, talvez pela overdose, abs, Caio
    Tinha esquecido, o WTC, o filme do OLiver Stone com Nicholas Cage, ilustres desconhecidos?

  220. Rodrigo

    -

    07/09/2011 às 16:47

    Já li que o Donald Rumsfeld preparou tudo.
    Por isto foi tao mortifero? De fato nao foi ele, deu certo, abs, Caio

  221. Rony

    -

    07/09/2011 às 16:40

    Rone (meu quase xara),
    como dizia um amigo meu, doscordo 1 bilhao porcento de voce. Nao sei onde vc encontrou a unanimidade planetaria para qualquer assunto que seja. E ainda bem que nada nesse mundo eh unanime, geralmente quando todo o mundo concorda com alguma coisa, todo o mundo ta errado…
    Quanto aos sequestradores com facas e canivetes, depois que vc ja sabe o que eles fizeram eh facil falar que eles nao dominariam o aviao. Queria ver alguem se rebelar contra os sequestradores depois de eles esfaquarem 1 ou 2. Alem do mais quem imaginaria que os caras iriam usar o aviao como arma suicida e nao os passageiros como refens para alguma demanda? E o osama bin ja tinha tentado derrubar as torres em 93 (se nao me engano o ano) com uma van carregada de explosivos. Os avioes foram apenas o plano muito aperfeicoado e que levou apenas 8 anos para ser concretizado.
    A proposito Caio, lembrei das cenas de gente comemorando as torres caindo em paises arabes e na palestina (acho ate que tinha gente com camisa da selecao brasileira!)…
    Boa, Rony sem E, observacoes no ponto. Concordancia quase unanime (hehehe). Nao se esqueça dos herois do vôo 93, que lutaram contra os sequestradores e evitaram uma tragédia ainda maior, abs, Caio

  222. Leonel

    -

    07/09/2011 às 16:36

    Normal…até hoje há um bom número de pessoas que não acreditam que o homem foi à Lua. Os argumentos que mais me fazem rir são a bandeira “tremulando” e a pergunta “por quê eles foram só uma vez na lua?”
    Caro Leonel, de fato os “”lunáticos” estao entre os campeoes das teorias conspiratorias ,bem lembrado, abs, Caio

  223. Carmem

    -

    07/09/2011 às 16:09

    Oi Caio,
    Minha favorita é essa do míssil que o pentágono disparou em si mesmo. Mas de certa forma até entendo um pouco o drama dos conspiradores. Eu estava no trabalho e vi o ataque pela TV. Achei q o primeiro avião era um bimotor pequeno até q alguém alertou q era um jato de passageiros. Quando o segundo avião bateu fiquei meio catatônica ate q outro alguém gritou, ataque terrorista.
    O plano todo foi muito sinistro e espetacular, é compreensível que as pessoas então duvidassem que o headquarters pudesse estar no Afeganistão.
    Quando mais tarde outro alguém apareceu com uma foto de Bin Laden dizendo que ele era o culpado (setor de inteligencia no meu trabalho é o bicho) não acreditei.
    Hoje, depois que o plano todo foi destrinchado e a autoria comprovada, só mesmo os mais paranoicos e os negacionistas duvidam da versão oficial.
    Mas em 2011 foi bem difícil acreditar q aquele ataque tão extraordinário pudesse ter sido perpetrado por aquele grupo.
    abs
    Gostei, Carmem, “raciocínio racional” como a percepção evolui e como devemos apos um certo ponto aceitar os fatos. De resto, sao os negacionistas com suas diversas agendas e os paranoicos. Abs, Caio

  224. J.R.Monteiro

    -

    07/09/2011 às 15:55

    As teorias conspiratórias são inevitáveis. Tem maluco de todo tipo, à favor e contra.
    Um caso emblemático foi o pseudo conhecimento antecipado, pelo governo Americano, do ataque Japones à Pearl Harbor, que persiste até hoje.
    A percepção que o mundo tem dos Estados Unidos sempre foi, e ainda o é, inspirada pelos filmes de cinema e televisão.
    Curiosamente, Hollywood ignorou o 11 de Setembro.
    Só para conspirar, será que eles sabem algo que não sabemos?????Será que tentaram filmar e foram impedidos pelo establishment Republicano????
    Será que o Hitler esta vivo????? E o Elvis?????
    Hollywood nao ignorou o 11 de setembro. Abs, Caio

  225. Gustavo Fermat

    -

    07/09/2011 às 15:30

    Foram encontrados explosivos nos escombros do World Trade Center, confira no AE911Truth. org.
    Caro Gustavo, não confiro, abs, Caio

  226. Carol

    -

    07/09/2011 às 15:11

    será que isso será publicado? vamos ver…..
    Não se iluda, publico. Caio

  227. Carol

    -

    07/09/2011 às 15:09

    Eu acredito que no dia 11 de Setembro de 2001 não houve um ataque terrorista. É preciso investigar a fundo. Pena que a mídia é cúmplice desses banqueiros e líderes mundiais que tem por um único objetivo: A Nova Ordem Mundial. Infelizmente, poucos, creem nas profecias de Deus na bíblia, e, quando chegar a hora, todos dobrarão seus joelhos para Jesus reconhecendo que Ele é filho de Deus e seu sacrifício foi suficiente para a salvação. Mas nem todos irão para o paraíso.

    A Nova Ordem Mundial será os 7 ano de tribulação na terra, e será o tempo onde aparecerá o Anti-cristo. O 11 de Setembro foi um mega sacrifício para vinda desde anti-cristo que desejará estar no lugar de Deus.

    Abram os olhos…pesquisem…não se iludam com essas mídias..

    Carol
    Cara Carol, nova desordem mental, abs, Caio

  228. Jose

    -

    07/09/2011 às 15:07

    Nobre escrevente desta materia.
    O mundo precisa de mais americanos como voce.
    Nobre leitor José, obrigado, esta é uma das minhas identidades e algumas são confusas, abs, Caio

  229. Mauricio

    -

    07/09/2011 às 14:12

    Bom dia a todos. Só para acrescentar algo util:
    O site “projeto Ockham” recomendado pelo Ivanildo e Caio como antidoto anticonspiratorio certamente tem seu nome em homenagem ao frade franciscano William de Ockham que propôs um principio lógico na Idade Média e que ainda hoje é bastant útil e muito utilizado em diversas áreas,desde ciência básica, economia e até medicina.
    Aprendi sobre isso lendo um livro do Carl Sagan, brilhante astrônomo e cientista, incansável na luta contra as “pseudociencias”.
    *
    É a “navalha de Occan”
    *
    “Se em tudo o mais forem idênticas as várias explicações de um fenômeno, a mais simples é a melhor”

    — William de Ockham
    Isso ai, Mauricio, enriquece a conversa e espero que abra a cabeça do bizarros, abs, Caio

  230. maisvalia

    -

    07/09/2011 às 14:06

    VALE A PENA LER DE NOVO:

    Quando os Estados Unidos invadiram o lraque, em 2003, foram acusados de querer tomar o petróleo do país. Os números mostram que o governo e as empresas americanas não foram os que mais se beneficiaram comercialmente
    com a ocupação .
    Em 2010, 156 empresas estrangeiras de 34 países anunciaram investimentos no Iraque, no valor de 42,7 bilhões de dólares.
    Dos onze campos de petróleo leiloados pelos iraquianos em 2009, só um ficou com empresa americana.
    Países com mais negócios
    Turquia………………………..15 bilhões de dólares
    Itália ………………………..5,5
    França …………………………4,0
    Coreia do Sul………………3,5
    EUA……………………………….2,0

    EXPORTAÇÃO DE PETRÓLEO IRAQUIANO PARA OS EUA
    (Em 1000 barris por dia)
    795 em 2001
    450 em 2009

    Guerra do Afeganistão ……………….civis mortos 12000, destes 80% = 9.600 pelo Talibã
    Guerra do Iraque ………………………..civis mortos 125000, destes 68% = 85000 por ataques terroristas

    O QUE VC ESTÁ ESPERANDO RONE?

  231. maisvalia

    -

    07/09/2011 às 14:00

    Dificilmente alguém duvida das más intenções de Bush, que é unanimemente odiado no planeta inteiro.

    Que falácia petralha!
    Todo comunista petralha adora uma unanimidade.
    O çábio a teve no Maracanã, né?
    EU NÃO ODEIO O BUXI, MORO NO PLANETA, CONCORDO COM O SILVIO!
    ENTÃO SUA UNANIMIDADE NÃO EXISTE.
    SÓ SE FOR DOS PAUS MANDADOS OU TONTON MACOUTES PETRALHAS.
    ACHO QUE NÃO PRECISO DESENHAR, NÉ?
    Não gosto do Buxi, mas aqui nós dois estamos unânimes, absurdo dizer que existe unanimidade global contra ele, abs, Caio

  232. Rone

    -

    07/09/2011 às 13:51

    Dificilmente alguém duvida das más intenções de Bush, que é unanimemente odiado no planeta inteiro.
    É evidente que muitos duvidam que o 11/09 foi um crime interno planejado pelo próprio governo do Estados Unidos da América e, para estes, tratar desta hipótese soara como teoria da conspiração.
    Como resposta fica aquela que Kevin Barrett, professor da Universidade de Winsconsin, deu ao vivo a um jornalista da conservadora FoxNews no momento que esta tratava de ridicularizá-lo afirmando que o professor é um maluco com teorias bizarras, Barrett apenas disse:”Vocês é que são os com suas teorias bizarras, você acha que 19 caras com canivetes, guiados por um cara numa caverna no Afeganistão”Que ridículo… Esta sim é a maior teoria conspiratória”.
    A resposta de Kevin Barrett pode ser conferida em Loose Change segunda Edição, traz mais dados e correções em relação a sua primeira versão. Inclusive já existe um terceiro filme da série, intitulado Loose Change Final Cut com mais de duas horas de duração. A cópia de Loose Change 2a Edição esta dublado e tem legendas em português e também está disponível pra baixar.
    Agora o que muitos norte americanos sabem é que essa data foi usada como um novo Pearl Harbor para uma investida contra paises arabes isso a maioria sabe e para garantir o petroelo abundante daquela região e seria preciso algo bem impactante perante a opinião publica mundial!
    Como dizem os adolescentes do meu pedaço, Oh My God!!! Rone, hoje você está particularmente folclórico, abs, Caio
    PS- você me impede até de fazer ironia

  233. Betty

    -

    07/09/2011 às 13:49

    Ola Sr “Jaco”
    Nao acredito que o Caio tenha tempo,esse escasso bem, ou mesmo paciência com a sua mente criativa, para lhe responder, mas eu como venho da Tribo de Judah, gostaria de informa-ló que desde de 1926 ate os dias de hoje, nenhum cidadão de outra nação, morreu na defesa do Estado Judeu.
    Obrigado, Betty, ótimo ter sua resposta quando gente canalha como este farsante aparece por aí. O e mail que ele inventou para escrever basicamente é um palavrão dos mais chulos dirigido contra mim. Gente antissemita e covarde. Muito obrigado, abs, Caio

  234. SILVIO

    -

    07/09/2011 às 13:31

    QUAL DEVERIA SER A DECISÃO AMERICANA ? FICAREM QUIETOS E ESPERAR O PRÓXIMO ATENTADO ? NAQUELE MOMENTO NINGUÉM SABIA O QUE PODERIA ACONTECER…NA MINHA OPINIÃO, INDEPENDENTE NO QUE FOI LEVADO EM CONSIDERAÇÃO, BUSH TEVE A MAIS INTELIGENTE DAS DECISÕES, LEVOU O TERRORISMO PARA FORA DOS USA. TERRORISMO É UMA GUERRA SUJA, QUE SE LUTA DA MANEIRA MAIS SUJA POSSÍVEL. SEÑ VC ESTÁ FRITO….
    Caro Silvio, antes do Iraque dá para tolerar o Bush, depois complica. Mas queria ressaltar algo importante a favor dele: desde o começo respeito pelo islamismo, nao confundindo a religiao com seus extremistas, basta ver o senso de integracao e de orgulho da imensa maioria da comunidade muçulmana nos EUA, uma liçao para varios demagogos republicanos hoje na praça, abs, Caio

  235. Karla

    -

    07/09/2011 às 13:29

    Esqueci de complementar o meu comentário anterior.É claro que essas teorias conspiratórias em nada contribuem querendo contestar os fatos.Não passam de histórias malucas formentadas plea internet.Teorias conspiratórias são o último refúgio da dignidade de quem não está entendendo mais nada.

  236. Rony

    -

    07/09/2011 às 13:08

    Caio,
    no caso dos paises arabes, nao me surpreende o % da populacao que nao acredita que os atentados foram cometidos pela Al Qaeda. Quando autoridades desses paises dizem que nao acreditam, acho que estao apenas fazendo jogo de cena. Eles sabem muito bem o que aconteceu e fingem que nao acreditam justamente para influenciar a populacao. Tremenda propaganda. Jogo de cena, igual o Ahmadinejad faz em relacao ao Holocausto, ele sabe direitinho o que aconteceu.
    Em relacao as armas de destruicao em massa no Iraque, eu acho que o Bush se deixou enganar. Ele queria tanto que as armas existissem para ter o motivo para acabar com o Saddam que o cara enxergou nos relatorios o que quis enxergar, o seu cherry picking mesmo…
    Abs e feliz dia da independencia.
    Caro Rony, gostei, observacoes argutas, abs, Caio

  237. Alejandro

    -

    07/09/2011 às 13:01

    Com os ataques do 11 de Setembro mais de 3.000 cidadaos norteamericanos morreram. Eu nao acredito que um governo está disposto a fazer algo parecido só por objetivos económicos e poder. Se fizeramos contas, acho que o custo da guerra no meio oriente e muito maior para o povo americano que os beneficios do controle do petróleo é da industria de guerra.
    Boa, Alejandro, bom senso, abs, Caio

  238. Rodrigo

    -

    07/09/2011 às 12:28

    Apesar da bizarrice nos EUA, Caio, é bom desconfiar dos governantes.
    Concordo, caro Rodrigo, mas sem resvalar para o risco de negar fatos, abs, Caio

  239. Jacó

    -

    07/09/2011 às 12:18

    Até parece que você se preocupa muito com a verdade , vai falar sobre o seu povo fazendo false flag, afinal como são covardes de nascença tem sempre que dar um jeito de fazer os outros lutarem a guerra de vocês, fale do USS Liberty.
    Aos demais leitores, por principio nao publico palavrões na coluna, mas como quero denunciar este canalha covarde (tipico de antissemita), divulgo o e mail falso com o qual ele enviou esta infâmia:
    fuckyoublinder@gmail.com (IP 189.62.15.13)
    Sorry aos demais, mas antissemitismo e outros preconceitos devem ser denunciados sem ‘tréguas. Caio

  240. carlos cezar

    -

    07/09/2011 às 11:56

    Boker Tov, Caio.
    Ensinei meus filhos a dizerem bom dia em hebraico.
    Estou acostumado com teorias conspiratórias, desde o tempo da Apolo 11. O pai de um amigo meu dizia, na época, que “o pessoal desceu ali atrás daquele morro e dizem que foram à Lua!” Agora, que o Bush mentiu sobre as armas do Saddam, não há dúvida. O que espanta ainda é haver gente acreditando que o invasor foi enganado pelo serviço secreto. Desse jeito, estou quase acreditando em papai noel.
    Abs.

  241. Karla

    -

    07/09/2011 às 11:54

    Bom dia Caio
    Dez anos depois, o 11 de Setembro ainda está envolto em mistérios, explicações que não satisfazem a todos e muitas perguntas sem respostas.No século XXI, um evento reinou entre as teorias da conspiração:Os ataques terroristas de 11 de setembro de 2001, que foram uma série de ataques suicidas coordenados pela Al-Qaeda aos Estados Unidos em 11 de setembro de 2001. Ele afetou de modo significativo todo o planeta. É quase inevitável o fato de as pessoas falarem em conspiração quando se deparam com um evento de tamanha proporção. E as teorias sobre o 11 de Setembro têm sido numerosas.Teorias de conspiração servem para desafiar a versão oficial dos fatos.
    É excelente o texto.Abs
    Obrigado, Karla, abs, Caio

  242. paul da ba

    -

    07/09/2011 às 11:29

    Eu estou duvidando de quase tudo.
    Entao vá para o site recomendado pelo Ivanildo, abs, Caio

  243. Fernando

    -

    07/09/2011 às 11:05

    O pior da paranóia conspirativa é que ela serve para desmoralizar fatos, que se não reais, envoltos em contexto muito mais sombrio do que as locuras que alguns pregam por aí. Eu acho uma piração alguém acreditar em Hitler vivendo em Bariloche na década de 50, seres espaciais em Nevada ou que o 11 de setembro não passou de algum “imperialista plano estadounidense de dominação”, na línguagem-clichê do chavismo de centro acadêmico. Agora, quem sabe o que esta por trás da morte de Kennedy, quem era Lee Harvey Oswald? O que havia nas gravações dos diálogos de Richard Nixon na Casa Branca que foram apagados “acidentalmente”, e por aí vai. O resto é conversa de esquizofrênico não-medicado com mania de perseguição.
    Caro Fernando, mas precisamos do antídoto dos fatos contra estas maluquices dos nao medicados, abs, Caio

  244. Roder Rock

    -

    07/09/2011 às 11:05

    Boker Tov! Você bem disse, a onda de desinformação ou negação dos fatos reais em várias partes do mundo e principalmente entre nações árabes é um fenômeno interessante, até mesmo jovens com educação elevada deixam-se levar por essas teorias conspiratórias imbecis. Mostra bem o quanto a mentira contada várias vezes pode parecer uma verdade. Savlanout – Paciência!
    Para quem nao sabe, Boker Tov significa bom dia em hebraico. Caro Roder, precisamos ficar impacientes com estas fantasias, são perigosas, não apenas folclóricas, abs, Caio

  245. Rudnei

    -

    07/09/2011 às 11:01

    Conheço muitas pessoas, com bom nível escolar, que acreditam e pregam estas mentiras que os USA e Israel estao por tras dos atentados. Muitas se baseiam no filmeco do fundamentalista/democrata Michael Moore. Da mesma forma que acreditam nas propagandas nada sub-liminares do lulo-petismo nas novelas brasileiras. Como bem diz Augusto Nunes: Estamos na era da mediocridade.
    Rudi
    Era da desinformação, caro Rudnei, abs, Caio

  246. maisvalia

    -

    07/09/2011 às 10:57

    Boa betty.
    A menina colocou o cumpanheiro Caio nas cordas, hehehe
    Ótima análise.
    No way, Jose, hehehe, abs, Caio

  247. betty

    -

    07/09/2011 às 10:38

    Amigo, como “the devil is is in the details”, seria bom clarificar a sua expressou -ENGANARA-
    Se entendo corretamente, se existiu a intencao de enganar o publico, isso e’ mentir. Se ele “se enganou” dando credibilidade a informacoes nao corretas e uma outra conversa. Simplesmente acreditar que ele ENGANOU a populacao, soa como mais uma das muitas teorias conspiratorias. abs
    Betty, insisto que houve algo deliberado (não é teoria conspiratória) para, estou pensando em inglês, sorry, “hype” a questão das armas. Quem sabe Bush tenha até sido vítima de autoenganação, mas ele internalizou e externalizou esta agenda. Sim, houve a intenção de enganar para vender a guerra. Eu pessoalmente fui enganado. Declarações de Colin Powell são interessantes a respeito. De qualquer forma, creio que o essencial é o tema do final do texto sobre a convicção preocupante no mundo árabe sobre o que aconteceu e não aconteceu em 11 de setembro. Sempre bom o debate com alguém com argumentos tão sólidos como você, abs, Caio

  248. betty

    -

    07/09/2011 às 10:09

    Bom dia, Caio.
    Confesso que fiquei um pouco surpresa(e nao foi positivamente)na sua assertiva de que George Bush(e portanto Tony Blair tambem) MENTIRAM sobre a existencia das armas de destricao de massas no Iraque,donde voce nao acredita que as agencias de inteligencias simplesmente ERRARAM(?).
    Oi Betty, não usei a expressao mentiram. Usei a expressão enganaram. E o ponto essencial é que a percepção de que as autoridades fizeram isto reforçou teorias conspiratórias sobre o 11 de setembro. Como se diz em inglês, Bush e Cheney fizeram um cherry picking das avaliações de inteligência e escolheram aquelas que eram convenientes para uma determinada agenda política, abs, Caio

  249. renato aguiar de assis

    -

    07/09/2011 às 9:38

    Realmente, o atentado de 11 de setembro foi uma GRANDE FALÁCIA da elite mundial.
    Caro Renato, como minha paciência já é lendária, até estou curioso para conhecer sua elocubração. Que falácia? Abs, Caio

  250. Margarida

    -

    07/09/2011 às 9:35

    Aqui de Portugal. Karlos com K, você que é teimoso com estas conspirações sobre o Obama. Falei, Margarida
    Falou, Margarida, abs, Caio

  251. Carlos

    -

    07/09/2011 às 9:33

    Caros Caio e Ivanildo, que deu o link, coisa para divã de psiquiatra. As torres gêmeas desabam, mas não esta maluquice conspiratória.

  252. Ivanildo Terceiro

    -

    07/09/2011 às 8:27

    Um ótimo site que refuta todos os argumentos dos conspiracionistas é o Projeto Ockham ( http://www.projetoockham.org/historia_911_1.html ). Ele mostra com dados e fatos como os ataques ocorreram e não foram realizados pelo governo americano.
    Caro Ivanildo, muito obrigado, de imensa utilidade, já estou recomendando aos leitores, inclusive com imediato upgrade na coluna, valeu, abs, Caio

  253. Karlos Santos

    -

    07/09/2011 às 7:14

    “para a nova conspiração sobre as falsidades na vida daquele “queniano” que mentira sobre ter nascido no Havaí. “. O jornalista se recusa a aceitar os fatos, nem sequer nenhum estranhamento, da biografia mentirosa de Obama, apesar dos milhares de textos escritos por gente séria mostrando isto. Desisnformação, alinhamento, pura teimosia, preguiça?
    “Mesmo líderes seculares, socialistas ou liberais no “novo Egito” também negam a responsabilidade da Al Qaeda” ???!!!! Obviamente que negam! Socialistas e liberais (no sentido americano) são esquerdistas, logo, pregam a mentira e fantasias anti-americanas.
    Caro Karlos, a ironia está embutida nos seus comentários, de conspiração a conspiração, abs, Caio

  254. maisvalia

    -

    07/09/2011 às 6:38

    Bom dia caro Caio,
    Como acredito exatamente nesta sua frase que abre o texto
    …O que aconteceu em 11 de setembro de 2001? Resposta simples e histórica: terroristas suicidas da rede Al Qaeda lançaram ataques nos EUA…mas tenho amigos que infelizmente creem piamente em conspirações as mais variadas – prédio que caiu sozinho em NY, falta de destroços do avião no prédio do Pentágono, gostaria, se possível, você indicasse links ou livros que desmentem as fantasias.
    E mais uma vez o ELOGIO AO ARTIGO, MUITO BOM!
    Vou compartilhá-lo no Facebook, hehehehehehe
    Obrigado, nossa! Há material de sobra na Internet, inclusive youtube, com os crentes da conspiraçao e seus diagramas das torres e do Pentágono. Basta clicar truthers no gogle. Mas sendo mais especifico, eu começaria com uma passada de olhos no material e no livro do canadense Jonathan Kay (conservador, por sinal) sobre conspiraçoes em geral e no qual ele cuida com carinho das bizarrices do 11 de setembro. Há inclusive depoimentos dele no youtube. Um link de resenha do livro é: http://www.nytimes.com/2011/05/15/books/review/book-review-among-the-truthers-by-jonathan-kay.html

    Abs, Caio

 

Serviços

 

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados