10 dicas para não parecer um turista nas próximas férias

Seja por motivos de segurança ou apenas para fazer uma imersão em seu destino, saiba como se comportar como um local em sua próxima viagem

dicas para não se parecer com um turista nas férias

Verdade seja dita: todo mundo adora ser turista mas ninguém gosta de se parecer com um durante as férias.

Seja para não atrair a atenção de golpistas atrás de presas fáceis ou simplesmente para ter o gostinho de se sentir um morador de Nova York ou Paris por uns dias, quem não gosta de passar sem chamar a atenção enquanto aproveita as férias?

Preciso confessar que a-do-ro quando estou viajando e me param na rua para pedir informação. Hahaha, pequenos prazeres da vida…

Melhor ainda quando consigo dar a informação que o outro turista está pedindo. Aí é aquela satisfação 😉

Claro que em alguns países é mais difícil se mesclar com os locais do que outros. Seja pela aparência física, pelo modo de se vestir ou pelo comportamento, muitas vezes é como se a gente tivesse um letreiro na testa piscando em neon: turista, turista, turista!

Não que isso seja uma coisa ruim, mas em algumas situações melhor que achem que somos locais.

Graças à evolução recente na maneira como viajamos, hoje em dia é cada vez mais fácil ser “menos turista”. Podemos chegar ao destino já tendo uma boa idéia de como uma atração turística é de verdade (podemos ver imagens, mapas, imagens em 3D, etc), podemos fazer amigos em redes sociais e aplicativos antes mesmo de sair de casa, podemos alugar casas e apartamentos com apenas alguns cliques.

Além disso eu sou da teoria de que quanto mais “vivermos” as cidades como locais, melhor conheceremos de fato os lugares.

Se você também é do meu time, então aí vão algumas dicas para se parecer menos com um turista _e mais com um local_ da próxima vez que você sair de férias…

10 dicas para não parecer um turista nas próximas férias

1. Alugue um apartamento ou uma casa

Faz algum tempo que tenho dado prioridade a alugar casas/apartamentos a ficar em hotéis. Virei fã do Airbnb há algum tempo e mesmo antes desta facilidade já costumava buscar este tipo de acomodação, especialmente quando a viagem é mais longa. Além de ser mais em conta que muitos hotéis, acabamos ficando em bairros mais residenciais e tendo a rotina de moradores. Nada melhor do que ter uma “casa” em uma cidade para se sentir um local.

10 dicas para não parecer um turista nas próximas férias

2. Frequente feiras e supermercados

Se você alugou seu cantinho, a chance de cozinhar em casa, mesmo que apenas algumas refeições é grande. Ao invés de recorrer a lojas de conveniência e mercadinhos de rua, opte por ir a feiras (os deliciosos Farmer’s Markets nos EUA) e a supermercados. Além de comprar coisas para seu consumo durante a viagem, eles podem oferecer “souvenirs comestíveis” para você levar para casa ou presentear amigos. Eu raramente volto pra casa sem alguns temperinhos na mala 😉

10 dicas para não parecer um turista nas próximas férias

3. Coma com os locais

Quando for se alimentar na rua, evite ao máximo comer em locais próximos a atrações turísticas e cadeias de fast food. Além de serem caros, a comida geralmente não é das melhores. Descubra onde os moradores comem e sua experiência gastronômica será muito mais completa. Restaurantes pequenos, premiados e mercados são excelentes opções.

10 dicas para não parecer um turista nas próximas férias

4. Vá ao cinema

Quer coisa mais não-turística do que pegar um cineminha? Além de ser um bom passatempo, é uma alternativa bacana para aqueles dias em que você está cansado e sem inspiração. Sempre acho divertido ver como são as coisas em outros lugares do mundo. O que se come no cinema, quanto tempo de trailers eles mostram, como as pessoas se comportam… Fora que cinema nunca é demais.

10 dicas para não parecer um turista nas próximas férias

5. Use transporte público

Nada de pegar aqueles ônibus turísticos para conhecer uma cidade. Eles custam uma nota e, como são turísticos, só vão em locais batidos. Pegue um mapa do transporte público local numa estação de trem ou metrô e planeje você mesmo seu itinerário. Além de mais barato, você vai conhecer lugares diferentes e conviver com os moradores, não apenas turistas. Se puder, prefira o ônibus ao metrô porque assim você ainda vai admirando a paisagem no caminho. Se ficar na dúvida onde descer, seja simpático com o motorista e certamente ele irá ajudar.

10 dicas para não parecer um turista nas próximas férias

6. Fique durante a semana

Finais de semana são mais agitados e cheios de eventos, mas é durante os dias de semana que é possível ver como uma cidade “se comporta” de verdade. Além disso os locais tendem a ser menos cheios, pois você não irá concorrer com os locais, que precisam trabalhar enquanto você passeia. Fora que em muitas cidades grandes hoje em dia as melhores noites para badalar são as do começo da semana.

10 dicas para não parecer um turista nas próximas férias

7. Vista-se como os locais

Não, ninguém precisa sair andando de burka no Oriente Médio ou saris na Índia. Mas acho bacana tentar acompanhar a moda local e tentar seguir as tendências. Quantas vezes não comprei aquele chapéu “que todo mundo estava usando” na Europa naquele verão ou passei a usar uma combinação de peças de uma maneira que para mim parecia inusitada mas que era só o que se via nas ruas da Escandinávia durante uma viagem. Mas ninguém precisa sair de microssaia no inverno como adoram fazer as irlandesas, por exemplo 😉

10 dicas para não parecer um turista nas próximas férias

8. Corte o cabelo ou faça as unhas

Outro programa típico de que mora em um lugar. Mas se você parar para pensar, por que não aproveitar que você está em Paris para tentar um cabeleireiro bacana? E porque não fazer as unhas naquele salão simpático (e super barato) no Vietnã? Todo mundo precisa cortar o cabelo e fazer as unhas em algum momento, não? É outra boa chance de ver mais de perto os costumes locais e uma maneira de fazer um programa diferente e relaxante.

10 dicas para não parecer um turista nas próximas férias

9. Volte ao mesmo restaurante

Se você gostou muito de muito de um lugar em que esteve durante sua viagem, volte a ele na última noite! Isso não apenas fará você se sentir confortável, como dará uma sensação de familiaridade que só sentimos em casa. Você já conhecerá o menu, poderá repetir a sobremesa ou até se arriscar naquele prato que ficou em dúvida da outra vez. Nada como ir a um local “conhecido” para termos a sensação de que estamos seguros e em casa. Tomar café sempre no mesmo local também vale.

10 dicas para não parecer um turista nas próximas férias

10. Faça amigos

Pode ser um garçom, a recepcionista do hotel, alguém que você conheceu num bar ou até mesmo nas redes sociais. Só um local poderá fazer você se sentir como um também. Ele saberá dicas que você dificilmente achará em guias ou na internet e te mostrará a cidade através do olhar de quem realmente vive lá. Se te convidar para uma balada com os amigos ou um jantar com a família, melhor ainda!

 

Veja também
Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  1. Marcilio Moreira de Castro

    “Local”, como usado aqui, é tradução literal e errada do inglês; essa acepção não existe em português. O certo é dizer “nativo” ou termo similar: “… como se comportar como um ‘nativo’ na próxima viagem”.

    Curtir

  2. Alguns itens têm alguma lógica. Mas, francamente, viajar de férias para cozinhar, ir ao cinema e ao cabeleireiro…ninguém merece!

    Curtir