Geraldo Samor VEJA Mercados

VEJA Mercados

O capitalismo e seus protagonistas. A estratégia das empresas. A tal da mão invisível. O espírito animal. E as políticas públicas que ajudam e atrapalham.

sobre

Geraldo Samor foi correspondente no Brasil do The Wall Street Journal, da agência Dow Jones e da International Financing Review (IFR). Foi produtor do Podcast Rio Bravo e consultor de hedge funds americanos com investimentos no Brasil. Desde 2014, é responsável pelo VEJA Mercados.

No plano do ajuste, Governo considera a volta da CPMF

Por: Geraldo Samor

Como parte do ajuste fiscal, o Palácio do Planalto e a nova equipe econômica estudam tentar a volta da Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF), o mau e velho “imposto do cheque.”

“A CPMF é a única medida que pode resolver o problema numa só tacada, porque aquele 0,38% dá 80 bilhões de reais,” disse uma fonte com acesso às discussões.Dilma Rousseff

Colocando em perspectiva: os economistas estimam que o déficit primário recorrente do setor público esteja hoje em 0,5% do PIB. Além disso, o governo já tem novas despesas contratadas para 2015 da ordem de mais 0,5% do PIB. Ou seja, para produzir o superávit de 1,2% do PIB que a nova equipe econômica se propôs para o ano que vem, a “virada fiscal” é de cerca de 2,2% do PIB, mais de 100 bilhões de reais.

A possibilidade de taxar os dividendos foi aventada, mas “o imposto sobre dividendos e/ou juros sobre capital próprio fragiliza ainda mais os setores que já estão mais ressabiados com o governo, os empresarios. Fazer isso fragilizaria ainda mais o ambiente de negócios, e o que o Governo precisa é atrair investimento, encorajar o setor privado a investir,” disse a fonte.

Neste contexto, a CPMF é vista como dos males o menor. “A CPMF divide a conta de maneira pulverizada — injustíssima, mas pulverizada.”

Já as chances de sucesso do Governo em trazer de volta a contribuição são outra história: a fragilidade da base aliada e a guerra que existe hoje no Congresso fazem desta uma missão quase impossível.

O Governo perdeu a arrecadação da CPMF em dezembro de 2007 — numa derrota histórica para o governo Lula — graças a uma bem-sucedida campanha arquitetada pela FIESP e executada pela oposição.

De lá pra cá, setores do Governo sempre sonharam com a volta do imposto, tido como “insonegável.”

De qualquer forma, a cama parece estar pronta para a tentativa de se trazer de volta os 0,38%. Durante a campanha eleitoral, a Presidente Dilma criticou Marina Silva por ter votado contra a CPMF. E, na segunda-feira, matéria de Cátia Seabra e Marina Dias na Folha de São Paulo mostrou que pelo menos três governadores petistas se articulam para pedir a volta da contribuição.  Um governador tucano, Beto Richa, do Paraná, também se manifestou a favor.

“A história mostra que no Brasil é mais fácil conseguir consenso para aumentar imposto do que para cortar gasto,” diz o economista Mansueto Almeida, lembrando que cada presidente depois da Constituição de 1988 terminou o mandato com uma despesa pública maior do que a deixada por seu antecessor – sem exceção.

Voltar para a home

Comentários

Aprovamos comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais (e-mail, telefone, RG etc.) e links externos, ou que sejam ininteligíveis, serão excluídos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.

Conheça as regras para a aprovação de comentários no site de VEJA

*

  1. Ads2

    São todos corruptos,pt,psdb ,toda a corja política,pq nenhum politico trabalha para o povo ,todos trabalham para seus partido e interesses próprios,tem escândalos de corrupção em 99% do partidos no brasil pq nenhum ta nem ai pra mim ou pra vc,enquanto a cabeça de quem faz a politica nao mudar nada mudara.

  2. jarbas

    cpmf significa CAMBADA PETRALHA MAFIOSA FUNICADORA… faz parte do jogo,do apocalipse,do fim do planeta,do fim da era…jose rainha,guilherme boulos,lula,dilma,dirceu,fidel,nicolas maduro,evo morales,cristina,guerras e terrorismo arabes,papa envolvido na politica,corintians,palmeiras,cbf,flamengo,vasco,cruzeiro,merda,inflação,salario baixo…VIVA O CASTIGO QUE VEM DOS CÉUS…AS PRAGAS SOBRE O EGITO GLOBAL ESTÃO CHEGANDO…SALVE-SE QUEM PUDER , COMO PUDER , E SE PUDER…

  3. Vanderlin

    Isso é Brasil! Valeu Galerinha que votaram no PT, Além de nos roubar descaradamente, ainda temos que, aguentar o Finado Lula aparecendo na TV chamando os contribuintes de Pessimistas – Por favor povo Brasileiro “Acorde!” Somos escravizados diariamente, pagamos uma carga tributária horrorosa diariamente e, temos os piores serviços públicos. Povo Brasileiro! desperte o poder que dentro de si, “Brava Gente – Brasileira”.

  4. jorge luiz fonseca

    imagino, o brasil com 150 deputados 27 senadores que no meu ponto de vista ainda é muito. diminuir pela menos 20 ministério, acabar com pelo menos 20 secretárias que de nada serve, diminuier em 30% cargos, comicionados, recuperar bens dos envolvidos nos esquemas mensalão, petrobás e bnds, colocar na cadeia todos os corruptos e coruptores isso é que deviam fazer essa corja que frequentam o planalto fazendo de lá um ponto de lazer e baderna, porque na verdade, ninguem pensa em melhorar as condições do povo brasileiro, só pensam em benéficios próprios a nossa constituição pouco vale, se vai haver uma refoma políca pelo amor de deus, façam dentro da reforma, só isso que já ajuda bastente, quem sabe nossos netos, bisnetos talvez irão conseguir viver num brasil melhor se der tempo, cpmf de novo não, pode cortar gastos no governo o povo vai aplaudir tenho certeza ninguem vai chorar. Acho que na historia da humnidade nem um pais do mundo consegui formar uma turma de ladrão tão eficiente como o PT fez no brasil, merecem todas as condecorações é fantástico.

  5. Alexandre

    Outro dia eu vi um cidadão numa manifestação, e lhe perguntaram se ele sabia do que se tratava aquele manifesto. O mesmo não soube responder, mas disse que havia recebido R$30,00 para estar ali.
    Até quando as pessoas vão fechar os olhos para os problemas reais do Brasil, e votarem em políticos que na campanha fazem piadas e dizem que ” Pior que tá não fica.”
    Fica sim…. e muito pior……

  6. Carlos Herculano da Costa

    Chega de ditadura do FSP/PT.
    O petróleo cai de preço e nos aumentam os combustíveis- roubo
    Golpe é CPMF.
    Golpe é Cubano no Brasil.
    Golpe é estar na UNASUR onde todos os Estados são do FSP.
    Golpe é Reforma Política – governo desmoralizado
    Golpe é Consgtituinte
    Golpe é o Ministro Toffoli ir julgar o Lava Jato
    Fora ditadura “bolivariana”.
    Sra. Presidente respeite o povo brasileiro e vá para Cuba.
    Queremos o Brasil de volta.

  7. Luiz Augusto

    Povo brasileiro.
    Após o termino da CPMF que não serviu para nada, temos que acordar o povinho de Brasilia que os 0,38% encontram-se no IOF.

  8. Carlos Real

    ESSE MALDITO GOVERNO DO PT E PMDB VÃO GASTAR 134 MILHÕES DE REAIS PARA FAZER UM FILME DO ZÉ DIRCEU QUE É UM LADRÃO E GRANDE BANDIDO, AUMENTARAM A BOLSA FAMÍLIA EM 10% PARA DAR PARA POPULAÇÃO QUE NÃO GOSTA DE TRABALHAR.
    AGORA QUER VOLTAR A CPMF DE NOS TRABALHADORES, TEMOS QUE PAGAR POR ERRO DESSE MALDITO GOVERNO (PT), NOS VAMOS PARAR ESTE PAIS SE ISSO ACONTECER.

  9. Jenifer

    Acho um absurdo, deveriam cortar gastos, iniciando pelos salários desses corruptos, que governam apenas pensando no bem próprio. A administração do Brasil, vem criando brasileiros preguiçosos e sem ambição, que se contentam em viver de Bolsa família, e tiram 5 meses de férias recebendo seguro desemprego. O desenvolvimento precisa de pessoas dispostas a trabalhar e não cidadãos que contentam com a miséria que recebem e ficam em casa aumentando o número da população sem nenhuma perspectiva. Dessa forma o Brasil ira apenas naufragar.

  10. Virgílio

    Se cogitarem voltar com esta penalidade inaceitável ao povo brasileiro, será a hora de abalar este país com manifestações 10 vezes mais fortes que as de um aumento de passagem. Isso não existe em lugar nenhum do mundo. E aqui não aceitaremos este tipo de humilhação tributária.

  11. Irineu Teixeira

    Brasileiros:
    Uma das grandes questões que os governantes insistem em não discutir é o imenso tamanho das máquinas do Estado (União, Estados e Municípios).
    Com 39 ministérios a União estimula Estados e municípios a seguirem o exemplo.
    Já temos duplicadas responsabilidades como Saúde, Segurança, Educação, etc. Há um Ministério Federal, uma Secretaria Estadual e outra Secretaria Municipal para Educação, Saúde e Segurança Pública. E, pior do que isso, uma VERDADEIRA LEGIÃO DE SERVIDORES PÚBLICOS para fiscalizar a população, os empresários, ou simplesmente para apor carimbos de APROVADO ou NEGADO. Há um sem número de funcionários públicos que se destinam apenas a fornecer certidões positivas ou negativas de débitos, quando o próprio Estado dispõe dos dados de todos os contribuintes.
    É muita gente fazendo muito pouco ou quase nada em prol da produtividade nacional. Pelo contrário, apenas servem as repartições públicas, para dificultar a vida dos empresários, empreendedores e a própria população, individualmente.
    É PRECISO, COM URGENCIA, REVER A ESTRUTURA DA REPÚBLICA, DANDO AOS ESTADOS E MUNICÍPIOS, MAIOR AUTONOMIA EM CERTAS AREAS, RESTRINGINDO AO PODER CENTRAL DA UNIÃO, APENAS AQUILO QUE ORIGINALMENTE CABE A ELA: SEGURANÇA NACIONAL, REPRESENTAÇÃO DIPLOMÁTICA, FORÇAS ARMADAS DO PAÍS, TAL COMO ERA QUANDO O PAÍS ERA A República dos ESTADOS UNIDOS DO BRASIL.

    precisamos acordar, urgente, antes que o pesadelo se torne realidade!

  12. DANIEL

    VOTARAM NA DILMA,BEM FEITO:VOTARAM PELA CPMF,PELA CORRUPÇÃO,PELA MARACUTAIA DA PTROBRÁX,MAFIAS,BANDAS PODRES,BENÉFICIES,CARGOS VITALÍCIOS,JOSÉ SARNEY,MENSALÃO,SAÚDE ESCASSA,IMPOSTOS ABSURDOS,FOSTER,MENSALINHO,JOSÉ DIRCEU E SEUS AMIGUINHOS,13 MOTIVOS PARA TOMAR BONITO NOS OLHOS!!!

  13. JOÃO MARTINHO MEIRA

    Nosso grande problema é o governo ter perdido a confiança. Não á como admnistrar nem uma empresa sem confiança. Imaginem um país. Acredito que a apuraçao da PETROBRAS deve sair logo e meditas punitivas, inclusive se deve om governante e ex governate. O país sem voltar ter confiança não entra nos trilhos.ssss

  14. Cleyton

    Num país mergulhado em recessão graças à roubalheira dos governantes, e não por causa do reflexo do mercado externo, o trabalhador honesto é que acaba tendo que bancar as contas feitas pelo governo, por exemplo essa vergonhosa bolsa família.

  15. Arthur Vieira de araujo filho

    O Brasil só vai tomar jeito, quando houver políticos sérios e povo esclarecido.90 por cento dos políticos não são sérios, e o povo não é politizado.para se tomar consciência de como a corrupção é grande neste País, basta ir para a porta de órgãos públicos, nestas semanas que antecedem o natal e fim de ano, para notar que os corruptores,presenteiam os corruptos com presentes e outra mordomias, para mais adiante terem a simpatia dos corruptos.Neste contexto, existem exceções, mas, lá fora, em País sério, isto seria motivo de afastamento de suas funções com posterior demissão.O PT, já demonstrou por sua sanha,a incapacidade de administrar este País.

  16. Sandy

    O governo pega o dinheiro dos nossos impostos, não investe no Brasil, aplica em umas 200 obras na África e América Latina em países com governos esquerdistas de preferência bolivarianos. Destroi a insustria nacional. Afasta dos países interessantes para nosso comércio internacional (vale só os ideologicamente ligados ao PT). Isso porque não mencionei a corrupção e má gestão (incompetência). E o cidadão brasileiro que paga a conta com pagamento de mais impostos sem contrapartida de serviço público. Governo abjeto!

  17. joao carlos de castro

    Pasmem bancar está republiqueta dd punguista
    lamentável termo a bênção de Deus de uma monarquia natural
    e nos sujeitar a ter destino incerto nas mão deste desconhecido
    o parlamentarismo monaquico e a solução

  18. Alaim Correia da Silva

    Se o imposto ou contribuição “CPMF” fosse aplicado na saúde como quando foi criada para este fim, seria bem aplicado. Entretanto
    para desvio para engordar deputados “onestos”, sou contra e acredito que o todos Brasileiros também. Além do mais esse é um imposto que penaliza mais os milionários com grandes movimentos financeiros!

  19. William

    Infelizmente o povo tem o que escolhe, em outubro tivemos a oportunidade de mudar e não mudamos, então temos que nos conformar com qualquer ato que a nossa presidenta eleita pelo povo fizer, e não devemos ficar preocupados com o que possa acontecer no futuro porque quem vai sentir o impacto disso tudo vai ser as pessoas que deixaram esse governo no poder, viva o povo brasileiro.

  20. Mundel

    Esta incompetenta da Dilma do pt,conseguiu destruir a economia do Brasil em 4 anos.Agora quer conseguir quebrar os brasileiros nos 4 próximos anos.Acho que tem um país no Caribe que é assim,todo o povo quebrado.Com grande parte do povo querendo fugir para os EUA.O Brasil não sofre embargo econômico,o que é um agravante para comprovar a sua desgovernança.

  21. Petrolãozinho - O Mascote Olímpico Brasileiro

    O que a Dilma andou cheirando ????

  22. Adriano

    O governo presente é insano! Administra de forma equivocada os recursos públicos. Gasta mais do que arrecada, esbanjando ajuda social aqui e ali com quem precisa e principalmente com quem também não necessita. Caso dos seus aliados, políticos e etc. Faz bondade com o chapéu alheio. É inadmissível aceitar o aumento de impostos que estão sendo prometidos. A CPMF e seus semelhantes, já são coisas vencidas, não devem ressurgir. É mais do que na hora do povo botar o seu bloco na rua e agitar a bandeira da independência contra esse governo destemperado e glutão por dinheiro do cidadão. Agora começa a dar bolsas auxílios aos que chegam de outros países. Manda dinheiro para Cuba no mais médico, no porto de Mariel e etc. Perdoa divida dos países africanos, porém explora o seu próprio povo. É um absurdo! Estamos sendo massacrados dia a dia por este tipo de governo. Na maior cara dura faz apologia e pratica suborno, como foi agora com as verbas dos parlamentares, além disso, principalmente foi capaz de arrebentar com o superávit fiscal, fazendo a sua flexibilização. Quanto a eleição e suas propostas foram pueris, mentirosas! Se o povo não acordar, isto não vai parar. É a hora de ir para a rua, de forma ordeira! É hora de aglutinarmos as forças. Protestar, protestar e protestar! Estão sendo preparados na surdina várias leis para arrebentar com o trabalhador, retirando-lhes direitos! Não temos gasto com a saúde, segurança e educação como de fato deve ser, por que dar crédito a um tipo de governo como este? Falar das bolsas famílias, que o governo fez muito pelo social, é conversa mole e falta no mínimo um pouco de raciocínio. Portanto, basta de tais conquistas. Elas até podem ser cara, como de fato quase sempre são, mais estas não podem escalpelar o povo, arrancar o seu coro, como vem sendo feito cotidianamente por este governo. Não precisamos de seus heróis, os do mensalão. Não precisamos do aparelhamento do estado como vem sendo feito. Chega!!! Povo reaja, nação acorde! Se não temos mais os líderes de ontem, podemos ter outros, os de hoje. Se não existem, que nasçam! Apareçam e certamente muitos os seguirão! Liberdade, vida, direitos e garantias fundamentais!

  23. vanderlei

    Perceberam que acabou os petralhas, ninguém votou na Dilma agora engole a guela dentro esses eleitorezinhos de bolsas. Toma o remédio dessa mal feita e seus capangas.

  24. Maria do Carmo

    Quem trabalha que está arcando com as dívidas desse governo.

  25. Odoaldo Vasconcelos Passos

    Quer dizer, diminuir gastos, ninguém fala e nem pensa no assunto. O bom para eles é meter a mão no bolso do contribuinte, o resto que se lasque.

  26. Míriam

    É impressionante que a nossa carteira é sempre lembrada em momentos de crise. A gente faz ‘o dever de casa’- não gasta além do salário, mantêm as contas em dia, aperta o cinto quando precisa – e no fim das contas é punido, sendo ‘convidado’ a pagar mais imposto.
    Um agradecimento especial àqueles que não compareceram à eleição! Esses deveriam pagar a parte que vai me caber neste latifúndio de dívidas.

  27. Patrick Rodrigues

    A CPMF não é um imposto, é uma contribuição especial, é um tipo de tributo. Nem todo tributo é um imposto.

  28. Sebastião G. O. Penteado Neto

    Observamos que tudo é possível neste governo, e nada mais nos surpreende. Nossa dúvida é sabermos até que ponto a população vai suportar tudo isso. Tudo tem limites,não acreditamos e muito menos confiamos neste governo. Este governo está completamente desacreditado.A mentira virou padrão para este governo. Ninguém respeita mais estes políticos. Está dando nojo de acompanhar os noticiários, vergonha de viver num país como este.

  29. Maria Celia Cavalcante da Silva

    Deus queira que nao. Será uma nova troca como foi a LDO no congresso.

  30. pedro

    É isso ai, quebraram o País, agora nós pagamos a conta.
    Fácil, fácil de resolver não é mesmo?

  31. Andre Cumplido

    A presidente não sabe o quê diz nem se lembra do que fez. Uma candidata que se preocupou em disseminar a informação de que impostos novos não seriam criados e que agora quer trazer de volta a CPMF simplesmente é um blefe.

  32. ian

    TEMOS QUE IR AS RUAS SEM A VOLTA DE CPMF, PRIMEIRO DESMONTE ESSA ESTRUTURA DE PT NO GOVERNO ,E OS PARTIDOS E LADROES DEVOLVAM O DINHEIRO DO MENSALAO E PETROLAO FUNDOS ,,,,NAO TENHAM DUVIDAS 99,99% DAS FORTUNAS NESSE PAIS NOS ULTIMOS 500 ANOS E PRODUTO DE ROUBO E AGORA VEM FAZER DERRAMA NO CIDADÃO…

  33. Sem o bigode

    Que dizer então que com essa roubalheira insana acontecendo em todas as estatais brasileiras, com desvios de bilhões já comprovados e, o governo pensando em aumentar impostos. É de uma insanidade impar; surreal; inimaginável. Aja óleo de peróba pra essa gente!

  34. LUIZ BUZETTI FILHO

    Só devolver 100 bilhões que roubaram da PETROBRÁS, já abate a CPMF em 80 bilhões.

  35. marcos

    Se aproveitam do bando de otários que forma este povo ridículo e manipulável.

  36. LUIZ BUZETTI FILHO

    O governo mais corrupto da história deste país.(PT). Populista, Assistencialista, Comunista, Fascista. Lula um malandro da ESQUERDA CAVIAR, que está implantando o SOCIALISMO para quem trabalha e paga impostos de primeiro mundo e recebe tratamento estilo CONGO AFRICA.
    Um mentiroso DEMAGOGO, nunca trabalhou e vive hoje como um LORDE, as custas dos votos dos IGNORANTES, que o elegeu a troco de um saco de FARINHA. Marisa Letícia, sumiu dos holofotes, uma mulher verme, inútil que nunca prestou um serviço comunitário e nem sabe o que é BENEFICENTE. Seu filho LULINHA o mais GENIO DO MUNDO em um toque de mágica ficou MILIONÁRIO. Este é o país de TOLOS.

  37. Augusto

    Nem pensar! Chega de nos sufocar com mais impostos. Eles tem é que cortar gastos e conter aumento de despesas.

  38. João Brasil

    Diminuam a corrupção em 50%, e direcionem os recursos que seriam desviados para a saúde, que teremos mais dinheiro do que com a volta da CPMF.

  39. charlez

    Tudo foi premeditado, puseram um banqueiro, para ser o bode expiatório,e fazer o serviço sujo, quando tudo estiver do jeito que Dilma quer e não tinha coragem de fazer, e o povo se rebelar, ela tira Levy, mas continua com tudo que foi feito, prometendo estudar, empurrando com a barriga até o fim de seu governo. A sociedade precisa ficar atenta contra artimanha!

  40. Benjamim Martins

    Essa corjão de ladrões precisam é de colocar um ponto final nessa ladoragem. De impostos estamos saturados, a carga é altissima. O Brasileiro deve sim; pegar nas poucas armas que ainda estão em suas mãos e tirar esses bandidos do poder. Roubam, roubam, ai; vamos aumentar os impostos, tornam a roubar, vamos aumentar impostos para cobrir o rombo. Ora, isso tem que acabar. E pegamos no trabuco.

  41. Claudio

    Acabar com o senado da republica, diminuir pela metade a camara dos deputados, acretido que resolve o problema. Eliminar também os roubos, vai ajudar bastante.

  42. Paulo Roberto Andrade

    Todo monopólio por definição é ineficiente. É ineficiente porque não tem concorrência o que gera custos altos e falta de planejamento/organização. O produto de empresa monopolista sempre é mais caro porque não obedece as leis do mercado, cobra o que pode e o que quer do consumidor. Os piores monopólios são os estatais pois são dirigidos de forma política e dai a propina e a péssima gestão empresarial. Ao invés de recriarem o imposto inflacionário em cascata o mais injustos de todos , um verdadeiro roubo,ou seja a CPMF, façam caixa para cobrir os rombos cometidos por má gestão do dinheiro público e a roubalheira vendendo todas as estatais, as pulverizando para que as compradoras obedeçam as leis do mercado. e sejam encontrados os equilíbrios de preços. Só dessa forma pagaremos valores mais decentes pelos derivados de petróleo e pela energia elétrica e viveremos em um país decente. A concorrência é tudo e a corrupção acaba quando ela prevalece. Temos que lutar inicialmente pela liberação da importação dos derivados de petróleo, destruindo o monopólio estatal de importação, para que sejam atingidos valores internacionais nessas commodities e as paguemos por valor justo. Quanto a CPMF que a dilma a enfie em bom lugar!

  43. IRoberto Saul

    Na situação em que o Brasil se encontra do ponto de vista econômico, as primeiras medidas que o novo ministro da fazenda Sr. Joaquim Levy deve realizar, considerando que lhe foi dada total autonomia, sem nenhuma interferência do governo seria:
    1 – Cancelar a votação da anulação da lei de responsabilidade fiscal.
    2 – Cortar pela metade os salários de todos os políticos, incluindo ministros e até presidente.
    3 -Fim de benefícios políticos como cartão de crédito, transporte,automóvel, assistência médica etc…
    4 – A diminuição de quase 40 ministérios para no máximo 12.
    5 -Proibição de doações de dinheiro público a outros países como Cuba, Venezuela e outros países da África
    5 – Intensa fiscalização de corrupções em estatais mediante de uma auditoria sob severas penas de punições.
    6 – A não ocupação de cargos políticos apenas por indicação. Ele deve ser submetido a uma intensa sabatina, antes de ser admitido.
    7 – Fim dos altos salários para políticos aposentados.
    Estes são algumas das primeiras medidas a serem tomadas. Caso contrário a diminuição das despesas não serão possíveis, e possivelmente o ministro pediria demissão do cargo.
    Tentar criar mais impostos seria uma tremenda injustiça social, pois temos uma das maiores carga tributária do mundo.(Ao contrário deveria baixar vários impostos embutidos como remédios,produtos eletrônicos e sobretudo aumento do salário mínimo.

  44. Roberto

    Deveria ser açoitado em praça pública todo sujeito que falar em aumento de impostos no Brasil. O Senado e Camara Federal gastam anualmente o mesmo que as prefeituras de Curitiba, Porto Alegue e Salvador gastam juntas com seus mais de 10 milhões de habitantes.

  45. silvando antonio

    Primeiro passo é cortar essas despesas desenfreadas, na carne, como não tem competência administrativa, não vão fazer, o aumento de Tributo não vai modificar nada, somente para aqueles que pagam, para os perdulários desse governo é só mais uma fonte para aumentar as despesas.

  46. Cassio

    Em tempos de poupança pagando 0,50%/mês… cobrar 0,38% de CPMF??? Vai ter guerra civil se aprovarem esse absurdo!!!

  47. Ivaneide Teixeira

    Ah, tá. Agora teremos de pagar pela incompetência e irresponsabilidade da presidANTA e repor o caixa da Petrobrás?

  48. Ricardo Melo

    É fácil: basta tomar os 80 bilhões dos empreiteiros da Petrobrás. Aposto como eles roubaram MUITO mais que isto.

  49. carlos roberto p almeida

    CPMF de volta???, há,há,há,há, quem diria em DILMA. XÓ CPMF pobre POVO ENGANADO DE NOVO??, QUERO DEIXAR BEM CLARO NÃO VOTEI NESSA GENTE, MAS ACHO QUE ME FERREI. DÁ PARA MANDAR A CPMF SÓ PARA QUEM VOTOU NA DILMA?????.

  50. MATTHÄUS

    Lendo os comentários sobre o “despertar do monstro” a malfadada cpmf, até parece que ninguém nesta republiqueta”, votou na “tia”. Para que a economia volte aos trilhos, basta apenas reduzir os cabides de empregos – os ministérios e secretarias cinco estrelas, os “poderes” legislativos e judiciários se concederem aumentos maiores do que os trabalhadores em geral e os funcionários do executivo, combater a impunidade reinante, prender e recuperar os bilhões roubados do país, e aí então, começaremos a voltar a normalidade. Concluindo, renovando os políticos totalmente.