Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Dallagnol: estabilidade de Temer dura só até o próximo escândalo

Coordenador da Lava Jato na primeira instância, procurador diz que ‘falsa promessa de estabilidade’ está colocada ‘sobre pilares corroídos pela corrupção’

O procurador da República Deltan Dallagnol, coordenador da força-tarefa da Operação Lava Jato na primeira instância, publicou nesta sexta-feira um post em sua conta na rede social Twitter no qual diz que a “falsa estabilidade” vendida pelo governo Michel Temer (PMDB) pode “desabar no próximo escândalo”.

“Governo vende falsa promessa de estabilidade, posta sobre pilares corroídos pela corrupção, prontos a desabar no próximo escândalo”. Ele não explicou se sabe de algum outro escândalo à vista envolvendo o governo ou se falou apenas em tese.

A estabilidade econômica é um dos principais trunfos usados por Temer para manter o apoio no Legislativo, principalmente do PSDB, que tem se recusado a deixar o governo esgrimindo o argumento de que isso comprometeria o futuro econômico do país.

(Reprodução/Reprodução)

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  1. Carlos Araújo

    É uma vergonha sr. promotor!
    já está escrevendo livro com noite de autógrafo!

    Curtir

  2. banda Mero Judas

    Inversão de valores e dos princípios básicos. Vivemos no 3 mundo pois por incrível que pareça existem mentes insanas tais como Temer, Gilmar Mendes, Aécio, RA e outros que ao serem investigados querem “enquadrar” os investigadores. Isto é torpe e condizente com o mar de corrupção que vivemos.

    Curtir

  3. Carlos Aurélio

    Carlos araújo, o cara só externou uma opinião. Qual é o problema? A democracia permite esse tipo de comportamento. O que a democracia não permite é a tratativa sobre quinhentos milhões de propina em 25 anos, como ficou demonstrado na gravação da jbs.

    Curtir

  4. banda Mero Judas

    Gil Lucio.. você andou bebendo? Se o promotor é irresponsável por estar exercendo a função do seu cargo; o presidente Temer recebendo criminoso a noite para combinar recebimento de mala de dinheiro por seu amigo o que seria? Gilmar Mendes enterrando provas vivas para inocentar a eleição mais corrompida da história o que seria? É a inversão de valores na qual investigados querem enquadrar investigadores por se julgarem acima das leis. Acorda Brasil…

    Curtir

  5. Daniel acho melhor seu amigo explicar ao país como os 77 bandidos da Obrecht conseguiu aposentadoria vitalicia e vão ficar em suas mansões e os bandidos da JBS foram para NY, livre, leve e soltos.

    Curtir

  6. Daniel, os 77 bandidos da Obrecht conseguiu aposentadoria vitalicia e vão ficar em suas mansões e os bandidos da JBS foram para NY. Chama isso de Justiça ou seria negociata?

    Curtir

  7. O legado dos justiceiros além de anistiar os bandidos, conseguiram destruir os openentes da Serpente e garantir Lula no segundo turno. Isso se eles não elegerem a Serpente no primeiro turno.

    Curtir

  8. francisco salim alves penin

    Quando o Brasil desconhecia a cascata de bandalheiras em que Lula e seus asseclas refestelavam-se, o indouto nunca ganhou uma eleição em primeiro turno. Ganharia agora?

    Curtir