Blogs e Colunistas
Livros | De 6 a 12 de janeiro de 2012

Mussolini

Lançamento 27 dezembro

Loading

(Tradução de Alessandra Bonrruquer e Gleuber Vieira, Nova Fronteira, 496 páginas, 59,90 reais) Um personagem ambivalente, ao mesmo tempo frágil e rebelde, é quem sobressai dessa nova biografia do italiano Benito Mussolini, o grande ditador do fascismo, escrita pelo historiador francês Pierre Milza. Especialista no regime totalitário que dominou a Itália de 1929 (antes, de 1922 a 1929, o regime ainda não era ditatorial) a 1945 (embora os dois últimos anos como fantoche dos nazistas), Milza mostra como, a exemplo do que se deu na Alemanha, o desejo de mudança dos italianos após a Primeira Guerra Mundial abriu passagem para o fascismo. E como o filho de um ferreiro e de uma professora primária, que chegou a ser admirado pelo britânico Winston Churchill na década de 1920, migrou de espectro político, deixando a esquerda para se converter em um dos maiores ditadores de direita do século XX.

Deixe o seu comentário

Aprovamos comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais (e-mail, telefone, RG etc.) e links externos, ou que sejam ininteligíveis, serão excluídos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.

» Conheça as regras para a aprovação de comentários no site de VEJA

5 Comentários

  1. mauro marconi

    -

    07/01/2012 às 10:51

    Aos poucos as verdadeiras historias vão surgindo!

  2. Haroldo

    -

    07/01/2012 às 9:03

    Como o filho de um ferreiro e de uma professora primária, que chegou a ser admirado pelo britânico Winston Churchill na década de 1920, migrou de espectro político, deixando a esquerda para se converter em um dos maiores ditadores de direita do século XX (Historiador francês Pierra Milza).

  3. Vivian

    -

    07/01/2012 às 9:01

    Essas biografias muito tardia não são confiáveis pois as personagens biografadas e seus mais próximos não estão mais aí para contra-argumentar.

  4. Eris Araújo

    -

    07/01/2012 às 1:13

    Cuidado
    Mussolini era o Duce não o doce do nazifascismo.

  5. da silva

    -

    06/01/2012 às 22:15

    lembra muito a trajetoria do lula. a ditadura petista e fantoche da cubana e dos bolivarianos. a diferenca e que mussulini tinha mais educacao.

 

Serviços

 

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados