Blogs e Colunistas

30/10/2008

às 23:03 \ Arquivo

Mal de Alzheimer – genético ou adquirido?

O Mal de Alzheimer é genético ou adquirido?
Este mal é genético ou se desenvolve ao longo da vida? Meu irmão tem 55 anos e desde seus 50 já estava desenvolvendo a doença. Quais são os estágios?

(Celso Ortiz)

Antes de falar do Mal ou Doença de Alzheimer (DA) é importante lembrar que genético não é sinônimo de hereditário. Muitas doenças adquiridas podem ter um componente genético, ou seja, a pessoa pode ter uma predisposição menor ou maior de vir a manifestá-la. Mesmo no último caso, isso não significa um risco aumentado para os familiares. É o caso da doença de Alzheimer. Chamamos de doença genética toda aquela que afeta nossos genes, mas que pode ou não ser hereditária. O câncer é outro exemplo de uma doença genética que raramente é hereditária, isto é, transmitido de geração para geração.

E a doença de Alzheimer?
A DA é causada por depósitos de placas amiloides no cérebro. Essas placas acabam interferindo nas conexões entre os neurônios e destruindo-os levando progressivamente a perda da capacidade cognitiva. Algumas formas de Alzheimer são hereditárias, e obedecem a um padrão de herança autossômica dominante. Já foram identificados pelo menos três genes responsáveis. Nesses casos, se o pai ou a mãe forem afetados, a probabilidade de transmitirem o gene defeituoso para sua descendência é de 50%. Mas essas formas hereditárias correspondem a menos de 10% dos casos. Em 90%, a DA não é hereditária embora algumas pessoas podem ter uma predisposição maior de desenvolvê-la. Se você tiver um familiar com DA não se preocupe. O risco de você desenvolvê-la é comparável ao da população em geral.

A DA desenvolve-se pelo estilo de vida?
Essa é uma pergunta interessante. Muitas das nossas características desenvolvem-se ao longo da vida, tais como obesidade, hipertensão. Genético ou adquirido? Na realidade, a maioria das nossas características obedecem a uma herança multifatorial. Isto é, dependem da interação dos nossos genes com o ambiente. Não podemos alterar nossos genes, mas podemos proporcionar-lhes as melhores condições ambientais. No caso da DA, a receita é bem conhecida. Tenha uma vida saudável. Exercite sua memória lendo, fazendo palavras cruzadas. Faça exercícios físicos. Experiências com camundongos já mostraram que aqueles submetidos a exercícios melhoram a memória. Mesmo que você não tenha nenhuma predisposição genética de desenvolver DA, não há contra-indicação.

Vocês gostariam de ser testados para DA?
Fiz essa pergunta alguns anos atrás a alunos de terceiro ano de medicina. Para minha surpresa, metade da classe afirmou que gostaria. Repeti a pergunta: Vocês têm certeza? Sim, responderam os jovens enfaticamente. Pois então vocês estão convidados a irem ao meu laboratório para serem testados.

Adivinhem o que aconteceu? Ninguém, repito, ninguém apareceu. Na realidade eu estava blefando. Eu não pretendia aplicar testes em ninguém. Queria era avaliar quanto as pessoas queriam mesmo saber se tinham um risco aumentado de desenvolver uma doença ainda sem tratamento. E você? Gostaria de ser testado, se houvesse essa possibilidade?

Por Mayana Zatz

Deixe o seu comentário

Aprovamos comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais (e-mail, telefone, RG etc.) e links externos, ou que sejam ininteligíveis, serão excluídos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.

» Conheça as regras para a aprovação de comentários no site de VEJA

200 Comentários

  1. Sandra Carina Favero

    -

    03/08/2012 às 21:25

    Essa doença não tem nada a ver com a epilepsia!

    [WORDPRESS HASHCASH] The poster sent us ’0 which is not a hashcash value.

  2. Socorro Costa

    -

    04/06/2012 às 13:50

    gostei do artigo ,pois esclareceu minhas duvidas sobre a probabilidade de contrair ou não o mau de alzhaimer.

  3. Angélica

    -

    31/05/2012 às 21:07

    Olá me chamos Angélica, tenho 41 anos e tenho um casal de filhos, me pai mora comigo e tem 76 anos, foi diagnosticado com Alzheimer a 6 anos, já não se comunica conosco e não se alimenta sozinho pois perdeu a deglutição, portanto uma sonda gástrica. Gostaria de saber se eu e minhas irmãs e meus filhos corremos o risco de desenvolver a doença. As vezes esqueço das coisas e minhas irmãs também já passaram por esta situação. Há algum exame mais especifico no Brasil para que se possa diagnosticar a doença precocemente?

  4. maria do carmo

    -

    28/05/2012 às 21:54

    Olá me chamo maria tenho 53 anos . minha mãe morreu de alzheimer.. como eu faço para saber se eu tenho o começo dessa doiença .eu ja esqueço muitas coisas . as vez eu acho que ja tenho obrigada . mas quero resposta desse comentario .

  5. Minhakynha

    -

    26/05/2012 às 21:39

    Sabe, minha mãe e eu sempre fomos distantes uma da outra, ela me deu para outros criarem, e passou a vida servindo a patrões…Sou filha única e hoje ela mora comigo e minha família, marido e filhos,nosso relacionamento é péssimo, mas tenho muita compaixão por ela, tenho notado alguns sintomas nela de DA, e hoje cheguei a conclusão de que ela esta com essa doença, estou desesperada por essa nova realidade e preciso muito de ajuda pra saber como lidar com ela, preciso muito, já chorei muito por que me sinto sozinha e meu marido não sabe nem se interessa por meus problemas com ela, apenas diz que aceito as provocações dela…Sinto que preciso ama-la mais daqui pra frente e peço a Deus que abrande muito meu coração, por que sei que nós duas precisaremos mais ainda uma da outra…

    Precisava desabafar.

  6. ELINE ROSA DE OLIVEIRA

    -

    06/05/2012 às 0:22

    eu perdi meu pai c esta duença a doença de Alzheimer e nos familia sofremos muitos,ñ estavamos preparados pra passar por tamanho sofrimentos,eu até hoje lembro o quanto meu pai sofreu e nos tb,eu gostaria de saber,pois ñ tenho o habito de ler tenho pregiça de fazer leitura,tenho sempre crises de momentos intensos de tristezas,uma depresao q fico sem querer ver ninguém e nem ouvir zuadas,e da mesma forma q entro~na depresao sem querer saio sem nem que percebo,mais é algo que ñ afeta ninguém só a mim mesma,ñ é um problema que tire a paz de alguém,mais sei que sofro muito qd mergulho neste vazio e angustia,tenho medo que no futuro possa ter esta duença q meu pai sofreu e que nos tanto nos causou tanta dor.espero ansiozamente respostas.

  7. Solange Renault Lacerda da Silva

    -

    01/05/2012 às 12:58

    a minha mãe tem esta doença, não sei muito, mas tenho medo que seja hereditário. tem exame preventivos.

  8. Luciana Colombo

    -

    19/04/2012 às 1:16

    Olá, me chamo Luciana, tenho 43 anos. Tenho casos de DA na familia, 2 tios por parte de mãe. Minha preocupação é minha mãe, faz um pouco mais de mês perdi meu pai, vitima de uma aneurisma, ela ficou triste. Parou de fumar, e esta muito agressiva, as vezes não sabe se espressar, tristeza e alegria tudo misturado, acho que é a fase dificil, perde do parceiro de 47 anos de casamento e o tabaco. Como poderia ter a certeza, ir ao neurologista, falar tudo isso para ele, acho que não existe testes. Ela faz cruzadinhas todos os dias, esta se cuidado. Fazendo planos, viagens, até casamento. Pode me orientar melhor de como ajudá-la. Obrigada

  9. wilsom

    -

    15/04/2012 às 15:04

    minha companheira gostaria de fazer o teste ja que a avo tinha os sintomas e morreu com isso mas na epoca nao foi indentificada a da o irmao apresentava os sintomas mas morreu amae tem o da e sofremos muito com ela ela vive num mundo totalmente diferente do nosso e tmbem vive no passado e vive com pessoas imaginarias por isso que minha companheira gostaria de fazer o teste estou muito preocupado nao sou medico mas vejo que o quadro se repete com ela desde ja muito obrigado se vier me responder a eu tambem gostaria de fazer o teste

  10. MIQUEIAS

    -

    22/03/2012 às 12:04

    GOSTARIA DE SABER DE SE TEM CURA OU ALGUM TRATAMENTO P/ AMENIZAR A SITUAÇAO

  11. welma rejane f.de souza

    -

    20/03/2012 às 20:11

    Minha mãe tem mal de alzheimer,e desconhece as pessoas que ela mais ama,achando que são pessoas estranhas,como devo agir e o que devo fazer?choro o tempo todo e fico desesperada,pois sou sozinha para cuidar dela e as vezes fico desorientada.Mim ajudem

  12. Rita Muniz

    -

    13/03/2012 às 12:47

    Eu gostaria sim de de fazer um teste, pois faz alguns dias que minha mãe foi diagnosticada com esta doença.

  13. elaine

    -

    04/03/2012 às 21:00

    gostaria de saber se realmente e genetico por na minha familia aconteceu 6 casos dessa doença.

  14. angela afonso ventura

    -

    14/02/2012 às 22:12

    ola meu pai tem alzaimer e minha mae tambem eles sao primos de de primeiro grau eu gostaria de saber se eu posso a vim ter ou os meus filhos muito obrigada se puder me responder e me infomar mais sobre a doença de alzaimer .

  15. Jane

    -

    02/02/2012 às 19:09

    Queria saber se e possivel um adolescente de 15 anos ter mal de alzeimer, sabendo-se que seu pai tem a doença?

  16. dalva cardoso

    -

    29/01/2012 às 0:00

    meu nome é dalva tenho 42 anos sou casa ,tenho 3 filhos,trabalhei 11 anos como operadora de telemarkt.estou preocupada com minha saude,ando esquecendo tudo ontem por exemplo,minha irmã ligou fiquei 10 minutos falando com ela,desliguei apos 5 minutos eu perguntei ´para meu esposo eu sei que ligaram mas quem foi que ligou: _ele me responde vc ficou 10 minutos falando com sua irmã e não se lembra que falou ao telefone com ela?eu guardo as coisas e esqueço eu tomo remedio 2 x será que estou perdendo a memoria?por favor me ajude.estou muito preocupada pois amo muito minha familia e tenho medo de esquece-los.

  17. daisy cardoso neme

    -

    03/01/2012 às 23:38

    Gostei da materia pois algumas dúvida foram tiradas por minha parte , pois minha mae tem DA e as duas irmãs dela , minha vó por parte de mãe na época teve arterioesclerose enfim hj estou com mamae com DA há 7 anos e agora com um suspeita de que meu pai esteja tambem com alguns comportamentos do Mal de Alzheimer , gostaria de mais informaçoes para que eu possa estudar e procurar mais ajuda do que ja tenho tido do medico neurologista.Obrigado

  18. marisa andrioli matoso

    -

    15/12/2011 às 13:59

    gostaria muito de saber pois meu pai esta tendo crises e nao sabemos se é ausaimer ou avc
    quebra tudo estamos tratando dele
    e eu faço tratamento com psiquiatra para bipolar

  19. Meire

    -

    06/12/2011 às 1:23

    Por favor doutora, eu gostaria de me submeter a esse teste sim, minha mãe tem 77 anos já apresenta todos esses sintomas do DA. Quero saber se futuramente posso vir a ter esses sintomas, e como me previnir para que isso não aconteça.
    Obrigada

  20. Sergio Reale Nogueira

    -

    09/11/2011 às 0:13

    Gostaria,meu pai esta acometido pela DA e eu acho que tenho alguns sintomas já,embora,tenha 43 anos.

  21. Tatiane

    -

    06/11/2011 às 23:49

    Achei interessante a reportagem. Seguinte tenho uma tia, irmã de minha mãe com mal de Alzheimer, é mais velha que minha mãe, pois minha mãe anda apresentando alguns sintomas citados dadoença. Quero saber se é provavel que esteja desenvolvendo a doença, ou não?

  22. joseane andrade de queiroz

    -

    03/11/2011 às 21:01

    Joseane 03/11/2011
    Que eu saiba não tem nimguem em minha familia com mal de alzheimer porém tenho medo de estar desenvolvendo o DA apesar de só ter 42 anos. É possivel? estou tendo esquecimento de fatos e ações a realizar constantemente tipo coisas coriqueiras; faço usu de Rivotril de 2mg a anos e já ouvi comentarios que o mesmo ao longo do tempo causa o esquecimento pu falhas na memoria, fora o fato que tomei e tomo medicamentos para depressão. Por favor se possivel responda pro meu e-mail. Qual especialista devo procurar?

  23. Marilia Dutra da Silva

    -

    03/11/2011 às 20:15

    Eu gostaria de fazer este teste,meu pai esta com 83 anos e está com esta doençaé muito triste,eu tenho 49 anos já tive aneurisma com AVC hemorrágico,fiz uma embolização,graças a DEUS não fiquei com sequelas,pelo menos visíveis,e agora passei por uma cirurgia de CA de mama,fiz radioterapia e estou usando tamoxifeno que tomarei por 5 anos.

  24. rita liveira

    -

    12/10/2011 às 17:41

    minha mae esta na fase terminal da doença gostaria, muito de saber se posso vir a ter essa doença tambem, ela começou essa doença com64 anos hoje ela esta com 72 anos ela mora comigo eu amo muito minha mae, tenho muito medo de perder ela meus irmaos todos afastou dela.

  25. paula

    -

    11/10/2011 às 17:23

    Eu tenho lido,falado,visto muitas pessoas com esta doença.Interessei-me em saber mais ,pois meu pi tinha e minha mãe também.Pessoalmente penso ,pelo que tenho lido, que é genético….mas a ciência está sempre em evolução,por isso h´já muitos medicamentos para as pessoas com esta doença irem tendo mais qualidade de vida ….mas há a fase mais dramática ,que é quando eles deixam de nos conhecer…posso dizer que foi o que mais me doeu na vida ….

  26. Tatiana

    -

    10/10/2011 às 15:19

    Olá, tenho 36 anos, e desde janeiro venho desenvolvendo problemas, primeiro foi anosmia, depois meu olho esquerdo parou dilatar, está contraído e não responde a estímulos de luz, agora o outro olho está turvo, parece que tem uma película sobre ele. Já fiz inúmeras ressonancias, fui em Oftalmo, otorrino, neuro, psiquiatra, e ninguem consegue me curar nem descobrir o que tenho, não é compressão dos nervos olfativos, nem miastenis gravis, to desesperançosa de um dia voltar ao normal, meu olho esquerdo está mais fechado que o outro, além de tudo, estou deformada… Em pesquisas feitas por minha conta, pensei que poderia ter DA precoce, seria possível???
    Qualquer ajuda será muito bem vinda.
    Grata

  27. Jeronimo

    -

    27/09/2011 às 17:28

    Tenho 34 anos, acompanho alguns idosos com mais de 65 e verifico que, eta doença tem um percentual hereditário e outro adquirido por falta de exercício mental. Por que mente vazia é oficina do alemão!

  28. magda

    -

    13/09/2011 às 15:53

    tenho 22 anos e venho notando que ando me esquecendo de algumas coisas. Meu tem alzheimer desde os 50 anos. Posso ter também? Por favor , me ajudem.

  29. Isabel Carvalho

    -

    24/08/2011 às 18:18

    Olá,
    A minha mãe e a minha tiatêm ambas Alzheimer. Uma está com 77 anos e a outra 71. Há ou não há maior probabilidade de eu e/ou a minha irmã desenvolvermos esta doença?

  30. leila adriana chaves

    -

    14/08/2011 às 19:07

    achei a matéria muito esclarecedora, adorei o toque de humor no final, mas na verdade eu gostaria de fazer o exame.fiquei muito triste com os relatos abaixo, é triste demais ver alguém que a gente gosta definhando.não percam a fé.nos momentos difíceis lembrem dos momentos bons, para ter energia.força luz e proteção pra vcs e suas mãezinhas.

  31. NEIDEMAR SALES ROLIM

    -

    04/08/2011 às 14:11

    gostaria de saber da probabilidade de desenvolver a doenca.Tenho em casa a minha maezinha que esta em estagio avancado.obrigada.

  32. sanderson papini

    -

    28/07/2011 às 17:23

    OLA MINHA MAE ESTA COM 57 ANOS E OS MEDICOS DAQUI DA CIDADE DERAM A ELA DEMECIA ENCEFALICA MAS EU E MINHA ESPOSA NAO ACREDITAMOS PORQUE A MEDICINA AQUI E MUITO MAS MUITO RUIM MESMO. TENHO A CERTEZA QUE JA E DOENÇA DE ALZEHIMER, PELO COMPORTAMENTO ELA TEM DIABETES TIPO 2 A MAIS DE 25 ANOS E HIPERTENÇAO TAMBEM TEVE UMA QUEDA BATEU A CABEÇA E DESDE ENTAO ACABOU,ELA NAO SABE NEM ONDE ESTA SABEMOS QUE DESDE SUA JUVENTUDE ELA TEM PROBLEMAS PSIQUIATRICOS ISSO PORQUE FUI CONVERSAR COM MINHA FAMILIA SOBRE A HISTORIA DELA. SEMPRE FOI UM POUCO OU MUITO DESNORTEADA NOS JA SABIAMOS QUE SE ELA TIVESSE ALGO GRAVE OU ERA A MORTE EMINETE OU ESTES TIPOS DE DOENÇA NESSE MOMENTO ELA COME PORQUE NOS DAMOS A ELA NORMALMENTE MAS SE NAO DERMOS ELA NAO PEDE E MUITO NERVOSA AGORA ELA ESTA COM UMA COISA TIPO ESTRANHA TEM HORAS QUE ELA PASSA A MAO NA CADEIRA E PASSA NO ROSTO ELA TEM QUE FICAR AMARRADA PORQUE SE NAO ELA CAI O LADO DIREITO DELA NAO FUNCIONA EM FUNCAO DA QUEDA TEVE UMA TROBOSE CELEBRAL MESMO ISSO JA SENDO A CAUSA .BOM PERDI UM POUCO DA IDEIA VOLTANDO NELA PERGUNTADO A ELA OQUE ELA ESTAVA FAZENDO PASSANDO A MAO NA CADEIRA ELA FALA MUITO ENRROLADO MAS DA PARA ENTENDER DEVEZ EM QUANDO ELA DIZ QUE E AGUA PARA REFRESCAR O ROSTO.PEÇO QUE DESULPEM-ME PELOS ERROS DE PORTUGUES MAS NAO ESTOU COM CABEÇA PARA CORRIGIR ME AJUDEM SOBRE SABER MAS DESSA DOENÇA,TEMPO DE VIDA, MESMO QUE ISSO SEJA TERRIVEL NOS TEMOS QUE SABER NAO TEMOS POCES ESTOU DESEMPREGADO EU CUIDO DELA MAS MINHA ESPOSA E MINHA IRMA QUE TRABALHA E E CASADA QUE AJUDA COMO PODE.AGORA PODE SER UM DESABAFO PORQUE ESTOU MUITO TRISTE COM DEUS PORQUE ACHO QUE ISSO NAO DEVERIA ACONTECER A NINGUEM ACREDITO QUE ELE EXISTE MAS TEM HORAS QUE NAO DA PARA ACREDITAR .PEÇO QUE ME FAÇA ACREDITAR PORQUE NAO ESTOU VENDO SAIDA PARA MIM, PIOR SEI QUE PARA MINHA MAE NAO TEM SAIDA .
    OBRIGADO ….

  33. marys

    -

    06/07/2011 às 5:22

    #

    estou com a minha mãe com alzheimer, ela estava numa casa de repouso e a casa pediu pra que ela saisse porque não obedecia ninguem e caia muito, agora ela esta comigo, como faço pra cuidar dela, não tenho paciencia,ela nao me obedece não dorme direito eu não estoupreparad pra cuidar dela mais não quero que ela sofra , preciso eu acho de ajuda de alguem pra poder aguentar e cuidar dela como ela merece.todas as historias parecem iguais…obg

  34. solange ap s dezena

    -

    07/06/2011 às 14:26

    estou com a minha mãe com alzheimer, ela estava numa casa de repouso e a casa pediu pra que ela saisse porque não obedecia ninguem e caia muito, agora ela esta comigo, como faço pra cuidar dela, não tenho paciencia,ela nao me obedece não dorme direito eu não estoupreparad pra cuidar dela mais não quero que ela sofra , preciso eu acho de ajuda de alguem pra poder aguentar e cuidar dela como ela merece.

  35. Maria José Pedruzzi

    -

    13/05/2011 às 22:40

    Meu avô, pai de minha mãe teve Alzheimer. Minha mãe está com 81 anos. Também está doente desse mal. Todos os membros da minha familia têm uma péssima memória, incluindo minhas sobrinhas adolescentes. Será normal ou já é sintoma da doença?

  36. Miriane Ribeiro Santos

    -

    10/05/2011 às 23:00

    Oi tenho uma duvida minha mãe tem 58 anos, ela anota tudo e gruda na geladeira para não esquecer, mas sempre acaba esquecendo,as vezes ela não se lembra aonde coloca tal objeto e chega a me perguntar aonde esta e se digo que não sei eu acabo sendo xingada,quando isto acontece ela acaba perdendo a paciência e fica muito irritada,ela toma remedio para a tiriode, remedio de pressão,remedio colesterol, anti-depressivo, remedio para os ossos, etc.Fora tudo isso ela é uma pessoa extressada, mal-humorada,etc.E ela esta muito preocupada com todo este esquecimento,já marquei até neuro para ela.Eu gostaria muito que a senhora me desse um parecer sobre o causo dela.

  37. Jane Buriche Monteiro

    -

    03/05/2011 às 18:40

    Gostaria sim de saber da probabilidade de desenvolver a doença, pois minha mãe tem DA e esta em estado avançado.

  38. APARECIDA DOMINGUES DIAS

    -

    03/05/2011 às 13:56

    SIM EU GOSTARIA DE SER TESTADA POIS MINHA MÃE DESENVOLVEU A DOENÇA E IGUALMENTE UMA DE SUAS IRMÃS,ACHO Q QTO MAIS CEDO VC COMEÇAR O TRATAMENTO MELHOR

  39. silvana

    -

    20/04/2011 às 20:39

    Sim eu gostaria de fazer o teste DA, pois perdi minha mãe.
    Ela ficou em uma cama durante 10 anos, definhando se acabando aos poucos foi muito triste, pois não podia fazer nada….
    Obrigada

  40. terezinha

    -

    07/04/2011 às 20:54

    eu gostaria de fazer um teste DA, pois meu pai esta no 4 estagio… e eu estou sofrendo com isso. A doutora comentou que poderia ser caso genético.E verdade????

  41. veronica

    -

    19/02/2011 às 14:11

    Eu veronica trabalho no ramo de cuidado de idosos,mais de 15 anos, lido com alzheimer, alguns paciente apresenta no exame e outros clinicamente é diagnosticado na hora sem fazer exame,tenho uma sobrinha que esta tendo crise epilética, varias vezes ao dia, ja fez varios exames e não deu nada, o paciente esta tendo esquecimento, vendo visões e etc,eu gostaria de saber o que esta acontecendo porque eu não sei o que fazer, o pior de tudo os medicos não dar solução. Os remedios são apropiado pra esse caso.

  42. Marcela Emylaine Silva

    -

    13/02/2011 às 15:06

    Sou nova tenho 22 anos, mas faz tempo q tenho falhas na memória, esqueço pequenas coisas no dia a dia.. fico preocupada com essas falhas na memória pela minha idade, me perguntando no futuro como será.. gostaria de saber como faço p saber se sofro desta doença, que médico devo procurar?

  43. janete de gois vieira

    -

    10/02/2011 às 2:51

    minha mae teve a doenca tenho medo de adquirir pois estou muito esquecida

  44. mafalda yanagawa

    -

    07/02/2011 às 15:27

    meu marido esta com sintomas de esquecimento de coisas recente ate de minutos, em contrapartida lembra de detalhes de acontecimentos muito antigos como da infancia. gostaria de saber qual medico procurar neuro ou geriatra.

  45. Luciano Vilela Flauzino.

    -

    21/01/2011 às 18:09

    Bom Dia Doutora Mayana! Minha Mãe tem 75 anos de idade e foi diagnosticada com “DA”. Uma maldita Doença degenerativa que destrói a memória de curto e de longo prazo. Há alguma probabilidade de eu herdar geneticamente essa desgraça de doença quando ficar idoso? Quais são os fatores de risco para se adquirir Doença de ALzheimer?

  46. tereza

    -

    20/01/2011 às 8:44

    Não tenho ninguem na familia mas gostaria sim de me submeter a teste, assim consigo previnir.Tenho 36 anos e daqui pra frente é que começam as fazes do condor……

  47. Cristina

    -

    15/01/2011 às 1:00

    Gostaria sim de ser testada se houvesse essa possibilidade.Apesar
    da minha mãe ter falecido aos 88 anos, tinha uma memória muito melhor que a minha,ela teve 13 irmãos e só quem teve a doença foi uma irmã e o meu avô , morreu cedo (61 anos) e sempre falavam que faleceu de esclerose isso em 1929

  48. silvana

    -

    14/12/2010 às 13:16

    Eu gostaria de ser testada se houvesse possibilidade…

  49. RENATA

    -

    08/12/2010 às 21:31

    ola, eu tenho 35 anos faz cinco ano que meu pai tem Alzheimer. tem possibilidade deu ter essa doença como q faço pra saber?…

  50. kivia Trajano

    -

    07/12/2010 às 17:47

    perdir minha mãe a seis meses com esta demencia quais o cuidado que devo tomar contra esta doença.

  51. vagner silva oliveira

    -

    04/12/2010 às 23:02

    eu tenho 22 anos e eh so eu beber que esqueço tudo que façoo saiu do ar e gostaria de fazer sim o exame que detecta a tal doença qual medico devo procurar?

  52. tamiris

    -

    09/11/2010 às 16:41

    para saber se tem 19 anos e gostaria de saber se existe alguma teste do DA para saber se tenho essa doença pois tenho muitos casos na minha familia da parte do meu pai todos tem
    argardo resposta
    bjos

  53. tamiris

    -

    09/11/2010 às 16:32

    tenho 19 anos tem algum teste para sabe r se tenho possebilidade de ter essa doença …a familia inteira do meu pai e portador …e desconfio que ele ja esta com algum sintomas pelo fato de nao conseguir se comunicar com as pessoas e viver muito no mundo dele
    bjos

  54. tamiris

    -

    09/11/2010 às 16:29

    sim eu gostaria de ser testada para saber se tenho possebilidade de ter DA pois tenho muitos casos na minha familia

  55. Gi

    -

    26/10/2010 às 11:59

    Tenho 24 anos e minha mãe 55, venho de uma família com bastante pré-disposição a DA, de acordo com alguns casos na família.
    Existe algum exame que possa ser feito na minha idade ou de minha mãe, para que possamos saber se temos a doença?
    Se sim, qual exame? Onde realizar?

  56. socorro ribeiro lobo

    -

    16/10/2010 às 18:33

    gostaria de saber como lidar c minha 80 anos mora eu ela esta c o mau de alzheimer ela mudou o comportamente estou muito aflita poderão me orienta ajuda!!!!

  57. solly ramos stumpf

    -

    09/10/2010 às 0:05

    meu nome é solly…SOFRO DE IPERTENÇÃO,MAS SEMPRE EM TRATAMENTO ,ME CUIDO

    MUITO …CONTROLO MUITO O QUE MEU MEDICO RECEITA …CUIDO DA ALIMENTAÇÃO

    PROCURO EXERTITAR-ME…NÃO TENHO COLESTEROL. ADORO MEU PISQUIATRA,MAS ESQUEÇO A HORA DE IR POR DUAS X…ESTOU PEDINDO AJUDA!!!!FORA ISSO

    ESQUE ONDE GUARDO MEUS OBJETOS DE USO PESSOAL ETC

  58. Gleiciane Karen Silva

    -

    28/09/2010 às 8:45

    São Paulo 28 de Setembro de 2010.
    Meu nome é Gleiciane Karen Silva, sou estudante da 8* serie do ensino fundamental 2, da escola estadual Monsenhor João Batista de Carvalho, localizado na zona sul de São Paulo
    Estou participando de um projeto em parceria com os professores Wagner de Ciências e Dalva de Leitura, que tem como objetivo incentivar
    na Leitura e escrita bem como despertar o interesse pela Ciências
    Na data de 30/10/2008, estive lendo a reportagem, que abordasse o seguinte tema “Mal de Alzheimer”
    Comentar sua Opinião.
    Gostaria que a senhora respondesse este e-mail, pois se resposta depende a minha nota no referido projeto.
    Desde já agradeço e fico no aguardo.
    Gleiciane

  59. Monalisa

    -

    22/09/2010 às 22:44

    Meu pai sempre teve bons hábitos de saúde, check-up anual, exercitou a memória sempre, continuando até a trabalha depois de aposentado; nunca gostou de ficar sem fazer nada.
    Tinha uma vida normal, inclusive dirigia seu carro…
    Acho que o Alzheimer para ele iniciou-se na faixa dos 67 anos, com emagrecimento (perda da massa muscular); todos os médicos “viraram-no no avesso” e nada encontraram; logo depois, os lapsos de memória e o diagnóstico, infelizmente demorou a chegar.
    Agor, encontra-se na fase de intermediário para a final, não reconhece nada, não assimila, anda direto pela casa, ou seja, a cuidadora principal (minha mãe) está sofrendo muito com esse “mal”. Sou filha, moro junto, tb auxilio…
    Como sou`professora de Biologia e adoro me aperfeiçoar na área de saúde, acredito que nada relacionado a ler, fazer palavras cruzadas,etc,, nada disso tem influência qdo existe a predisposição genética.
    SEI QUE NENHUMA DOENÇA É BOA, MAS O “ALZHEIMER” É A PIOR!
    Deixo claro que é muito bem tratado, toma os remédios mais modernos; sei que as pesquisas para esse mal são feitas no mundo todo, mas é preciso de descobrir uma prevenção, cura, pois percebo que cada vez as pessoas estão apresentando esse mal.
    A expectativa de vida das pessoas aumentou sim, mas não com essas doenças “demoníacas” (desculpe o termo).

  60. valdelucia

    -

    22/09/2010 às 12:54

    Boa tarde,

    Achei muito interessante a matéria sobre doença de Alzheimer, pois infelizmente o meu pai esta com essa doença e fico triste por não poder fazer nada. Estamos tentando fazer com que ele sinta vontade de fazer as coisas q ele fazia antes, enfim essa doença é assustadora. Gostaria de receber informativo caso tenha sobre a doença.

  61. Abreu

    -

    20/09/2010 às 21:05

    Gostaria mesmo,não é comentar,e sim procurar dirrimir uma dúvida.Já perdi uma irmã com Alzheimer.Agora tenho tres com a mesma doença.Uma está sendo tratada com alguma antecipação,meu cunhado desconfiou e nós também,e a levou um médico.E está em tratamento,por enquanto ela está bem,está medicada.As outras duas estão em clinícas geriatricas.Quanto a mim,estou com essa dúvida atroz.Irei também desenvolver essa doença,com todos esses precedentes,estou em duvida.Estou com 71 anos,porem ainda dirijo automovel e piloto moto. Pinto óleo sobre telas,desenho,enfim, continuo em atividade,claro sou aposentado.Gostaria de uma resposta a respeito.Obrigado!!

  62. maria mafalda torres

    -

    16/09/2010 às 23:40

    Oi! minha mãe sofre com Alzheimer e câncer,já não se movimenta e se alimenta através da sonda e eu gostaria muito de fazer esse teste!

  63. Rose Clair

    -

    14/09/2010 às 12:41

    Oi! Minha sogra tem Alzheimer, sou cuidadora dela!
    Gostaria de fazer o tal teste!
    Rose Clair

  64. Maria Mendes

    -

    13/09/2010 às 14:25

    Eu gostaria de saber se tenho probabilidade de desenvolver esse mal, doença de alzheimer.Minha mãe esta com esse mal assustador.

  65. Mirian Maria Steenhagen Souza

    -

    06/09/2010 às 19:58

    Boa noite, meu pai faleceu no dia 01 de janeiro deste ano após passar 10 anos com a DA. Eu sinceramente gostaria de ser testada sim. Rezo a Deus todos os dias que descubram a cura desta doença que assola o coração de quem ama seu ente querido. Aproveito para agradecer minha mãe, por ter cuidado dele com tanto amor e dedicação.

  66. Luciana

    -

    03/09/2010 às 21:27

    Minha mãe tem alzheimer há 10 anos. foi detectado aos 58 anos, contrariando todas as pespectivas pois ela era muito ativa, vários cursos superior, lia todos jornais completos…. e notei, um dia, ela prolixa no telefone. aí começou a minha tristesa de me sentir impotente em cura-la. Descobri que a mãe e uma tia, dela também teve alzheimer.Hoje ela não fala, usa fralda , come apenas pastoso com ajuda de cuidadoras para tudo. Gostaria de saber se posso me previnir com algum medicamento ou teste.

  67. Maria Jose

    -

    29/08/2010 às 21:32

    Boa noite,
    preciso muito entender atraves de exames se tenho DA.Utimamente, (cerca de 2 anos) tenho tido muito lapsos de memoria, chegou a ponto de esquecer a data de realizar um concurso. Exames para descobrir a doença so existe em grandes centros? Sou do interior de Tocantins.

  68. Ana Paula

    -

    27/08/2010 às 15:55

    Meu pai comecou a apresentar sintomas de alzheimer Há uns 10 anos hoje ele está com 75 anos e está numa fase semi dependente nas avds, não está acamado, gostaria de saber se há um prognostico de sobre vida para a doença.(vem sendo medicado desde o diagnostico da doença). obrigada

  69. Rute Assis de Almeida

    -

    24/08/2010 às 16:38

    Minha mãe apresentou sintomas de alzheimer com aproximadamente 49 anos e faleceu no ano passado aos 64 anos. Minha avó também foi diagnosticada com alzheimer, só que ela estava com 64 anos. Sei que hoje existem diversos medicamentos e tratamentos, apesar de ainda ser uma doença incurável. Saber através de um exame genético a predisposição pode me ajudar de alguma forma.

  70. Raquel

    -

    20/08/2010 às 13:37

    Sou professora de piano e uma senhora me procurou perguntando se a mãe dela portadora de DA poderia aprender algum instrumento ou somente ouvir os alunos tocando pois ela reparou que quando a mãe ouve música parece ficar mais feliz.Gostaria de saber se é possível através do método das cores utilizado para o aprendizado de crianças ainda não alfabetizadas seria uma opção para ensinar esta senhora.Aguardo resposta.

  71. angela afonso ventura

    -

    15/08/2010 às 15:30

    ola!
    meu pai minha mae tem alzaimer,oirmao da minha tambem pesso ser for possivel gostaria de me increver em alguma pesquisa, que eu pudesse saber se eu vou ter,pesso tambem qualquer ajuda pois eu cuido deles sozinha, obrigada pela atençao.

    ANGELA -15/08/2010

  72. Alcione

    -

    14/08/2010 às 7:22

    Sim, gostaria muito pq esqueco das coisas muito rapido……detalhes do dia a dia…e outras coisas……..

  73. silvia

    -

    02/08/2010 às 11:31

    As vezes,vejo pessoas jovens com idade de 30 anos um pouco mais ou menos, esquecendo-se das coisas, tendo uma certa dificuldade em lebram de determinada coisa.Isso pode ser o cansaço do dia a dia, ou pode ser um sintoma do mal de alzheimer que pode desenvolver mais tarde?

  74. Marinea

    -

    08/07/2010 às 18:01

    Oi td bem?
    Qual é a diferença de caduquice e alzheimer?
    Como meu avô e agora minha mãe sofre desse mal, gostaria de saber se além das recomendações na reportagem existem medicamentos preventivos.
    Existe mesmo a possibilidade de descobrir se posso desenvolver a doença?

  75. geisiane de almeida

    -

    11/06/2010 às 18:10

    Olá ! hoje recebi a noticia que minha mae esta com DA, estou muito triste quero ajuda-la. Nao sei nada sobre essa doença. Minha mae mora longe de mim, quero busca-la para cuidar. Ela nao esta reconhecendo nem a familia. Por favor me informe tudo sobre essa doença. Por favor ! Obrigada !

  76. Rita

    -

    03/06/2010 às 22:41

    SIM EU GOSTARIA, POIS MINHA MAE FALECEU HÁ SEIS ANOS COM ALZHEIMER E TENHO MUITA VONTADE DE FAZER ALGUM TESTE PRA VER SE TENHO PREDISPOSIÇÃO PARA ESSA DOENÇA

  77. Maria Estela Avelar

    -

    14/04/2010 às 22:47

    Sim.Gostaria de ser testada. Minha mãe tem essa doença e sofro muito com isso e tenho muito medo e gostaria de saber se já exite algum remedio para cura dessa doença em teste e se ela pode ser voluntaria??

  78. JAQUELINE HERDINA GONÇALVES

    -

    31/03/2010 às 12:00

    Olá! Meu nome é Jaqueline moro em Cuiabá Mt, minha filha de 18 anos tem uma doençã genética rara “DOENÇA DE DARIER”, gostaria de saber se existe perspectivas de cura com as células tronco?
    Ela toma um remédio fortissímo chamado acitritina 50mg e não esta fazendo efeito, ela vive em crises horríveis, e os médicos só nos desaniman, falando que só existe esse tratamento hoje e que a doença não tem cura… Por favor me retorne… Preciso de uma luz …
    Tenho esperança que um dia mentes brilhantes irão descobrir a cura da doença da minha filha, pois ela sofre muito, ela toda nossa família…

  79. sanny

    -

    28/03/2010 às 14:12

    ola , minha mãe tem DA desde de 60 anos , não sabiamos mais com o tempo observamos algumas atitudes diferente e procuramos o medico , é dificil pra mim pois estou ainda me adaptando com a doença , que é uma coisa nova na minha vida….ta tomando remedio agora com muita dificuldade, pois nao acha que ta doente….tenho muito cuidado nas palavras com ela ….preciso saber como faço esse teste, e como lido com a doença…

    obrigada

  80. Maria Dos Anjos

    -

    23/03/2010 às 0:25

    Meu avo passou 10 anos com essa doença foi horrivel.Com o passar do tempo ele foi perdendo a noção de tdo.passou 8 anos acamado, sem se locomover.Ele ficou inrreconhecível,todo atrofiado,o corpo ficou cheio de escaras.Tinha todo o acompanhamento médico em casa,eu era a que passava a maior parte do tempo c/ ele, admito que foi mto dificil pra mim, não tinha tempo praticamente pra nada,eu é quem levava ele pro médico quando estava tendo crise.Fiz minha parte e agradeço a Deus tdo que ele fez por mim.Eu soube retribui-lo .

  81. simone

    -

    27/02/2010 às 0:12

    Sim gostaria e muito.

  82. Mayana

    -

    17/02/2010 às 16:22

    Osmar

    Não há exames para detectar o depósito de placas amiloides, só autopsia. Mas todos nós temos esses depósitos. Estamos tentando descobrir quando eles começam a interferir na nossa capacidade cognitiva.

    Mayana

  83. Mayana

    -

    17/02/2010 às 16:20

    Theresa

    Os testes só são feitos em familias onde existem vários casos com uma herança claramente dominante. Mesmo assim eu não recomendo fazer testes em pessoas sem sintomas.

    Mayana

  84. Mayana

    -

    17/02/2010 às 16:18

    Paolla

    Existem 3 genes que são responsáveis por uma forma dominante de DA mas são raros. Na maioria dos casos a DA obedece a uma herança multifatorial, isto é, a interação de genes de susceptibilidade com o ambiente.

    Um grande abraço

    Mayana

  85. Mayana

    -

    17/02/2010 às 16:16

    Juliana

    O portador de síndrome de Down tem mais chance sim de desenvolver DA.

    Mayana

  86. paolla

    -

    15/02/2010 às 10:05

    bom dia, estou super curiosa em saber se alzheimer é hereditario,tenho 48 anos e são cinco filhos só que nenhum querem nem ver a minha mae que tem 85 anos, há cinco anos resolvi tomar conta dela e levei ao médico e ele solicitou uma tomografia pelo fato do esquecimento dela e das conversas sem nexos, e o resultado deu hidrocefalia, foi feito a cirurgia há cerca de 1 ano e nove meses ela teve uma aceleração enorme na doença hoje ja nao anda mais .só em cadeira de rodas e alimenta através de nossa ajuda as vezes fica com alimento na boca e não engole precisa nós orientarmos e as vezes nem adianta, gostaria de saber se existe algum exame que venha comprovar se eu posso desenvolver esta doença?pois sou hipertrensa, ex-fumante triglicérideos sempre alto, faço atividade física há 12 anos 1 hora de esteira tenho uma vida não sedentária , através de uma tomografia posso saber se posso ser uma futura paciente de alzheimer? e que exame devo fazer agradeço bastante sua resposta. um abraço Paolla

  87. paolla

    -

    15/02/2010 às 9:57

    bom dia, estou super curiosa em saber se alzheimer é hereditario,tenho 48 anos e são cinco filhos só que nenhum querem nem ver a minha mae que tem 85 anos, há cinco anos resolvi tomar conta dela e a um ano atrás levei ao médico e ele solicitou uma tomografia pelo fato do esq

  88. paolla

    -

    15/02/2010 às 9:56

    bom dia, estou super curiosa em saber se alzheimer é hereditario,tenho 48 anos e são cinco filhos só que nenhum querem nem ver a minha mae q

  89. Juliane Pereira

    -

    10/02/2010 às 21:01

    O Portador de Síndrome de Down, tem uma maior probabilidade de densenvolver DA?

    [WORDPRESS HASHCASH] The poster sent us ’0 which is not a hashcash value.

  90. Djalma

    -

    06/01/2010 às 23:10

    Atestou essa doença em meu pai e está no inicio. Estou muito triste, mas agora infelizmente tenho que me conformar e a cuidar dele com muita atenção. Por favor tenho 28 anos perto dos 29, será que tenho que me precaver fazendo algum exame médico. vc tem algo a me dizer. gostaria de fazer um teste, pois meu dia é muito corrido e me preocupo com muitas coisas e aos finais de semana gosto de apreciar uma cervejinha.
    obrigado!

  91. Nara

    -

    06/12/2009 às 20:21

    Meu ex-namorado me fez uma chantagem quando eu fui querer terminar o nosso relacionamento dizendo que tinha DA, mas como se ele tem apenas 18 anos? No momento eu acreditei, por não conher a doença, mas depois me veio a desconfiança, pois esse seu suposto problema só veio aparecer justamente quando eu queria romper o relacionamento. Mas então quando se passaram alguns messes eu resolvi ir conhecer a doença e descobri que era tudo uma mentira dele para eu não terminar o relacionamento.BJ”S

  92. osmar pola

    -

    22/11/2009 às 20:03

    Há exames para saber se temos depósitos de placa amiloides ?

  93. osmar pola

    -

    22/11/2009 às 20:02

    Há exames se temos algum depósito de placas amiloides ?

  94. Theresa Souto

    -

    20/11/2009 às 5:24

    Gostaria de saber se no Brasil já estão sendo realizados testes para identificar os três genes associados ao desenvolvimento da DA e, na hipótese de resposta afirmativa, onde são feitos ?
    Theresa

  95. Lanna

    -

    16/11/2009 às 16:14

    Eu já tinha pensado nisso, e pretendo procurar saber se há testes genéticos disponíveis no Brasil para parentes de portadores de Alzheimer. Com certeza eu teria feito, e por favor, gostaria de saber se isso é possível. Estão usando células-tronco no tratamento de doentes de Alzheimer?

  96. marlene

    -

    01/11/2009 às 18:57

    Sim, gostaria de fazer um teste p/saber se eu tenho possiblidades de aquirir a doença. A minha mãe tem Alzheimer, sei o quanto é difícil para ela e para o cuidador.
    obrigada!

  97. ANA CLAUDIA BORGES

    -

    07/10/2009 às 8:54

    Bom dia,
    Minha tem 62 anos e em 2007 detectamos a doença (DA). E de lá para cá ela vem se tratando com medicamentos fortes e muito caros. Ainda conhece os filhos, come e faz suas necessidades sozinha. Tem dificuldades as vezes para tomar banho, esquece como se faz. Não fala as coisas de maneira que possamos entender.
    Gostaria de saber se há algum medicamento e/ou alimento que possa retardar ou estagnar a doença.
    Desde já agradeço antecipadamente.
    Abçs

  98. Vera Lucia cunha de Lima Rodrigues

    -

    29/09/2009 às 14:31

    Quero saber se qualquer manifestação de demência como o que as pessoas intitulam esclerose,
    podem ser chamada de alzheimer?
    Como minha avó e agora minha mãe sofre desse mal, gostaria de saber se além das recomendações na reportagem existem medicamentos preventivos.
    Existe mesmo a possibilidade de descobrir se posso desenvolver a doença?

  99. Flávia

    -

    28/09/2009 às 21:39

    Voce poderia me informar onde posso fazer estes testes?

  100. janice albuquerque

    -

    27/09/2009 às 13:29

    Sim, gostaria de ser testada,a familia de minha mâe todas as quatro irmãs são portadoras de DA, .
    em fase avançadas, a minha mae hoje está com 84 anos, desde de 76anos ela apresentou a doença,
    toma medicamentos que sei que são paliativos, ,Mas minha preocupação é se eu posso desenvolver
    esta doença tão ingrata?, porque vc perder a noção do mundo que está sua volta, é revoltante para mim.Tenho hoje 50anos, trabalho, voltei a fazer curso superior-contabilidade, faço dança de salão,faço
    academia musculação, tenha alimentação saldavel, não bebo, não fumo etc,
    Sou sua fã!
    abraço

  101. Ines Julieta Dantas

    -

    23/09/2009 às 12:20

    Minha sogra está com 84 anos.Ela há cinco meses teve falta de líquido no joelho,e não andou mais.Levamos ao ortopedista ,que a encaminhou para um psiquiatra,pois ela começou a falar coisas estranhas,como,tira esse monte de alfinetes…tinha momentos de lucidez e outros não.Fez tumografia e foi constatado Mal de Alzeimer.Ela toma os medicamentos,está num colxão d’agua,treme muito,e a pressão dela tem caído bastante.AS vezes 9/5,8/5.Tenho me preocupado muito.Gostaria de saber de vc se é normal em DA essa queda de pressão e esse tremor.
    Espero se possível for que envie-me por email a resposta.
    Agradeço antecipadamente
    Abraços fofos
    Ines

  102. Sophia Meira

    -

    23/09/2009 às 2:53

    Dra Mayana.

    Como saber dados estatísticos da doença, se o diagnóstico é sintomático e só há confirmação com a biópcia do tecido cerebral, pós morte, necrópcia, e que na maioria dos casos não faz sentido prático fazer, anão ser para fins de estudo, dados para pesquisas. Por favor, nos explique e me corrija.
    Parabens pela condução da entrevista

    Sophia Meira

  103. maria ferreira

    -

    19/09/2009 às 1:17

    Meu pai tem 91 anos e tem DA, nos 2 últimos anos devido ao falecimento de minha mãe a doença dele progrediu muito. Gostaria muito de fazer exames mesmo porque a medicina está muito avançada e creio que no futuro teremos tratamento para esta doença, Meu pai tem oscilações de humor e as vezes fica muito violento.

  104. Neiva

    -

    15/09/2009 às 13:30

    Boa tarde!
    Minha mãe está com 73 anos e com suspeitas de alzheimer. Ainda não temos o resultado final.
    Gostaria de saber quais são os rémedios mais indicados e qdo devem ser iniciados, e se essa doença qdo descoberta no início é mais fácil de ser tratada e se é reverssível.
    grata

  105. cleonice braz albino

    -

    13/09/2009 às 20:49

    nao tenho isto DA tenho ataxia espinocerebelar ja operarao alguem com esta doença? por favor me respondam.

  106. Rosana Grandi von Sperling Cotta

    -

    13/09/2009 às 18:17

    Não tenho medo de fazer exames genéticos e presto-me o que se fizer necessário para auxiliar em estudos sobre esta doença.

  107. Rosana Grandi von Sperling Cotta

    -

    13/09/2009 às 18:14

    Dra.Mayana,
    Minha mãe foi diagnosticada portadora de DA há 11 anos atrás e está hoje com 81 anos. Seu processo foi muito lento e os próprios geriatras não entendem como ela pode ainda estar bem. Ela teve no ano passado uma isquimia cerebral com rápida paralização lateral ( 20 minutos) e fizemos exames como tumografia e ressonância. O neurologista que avaliou seus exames disse-me que o DA dela não é o mesmo, e sim causado por isquemias ao longo dos anos. E que este último não havia deixado nenhuma sequela. Como tratar corretamente o caso dela? O geriatra que a acompanha disse não haver diferença. Ela é italiana e toda a família dela tanto de mãe quanto de pai, viveram até quase cem anos sem DA ou escleroses. A mãe dela morreu aos 82 após 3 meses de um severo AVC que lhe tirou a visão. Ela canta músicas líricas com uma linda voz,mas cantar tem sido sua única alegria. Faço o que posso para para liviar seu sofrimento e rezo por boas notícias nas pesquisas todas os dias. Um forte abraço,
    Rosana

  108. sandra souza

    -

    13/09/2009 às 17:55

    Minha mãe teve DA, gostaria de saber se existe algum teste ou exame preventivo para esta doença. Obrigada!

  109. Miriam Funchal Pontes

    -

    13/09/2009 às 10:41

    Gostaria sim. Tenho 58 anos, meu pai morreu no ano passado, ele sofreu (não, eu sofri) 6 meses com a falta de memória em decorrência da DA. Todos dizem que sou muito parecida com ele, que era só alegria e vontade de viver, desde 2003 desconfiei que ele apresentava sintomas, mas minha mãe e meu irmão não acreditaram, afinal sou bipolar! Em 2006 veio o diagnóstico, depois de ter leva-lo ao médico.
    Ele fazia e dizia algumas bobagens (mas, isto sempre fizemos) esquecia algumas coisas básicas, porém a memória musical ele só perdeu menos de um mes antes do óbito. Cantava as músicas que ele gostava (no princípio cantava junto depois só mexia com os dedos), ele ficava super calmo, no hospital as enfermeiras diziam que ele era outra pessoa comigo.Pretendo viver até os 89 anos, mas com qualidade de vida, faço exercício, tenho alimentação saudável (colesterol baixo, pressão controlada…), não quero dar preocupações a meus filhos, então estou disposta a fazer qualquer teste que possibilite
    saber se no futuro tiver esta doença. Muito obrigado

  110. Roseli Fagundes

    -

    08/09/2009 às 13:38

    Dra. Mayana,

    Com a maior certeza deste mundo eu gostaria de ser testada, pois a minha avó mãe de meu pai teve e agora meu pai está com a doença. Pesquisei tanto sobre a DA e sinceramente gostaria sim de saber se posso vir a ter a doença, aliás ontem assisti sobre os cientistas britanicos e franceses que identificaram 3 genes que podem ser determinantes ao DA.
    Que Deus ilumine e descubram a cura de uma doença tão degradante como essa.

    Um abraço!

  111. Paula

    -

    01/09/2009 às 8:28

    Cara Doutora Mayana,
    Creio que tenha lido a coluna de nossa escritora Lya Luft sobre o mal de Alzheimer… Enquanto o fazia detectei semelhanças tão sintomáticas que consegui com naturalidade apenas separar a ciência que a eslas se dedicam: “Genética” e Política”.

  112. valdir alves da silva de assumpção

    -

    25/08/2009 às 23:16

    Existem medicamentos específicos que possa retardar os efeitos do mal de Alzheimer?
    Há alguma pesquisa recente sobre novos medicamentos no combate ao mal de Alzheimer?
    E sobre as pesquisa das células-troncona solução desta mal? é realmente possível a cura por elas?

    Um abraço,… aguardo ancioso por respostas às minhas perguntas.

  113. sueli caniato

    -

    23/08/2009 às 15:51

    Pois é, gostaria imensamente de saber se tenho chance de ter DA.
    minha mãe de 83 anos, esta com Demência de Corpo de Lewi, sendo que numa irmã dela, mais nova, também foi detectado a mesma doença.
    Gostaria, de, se fosse possível, retardar os efeitos de tais doenças.

    sueli

  114. Celeste Souza

    -

    17/08/2009 às 21:29

    Minha sogra tem 84 anos e foi diagnosticado quando ela estava com 80 anos.De lá para cá o quadro tem se agravado cada vez mais;atualmente ela fala coisas desconexas,usa fralda,comida na boca e exige cuidado o dia inteiro.Será que ainda são válidos remédios indicados para este mal como Exelon?

    Obrigada
    Celeste

  115. Adriana

    -

    10/08/2009 às 16:51

    Minha mãe e minha avó morreram com Alzheimer. Na verdade os neurologistas e psiquiatras na época disseram que um diagnóstico conclusivo só através de autópsia para ver o estado do cérebro. É verdade que com uma tomografia se consegue agora identificar sinais de Alzheimer? Se for verdade, qual a mais adequada? Existe algum tipo de medicamento para estancar ou minimizar os sintomas ou seu desenvolvimento? Obrigada!

  116. Raimundo m. Ayres

    -

    08/08/2009 às 22:18

    Eu gostaria muito que fosse descoberto à cura ou um tratamento ,porque eu perdi uma pessoa é muito triste voce não poder fazer nada e ela foi bem atendida. Uma pergunta ;Será que a cura do mal de alzaimer esta perto? Um abraço , é muito bom ter voce como uma BRASILEIRA.

  117. Isabel Laurentino Siqueira Campos

    -

    04/08/2009 às 21:16

    Compleentando o comentário acima, a doença é genética ? Há vários casos de demencia na familia e doenças que já levaram a internação em casas psiquiátricas ( talvez até por falta de um diagnóstico correto).Os filhos correm riscos de desenvolver o mal de Pick ? AGradeço sua informaáo.

  118. Isabel Laurentino Siqueira Campos

    -

    04/08/2009 às 21:12

    Dra.Mayana – por favor me explique sobre o mal de Pick.Tenho uma prima que estava com grave quadro de demência, ela consultou uma Neurologista em Recife, e ela discordou do diagnóstico de
    DA e diagnosticou como mal de Pick. O quadro dela tem se agravado muito rápido.Gostaria de saber: há condições de parar a evolução da Doença ? Qual o período da sobrevida ? o que fazer para melhorar a qualidade de vida ? Ela apesar de medicada está desenvolvendo síndrome de pânico, nao se situa mais em casa, confunde coisas elementares, como se situar dentro de casa.
    Por favor me ajude.Como saber se é DA ou mal de Pick ?

  119. Maria

    -

    30/07/2009 às 21:31

    Gostaria, sim, de ser testada. Há dois casos em minha família: meu tio e meu pai, ambos desenvoleram a DA em torno dos 75 anos. Além disso, minha filha se preocupa se eu e ela herdamos. Se ouvesse a possibilidade, adoraria fazero teste.

  120. angela maria g. s. perotoni

    -

    28/07/2009 às 13:20

    se houver está possibilidade eu gostaria sim para ver como devo me prevenir , pois tenho certeza que mente saudavel o corpo se dá um jeito.
    Tenho 51anos se há possibilidade mande-me por favor.
    fico-lhes muito grata.

  121. Badu

    -

    27/07/2009 às 15:20

    Existe alguma comprovação cientifica que o doente de Parkinson poderá vir a transitar para a doença de Alzeimer?

  122. ana maria

    -

    22/07/2009 às 13:19

    Gostaria de ser testada, pois minha mãe morreu justamente sendo acometida de DA. Não sei se a causa foi essa, ja que ela tinha 90 anos e outros problemas de saude, mas que é muito triste é.

  123. Eliane

    -

    20/07/2009 às 19:39

    Tenho 38 anos e gostaria de ser testado para DA, pois meu bisavô Paterno desenvolveu a doença e também suas 4 filhas, sendo que 2 já morreram e as outras estão cada vez pior. Uma não lembra nem o nome do marido, mas ainda anda.A outra não conhece minguém, não anda, está como um vegetal.Gostaria de saber como posso fazer este teste e quem sabe passar esta orientação para as filhas das minhas tias-avós,minhas tias e minha mãe.
    Obrigada
    Eliane

  124. MARGARETE

    -

    14/07/2009 às 15:48

    A resportagem é muito interessante. Agora quanto se eu gostaria de ser testada, é claro que sim, pois a DA é triste para quem tem e para quem convive com o portador de DA, a maioria das vezes não sabemos o quê fazer ou como fazer. Minha mãe tem e posso dizer que o que ajuda muito, é carinho e paciência. Infelizmente, como tantas outras doenças há um preconceito grande em relação a doença, é preciso informar mais a população.

  125. Alcebíades Francisco Rodrigues

    -

    07/07/2009 às 22:50

    Gostei imensamente da explicação sobre o “Mal de Alzheimer”. Tenho 74 anos de idade, e desde há alguns anos, quando tenho que assinar ou escrever diante de pessoas, a minha mão direita fica um pouco trêmula, me incapacita até mesmo de continuar escrevendo. Eu já percebí, que é quase psicológico, pois quando tudo é feito com calma, nada acontece. Gostaria do seu parecer sobre isso. Quero deixar claro, que não nenhum problema com memória e de outras coisas mais, sou ativo, leio, escrevo, estudo e tenho boa memória. Obrigado !.

  126. Rosangela Helena Lopes Ramos

    -

    07/07/2009 às 18:23

    Sim. Eu gostaria de ser testada porque sei que existem melhores chances de controla essa doença se for diagnosticada a tempo. Meu pai tem alzheimer e só percebemos quando ele estava no estágio intermediário.

  127. Stela Castro

    -

    06/07/2009 às 13:28

    Tenho 61 anos e uma irmã que apresenta sintoma de DA.Gostaria de participar do teste de DA.Grata Stela

  128. magnolia falcao

    -

    29/06/2009 às 21:30

    minha mae tem 96 anos tem a doença caiu fez cirurgia do femur a dois meses a doença avançou muito os medicos dizem que e assim mesmo,ela esta perdendo muito peso pois nao que mais comer nada ja nao sei mais o que fazer,tenho medo do uso da sonda alimentar esta situaçao me deixa muito triste,um abraço magnolia

  129. Maria Edna

    -

    27/06/2009 às 18:47

    Sou professora de Biologia há 20 anos, tenho 52 anos e posso garantir que leio o suficiente para exercitar meus neurônios até porque essa é uma necessidade de todo mundo, meu pai tem 95 anos e minha Mãe 85, ambos aparentam pouca anormalidade com relação ao esquecimento. Tanto eu como algumas colegas de trabalho, vivemos nos queixando de esquecimentos, de reconhecer as vezes pessoas que vimos há algum tempo. Por essa e outras, gostaria de fazer o teste.

  130. celia rosangela

    -

    21/06/2009 às 17:48

    existe mesmo este texte quero resposta , tenho uma desconfiança da minha mãe está c/ ocomportamento muito mudado so fala da memoria distante ,como ,ex: quando me casei, quando os filhos pequeno eu quero ajuda la ,por favor me orienta ,obrigada.

  131. celiarosangela

    -

    21/06/2009 às 17:40

    adoraria ser testado eu tenho 52 anos e quero ter velhice com qualidade estou mudando muita coisas no meu dia dia .célia

  132. Lúcia Pires

    -

    19/06/2009 às 21:32

    Olá estou lendo um livro ” Para sempre Alice”, ela desenvolve DA, bem ela é Dra. em psicologia formada em Haward, acredito que ela usa ou usou sua mente, enfim todas as suas capacidades psicológicas até mesmo por conta de sua profissão, como viagens, palestras, congressos, aulas etc. Então me leva a concluir não, me leva a pensar que mesmo usando muito de nossa capacidade mental, ser ativo, praticar esportes, ou seja uma vida ativa, ainda assim nos leva a DA? Bem me preocupa não tenho que eu saiba nenhum caso na familia, mas vivo esquecendo coisas pequenas, mas estou atenta, até mesmo pq percebo que nem sempre quem tem a DA são pessoas velhas, li alguns comentários acima existem pessoas não sei muito bem mas por volta dos 25 anos isso é realmente possivel? Bem para finalizar gostaria de fazer o teste.Grata

  133. janete caetano

    -

    18/06/2009 às 17:06

    Gostaria de ser testada, nao tenho conhecimento se meus pais teriam esta doença, porque os dois morreram jovens.Agora meu terceiro irmao com 35 anos apresentou os sistomas e agora aos 37 recebeu o diagnostico de DA.

  134. Arnaldo José da Silva

    -

    18/06/2009 às 15:32

    Arnaldo – Olá, se tiver oportunidade pretendo fazer o teste. Tomei conhecimento que o Stress, Ansiedade ou Depresão mal curada pode, mais tarde, aflorar a DA. Isso é verdade?Uma coisa eu te digo, tenho 42 anos faço tratamento para a Depresão (já tive um surto de panico) e muitas vezes não lembro onde coloco chaves, documentos etc.., tenho dificuldade para aprender, não consigo guardar matérias e além de tudo isso, minha mãe tem 73 anos idade e tem DA. Devo procurar um Neurologista. Gostei da sua coluna. Parabens Mayana. Por favor queira me responder. Grato!

  135. Gabriela

    -

    09/06/2009 às 14:16

    Olá, eu quero dizer que eu gostaria muito de ser testada. Mas pelo que sei, não há como fazer isso, só se tirar um pedaço do cérebro para análise, não é mesmo?Eu tive uma experiencia, aliás, estou ainda passando por ela, na qual um ente querido é portador da DA. Portanto, andei analisando e acho que a doença desenvolve-se muit mais apartir do psicologico da pessoa, e da maneira dela de lidar com as situaçoes do cotidiano e com os problemas da vida. Eu pelo menos acho que nossa mente tanto nos constrói quanto nos destrói. Enfim, posso fazer um teste ? =)

  136. rosemere antunes correa

    -

    27/05/2009 às 22:51

    Que tipo de testes são feitos para diagnosticar essa doença?

  137. rosemere antunes correa

    -

    27/05/2009 às 22:49

    Tenho duas tias com AD meu avô tb tinha, então no caso deles é hereditário? se ele teve ele passou gens defetuosos para elas? me respondam obrigada.

  138. Mabel

    -

    25/05/2009 às 10:41

    Meu pai tem AD há três anos ele mora em Teresina e eu em Brasília, a minha maior preocupação é sua atual esposa, a qual não tem forças para lidar com a doença, o que eu poderia falar com ela para que ela possa se fortaleçer diante desse problema? Ele já está usando sonda, não consegue se locomover, está acamado, esse estágio já é o terminal?

  139. elizete

    -

    23/05/2009 às 12:50

    desde que minha mâe nos deixou por causa dessa doença eu tenho feito muitas pesquiza dela gostaria de fazer esse teste.e gostaria de saber mais dela e como fazer pra mim prevenir alguma coisas pra se a como se prevenir dela .

  140. katia Benjamin Vargas Duarte

    -

    22/05/2009 às 23:57

    Eu gostaria de ser testado.Acabamos de recebe o resultado da minha mãe. E Ela esta com DA. Já havia a muito tempo falado com meu irmão que ela ja estava apresentando comportamento para DA. Mas não fui escutada. Só agora foi submetida aos exames. E Agora meu irmão acredita que a nossa casa pode ser de telhado de vidro….Eu estou morando em Natal-RN e eles morar no Rio. Estou pensando em voltar pra lá. Gostaria de maiores esclarecimentos,Muito obrigada

  141. Malu

    -

    18/05/2009 às 4:55

    OláEu gostaria REALMENTE de fazer um teste para saber se há possibilidade de vir a ter alzheimer. Minha mãe sofre e tenho uma irmã pela mesma forma.Não sou do tipo que tem medo de morte ou coisa parecida, acho que temos é mais que enfrentar de frente tudo que nos ocorre. Temer para mim significa fraqueza e se existe uma coisa que a vida já provou que sou é forte.Ando há algum tempo esquecendo as coisas facilmente, a convivência com minha mainha e minha irmã, já me tornou, de certa forma, preparada para caso venha a ser mais um caso na família.AtenciosamenteMalu

  142. margareth farria

    -

    04/05/2009 às 9:16

    tenho meu pai de 75 anos com AD,e minha avo’ mae dele tambem teve AD,e’ um sofrimento ver quem vc ama e uma pessoa tao ativa e alegre como meu pai, progredir para esse estado de demencia,queria muito que descobrissem a cura para essa doenca,pois faria tudo para curar meu paisinho!

  143. Meire Aparecida Polido Ruiz Barbieri

    -

    28/04/2009 às 20:07

    minha filha tem seu nome, porque antes de engravidar fiz uma consulta com voce, porque tinha problema genetico na familia do meu marido, a distrofia muscular. Gostei tanto de voce que falei: se tiver uma menina vai se chamar Mayana. Hoje ela tem 18 anos e cursa o 1º ano de medicina em Presidente Prudente (SP), parece destino desde pequena queria ser médica. Abraços, te admiro muito.

  144. Eliane Senna Targueta

    -

    28/04/2009 às 11:02

    Bom dia ,meu pai está com Mal de Alzheimer, e qual é a Alimentação certa para ele, ele tem 79 anos. Está dando muito trabalho.O que podemos fazer.Também não come quase nada.E está todo inchado, é proveniente de que esse Inchaço.Obrigada pelo carinho e atenção.

  145. sandra

    -

    23/04/2009 às 20:53

    minha mãe está com essa maldita doença,se tivesse um meio de ela ficar boa eu queria,mesmo que fosse para ela ficar longe como sempre ficou.mais não estaria mais com problemas.se precidar faço o teste

  146. tania cristina

    -

    04/04/2009 às 15:21

    meu pai tem Alzeimer a 3 anos, eu tenho 50 anos, ando me esquecendo de muitas coisas,estou muito preocupada, sempre fui de pouca concentração, o que devo fazer, obrigada

  147. Lourdes

    -

    10/03/2009 às 0:00

    Minha mãe está com Alzheimer e em tratamento há 2 anos. Ela sempre teve problemas com memoria… se esquecia facilmente das coisas. Eu como filha e com 61 anos já começo a me preocupar com o problema. O que posso fazer para prevenir?Obrigada pela oportunidade.Lourdes

  148. nilsa

    -

    09/03/2009 às 0:00

    recentemente descobri que meu pai esta com mal de alzheimer,ele esta sob meus cuidados pois meus irmaos nao querem cuidar,querem colocar em clinicas,mas eu nao concordo,esta muito dificil pois ja esta em estado bem avançado,esta como se diz fora da casinha mesmo.gostaria de obter maiores informaçoes de como lidar com ele,pois as vezes ele parece um bebe,fico louca de pena.e gostaria de orientaçao para melhor trata lo

  149. Jordana

    -

    20/02/2009 às 0:00

    Eu gostaria muito. Minha avó por parte de pai e minha avó por parte de mãe tem alzheimer, existe realmente um exame para testarmos a predisposição para essa doença? Se tiver qual exame e qual médico eu procuro?E gostaria de saber se uma pessoa com 22 anos pode manifestar a doença?Obrigada

  150. alexia

    -

    17/02/2009 às 0:00

    Sim sim eu gostaria muito de saber.minha avó teve DA e eu queria saber se eu corro o risco de desenvolver através da hereditariedade?Bom minha avó tambem tinha diabetes alta e eu queria saber se a diabetes abriu o caminho para a DA?muito obrigado!

  151. Eduardo

    -

    15/02/2009 às 0:00

    Prezada doutora, minha sogra é portadora da DA e sim, eu gostaria muito muito de saber se existe algum teste para avaliar pré-disposições para a mesma.Agradeço sua resposta

  152. cintia

    -

    02/02/2009 às 0:00

    gostaria de saber se tenho alguma doenças refiro sobre o esqueçimento tem me acontecido muito as vezes eu não lembro o que faço e asvezes esqueço muito as coisa mas só tenho 30anos é normal isso

  153. marta

    -

    23/01/2009 às 0:00

    Gostaria de saber quais sintomas aparecem de forma precoce para q pudessemos retardar a doença.

  154. fatima mantoan

    -

    22/01/2009 às 0:00

    Tem 2 casos diagnosticados na família.Minha mãe, desenvolve a doença, está em tratamento a mais de 3 anos, está na fase moderada. Tenho 50 anos, se existe a possibilidade gostaria de fazer do teste, bem como gostaria de receber informações acerca do tratamento e evolução da doença.

  155. Dulce Pinto

    -

    27/12/2008 às 0:00

    A minha mãe foi informada que podia ter alzheimer pois ela esquece-se das coisa e já uma vaz não sabia onde estáva eu por vezes esqueço-me também será que poderei ter

  156. Carmelita Scheller

    -

    23/12/2008 às 0:00

    Eu gostaria de fazer o teste….comecei a me interessar pelo asssunto.

  157. juliana

    -

    21/12/2008 às 0:00

    Eu gostaria muito caso haja esta pesquisa pois eu acho muito estranho o como eu esqueço as coisas e a anos!!! chego a esquecer o que comi no dia anterior e diferentemente do que os médicos dizem não é cansaço estou sempre assim.

  158. Iara Zanetti Pereira

    -

    20/12/2008 às 0:00

    Sim, eu gostaria de fazer o teste de DA se fose possível.Acho importante a prevenção.

  159. juliana

    -

    29/11/2008 às 0:00

    ola gostaria de saber mais sobre a doença..minha mãe tem essa doença..

  160. magali barreto

    -

    25/11/2008 às 0:00

    Gostei muito dessas informações, minha mae tem essa doença ha uns 5 anos e agora esta ficando no seu caso mais critico. Estou meio confusa com relação aos medicamentos que ela toma, o geriatra fala uma coisa o neurologista fala outra, acabo eu ficando maluca. Mas se houver a possibilidade de fazer esse teste como eu faço, gostaria muito de fazer e outra pergunta, se eu passar o nome dos remedios que ela toma, saberia me dizer se estamos no caminho certo? Obrigada

  161. roosevelt f.toledo

    -

    23/11/2008 às 0:00

    Admiro Dra Zatz,por tudo que tem feito e nos apresenta ,relativo ao texto acima ela e impresionante em suas explicaçoes. Como eu estudo sobre a vida espiritual ,vejo que ainda nao podemos compreender as mutaçoes sem entender esse outro lado que nao esta em nosso alcance e vemos que somos dependentes de inteligencias outras que nos faz diferentes

  162. samira

    -

    21/11/2008 às 0:00

    gostaria d saber se alguem com 23 anos já pode manifestar alguns sintoas do alzheimer.

  163. Edilson

    -

    20/11/2008 às 0:00

    Mayana boa noite, gostaria de ser testado ou receber maiores informacoes sobre a doenca pois tenho uma vida muito sedentaria e ja algum tempo estou sentindo um nivel de esquecimento das coisas mais simples, inclusive das pessoas

  164. Rose

    -

    19/11/2008 às 0:00

    Muito importante Mayana e eu gostaria sim de havendo possibilidade, ser testada, até porque, toda doença diagnosticada com antecedência, tem maiores probabilidade de pelo menos retardamento de sintomas.

  165. Luciana Peres

    -

    18/11/2008 às 0:00

    Estimada Dr. na família de meu marido existe um grande índice de pessoas com esta doença. Sua avó, seu pai, e agora uma tia apresentaram a doença. O que pode ser feito para diagnosticarmos precocemente a doença e existe detela? os casos ja existente na família são acompanhados do mal de parcson , isso é normal?

  166. Luis Cesar

    -

    17/11/2008 às 0:00

    Cara doutora, a fragilidade emocional de alguns, ao ter que encarar futuras realidades, não deve ser limitadora do direito à informação tão importante como a predisposição a doenças. Mesmo que ainda sem cura, saber do que podemos vir a adoecer, deve mudar para melhor o nosso horizonte, com um planejamento mais lúcido e produtivo do nosso “modus-vivendi”, evitando surpreender a nós mesmos e à nossa família, devido à nossa covardia voluntária em querer ignorar. Que tratemos psicologicamente nossas fragilidades emocionais, mas sem sucumbir, por comodismo, à ignorância!!

  167. patricia

    -

    17/11/2008 às 0:00

    ola boa noite , minha sogra tem alzheimer e nesse exato momento esta internada com uma infecção urinaria , gostaria de saber se essa infecção é proveniente da doença, ela também não esta conseguindo alimentar-se ,esta sendo alimentada por sonda , não esta andando , quer dizer o estado dela é bem delicado, gostaria de saber se ela corre risco de morte e em que estagio a doença dela esta?desde ja agradeço.

  168. Andrea

    -

    15/11/2008 às 0:00

    Oi, tudd bem? Admiro muito vc, sempre leio e assito entrevistas suas. Estou fazendo minha monografia da Pós em gerontologia, sobre Alzheimer…pelas minhas pesquisas há ainda uma duvida sobre se o acumulo das placas que levam alteração da APP, ou se a alteração da que leva ao contrario.pelo que tenho lido em alguns artigos..Se puder me mande algo sobre DA.Iria Adorar…Obrigada!!!Tudo de Bom pra vc!!

  169. nilda maria moreno

    -

    15/11/2008 às 0:00

    eu gostaria de ser testada pois tenho 40 anos e um esquecimento intrigante.esqueço por exemplo as feições de uma pessoa que conversei bastante na minha loja.vou a farmacia comprar um remedio e volto com outras coisas e sem ele…e muito mais!isso me encomoda e me deprime!

  170. elizabeth lopes de sales

    -

    11/11/2008 às 0:00

    achei a informacao muito boa, gostaria de saber mais pois tenho pessoas na familia com esse mal de DA por favor se possivel enviar-me gracia

  171. maria eloisa

    -

    11/11/2008 às 0:00

    mayana,maravilhosa pela sua profissão,eu gostaria sim de saber se sou predisposta á doença,eu acho que ja diria como meus familiares deveriam se organizar comigo,tenho um familiar nessa condi;cão e vejo a dificuldade que estão passando ou sera bobagem minha………com carinho,obrigada….eloisa

  172. elizabeth lopes de sales

    -

    11/11/2008 às 0:00

    Ótima matéria gostaria de receber por email mais informacoes pois tenho na familia uma pessoa com esse alzheimer e a muito tempo esta em tratamento e queria saber mais sobre se existe cura realmente gracias.

  173. alex fabano

    -

    10/11/2008 às 0:00

    acho uma patologia interessante pelo fato de ser idiopatica e sim topo ser testado DA,sou estudante do setimo periodo de fisioterapia da universidade tiradentes de aracaju-sergipe,

  174. Paulo Roberto Garcia da Silva

    -

    10/11/2008 às 0:00

    Dra. ZatzE u gostaria de ser testado para Alzheimer. Explico: Tenho 55 anos, sou Dentista e moro no Canada ha 4 anos. Vim em busca de aprendizado de uma nova lingua e desafios, prevencoes para a DA. Minha mae teve DA aos 75 anos, faleceu com 89 e eu e minha esposa eramos seu cuidador. Meu irmão teve DA aos 68 anos e faleceu aos 71.Meu objetivo nao e curiosidade morbida, mas pesquisa e prevencao. Peco que meu comentario nao seja publicado na integra.

  175. JOAO MOREIRA DE BARROS NETO

    -

    09/11/2008 às 0:00

    Tenho pavor desse doença. Confesso que serei capaz de fazer uma espécie de ”contrato” com alguma pessoa, para que seja aplicada a eutanásia comigo… Torço para que a Ciência encontre logo uma maneira de que a doença seja evitada e a cura, definitiva, descoberta.

  176. Maria Inês

    -

    09/11/2008 às 0:00

    Mayana, minha mãe, com 87 anos, foi recentemente diagnosticada com DA. Minha avó materna teve a doença com a idade avançada (acima de 90 anos). Acredito que seja hereditária.

  177. Herson Cardoso

    -

    09/11/2008 às 0:00

    Só há bem pouco passei a ter conhecimento dos seus Artigos através da NET. Esclarecimentos vitais, objetivos, simplificados, muito ao alcance de qualquer entendimento. Leitura obrigatória e indispensável, esclarecedora e essencial. Congratulações!!!

  178. cristina

    -

    09/11/2008 às 0:00

    gostaria de fazer o teste, pois em minha familia minha avó e minha mãe tiveram DA

  179. Priscila Honorato

    -

    08/11/2008 às 0:00

    Mayana, minha avó paterna tem a ”DA”,ela foi a primeira na família a apresentar a doença. A única irmã dela (por parte de pai e mãe) também apresentou doença recentemente. Como eu posso saber se a doença nesse caso é hereditária ou não? E se for hereditária, tem tratamento prévio?bejo!

  180. iara

    -

    06/11/2008 às 0:00

    No meu comentario anterior onde se le Richard Reagan, leia-se Ronald Reagan.

  181. Iara

    -

    05/11/2008 às 0:00

    Se exercitar o cerebro ajuda na DA como se explica o mal em Richard Reagan e Margareth Teacher?

  182. maria clara

    -

    05/11/2008 às 0:00

    Mariana tb sou médica e já tive uma tia que morreu de DA,lógico que tenho o maior medo de ter essa doença que no momento ainda não tem cura.O problema é que tenho 49anos e sou muito esquecida será que tenho DA?

  183. carlos alberto ruaro

    -

    03/11/2008 às 0:00

    Cara Mayara, gostaria sim de fazer o teste seria interessante.Meu pai teve Alzheimer morreu há 4 anos, me preocupo sim.Sou coordenador de grupo de apoio a familiares em Moema,primeira quinta feira do mes oriento os familiares e essapergunta e certa sera que tb vou ter alzheimer e hereditario,genetico. Obrigado por sua atenção, Carlos

  184. Elizabeth

    -

    03/11/2008 às 0:00

    Esta é uma reportagem que me foi muito esclarecedora, mas a inquetação em relação ao Alzheimer continua, pois há pelo menos dois casos em miha família. E por que não ser testado para DA?

  185. Eliana Fernandes de Lima Nunes

    -

    03/11/2008 às 0:00

    Dra.Mayana,que Deus a abençoe sempre.Obrigada,pela sabedoria e perseverança com suas pesquisas.Eu quero participar dessa pesquisa.Por favor,se possivel entre em contato através do email,tenho 51 anos.Obrigada.

  186. ivone jock granado

    -

    02/11/2008 às 0:00

    Parabens pelo assunto tratado. Minha mãe morreu com alzaimer.Sei quanto é difícil a doença, tanto para o paciente qto para seus familiares.è uma doenças desagregadora.Desagrega a família em todos os sentidos.Se realmente há uma possibilidade de exame ou teste para se saber as possibilidades de vir a ser acometida pelo mal, gostaria de me inscrever para o teste.Procuro manter-me sempre alerta e com a memória ativa.Voltei à faculdade aos 56 anos.Obrigada

  187. Paola

    -

    02/11/2008 às 0:00

    Oi Mayana, eu gostaria de ser testada. Eu não tenho conhecimento de nenhum caso na minha família de DA, mas acho importante saber se tenho predisposição de desenvolver tal doença. Assim dá tempo para a gente ir se preparando e preparando as pessoas amadas que estão ao nosso redor. Gostaria também que você voltasse ao assunto e dissesse a respeito dos estágios e dos novos medicamentos para tratamento que incluse soube deles por meio de uma reportagem na Veja. Obrigada.

  188. marcia balassiano

    -

    02/11/2008 às 0:00

    É CLARO QUE NÃO GOSTARIA DE SABER. A VIDA JÁ É CHEIA DE PREOCUPAÇÕES DEMAIS (FILHOS, TRABALHO, DINHEIRO, ETC…) PARA TERMOS MAIS UMA. O QUE TIVER QUE ACONTECER, QUE ACONTEÇA !!! VAMOS CURTIR A VIDA, QUE É O MELHOR QUE FAZEMOS NO MOMENTO !

  189. heloisa aguiar

    -

    01/11/2008 às 0:00

    Primeiro que dizer que sinto um orgulho danado ao vê-la falando com serenidade, equilibrio, sobre um tema tão polêmico. Parabéns, continue sua luta, ela é nossa, de todos nós seres humanos equilibrados. Segundo, meu pai morreu de DA, e se eu pudesse, se houvesse essa possibilidade, eu gostaria de participar desse teste. E ele existe mesmo? é possivel por exame ou teste prevê se a pessoa terá DA, em caso positivo, pq não é disponibilizado para a população?

  190. Edicléa

    -

    01/11/2008 às 0:00

    Estou com 53, minha mãe faleceu com 83 em decorrência da DA. Isso mudou meu pensamento em relação à vida. Vivo hoje, aproveito hoje, amanhã não sei. Faço musculação média todos os dias, adoro, estudei uma nova língua (francês), fui para Paris em decorrência disso, duas vezes, leio muito, invento artesanato, enfim, não parei.Ah, sim, não tomo antidepressivo. Minha tia, irmã de minha mãe, está com 77 anos e pelos estudos já deveria estar, pois começa aos 65, não é? Ela está ótima, sem indício algum. Você está certa em diferenciar genético de hereditário. É por aí! Cada um é um. Beijos.

  191. CLOVIS

    -

    01/11/2008 às 0:00

    Mayana…. Sim gostaria de ser testado. Como faço….?? Por favor entre em contato comigo, através do endereço eletrônico. Muito grato.

  192. josé a. siegmann

    -

    01/11/2008 às 0:00

    Meu pai e 2 irmãs faleceram c/esse mal. Não pudemos fazer nada além dos paliativos e muito amor. Por isso temo muito a DA e espero q. medicamento realmente eficaz surja logo.Se existe teste gostaria de fazê-lo.

  193. Marcus de Oliveira Dung

    -

    01/11/2008 às 0:00

    Eu gostaria de ser testado. MInha mãe faleceu com esse problema. Abraços e Parabéns pelo esclarecimento. Marcus O. Dung.

  194. Gilda

    -

    01/11/2008 às 0:00

    Sim , pois minha mãe sofreu esta doença durante 10 anos, e sei o quanto é difícil tanto para o proprio paciente bem como para seus familiares. Como tb tenho formação em Psicologia , gostaria de cada vez mais conhecer o assunto e tentar evitar passar por este processo .Tenho 51 anos .Obrigada

  195. Lírida Sabiá

    -

    01/11/2008 às 0:00

    Sim.Gostaria de ser testada.Meu pai se encontra com esse problema,sei que é difícil para o próprio paciente.Na família dele já existiu vários casos.Obrigada.

  196. Conceicao

    -

    01/11/2008 às 0:00

    Sim, pois minha mãe foi diagnosticada há um ano com DA. Devido à medicação e carinho da família, ela está bem e este ano completou 81 anos. Tenho 50 anos e gostaria de ter informações sobre o assunto. Muito grata.

  197. silvia

    -

    31/10/2008 às 0:00

    olá ! sim eu gostaria muito de ser testada se for possivel é só me dizerem como que eu farei. Tenho 52 anos.

  198. Eduardo Carvalho Dutra

    -

    31/10/2008 às 0:00

    Mayana, Você não descreveu os estágios, poderia fazê-lo? Se for possível os sintomas também. Obrigado.

  199. Jarbas Soares

    -

    31/10/2008 às 0:00

    Eu gostaria muito de passar por essa experiência. Estava com o meu colesterol alto, tomando Clinfor de 20mg, nada de abaixar, mesmo com dieta saudável, vida regrada, etc…Passei a tomar óleo de linhaça prensado a frio, ômegas 3, 6 e 9, não retornei os exames para saber do resultado, contudo, li numa matéria do Estadão, que esses õmegas causam essa placa que existe na DA. Acredito que com uma colher diária, demoraria anos para desenvolver tais placas, fiquei surpreso com essa pesquina dos ingleses, salvo engano.No aguardo de vosso retorno. Parabéns pela excelente coluna. Sucesso Sempre. Jarbas Soares.
    PS: Me coloco a disposição para quaisquer pesquisa que julgar pertinente aos seus estudos.

  200. Regina Rosa

    -

    31/10/2008 às 0:00

    Olá Mayana! Gostaria de ser testada caso tenha possibilidade de já começar a tratar a doença para que ela não progrida. Se for só para saber, não tenho interesse. Obrigada, Regina

 

Serviços

 

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados