Blog Felipe Moura Brasil

Felipe Moura Brasil

Análises irreverentes dos fatos essenciais de política e cultura no Brasil e no resto do mundo, com base na regra de Lima Barreto: "Troça e simplesmente troça, para que tudo caia pelo ridículo".

sobre

Felipe Moura Brasil estreou este blog em 2013, após dez anos como cronista na internet. Idealizou e organizou o best seller de Olavo de Carvalho, "O mínimo que você precisa saber para não ser um idiota". Autor da Editora Record, trabalha em dois livros previstos para 2016.

Rosa Weber nega seguimento de habeas corpus de Lula

Ex-presidente pode ser preso a qualquer momento por ordem do juiz Sergio Moro

Por: Felipe Moura Brasil

Este blog informa em primeira mão:

Rosa Lula

Rosa Weber negou seguimento ao habeas corpus encaminhado ao STF pela defesa de Lula.

Os advogados do petista tentavam invalidar a liminar de Gilmar Mendes para validar a nomeação de Lula como ministro da Casa Civil e, com isso, tirá-lo da alçada do juiz federal Sergio Moro.

Não conseguiram.

“Ante o exposto, não ultrapassando por qualquer ângulo o juízo de cognoscibilidade, a despeito da delicadeza e complexidade do tema de fundo, nego seguimento ao presente habeas corpus”, decidiu Rosa.

Parabéns, ministra!

O amarelão pode ser preso a qualquer momento.

Captura de Tela 2016-03-22 as 13.30.43

#PrendeHojeMoro!

* Veja também: Fux rejeita e extingue mandado de Dilma contra decisão de Gilmar Mendes que suspendeu posse de Lula.

(* Atualização da noite: Teori acabou com a alegria e salvou Lula de Moro, por enquanto. Veja aqui.)

Felipe Moura Brasil ⎯ http://veja.abril.com.br/blog/felipe-moura-brasil

Siga no Twitter, no Facebook e na Fan Page.

Voltar para a home

Comentários

Aprovamos comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais (e-mail, telefone, RG etc.) e links externos, ou que sejam ininteligíveis, serão excluídos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.

Conheça as regras para a aprovação de comentários no site de VEJA

*