Blog Felipe Moura Brasil

Felipe Moura Brasil

Análises irreverentes dos fatos essenciais de política e cultura no Brasil e no resto do mundo, com base na regra de Lima Barreto: "Troça e simplesmente troça, para que tudo caia pelo ridículo".

sobre

Felipe Moura Brasil estreou este blog em 2013, após dez anos como cronista na internet. Idealizou e organizou o best seller de Olavo de Carvalho, "O mínimo que você precisa saber para não ser um idiota". Autor da Editora Record, trabalha em dois livros previstos para 2016.

“Lula comandava o esquema”

Mais: governo vazava operações da Lava Jato usando senhas, delata Delcídio

Por: Felipe Moura Brasil

Não foram só as escutas telefônicas da Lava Jato que flagraram a obstrução de Justiça por parte do governo do PT.

Há, também, uma testemunha petista de um caso ainda mais grave.

O senador Delcídio do Amaral antecipa à VEJA desta semana a segunda parte de sua delação e detalha como o governo vazava operações da Lava Jato usando as senhas “ventos frios” e “questões indígenas”.

É o cúmulo da interferência do Poder Executivo no trabalho dos procuradores do Ministério Público Federal, do juiz Sérgio Moro e da PF. É mais um escárnio do PT contra as forças da lei deste país.

A capa de VEJA destaca Lula dando uma banana para mensalão, petrolão, sítio de Atibaia, tríplex do Guarujá, Casa Civil e a voz das ruas, com destaque para a sentença fatal de Delcídio:

“Lula comandava o esquema”.

O lugar do chefe é na cadeia.

Lula capa da VEJA

Delcidio VEJA

Lula e Dilma tinham pleno conhecimento da corrupção da Petrobras e tramaram para sabotar Lava Jato

Felipe Moura Brasil ⎯ http://veja.abril.com.br/blog/felipe-moura-brasil

Siga no Twitter, no Facebook e na Fan Page.

Voltar para a home

Comentários

Aprovamos comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais (e-mail, telefone, RG etc.) e links externos, ou que sejam ininteligíveis, serão excluídos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.

Conheça as regras para a aprovação de comentários no site de VEJA

*