Blogs e Colunistas

verrugas

31/07/2009

às 14:19 \ Respostas

Respostas a leitores

Minha namorada depois que passou a fazer uso do anticoncepcional Diminut, começou a ter o melasma, gostaria de saber duas coisas: 
1) A interrupção do anticoncepcional fará com que as manchas de melasma sumam?
2) Você recomenda a aplicação da pomada Tri-Luma da Galderma, como um creme eficiente, ou há outro melhor?
(Alessandro)

Mulheres que desenvolvem melasma depois de tomar pílula anticoncepcional podem melhorar simplesmente parando de tomar o medicamento. Mas o ideal é suspender a pílula e iniciar um tratamento clareador. O melhor despigmentante varia caso a caso, de acordo com o tipo de pele e com o grau da mancha. O Tri-Luma®, creme da Galderma, é um excelente despigmentante, mas seu uso deve ser indicado e monitorado por um dermatologista. O creme contém tretinoína, hidroquinona e cortisona, associação de ativos consagrada no tratamento do melasma. Para definir o melhor modo de tratamento no caso da sua namorada, consulte um dermatologista.

Preciso da sua ajuda, há alguns anos começaram a surgir pequenas verrugas, se é que posso chamá-las assim, nas minhas axilas e na virilha. Parecem com verrugas, mas ficam penduradas por uma espécie de cordãozinho. A principio não ligava, mas elas cresceram. Um dias desses ao me trocar no quarto fiquei espantado com a imagem que refletia no espelho.
(José Rubens)

Pelo que entendi de sua descrição, você tem acrocórdons. Essas lesões, que ocorrem principalmente nas axilas, virilha e pescoço, são visualmente parecidas com verrugas, mas não são causadas por vírus. São muito comuns, e nascem em quem tem predisposição genética. Quem está acima do peso também costuma ter acrocórdons.  Eles não têm gravidade alguma e não precisam ser removidos. Se você se incomodar com os seus, procure um dermatologista: a remoção dessas lesões é extremamente simples.

Coceira e espinhas podes ser causadas por ansiedade?
(Biga)

Em algumas situações, a alteração de pele pode sinalizar que algo não vai bem no lado emocional. Stress e ansiedade causam frequentemente coceira na pele, pioram espinhas e ainda provocam queda de cabelos. Antes de definir que seu problema de pele está acontecendo por conta do emocional, o dermatologista deve excluir outras possíveis causas para suas queixas. Definido o diagnóstico, além do tratamento de pele, procure ajuda psicológica.

Por Lucia Mandel

 

Serviços

 

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados