Blogs e Colunistas

Arquivo da categoria Minas Gerais

03/10/2010

às 21:39

“Minas Gerais não admite ilusões”, diz Anastasia

Reeleito ao governo de Minas Gerais com mais de 62% dos votos, Antonio Anastasia (PSDB) chegou à sede de seu comitê em meio a uma pequena confusão de pessoas. Após lamentar a morte de Aécio Ferreira Cunha, ex-deputado e pai de Aécio Neves (PSDB-MG), e justificar a ausência de seu colega, o governador agradeceu a todos os militantes, voluntários e eleitores pela “vitória expressiva”. “Minas Gerais não admite ilusões”, disse.

Ao lado de seu vice, Alberto Pinto Coelho (PP), e de Regina e Márcio Lacerda (PSB), prefeito de Belo Horizonte, Anastasia fez críticas indiretas aos seus concorrentes. “Essa vitória representa uma vitória da verdade, do bem daqueles que têm as mãos limpas”, disse.

O governador mostrou ainda seu apoio ao candidato à presidência José Serra (PSDB). “O segundo turno das eleições presidenciais é uma vitória. Iremos demonstrar força política e virar o jogo, assim como foi feito em Minas Gerais”.

(Cecília Araújo, de Belo Horizonte)

03/10/2010

às 20:14

Tucanos comemoram em Belo Horizonte

Apesar da triste surpresa que estragou a festa do candidato mineiro ao Senado Aécio Neves (PSDB), os comitês regionais do PSDB e PPS em Belo Horizonte não deixam de comemorar os resultados parciais das eleições em Minas Gerais que, até o momento, dão vitória aos candidatos tucanos ao governo do estado (Antonio Anastasia) e ao Senado (Aécio Neves). Além disso, os partidários celebram a possibilidade real de um segundo turno na disputa presidencial entre a candidata Dilma Rousseff (PT) e José Serra (PSDB).

Desde às 17h30, logo após o encerramento da votação, mais de cem pessoas acompanham a apuração dos votos na Avenida Afonso Pena, no bairro de Funcionários.

(Cecília Araújo, de Belo Horizonte)

03/10/2010

às 19:32

Antonio Anastasia é o novo governador de Minas Gerais

Com 76% das urnas apuradas em Minas Gerais, o Antonio Anastasia (PSDB) está virtualmente eleito governador do Estado com 62,66% dos votos válidos (4.766.000 votos). O segundo colocado, ex-ministro Helio Costa (PMDB) tem 34,31% dos votos válidos.

O resultado não é oficial, mas diante do número de urnas apuradas, não há possibilidade de mudança do quadro. O estado de Minas Gerais tem 14.593.934 eleitores e registra até agora comparecimento de 81,72%.

03/10/2010

às 12:05

Marcio Lacerda, prefeito de Belo Horizonte, reafirma apoio a Dilma e Aécio

Depois de enfrentar alguns minutos de fila para votar no Colégio Estadual Central de Belo Horizonte, o prefeito da capital mineira, Marcio Lacerda (PSB-MG), foi chamado à sala de votação. Acompanhado do candidato ao Senado Fernando Pimentel (PT-MG) e do seu suplemente, o deputado federal Virgílio Guimarães (PT-MG), ele conversou e tirou fotos com eleitores.

Em coletiva à imprensa, Lacerda reafirmou seu apoio à petista Dilma Rousseff para a Presidência da República; a Antonio Anastasia (PSDB-MG) para o governo de Minas Gerais e a Aécio Neves (PSDB-MG) e Fernando Pimentel para o Senado.

Confiança – Durante a votação, Pimentel mostrou-se confiante com a possibilidade da sua eleição. “Nos últimos dias, senti um crescimento extraordinário da nossa candidatura não só em Belo Horizonte, mas também na zona metropolitana e em todos os municípios de Minas Gerais. De fato, temos condição de passar nossos adversários e chegar à cadeira de senador.” Se eleito, Pimentel será o primeiro representante do Partido dos Trabalhadores no Senado pelo Estado de Minas Gerais.

Em relação às diferenças entre sua campanha e a de seu principal adversário, o ex-presidente Itamar Franco (PPS-MG), afirmou que suas propostas são voltadas aos municípios mineiros devido à sua experiência como prefeito.

(Cecília Araújo, de Belo Horizonte)

03/10/2010

às 11:22

Aécio é aclamado e, junto com Anastasia e Itamar, ruma a Juiz de Fora

Depois da votação, o ex-governador de Minas Gerais e candidato ao Senado, Aécio Neves (PSDB-MG), e o candidato ao governo mineiro, Antonio Anastasia (PSDB-MG), falaram à imprensa. Ambos demonstraram otimismo em relação à vitória nestas eleições, apesar de ressaltarem que os bons resultados nas pesquisas precisam ser confirmados nas urnas.

Os candidatos também relembraram o projeto de melhoria da gestão pública iniciado em Minas, que é reconhecido no Brasil inteiro e que levarão adiante.

Questionado sobre seus planos, Anastasia disse que priorizará as áreas de educação e saúde, além de reforçar as políticas de geração de empregos. “Vou consolidar essa forma de governar baseada na ética e eficiência”, ressaltou.

Para Aécio, o dia foi “alegre e recompensador”. “Parabenizo Anastasia pela forma como conduziu sua campanha. Queria agradecer aos mineiros por todo o reconhecimento. Se eleitos, devolveremos o carinho e apoio recebidos com muito trabalho.”

Aécio, logo após a votação no Colégio Estadual Central de Belo Horizonte, foi recebido aos gritos pela população: “Presidente 2014”! O candidato ao Senado encontrou-se com eleitores nos corredores e nas escadas, ao mesmo tempo que outros candidatos do PSDB e de partidos coligados pegavam embalo na cobertura da imprensa. O segundo suplente de Aécio, Tilden Santiago, também se apresentou durante a votação.

Em coletiva de imprensa, Aécio Neves fez questão de elogiar o candidato ao governo do estado. “Anastasia representa o que temos de melhor, faz política de qualidade e honradez. Se eu pudesse oferecer um presente a todos os mineiros, para demonstrar minha gratidão, seria ajudar a reeleger o governador. Tenho a certeza de que os mineiros vão se orgulhar muito dos próximos quatro anos de governo”.  O candidato ao senado ainda ressaltou que ao lado de Itamar Franco e, com apoio de José Serra, para quem torce vencer no segundo turno, pretende avançar, principalmente, com a reforma política. “Esta é a ação que trará outras reformas”, completou.

Os candidatos do PSDB dirigem-se neste momento a Juiz de Fora, em Minas Gerais, para acompanhar a votação de Itamar Franco. Na volta, Anastasia irá para Uberlândia e Aécio retornará a Belo Horizonte.

(Cecília Araújo, de Belo Horizonte)

03/10/2010

às 9:36

Clima de tranquilidade marca a chegada de Anastasia, Aécio e Itamar às urnas

O clima no colégio Arnaldinum, em Belo Horizonte, era de tranquilidade às vésperas da chegada de três figuras de peso nas eleições mineiras. O governador Antonio Anastasia chegou acompanhado pelos apoiadores de sua reeleição ao cargo e candidatos ao senado por Minas Gerais Aécio Neves (PSDB) e Itamar franco (PPS).

Aécio deixou o cargo de governador de Minas Gerais em março de 2010 para se candidatar ao senado; ele foi eleito pela primeira vez em 2002 e reeleito em 2006. Anastasia, vice do último mandato, assumiu o posto com a saída de Aécio. Conhecido por coordenador o choque de gestão – com o mote “gastar menos com o governo para gastar mais com o cidadão” -, ele figura como o preferido do eleitorado mineiro. De acordo com as últimas pesquisas do Ibope e Datafolha, o político tem, respectivamente, 50% e 55% das intenções de voto.

Bastidores
Chama atenção um grupo de cerca de dez garotos com chapéus idênticos e camisetas do candidato a presidência da república José serra (PSDB). Eles aguardam a chegada do candidato a Minas Gerais.

(Cecília Araújo, de Belo Horizonte)

30/09/2010

às 7:58

Minas: Anastasia amplia vantagem e pode vencer no 1º turno

O governador de Minas Gerais, Antonio Anastasia, do PSDB, ampliou sua vantagem ante o principal adversário, Hélio Costa, do PMDB. De acordo com a pesquisa Datafolha divulgada nesta quinta-feira, Anastasia tem agora 43% das intenções de voto, ante 36% do peemedebista.

Considerando-se apenas os votos válidos, Anastasia tem 52%, ante 43% de Costa – o que garantiria a vitória do candidato apoiado por Aécio Neves já no primeiro turno.

Segundo turno - Em um eventual segundo turno, Anastasia venceria Hélio Costa por 48% a 40%, segundo o levantamento.

O levantamento foi realizado com 2.044 eleitores, em 90 cidades, nos dias 28 e 29 de setembro. A margem de erro da pesquisa é de dois pontos porcentuais para cima ou para baixo e foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral sob o número 33145/2010.

24/08/2010

às 22:35

TRE-MG retoma ação que pede cassação de Hélio Costa

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) de Minas Gerais deu prosseguimento a uma ação que pede a cassação da candidatura do peemedebista Hélio Costa, postulante ao governo do estado, e de seu vice, o petista Patrus Ananias. A coligação “Todos Juntos por Minas”, à qual pertence a dupla, teria realizado gastos irregulares com despesas de campanha.

A representação é de autoria da coligação de Antonio Anastasia (PSDB), que também disputa o governo estadual.  Os tucanos acusam o comitê de Hélio Costa de pagar pelo  aluguel de aeronaves antes mesmo de ter iniciado o processo de arrecadação de recursos para a campanha.

Em 16 de agosto, o desembargador Antônio Carlos Cruvinel havia determinado a extinção da representação; ele alegou que o caso deveria ser analisado pela Justiça apenas depois da eventual diplomação de Hélio Costa.  Mas a argumentação foi considerada inválida pelo TRE. A corte decidiu, por cinco votos a um, dar provimento a um agravo apresentado pela coligação do PSDB, que pedia a retomada da ação.

(Gabriel Castro)

20/08/2010

às 19:30

Justiça exige que vídeo contra Hélio Costa saia do ar

A Justiça Eleitoral de Minas Gerais concedeu liminar pedida pela campanha de Hélio Costa (PMDB), candidato ao governo do estado,  e mandou que o Youtube retire um vídeo que citava o peemedebista. No vídeo, a Central Única dos Trabalhadores (CUT) criticava, exibindo recortes de jornais, o apoio que Costa recebera do então presidente Fernando Collor para disputar o governo do seu estado em 1990.

A liminar também retirou do ar dois blogs de apoio ao principal adversário de Hélio Costa, o governador mineiro e candidato à reeleição, Antonio Anastasia (PSDB), e Aécio Neves, candidato tucano ao Senado. Segundo os advogados de Costa, o vídeo tinha conteúdos caluniosos. A CUT apoia o peemedebista este ano. O vídeo dizia que “Hélio Costa foi o principal defensor de Collor em Minas”.

Aliados de Anastasia argumentam que há uma censura e que os fatos relatados no vídeo – que a campanha diz não ter sido produzido por ela – são notórios e conhecidos em Minas Gerais.

11/08/2010

às 21:38

Clima esquenta na eleição mineira

O clima esquentou de vez na eleição mineira. O candidato do PMDB ao governo, Hélio Costa, disse que faltou “estratégia política” e “coragem” ao ex-governador Aécio Neves (PSDB) na sua tentativa de tornar-se candidato à presidência da República.

Em nota divulgada pela assessoria, rebateu e repudiou o “oportunismo” como “meio de ascensão política”. “Coragem na vida pública é honrar compromissos assumidos com a população. É priorizar a coerência e a lealdade às próprias convicções e princípios. Como muitas pessoas em Minas, eu tenho dificuldade em compreender como o senador não se constrange em caminhar de braços dados com quem já o atacou de forma tão violenta, como é o caso da Central Única dos Trabalhadores (CUT) e do PT, que, num passado pouco distante, talvez até de forma injusta, chegou a pedir a impugnação da candidatura dele ao governo do Estado. Na vida pública, cada um faz as suas escolhas e tem a sua trajetória própria. E por elas será julgado.”

Hélio Costa enfrenta  na corrida estadual o governador tucano Antonio Anastasia, discípulo político de Aécio. Para o peemedebista, se Aécio decisão “tempos atrás” de deixar o PSDB, ele poderia estar atualmente disputando o Palácio do Planalto com o apoio do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

“Houve um vácuo de candidatos quando nós perdemos o candidato natural, que seria José Dirceu e depois perdemos o  Palocci. E havia uma simpatia do Lula por ele [Aécio].”

 

Serviços

 

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados