Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Donos da bola

PSDB expõe com clareza as delícias do loteamento da máquina.

A propaganda do Ministério das Cidades veiculada ontem (19/04) à noite responde às indagações de quem ainda tem dúvidas sobre a motivação dos partidos em ocupar espaços na administração federal. A peça exalta as melhorias implementadas no programa “Minha casa, minha vida”, desde “que o PSDB assumiu a pasta” na figura do deputado Bruno Araújo. Nada contra o parlamentar, mas a apropriação partidária soa indevida por evidente tentativa do uso da máquina pública para fatura eleitoral antecipada.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  1. Manuel Geraldo Martins

    Com relação à apropriação partidária dos ministério não mudou nada em relação aos governos Lula e Dilma. Continua a compra de apoio com a distribuição de ministérios. A única diferença é que com a lava jato, a turma ficou inibida com relação a cobrar propinas.

    Curtir