Blogs e Colunistas

08/01/2011

às 17:44 \ PESQUISA

Auge da vida sexual das mulheres acontece após os 40 anos

(Foto: Kim Carson/Thinkstock)

Título oficial: Female sexual dysfunction in urological patients: findings from a major metropolitan area in the USA

Publicação: British Journal of Urology

Quem fez: Debra Fromer, pesquisadora da Universidade de Hackensack, nos Estados Unidos

Instituição: Centro Médico da Universidade de Hackensack

Dados de amostragem: 587 mulheres de todas as idades

Resultado: O sexo para as mulheres entre 31 e 45 anos é mais frequente e de melhor qualidade

Mulheres de meia-idade são mais ativas sexualmente e atingem o orgasmo com mais frequência do que as mais jovens, aponta um estudo realizado pela Universidade de Hackensack, nos Estados Unidos.

A pesquisa, publicada no periódico British Journal of Urology, mostra que as pessoas do sexo feminino entre 31 e 45 possuem uma vida sexual melhor do que o grupo de mulheres que vão de 18 a 30 anos.

O levantamento, liderado pela cientista Debra Fromer, foi baseado nas respostas de 587 mulheres, de diferentes idades, dos Estados Unidos. Segundo dados divulgados por Fromer, as mulheres mais jovens, além de possuírem maiores intervalos entre uma relação e outra, também são as que têm mais dificuldade de chegar ao orgasmo.

A conclusão do estudo americano não é inédita. Uma pesquisa realizada na Turquia e um levantamento, encomendado pela revista britânica Top Sante, também mostraram que mulheres acima dos 40 testemunham o melhor momento sexual de suas vidas.

Para muitos especialistas, é na meia-idade que as mulheres atingem sua confiança sexual. É aos 40, afirmam sexólogos, que elas sabem o que querem na cama e não têm medo de compartilhar com o parceiro seus desejos.

- O que já se sabia sobre o assunto

Oswaldo Martins Rodrigues Junior, diretor do Instituto Paulista de Sexualidade (Foto: Divulgação)

O sexo sempre foi um assunto recorrente na psicologia, especialmente entre sexólogos, especialistas em identificar disfunções no que pode ser considerado um dos pontos altos da relação humana.

Para o sexólogo Oswaldo Martins Rodrigues Junior, diretor do Instituto Paulista de Sexualidade, a conclusão do estudo faz todo sentido, já que é preciso maturidade para se aprender a fazer sexo. “Sexo precisa ser aprendido na espécie humana. Não é algo ‘natural’ como a maior parte das pessoas tende a julgar”, explica o especialista.

A experiência faz toda a diferença na vida das pessoas, principalmente quando o assunto em voga é o polêmico sexo. “Se a mulher tiver uma década para aprender a fazer e como ter orgasmos, esse será o momento em que tirará maior prazer da vida sexual”, aponta.

Há algumas ressalvas, no entanto, ressalta Martins. “O aumento de idade e de estados depressivos, que exigem tratamento a base de antidepressivos, atuam negativamente na vida sexual da mulher. Eles diminuem o desejo e dificultam o orgasmo.”

O sexólogo ainda alerta: mulheres que querem aproveitar a vida sexual no período da menopausa precisam procurar um médico para a prescrição de reposição hormonal, quando necessária, além de não relaxar na prática de exercícios físicos. “Se não houver atividade física para melhorar a condição aeróbica o sexo será muito limitado. A redução de posições sexuais, de abertura de membros e de movimentação comprometem a satisfação e, consequentemente, o orgasmo”.

Especialista: Oswaldo Martins Rodrigues Junior, diretor do Instituto Paulista de Sexualidade.

Envolvimento com o assunto: É psicológo e sexólogo e já atendeu inúmeros casos de mulheres que se queixam da vida sexual em seu consultório.

- Conclusão

Aos 40, as mulheres não só testemunham o auge de suas carreiras, como também desfrutam do melhor sexo de suas vidas. Com filhos criados e uma situação financeira estável, elas aproveitam o momento e provam para si mesmas que é possível envelhecer com qualidade, sem deixar para trás o prazer sexual. Com a saúde em dia e com um estilo de vida saudável, a chegada na “idade da loba” só mostra que o melhor mesmo ainda está por vir. Divirtam-se, mulheres!

(Por Renata Honorato)

Deixe o seu comentário

Aprovamos comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais (e-mail, telefone, RG etc.) e links externos, ou que sejam ininteligíveis, serão excluídos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.

» Conheça as regras para a aprovação de comentários no site de VEJA

18 Comentários

  1. Edy

    -

    20/10/2011 às 10:34

    Descobri o amor da minha vida agora aos 39 anos de idade. E também me sinto 1000 vezes melhor, mais sexy, agora nessa idade do que aos meus 18. Sempre me cuidei fisicamente e sei que não tenho o corpinho fresco de 18 mas me sinto como um bom vinho guardado há anos.
    Tenho minhas neuras, minhas inseguranças, mas me sinto muito melhor .
    Como mulher sou 100% agora. Não sou um avião, mas sou muito feliz agora.

  2. Nani

    -

    28/07/2011 às 11:53

    Tudo depende do dinheiro, mundo capitalista mesmo!Porque aos 40,tudo fica feio:gordura localizada, seios flácidos, rugas,pele ressecada e com pintas no corpo,cabelos começaam a ficar brancos e aos poucos deixamos de fazer o que fazíamos…os saltos, as baladas, as paqueras, as roupas transadas. Agora, se tem DINHEIRO, tudo é resolvido como mágica. Espero que todas sejamos MÁgicas, boa sorte.

  3. Ranieri

    -

    02/04/2011 às 19:17

    Realmente, as mulheres mais velhas tem mais vontade de se satisfazer na cama. Ja sabem o que querem e não tem “frescura”. Ja as “novinhas” tem mais receio em se libertar e curtir bons momentos, talvez pela insegurança de não conhecer o que é novo. No geral as mulheres procuram um relacionamento duradouro (principalmente as mais novas), enquanto a maioria dos homens buscam “novidades”.

  4. ines lopes goes

    -

    14/03/2011 às 22:32

    Acho que a estética sempre fará parte pois a competição continua sendo desumana; o homem deseja sempre alguém mais nova, com o corpo mais firme…mas quando você deseja isso você é velha ,não tem espelho em casa e assim sucessivamente.
    Mas infelizmente todos pensam assim; se olham no espelho se acham o máximo mesmo caidinhos pois as mulheres hoje estão de um jeito que nos fazem perder o que levamos tanto tempo para conquistar…dignidade,
    Ainda bem que não envelhecem, não engordam,e as banhas não caem…

  5. Fani Carvalho

    -

    16/02/2011 às 17:05

    A mulher de meia idade esta mais segura do que quer e do que gosta,
    a experiencia ensina aconhecer seu proprio corpo e por isso se tornam mais seciveis ao prazer, ficam mais soltas se sente sexy e sensuais.
    Eu aos meus 55 anos me sinto realizada sexualmente, livre de tabus e disposta a viver uma vida sexual plena desde que seja com responsabilidade

  6. adriana

    -

    30/01/2011 às 23:09

    a mulher acima dos 40 esta mais segura,menos preocupada com a estetica.então tudo acontece sem cobranças e muito prazeiroso.aos 44 me sinto plenamente feliz e satisfeita em minha vida sexual.não tenha medo de sua sexualidade,mas se proteja:use preservativo

  7. sonia

    -

    28/01/2011 às 20:15

    As mulheres… as estatísticas apontam com pesquisas realizadas na população de gêneros masculino e feminino que são assim distribuída:homossexuais homens são apenas 10% e 8% destes são travestis,enquanto nas mulheres são em 46% homossexuais e destes, 35% também bissexuais e pesquisas recentes mostram que 67% todas as mulheres são homo / bissexuais e estão incutidas sem necessidade de se manifestar, com casamentos bem sucedidos sem nenhum problemas e vivendo felizes com seus maridos em sociedade.

  8. Marta Latorres Latorres

    -

    12/01/2011 às 14:51

    a experiencia ensina a conhecer o proprio corpo…

  9. madalena

    -

    11/01/2011 às 13:10

    Ivdovicvs! Você está entre esses monstros?
    Ivo!Quem perde potência após os 45 anos, só as mulheres?Pergunte a um urologista o que tem acontecido com muitos homens aos 20, 30 anos.
    O problema real é saber o que a mulher de 40 pode fazer com sua sexualidade experiente se os homens não querem saber de “velhas”; não estão vendo que estão preferindo cada vez as mais novas(ou melhor, as bebês)? Está todo mundo perdido, procurando a felicidade no outro(no sexo do outro), só pensam “naquilo”, todo mundo opina, faz pesquisa, estudos e nada se conclui, porque está todo mundo insatisfeito com tudo e cada caso é um caso.

  10. Márcia

    -

    11/01/2011 às 12:18

    Esta pesquisa vem para confirmar o que nós nesta faixa etária realmente sentimos. Já passamos por bons pedaços, e nos sentimos seguras do que queremos, maduras e portanto passamos a nos conhecer física e emocionalmente muito mais.Sabemos o que queremos e como atingir, não nos envergonhamos de dizer como queremos, é uma das melhores fases!

  11. lvdovicvs

    -

    11/01/2011 às 9:04

    Papo de gente insegura. O macho de verdade mesmo não está nem ai, para o tal prazer da fêmea. Problema dela!

  12. zenaide

    -

    11/01/2011 às 0:01

    A mulher depois dos quarenta, tem uma grande vivência sabe o que quer da vida, vai em busca do que é melhor pra ela o que ela merece ter em todas as áreas, a sua grande maioria é indepêndente ñ necessita mais do homem pra sobreviver, são atuantes e competentes naquilo que fazem, em um relacionamento se realizam como mulher ñ existe ilusões e sim realidade assim, encontram a felicidade.

  13. FATIMA

    -

    10/01/2011 às 23:02

    Concordo plenamente contigo JOSELIA!

  14. Osvaldo Jose Pessoa Ferreira

    -

    09/01/2011 às 11:57

    A pesquisa chancela o que ja escreveu o escritor frances Honoré Balzac (1799-1850) na sua obra “A MULHER DE TRNTA ANOS”. Com a maior sobrevida da mulher atual o que ocorria com a de trinta anos daquela epoca corresponde ao que ocorre com a de quarenta de hoje, as citações são interessantíssimas tais como:
    “Uma jovem tem ilusões demais, é inexperiente demais e o sexo é cúmplice demais de seu amor para que um homem possa sentir-se lisonjeado; ao passo que uma mulher conhece toda extensão dos malabarismos a serem feitos. Enquanto uma é arrastada pela curiosidade, por seduções estranhas às do amor, a outra obedece a um sentimento consciencioso. Uma cede, a outra escolhe.”
    “A mulher de trinta anos satisfaz tudo, e a jovem, sob pena de não ser, nada deve satisfazer.”

  15. Celso

    -

    09/01/2011 às 11:08

    O problema é que depois dos 45 perde potência.

  16. Patrícia Cunha

    -

    09/01/2011 às 2:01

    Acredito que a maturidade contribui muito para a qualidade sexual da mulher, mas também as mulheres desfrutam melhor o sexo na faixa dos 40 anos de idade em virtude de elas já estarem estabilizadas em termos profissional e financeiramente, possibilitando assim elas dedicarem mais tempo para a relação amorosa e sexual. Dessa forma, mais tempo e foco dedicados à relação amorosa, melhor será a qualidade do sexo.

  17. joselia

    -

    08/01/2011 às 22:22

    era so ter me perguntado, isso eu e outras mulheres ja sabiamos,kk

 

Serviços

 

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados