Blogs e Colunistas

09/06/2009

às 9:17 \ Casamento

Peguei

Peguei meu marido se masturbando em frente ao computador, olhando uma página de pornografia. Sei que, mesmo tendo uma relação estável, os homens se masturbam. Mas fiquei arrasada.

Olhei o histórico no computador e vi que ele havia consultado muitas páginas. Pensei na história da nossa vida sexual e me dei conta de que ele é totalmente viciado. Entrei em sites americanos de apoio a viciados em pornografia e isso tem me ajudado.

O mais difícil é voltar a ter confiança nele, pois me senti traída e a minha autoestima despencou. Ele diz que está “limpo” há três meses. Só que agora  despe as mulheres na rua com o olhar. Parece que é uma síndrome de abstinência. Como lidar com isso tudo? Como ajudá-lo? Por favor, me dê uma luz.

A expressão “peguei meu marido” é persecutória. Você o pegou como quem pega um ladrão e põe na cadeia, prende e incrimina. Masturbação não é crime e você só ficou arrasada porque para você existe um gozo em ficar assim.

Com que direito você olhou o histórico do seu marido no computador? Acha que ele não tem direito a uma vida sexual imaginária secreta? Todos vivemos divididos entre o que revelamos e o que vivemos secretamente, como mostra Tarja Negra, a peça de Contardo Calligaris. Trata da impossibilidade de fundar a identidade subjetiva na identidade sexual  e mostra que, além da identidade oficial, nós temos uma identidade sexual secreta. Vale a pena assistir este monólogo dirigido por Bete Coelho. Nele, Ricardo Bittencourt está impressionante. Sua interpretação tão forte quanto delicada nos leva a refletir sobre uma das grandes questões da modernidade e incita a superar o preconceito em relação a nós mesmos e aos outros.

Agora, pode ser que o seu marido seja viciado em pornografia e, nesse caso, como qualquer viciado, ele precisa ser ajudado. Mas enquanto você se sentir traída, exigir fidelidade real e imaginária, não poderá ajudá-lo. Não enquanto não aceitar a liberdade do seu marido e a sua.
A fidelidade absoluta é um ideal que raramente se cumpre e isso é decorrente da nossa disposição para imaginar. Uma disposição que  explica o caráter errático do desejo, que passa de um objeto para o outro e pode nos impedir de cumprir as nossas juras de amor.

Quem deseja viver no contexto do casamento tem que ser realista e  consentir na fantasia do outro. Dar ao outro um espaço de liberdade. Em francês existe até uma expressão para isso: donner du large. Significa dar espaço.

Por Betty Milan

Deixe o seu comentário

Aprovamos comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais (e-mail, telefone, RG etc.) e links externos, ou que sejam ininteligíveis, serão excluídos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.

» Conheça as regras para a aprovação de comentários no site de VEJA

110 Comentários

  1. Piki

    -

    13/12/2011 às 9:45

    Sou casada há 4 anos e nossa vida sexual é maravilhosamente ativa (mesmo durante 3 gestações). Sei que eventualmente meu marido recorre à pornografia (mulheres). Confesso que a primeira vez que me deparei com essa fantasia dele, não fiquei muito confortável. Sei que, se quisesse, também poderia pensar que meu companheiro, ao procurar essas imagens, está me traindo, pois “mentaliza” relações sexuais com outras mulheres porque não o “satisfaço” plenamente/absolutamente. Mas nossa intimidade e desejo um pelo outro não diminuiu nem decresceu em qualidade. Me sinto desejada (e desejo) e aliviada por ter uma relação transparente. Lógico que entre o virtual e “euzinha”, de carne e osso, meu marido jamais vacila na escolha. Relaxa, isso não tem nada a ver com amor…

  2. marcio

    -

    13/10/2011 às 18:06

    Não é nada disso. Ele procuro pornografia pois sua mulher é notadamente fria. Ela não consegue dar prazer a ele. Com certeza o próximo passo é a traição.

  3. bela

    -

    28/09/2011 às 18:03

    Acredito que certos artificios ou fantasias são válidas, desde que isso não se torne valvula de escape.As vezes focamos tanto em objetos e fantasias que acabamos esquecendo de sentir a pessoa por inteiro.

  4. Lima

    -

    01/04/2011 às 16:45

    Simples, a mulher faz amor o homem faz sexo… quando a mulher não estiver afim de fazer amor, faça sexo. Garanto que o homem não procurará fotos e/ou pornografias na internet.

  5. dcs

    -

    02/03/2011 às 14:38

    Dando continuidade à discussão só quem já viveu uma situação sabe o que é.
    Não é de hoje que vivo algo parecido. Meu companheiro parece viciado em sacanagem.
    As vezes é difícil aceitar isso, mas é um fato. Nós, pessoas, principalmente mulheres, precisamos entender que todos têm vontades, desejos secretos e ocultos. Todos! Inclusive nós.
    No caso aqui estamos falando de homens, e se a parceira, mulher, companheira não se dispor a fazer parte disso, o homem tem que alimentar isso de alguma forma. Assim como nós mulheres também.
    Quem vive ou já viveu experiências sexuais diferentes sabe do que eu estou falando. O sexo tem tanta coisa boa para ser explorada, mesmo que seja apenas em fantasia, mas o ser humano precisa disso.
    Quando é o caso de doença, ai já é mais complicado. Acredito que o que a amiga tem a fazer é incentivar o tratamento e ter paciência.
    Acredito muito na individualidade, independente de casamento ou qualquer coisa. Somos sempre únicos, ninguém sente o que sentimos, não pensa o que pensamos e ninguém sofre o que sofremos.
    É isso!

  6. Evenim

    -

    31/01/2011 às 17:20

    Independente de qualquer coisa, ela se sentiu ofendida. A resposta da Betty foi PARA ELA. Cada um lida da forma que quiser. Eu xingo meu namorado quando ele fala de outras mulheres, seja em revista, filmes,ou em qualquer lugar, porque isso ME ofende. Acho que esse o problema da moça. Não é se a atitude é certa ou errada, e foi dirigida pela sociedade e blábláblá. Isso tudo é balela. Ela se sentiu ofendida e precisa de um conselho que permita que ela viva bem.
    Penso que cada um tem direito a ter sua vida secreta, desde que não provoque constrangimento em outro.

  7. Gisa

    -

    12/01/2011 às 17:42

    Passei por quase a mesma coisa há um tempo (meu marido só olhava muito páginas de sacanagem, mas nunca o vi se masturbar). Fiquei muito arrasada também, me senti traída e perdi a confiança nele. Conversei com ele a respeito e combinamos o seguinte: ele pode até continuar vendo, mas que eu nunca mais saiba. Se ele quiser que eu saiba me chame pra vermos juntos e até transamos, por que não? Sei que ele não me trai fisicamente, porque estamos sempre juntos, mas acho que ver demais essas coisas não é comportamento de quem queira manter um casamento. Ele me prometeu que nunca mais ia fazer isso e eu vivo feliz assim. Mulher quando quer saber de uma traição, sabe mesmo, conseguimos descobrir sempre. Eu não quero descobrir nada agora, estou muito feliz com ele e o vejo feliz comigo.

  8. Ju

    -

    15/10/2010 às 17:57

    Concordo plenamente com a pessoa que respondeu aos comentários do Sr. Marcelo DF Tagua. Também acho que ele demonstra ser imaturo, egoísta e individualista. Se tiver a capacidade use a empatia!!!

  9. Marcelo DF Tagua

    -

    28/09/2010 às 15:00

    Pare de falar sobre mim e atenha-se ao tópico. Eu dei minha opinião. Se ela não o agrada nada posso fazer. Não adianta me chamar de imaturo, machista e outros adjetivos bobos não me importo. Tenho minha opinião e tenho o direito que todos têm de expressá-la. Não gosta paciência.E pobre mentalmente é aquele que diz apenas o que acha politicamente correto e segue a tendência geral por covardia, comodismo, burrice ou vontade de agradar ( sabe-se lá quem ). Eu prefiro falar o que realmente acho.

  10. resposta 2 ao marcelo df tagua

    -

    26/09/2010 às 23:00

    pelos comentàrios postados por esse Marcelo Tagua nos vàrios topicos que li deu pra perceber que se trata de uma pessoa muito pobre mentalmente, com valores radicais-machistas… e tive a impressao de que se trata de um cara muito imaturo.

  11. Marcelo DF Tagua

    -

    13/09/2010 às 16:00

    Resposta ao estressadinho(a).

    É minha opinião.Se você não acha produtivo o que eu escrevi nada posso fazer a não ser meter a real em você também e dizer que pouco me importo se você acha se tenho ou não o direito de meter a real.

  12. Resposta ao Marcelo DF tagua

    -

    10/09/2010 às 12:05

    Prezado Marcelo, infelizmente as pessoas realmente têm o desejo de dominar o outro. O caso relatado não trata disso. Trata de desrespeito ao acordo firmado no relacionamento dos dois, mesmo que esse acordo seja implícito. É fácil entender a dor da consulente se a situação for invertida e vc se tornar o alvo do desrespeito. Seria doloroso pra vc, posso apostar mesmo que vc não admita a si próprio, observar o desejo de sua parceira (por quem vc nutrisse amor) por um homem que nada se parece com vc. Se ela afirmasse que nada a ver, é só imaginação, provavelmente a pulguinha ia ficar te coçando, mesmo que vc ignorasse. Não é questão de julgar o comportamento, o sentimento, ou a dor da consulente e sim de orientá-la a encontrar caminhos que aliviem sua dor. Ninguém sente errado. E ninguém tem direito de “meter a real sem dó”. Faça um favor a si próprio e a todos nós: quando não tiver algo produtivo a dizer, cale-se. E quando for dizer algo que julgue adequado, utilize um linguajar adequado também.

  13. Marcelo Distrito Federal tagua

    -

    05/09/2010 às 2:49

    O problema das mulheres em relação aos homens, principalmente em relação aos maridos é um só: a vontade de dominar o outro de forma absoluta. Daí essa senhora sem noção achar absurdo o “homem dela” se excitar por outra mulher que não seja a senhora perfeitona. Pior se excitar por uma mulher que nem está sendo vista e tocada de forma “real”. Mulheres parem com essa mania boba de achar que os homens são objetos de vocês e que devem fazer só o que as agrada. Homens de verdade nunca irão se submeter ao que uma mulher acha desejável apenas por ela achar o ideal. E parem de se intrometer na privacidade dos seus maridos.Eu meto a real sem dó.

  14. Nathhy

    -

    09/08/2010 às 15:16

    Oi gente . Boa tarde! eu li e vou ler todos os comentarios daqui dessa pagina .. Pq isso aconteceu comigo na terça-feira passada dia 03/08/2010 … Eu naum sei o que eu faço ,naum sei o que pensar do filho da puta do meu marido .. quando peguei meu marido olhando as fotos eu fiquei com muuuuuuuuuuuuuuuuuuuita raiva e ódio da cara dele e nojo … naum fiquei com raiva pq ele bateu a porcaria da punheta mais sim pq ele mentiu … estamos 6 anos juntos e 1 ano e 8 meses de casamento … Graças a Deus naum tenho filho com ele … naum sei o que eu faço?

  15. Ju

    -

    23/06/2010 às 11:44

    Há alguns meses deixei um depoimento aqui nessa coluna, pra ser mais exata em 25.06.2009. Hoje estou separada. Não acompanho novelas, mas um dia desses uma amiga me falou sobre algumas cenas da novela Passione com o personagem Gérson (Marcello Antony) e Diana (Carolina Dieckmann), e achei muito interessante a colocação dela, ela me disse que identificou com o meu relato sobre o que passei com meu ex. Para alguns pode ser apenas bobagem, mas para outras pessoas sugiro que avaliem, pois eu descobri que “dormia com um inimigo”, hoje tenho certeza que meu ex marido é doente, como o personagem Gérson, achava que ainda era um garotão (com mais de 40 anos, com atitudes de adolescente, talvez “síndrome de Peter Pan” – ?), tinha uma relação doentia com a mãe que ainda o domina (talvez complexo de Édipo – ? Muito complicado e difícil aceitar, mas existe!), não conseguia se envolver afetivamente (realmente!), por isso a dificuldade de manter um relacionamento íntimo, a necessidade da pornografia para se estimular era um dos vícios (DSH -?) que ele não conseguiu se libertar, assim como a “ingênua” cervejinha e o cigarro. Tudo isso eu não descobri porque sou dona da verdade, apenas porque quase enlouqueci e procurei ajuda, ainda faço tratamento com psiquiátra e com psicólogo, e hoje tenho certeza que “eu” não sou doida, neurótica e ciumenta como ele quis me colocar. Muitas vezes eu vi vídeos e fotos de menores no computador, mas eu não queria “enxergar” a doença dele porque eu o amava, e queria ajudá-lo… Então, deixo o meu depoimento para as mulheres que vivem esse drama refletirem: não deixem que o outro destrua sua auto-estima e não fechem os olhos porque todos dizem que isso é “normal” no mundo masculino, cada caso é um caso… e merece ser avaliado. No meu conceito, não existe “certo e errado”, tem países que os homens tem várias esposas e é considerado “normal”… isso depende de cada pessoa, do que é aceitável pra cada um…

  16. maria-clara

    -

    01/06/2010 às 0:15

    Em minha opinião, como uma relação sexual envolve duas pessoas, nos momentos em que uma delas não está “disponível” e a outra deseja o sexo, é natural que essa última recorra à masturbação para obter algum alívio. A questão que fica é a frequência em que isso ocorre, e os motivos que estão por trás. Parcerias em que não há satisfação mútua ou diálogo sobre os conflitos do relacionamento, abrem espaço para que os envolvidos se relacionem com “outras pessoas”, sejam elas reais, virtuais ou imaginárias. Cada caso é singular e apresenta dois lados a serem ouvidos.

  17. lu morena

    -

    24/05/2010 às 11:10

    bety, quero sua opinião, sou casada a 15 anos, tenho 35 anos, meu esposo 39, ele sempre gostou de ver revistas, filmes porno escondido, as vezes eu percebo q ele viu mas finjo q nao sei de nada,tbm gosta de pedir q eu o masturbe, te confesso q isso me excita muito, só q ele não gosta q eu vejo, então tenho q ver escondida e tbm me masturbo, ontem ele ficou sozinho em casa, por algumas horas durante o dia, qdo foi á noite ele foi dormir, eu sempre vou depois, então sem desconfiar de nada, fui mexer no computador como sempre, e ví no histórico vários vídeos pornô que ele esqueceu de apagar, na hora fiquei com muita raiva, comecei a assistir, a raiva passou e fiquei super excitada, fui pro quarto ele tava dormindo, entrei, encostei nele pra q ele percebesse q eu estava lá, então ele me puxou me beijou e nos amamos loucamente foi mto bom, o q devo fazer, falo p ele oq ví no computador, e q sei q ele sempre vê escondido e eu também vejo e me masturbo, ou continuo finjindo q não sei de nada e deixo como tá. o problema é: se ele souber q vejo escondida ele fica louco de raiva então pq só ele pode ver e eu não??

  18. Mariah

    -

    23/05/2010 às 2:22

    Gentemmmmmmmmmmmmm……..que coisa mais boba!!! Eu adoro ver meu marido se masturbar e isso o deixa mais excitado ainda…rsrsrs E olhem que já temos 34 anos de casados……E isso apimenta nossa relação e nos leva a uma relação muito mais intensa!
    Não existe deslealdade e nem traição nisso.Na realidade penso que o homem não sente desejo pela mulher que ele vê na pornografia,(assim como as muheres, é claro) o tesão é muito mais pelo ato em si que pela mulher que lá esta no “computador”..Entre na brincadeira, usufrua e transforme isso em um joguinho entre vcs….Então vcs nunca foram a um motel e curtiram juntos um filminho pornô?????
    È obvio que não se pode chegar a um ponto de vicio, aí sim seria uma doença, mas acreditem…de vez em quanto vale bem a pena.

  19. Pimentona

    -

    16/05/2010 às 11:30

    Entao… lendo os comentàrios se ve o modo livre de pensar dos homens e muito cheios de pudor da mulheres. Tantas falam da masturbaçao como traiçao. Nao conseguem aceitar o fato do parceiro se excitar com imagens ou figuras que nao sejam elas mesmas. Isso tudo è pudor. Eu confesso che fico excitada se vejo filminhos porno de vez em quando. Uma vez abri o pc do meu namorado e vi um baita filminho porno com um neao muito bem dotado… em vez de ficar brava eu assisti o filminho de 5 minutos e depois disse por meu namorado que tava com vontade de transar… na verdade ele ficou chateado porque pensou que eu fiquei toda excitada com o tamanho do membro do cara. De vez em quando uma pimentinha è boa pra esquentar a vida sexual de um casal. Logico que se a coisa è muito frequente e o cara nao se excita se nao ve esses filminhos aì tem um problema que tem que ser examinado melhor. Tambèm as coisas precisam se ditas com carinho, senao chateia mesmo. A gente pode se sentir comparada àquelas mulheres modelos desses filminhos que tem tudo no lugar, perfetinho… como o parceiro tambèm pode se sentir complexado se sentir-se comparado ao atores excepcionalmente bem dotados desses filminhos. A vida sexual de casal è uma coisa delicata de administrar, precisa ser aberta ao diàlogo, cheia de amor e carinho e mais que tudo precisa ser satisfatòria, senao qualquer coisa pode ser motivo de suspeita, màgoa ou sofrimento.

  20. IVAN MARCOS

    -

    04/04/2010 às 12:21

    Isso só mostra o quanto homens e mulheres são diferentes. O que pra um é normal, para o outro é perversão.

  21. Carlos

    -

    21/02/2010 às 13:49

    Voce está invadindo a privacidade de seu marido, casamento não é prisão.
    Contenha-se ou se trate!

  22. Luna

    -

    12/02/2010 às 15:31

    Larissa!!
    Talvez muitos homens dariam umas boas risadas, depois sentiriam que estariam falhando de uma forma ou de outra. E tentariam passar por cima da suposta “humilhacao” e tentar melhorar. Quando alguem se casa, deve fazer a missao de sua vida, satisfazer ao outro, caso pretenda ter um casamento feliz e duradouro. Isso e’ trabalhoso (e delicioso), mas a recompensa e’ enorme. Bons relacionamentos nao caem do ceu. Se fazem.

  23. larissa

    -

    11/02/2010 às 14:09

    Ok, homens,

    vocês estão sempre defendendo seus direitos, que precisam de privacidade e tal. E se o oposto tivesse ocorrido, se sua namorada ou esposa estivesse vendo fotos do Brad Pitt, George Clooney, etc, se masturbando com um vibrador e vocês chegassem em casa? Qual seria a reação de vocês? Não teriam também uma sensação de impotência ? Doeu ou não doeu a cena?
    No fundo vocês só pensam no seus próprios desejos e nos seus pênis, o sentimento das mulheres é que se dane.

  24. mari

    -

    10/02/2010 às 9:05

    Namoro ha dois anos. Meu namoro é otimo em tudo! Nunca percebi nenhum sinal de traiçao da parte dele.
    Mes passado fui viajar. Quando voltei o pen drive dele estava lotado de fotos e videos pornos. E ele me disse que usou enquanto estava fora.

    Durante nosso namoro ele me contou que se masturba frequentemente, sempre fez isso. As vezes ele até brinca falando que acha que é viciado.

    Com esse episodio do pen drive, quando perguntei sobre os videos, não fiz pressão nenhuma pra saber. E ele nao se sentiu pressionado ao responder.

    Não me importei com isso. Por que nao me senti traida. Ele nao trouxe uma mulher para a nossa casa. Ele, nem antes nem depois, despe as mulheres da rua… e até agora provavelmente nunca me traiu.

  25. ricardo

    -

    06/02/2010 às 3:06

    Ah, pelo amor de Deus! Qual o problema de o teu marido se masturbar em frente ao computador? Ele não é teu robozinho não! Mesmo casado com vc, o cara tem também sua individualidade…é por essas e outras que os casamentos acabam. Acho que vc tem ciúme das mulheres lindas que ele deve ter visto na net! Conselho: se vc for policiar todo namorado ou marido teu que vê pornografia na net, então é melhor se preparar pra ficar sozinha. O homem (em geral) tem uma relação prazerosa e totalmente descompromissada com:
    1-MASTURBAÇÃO: pra nós não é e nunca foi motivo de culpa. Gostamos de acariciar nosso próprio membro desde moleques (e vcs mulheres deveriam adotar essa prática, totalmente salutar)
    2-FILMEZINHO PORNÔ: gostamos muito, e não só filmes mas também gostamos de ver mulheres nuas em revistas. Vocês não vão mudar isso pois é do nosso instinto.

    Pra finalizar: ao invés de fazer essa tragédia toda, vc deveria aproveitar essas ocasiões pra criar momentos “hot” com teu parceiro.

  26. Shirley

    -

    05/02/2010 às 10:42

    Bete, é necessário uma correção, a peça teatral a qual vc refere não é tarja negra, mas sim o homem da tarja preta.

  27. Jammie

    -

    23/01/2010 às 23:25

    Muitos relacionamentos tem sido destruidos por que a sociedade moderna considera tudo muito normal, tudo em nome da liberdade e bem estar. Isto se chama egoismo… desde que a pessoa se satisfaca, os sentimentos e valores dos outros nao importam…
    A pornografia/vicio sexual e algo tao serio como qualquer outro vicio e se nao for tratado tera consequencias nao somente para o viciado mas tambem para sua esposa/ familia.
    A era da internet facilitou o chamado ” cybersex”, mesmo que fique so a nivel de internet, causa um distanciamento emocional do conjuge que prefere o “sexo idealizado” com as imagens perfeitas que ve na tela, do que um relacionamento real, com alguem de carne e osso que e a sua esposa… Um relacionamento sexual saudavel acontece dentro de um contexto normal, em um relacionamento de sentimentos reais e nao imaginarios. Para muitas pessoas que tem dificuldade em se vincular, e mais facil se utilizar da fantasia, pois dai nao tem que lidar com a realidade nem sempre perfeita do dia a dia. O viciado sexual tenta medicar seus sentimentos com sexo. Ao inves de buscar a causa de seu comportamento obsessivo, a causa da sua dor, ele entra em um espiral de degradacao que pode leva-lo ao fundo do poco…E muito facil, da internet passar a um encontro real e outro e outro… e como vai estar o relacionamento com sua esposa neste ponto?? Estara ele emocionalmente disponivel?? Claro que nao!! Esta doente com sua propria ilusao… sem contar as doencas sexualmente transmissiveis que podera trazer para sua companheira! E voce, psicanalista, acha que ela nao tem direito em querer saber a verdade?? Excuse me!! Se ele tem direito a esta “vida secreta”, ela tem direito de decidir se quer continuar ou nao com este sujeito… Concordo que a esposa deve ajudar, mas quando ha arrependimento e desejo sincero em buscar ajuda, do contrario nao vai adiantar so a esposa se esforcar…Eu ainda creio naquele ditado que diz que minha liberdade vai ate aonde comeca a liberdade do outro…Privacidade sim pode existir, mas nao falta de respeito… Tudo que voce esta investindo fora da relacao ( neste caso, algo sagrado, chamado sexo no matrimonio) voce esta tirando da relacao e esta muito em breve vai falir se o problema nao for detectado e tratado.

  28. Leonardo

    -

    20/01/2010 às 14:09

    Bah, quantas pessoas não vivem traindo o outro mentalmente e psicologicamente todos os dias? Traindo com indiferença, com falta de amor, etc., mesmo que não tenha fisicamente um(a) amante? Se o cara gosta de se masturbar, acho que a mulher não tem que se preocupar com isso. Pra vocês esse assunto de sexo ainda continua sendo estigmatizado pelos valores religiosos, principalmente no que tange ao pecado.

    Na verdade, sexo é vida e a maior libertação é saber que “parceiro” significa aquele que, junto contigo, te ajuda a satisfazer as suas vontades e suas necessidades. Alguém com quem você pode se abrir e revelar sua intimidade. Em suma, seu cúmplice amoroso, ao qual você dedica sua vida.

    Não to dizendo que se tenha que estimular fantasias esquisitas, partir pra bizarrices ou coisas do tipo, mas cada um deve se conhecer. E no caso das mulheres principalmente… essa síndrome de castração tem privado vocês das melhores coisas da vida. Se descubram também, se toquem assim como os homens se tocam e vão saber que prazer não tem que ser limitado a atos procriatórios a dois, com o fardo de que isso sirva na religião interna como pretexto apenas pra procriação.

    Em suma, não é preciso ter um pênis pra ter direito a ter prazer… ehehe.

    E se seu homem se masturba mas ainda mantém o desejo e o amor, pra mim não tem problema. Por mim o ideal seria até vocês fazerem juntos. O problema é quando isso se torna um vício ou parte pro lado mais da doença e da solidão.

  29. Tina

    -

    14/01/2010 às 0:29

    Eu conheço uma pessoa cujo marido recorria à pornografia na internet com a anuência da esposa. Ela aceitava não porque é ´moderna`, mas porque tem travas sexuais e não correspondia. Hoje eles estão separados. Não dialogaram e ele arrumou outra de carne e osso durante o casamento.

    Eu acho que ´satifazer-se sozinho´ é normal se não interfere ou substitui o ´à dois´, mas não gostaria de estar casada com um homem que recorre à pornografia, mas antes isso do que traição, o que é fatal, ao meu ver.

    Eu ´voltaria a fita´ das conversas com meu marido e tentaria descobrir se ele já se queixou de ´baixa frequência´. É mais comum o homem ter dificuldade em se abrir e ser direto. É claro que uma conversa franca é melhor ainda, mas daí você tem que estar bem preparada e não reagir negativamente se ouvir algo que não lhe agrade, se for o caso.

  30. Rute Teixeira

    -

    08/01/2010 às 9:50

    P A R A B E N S SUPERSINCERO PELO SEU DEPOIMENTO DE 10/1/2009 (19.34h), é difícil ver o depoimento tão real, tão sincero e tão possível de um homem a respeito desta complicada relação homem-mulher no campo sexual……Vc demonstrou equilíbrio, coerência e acima de tudo caráter e honestidade em relação a sua ex´-companheira. ACHEI VOCÊ FANTÁSTICO! Pensei que deveria me manifestar, pois num mundo tão conturbado – ainda se encontra alguém assim. Isto me faz ter esperanças no sentido de que um bom companheiro AINDA É POSSíVEL, sei que terei que garimpar muito ainda, mas um dia espero conhecer um homem desta qualidade….Grande abraço e felicidades!

  31. Adriana

    -

    30/12/2009 às 17:33

    Jorge Oliveira, vc perguntou aos homens somente… mas vou te responder como mulher… É possível, sim, gostar das duas coisas: sexo e masturbação solitária. Por que não?
    Eu adoro sexo. E também gosto de me tocar e tenho prazer com isso, quando não posso ter meu namorado comigo… penso nele, imagino o que fazemos juntos e tenho um orgasmo sozinha… pensando nele, mas sozinha…
    É claro que é muito melhor com ele… o contato do corpo é insubstituível… mas na falta dele…

  32. Ivan

    -

    29/12/2009 às 21:09

    Terrivel não é fato da mulher ter pego o marido se masturbando. Terrivel mesmo foi o texto da pessoa que se intitula como D.Brito. Risos.

  33. Jorge Oliveira

    -

    29/12/2009 às 14:23

    Uma pergunta simples aos homens somente : É possivel gostar das duas coisas ao mesmo tempo. Sexo e Masturbaçao solitária?

  34. D.Britto

    -

    26/12/2009 às 22:17

    Qeria que meu marido sentice a dor nu peito ki eu sinto quando vejo ele se masturbando

    pra uma mulher que naum sou eu,pra mim naum importa se ela ta nu computador

    ou em algum filme

    Indempendent das necessidades dele oq eu vejo é o desejo dele por outra mulher que naum sou eu!!!

    i isso doi ….

    Doi e muito ,vc saber que naum é o suficiente pra pessoa ki vc ama e que ela tem qe ver outra mulher

    pra ter desejo por vc é muito constrangedor só uma pessoa que convive é qem sabe oq estou falando

    vc se sente desvalorisada ,feia,e muito sem graça.

    confeso que naum estou mas aguentando a muito tempo vem em minha cabeça a vontade de me

    separar!

    Tem gent que acha o motivo bobo,mais isso é uma coisa que acaba com a alta estima da mulher

    I uma mulher sem alto estima simplisment se torna aquilo qe realment ela acha que é ou seja

    Feia sem graça e em consequencia desvalorisada!!!

  35. Pimentynha

    -

    25/12/2009 às 22:36

    É complicado…não julgo traição a masturbação, mas neste caso, ele se masturbar em frente ao pc é realmente dificil, pra a mulher ver e aceitar…é aquela velha coisa, a gente sabe que faz, mas não vemos, então é mais fácil aceitar, ou fazer de conta que nem existe…ainda mais para quem não é bem resolvido emocionalmente.
    Eu passei por algo parecido, meu namorado de tres anos adicionou uma mulher ao msn dele, e por um acaso, fiquei sabendo, pois foi adicionada sem ele querer ao perfil publico dele, quando vi, perguntei de quem se tratava, pois era uma mulher de idade bem diferente da nossa, bem jovem, ele nega até agora que a adicionou ao msn e muito menos ao perfil publico…rsrs.Bobinho ele…adicionei-a ao meu msn, e fui sincera, perguntando de onde eles se conheciam, embora ela me garantiu que e tudo virtual, e apenas amizade com muito respeito, minha confiança nele acabou, pois se realmente não tinha a ver, porque escondeu que a conhecia…enfim.Tudo se resume numa coisa só:CONFIANÇA. Quebrou, não dá pra colar…neste caso especificamente da amiga ai do email…ela perdeu a confiança no esposo, está querendo ajuda, mas se eu fosse ela…tentaria passar por cima..mas que é complicado isso é sim

  36. João Barbosa

    -

    12/12/2009 às 7:39

    Pornografia é horrivel. Sei por que a utilizei por vários anos, ainda sou um viciado que esta lutando para se livrar dela.

    É um vício como qualquer outro, só que mas destrutivo, pois destroi a sua ALMA, não estou aqui falando de disturbios pisicologicos, de ALMA mesmo.

    Só vim perceber isso quando me casei a 12 anos, verifiquei que nos dias que mais via pornografia e me masturbava, mas ficava indiferente e frio com as pessoas e principalmente com minha esposa.

    Vi todo tipo de pornografia, das mais senssiveis e lindas e fui evoluindo para as mais bizarras. Um dia acordei de um pesadelo horrivel, eu estava encima de minha esposa, segurando ela pelos cabelos, e assufocando no colchão. Isto nunca mias saiu da minha cabeça. Neste dia tinha visto muita pornografia. Sabia que tinha um problema.

    Muitas vezes quando iamos transar eu estava cansado, frio, sem interesse. Se masturbar é fácil, sexo é dificil. Ter prazer com outra pessoa e dar prazer a outra pessoa é complicado, se masturbar é simples.

    Parei com o cigarro, com a bebida e com a pornografia. Sigu o conselho do AA, ‘Viver um dia de cada vez”. Hoje me sinto livre.

  37. Anônima

    -

    18/11/2009 às 21:08

    Georgia Maria, acho que a diferença decorre de um fator mais cultural que emocional.

    Os homens são criados para serem garanhões, então desde que conseguem, eles aprendem a se masturbar, isso é ser homem. Se o menino de 12 anos não “bater uma” ele é gay, viado, bichinha etc.

    A mulher é criada para ser virgem. Tudo referente ao sexo é errado e tal. Termina virando um tabu.

    Masturbação é uma palavra exclusivamente masculina para 99% das mulheres, apesar de ser a forma mais natural para aprender a chegar ao orgasmo facil, rarissimas mulheres aprendem isso.

    Nenhuma menina fala isso. Isso nunca é mencionado na roda de amugas ou orientado por ninguem.
    E talvez por isso, tantas mulheres são tão travadas, não gostam de sexo, ou não conseguem gozar.
    Não aprenderam quando devia e por isso nunca se tornou algo natural e prazeroso.

    E talvez por isso, achar que masturbação é traição.

  38. Georgia Maria

    -

    14/11/2009 às 9:53

    Lendo os comentários acima, eu acho incrível que homens e mulheres possam formar pares na natureza…
    Somos tão diferentes e tão necessários um ao outro! A sexualidade da mulher é tão diferente da do homem, temos hormônios diferentes, educação diferente, somos moralmente criados de maneira oposta. Acho engraçado como a mulher se sente humilhada quando o homem se masturba apenas por prazer, como se nenhuma mulher, mesma com uma relação estável, não tenha feito o mesmo escondido. Acho mais absurdo ainda colocar religião para salvar o sexo…rsss
    Ás vezes eu acho que mulheres tem inveja da sexualidade masculina, ciúmes sim deles terem menos neuras morais que nós mulheres.
    Deixem os meninos se masturbarem, só não deixem de ser companheiras e participarem da vida sexual deles, como muitas fazem.

  39. SUPERSINCERO

    -

    10/11/2009 às 19:34

    Não fui casado, tive uma relação estável por 3 anos, que resultou em dois filhos lindos. Sou 15 anos mais velho que a ex, uma mulher muito bonita. Na época de namoro era uma ótimo: sexo quase diário. Ela nunca fugia (exceto ”naqueles dias”). Quão de repente passou a me evitar, simular episódios de dor de cabeça, cansaço, apatia, insatisfação e outros. Sou educador físico, me acho culto, me cuido, sem qualquer ocorrência de problema, seja clínico ou psíquico. No ambiente de trabalho sou cortejado, convidado pra happy-hour, elogiado pelas mulheres. Conhecia a época, e ainda hoje, belíssimas mulheres. Nunca a traí. NUNCA MESMO !!! Entretanto, ela cismou que eu tinha caso extra-conjugal. Principalmente após a realização de vasectomia. Ela sempre foi muito reprimida durante o sexo. Mas para mim isto não era fator limitante ou desestimulante. Bastava eu pegar um engarragamento ou deixar de ir em casa no horário do almoço pra ficar sem sexo! Ficava a ver navios. Sentia desejo irrefreado de relaxar, extravasar o estresse por conta do trabalho, com ela, mulher; nunca de forma solitária. Achava desonesto traí-la física e emocinalmente! Uma bela noite fui flagrado por minha companheira me masturbando. Era por volta de 23h, dia de jogo do Brasil! Me masturbei na frente do computador. Senti-me menino, de novo. Mas… bingo! Chega ela, na hora H e me passa aquele sermão, descompostura mesmo. Tentei me explicar. Disse que me sentia sozinho, desamparado, ”sem mulher”, como na época de adolescente diante das revistas masculinas. Disse que preferia ter sexo com ela a viver a ilusão de uma tela de computador. Ela chorou, me ofendeu (usando palavrões que nunca a havia ouvido pronunciar…) Juro que não me magoei. Contudo, a partir daí a relação degringolou de vez. Veio a indiferença, a distância e por fim a separação. Nunca conversamos sobre o ocorrido porque ela fugia, dizia que não queria discutir sobre isto (ou aquilo). Passou a ter nojo de mim. No meu ponto de visto, nada fiz de errado. Nunca contei isso para ninguém. Não por ter receio ou vergonha, mas por privacidade. Hoje penso que talvez fosse melhor ter agido como uma depoente que falou – a SUPERDIREITA: “Se um homem se masturba na frente de um computador, tendo mulher em casa e é flagrado, essa mulher tem de dar o cartão vermelho, se separar e cair fora. Mas, se ele for conveniente, rico, enchê-lo de chifres. Não existe meio termo”. Agora pergunto: e se o cara for honesto, sincero, fiel, tiver ”pegada” e a mulher foge dele por conta da história contada por mim, o que deve o homem fazer. Hã??? Chifrar não acho justo! Deve abandonar? Ou arrumar mesmo amante? Eu abandonei, atendendo a pedido dela para deixar a casa! Ficou com 2 filhos, amargurada e me difamou para a família dela! Devo lembrar que sempre procurei sexo com qualidade, depois quantidade. Nesses quase 5 anos de separação tive pouca qualidade, admito. Mas quantidade não posso reclamar! Hoje tenho a convicção que para o homem ter sexo com “qualidade” precisa estar disponível, pois se estiver ”amarrado” depende de boa vontade da outra parte. Sinceramente, vejo a masturbação como forma de descarrego de energia, uma forma até de se evitar a traição! No filme Quem Vai Ficar Com Mary (Ben Stiller e Cameron Diaz) tem uma cena hilária: ele se masturba pra evitar o sexo no primeiro encontro. Ciúme, sentimento de posse e medo de ser traída são os maiores defeitos da mulheres. Desculpem-me a franqueza!

  40. Flor28

    -

    04/11/2009 às 11:19

    Betty gostaria de ajuda… eu também peguei, antes não tivesse pegado… sou casada há um ano, somos felizes e vivemos bem, mas sempre estranhei algumas coisas desde o namoro, me lembro que o primeiro filme porno que meu marido colocou para assistirmos tinha travesti e homem com mulher até então homem com mulher ótimo mas homem com homem ou travesti achei estranho… mas td bem passando o tempo ele nunca mais viu jogamos td fora o q tinhamos sem eu comentar nada, mas como disse peguei no msn dele alguns nomes estranhos de amigos tipo assim puagostos@ entendi me desculpe em ser clara… então ai comentei com ele sobre essas coisa ai ele me disse que foi algumas pessoas q ele add antes de me conhecer “nisso acreditei” e que ele falava as vezes só para zuar etc… passou… ele excluiu o msn dele e fez um novo que tb tenho a senha, pq ele me deu… pois nunca entro e qd entrei peguei… logo em seguida q abri aqui em casa ele abriu no trab… e apareceu um cara para ele add eu ignorei mas ele aceitou e como eu estava com o meu aberto ele me chamou e conversamos como de costume ai então vi o assunto deles… quase morri chorei me acabei e quis o divórcio… brigamos, conversamos e perdoei mas msm assim questiono mt e ele me diz que nunca saiu com outro homem, que nunca teve desejo por outro homem mas que ele gosta e se sente bem qd outro homem admira ele “por ele ser forte, bonito etc…” não acho isso normal, mas tb pensei o seguinte msm meu marido sendo bonito, forte etc… ele tem sua alto estima mt baixa tento elevar mas ele se sente feio, magro, fraco etc… será que isso existe ou meu marido é gay msm??? tudo bem que dizem que a mulher se arruma para outra mulher que não é o meu caso, homens são assim tb? gosta de ser admirados por outros?

  41. Maria José

    -

    02/11/2009 às 22:01

    Oi Betty tudo bem? estou lhe escrevendo para contar oqe aconteceu comigo.
    Na minha casa tem um cestinha, que sempre tem um ou dois livros, um livr de matemática, (minha filha é prof. de matemática, umas revistas infantis, para meus netos e a revista Veja,neste feriado do dia de finados, peguei a revista para ler e estava na pagina da sua coluna que comentava”O tabu da morte”.Graças a Deus , eu vejo a morte como a coisa mais certa nessa vida.(porque dela ninguem escapa).Mas o que eu achei interessante logo hoje no dia de finados acontecer isso.Gostei muito da sua colocação e fiquei sua fã.Não vou mais perder sua coluna.
    Um abraço.MariaJosé

  42. Galadriel

    -

    23/10/2009 às 15:36

    1o problema: Você não pegou ele com outra na sua cama, você pegou ele satisfazendo um desejo
    solitário dele. Ele não estava te traindo.

    2o problema: Você foi olhar o histórico dele no computador. Nesse momento você invadiu a privacidade dele. O que te impede agora de olhar o historico de emails? As cartas? Os bolsos? O celular?
    A privacidade dentro de um relacionamento é essencial. Você pode até ter a senha do seu marido mas só deve mexer no computador dele se ele pedir ou deixar. Onde está o respeito ao espaço dele. Sem respeito relacionamentos degeneram e acabam.

    3o problema: Você acha que é vicio e o recrimina como se ele fosse um drogado ou alcolatra;
    Dizendo que ele está “limpo” a 3 meses!
    É natural se masturbar. Tem gente que gosta. Onde está o problema. Talvez você não consiga suprir a necessidade dele completamente, ou talvez seja um hábito que ele adquiriu na juventude e que gosta. E que não tem nada haver com o relacionamento de vocês.
    Recriminá-lo por causa de uma besteira dessa é infantilidade. Ele não está lhe traindo. Ele está apenas se divertindo sozinho. Ou você nunca olhou um homem bonito na rua e apreciou a paisagem, ou leu um livro ou viu um filme e achou romantico o personagem. Você estava traindo seu marido nessa hora??? Não! É a mesma coisa.

    Dê espaço para ele, respeite a privacidade dele como você quer que respeitem a sua. Não o trate como um doente. Você só está desgastando o relacionamento que vocês tem, criando um inferno em casa.
    Em vez disso, seja mais atraente, busque ele, crie mais oportunidades dentro do relacionamento para vocês transarem. Se ele gosta, assista com ele os filmes pornos, criem fantasias juntos. Criem atividades em comum. Se interesse pelo que ele gosta. E principalmente deixe ele se masturbar em paz quando ele quiser.

  43. Paulistano 50

    -

    18/10/2009 às 21:37

    Olha, escute o que a Mariana disse, se ele se masturba regularmente é por que você não está satisfazendo as necessidades dele. Pra mim masturbação não é traição. Traição seria se ele saísse com outra.

  44. SUPERDIREITA

    -

    18/10/2009 às 12:05

    Se um homem se masturba na frente de um computador, tendo mulher em casa e é flagrado, essa mulher tem de dar o cartão vermelho, se separar e cair fora. Mas , se ele for conveniente, rico, enchê-lo de chifres. Não existe meio termo

  45. Eduardo Fernandes

    -

    17/10/2009 às 1:50

    Completando o meu raciocínio, no comentário anterior, para não ficar fora do contexto do tema, sem querer ser o dono da verdade, creio que o homem que se masturba, com todo o respeito, é um homem que se desperdiça, seja num vaso sanitário, ou numa tela de computador. Se é para fazer, faça em carne e osso, sempre se tem uma oportunidade.

  46. Eduardo Fernandes

    -

    17/10/2009 às 1:41

    Betty, para mim, vc brilhante como quase sempre, e ótima como sempre. Como advogado da área de Família, observo muito a reações de clientes , de casamentos desfeitos, os motivos. Quando não observo, a situação vem a mim aberta, escancarada. Não sei se vc concordaria comigo mas penso que os homens muito inteligentes, seguros, frios , intangíveis, complicados mas doces, distantes, ensimesmados, quase sempre de olhar um tanto perdido, fortes e maduros, mas com um certo quê infantil às vezes, que vivem muito dentro de sí, que falam pouco, que nunca discutem e por não discutir não têm de pedir perdão, mas NÃO insensíveis , que dão muito bem seus recados sexuais e financeiros são os de maior cotação no mercado. Parece que as mulheres gostam de sofrer e garimpar o interior dos homens e tentar entender, ainda que com certa angústia os que são sinuosos. Tenho pra mim que, no imaginário feminino das mais bem dotadas intelectualmente, homem que tem de ser traduzido é homem que vale a pena. Parece que a PREVISIBILIDADE, a linearidade é um “acaba tesão” para as mulheres que também valem a pena. Aquele que se abrir muito, está perdido. Li uma vez uma entrevista com a estonteante Sharon Stone na sua época de símbolo universal sexual ( para mim mais forte do que Marilyn Monroe, por ser muito mais inteligente) . A repórter perguntou: v que é hoje a mulher mais desejada do mundo, diga quando é que um homem passa a não interessar mais a você? . E ela respondeu: Para mim, um homem desmorona , quando PERDE SEUS MISTÉRIOS !!!!

  47. Helbert

    -

    13/10/2009 às 16:11

    Luiza,

    o seu namorado não está fazendo nada com você. Ele está se masturbando. Está proporcianando prazer para si próprio, de uma forma que você não pode fazer, pensando em coisas que provavelmente não estão relacionadas com você. Provavelmente, ele não quer sua participação, naquele momento exato, por isto ele não te acorda. Não há nada de errado com você ou com o sexo entre vocês. Ele está exercendo um direito dele, que deve ser respeitado. Você não tem nada a ver com isto e não deveria interferir.

    Pode ser que você não tenha o desejo de se masturbar e não se masturbe. Existem pessoas que não gosta de se masturbar. A maioria das pessoas que gostam de sexo (uns 50% das pessoas não gosta), gosta de se masturbar. Se 50% das pessoas não gosta de sexo e apenas 50% das que gostam gostam de se masturbar, chegamos ao cálculo de que 25% das pessoas gosta de se masturbar. Você tem o direito de não gostar. O corpo é seu, você o usa como quiser. Ato contínuo, o corpo do seu namorado é dele, ele o usa como quiser, já que não está comentendo qualquer atentado contra as leis (pratica o ato de portas fechadas, nem a você está ofendendo).

    As pessoas tem a mania de possuir os parceiros. Parecem que os compraram em uma loja. O seu namorado, neste momento, deve estar pensando isto de você (“Será que ela acha que é minha dona?”). Espero que você perceba que está invadindo a privacidade dele. Agora, ele tem que esconder mais uma coisa de você. A situação que você está criando irá distanciar vocês um pouquinho mais. Boa sorte!

  48. Luiza

    -

    09/10/2009 às 16:34

    Tenho problema com masturbação do meu namorado. Estamos juntos há quse 10 meses e temos uma vida exual ativa. Nunca neguei fogo, pelo contrario até o procuro. Mas um dia notei que ele havia se masturbado no banheiro da minha casa. Perguntei e ele confirmou. Fiquei arrasada, me sentidndo rejeitada. Perguntei porque não me procurou, disse que tava com pressa e euta dorimindo, o que não é verdade pois muitas vezes ele me acordou pra isso. Mas prometeu não fazer mais. Porém hoje percebi que ele fez novamente e le negou. Tenho 31 anos e ele também. gostaria de opiniões sinceras dos homens e saber porque ele pode estar fazendo isso comigo. Me sinto mal e agora ele mentindo me sinto pior ainda, pois desde o 1] mês de nosso namoro, devido as decepções que ja tivemos prometemos ser sinceros um com o outro, doa a que doer.
    Obrigada!

  49. Amiga

    -

    23/09/2009 às 15:03

    Bom, acho isso uma falta de caráter do marido dela até porque quem ama de verdade não vai sentir desejo por outra pessoa nem mesmo um desejo virtual. Falo isso por causa de mim, porque antes de amar alguém pensava da mesma forma que muitos estão se expressando, porém, há quatro anos sei o que é amar de verdade e meus pensamentos são totalmente diferentes de antes. Antes eu até falava que amava e tals, só que sempre sentia desejo por outra pessoa, vontade de beijar e etc. Já hoje em dia não conto as horas para ficar ao lado da pessoa em que estou há quatro anos e olha que dormimos juntos todos os dias.Agora vão me dizer que o pensamento da mulher é diferente do homem? Em fim quem ama até mesmo o homem vai querer sentir desejo somente pela pessoa amada e isso sei por experiência própria de amigos que também não vivem sem sua mulher.

  50. CELESTE

    -

    21/09/2009 às 2:07

    na maioria dos casos ela esta sempre mandado se separar do marido ou procurar ajuda com profissional acho importante sim mas,assim é facil ate eu faço, acho q as pessoas deviam buscar mais a DEUS a vida de ninguem é perfeita mas ELE nos da sabedoria e escape quando oramos e colocamos nossas vidas com FÉ dinte d’ELE ore a DEUS EM NOME DE JESUS E ELE TE OUVIRÁ temos colocado a culpa de tudo o q acontece no mundo em DEUS mas nao temos deiixado q ele entre mais em nossas casas nem em nossas vidas ELE como é um cavalheiro nos deu livre arbitrio esta ai o resultado.

  51. Selma

    -

    17/09/2009 às 0:22

    Eu não acredito em traição virtual, mesmo pq a maioria que está do outro lado da tela, só tá querendo mesmo esvaziar sua mente com tantos problemas.Muita gente, acredita que é traição, então eu acho que deveriam proibir a venda de revistas masculinas como playboy.Uma mulher inteligente, dona absoluta da situação, sabe que não existe mentes fiéis….até mesmo pq não somos cegos, não é mesmo? O nosso subconsciente nos entrega a cada momento.Duvido que alguém aqui nunca tenha tido um sonho erótico com homens ou mulheres que até nunca viram.A vida cotidiana acaba com qualquer fantasia, e isso tudo faz parte da natureza.Podemos frear as nossas palavras, mas nunca conseguiremos frear nosso subconsciente.

  52. Mariana

    -

    18/08/2009 às 12:33

    Que horror a maneira que falam da mulher, como se ela fosse uma ditadora. Ditadores não pedem uma segunda opinião. Ela está pedindo ajuda.
    Culpam-na como se fossem membros de um tribunal.Essa página é para debates, opiniões construtivas!
    Realmente a fidelidade absoluta só existe nos contos de fadas e todos temos o direito a liberdade, por exemplo de sentir desejo por outra pessoa. Isso é natural.
    Para a leitora, se o seu marido recorre a uma tela de computador e nao for um vicio, você precisa entender o por que ele nao procura você, descobrir qual a lacuna a preencher no relacionamento do casal. Provavelmente vicio nao é, por que agora ele se julta “limpo” e passou a comer as mulheres com os olhos. Na minha opiniao, ele tem desejos sexuais que nao sao satisfeitos. No seu lugar, primeiro entenderia que ele tem direito ao desejo e depois descobriria o que falta, o que precisa preencher no relacionamento do casal.

  53. Vinicius Vieira

    -

    09/08/2009 às 23:00

    Lastimável uma mulher invasiva e autoritária como essa. Provavelmente não sabe ser uma mulher sexy e atraente. É uma mulher autoritária, e o pior de tudo é que o frouxo do marido se deixa mandar dizendo que esta “limpo” a tantos meses. Uma coisa posso te dizer com certeza: Quem precisa de ajuda não é seu marido e sim você. Aprenda a ser atraente, sexy e a satisfazer os desejos sexuais do seu marido. Essa Blanca provavelmente é a dona do email. Betty está de parabens pela imparcialidade.

  54. barros

    -

    06/08/2009 às 9:01

    por experiência própria, este marido só estava se masturbando pq a esposa ñ está muito preocupada com as necessidades sexuais dele. Digo mais, ele ama muito a esposa pois, apesar da falta sexual dela, ele ñ a trai com outra, ou outras. Ele a ama tanto q se castra e prefere cometer apenas essa “traição” virtual. Garanto que ele já expôs pra ela o descompasso sexual que vivem e garanto também que ela desconversou. Se ela o amasse tanto, com certeza ele ñ estaria se masturbando sozinho. ao contrário, ela estaria participando da farra.

  55. Mirna

    -

    31/07/2009 às 5:19

    Ele gosta mais de sexo do que ela. Ela nunca vai entendê-lo. Quem não gosta de jiló não entende quem gosta e vice-versa.

  56. Edomm

    -

    30/07/2009 às 0:32

    Cada pessoa tem seu ponto de vista. O problema é : quem vai definir se um posto de vista está certo? Antes de expressar o meu ponto de vista, sobre o tema da pornografia, quero deixar claro que eu creio que Deus existe e que tudo o que fazemos importa. Se Deus não existe, então a violência, a pornografia, a pedofilia é normal.
    Nenhuma esposa ficaria feliz ao ver que o seu companheiro esta buscando satisfação sexual na internet. Acredito que o marido dessa mulher ficou infeliz, envergonhado por ser pego. Gostei do termo “pego”, porque o que ele roubou dela foi a auto estima, a alegria, a confiança. Nesse sentido ele é um ladrão. Agora , ela tem todo direito de investigar a vida do marido, afinal eles “são uma só carne”, significando um só propósito, uma só alma.
    Eu estava lendo o conselho que foi dado a querida leitora, e posso dizer que você tentou achar agua em uma cisterna seca… O seu marido precisa conhecer a Deus, ele precisar entender que daqui a 100 anos, ele terá que responder por cada ato. Ele te traiu sim, porque o pecado sempre começa na mente, como disse JEsus : Se alguem olhar para uma mulher com intenção impura já cometeu adultério em seu coração. Vamos deixar Jesus falar, vamos deixar nossa consciencia falar. Ele errou, ela ficou triste. A saída é simples, jogue fora o seu computador, instale algum programa , converse com ele, de uma Biblia de presente a ele. Você esta certa, mas olha: trate ele com carinho porque nesses momentos você tem que perdoar e procurar ajuda-lo. PERDOAR É JAMAIS LEVANTAR A OFENSA CONTRA O OFENSOR..ATÉ

  57. Dario Costa

    -

    16/07/2009 às 16:27

    Betty errou no seu comentário. O que está acontecendo é q o mundo ocidental está poluído de pornografia, Existe na mídia escrita, falada, o projeto político do orgasmo. Botaram nas mentes masculinas e femininas que o ato principal, primordial, é gozar, gozar, gozar, gozar, uma sequencia sem fim, como se isto fosse a felicidade eterna, Gente entendam: sexo é consequencia e não princípio.analisem o prazer carnal em si. Puro instinto animalesco. Faz bem a saúde, relacha, lógico que sim. Porém raciocinem!! Somos dotados de memória, raciocínio lógico(razão), sentimentos, percepçaõ, consciência….etc,,.Então para que prazer maior do que ter alguém, família, amigos, do seu lado, sua namorada, sua esposa, a presença de espírito destas pessoas íntimas nos faz bem, nos move no amor, nos realizam como seres humanos num sentido maior da existência. Porque não enxergar o sorriso, a profundidade de um olhar, a plenitude de praticar o bem, ser justo, desenvolver pesquisas, tudo isso aparece da capacidade do ser humano de pensar, criar, imaginar. O que acontece é que estão colocando o sexo, o prazer,como o ápice, esquecendo-se de que não passa de 15 segundos de êxtase total. É gostoso, é bom, é uma maravilha, não resta dúvida. O foco da questão, é que exageram, ultrapassam os limites do bom senso, se tornam viciados exclusivamente do gozo, do orgasmo. Talvez uma fuga de um problema maior, A TARA, A COMPULSÃO SEXUAL, aí reside todos os tipos de fantasias, aberraçaões que fogem da normalidade. Eu não concordo com a liberação, com a permissão de que faz com quer, na hora q quizer, em nome da liberdade, do livre arbítrio, da beleza dos corpos, rostos lindos, é só alegria!!!!! Isto não passa de vazio existencial, da falta de amor, de agir com a razão, e não com a cabeça de baixo, ou clitoriana. Os viciados em sexo praticam todo tipo de variação, posiçaões;somente, exclusivamnete em nome do PRAZER!!!!

  58. Blanca

    -

    14/07/2009 às 15:00

    Acho que você poderia ter sido mais sensível com a leitora de sua coluna. Você critica a intromissão na vida do marido e foi bem seca e agressiva. Acho que você não tem educação, apesar dessa fala toda envernizada e supostamente culta.

  59. Raimundo

    -

    12/07/2009 às 12:46

    Betty errou no seu comentário. O que está acontecendo é q o mundo ocidental está poluído de pornografia, Existe na mídia escrita, falada, o projeto político do orgasmo. Botaram nas mentes masculinas e femininas que o ato principal, primordial, é gozar, gozar, gozar, gozar, uma sequencia sem fim, como se isto fosse a felicidade eterna, Gente entendam: sexo é consequencia e não princípio.analisem o prazer carnal em si. Puro instinto animalesco. Faz bem a saúde, relacha, lógico que sim. Porém raciocinem!! Somos dotados de memória, raciocínio lógico(razão), sentimentos, percepçaõ, consciência….etc,,.Então para que prazer maior do que ter alguém, família, amigos, do seu lado, sua namorada, sua esposa, a presença de espírito destas pessoas íntimas nos faz bem, nos move no amor, nos realizam como seres humanos num sentido maior da existência. Porque não enxergar o sorriso, a profundidade de um olhar, a plenitude de praticar o bem, ser justo, desenvolver pesquisas, tudo isso aparece da capacidade do ser humano de pensar, criar, imaginar. O que acontece é que estão colocando o sexo, o prazer,como o ápice, esquecendo-se de que não passa de 15 segundos de êxtase total. É gostoso, é bom, é uma maravilha, não resta dúvida. O foco da questão, é que exageram, ultrapassam os limites do bom senso, se tornam viciados exclusivamente do gozo, do orgasmo. Talvez uma fuga de um problema maior, A TARA, A COMPULSÃO SEXUAL, aí reside todos os tipos de fantasias, aberraçaões que fogem da normalidade. Eu não concordo com a liberação, com a permissão de que faz com quer, na hora q quizer, em nome da liberdade, do livre arbítrio, da beleza dos corpos, rostos lindos, é só alegria!!!!! Isto não passa de vazio existencial, da falta de amor, de agir com a razão, e não com a cabeça de baixo, ou clitoriana. Os viciados em sexo praticam todo tipo de variação, posiçaões;somente, exclusivamnete em nome do PRAZER!!!!

  60. tatiana

    -

    12/07/2009 às 11:31

    MULHERES ACORDEM!!!! Pra que sofrer tanto com esse bando de homens que não valem um centavo na vida de vs?, sejam menos romanticas, deixem de imaginar o modelo de homem perfeito(e ninguém o é) que será para todo o sempre, o leal, o voltado para o centro de todas as coisas, que é o lar, a esposa e os filhos!!!!! se quizerem tudo isso, garanto a vcs, que se fizerem filhos independentes, constituirem uma familia independente, FAÇAM !; a mulher é a verdadeira organizadora do lar e dos filhos. Vejam exemplos nos animais, sempre é a femea que caça, e que dá o amor e educação para seus filhotes, O homem tem seus FALOS, na testa, onde quer que se vire,ele o Falo, estará sempre erecto…. TENHÃO SIM, SEUS HOMENS, mas DESCARTE-OS assim que sastifizerem seus desejos. Vão por mim.!!!!

  61. cristiane

    -

    08/07/2009 às 1:35

    Na minha concepçao é ridiculo o que Betty escreveu a essa pobre mulher!!!So sendo uma mulher fria, que nao ama seu marido que nao faria o mesmo. Que tipo de mulher nao se sentiria como ela se sentiu traida se sentindo feia e ate insuficiente pro seu marido.Revista completamente tola…comentarista pessima nao seu como ainda nao perdeu seu emprego.Se situa aprenda a dizer coisas boas as pessoas e ajudar nao colocar pra baixo e desmoralizar essas pessoas!!!

  62. Re

    -

    07/07/2009 às 17:25

    Ola,

    aconteceu comigo tambem. Nao me achei traida em momento algum como esposa, me senti chateada por nao ter sido incluida. Eu tambem gosto de pornografia, gosto de ver homens bonitos, o ato sexual. E confesso que tambem olho e assisto. Entao resolvemos o seguinte: fomos francos em dizer um ao outro, va em frente e veja o que quiseres, e quando quiseres, me chama. Lembrando sempre que o outro eh livre para fazer o que sentir prazer. A unica coisa que eu pedi: quando sentires vontade de ter sexo com outra pessoa que nao eu, seja sincero e me diga. Nao vou dizer nao, mas vou me sentir liberada tambem. Somos antes de marido e esposa, AMIGOS que querem a satisafacao maxima do parceiro. E por eu amar tanto ele (e me amar tanto quanto), quero so o melhor pra nos dois! Nao tenho vocacao pra freira nem quero reprimir marido, credo!

  63. Roberto Pereira

    -

    30/06/2009 às 1:42

    O que essa matrona policiadora deveria fazer é pensar: porque o maridão está procurando pornografia se ele tem, ao lado dele, uma mulher de verdade? E não adianta impor limites porque o desejo sexual é que nem uma fome. Se ele não tem o que quer em casa, ele vai procurar na Internet ou, pior, na rua! Não seria o caso de se REPENSAR esse Estado Policiador dentro de casa, abrir mão dos preconceitos e ir lá se divertir com ele? E todos nós somos viciados em alguma coisa: cigarro, cinema, TV, livros, sexo, drogas, etc. Resta saber ATÉ QUE PONTO esse vício está prejudicando alguém. Até o momento, a única prejudicada foi a Dona Patroa que viu seu poder caseiro ser diminuído… Fora com o policiamento!

  64. carlos a. goldenberg

    -

    27/06/2009 às 15:23

    Parabéns pela sua clareza e objetividade na analise deste caso, que é muito comum, eu afirmo já que milito na uro-sexologia e vejo esse problema habitualmente, fidelidade física e psicológica é pedir demais, é querer prender a mente do parceiro(a). Gostei.

  65. luisa

    -

    26/06/2009 às 17:08

    Ap¿s ler os 45 coment¿rios, fiquei feliz por ¿ ser anormal…Casamento precisa de amor e respeito…eu ¿ me casei pra ficar assistindo meu marido se masturbar vendo pornografia…e vice-versa, claro ! Instinto sexual, fantasias, s¿o normais dentro de um limite…faz parte da vida adulta controlar seus instintos e atos, especialmente dentro de casa…

  66. Dani

    -

    25/06/2009 às 17:15

    Também fiquei decepcionada com sua resposta, Betty. Talvez valesse pra alguma revista feminina da década de 60 do século XX, aconselhando alguma dona-de-casa aflita: “deixe seu marido em paz, ele precisa disso tudo, recolha-se à sua insignificância, mulher xereta”.Leia o livro “Pornificados” de Pamela Paul, muito interessante sobre o assunto e revela um grande problema decorrente do excesso de pornografia. Não é nenhuma ladainha de alguma religião, é mais sério do que você colocou na sua resposta.Volte a estudar um pouco mais…

  67. Ju

    -

    25/06/2009 às 12:40

    Sou leitora desta coluna, e me decepcionei muito com sua resposta Betty. Infelizmente eu sou mais uma que também vive esse conflito. Meu marido chegou a ponto de não ter mais prazer com outras atividades como sair com os amigos e tomar a tão adorada cerveja. Diversão pra ele é ficar na frente do computador… vendo pornografia. Hoje eu sei que ele vê escondido na minha ausência. Como estava em excesso, discutimos muito sobre o assunto, questionei sobre a nossa relação, mas ele sempre diz vai se desprender e focar mais no nosso relacionamento. Fico achando que ele não está satisfeito comigo e por isso fica sempre nessa busca incessante por “novidades”. Acho normal ter fantasias, mas não acho saudável a pessoa trocar um mundo real por virtual (que aliás em minha opinião é muito vazio). E isso estava acontecendo conosco à medida que ele ficava mais viciado. Durante muito tempo me senti culpada, tentando encontrar falhas minhas que justificassem esse comportamento dele, até que comecei a somatizar esse sofrimento e adoecer. Não me sinto desejada e sim desvalorizada. Tomei a decisão de me separar se o comportamento dele não mudar. Não pelo fato dele ver mulheres nuas, mas pela “necessidade” que o leva a isso. Hoje entendo que ele não é obrigado a mudar, mas eu também não sou obrigada a aceitar tudo.

  68. Marie

    -

    20/06/2009 às 19:42

    “pegar” sua estranho, pois quem n/ tem fantasia que atire a primeira pedra…Eu tenho muitas e daí?????Prova que estou viva… Nada a ver ficar vigiando o marido no ele faz…

  69. D

    -

    20/06/2009 às 14:26

    Nossa, achei seu comentário tão superficial. Melhor você mudar de profissão.

  70. Flávio Filho

    -

    17/06/2009 às 17:29

    Se ela “pegou” o cara se masturbando na frente do computador, é porque isso já está bem fora de controle. Logo, logo os filhos vão acabar se deparando em uma situação dessas, e ai como fica?Acho que o homem tem que manter uma postura dentro de casa, senão perde a moral. E agora, se ele pegar a mulher fazendo o mesmo? Vai falar o que?Já ví coisas parecidas acontecerem com uma amiga minha, no final o cara se entregou totalmente ao vício, que não era a pornografia não, era o alcoolismo. O descaramento era só um sintoma, de um problema bem maior.

  71. Flávio

    -

    17/06/2009 às 9:20

    Esse é um problema que tem atingido muitos casais. E comigo, inclusive. Sugiro a você, amiga, que assista ao filme “Prova de Fogo”. Nele nos vemos e nos identificamos. Graças a Deus meu casamento mudou da água para o vinho, pois hoje vejo a maravilhosa mulher que tenho ao meu lado, mas que um dia desprezei.

  72. Beto

    -

    15/06/2009 às 20:22

    Creio que o relacionamento deste casal deve estar em frangalhos. Em momento algum ela esclarece como anda a vida sexual do dois. Fantasias todos nós temos e ela se não tem precisa comerçar a praticá-la. Que era faça uma acordo com seu marido e comecem a discutir (no bom sentindo) quais são suas fantasias e uma maneira de realizá-las. Garanto que ele vai esquecer o computador.

  73. Márcia

    -

    15/06/2009 às 9:09

    Quem procura, acha!!!!!

  74. ze

    -

    14/06/2009 às 17:56

    Ja agi assim e e’ errado sim. Estava dsetruindo meu casamento sem perceber. Estimo que o tratamento traga melhoras ao marido.

  75. ze

    -

    14/06/2009 às 17:56

    Ja agi assim e e’ errado sim. Estava dsetruindo meu casamento sem perceber. Estimo que o tratamento traga melhoras ao marido.

  76. MARIA OLGA BARACUHY CAVALCANTI

    -

    13/06/2009 às 15:32

    Duvido das pessoas que não fantasiam nem fazem uso de leituras sobre o tema. Mas no caso em voga me parece que o casal é muito infeliz. Em nenhum momento ela aborda como anda sua vida sexual, muito menos a do marido. Mas pelo visto isto é inteiramente dispensável. Masturbar-se é uma das primeiras coisas que o ser humano aprende no despertar de sua sexualidade, mas em frente ao computador, conforme foi dito, demonstra antes de tudo uma carência infinda e um tipo de solidão que dói. Quem sabe eles mantenham um código conjugal cujo desenrolar somente o espelho possa desvendar??

  77. Luis

    -

    13/06/2009 às 10:49

    O que a mulher dele espera?Que o marido sinta desejo sexual exclusivamente por ela?Quanto egoismo…

  78. Ann

    -

    12/06/2009 às 18:35

    Concordo com a Betty quando ela sustenta que não podemos querer ser donos do pensamento e da fantasia do outro. Este desejo de posse e controle é inútil (não funciona) e egoísta (por fazer pouco caso da subjetividade do outro). Mas, ao mesmo tempo, não considero nada saudável a fantasia deste homem. Este casamento deve estar MUITO esvaziado, tanto sexual quanto afetivamente. Do contrário, homem nenhum partiria para esta fuga tão triste e solitária, e tão desesperadamente. Ele pode sim ter problemas, mas este casamento é definitivamente algo a ser questionado. Acho que as mulheres que vivem esta situação precisam avaliar seriamente se desejam permanecer em uma relação onde o desejo do homem está em todos os lugares, menos nelas mesmas.

  79. Maria Francisca

    -

    12/06/2009 às 17:20

    Pensei na música Ponto de Interrogação, do Gonzaguinha. Ele fala do menino sozinho, no antigo banheiro, folheando a revista, comendo as figuras. Esta carta me fez pensar que o banheiro era mais seguro. Pelo menos ninguém vasculharia as páginas acessadas.

  80. Eddy Latrônico

    -

    12/06/2009 às 14:22

    Como hoje é dia dos namorados, achei bonitas este trecho escrito pelo Monsenhor Jonas Abib e estou postando Os namorados precisam do amor puro um do outro. Precisam antes, e acima de tudo, ser amigos, grandes amigos, verdadeiros amigos, com tudo aquilo que a amizade comporta. Pena que muitas vezes não seja assim. ¿Namorar¿, ¿namoro¿ e ¿namorados¿, vêm de ¿enamorar¿. Este é um verbo interessantíssimo. Veja que a palavra é en amor ar. A raiz e o centro é amor. Este amor está precedido da partícula grega ¿em¿, que indica ação de envolver. Portanto, enamorar é envolver o outro em amor. Você entendeu? É um verbo lindo. É uma palavra forte. Enamorar é envolver o outro em amor. Amor puro. Amor desinteressado. Amor verdadeiro. Namorados são aqueles que ¿se enamoram¿, que se envolvem um ao outro neste amor.Você já percebeu como rapazes e moças mudam radicalmente quando começam um verdadeiro namoro? Há namoros que conseguem verdadeiros milagres de transformação. O que nada nem ninguém tinham conseguido antes, um namoro consegue… e a transformação acontece. Por quê? Porque o amor verdadeiro traz o segredo da transformação: o próprio amor. No namoro verdadeiro um envolve o outro no amor e isso muda, corrige, amadurece, faz crescer, transforma, converte, consegue verdadeiros milagres!

  81. Juliana

    -

    12/06/2009 às 13:31

    Na minha opinião o melhor comentarista foi o Luciano. Quando o casal se completa e se ENTENDE, não precisa de pornografia, sexo virtual, c/ animais, grupal e demais orgias. Se tudo isso faz parte da vida a dois, o problema está no RELACIONAMENTO.Concordo que a fantasia imaginária está em local inatingível pelo outro. Mas quando o casal se entende ele COMPARTILHA até as fantasias imaginárias mais secretas. O problemas é que sexo “feito” em computador está levando as pessoas a pedofilia, aliciamento de menores, prostituição, traição, por isso não concordo com a Betty, quando diz que temos que donner du large.

  82. Marcia

    -

    12/06/2009 às 9:14

    Betty, Gosto de sua coluna, tenho aprendido muito como esposa, mãe, dona de casa,e trabalhadora.Em como lidar com as pessoas perante a sociedade,mas sinceramente não gostei dessa sua analise,em resposta a essa mulher,que me coloco em seu lugar, e que realmente eu não gostaria de pegar meu marido em tal situação, acho que vc deveria rever melhor a questão.

  83. José

    -

    11/06/2009 às 13:17

    Concordo com você, Mulher. A leitora tem mais é que cuidar da “vida sexual imaginária” dela. É mais saudável ela fazer isso do que ficar se torturando por causa do marido. Ela devia ir em uma sex shop e comprar lingeries lindas, um vibrador e outros brinquedinhos mais. Assim, a vida dela vai ter mais prazer e a auto-estima vai melhorar. Melhor fazer isso do que ficar vasculhando o computador do marido e se sentindo rebaixada. Se ela se valorizar, vai poder conversar melhor com o marido.

  84. Mulher

    -

    10/06/2009 às 23:46

    Uma vez peguei pornografia no computador de um namorado (detalhe: estava procurandos fotos MINHAS, não estava “vasculhando” nem nada). Disse à ele que se ele, além do meu corpo normal, quisesse ver corpos de mulheres gostosas tudo bem. Mas que eu também, além do pinto pequeno dele, queria ver imagens de pintos gostosos. Ele não ficou muito feliz com a minha vida sexual “imaginária”. Então o conselho que eu daria a tal mulher é o seguinte: comece a liberar sua “vida sexual imaginária” para seu parceiro! Como com os olhos homens na rua! Compre quilos de pornografia na qual homens apareçam se oferecendo para você deliciosamente com corpos que não lembram em nada o do maridão! Daí ele também vai ter que começar a ter que respeitar sua “vida sexual imaginária”…e algo me diz que não vai conseguir, assim como você provavelmente não consegue ;)

  85. Coddias

    -

    10/06/2009 às 19:12

    Eu acredito que se o marido só pensa em sexo ou é por que tem demais ou por que tem de menos! Se tem demais realmente o cara é viciado, se tem de menos a mulher deve conversar e ver com o homem o que está faltando na parte sexual. Os homens realmente buscam algum estímulo visual quando as coisam estão em baixa dentro de casa. Nõa quer dizer também que o cara está traindo a esposa, só extravazando toda uma tensão reprimida! Só isso.

  86. André

    -

    10/06/2009 às 14:39

    Engraçado, antes ela era com certeza “minha rainha”, “meu tudo”, “minha vida”, “meu tesouro”. De repente o gajo corre para o computador para se satisfazer, e é pego no ato. Fantasias sexuais todos temos, mas quando compartilhadas com o companheiro(a) se tornam bem mais interessantes; quando “solitárias” ( com aquela olhadinha por cima do ombro para ver se ele(a) não está por perto) muito se parece com o assalto a um galinheiro..

  87. Iara

    -

    10/06/2009 às 14:23

    José, eu não estou me referindo a masturbação e sim a fazer sexo com todo mundo. Meu comentário tem haver com o de Joel, que falou sobre a sexualidade cassada pelas mulheres no casamento, que deu a entender que ele defende um comportamento promíscuo só para os homens.Acho a masturbação maravilhosa!tOdos devem praticar, desde com equilíbrio e sem machucar o parceiro.

  88. jose

    -

    10/06/2009 às 13:32

    disputas de genero à parte, vamos admitir: ficar se masturbando em frente ao computador, com o risco de ser visto, não é mesmo uma coisa muito sadia. E se fosse a filha adolescente que flagrasse a cena?

  89. Homo Anômallus

    -

    10/06/2009 às 13:05

    ¿ Dra. Betty, o momento ¿ o mais prop¿cio para discutir nossos instintos mais primitivos!Logo se v¿ que tipo de cultura est¿ embutida, agregada, ao seu Doutorado!Dra. Betty, escreva a¿; “S¿ndrome de Corv¿ia”; em breve descreverei, por assim dizer, uma “Nova Patologia”; quem sabe a especialista em Psican¿lise, n¿o se interesse pelo meu Estudo?Sugiro um pouco de Jung!Ab¿

  90. Ana L.

    -

    10/06/2009 às 10:15

    Eu que acompanho essa coluna notei que o que a Betty escreveu provocou comentários de uma forma mais rápida e intensa e, do meu ponto de vista, deve-se ao fato de que a liberdade do homem foi sublinhada: mulher casada, não exija “fidelidade real e imaginária”. Sabemos que nós todos temos fantasias sexuais e acho que devemos aceitar no outro também, mas o problema é a fantasia real (traição) – daí os “Bravos!” que a coluna recebeu. Você aliviou todas as fantasias reais e imaginárias dos homens e, essa semana, foram feitas sem culpa. Mas não esqueçam, a liberdade é para todos: homens casados: não exijam fidelidade real ou imaginária de suas esposas. Quero ver você, Betty, escrever nesta coluna a liberdade real para as mulheres. Mulheres acordem!!!

  91. LUCIANO

    -

    10/06/2009 às 9:44

    Bem, acho que se alguém vive no computer, coisas eróticas, msn, orkut é porque lhe falta algo com sua companheira. Então algo não está legal. E se não está legal ou se vive nas sombras e diz d euma vez : quero terminar e viver uma outra vida. Isso porque cada vez mais haverá sombras nesse relacionamento…chega de covardia ou assume ou para com isso..

  92. José

    -

    10/06/2009 às 6:09

    Iara, outro comentário. Você diz: “É muiuto bom defender os homens né, quando esse comportamento sexual aberto serve para somente uma das partes”. Não, de modo algum. As mulheres podem fazer o mesmo, elas também podem se masturbar. Existem revistas com homens nus, existem vibradores, há sex shops com lingerie bonita para as mulheres. A fantasia não existe somente para os homens. Abra um pouco a sua mente. Ser moderna tem suas vantagens.

  93. José

    -

    10/06/2009 às 5:48

    Iara, você diz: “a situação que essa mulher descreveu, não é de uma louca que fuça nas coisas do marido todos os dias”. Como é que você sabe? Você mora lá na casa dela pra saber como é a vida deste casal? Note que ela não disse “presenciei, vi” meu marido se masturbando. Ela disse “PEGUEI”. Isso indica que ela andava espionando o marido e ficou esperando uma oportunidade para pegá-lo. Como disse a Betty, masturbação não é crime. E mesmo que o cara não veja pronografia, ele pode fantasiar na mente dele com imagens de outras mulheres. O que a esposa vai fazer? Vai probir o cara de pensar também?

  94. Flávio

    -

    09/06/2009 às 19:58

    Falo e disse Betty! Sempre existe as esposas, namoradas e até amigas super ciumentas que chegam a invadir a privacidade dos seu companheiros. Donner du large!!!!!!!!!!!!!!!!!!Por outro lado a nossa colega afirma que descobriu que seu marido é viciado em sexo? Descobriu como? Vendo um site sobre o assunto? Vcs mulheres cimentas compulsivas podem enxergar em nada o tudo! Podem até criar em suas mentes e passar a acreditar que seus companheiros são realmente viciados em sexo só pelo fato de que vcs não são as únicas por quem eles sentem atraídos e com vontade de transar. A liberdade do individuo não deve ultrapassar a do outro.Continuo te aplaudindo Betty Milan.

  95. Nina

    -

    09/06/2009 às 18:53

    Desde de quando ter fantasias é anormal?e o que significa normalidade nesse caso?, não acho normal bisbilhotar a vida do outro, no computador, celular, etc…falta tempero nesse relacionamento, a mulher é castradora, punitiva, porque voce leitoranão compra uma roupa sado-maso preta, um chicotinho, e mostra pro teu marido, que voce sabe fazer melhor, te garanto que vai sobrar pouco tempo e folego pra ele procurar as fantasias em outro lugar, acorda!

  96. Francisco de Assis

    -

    09/06/2009 às 18:50

    Bethy ,acho que vc deveria mudar de profissao,de psicanalista para diretora de teatro.

  97. Iara

    -

    09/06/2009 às 17:39

    HÁ HÁ HÁ HÁ!!Nossa como estão maduras nossas leitoras eim!!A situação que essa mulher descreveu, não é de uma louca que fuça nas coisas do marido todos os dias. Ela PEGOU, PRESENCIOU, VIU, o marido se masturbar em frente ao computador. Qual de vcs não olharia o histórico para ver em quantos sites ele entrou e entra? Ou iriam ajudá-lo a se masturbar?!Não sejam hipócritas e modernas demais, pelo amor!!Para o comentário de Joel, nós mulheres também não queremos ter nossa sexualidade cassada por nossos maridos, basta que vcs aceitem um relacionamento aberto então! Onde se transa com quem quer, põe a boca onde quer e depois volta para o lindo lar. É muiuto bom defender os homens né, quando esse comportamento sexual aberto serve para somente uma das partes, sendo de fato traição!!!

  98. fernando

    -

    09/06/2009 às 16:57

    Bravo 2!! Só uma observação: o nome da peça é “”O Homem da Tarja Preta”.

  99. Renata

    -

    09/06/2009 às 14:04

    Infelizmente há mulheres que são ciumentas demais. Ficam fuçando na vida do marido até achar alguma coisa. Ficam olhando o histórico no computador, ficando vasculhando os emails, o celular, os papéis do escritório, tudo. Não duvido nada que, no caso desta leitora, o marido estava quietinho no quarto do computador, com as portas fechadas, e ela foi lá bisbilhotar. É como a mãe que desconfia que o filho anda se masturbando e resolve dar um flagrante nele… Que mais falta fazer agora? Vai começar também a abrir a porta do banheiro quando ele estiver lá? Será que é só marido que precisa de tratamento? Ou será que a leitora também não andou abusando?

  100. Joel

    -

    09/06/2009 às 13:40

    Me parece que o espantoso é exatamente o contrário do que dizem as comentaristas. Como é que ainda existem tantos homens que se sujeitam a ter sua liberdade sexual cassada com o casamento, o qual atualmente ainda é pautado por valores e regras que comtemplam a visão feminina da sexualidade. Os homens adoram fazer sexo com mulheres bonitas e desconhecidas, relacionam sexo com humor ( o que falta totalmente às mulheres) e brincadeira, fariam sexo toda sua vida caso não fossem castrados pelas esposas e a eterna chantagem social que criminaliza o comportamento masculino. Senhoras, dêem graças a deus que ainda existam estes homens como do artigo da Betty que ainda se atemorizam com a dominação das esposas, acho que isto não vai durar muito, pela simples razão que é muito chato.

  101. Claudia II

    -

    09/06/2009 às 13:11

    Bravo!!

  102. claudia

    -

    09/06/2009 às 13:08

    O que é normal? quem ou o que define isso com segurança? quais os parâmetros de normalidade válidos para uma pessoa ou situação? quem souber essa resposta, certamente há de saber dizer também de onde viemos, para onde vamos e qual o sentido da vida… quem não souber dizer nada disso, é melhor que meça suas palavras!

  103. Suzana

    -

    09/06/2009 às 12:47

    Valor como a temperança realmente perdeu o sentido em nosso mundo consumista…

  104. Ana

    -

    09/06/2009 às 12:46

    Leitora, imagine se seu marido vasculhasse o seu computador e examinasse TODOS os sites que você olha. Ou se ele pegasse seu celular e ficasse olhando TODOS os telefonemas que você deu ou recebeu. Você ia gostar disso? Ia gostar de ser tratada que nem uma suspeita? Claro que não, né? Pois então, não faça a mesma coisa com seu marido. Ao invés de ficar acusando-o, converse com ele e tente entender o que se passa na cabeça dele. Eu concordo com a Betty: você não tem como controlar a fantasia dele. Na mente da gente ninguém manda… Você também deve ter seus pensamentos secretos. Então, não é acusando que você vai melhorar as coisas. Converse com seu marido, ouça o que ele tem a dizer. Não fique querendo controlar tudo.

  105. Morena

    -

    09/06/2009 às 12:33

    Pornografia destroi o relacionamento e como todo vicio eh so o comeco. Betty acho q vc precisa mudar de profissao!

  106. R

    -

    09/06/2009 às 12:29

    Claro que o marido, e todos nós, temos direito a uma identidade sexual imaginária secreta.Só que quando o sujeito desata a se masturbar em frente ao computador, que certamente não está escondido em local imaginário e secreto, ou quer ser pego (pego mesmo, no sentido persecutório e punitivo) em flagrante, ou perdeu os freios e os receios. Nos dois casos, precisa de tratamento.E francamente, não sei que ajuda sua resposta possa ter dado à esposa em questão. Censurá-la, recomendar-lhe uma peça de teatro e exibir seu francês não são lá de grande serventia no caso.

  107. eddy

    -

    09/06/2009 às 12:15

    De homem para mulherMinha mulher tem uma sexualidade muito forte e esta é ¿uma das químicas¿ que me fazem gostar dela. Não somente por causa disso, mas inclusive. Não sou tão diferente de seu marido assim de um modo freqüente, contemplo o nu feminino, sobretudo nas imagens eróticas também na internet. Muitas vezes estas fotos, pinturas, vídeos fragmentos de filmes, fazem com que valorize mais ainda minha mulher e o quanto sua beleza real é única pra mim. Olhamos sim, mas para reafirmar a beleza daquela que está conosco. Será que isto precisa de alguma confirmação? Isto é outra estória

  108. Cristina

    -

    09/06/2009 às 12:10

    Betty – meu ex-companheiro possuía um comportamento sexual que beirava as raias do absurdo, fazendo o que este senhor faz. Compreendo que devemos respeitar o outro, mas esta pessoa também deve respeito a seu/sua companheiro (a). Ao exercer sua liberdade sexual e não me contar ele (meu ex-companheiro???), inclusive, expôs minha saúde, pois além do sexual virtual com todos/todas/de quaisquer idades/etc ele mantinha relacioinamentos inseguros. Confiança é primordial para ambos e eu acredito, plenamente, que a pior traição nem é a física/sexual, mas a afetiva.Fantasiar e colocar em prática com a mulher na sala ao lado é de certa forma querer ser “pego”.

  109. Malba

    -

    09/06/2009 às 11:50

    Betty, “procure ajuda” está longe de ser um conselho de uma profissional. Essa sua resposta teve mais crítica de teatro do que informação útil para resolver o problema.

  110. tati

    -

    09/06/2009 às 11:03

    Nao sei nao, Betty…E se ele fosse um pedofilo louco? Todo mundo tem fantasias secretas, mas para ela chegar ao ponto de vasculhar o computador dele, provavelmente o comportamento estava fora do normal.

 

Serviços

 

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados