Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Decisões morais de motoristas poderão orientar carros autônomos

O que é pior: matar três passageiros ou cinco pedestres? Pesquisador cria questionário para identificar os critérios por trás de cada decisão

Imagine que você está dirigindo e os freios do carro de repente falham. Em uma fração de segundo, você precisa decidir qual o menor dos males a ser causado: atropelar dois idosos e uma criança que estão atravessando a rua ou desviar deles e arriscar matar os dois passageiros adultos que estão com você?

Se para nós humanos é difícil tomar essa decisão, para um carro autônomo a reação a essas situações continua sendo um mistério. E aí reside um dos principais obstáculos ao seu uso nas ruas. Para ajudar a indústria a enfrentar esse problema e apefeiçoar o funcionamento dos veículos que se movem sozinhos, o pesquisador do Massachusetts Institute of Technology (MIT) Iyad Rahwan decidiu investigar o que norteia as decisões humanas e repassar tais critérios às montadoras. Mais de 3 milhões de pessoas já participaram, compondo assim um comportamento moral médio que poderá balizar as decisões que tomadas pelos carros autônomos. 

Rahwan criou a Máquina Moral, um site que traz situações em que cabe ao motorista decidir qual mal prefere causar. Entre as possíveis vítimas, há crianças, cachorros, idosos, executivos, pessoas obesas, atletas, moradores de rua, executivos, médicos, gente atravessando a rua no sinal vermelho ou esperando na calçada. Cada elemento é levado em conta para compreender por que o autor decidiu jogar o carro na direção de determinada vítima, e não na de outra. Ao final do questionário, o site mede quais critérios usados nas suas decisões: preservar o maior número de pessoas, preservar animais, poupar quem respeita a sinalização, priorizar quem é mais pobre ou quem tem alguma posição social.

O questionário é uma oportunidade de auto conhecimento, tanto para compreender melhor nossos parâmetros morais quanto de refletir sobre até que ponto nos sentimos confortáveis em delegar decisões tão complexas a uma máquina.

Resultado do questionário mede o quanto cada elemento importa na tomada de decisão (Reprodção/Reprodução)

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s