Blogs e Colunistas

26/11/2010

às 13:22 \ Cenas

Quem tem medo de Martha Medeiros?

Ao dobrar a esquina da Aníbal de Mendonça com Visconde de Pirajá vislumbrei a fila. Já chegava na esquina! Se inveja matasse eu teria caído ali mesmo, fulminado. Mas mantive a esperança de que houvesse algum engano. Não era possível, frequento a livraria da Travessa há anos, fica pertinho da minha casa, já fui a inúmeros lançamentos de livros ali, nunca vi uma fila alcançar a calçada.

E olha que aquela fila – aquela que eu mirava e me travava a boca com o amargor da inveja – não invadira apenas a calçada da livraria, que se situa no meio do quarteirão (o que já seria um feito inédito): a fila chegava na esquina! Metros e metros de gente amontoada e ávida! Felizes! Estavam na fila e sorriam, ansiosos. Estariam vendendo ingressos para o show do Paul McCartney na livraria? Não. Promoviam uma sessão de autógrafos de Paulo Coelho? Da autora de Harry Potter? Não, não. Fotos com o Lula? Distribuição gratuita de dinheiro? Não e não e não.

Caminhei resoluto, a cabeça erguida, um esboço de sorriso sofrido desenhado nos lábios. Tentei avançar pela livraria lotada, me esgueirando entre os leitores felizes. Eu já sabia quem estava lá, no fundo do salão, sentada a uma mesinha, autografando seu novo livro. Ainda assim, quis ter certeza (ah, o masoquismo dos invejosos). Coloquei os óculos para enxergar à distância e lá estava ela, com seu jeitinho de Virginia Woolf brejeira. Sim, ela, minha querida amiga gaucha (minha e de minha mulher, também fã incondicional e leitora assídua, que me acompanhava ávida e feliz, com seu exemplar devidamente acoplado embaixo do braço).

Minha amiga sorria e tratava de autografar um livro após o outro, sem deixar de tirar fotos e trocar algumas palavras com cada leitor. E então deu-se o milagre: a inveja, aos poucos, foi se transformando em carinho e admiração. O sorriso em meus lábios agora era franco e aberto. Não há escritora mais merecedora do sucesso do que Martha Medeiros, com sua obra consistente e popular, profunda e divertida, sensível e criativa e, acima de tudo, não afetada e nada metida a besta. Malu e eu chegamos às 19 horas na livraria, e orgulhosamente conseguimos nossos autógrafos por volta de meia-noite, os últimos da fila! E para meu espanto, que sempre considerei Martha uma escritora melhor compreendida pelas mulheres, havia ali hordas e hordas de homens. Hum…afinal, quem tem medo de Martha Medeiros?

Livros…

…  Fora de Mim, de Martha Medeiros. Corra à livraria mais próxima antes que o livro se esgote!

Por Tony Bellotto

Deixe o seu comentário

Aprovamos comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais (e-mail, telefone, RG etc.) e links externos, ou que sejam ininteligíveis, serão excluídos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.

» Conheça as regras para a aprovação de comentários no site de VEJA

Powered by WP Hashcash

39 Comentários

  1. Ricardo Jardim

    -

    26/05/2011 às 17:55

    Quando me dou conta de que conheci a Martha na época em que trabalhava na Standard, Ogilvy e Mather, com seu marido Telmo Ramos em Porto Alegre, percebo também como o tempo passou. E, como um bom vinho, a Martha Medeiros foi ficando mais espetacular a cada ano, até chegar ao que é hoje: uma das maiores escritoras de nossos tempos. Já li tudo dela. E continuarei lendo. Sempre. Parabéns, conterrânea.

  2. Vera

    -

    13/01/2011 às 23:48

    Adoro Martha Medeiros. Seus livros me fazem rir, chorar, gargalhar..enfim e uma terapia.

  3. Débora Matos

    -

    06/01/2011 às 20:46

    E a obra é maravilhosa. “Fora de Mim” é mais um livro genial da Martha.

  4. Iolanda

    -

    12/12/2010 às 21:01

    Tony e Martha,… Medeiros e Bellotto,… Tudo a ver!
    Essas duas feras, escrevem bem à beça!
    Eita! Isso me dá, ainda mais, um orgulho danado de ser brasileira!
    Parabéns, pra vcs dois!
    Parabéns, tb, pra nós, seus fans!
    bjk da Ira, de Vila Isabel, Terra de Noel!
    fui!

  5. Camila

    -

    09/12/2010 às 20:56

    Martha, pra mim, é uma das melhores escritoras da atualidade brasileira. Ela diz exatamente aquilo que muitos pensam e sentem, mas nao conseguem traduzir em palavras! Eu é que invejo Tony por ser amigo de alguém como Martha, que em seus textos eu acabo achando que é também minha amiga! grande abraço

  6. Fleur

    -

    08/12/2010 às 16:59

    Martha me fisgou com “Quando chegar aos 30 serei mulher de verdade”, e nunca mais saí de perto. Parabéns pela baita amiga. Inveja a minha, de vocês, agora! =P

    Beijo!

  7. Carla

    -

    08/12/2010 às 16:11

    Oi, Tony, sabe o que ocorre, não são as mulheres que compreende a Martha, é a Martha que nos compreendem. Acho que por isso (homens tentando entender um pouco as mulheres) é que a Martha conseguiu alcançar esse tipo de público.

  8. Maria Alix

    -

    06/12/2010 às 23:51

    Mais uma gaúcha que ao longo dos anos mantém seu brilho no céu estrelado dos autores nacionais.Martha é autêntica,carrega a simplicidade e simpatia do povo aqui do sul.A sinceridade do Tony em sua narrativa diz tudo.Parabens à Martha,digna de nosso orgulho por tudo que já produziu, e ao belo casal Bellotto pela humildade em aguardar seu momento naquela tarde de autógrafos…

  9. Ana Paula

    -

    06/12/2010 às 20:16

    Martha é ÍDALA!! adoro tudo q ela escreve e estive na Travessa e adorei!!

  10. Luciane Fortes

    -

    05/12/2010 às 22:34

    Realmente, a Martha Medeiros merece… Ela é incrível! Legal saber que tu (sim eu sou gaúcha) também é fã.

  11. Aline

    -

    04/12/2010 às 22:25

    Fiquei muito feliz e honrada ao ler isso, a Martha realmente merece esse post, ela é realmente maravilhosa e mais honrada ainda por saber que o querido Tony e a linda Malu ficaram na fila todo esse tempo esperando por um autografo da nossa Gaúcha que representa muito bem o nosso estado.

  12. Rivotril 5mg

    -

    04/12/2010 às 18:20

    É Tony… Parabéns pela coragem de declarar-se um invejoso ainda que do bem, desses que a inveja é de quem quer pra si também, mas sem tirar o que é do outro, até porque já tem. Mas tem gente aqui embaixo que pelo jeito, xiiiiiiiii!!!!
    Amo a Martha mas hei de encontrá-la a passeio no CCBB sem fila e talvez sem autógrafo, mas da foto ela não escapará!!!!

  13. Mirtes

    -

    03/12/2010 às 16:23

    Nossa! um ensaio desse e vindo do Tony Bellotto é para não dormir mais e escrever um livro atrás do outro.
    Pena que eu chegeui ao RJ dias depois do lançamento do livro, ou seria mais uma na fila de autográfos.
    Parabéns Martha! eu ainda não li, por absoluta falta de oportunidade o Fora de Mim, mas já presentei algumas amigas.

  14. Juliana Amado

    -

    01/12/2010 às 23:57

    Vocês foram muito corajosos de esperar cinco horas numa fila! Uma prova e tanto de paciência. Provavelmente eu teria ficado reprovada. Meus parabéns!
    Já leu este novo livro da Martha Medeiros? É um romance ou coletânea de contos e crônicas? Acho que gostaria de ler uma crônica sua sobre este livro, como você fez com aquele do Bolaños.
    Sempre tenho Martha Medeiros na minha lista de livros a comprar/ ler. Mas tem sempre algum outro livro que passa na frente… acabou que o único que já li foi Divã (emprestado), e não tenho nenhum. Mas ainda está lá na listinha gigantesca… um dia, quem sabe?

  15. IGNACIA CAVALCANTE

    -

    01/12/2010 às 23:12

    POIS É BELOTO…ESSA MULHER INCRIVEL, ESSA GAUCHA QUE SABE ABSOLUTAMENTE TUDO DA ALMA HUMANA , EM ESPECIAL DA FEMININA MERECE…E COMO FILAS E FILAS DE GENTE ÁVIDA PRÁ CONHECÊ-LA; PRÁ VÊ-LA DE PERTO…E EU FICO AQUI COM MINHA VELHICE, NESSE RECIFE TÃO LONGE DE TUDO A BABAR DE INVEJA DO BELOTO DA MALU (MAGISTRAL) E DE TODA ESSA HORDA MENCIONADA POR ELE…qUE BOM QUE VOCE PUDERAM CURTIR DE PERTO!!!!!!!!!!

  16. Roberta

    -

    01/12/2010 às 11:08

    Sinceramente, gosto muito dos textos de Martha Medeiros, mas acho que ela “errou a mão” feio neste seu último livro, “Fora de Mim”.
    Estava super ansiosa, comprei o livro há dois meses aquí em Brasília, onde resido. No entanto decepção total …
    Totalmente desnecessário…
    Espero que ela se recupere rápido deste tropeço…

    Ai que saudades de Clarice Lispector……..

  17. Juliana

    -

    01/12/2010 às 11:00

    Eu já comprei o meu na feira do livro de Porto Alegre, só falta o autógrafo da Martha. (mais um, pq já tenho outros em outros livros dela). Simplesmente Maravilhosa!!Sou super Fã!

  18. Anita

    -

    01/12/2010 às 10:02

    Sou fã da Martha desde que morava em POA/RS.Há 17 anos estou em Recife/PE e para minha surpresa, ela veio a livraria Cultura e tenho o meu exemplar de Doidas e Santas devidamente autografado e dedicado com exclusividade!!Guardo com maior orgulho! Martha é doce, autentica e extremamente verdadeira em seus relatos.Descreve as mazelas da vida como pouquíssimos conseguem.Parabéns Tony por seu depoimento e nada como ter amigos!!

  19. fernando simoes

    -

    01/12/2010 às 2:16

    e sigam o blog da marthinha tb !!
    só procurar no google !!

    se a martha ler isso, aqui é o fernando q te pediu MAIS UM beijo, qdo vc autografou meu livro !!

    bjoes. me liga !

  20. fernando simoes

    -

    01/12/2010 às 2:14

    recomendo a todos assistirem a entrevista da marthinha a cristina brasil.
    ela mandou muito bem !!
    e vcs acho q encontram aqui na internet a video.
    nao percam !!!!!!!!

  21. fernando simoes

    -

    01/12/2010 às 2:12

    eu tava la tb. e estava na frente do tony e da malú.
    nao eram muitos homens presentes, tinham alguns, mas nao hordas. a grande maioria mulheres..
    ah ! e o tony numa carta q mandou pra martha falou q ela era escritora so de mulheres… tony, acho q vc tem q ler mais !!!

  22. Sandra Gaúcha

    -

    30/11/2010 às 21:42

    Em Porto Alegre foi a mesma coisa. Estava no Rio nesse dia, cheguei a ir mas desisti ao ver a fila e meu filho pedindo prá ir embora.
    Martha Maravilhosa Medeiros,cada vez melhor!

  23. Elisa

    -

    30/11/2010 às 14:04

    Fiquei curiosa em conhecer Martha Medeiros…..Fora de mim…..

  24. Regiane (Punk Rocker)

    -

    30/11/2010 às 7:57

    Ganhei um ‘box’ que eu queria muito, de amigo secreto (da Samantha), com alguns livros da Martha e estou devorando! Ela é incrível, li o relato dela sobre o show do Paul em PoA (ela foi), e simplesmente um texto sensacional, como tudo que ela escreve, né?
    Sorte sua tê-la como amiga, deve ser maravilhoso ter uns minutinhos exclusivos para ouvir o que ela tem a dizer. =)
    Bjo

  25. Nathan

    -

    30/11/2010 às 1:24

    “Acompanhei” o lançamento do livro pelo blog da Martha, e na quarta feira desejei muito estar lá. Saí da faculdade pensando em como seria bom se eu estivesse ali, simplesmente em pé. Horas, horas e horas seriam muito válidas ao vê-la escrever meu nome tão comum especialmente pra mim.
    Infelizmente ainda não foi dessa vez.
    Mas falando sobre a inveja, eu também estou, Toni… inveja de você. Morar no interior me afasta das minhas paixões.

  26. Patty

    -

    30/11/2010 às 0:16

    Nossa Tony, eu realmente não imaginei que alguém poderia expressar exatamente o que eu penso sobre a Martha, eu e a torcida do Flamengo, diga-se de passagem. rs Mas ei que vejo a crítica de Lya Luft há alguns meses, e agora a sua, ambas perfeitas, sem puxação de saco.
    Adoro essa mulher, por MUITOS motivos, e o principal é pq pra mim funciona melhor do muita terapia no Divã. :)
    Parabéns!!!

  27. Deise

    -

    29/11/2010 às 23:34

    Fãzíssima, acompanho a trajetória de Martha Medeiros há algum tempo, deliciando-me com seus textos. Fora de mim é diferente de tudo o que ela já escreveu, mas igualmente bom. Assim, compro seus livros sem medo nenhum…

  28. Sandrine Pereira

    -

    29/11/2010 às 22:43

    Primeiro não sabia que vc escrevia tão bem,conheci então esse seu outro lado. Agora, Martha realmente tem algo de extraordinário, encanta a todos e os torna seus fiéis seguidores. Que ela não tem nada de estrelismo vc está coberto de razão. Que outra escritora escreveria no blog de uma fã?

  29. Luísa Quintanilha

    -

    29/11/2010 às 20:24

    A Martha Medeiros é maravilhosa, adoro os livros dela!!!

    Beijos!

  30. Desirée

    -

    29/11/2010 às 19:07

    Ela é ótima mesmo! Eu peguei meu autógrafo, mas aqui em POA!

  31. Maura Botinha de Melo

    -

    29/11/2010 às 17:50

    Essa mulher é mesmo interessantíssima… suas falas tão descomplicadas e acertivas nos deixam sempre apaixonados. É motivo de mais admiração ainda, a você Tony e sua linda Malu, saber que admiram essa Martha sempre maravilhosa.

  32. Gladis Helena

    -

    29/11/2010 às 15:31

    quis dizer sou FÃ de sua mulher.
    Sorry

  33. Gladis Helena

    -

    29/11/2010 às 15:28

    Tony,
    sou a de sua mulher,gosto de algumas músicas dos Titãs mas,deculpe,nunca li seus livros.vi o filme baseado no livro e gostei.
    Agora lindo mesmo é sua admissão de inveja do sucesso de Martha e a transformação desse sentimento “travoso” em admiração e reconhecimento dessa gaúcha arreatada de boa.
    Parabéns,somente aqueles que conseguem enxergar no sucesso do outro um trampolin para seus próprios sucessos são dignos de aplausos.

  34. Daniel

    -

    29/11/2010 às 15:25

    Martha Medeiros é sensacional,eu estava nessa fila.Tenho a honra de trocar uns e-mails com ela as vezes….abraço Tony

  35. Fernanda Pinho

    -

    29/11/2010 às 10:20

    Oi Tony! Já havia lido sobre essa grande noite no blog da própria Martha, onde já a vi citando você em mais de um post. Sou grande fã dela e meu exemplar de Fora de Mim, já está a caminho. Aliás, sempre que vou ao Sempre Papo aqui em BH, sugiro ao Afonso Borges que traga a Martha. Um dos meus grandes desejos literários é ter um livro autografado dela. A Martha expressa muito bem o que nós mulheres pensamos. E por isso acho que os homens devriam ser obrigados a lê-la.
    Abraços!

  36. Rodrigo Abreu

    -

    27/11/2010 às 15:02

    Olá, Tony!
    Sou gaúcho e, mega fã da Martha Medeiros. Vi o link do seu blog em um comentário no blog da Martha. Confesso que, – e me sinto envergonhado por isto – desconhecia todo este teu talento como escrito. Acabei de ler alguns dos textos aqui publicados e, na mesma hora, adicionei tua página nos meus favoritos. Parabéns pela bela forma como escreves e, pelo bom-senso, discernimento e elegância. Adorei. Acabastes de conquistar um novo leitor. Um abraço.

  37. Cris Klamt Kuhn

    -

    27/11/2010 às 11:19

    Oieeeee, adorei a tua coluna. Como gaúcha, sou suspeita em falar, mas como adoro a Martha Medeiros, assino embaixo as tuas palavras.

  38. Rener Melo

    -

    26/11/2010 às 15:41

    Kkkkkkk Quando lí o nome do seu texto, fique com medo. Achei que seria uma crítica, rsrsrs.. Mas, Martha Medeiros é digna, digna. Acabo de ler “Doidas e Santas” e já estou louco por este.
    O Beijo, adorei o texto.

  39. Samantha

    -

    26/11/2010 às 13:32

    Martha Medeiros é simplesmente incrível!
    Fala de uma maneira tão deliciosa sobre assuntos, originalmente apreciados apenas por mulheres, que os homens também se rendem.

    Na metade da crônica já pensava em reclamar por você ter furado a fila, mas mordi a língua. =P

 

Serviços

 

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados