Blogs e Colunistas

09/06/2011

às 21:06 \ Cenas

‘A Mulher Mais Linda da Cidade’

A Mulher Mais Linda da Cidade é o nome de um conto de Bukowsky que narra a história de Cass, a mais linda de cinco irmãs, uma moça “mestiça de índia, de corpo flexível, estranho, sinuoso que nem cobra e fogoso como os olhos: um fogaréu ambulante”. O contato de Bukowsky – ou o do narrador de seu conto – com Cass é fugaz, um relacionamento confuso em que sexo e afeto se confundem com bebida numa atmosfera de urgência e desilusão que permeia o conto como fumaça de cigarro em ambiente fechado.

Como quase sempre nos contos de Bukowsky o encontro com Cass termina num desencontro, e somos surpreendidos ao final da história, assim como o narrador, com o anúncio seco do balconista do bar em que o narrador e Cass haviam se conhecido pouco tempo antes: Cass se suicidou. “Cass, a garota mais linda da cidade, morta aos vinte anos”, reflete com amargura o inconsolável – e bêbado – alter ego de Bukowsky.

Cito aqui o conto do mestre Buck para narrar uma outra história, mais feliz, a da Banda Mais Bonita Da Cidade, um grupo de músicos, atores, compositores e artistas radicados em Curitiba, que gravaram um clipe “caseiro” e independente, em que cantam e tocam a música Oração num clima de celebração pós (ou neo) hippie. O clipe virou um desses sucessos instantâneos de internet, e já goza do status de “fenômeno”.

Entrevistei a Banda Mais Bonita Da Cidade no programa que apresento no canal Futura, o Afinando a Língua (o programa deve ir ao ar na semana que vem, dia 14, em comemoração ao Dia dos Namorados). São jovens artistas criativos e interessantes que estão, à sua maneira, quebrando os paradigmas da moribunda indústria do disco (e de todas as suas agonizantes e malévolas ramificações: esquemas corrompidos que envolvem a execução das músicas em rádios e TV, negociações nefastas, dignas de políticos fisiológicos e mafiosos de plantão, para promoção e divulgação de artistas etc etc).

O sucesso genuíno, não fabricado, de artistas como A Banda Mais Bonita da Cidade prova que a internet é acima de tudo um instrumento da liberdade e da democracia -  não à toa tão temida e proibida em Ditaduras de todo o tipo. E por que citei o conto de Bukowsky? Porque foi o nome do conto que inspirou o nome da banda. Que em tempos de internet Bukowsky continue servindo de inspiração e referência para novos artistas me faz ganhar o dia.

Por Tony Bellotto

Deixe o seu comentário

Aprovamos comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais (e-mail, telefone, RG etc.) e links externos, ou que sejam ininteligíveis, serão excluídos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.

» Conheça as regras para a aprovação de comentários no site de VEJA

Powered by WP Hashcash

12 Comentários

  1. Gabriela

    -

    31/12/2011 às 1:44

    Eu li essa historia e muito legal

  2. Michely Looz

    -

    07/08/2011 às 22:20

    Buk inspira muita gente através dos tempos, e o restante se vê em buk. Seus contos impregnados da contracultura, fazem parte do dia a dia dos ébrios. Que Buk inspire a muitos ainda.

  3. Rodrigo

    -

    24/06/2011 às 15:00

    Interessante, mais uma obra de Bukwoski que inspira o nome de uma banda. Uma das melhores bandas de rock dos anos 90, na minha opinião, também utilizou do nome de umas obras do gênio, Hot Water Music (“Numa fria” na versão em português). Livro este que recomendo a leitura, garante boas risadas e estômago embrulhado.

  4. Gustavo Assunção

    -

    20/06/2011 às 10:39

    Tony,
    Ótima colocação, parece que até combinamos o repertório pois desde o início disto tudo que já publico e defendo que eles têm de continuar assim: coletivos.
    O envolvimento de nós, internautas e admiradores, nos remete a tese de sociedade organizada que o saudoso Betinho já pregava em seus projetos.
    Deste movimento todo que participo e curto muito, espero que também se reflita em 2012, mais precisamente nas urnas, não é!

  5. Ana Sara Durães

    -

    13/06/2011 às 21:49

    Incrível o jeito maravilhoso como eles tocam. Da pra sentir o prazer q eles tem em fazer música.

  6. Fernando

    -

    13/06/2011 às 17:34

    Achei que fosse a Malu!! Quer dizer, eu ainda acho.
    Abraços

  7. Regiane (Punk Rocker)

    -

    13/06/2011 às 8:10

    Bom, tenho uma opinião bem particular sobre isso.
    Um dos músicos dessa banda é um velho conhecido meu, acompanho o trabalho dele há pelo menos uns 6 anos, com bandas anteriores, enfim, sou admiradora do talento do moço há um bom tempo e confesso que levei um susto quando o vi envolvido nessa explosão toda. Respeito o trabalho feito, foi bem bolado, não se pode negar, mas, sinceramente?? Entristeceu-me um pouco, já que é uma canção digamos, fraca, vá? Uma música apenas (e essa especificamente) não era motivo pra todo esse furdunço, shows com ingressos esgotados em 2 horas e tudo mais, já que eu soube que as demais músicas são como qualquer uma outra. Achei aquilo muito distante de talento, pelo menos no caso do único dos músicos que eu conheço dali. Apesar dissom fiquei feliz pelo sucesso, gostei do video (e é vero), pq contagia, enfim, mas, tenho saudade do cara que cantava numa banda chamada Poléxia, essa sim, deveria ter toda essa atenção que estão dando pra tal da Banda Mais Bonita da Cidade e ninguém deu nem tchum, e teve seu fim há alguns anos infelizmente, uma pena.
    É uma opinião só, respeito quem gosta, mas, acho tudo muito exagerado pra quem tem um hit repetindo 3 ou 4 frases umas 20 vezes e acha que isso é talento…
    Enfim… democracia é isso, espaço para todos, e só por isso eu acho bacana esse tipo de coisa, porque todos tem oportunidade de mostrar seus trabalho, agora se são bons ou não, aí fica por conta de cada um a opinião, e viva a diversidade delas!
    Bjo Bellotto

  8. Rui Bittencourt

    -

    10/06/2011 às 13:24

    Tony acertou na mosca.
    O maior trunfo deles é a quebra do paradigma [neste caso específico da indústria da música mas que se aplica à toda a indústria cultural!]
    Que sejam a prova de que os artistas precisam apenas de talento para alcançar seu público!

  9. Tairine Albuquerque

    -

    10/06/2011 às 12:51

    Sensacional.
    Bukowski, amigos, uns drinks, a beleza e o amargor do amor.
    Linda a música,a amizade, o velho Buk, e a mágica Cass.

  10. carlos magno

    -

    10/06/2011 às 9:35

    concordo com você, se não fosse pela internet seriamos refens do mercado de bandas pré-fabricadas pela midia. parabens pelo comentario.

  11. Vinícius Nisi

    -

    10/06/2011 às 2:50

    tony, toca aqui meu chapa! :D

  12. Diego

    -

    09/06/2011 às 22:13

    Vixe! Tomara que esta história não tenha o mesmo fim da inspiração…

 

Serviços

 

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados