Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

#SanatórioGeral: Encontros íntimos

Gilmar Mendes ensina que o presidente da república tem todo o direito de jantar em segredo com estadistas ou bandidos

“O presidente não precisa se preocupar em colocar ninguém na agenda que esteja recebendo para um jantar. Foram várias pessoas. Vocês criaram essa psicose aí em torno do encontro com o presidente da República. Isso é uma bobagem”. (Gilmar Mendes, ao justificar o mais recente jantar clandestino que teve com Michel Temer, explicando que o presidente da República não precisa revelar se jantou com Joesley Batista, Marcola ou o Papa Francisco)

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  1. Juca Leiteiro

    Doutores em carrapatologia. As entrevistas político/partidárias que substituíram a de prestação de contas, mostram a causa da atual epidemia de febre da insegurança, da inadimplência e da falência, transmitidas por esses parasitas que se alimentam de cofres públicos.

    Curtir

  2. Carla L.S. Lieberman

    “Isso é uma bobagem!” E então Gilmarzão completou: “Asmodeu estava sentado bem ao meu lado, e achou o jantar tão bom que já nos convidou para um outro, lá na sua casa, daqui a alguns anos. O Presidente e eu já confirmamos nossa presença. Não consta da nossa agenda, mas Asmodeu garantiu que está marcada na dele.”

    Curtir

  3. José Evaldo

    Pois é. Esse senhor ENSINA? que temer tem direito (blá, blá, blá) é bandido defendendo bandido. Que gracinha, essa dupla.

    Curtir