Coluna Augusto Nunes

Augusto Nunes

Com palavras e imagens, esta página tenta apressar a chegada do futuro que o Brasil espera deitado em berço esplêndido. E lembrar aos sem-memória o que não pode ser esquecido.

sobre

Colunista de VEJA.com, colaborador da edição impressa e apresentador do Roda Viva. Foi redator-chefe de VEJA e diretor de redação das revistas Época e Forbes e dos jornais O Estado de S. Paulo, Jornal do Brasil e Zero Hora. Autor do livro 'Minha Razão de Viver - Memórias de Samuel Wainer'.

Gênio da raça

Por: Augusto Nunes

“Morro e não vejo tudo. Tem gente na Previdência querendo tributar as exportações do agro. Aviso que soja e carnes não se aposentam”.

Kátia Abreu, ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, neste domingo, sobre a ideia surgida no governo de reduzir o rombo da Previdência com um novo imposto sobre produtos agrícolas, insinuando que só continuará apoiando a ressurreição da CPMF se a amiga Dilma Rousseff inventar o cheque que se aposenta.

Voltar para a home
TAGs:

Comentários

Aprovamos comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais (e-mail, telefone, RG etc.) e links externos, ou que sejam ininteligíveis, serão excluídos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.

Conheça as regras para a aprovação de comentários no site de VEJA

*

  1. Marquês de Casca Fina

    Esse negócio de que “morro e não vejo tudo” fica melhor assim: morri e nunca vi nada.
    Essa é a grande sacada: não vi nada, não sei de nada.
    Ela é ela mesma?

  2. lin

    nenhum interesse nobre moveu esta sra nesta direção. Só o fez para salvar as terras e regularizar as pendências ambientais.O exemplo vaio do coleguinha, ex governador do MT que aderiu e se deu bem. regularizou todas as enormes pendências de mais de 200 mil ha. sem qq contestação e sem MST. MILLAGRE??????

  3. blindado

    Depois de lançar a moda do look pamonha,essa senhora muito namoradeira(se ela estiver de porre não fale isso para ela!)fez o quê pelo Brasil? Além de defender os seus próprios interesses?Vá plantar batatas dona pamonha e devolva-nos o cargo.

  4. ANGÈLÌKA -

    SÉRIO?! Não sobre a tributação, mas sobre votarem nella.
    Quem se muda assim tão fácil é porque não tem certeza nem da própria origem.
    É mais do tipo: Quem dá mais…?.

  5. FM

    Eu também posso dizer o mesmo da senhora Dona Katia, depois que, não sei por que cargas d’água, resolveu se juntar à esse governo nitidamente de tendência comunista e sem competência que está destruindo o nosso país.

  6. delmo oliveira

    Caro Augusto;
    Essa Abreu era até pouco tempo atrás uma combatente ferrenha do Lulopetismo. Aí o poder e a vaidade quando encontram uma hospedeira nata deitam e rolam. Veja quantos se debandaram para base alugada para dar sustentação ao tal projeto de perpetuação do poder idealizado pelo Lulopetismo. Infelizmente o poder pode reduzir seus ideais quando lhe falta convicções. PT NUNCA MAIS!!!

  7. SidneyCWB

    Charles A. – 25/1/2016 às 16:16. Não sinta este peso sozinho, Charles. Eu era um que votaria nela sem pensar duas vezes para presidente quando ela estava do lado de cá…. Pode dividir comigo esse peso na consciência…

  8. Erik Volim

    Caro G Carvalho, reformei o comentário sem a ambiguidade do anterior, desculpe pela imprecisão por aqui não tem erro não, está tudo ok abraço…

    Esta critica tão contundente da ministra nos remete a refletir sobre sua motivação. É muito natural que o agro negócio queira se defender do governo, o que é estranho é o fato de fazer isso através do próprio governo.

    Quando os governantes não tem credibilidade, até no acerto tem erro.

  9. Charles A.

    O pior de tudo para minha autoestima é que essa senhora me enganou por umas duas semanas com seu discurso antipetista, anterior à sua conversão amorosa,de corpo,alma e cérebro ,ao fanatismo religioso adotado por 15 entre dez corruptos brasileiros: – o petismo sagrado!É terrível sentir esse peso na consciência!Ela é uma dilma do centro-oeste, sem ser búlgara,o que é sinal de gravidade(não gravidez,dona Kátia!)

  10. • Tania

    “Além de muita saúva, pouca saúde ─ e nenhum vestígio de vergonha.”

  11. Marcos

    Katia Abreu deve rezar e agradecer todos os dias pois que se tributassem gente ridícula, ela iria a ruína rapidamente !

  12. Joana Garcia

    “Antes ouvir isso do que ser surda!” Caramba, ninguém se salva nesse governo. A idiotice pega!

  13. Erik Volim

    Esta critica tão contundente nos remete a refletir sobre sua motivação. É muito natural que o agro negócio queira se defender do governo, o que é estranho é o fato de fazer isso através do próprio governo.

    Quando não se tem credibilidade, é assim, até no acerto tem erro.

  14. G Carvalho

    De pleno acordo, amigo. Mas você viu algum erro desse tipo por aqui? Abração.

  15. G Carvalho

    O morro de besteiras do reino embaralha sua visão. Parece ignorar os precedentes. Não se lembra, talvez, que a Anta Patagônica também tentou extrair mais tributos dos fazendeiros argentinos, agoniando-se em consequência da guinada. Pretendia usar do pote com volúpia, encontrando, ao invés, o antagonismo previsível.
    Gosto do nome que os belizenhos adotaram para homenagear seu bicho nacional.
    Em Belize, a anta é conhecida como a Vaca da Montanha, que deve preferir seu habitat ao charco, onde tudo é movediço.

  16. Nels ON - off

    No primeiro dia de 2015, Kátia Abreu, “chiquérrima, com um vestido de milhões”, se encontrou com Dilma trajada de capa de botijão de gás, louca para botar fogo no Brasil. Era o dia da posse da presidente e dos demais ministros. Hoje, já devidamente possuída, a ministra da Agricultura está parecendo o “kPTa”, muito nervosa, reclama da turma da Previdência. Seria por causa do milho ou seriam outros milhões? Aconselho a senhora “Modelo de Pamonha” em comunhão com a Mandioca da Dilma que se aposentem logo, ou que vão para bem longe do Brasil, seguindo o exemplo das commodities agrícolas brasileiras com selinho “Tipo Exportação”, SIF e com embalagem que é simplesmente um luxo! Imaginar a “Coração Valente” e a “Modelo de Pamonha” com selinho, aí já seria demais. Mas, é melhor saírem do governo do que só fazer propaganda “enganosa”, por exemplo:
    “Olha aí, olha aí Freguesia, são as deliciosas ministras….ministras, ministras, ministras de Piracicaba(?)…”. Nem para matar a fome eleitoral de militante petista, que está doido para continuar mamando nas tetas do governo.

  17. RedFox

    Dona Kátia provavelmente come o boi no pasto mesmo. Vivo. Pra ela, que faz parte do governo, deve ser mais emocionante assim. No mais, quem frequenta supermercados sabe que carnes, em geral, não se aposentam. É verdade. Mas, a depender da data de validade, deveriam…