Coluna Augusto Nunes

Augusto Nunes

Com palavras e imagens, esta página tenta apressar a chegada do futuro que o Brasil espera deitado em berço esplêndido. E lembrar aos sem-memória o que não pode ser esquecido.

sobre

Colunista de VEJA.com, colaborador da edição impressa e apresentador do Roda Viva. Foi redator-chefe de VEJA e diretor de redação das revistas Época e Forbes e dos jornais O Estado de S. Paulo, Jornal do Brasil e Zero Hora. Autor do livro 'Minha Razão de Viver - Memórias de Samuel Wainer'.

  • Recordista em ação

    Por: Augusto Nunes

    “O debate, hoje, está sendo feito com bases em premissas falsas, que interessa mais à oposição que quer obstruir o trabalho de peparação do que ver o país ter um bom resultado em 2014″.

    Orlando Silva, ministro do Esporte e recordista panamericano na modalidade “salto sobre a lei, a moral e os bons costumes”, explicando que a roubalheira sem vigilância e sem risco de cadeia na gastança com as obras da Copa do Mundo e da Olimpíada foi tramada pela oposição.

    Voltar para a home
    TAGs:

    Comentários

    Aprovamos comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais (e-mail, telefone, RG etc.) e links externos, ou que sejam ininteligíveis, serão excluídos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.

    Conheça as regras para a aprovação de comentários no site de VEJA

    *

    1. f tavares

      – ah, malandro… o ministro-minoria é como uma prostituta masoquista, gosta de apanhar e só se mobiliza por dinheiro…

    2. Angelo

      Senhores,a honradez,a honestidade,são premissas
      falsas para esse gatuno que decorou a Cartilha do
      chefe,e quer pôr em prática o quanto antes,pois
      sabe que sem vigilância a roubalheira será maior!!!!

    3. Delmo Oliveira

      Caro Augusto;
      O Orlando Tapioca Silva, Recordista em ação, aprendeu rápido com o CHEFE e JOSÉ DIRCEU, fazem as lambanças(roubalheiras), quando percebem que deixaram rastros visíveis, conheçam a jogar na conta da perseguição raivosa da oposição e de uma Imprensa irresponsável. Tanto que o CHEFE(LULA)não os chamam de criminosos, meliantes, falsários, bandidos etc. Não, não e não, o CHEFE(LULA) os trata carinhosamente de ALOPRADOS. Vamos para de brincar com a cara do povo Brasileiro !!!!!!!!!!!

    4. gaúcha indignada

      Orlando a tua “hora” está chegando!

    5. Naná

      Orlando Silva

      Aqui não tem idiotas

      Leia isso

      Demetrio Magnoli

      http://mccouto.blogspot.com/

    6. alexandre MINAS GERAIS

      O lema da quadrilha, desde sempre, é: o fim justifica os meios.

    7. Petista arrependido

      Augusto,
      O ministro pensa que para trazer a Copa e a Olímpiada para o Brasil,vale tudo,inclusive deixar os quadrilheiros à vontade.
      Orlando Silva,como ministro dos Esportes,tá um bom cantor de samba-canção e bolero…

    8. markito-Pi

      Volto. Torço, em termos de CopA 2014, para que Berlusconi cumpra seu dever. Tire a Itália da Copa.
      E que as nações que não compactuam com esta farsa Blatter/Teixeira façam o mesmo.
      Cito Mario Henrique Simonsen, na sua genial proposta:” Pague-se as comissões. Sai mais barato.”

    9. markito-Pi

      Orlando Silva, o original, cantor das multidões, foi o primus inter pares.O melhor entre os bons.
      A contrafação homonima,o menor entre os piores, consegue destacar-se no lodaçal dos pigmeus morais que o empregam, como o mutreteiro inescrupuloso que é.