Coluna Augusto Nunes

Augusto Nunes

Com palavras e imagens, esta página tenta apressar a chegada do futuro que o Brasil espera deitado em berço esplêndido. E lembrar aos sem-memória o que não pode ser esquecido.

sobre

Colunista de VEJA.com, colaborador da edição impressa e apresentador do Roda Viva. Foi redator-chefe de VEJA e diretor de redação das revistas Época e Forbes e dos jornais O Estado de S. Paulo, Jornal do Brasil e Zero Hora. Autor do livro 'Minha Razão de Viver - Memórias de Samuel Wainer'.

Bandido cinco estrelas

Por: Augusto Nunes

“Hoje completam dois meses que estou sendo tratado como um preso qualquer, um preso comum”.

Natan Donadon, deputado federal por Rondônia, atualmente sem partido, condenado a 13 anos e 4 meses de cadeia pelo STF, nesta quarta-feira, durante a sessão em que foi absolvido pela Casa dos Horrores, indignado com a inexistência no presídio da Papuda de uma cela cinco estrelas para hospedar exclusivamente o primeiro parlamentar-presidiário da história.

Voltar para a home
TAGs:

Comentários

Aprovamos comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais (e-mail, telefone, RG etc.) e links externos, ou que sejam ininteligíveis, serão excluídos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.

Conheça as regras para a aprovação de comentários no site de VEJA

*

23 comentários
  1. Silvana Zoéga

    Comprovadamente todos os políticos corruptos tem certeza que estão acima da LEI! Corruptos, comprovadamente,deveriam ser proibidos de se candidatar-se a qualquer cargo público e ser julgado por crime comum e devolver o dinheiro roubado dos cofres públicos não importando em nome de quem foi usado como “laranja”.

  2. Gerson (PR)

    Acho que faltou um sic depois de ‘completam’ na citação do deputado-presidiário (mesmo caso de “faz dois meses que…” e não “fazem dois meses…”). De qualquer modo, haverá tempo de sobra na prisão para o nobre presidiário se aprimorar nessas pequenas questões gramaticais…

  3. roby

    Aceite uma modesta dica, senhor Augusto Nunes: dispondo dos meios para tanto, aposto que os leitores do blog — assim como eu, claro — gostariam muito de saber o que no exterior se fala a respeito dessas aberrações patéticas de nossa esdrúxula “democracia”. O que acha?

  4. Luis Ricardo

    Ele se acha “melhor” que os outros bandidos??
    ta de brincadeira..

  5. toninho malvadeza

    Calma Donadon,você é o primeiro de muitos que o STF mandará para a Papuda para ter fazer companhia…

  6. arilson sartorato

    Calma delinquente, apesar do Lewandowisk do Toffolli e do Marco Aurelio de MeLLo, logo vc terá companhia de seus pares,como Zé Dirceu,Valério,Delúbio,Genoíno, Valdemar “o boy’, a cela vai ficar lotada, e a xepa vai continuar ruim se Deus quiser,aqui na minha terra fala-se quentinha.
    P.S- da próxima vez que reclamar da comida na prisão,reclame para a mamâe e não para os comparsas da Câmara,digo da Casa de Irene.

  7. anonimis

    Um politico é sempre membro de um partido e o partido é uma espécie de avalista do politico. Não acho oportuno que um deputado que comete ilícitos e condenado e expulso a sigla do partido é omitida.
    O deputado Donadom é ex-PMDB e não “sem partido” como aparece nos jornais (iclusive não me costa que tenha sido expulso)

  8. Otavio

    Será que o Donadon já fez o papel de noiva num daqueles casamentos de brincadeirinha que são realizados nas celas da Papuda?

  9. Eduardo V

    Não se desespere Deputado, logo V.Exa se destacará no presídio como o melhor limpador de latrina.

  10. Julia

    Preocupa não Donadon, logo a turma que não apareceu vai propor um presídio especial mas cuidado essa tua turma é do capeta, presídio especial desses caras pode cair. Até hoje não conheço presídio bem construído mas o Zé do PT logo vai ter alguma ideia boa. Coragem. Você é muito especial para o Congresso muitos faltaram a sua votação por pura falta de coragem em ver a tua dor.

  11. Alexandre Lima

    É Lula fazendo escola! Não foi ele que defendeu que Sarney não poderia ser tratado como uma pessoa comum, comentando uma das muitas patifarias? É o direito penal dos amigos, onde os fatos são julgados, e as penas aplicadas, de acordo com as relações de amizade do acusado com o grupo de poder.

  12. santeófilo

    O pior é que o danado do deputado Donadon está coberto de razão. Realmente é um verdadeiro despautério isso que estão fazendo com o pobre parlamentar. Não tem cabimento nenhum ele está atrás das grades. Aliás, vou aproveitar a deixa, deixada por ele, e fazer uma perguntinha pra lá de pertinente: e sem mais delongas é o seguinte o bregueço: o que fizeram com a palavra isonomia, hein??? Porque essa gritante e irritante distinção de tratamento entre o Donadon e o Genoino, por exemplo? Sei não, mas decididamente nós, moradores dessa republiqueta de bananeiras, perdemos o senso. Ou eu não estou certo?? Ou eu não estou certo???

  13. Reinaldo

    Como disse Alexandre Garcia hoje no Bom Dia Brasil: o povo que o elegeu já sabia que o deputado já estava envolvido com roubalheira em seu estado. Quem votou errado não tem direito em cobrar, pois nesse caso quem votou é cumplice.

  14. Leonardo X

    Dilmula precisa bolar um PAC para a construção de um presídio dos incomuns. Vai ver é por isso que
    os bandidos incomuns estão impunes. Falta de acomodação adequada. De fato, esses bandidos políticos, assim como os terroristas, não podem ficar na mesma prisão dos bandidos comuns. O regime militar fez isso e o resultado foi o surgimento do crime organizado aqui. Bandidos incomuns têm de ficar completamente isolados.

  15. Suzana

    Que vergonha para os presos comuns deste pais.

  16. Giovani

    Ao menos pode-se dizer que ele sabe contar os meses. Faltam somente 13 anos e dois meses para o cumprimento de sua pena condenatória. Geralmente é assim, Bandidos presos pela primeira vez, acham que mereciam um hotel 5 estrelas, reclamam, batem nas grades, mas depois acabam acostumando. Alguns até sentem saudade e voltam para as grades. Desejo os piores dias para bandidos desta espécie.

  17. Petista arrependido

    Natan,
    Você queria o que?
    Ladrão é ladrão e não merece perdão.
    Tem sorte em morar no Brasil,pois em alguns países fazem coisas horríveis com ladrões…

  18. Adroaldo

    Ele não é um preso qualquer, realmente, ele é um preso, que ao contrário de assaltantes comuns que roubam pequenos grupos ou uma individualidade, rouba de um Estado da União inteiro.

  19. RONALDE

    Deveria ser comum se um monte de deputados estivessem junto dele.Não é comum um deputado preso.

  20. razumikhin

    O Brasil, depois do PT, terá regredido à sua condição de colônia; desta vez, colônia do Foro de Çumpaulo. Generais brasileiros recebendo ordens do índio, plantador e traficante, Ebo iMorales. Lula deveria receber a pena de traidor da pátria.

  21. guararapes

    Só faltava essa para completar o perfil dos políticos brasileiros…
    Não cassar o LADRÃO DO DINHEIRO PÚBLICO e acima de tudo permitir que esse SAFADO ocupe uma cela especial…CHEEEEGAAAA!!!!!!
    Isso já virou piada fora do Brasil…Ninguém acredita que é possível ser Deputado e Detento ao mesmo tempo….(bem ,uma coisa combina, as duas palavras começam com a letra D )

  22. WESAK

    Por que será que parece que todos os canalhas do Brasil convergem para Brasília ?

  23. BETHS

    Nunca antes na história… desse mundo! My God!