Polícia Federal é ovacionada: o povo adverte os corruptos

Os ladrões ainda crentes no fim da Lava Jato que esperem sentados. O que vai chegar primeiro é a hora de sentar-se no banco traseiro do camburão

O grande momento do desfile que celebrou o Dia da Independência em Brasília foi a ovação que acompanhou, do começo ao fim, a passagem de um punhado de integrantes e viaturas da Polícia Federal. Habitualmente reservadas a piruetas aéreas ou tropas em uniforme de gala, as manifestações de carinho e admiração se concentraram na instituição transformada nos últimos três anos num dos símbolos da Operação Lava Jato. As salvas de palmas foram endereçadas à vanguarda da maior ofensiva anticorrupção da história do Brasil.

A leitura do mais recente balanço da Lava Jato, divulgado em 31 de agosto, torna pouco surpreendentes os sons e imagens captados pelo vídeo acima. Desde o começo da operação, por exemplo, houve 158 acordos de colaboração premiada firmados com pessoas físicas e 10 acordos de leniência. As 165 condenações aplicadas a 107 réus somam 1.634 anos, sete meses e 25 dias de pena. Já foram contabilizadas oito acusações de improbidade administrativa contra 50 pessoas físicas, 16 empresas e um partido político, exigindo o pagamento de R$ 14,5 bilhões. O valor total do ressarcimento, multas incluídas, é de R$ 38,1 bilhões.

O cortejo de números superlativos seria bem menos impressionante se não estivesse em vigor o instituto da colaboração premiada, utilizado com exemplar eficácia pela Lava Jato baseada em Curitiba. Caso seguisse  as regras definidas pela matriz, a sucursal de Brasília comandada por Rodrigo Janot não teria produzido as exceções que estimularam a contra-ofensiva ensaiada pela frente ampla dos corruptos. O desabamento da meia-delação premiadíssima, inventada pelo procurador-geral em parceria com Joesley Batista e Edson Fachin, foi a senha para a mobilização da bandidagem espalhada pelos três Poderes.

Os que sonham com o enterro da Lava Jato fracassarão outra vez. Como informa o balanço de agosto, a velocidade alcançada ao fim de três anos tornou irreversível a dedetização do país. Os larápios de todos os partidos, os comerciantes de propinas e os industriais da ladroagem não se livrarão dos tentáculos saudáveis da Justiça brasileira. Os vilões ainda crentes na vitória que esperem sentados. O que vai chegar primeiro é a hora de sentar-se no banco traseiro do camburão.

Levantamento da Operação Lava Jato de 31 de agosto de 2017 (Reprodução/Reprodução)

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  1. Paulo Cesar Martins

    Seria muito bom se os poderes da república estivessem sendo ovacionados juntos.

    Curtir

  2. Pastor Gabriel de Souza Ferreira

    triste para a nação onde quem deveria ser ovacionado seria a Liderança Politica, se não fosse sua composição quase que total de Bandidos

    Curtir

  3. Augusto, que bom voltar a comentar em seu blog. Péssima idéia de Veja em cobrar, principalmente dos que já são assinantes da edição impressa. Mas no assunto em questão, é uma bola de neve. Não tem como deter a avalanche.

    Curtir

  4. José Santos

    Alguma dúvida sobre de que lado o povo está?!

    Curtir

  5. francisco salim alves penin

    Os que já são assinantes da revista Veja não deveriam ser impedidos de externar suas opiniões nos blogs. Eu sou assinante há mais de 25 anos; por que 2 assinaturas? Pensem bem. Além do mais, como a chegada dos exemplares a minha casa tem atrasado, muitas vezes tenho de comprar a revista nas bancas. E olha que já fiz mil reclamações. Quanto à PF, é DEZ.

    Curtir

  6. pedro nolasco de oliveira silva

    AUGUSTO NUNES, O Sensato!!! Equanto houver este BLOG rstarei com ele. Assinei veja digital pela brilhante seleção de artigos do AUGUSTO e pela sua decência retilínea e sem bandidos de estimação. Sem dúvidas UM GRANDE BRASILEIRO.

    Curtir