Pecados veniais

“Imagina perder automaticamente o mandato por causa de uma condenação criminal por uma briga de condomínio ou briga de trânsito? O Poder Legislativa ficaria nas mãos do Judiciário”. Mozart Vianna, secretário-geral da Câmara dos Deputados, sobre o projeto de lei que prevê a perda imediata do mandato em casos  de condenação judicial, explicando que os […]

“Imagina perder automaticamente o mandato por causa de uma condenação criminal por uma briga de condomínio ou briga de trânsito? O Poder Legislativa ficaria nas mãos do Judiciário”.

Mozart Vianna, secretário-geral da Câmara dos Deputados, sobre o projeto de lei que prevê a perda imediata do mandato em casos  de condenação judicial, explicando que os pecados mais graves praticados pela turma da Casa dos Horrores são reclamar do barulho das crianças do apartamento vizinho e queixar-se do motorista do carro que está logo à frente por ter freado sem avisar.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  1. Comentado por:

    Payxão

    Porrrrrr…será que no Br-varonil não tem gente decente? As condenações dos parlamentares, não são por brigas com vizinhos ou outros motorista, são por coisas muito pior, roubo do dinheiro do contribuite na maioria das vezes!
    Quanto corporativismo……..

    Curtir

  2. Comentado por:

    zedomatogrosso

    …mozart, não o compositor, mas este aspone de triste memória, é cria e rcria do faráo do maranhão.No oficio, que diz exercer, pode ser substituido por um simples gravador. Foi recem apadrinhado pelo cangaceiro das alagoas. O Renan. Nós é que pagamos o salário deste degenerado…..

    Curtir

  3. Comentado por:

    Justus Indiguinadus

    Cara Júlia Rodrigues, obrigado pelo carinho e educação da resposta… Desculpe o tamanho do texto, más é difícil ensinar alguma coisa no campo da ética, da moral e dos bons costumes, que seja mínima; simples, para qualquer político que seja. Quanto mais em um texto com menos de 1000 palavras… Continuarei a ler o ótimo Augusto Nunes e vamos conforme podemos, juntando fileiras para melhorar essepaís, más cá entre nós, o texto “Escolinha pra políticos” é uma boa, para nós o povão, massa de manobra do regime vermelho implantado nessepaís e que não damos conta de arrancar, da capital dos horrores, no planalto dos psicopatas de terno e gravata. Augusto, saudações, quando puder; não se esqueça de analisar pra nós, algo que já se faz eminente a decisão do supremo; já podemos esperar num futuro próximo, uma bancada criminosa bem azeitada, transitada e julgada e com líder da maior qualidade criminal, a representar o interesse do crime nessepaís. Não deixa de ser uma inovação na política, verdade ou não? Nessepaís, levamos a sério a democracia. Para o crime; a lei e seu rigor? Para a política; tudo, desde que o criminoso seja dos nossos quadros! Saúde, sucesso e prosperidade, a todos da redação da publicação e dos colunistas da líder da resistência, aos princípios éticos, morais e democráticos, tão deturpados nessepaís…

    Curtir

  4. Comentado por:

    petista arrependido

    E políticos ladrões também devem continuar exercendo os mandatos?
    Apesar de que se o poder legislativo ficasse nas mãos do judiciário não mudaria muita coisa.
    Lá como cá,ladrões há.

    Curtir