Os nomes em código dos quadrilheiros do Petrolão são tão misteriosos quanto os que aparecem na certidão de nascimento

Tão imaginosos na execução das roubalheiras monumentais, os comandantes do esquema do Petrolão merecem zero em criatividade num quesito bastante valorizado no submundo da corrupção: escolha de codinomes destinados a camuflar a real identidade dos comparsas. Duas invenções do empreiteiro Leo Pinheiro, por exemplo, são tão misteriosas quanto o nome que aparece na certidão de […]

Tão imaginosos na execução das roubalheiras monumentais, os comandantes do esquema do Petrolão merecem zero em criatividade num quesito bastante valorizado no submundo da corrupção: escolha de codinomes destinados a camuflar a real identidade dos comparsas. Duas invenções do empreiteiro Leo Pinheiro, por exemplo, são tão misteriosas quanto o nome que aparece na certidão de nascimento do parceiro de patifarias.

A primeira ideia de jerico foi transformar Lula em “Brahma”. (É possível que menções a um Luiz Inácio deixassem intrigados muitos brasileiros. Brahma até bebê de colo sabe quem é). Outro surto de inventividade, revelado nesta semana pela Polícia Federal, levou-o a exumar o músico alemão Richard Wagner para transformar Jaques Wagner num certo “Compositor”. (A sorte do ex-governador baiano é que Leo Pinheiro preferiu música clássica a futebol. Se ocorresse o contrário,correria o risco de ser chamado de “Love”, furtado do atacante Wagner Love).

O benfeitor da Famiglia Lula deve achar que ninguém no Brasil nunca ouviu falar no Wagner de lá, cuja obra mereceu de Adolf Hitler o mesmo apreço que Lula demonstra pelas coisas que faz o Wagner daqui. A associação ao pesadelo nazista não melhora a imagem de Richard Wagner. Pode acabar condenado à danação eterna pelos próprios alemães se descobrirem que acabou de entrar no palco da maior roubalheira ocorrida desde o Dia da Criação.

http://videos.abril.com.br/veja/id/62a127261164fef2772b3d377fbbde3f?

Comentários
Deixe uma resposta

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  1. Comentado por:

    bianca cavani

    rsrs: a jacuzada “se achando” o máximo como agentes secretos. Acho que tinham até mesmo sinais (como os mafiosos) para se comunicar para os colegas de agência de “inteligência”.

    Curtir

  2. Comentado por:

    Plínio

    O mas escabroso é que Dilma Rousseff, a excrescência, possa receber dia 12.01.2015, próximo, à noite, com toda a pompa e circunstância, para um jantar no Palácio do Alvorada, – PARA JANTAR!!! – olha quem vem para o jantar!? – ele mesmo, o energúmeno apedeuta meliante, Lula da Silva, é, o seu Silva, o da Dilma, e se o Petrolão foi o maior esquema de corrupção da história do Brasil, quiçá, do Mundo, o seu mentor e criador, Lula da Silva, é o maior LADRÃO da história do Brasil e, quiçá, do Mundo, também; então, uma pergunta que em corações e mentes de milhões de brasileiros sensatos não quer se calar: por que ele, Lula da Silva, ainda não estar na cadeia?!, o que mais falta?!, que mais outro crime precisa esse bandido cometer?!, provas suficientes e irrefutáveis já existem para pôr esse inescrupuloso, Lula da Silva, na CADEIA!, o que mais a Justiça brasileira estar esperando para prende-lo, uma hecatombe?!, uma guerra civil?!, que os cidadãos revoltosos façam justiça com as suas próprias mãos?! o que mais?!, o que mais?!, que mais crimes esperam o nosso Judiciário desse covarde, Lula da Silva, e da sua quadrilha, incluindo-se aí Dilma Rousseff, perpetrarem?! E essa dissimulada, Dilma Rousseff, mais uma vez envergonha e afronta a nação, a justiça, os cidadãos-contribuintes-eleitores, com esse convite amoral, levando para dentro da casa da Presidência da República, do Governo, depois de tantos crimes, para banquetear, um criminoso covarde, um ladrão, a quem ela criminosamente conivente, até concede o direito do convidado escolher os comensais, os parasitas, a sua facção, à partir do meliante asqueroso Jacques Wagner, Ministro do Covil, a companheiros de crimes, como o Rui Falcão. Então a mesa estar posta, a mixórdia estar na mesa, e a glutonaria, sofreguidão a banquetear o próximo crime; o crime estar no ar, e esse infeliz e maldito ano de 2015 persiste em não acabar, enquanto essa espécime abjeta vergonhosa, Dilma Rousseff, e seus asseclas rapinadores continuarem nesse delinquente desgoverno, nesse mar de lama, nessa criminosa podridão de administração pública petista; até quando! ATÉ QUANDO!… É uma questão que incansavelmente, indomavelmente, temos que nos opor e combater.

    Curtir

  3. Comentado por:

    Valentina de Botas

    Talvez nunca tenha havido o chamado tempo da inocência, mas sempre há tempo para a decência quando há homens decentes. As últimas notícias sobre o senador boliviano Roger Pinto Molina informam que continua morando em Brasília, longe da família que veio morar no Acre, e que se desfaz do patrimônio para sobreviver já que não tem visto de permanência no Brasil que o permita trabalhar – ele ainda aguarda uma resposta do governo de Dilma Rousseff. Antes da fuga angustiante empreendida da Bolívia para cá graças à coragem movida por indignação do diplomata Eduardo Saboya – que, não ficou por impune pela escolha moralmente correta – Molina, todos nos lembramos, viveu o drama e a humilhação de se confinar a um quarto de 20 metros quadrados na embaixada brasileira na Bolívia por 455 dias enquanto o governo brasileiro, na cumplicidade asquerosa com regimes asquerosos, ignorava os apelos do senador e do pessoal diplomático pelo salvo-conduto indispensável para que o Molina viajasse, pois, apenas a concessão de asilo já feita não bastava. O crime do senador foi denunciar as relações do regime de Evo Morales com o narcotráfico. Enquanto isso, Adlene Hicheur, um cientista franco-argelino ligado à Al-Qaeda e condenado por terrorismo na França, entrou sem dificuldades no Brasil em 2013, vive no Rio de Janeiro e ganhou emprego na UFRJ, com salário mensal de 11 mil reais. Ambos, o boliviano e o franco-argelino, vivem cotidiano incerto de fugitivos. Aquele porque inocente, este porque culpado. No país governado pela escória, os brasileiros decentes constatamos envergonhados que Hicheur não tinha com o que se preocupar até sua história ser noticiada; Molina só tem chance à vida decente que busca se não for esquecido. E o Brasil só deixará de ser a escarradeira do mundo quando se livrar da dinastia petista alinhada ao antissemitismo protuberante, ao antiamericanismo sempre bocó e a facínoras internacionais. Um trabalho para os brasileiros decentes. Um beijo

    Curtir

  4. Comentado por:

    FM

    Augusto, temos que considerar que rico vagabundo não tem a mínima necessidade de ser inteligente. Escola? de preferência aquelas onde o pagou passou é garantido. Além do mais na era do lulo-petismo quando ninguém imaginava que pudesse existir um Juiz Sergio Moro que pudesse interromper os passos dos delinquentes no rumo de seus objetivos criminosos, a escolha de codinomes não era coisa de esquentar os miolos desses gananciosos, principalmente quando milhões voavam de um lado para o outro como passarinhos em viveiros. Codinome, naquela era tranquila pré-Sergio Moro, talvez para esses delinquentes fosse importante para lhes dar uma característica de pertencerem a uma organização, claro que criminosa.

    Curtir

  5. Comentado por:

    Antônio

    Augusto, acabei de ler no site do estadão, que o Marcos Valério quer fazer delação premiada. Aliás, o depoimento que ele prestou em 2012, está na matéria, na íntegra. Depois, mais abaixo, consta que o lobista Mauro Marcondes, aquele que pagou R$ 2,5 milhões ao filho mais novo do Lula, por “copiar-colar”, também, está pensando em fazer delação. Ficam, então, as perguntas: Quando, afinal, vão colocar na jaula, aquele traste do menosum? Até quando vão protelar esta novela?

    Curtir

  6. Comentado por:

    estela

    acho q Janot eh mesmo Enganot!desse mato nunca vai sair coelho!FORA JANOT!!!!!politicos q praticam crimes sao bandidos de alta periculosidade,pq somente o outro lado do balcao paga o pato???????????????????queremos cadeia!!!

    Curtir

  7. Comentado por:

    Reynaldo Rocha

    São vários. Muitos. Estão entranhados nos poderes que formam a república no Brasil.
    Será que as prisões vão alterar algo neste quadro? Haverá alguém que substituía?
    A sensação é que não, não há. Mas esta quase certeza não nos dá o direito – nem a ninguém – de desistir. Pois somos nós, os corretamente elencados como brasileiros decentes pelo mestre Augusto Nunes, que nunca foi convidado para a festa onde no máximo, tomamos conta dos carros dos poderosos.
    Não esperemos que em uma revisão de vida ou de correção de biografia, estes seres sem nenhuma decência passem a abraçar algo que os façam alterar o caminho da podridão que escolheram. Não acontecerá.
    Resta nós conosco. Frase estranha, mas verdadeira.
    Poucos entendem como isto é fundamental na nossa possibilidade de futuro. Nesta inversão de valores histórica, onde antes dos direitos civis (políticos) convivemos com os ditos direitos sociais sob o império (ou reino) de Portugal, resta cada vez mais crer que está em nossas mãos a alteração de rumos.
    Somos espoliados. Roubados. Ofendidos. Massacrados. Rotulados. Em nome de uma seita popularesca nascida de alguém que nunca conseguiu explicar o que pensava. Que se vangloriava da ignorância. E que fez do poder a única razão da existência do 1420201discurso vazio e das ações criminosas.
    Queria fazer do Brasil uma imensa capitania onde donatários teriam o poder e o direito de usar o território como julgassem melhor. Para eles.
    A história do Brasil é plena de exemplos do uso e abuso do poder em nome de amigos Del Rey. Ou de presidentes ditadores. E mesmo regimes despóticos.
    Qualquer estudante do ensino fundamental que não tenha sido catequizado pelas ideais (e ideais) de esquerda, terá a consciência que desde Itamar e FHC vivemos um novo tempo. Ignorado e sempre acusado do que não fez, na tentativa de ser apagado da história.
    Não me move o ódio ou interesse outro que não um caminhar de uma nação que se faz aos poucos. Aos trancos e barrancos.
    Não quero usar o clientelismo para me beneficiar dele. Muito menos o aparelhamento do que um dia era estado. Hoje, é ajuntamento.
    Não sei oferecer a outra face para a bofetada indesejada. Mas, sei que a defesa legítima de meus direitos faz parte da formação de uma nação.
    Não se trata de substituir A por B ou C, D, E, etc.
    Antes, eliminar A que sabemos, quer manter-se como eterno e donatário da história do Brasil, mesmo que para isto insista em reescrevê-la.
    Não podemos desistir.
    Não merecemos abandonar o Brasil que é mais nosso (imensamente nosso!) que deles.
    Lutar, expor, ir à ruas, exigir o que nos roubaram, demonstrar que somos mais que o grupo da tubaína e mortadela, é essencial.
    Contra eles? Não. Por nós.
    A última ofensa dos celerados militontos é se portarem como se este país pertença a eles. Nunca será assim.
    Enquanto as ruas existirem e nós estejamos atentos ao futuro, não acontecerá!
    Podem TODOS ELES estar como ostras agarradas em pedras à beira-mar. Que fiquem lá. Nós acompanhamos as ondas e o mar.
    E estes são sempre renovados.
    Quer eles queiram ou não.

    Curtir

  8. Comentado por:

    Valentina de Botas

    Talvez nunca tenha havido o chamado tempo da inocência, mas sempre há tempo para a decência quando há homens decentes. As últimas notícias sobre o senador boliviano Roger Pinto Molina informam que continua morando em Brasília, longe da família que veio morar no Acre, e que se desfaz do patrimônio para sobreviver já que não tem visto de permanência no Brasil que o permita trabalhar – ele ainda aguarda uma resposta do governo de Dilma Rousseff. Antes da fuga angustiante empreendida da Bolívia para cá graças à coragem movida por indignação do diplomata Eduardo Saboya – que, não ficou impune pela escolha moralmente correta – Molina, todos nos lembramos, viveu o drama e a humilhação de se confinar a um quarto de 20 metros quadrados na embaixada brasileira na Bolívia por 455 dias enquanto o governo brasileiro, na cumplicidade asquerosa com regimes asquerosos, ignorava os apelos do senador e do pessoal diplomático pelo salvo-conduto indispensável para que o senador viajasse, pois, apenas a concessão de asilo já feita não bastava. O crime do senador foi denunciar as relações do regime de Evo Morales com o narcotráfico. Enquanto isso, Adlene Hicheur, um cientista franco-argelino ligado à Al-Qaeda e condenado por terrorismo na França, entrou sem dificuldades no Brasil em 2013, vive no Rio de Janeiro e ganhou emprego na UFRJ, com salário mensal de 11 mil reais. Ambos, o boliviano e o franco-argelino, vivem cotidiano incerto de fugitivos. Aquele porque inocente, este porque culpado. No país governado pela escória, os brasileiros decentes constatamos envergonhados que Hicheur não tinha com o que se preocupar até sua história ser noticiada; Molina só tem chance à vida decente que busca se não for esquecido. E o Brasil só deixará de ser a escarradeira do mundo quando se livrar da dinastia petista alinhada ao antissemitismo protuberante, ao antiamericanismo sempre bocó e a facínoras internacionais. Um trabalho para os brasileiros decentes. Um beijo

    Curtir

  9. Comentado por:

    Paulo Fernanado

    Nao entendo a justiça o STF e demais tribunais pelo Brasil por exemplo quando favorecem um patrimonio por exemplo a uma pessoa que nao tem direito a ele ,esta cometendo um crime,como depois reaver isto e punir a justiça por dar este parecer errado sabendo que estava errado.Assim como politicos que cometem corrupçoes tem que pagar por isto so que politicos hoje ja sao punidos apos Excelentissimo juiz Sergio Moro antes nao tinhamos assistido isto.Começo tudo no governo do Lula do Brahma como queiram.Bem brando com o Mensalao,que muitos diblaram bem,como puderam e o STF tambem ajudo os corruptos como pode e como quiz.Ja ouviram Da a Cesar o que e de Cesar e assim a vida ou pelo menos deveria ser.Mato Grosso do Sul tem um tribunal muito corrupto todos sabem inclusive muitos para nao falar todos advogados e juizes e ninquem faz nada,calam com medo diante deste tribunal.Medo de perder causas e medo por serem processados ,afinal sao eles que estao com a caneta na mao.Aqui esta acontecendo a Lama Asfaltica e nada acontece ninquem preso assim como nada no DNIT com Bolhkes roubados e todos spltos,ou quase todos pois o que colocou o diretor Bumlai esta preso e Delcidio que defendeumo DNIT as contas mesmo o TCU,CGU,MP,MPF mostrando o rombo,estao presos.Este Brasil de fato tem que ser remodulado,nao da mais.Tudo quebrado e orgaos nao funcionam mais,falidos,desacreditados e muitos sucateados.A justiça nao tem mais moral esta imoral,a verdade e esta.Lula fez o que quiz e ainda solto,sera que e a lei que presidente Dilma sancionou sobre a PF?sera?Ou sera que depois de tantos relatarem na delaçao a sua participaçao ainda nao acaharam provas contra o Lula,Barbudo ou Braham,sao tantos codinomes que nos perdemoa pelo caminho assim como a justiça se perdeu e demais politicos.

    Curtir

  10. Comentado por:

    Paulo

    Pelas últimas delações premiadas, vemos em destaque o nome de AÉCIO NEVES,…
    Volte pra reunião da quadrilha, paularápio.

    Curtir

  11. Comentado por:

    Paulo

    Aécio Neves, teve no senado o seu parente o vice governador do Rio, Francisco Dorneles, seu primo e presidente do PP na época. O PP de Malluf têm uma monstruosa participação no PETROLÃO.
    O Paulo está que foi o FHC que fez o Petrolão porque apoiou o Aécio é primo do Dornelles, que é do PP, que foi do Maluf, que faz parte do esquema criminoso montado pela seita criminosa, que, como mostra o comentário, perdeu o cérebro junto com a vergonha.

    Curtir

  12. Comentado por:

    Paula

    Ótimo minuto!

    Curtir

  13. Comentado por:

    Paulo

    Aécio Neves, governou nosso Estado, porém pouco presente em Minas, tem aeroporto e outras propriedades no interior mineiro, mas não teve uma permanência constante no Estado, como seus antecessores,deixou os PETISTAS ganharem as eleições.

    Curtir

  14. Comentado por:

    Contribuinte Lesado

    O ex-operário chefe do mensalão e traidor BARBA, agora chama BRASIL, pois a mídia reporta que nos depoimentos do BRAHMA na polícia federal elle sempre de defende nas dezenas de horas de depoimentos prestados que tudo que ele fez foi para “o bem do BRASIL”. Elle é o BBB da corrupção…o bem do BRASIL vai para outro B, de BNP administrador de fortunas.

    Curtir

  15. Comentado por:

    lobista

    BNDES.Dilma fez lobby por empréstimo especial a Andrade Gutierrez.AG pegou US$320 milhões do BNDES e doou R$20 MILHÕES À CAMPANHA. Integra em:
    http://www.diariodopoder.com.br/noticia.php?i=47255922456

    Curtir

  16. Comentado por:

    Mafioso Curitiba

    Qualquer idiota, ou quase qualquer um, sabe que para delinquir em grandes maracutaias é necessário muita criatividade e estratégia. Os lambuzeiros de plantão banalizaram tanto a roubalheira que já davam nomes aos bois (inclusive aos que tossem). Mais uma ano de corrupção sem Lava Jato e publicariam os estratos com os valores roubados protegidos poe alguma MP que regulamentaria o Desvio de Dinheiro Público.

    Curtir

  17. Comentado por:

    Mafioso Curitiba

    AUGUSTO,pelos jornais de hoje,domingo, foi aberta a temporada de Delações Premiadas a granel !!!! Você poderia nos brindar com uma comentário sobre o assunto.

    Curtir

  18. Comentado por:

    Anonyma

    Concordo, com você Valentina. … tenho parentes bolivianos por parte de mãe -que é boliviana- democratas/ e por eles sabemos como o Evo Morales esta transformando a linda Bolívia num estado fascista socialista narcotraficante onde o primeiro passo do governo “socialista indigenista” do Evo foi tornar a folha da coca como “patrimônio cultural” claro que é puro pretexto lá é a fonte de dinheiro que eles usam para financiar o seu projeto de poder marxista indígena/ aqui o PT usou a Petrobras e continuará usando não sejamos ingênuos de pensar que eles vão parar não vão nisto o professor Olavo de Carvalho tem razão a corrupção será sempre usada pela esquerda para chegar ao poder seja qual ela for esta no programa deles de governo eles são SUBVERSIVOS por convicção e vão ganhando terreno porque como aqui no Brasil e na Bolívia infelizmente não há uma(com exceção de uma parte da imprensa) uma oposição forte e organizada como ocorreu na Argentina que chegou ao poder e na Venezuela que venceu no parlamento e olha que lá a imprensa não tem a liberdade que ainda existe aqui…/ é oque eu acho sem uma verdadeira oposição que não faça nenhuma concessão a esquerda e ao PT estaremos caminhando para uma venezualização só que bem velada como faz parte da nossa cultura …

    Curtir

  19. Comentado por:

    • Tania

    Por falar em capangas, apelidos, codinomes, estelionatos e dívidas, quando o público brasileiro que patrocina, banca a farra do boi TODA – na marra – terá acesso às despesas via Cartão Corporativo da operária de estimação, a Rosynha do Chefe?
    ¯¯¯¯
    Não há um *deles desamparado pelo bando. Mas antes que o segundo maestro dessa bandalheira, o marqueteiro nobre do reino monte a desqualificação dos argumentos de quem vai arcar também com esta conta, será irreal acharmos que eles e elas, as bestas-feras estrebuchando de ódio, faz dois dias, em São Paulo, tenham vinculação com as ramificações sustentadas, bancadas pelo vale-tudo da escola de um José Dirceu, Stédile, Genoino, petistas-governistas? Eu imagino que milhões de brasileiros se perguntaram em qual buraco anda enfiada aquela outra descaradinha mercenária, alçada a chefete de gangue, e que blindada inclusive (li publicado) chamou policial de ‘macaco’, e está FORA DA CADEIA? Aqui na coluna, li surpresa, e graças a Carlos Brickmann, que a Elisa de Quadros Pinto Sanzi – a Sininho – assina ‘Cininho’: estilo do autor, TRECHO do post é ‘O caminho das Pedras’. Mas falando dos vândalos, que nos ignoram solenemente durante o que para eles é diversão e lhes rende PixuLecos, bem caberia *O Caminho de Pedrinhas –, e para falta de sorte de quem já está lá.
    ˙
    É difícil dar certo – 16/02/2014 – Carlos Brickmann

    Curtir

  20. Comentado por:

    Jose Marconi

    Tanta bandalheira que parece que a única saída é o portão 49 de GRU, porque o 171 está acabando com o país!

    Curtir

  21. Comentado por:

    tutti

    Ontem o programa Painel era de chorar. Fiquei deprê. A América Latina destruída por um bando de criminosos. A Venezuela arrasada. O Brasil no fundo do poço. Lembram quando o abjeto Lula da Silva, o Pixuleco, dizia que na Venezuela tinha democracia demais?

    Curtir

  22. Comentado por:

    Mario

    Gostaria de saber por que não consigo mais abrir os vídeos do blog de Augusto Nunes? É apenas comigo ou tem algo mais que não alcancei? É o segundo dia seguido que isso ocorre. Com a palavra os técnicos de informática.
    Caro Mario, aparece alguma mensagem quando tenta abrir os vídeos? Abraço. Naomi.

    Curtir

  23. Comentado por:

    Trovador

    Da série “se puxar uma pena, vem um galinheiro completo”, deu no site da “Folha”:
    No final de junho de 2014, o então tesoureiro do PT, João Vaccari Neto, escreveu a Leo Pinheiro, da OAS: “Ouça a música do cantor Orlando Silva”. O empreiteiro respondeu: “Ligo pra ele”. No dia seguinte, Vaccari enviou: “Conserte as duas faixas arranhadas, caso tenha solução”.
    Orlando Silva, deputado pelo PC do B, não recebeu recursos da OAS, mas a Direção Nacional da sigla foi contemplada com R$ 600 mil logo após as mensagens, em agosto de 2014.’

    Curtir

  24. Comentado por:

    Gardelon

    Dizen, en Argentina, que el principal consejo que Lula sempre dio a Cristina fue: “Jamas admita nada! Jamas! Nunca! Sinon la cosa no para mas!” (Desculpen mi portunol, amigos!)

    Curtir

  25. Comentado por:

    silvio

    Augusto, a grande dúvida deste 2016 que se inicia, é: QUEM CHEGARÁ PRIMEIRO NO “5”. 0 dolar; a popularidade da Dilma; o crescimento da China ou, o preço da gasolina no Brasil.

    Curtir

  26. Comentado por:

    Nílton

    Sr. Augusto, sempre seu minuto é espetacular, portanto, gostaria de lei sugerir um “minuto” diferente fazendo uma homenagem ao incrível Bowie, creio que ficaria sensacional.

    Curtir

  27. Comentado por:

    fpenin

    Números, coincidências e toda sorte de situações levam-nos a refletir que há bruxas, apesar de não crer que elas existam. A Numerologia poderia explicar certas situações: José Dirceu, o guerrilheiro de carabina de “prástico”, e João Vaccari têm seus números de prisioneiro terminados em 26, o dobro de 13, por coincidência o número do partido ‘qui num róba nem dexa robá”. Se a Numerologia não conseguir explicar, só apelando ao Zagallo…

    Curtir

  28. Comentado por:

    Mario

    Caro Mario, nos desculpe pelo transtorno. Sua reclamação já foi encaminhado para o suporte técnico e a recomendação é que o senhor instale o Flash, um programa que possibilitará ao seu computador rodar vídeos publicados pela coluna. Este é o link para instalação: https://get.adobe.com/br/flashplayer/. Caso volte a enfrentar problemas, volte a nos informar. Abraço. Naomi

    Curtir

  29. Comentado por:

    Gerson (PR)

    fpenin – 12/1/2016 às 2:13,
    JOSÉ DIRCEU DE OLIVEIRA E SILVA tem 26 letras, 2 x 13. Propositalmente ou não, o horário de seu comentário foi às 2:13h e os dígitos da data somam 13. É a Cabala pegando no pé do Zé!
    Mas o que me chamou a atenção na reportagem de capa da última edição de Veja foi o fato de João Vaccari estar usando um “rabo quente” para aquecer a água que usa para fazer faxina na cela. Esse dispositivo elétrico é ineficiente, perigoso e consome muita energia, sobrecarregando tomadas de uso geral. Além disso, seu uso é proibido para prisioneiros, por motivos óbvios. Como é que isso foi parar lá? Descuido do carcereiro?

    Curtir

  30. Comentado por:

    Humberto josé de Andrade

    Eu morro fora do brasil,gostaria que você falace sobre o nióbio do Brasil, porque nos temos 80% de nióbio de todo mundo o Canada 2%,o Canada e fez uma grande reforma com o pouco que tem, nos 80% no Brasil temos que passa por tanta dificuldade, o brasil não deviria esta ganhado bilhões ou trilhões com este mineral que tão raro e servi para tantas tecnologia de ponta, ai e mais um caso de corrupção e lava jato e petrobras e troco bala .

    Curtir