Coluna Augusto Nunes

Augusto Nunes

Com palavras e imagens, esta página tenta apressar a chegada do futuro que o Brasil espera deitado em berço esplêndido. E lembrar aos sem-memória o que não pode ser esquecido.

sobre

Colunista de VEJA.com, colaborador da edição impressa e apresentador do Roda Viva. Foi redator-chefe de VEJA e diretor de redação das revistas Época e Forbes e dos jornais O Estado de S. Paulo, Jornal do Brasil e Zero Hora. Autor do livro 'Minha Razão de Viver - Memórias de Samuel Wainer'.

Valentina de Botas: Dilma corre para um desvão da alma em permanente penumbra

Por: Augusto Nunes

Três anos depois, abriram a cela, a mulher saiu para nunca mais ser livre. Talvez porque impossível se libertar da ideologia que a levou para uma organização terrorista; talvez porque tão irrelevante currículo não passe mesmo de uma ficha policial; talvez porque ao trauma não tenha sido dada uma rota de cura; talvez por índole; talvez por tudo isso, a mulher-que-foi-presa-e-torturada-pela-ditadura, quando acuada, corre para um desvão da alma em permanente penumbra tornada uma cela de onde, aos berros, anuncia que ninguém vai tirá-la de lá. Refere-se à presidência, mas fala de dentro de uma cela que insiste em fazer de argumento, resultando em banalização e ineficácia.

Poucas coisas são mais relevantes numa história de vida do que exercer a presidência da República e o mesmo poderia ser válido para Dilma se ela fosse uma presidente. Contudo, o exercício vil do cargo culminou, na tarde desta terça-feira, numa esculhambação institucional tão indecorosa que a passagem dessa farsante pelo Planalto não define uma gestão, mas uma instrumentalização criminosa do Estado e respectivos símbolos, valores, equipamentos, pessoal e recintos. Tudo para berrar ao país indignado que a mulher encarcerada não o libertará e que o juiz Sérgio Moro é a reencarnação curitibana de Hitler.

Se para a farsa mambembe, como as de uma Caravana Rolidei que espalha desgraça em contraste com a do filme, a presidente se reunisse à mesma malta na casa de um dos juristas analfabetos em lei ou de um dos professores obscuros, num fim de semana ou depois do expediente sempre ruinoso para a nação, tudo seria apenas a agonia do governo organizada segundo a moral dos presentes. No Palácio do Planalto, ela guiou tudo na avacalhação institucional custeada por nós para sermos acusados, aos berros, de golpistas e avisados de infâmias a respeito do admirável juiz Sérgio Moro, cuja presença se estabelecia no nome silenciado.

Um professor – Santo Deus! – da UnB disparou que a corrupção num país de tantas desigualdades não é o maior problema, como se ela não as agravasse. O pânico denunciado no embuste covarde se explicava também porque, no Brasil real, a Polícia Federal deflagrava a 26ª fase da Lava Jato, a Xepa, revelando um departamento exclusivo na Odebrecht para cuidar da propina aos comparsas lulopetistas. As ameaças do ministro-irmão-camarada Aragão, as chicanas da AGU na figura ridícula do porquinho Cardozo para defender o ministério para o lorde cigano jeca dessa caravana rolidei troncha que não passará e a pajelança obscura no Planalto pela abolição da legalidade nos berros de uma farsante acuada prolongam a morte dessa realidade.

Que Dilma não renuncie à presidência, aos crimes e ao próprio cárcere voluntário, o fato é que, sem querer e em 14 anos desse regime torpe, faz o único bem, ainda que a um custo que só adivinhamos, ao Brasil que já lhe disse bye bye, pois o prolongamento disso servirá para tatuar fundo na volátil memória do país que saberá ser livre a lição dura e preciosa: esses carcereiros, nunca mais.

Voltar para a home
TAGs:

Comentários

Aprovamos comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais (e-mail, telefone, RG etc.) e links externos, ou que sejam ininteligíveis, serão excluídos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.

Conheça as regras para a aprovação de comentários no site de VEJA

*

  1. Gloster

    Sua leitura é muito boa.
    Por favor! Não saia daqui.
    Vão te provocar para que isto aconteça.
    O Augusto sabe o que faz.
    Beijo “profundo”. Desculpe-me mas você é demais.
    Novo ‘beijo’ (agora, só com UMA aspas) já que somos íntimos. ?.
    Rsrs, kkkk, ou o que mais?
    Amo tua persona. Em português.
    Bjs.

    Abs.

  2. Moi

    Muito bom. Estou adorando tudo isso, quanto mais resistem mais gente percebe o quanto sao criminosos.

  3. Darazoom

    Mais uma análise perfeita de Valentina. Chegaria a ser poética se não revelasse toda a feiura da alma penada.
    De fato, entre outras características a dona Dilma nunca teve a menor vocação para a presidência. Tanto que nos idos de 2010 a primeira coisa que ela fez ao ser “eleita” foi tascar logo ao cargo um epíteto de “presidenta”, renunciando a ele antes mesmo de ser empossada. E por que agora ela se agarra tanto ao cargo que nunca quis e com o qual não tem nem nunca teve a mínima afinidade? Entendo que é porque ela jamais renunciará a um cargo que nunca exerceu.

    Comparar esta nossa trajetória infeliz à caravana rolidei é bem apropriado, especialmente para deixar claro que aquela nos levava à felicidade – ainda que virtual e profana – enquanto esta nos leva à desgraça real e ainda mais profana.

    O ultimo parágrafo fecha com chave de ouro (desculpe o lugar comum) e nos deixa com a esperança de que tenhamos aprendido a lição a nós aplicada pelos bandidos ao longo desses quatorze anos. Se não aprendermos é porque o Brasil, infelizmente, não tem jeito. Bie, Bie, Brasil.
    P. S. Feliz páscoa, afiemos os malhos para o sábado de aleluia. E que em breve possamos dizer: Aleluia!

  4. Valentina de Botas

    Obrigada a todos pela leitura. Bereta (24/3, 19:17), caríssimo, tudo em volta é só tristeza, mas estamos quase lá. Seja lá o que a súcia estiver tramando, não vai dar certo, estamos mais fortes do que fracos e eles estão mais fracos do que fortes. Eles estão perdidos e quanto mais se conscientizam disso, mais recrudescem na delinquência cada um segundo sua natureza: Lula na truculência; Dilma, na demência. Logo teremos o país para ser reconstruído. Outro abraço e feliz Páscoa (sim, é possível). Paulo Bocatto, você não me avisou de nada que eu não soubesse, também eu te avisei de algo que você sabe, mas esquece: a resposta é a lei, sempre, são nossas instituições imperfeitas, nossos políticos ruins com os quais teremos de fazer a transição, sem jamais abrir mão da firmeza e da sobriedade, coisas que só são antagônicas para quem adere à truculência e à ruptura institucional. Oliver, outro texto campeão. Augusto, obrigada pelo espaço. Beijos e feliz Páscoa para todos

  5. Juliana

    Estamos surfando nas ondas do juridicamente correto. A sociedade e a ética são anteriores ao direito, cidadãos de bem reunidos formaram a sociedade, mas perderam a liberdade de escolher o seu próprio caminho, em benefício do estado totalitário que usa o direito como escudo a fim de se autopreservar, o excesso de legalismo só favorece os bandidos que se especializaram em agir nas sombras das leis, não vemos mais nossos representantes visando evoluir e preservar o interesse nacional, o que se vê, com raríssima exceção, é um expediente nojento onde só cuidam de seus interesses e de suas agremiações partidárias.Leis são questionáveis à medida que a sociedade evolui, e não se faz aqui suposições relativistas e progressistas condenando todo o ordenamento jurídico atual, mas o que é óbvio não pode ser ignorado, estaríamos vendo chifre em cabeça de cavalo, ou o bandido esta mesmo querendo prender o xerife?

  6. bereta

    Valentina, mesmo com a pecha de pessimista, me atrevo a pensar que eles estejam tramando algo muito pior do que tudo o que já fizeram. É um sentimento que me incomoda, pode crer. Gostaria que não fosse assim, mas é assim. Ainda não sabemos de que lado está o exército. Se intentarem um golpe, as armas estão nas mãos deles. Você imagina que eles sejam capazes de pensar duas vezes antes de atirar? Falo dos bate-paus do PT. O decreto 8.243 foi revogado? Que eu saiba, não! Aquele decreto que permite manobras militares feitas por exércitos estrangeiros foi derrubado? Esse pessoal do supremo será confiável? A ABIN, segundo a imprensa, grampeava o Dr. Moro. Se o serviço de inteligência do governo chega a esse ponto, que dizer do supremo? Aceitará como verdade que o tríplex e o sítio não são mesmo do lula, pois as escrituras não foram lavradas em seu nome? Quando Teori retirou das mãos de MORO a investigação sobre Lula, tudo ruiu, vez que o processo poderá demorar anos e anos, como demorou o mensalão. E olhe que naquela época, os amigos do PT eram minoria. Sem a devida punição a Lula e ao PT, fica cada dia mais longe a sensação de segurança. Desculpe-me pelos meus medos. Não sei fingir coragem, embora possa ter fé. Abraço fraterno.

  7. analu

    Benne de BH – 24/3/2016 às 16:03
    Oh, Bené, é hora de delação!

  8. analu

    Perfeito resumo da desgovernança desta Maria Louca do século XXI:
    “uma instrumentalização criminosa do Estado e respectivos símbolos, valores, equipamentos, pessoal e recintos”.

  9. hebe

    Benne de B.H. , conte logo tudo antes que algum colega do Estadual,apronte algo para vc.

  10. Roberto Vieira Cavalcanti

    Benne de BH – 24/3/2016 às 16:03. Abra o bico logo antes que cheguem em você.

  11. Alexandre Jorge

    Cara Valentina,

    Concordo: Quanto mais dura esta agonia, mais gravado fica o repulso.

    No entanto não estou tão otimista: Daquí alguns anos o apelo de soluções populistas voltarão à tona. As idealizações tem vida eterna.

    Pergunto: Em Outubro de 2014 não dava para perceber com clareza o desastre que ia engolir o país.

    Concluindo: Just keep going cara Valentina

  12. olavo

    Dilma, ninguem mais quer voce ai. Da para entender? O povo esta ficando sem dinheiro e a bomba ai explodir. Ninguem vai segurar o povo com fome viu? Vai ser invasão geral, desespero, sangue, acredite a bomba vai explodir. Ai, os milicos vem e toma o poder e voce vai dizer que foi a justiça, a oposição golpista, vai dizer um monte de baboseiras, quando a causa de tudo foram voces mesmo. Esperamos que o pais não chegue a esse ponto, porque se voces gostam da cor vermelha, verão muito dela espalhado por ai.

  13. Benne de BH

    Um dia, espero que breve, darei detalhes da vida de adolescente da “verdadeira” Dilma, aluna do Colégio Estadual Central, em BH, seu apelido nada elogioso, e a festa que a rapaziada aprontava.
    Inclusive, com a permissão dele, darei o nome de um dos que se “aproveitou” destas festas.
    Eu era mais novo e só observava o que acontecia…Esta conversa de “fui torturada” é balela. Pra mim, nem ela nem o Pimentel foram sequer arranhados. Lembram-se do 477 ? nenhum dos dois foi alcançado por ele. Por que será? Bondade dos milicos à época? Aí tem coisa… pensem um pouco e deduzam por si: o que poderia abreviar sua cadeia e impedir a aplicação do 477 em seus estudos? Será por que ambos eram de familias abastadas? Ou será que na gaiola os passaros cantam mais ?

  14. Adriano

    Valentina, o Poste, a Faz de Conta que é Presidente, está, como você bem disse, encarcerada no passado. Era melhor para a biografia dela, um pedido de desculpas seguido da renúncia.

  15. cristina

    TEXTO MARAVILHOSO !!! Ela se ressente de coisas do seu passado,como se o BRASIL todo tivesse culpa pelos ERROS DELA e suas consequências !!!!!!NUNCA vai fazer uma REFLEXÃO e chegar a conclusão que ela foi que ERROU!!!!Queria o que???Que uma assaltante e terrorista ficasse livre,leve e solta?????Ferindo e matando inocentes????Mas gente da LAIA dessa mulher,NUNCA se arrepende,pois gentalha burra e baixa,acha que está sempre com a razão!!!!!!RECALCADA!!!!!!

  16. nino mansour

    perfeito. impressionante como um texto rebuscado e elaborado consegue deixar tudo tao transparente.

    hoje, o que me doi mais eh a insistencia em manter essa realidade surreal, esse universo paralelo onde as leis naturais de fisica nao funcionam.

    a grande novela Brasileira, com direito a bandidos e viloes num cenario maquiavelico onde os puros de alma lentamente descobrem que estao sendo enganados, a cada capitulo que passa o pais congela para assistir o que resultara, como se estivessemos separados de tudo e imunes aas consequencias.

    somos todos causa e consequencia, culpados e vitimas desse maniqueismo. mesmo nao querendo, eh dificil ficar isento. e assim vamos perdendo amigos e queridos, desiludidos dos herois de outros tempos, independente do lado que se escolhe estar. eh triste. Brasil nunca mais sera o que foi e potencialmente o que vier a ser, sera para o pior.

    vou me mudar pra Namibia vender areia pra elefante.

  17. Paulo Boccato

    …e ela vira !Infelizmente, e sera o apice da decadencia e amoralidades barbaras que esta razza nos obrigou.
    virá…

  18. Paulo Boccato

    ha tempos que lhe escrevo. ha tempos que lhe alerto e aos demais…SE VIS PACEM PARABELUM !

  19. Claudia

    Adorei o uso apropriado do hifen para designar, de maneira ampla, irretocável, a craca do Brasil. É asquerosa a ladainha de fazer-se vítima para querer, manjadamente, se fortalecer. A guerrilheira que procure outro front, o país já demonstrou que não precisa dela. Muito pelo contrário, quanto mais longe, melhor.

  20. brasileirinho

    Se, fosse um livro, seu texto, estaria a lê-lo até agora!
    Valentina, se minha ex-mulher tivesse 10% do seu talento e visão, estaria, eu, casado ate hoje e para todo o sempre;
    Obrigado!

  21. José Carlos

    Carcereiros: Valentina acertou em cheio! O que o PT quer é manter-nos subjugados sob sua ditadura, prisioneiros em nosso próprio país! Se fossem estrangeiros, poderiam ser comparados a Hitler e suas tropas quando invadiram a França. Como não são estrangeiros, são PIORES que Hitler ao considerarem o povo brasileiro, majoritariamente antiesquerda, como seus inimigos. Já perderam antes, perderão agora e sempre.

  22. Zé Mané

    A digníssima sra. presidentO não teve competência sequer para ser terrorista: “caiu”, foi presa, julgada, condenada e cumpriu pena!

  23. jaimisson dos santos

    Belo texto…bravo. Mas se a pseudo presid”anta e ex guerrilheira de araque ler o texto NÃO VAI ENTENDER NADA, já que a anta sapiens é TOTALMENTE IGNORANTE.
    Se o molusco etílico e a corja petralha ler vão achar que é linguagem de coxinhas.
    Deixa estar!!!

  24. jaimisson dos santos

    A pseudo presid”anta” e ex guerrilheira de araque JÁ ESTÁ MORTA!!!!
    Envio flores de verdade ou de plástico???? De plaástico claro…são mais baratas e combinam com o mal gosto desta petralha!!!! Ou talvez seja melhor não enviar nada…não vou gastar meu dinheiro suado com uma anta ignorante. Morreu…morreu!!!

  25. Rey Cintra

    É a estratégia da “terra arrasada”. Pilha-se os cofres, afeta-se a economia com os gastos mais irresponsáveis, beneficia-se a corja o mais que puder no curto prazo, compromete-se os gastos dos próximos anos para cobrir os buracos abertos hoje. A renuncia ou impeachment para este ano são favas contadas. O plano mirabolante dos companheiros lulo-petistas-bolivarianos-pqp consiste em entregar a terra arrasada para que o proximo assuma as dores e custos de (tentar) por a casa em ordem, o que demandará medidas severas de contingenciamento de gastos, investimentos, demissões e caca aos criminosos irresponsáveis (pelo no mucho, porque todos estão com o rabo preso). Depois de uns 4 anos de ajustes, o pais volta a respirar e então o pt ou outra agremiação do mesmo calibre volta ao poder prometendo os “bons tempos” de lula e dilma (a memória dos descabeçados é muito curta). É o ciclo da miséria da america latina, que sem investimento (efetivo) em educação, continua a gerar uma miriade de cidadãos e eleitores incapazes de compreender a situação e permanecem eternamente na sua ignorância trocando seus votos (e o destino de todos os outros cidadãos de bem) pelo seu sanduíche de mortadela mais $30. Ai, ai…

  26. Albertinho

    Procuro ser otimista, mas devo confessar que não está fácil nos dias de hoje.
    Mesmo assim, acho que foi bom para o Brasil ter sido governado pelo PT ( falo no pretérito por já acabou ).
    Estes (des)governos lulopetistas fizeram mais pela direita do que ela mesma seria capaz: aniquilaram para sempre esta esquerda bolivariana retrógrada.
    Vamos nos ombrear com os argentinos e venezuelanos e enxotar de vez esta escória da história da América do Sul.

  27. ana soriano

    Valentina surpreendente análise.
    Muitas vezes me pego a devanear sobre as razões da
    fala desconexa de nossa presidente.
    Do porquê de sua arrogância, do querer ser chamada de presidentA, do por que escolher tão mal a seus ministros.
    O mundo dela não é real.
    Penso que deve ser porque enquanto sonhava seus sonhos vãos, nos trabalhávamos para erguer um país justo.
    As armas da maioria dos brasileiros foram pás, martelos,máquinas de datilografia, vassouras, bisturis…
    As metralhadoras não constroem.
    Ela deveria ter a humildade de reconhecer que ser terrorista não é motivo de orgulho.

  28. Marco Águila

    Pimba! Acabei de ler tudo que engasga minha garganta neste momento… Quisera eu que este texto pudesse “berrar” dentro das cabeças dos loucos em eterno estado de negação deste país e pudesse chamá-los de volta do universo paralelo em que se refugiam.

  29. Vhera

    Toda pessoa, perdida no fanatismo ideológico, vive cercada de pensamentos disfuncionais e nem se dá conta do grotesco de seus atos e depoimentos. Vivem no desvão de suas alucinações construídas por ideais imaginários. Para pessoas assim, a verdade tem mão única, não importando se rumo ao abismo de consequências graves para muitos.
    Não digo que Dilma chega a tanto, mas está a caminho…

  30. zebedeu

    Essa vana russef he a vergonha das mulheres brasileiras.A primeira mulher presidente do Brasil foi sair essa tosca,ignorante e incompetente.

  31. Mario

    Texto Magistral como sempre Valentina!

  32. Noah

    Salvadores da Pátria, nunca mais;
    Chega de “companheiros e companheiras”;
    Presidente, deu pra ti e chega de presidenta;
    Nunca mais o “Nunca Antes Neste País”;
    “Nós falamo”, e “Veja bem”, não dá;
    Chega da presidente, chega do ex-presidente;
    Não dá mais, nunca mais, chega.

  33. Oliver

    CRÔNICA DE UMA MORTE RENUNCIADA
    Um desastre de boas proporções se abateu no país. Uma seita, uma religião picareta, aproveitando os bons momentos da economia propiciados por um plano salvador que nos tirou dos grilhões da inflação e nos colocou de volta no mundo empreendedor, encontrou as condições perfeitas de pressão e temperatura para construir a maior mentira, para fazer a maior rapina de uma nação de que se tem notícia. Não é pouca coisa. Uma mentalidade se abateu sobre o país. Uma mentalidade que não vê problemas nos assaltantes que nos governam, sob o pretexto de que outros assaltantes, de outra quadrilha, podem continuar nos assaltando, caso eleitos. É tão calhorda tal pensamento que nem mereceria contraponto. O problema, no entanto, é que este é o caminho ditado pela seita para tentar alguma sobrevida; paralisar o país para justificar seus “Estados de Defesa”, “controle social da mídia”, “conselhos comunais” ou o palanque rumbeiro em que essa dona transformou as dependências do palácio de onde deveria governar, não para a sua claque de golpistas do “não vai ter golpe”, mas para todos os brasileiros. Me impressiona como que, para todos estes governantes de araque, o povo brasileiro é mero detalhe numa equação espúria. Desde que seja feito de besta e pague a conta sem reclamar é o que esperam estes especialistas em tomar conta do dinheiro dos outros, em benefício próprio. A vontade quase sanguinária dessa gente de se aboletar sobre o lombo da nação com seus pedalinhos, tranqueiras, ministros e urnas superfaturados chega a ser nojenta. A vontade de seguirem acima da lei também. Impressionante que não reste nesta dona um resquício sequer de amor próprio, de vergonha na cara, de brio para entender que continuar a esgarçar o tecido social até as últimas consequências só vai acirrar os ânimos de uma forma tal que nazismo e comunismo tornam-se indiferenciáveis. São lixo. E como lixo que são merecem o latão da história com toda a pompa e circunstância. Está demorando para o primeiro tiro ecoar nessa esplanada, meus caros. Não que eu deseje isto; muito pelo contrário. Não tenho vocação para boulos, stédiles e outras coisinhas fofas. Só tenho dois olhos pregados na cara e alguma coragem ainda me resta entre eles. Não gosto de viver num país que ameaça meus filhos, me persegue, quer me humilhar e me enganar o tempo todo com seus contos do vigário e suas leis que não param em pé. Não foi pra isso, sustentar uma bandalha nas costas que se vê no direito de “odiar a classe média”, tirando dessa mesma classe média o poder de empreender e o direito de trabalhar e ser livre em minha própria terra, que dediquei uma vida toda de esforços e empenhos. Se tiver que “lutar” – eu odeio essa palavra, por representar toda a picaretagem que essa gente gorjeia – mas se tiver que LUTAR mesmo para restabelecer minha liberdade, podem acreditar que o farei sem um instante sequer de dúvida sobre os ombros. Esta é a nossa diferença para estes seres nojentos, meus caros. Eu não quero briga. Não quero ameaças. Não quero retaliações. Quando muito, quero justiça. Mas não tentem achar que isto é a senha para continuar a enfiar a mão no meu bolso, picaretas. Nem mandar esses “cheiradores de saco” nos ameaçarem com seus nazismos em botão. Se essa dona entendesse o ódio que ela está semeando, ela já teria se mancado há tempo, mantendo sua cabeçona manca sobre o pescoção enrijecido. Depois não reclama do Muamnar. Vigaristas.

  34. Lucas

    Nossa!!! Que texto! Hum milhão de parabéns, Valentina. Catarse de um povo vilipendiado.

  35. Monica Grace Martins Ferreira

    Palmas!

  36. vladimir correa caloni

    Maravilha de texto,parabéns!

  37. Jasão

    Tenho a impressão de que essa senhora acaba de chegar do Woodstock…voltou à pé! Ficou presa aos anos 60 e ao seu passado de guerrilheira de festim. E nós pagamos a conta!

  38. Teresinha

    Agradeço e parabenizo pela precisão com que definiu Dilma na sua obsessão de jovem revolucionária. Mesmo entrando na etapa que se aproxima do final de sua missão existencial e sendo avó, não lhe toca nenhum remorso de deixar nossa Nação arrasada, amaldiçoando a própria família.
    Todas estas ações da Dilma e seu grupo seguem a cartilha de Fidel Castro. Comprar maus caráteres, gritar golpe, pressionar imprensa, incentivar convulsão social para justificar atos extremos.

  39. antonio carlos

    vc não escreve, vc fala, vc conta uma história que poderia não ser revivida, poderia, se se um despreparado soldado tivesse acertado o alvo. deveriamos ter pena de morte, esse é o pecado do cristianismo. enquantos uns jogam pedras, desejo-lhe pedrinhas-ma. colmeia é um cinco estrela. a verdade absoluta de Ustra está mostrado sua face.

  40. Prof. Pinheiro

    A suposta presidente Dilma vive presa em seu labirinto mental estacionado nos anos 60-70 do século passado que não quer passar para ela, porque ela mesma não deixa.
    O ilusionista preso João “Feira” de Santana criou essa imagem fanfarrona e mentirosa na qual ela se agarra para fugir à triste realidade, numa loucura real e coletiva mesmerizada no aparelho em que transformou o antigo palácio do Planalto.
    O tratamento de choque são os movimentos de rua, que vão num crescendo sempre requerido mais e mais até mais não poder.
    O minotauro de seu labirinto é Lula, que a bolina impiedosamente e contra o qual ela não possui nenhum fio de esperança, porque esqueceu na cela de seu passado que não se realizou.
    Presa em seu labirinto ela nos leva sempre para o passado, negando o presente e nos subtraindo o futuro.

  41. John Smith

    Resisto muito a dizer isso, mas, às vezes, não há como evitar: Que texto!

  42. pedro

    Que inveja!!! Que texto!!! Que radiografia nítida daquela que traz no nome a marca do caráter abjeto:

    VANA É O FEMININO DE VANUS, VANA, VANUM, cuja tradução significa exatamente o que é a abantesma:

    “VÃ; VAZIA; FRÍVOLA; FALSA; ENGANADORA, MENTIROSA”

  43. Mafioso Curitiba

    Cada dia de Dilma no poder é um dia a mais de tortura para o Brasil, contudo são dois dias a menos na vida do PT !!!!
    Fica Dilma, pagamos este caro preço para você ter a honra de ter sido a militante que acabou com o PT. Um dia a Nação lhe será grata por isto. Você, sem dúvidas, foi a melhor escolha de Lula para o Brasil: o fim do PT !!!!
    Uma ótima estratégia é o “Fica Dilma, confiamos que você vai acabar com o PT”. Numa destas ela se toca e pede para ir ao banheiro.

  44. olavo

    A guerrilheira é valente! Bate o pé e afirma que não vai largar o osso. Mas, devagarinho ela vai entender que ela não é Deus, que ela não é nada, que ela não representa nada, que ela não sabe nada, que ela não fez nada pelo pais alem de falar e se defender o tempo todo das acusações devidas a ela. È a cria do falastrão mor da republica, que ainda vai tentar segurar os partidos aliados para darem sustentação na maior roubalheira ja vista no pais. Esse cara se acha muito inteligente, ataca a justiça, ataca a todos se acha mais inteligente e santo que todos os brasileiros, até mesmo que o ilustre Juiz Sergio Moro. Ele sempre quiz se comparar ao FHC sem jamais ter chegado perto da honradez do estadista. Acho que o Lula e a Dilma tem mesmo um grande problema de ego. Eles pensam que são donos do Brasil, que podem tudo, que estão acima das leis. A Dilma, sua criada, a mesmissima coisa, tem um ego la em cima so porque ja pegou num fuzil, se acham muito ameaçadores, acham que a população morre de medo deles, se acham intocaveis, igualzinho aos bandidos de hoje que enfrentam a policia e sempre se dão muito mal. Lula e Dilma, podem ter certeza de uma coisa, enfrentar a justiça não vai dar certo mesmo, podem falar mal, podem fazer o que quiserem, mas não vão dobrar os juizes verde amarelos, podem até eventualmente dobrar algum vendido para dar um veredicto favoravel a causa vermelha. Impeachment já. A maioria vence num pais democratico, mesmo pelo recall, não se esqueçam. A maioria so não vence na democracia quando as mentiras e o golpe sujo nas eleições são usados utilizando dinheiro da maquina publica para comprar votos de ignorantes, com o proprio dinheiro roubado do povo e aplicando terrorismo no povo pobre tal como foi na Venezuela. Voces deveriam serem presos por terrorismo nas eleições, acho que seria o melhor motivo. Mas, tudo será plenamente esclarecido e voces cairão fora junto com seus apoiadores da esquerda burra e antiga que hoje nem existe mais, à excessão de alguns paises vizinho ao nosso e que voces querem por que querem seguir o exemplo. Pelo menos terão onde se esconder pela tentativa de golpe. O povo tem vergonha de voces.

  45. Ricardo

    Voto no “Ele é o gênio” Aragão!
    Vai servir como exemplo para passarmos aos nossos filhos:
    -“Meu filho, nunca se meta a cheirar, senão, quando crescer, você vai ficar como esse senhor!!!!”

  46. Souza

    Descrição maravilhosa dessa pessoa medíocre, mentirosa e egoísta chamada Dilma Rousseff.

  47. Leonardo X

    Sempre foi e sempre será a “companheira de armas” com que outro prontuário a saudou na posse da Casa Civil, na qual o substituiu ainda no primeiro mandado do chefe do bando.
    Que tremendo poder tem uma ideologia quando ela é apenas, para seus adeptos, uma ilustre desconhecida fantasiada de símbolos e cores que exploram os ressentimentos e mágoas, decepções e invejas que seriam lavadas com sangue alheio para levar os fiéis ao paraíso terrestre!
    Antes pudessem ter tomado posse o Cacareco e o Macaco Tião. O estrago seria muito menor.

  48. Kharma Kahn

    E acrescento, Valentina: No caso de Dilma e Lula, a despeito dos momentos de terror que devem estar passando por estes dias,e tal qual o Professor da UNB, aboletado em um belo salário de servidor que não pode perder o emprego, e que terá uma polpuda aposentadoria, ainda em tenros anos, bem diferente de todos os demais brasileiros comuns, conquistaram um vida confortável para o resto de suas vidas com salário vitalício de presidente da república, segurança, despesas com saúde pagas, passaporte diplomático e mais algumas benesses.

  49. Luiz

    Brilhante texto, Valentina.
    Dilma possui a agressividade dos desprovidos do dom da argumentação (e de inteligência)

  50. Kharma Kahn

    Pois é Valentina.Há um certo tipo de gente, que engloba tipos como Dilma, Lula, e vários artistas que devem seu sucesso à época da ditadura militar, que dedicam seus primeiros anos de vida adulta a conquistar uma desculpa à qual recorrerão pelo resto de suas vidas, verdadeira fundação sobre as quais edificarão suas histórias. Fui presa e torturada! Minha mãe nasceu analfabeta! Fui auto exilado em um país horroroso chamado Inglaterra! Tive que fazer o sacrifício de passar quase 15 anos vivendo em Paris, pobre de mim! Constroem suas vidas ao redor destes episódios. Colocá-los no passado, seria o suicídio da alma! Há que se mantê-los vivos, alimentados, reavivados e renovados, e, se necessário, recriados e recoloridos, pois de outra forma, os ilustres leitores, ouvintes ou seguidores perderão o interesse…