Coluna Augusto Nunes

Augusto Nunes

Com palavras e imagens, esta página tenta apressar a chegada do futuro que o Brasil espera deitado em berço esplêndido. E lembrar aos sem-memória o que não pode ser esquecido.

sobre

Colunista de VEJA.com, colaborador da edição impressa e apresentador do Roda Viva. Foi redator-chefe de VEJA e diretor de redação das revistas Época e Forbes e dos jornais O Estado de S. Paulo, Jornal do Brasil e Zero Hora. Autor do livro 'Minha Razão de Viver - Memórias de Samuel Wainer'.

  • J. R. Guzzo: A guinada à esquerda

    Por: Augusto Nunes

    Publicado na revista EXAME

    Há mais ou menos um ano, foi feita nesta página a seguinte pergunta: “o ministro Joaquim Levy vai ficar no governo até o final ou já está no corredor da morte, contando os dias que faltam para sua demissão?” Era uma indagação esquisita para fazer logo nos primeiros dias de uma administração — se o homem tinha acabado de ser escolhido pela presidente da República, por que diabos já estariam querendo que ele fosse embora? Mas o governo Dilma Rousseff é o governo Dilma Rousseff: qualquer disparate pode acontecer a qualquer momento em relação a qualquer assunto. No caso, não demorou muito para se perceber que Levy estava, sim, senhor, no corredor da morte, e nele permaneceu até o convidarem para ser torrado na cadeira elétrica com uma descarga de 5 000 volts. Qual a necessidade de uma coisa dessas? Nenhuma. Era só terem chamado para o cargo alguém que pensasse diferente dele. Chamaram agora, após um ano de perda de tempo, e lá vamos nós para o terceiro ministro da Fazenda em cinco anos de Dilma — o que levanta, entre outras suspeitas, a de que o Brasil talvez esteja voltando à era dos ministros da Fazenda de alta rotatividade, uma praga que acompanhou o país durante décadas de desatino econômico, até ser extirpada com o Plano Real. Fernando Henrique teve um só ministro da Fazenda em seus oito anos na Presidência. Lula teve dois no mesmo período de tempo. Já com Dilma não dá para apostar em nada, nem uma nota de 2 reais.

    Ministros que entram e saem de seus cargos como de um motel em beira de estrada não deveriam ser motivo de preocupação séria para ninguém. São apenas ministros, no fim das contas; o país já teve possivelmente milhares deles desde o governo de Dom Pedro I, todos merecidamente esquecidos há longo tempo, sendo que a maioria não conseguiu desfrutar nem dos 15 minutos de fama previstos pela praxe. Mas há preocupação, e muita, quando se sabe que ficar trocando toda hora o ministro da Fazenda, especialmente, é sinal de desordem mental, política e administrativa no governo. É um dos clássicos da Teoria Geral da Incompetência: quando quem está no galho mais alto da árvore não resolve problemas, não tem nada que se possa chamar de ideia e na prática não governa, a saída de sempre é trocar o ministro encarregado da economia. Falou-se, no parágrafo anterior, em “outras suspeitas”, além da rotatividade do cargo. Podem botar suspeita nisso. Já se atribui ao novo ministro Nelson Barbosa a incumbência de fazer um cavalo de pau na orientação que vinha sendo seguida por Joaquim Levy, e tomar a direção inversa à dele — que não vinha dando em nada de útil, é bem verdade, mas pelo menos indicava a intenção de não continuar fraudando as contas públicas, ou gastando com a irresponsabilidade alucinada dos últimos anos. Seria a “guinada à esquerda”.

    O próprio Barbosa não tem falado muito sobre essas coisas; para saber melhor o que ele quer será preciso esperar pelo que ele fará. Mas em volta de sua caneta a fornalha está rugindo. O ex-presidente Lula cobra um “retorno imediato ao crescimento” — como se isso dependesse de assinar papéis com o carimbo do Ministério da Fazenda. O PT, em graus variados, quer “mudanças” na política econômica “conservadora” do ex-ministro. Exige “investimento social”, crédito e mais gasto do governo, mas não admite corte em nenhuma despesa pública; propõe que Barbosa arrume dinheiro criando, aumentando ou ressuscitando impostos. Governadores de estados falidos, a começar de Minas Gerais e Rio Grande do Sul — que não conseguem pagar nem mesmo a folha de salários —, cercam a presidente e sua nova estrela econômica em busca de dinheiro que o Tesouro Nacional não tem. No seu rastro vão empresários com o quadro de desgraças em suas áreas — que, para complicar, é perfeitamente real. Segue-se muito mais do mesmo. Não ocorre a ninguém que o problema não é, e nunca foi, a política de “direita” de Levy. É, simplesmente, a bancarrota política, econômica e moral do governo que está aí.

    Voltar para a home
    TAGs:

    Comentários

    Aprovamos comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais (e-mail, telefone, RG etc.) e links externos, ou que sejam ininteligíveis, serão excluídos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.

    Conheça as regras para a aprovação de comentários no site de VEJA

    *

    1. Oswaldo

      Executivo paquidermico, Legislativo elefantino e Judiciário monstruoso. Justiça para tudo. Trabalhista, eleitoral, civil e militar. Prédios para todo mundo. E cargos. Muitos cargos. Banco do Brasil, BNDES e caixa econômica. Estatais, 23 estados com assembleias legislativas paquidermicas, 5. 000 municípios com secretarias e prefeitos e vice prefeitos, 5. 000 câmaras de vereadores. 30 vereadores com 15 assessores cada um. Lapis e papel na mão, pessoal. O surpreendente foi o Brasil ter demorado tanto para falir…

    2. Beta

      Sr. Guzzo
      na mesma semana em que Dilma ressuscita a pauta da CPMF, ela aprova mais de R$ 800 milhões para o fundo partidário.
      Não há esperança, independente de quem estiver no ministério.
      É um governo de joelhos ao próprio plano de se perpetuar no poder.

    3. Arthur Tavares

      Nãoooo presidANTA. Deixe de ser estúpida.
      Para reequilibrar o País é necessário DIMINUIR o peso do estado sobre NÓS, o povo que trabalha e paga impostos.
      Venda as empresas estatais e a participação nas mistas para a iniciativa privada, principalmente aquelas que dão apenas prejuízos, pois a vantagem adicional que assim diminuímos a possibilidade de corrupção.
      Venda as empresas que não tem nada a ver com Saúde, Segurança, Educação e Infraestrutura, e as que nestas áreas específicas, foram criadas apenas para serem aparelhadas pelos apaniguados do PT, e portanto só dão prejuízo.
      Dispense os mais de 100.000 cargos de confiança, pois aí, a consequência é diminuir Custos e Despesas indiretos gerados por estes parasitas e incompetentes, tais como; Encargos Sociais, Previdência, Carros, Telefones, Seguros, Assistência Médica etc…
      Faça seu looby no congresso, não para criar impostos ou CPMF mas sim, para diminuir as despesas e custos, legais mas imorais, nos três poderes; Executivo, Legislativo e Judiciário, e exemplo para os três níveis de governo. Federal, Estadual e Municipal.
      Seja coerente no combate a corrupção. Apoie os orgãos e principalmente aqueles que buscam acabar com a impunidade, ou a senhora tem medo de ser presa também.
      Não basta ser honesta, tem de parecer honesta e a senhora não parece honesta. Mentirosa por principio não é honesta.
      Crie vergonha e dê o exemplo que é muito melhor que as estúpidas palavras que profere ao vento.
      Ninguém acredita mais na Gorda Doida.
      A senhora, o estúpido do Lulla e seus asseclas (Renan, Sarney, Collor, Cunha, Maluf, João, Delcidio, Jacques, Gabrielli, Graça Foster, Mercadante e outros menos votadas é que são a crise.
      Ou atue como uma estadista ou Renuncie.
      A oposição também não perde por esperar …… Vai faltar forca pra todos. inclusive pra eles.

    4. Aldo soares

      perfeito .O Levy quis apenas ser patriota juntar os cacos da desgraça financeira ;da desordem moral,ética…um bando.Meritocracia ? onde? Jacques W , Aldo R.Ministros da defesa. NÃo sabem diferenciar um canhão de uma 9MM.Vai pro trono quem for do agrado da tirana majestade: “feita seja vossa vontade “Entonces Levy rapou fora’ é honesto,competente e é isso que as não estatais premiam . Insistem em achar que o país é um sindicato.

    5. Oswaldo

      Levy foi regiamente pago para fazer o papel de Judas e ser malhado no sábado de Aleluia. Alguns dizem (eu, por exemplo…) que nao há dinheiro no mundo que pague este vexame. Haverá quem discorde. Há vocacionados para tudo. Há talento em palhaços autênticos (Carequinha, Fred, Arrelia…).

    6. Lobista

      Ou seja política econômica sem rumo. Para refletirmos um pouco mais:
      http://www.alertatotal.net/2016/01/a-cinica-jogatina-da-presidenta-golpista.html
      Cade o marqueteiro?

    7. Ivan, o Terrível

      As pessoas não estão se dando conta de um fato seríssimo: o Brasil hoje é um país DECADENTE em praticamente todas as esferas de sua sociedade. Não apenas na esfera política, mas nas artes, nos esportes, na gestão empresarial, etc. Olhem o noticiário. Só desgraça.

    8. Inides

      Não é com chá de CAMOMILA que se vai curar dengue, zika, catapora, sarampo e outras doenças mais. Tem de ir na raiz do problema.
      No Governo Dilma, há direções opostas a tudo que sabemos em matéria de controle de gastos. Mas a PresidAnta direciona sempre para onde o vento sopra.
      Assim, não há ministro da fazenda que dê jeito. Mesmo porque ela desautoriza sempre a medidas que poderiam aliviar.

    9. FOREIGN

      Nessas canalhices envolvendo figuras estrangeiras que participaram de terrorismo, fizeram parte de facções, deliquiram e conseguiram se instalar aqui em Botucundia com benesses e tudo o mais, sob o beneplácito do governo petista, não tenham dúvida que , a mão que pincela e dá o start a toda trajetória , parafernália, estratagema para que a permanência dessa gente seja possível com privilégios no país, assim como a expulsão e o ocorrido com o senador boliviano é a do tal de Marco Aurélio TOP TOP.

    10. Antonio Carlos Ferreira

      Caro Guzzo.
      Sempre brilhante em seus artigos que colocam com realismo as situações sobre as quais comenta.
      O Brasil não tem o que fazer senão tentar arrumar a casa. O Levy jamais poderia ter aceitado o cargo de Ministro da Fazenda, e foi violentamente boicotado pelo seu colega do Planejamento, que queria e quis seu lugar, como comandante da Economia. É de pensar se tinha um cargo no Banco Mundial à sua disposição porque aceitar um cargo, sem muito valor ao lado da “Presidenta” que acha entender de tudo, e não tem competência para nada, ao contrário do que achava, com sua parca inteligência, e imensa demagogia, o seu ex patrão o sr. Lula da Silva, que está mais para Presidente de Sindicato, cargo que não exige grandes conhecimentos, mas que exige para quem dirige uma forte tendência de chefe de quadrilha. Assim o é nos EUA e quase todos os países. Aqui não seria diferente, mas um pouco pior, pela impunidade que sempre houve no país.O Ministro Levy já estava frito na nomeação. A pergunta que sempre fazemos Guzzo é o que faremos com tanta incompetência no Poder? Da Presidente e seu fraquíssimo Ministério, pior que o do Collor, e do Sarney. Observe o desastre dos governos do Brasil, e o que pegou o Fernando Henrique Cardoso. Descascou um abacaxi e entregou o Poder a outro desqualificado, mas demagogo, que não soube programar o País para tempos difíceis, e preferiu a demagogia sempre, e o mal maior, o povo nele acreditou achando que não haveria contas a pagar, o gênio que está no Poder, tida como especial, segundo ele, que a colocou lá, não sabe nada, basta ver a manutenção de um analfabeto chamado Arno Augustin,sei lá se o nome é este, uma figura inesquecível marca de um governo de extrema incompetência, no cargo de Secretário do Tesouro Nacional.
      Teremos muito a fazer para recompor o Estado. Não só no Poder Executivo, mas também no Poder Legislativo e no Poder Judiciário, que sofre seguidos ataques, e com nomeações estapafúrdias de Ministros de grande incompetência nos Tribunais Superiores. Em suma não são só as contas públicas que estão maltratadas e confusas é a forma absurda com que se conduz este País, e que destruiu todos os Poderes da República. O Judiciário se mantém a duras penas isento, ainda que mal representado nos Tribunais Superiores. Mas aos poucos vai perdendo representatividade perante à classe jurídica. Em suma o País não tem a mínima condição de se soerguer, com as pessoas que aí estão no comando do Executivo. E aqui a opinião pública está a desconfiar das virtudes de uma instituição, sob cuja vigência a administração se tolha, sob a qual o poder executivo como órgão de excelência da administração pública, não está em condições de atender, como lhe cabe, à realização dos fins do Estado.
      E nesta situação extremamente difícil se ataca continuamente à Constituição que não vai resistir, e como não está resistindo, em tal situação à poderosas injunções, pois a resistência importa em grave conflito de espaço, conflitos de concepções, em que o direito constitucional – concepção ideológica, perde para a administração – concepção viva da realidade. Tenta-se evitar o atrito, quando a razão esclarecida dos elaboradores da vida constitucional tenta incorporar a realidade do sistema que nos assombra do direito político. Basta ver nos últimos anos que a Constituição de 1988, está se tornando um volume de quase 450 páginas, com seus regulamentos regimentos internos, e Emendas Constitucionais. No Congresso existem votadas inúmeras PECs, na Câmara, aguardando votação no Senado.
      Com um Congresso do toma lá dá cá, o que poderíamos esperar. Objetivando Guzzo que solução teremos, democrática, com esta gente no Poder. Ela, a Presidente, fala em golpe sobre o impeachment, e o mesmo dirá sobre o Tribunal Superior Eleitoral. Enfim não conseguimos ver um futuro glorioso, com esta gente no Poder. As barbaridades inconsequentes prosseguirão. Um abraço grande.

    11. olavo

      “O Governo da Venezuela decretou Estado de Emergência Econômica durante 60 dias, segundo publicação da Gazeta Oficial na sexta-feira. A medida, aprovada pelo presidente, Nicolás Maduro, pretende “proteger os direitos sociais de educação, saúde, moradia e esporte de todos os venezuelanos”. A publicação foi feita horas antes do comparecimento de Maduro pela primeira vez diante da nova Assembleia Nacional, de maioria oposicionista, para prestar contas”. O Brasil está chegando lá…eta governinho ruim! nunca se viu antes neste pais um governo tão ruim. Vai ser dificil aparecer outro, a menos que o PT ganhe nas proximas eleições!

    12. olavo

      “Dilma critica vazamentos e diz que não tem nada a esconder”: mas esta tudo tão claro…

    13. Marta

      Guzzo, certeiro como sempre.

    14. Fora PT!

      A esquerda, como no trânsito, é a contramão, é o deSastrE previsto pelo próprio rumo errado. Por isso, é a escolha de vagabundos!

    15. olavo

      Uma sugestão para esse governinho: peçam dinheiro emprestado para Cuba, Bolivia e Venezuela. Estes estão nadando de braçada!

    16. bancarrota

      Sim, o Pestê NUNCA TEVE quadros que Prestassem…para nada, “ideologia” de mentira, declaraçnoes sempre mentirosas e pondo a culpa sempre nos outros.. 13 anos, 14 e vamos pro ralo…

    17. Nels ON - off

      A Teoria Geral da IncomPTência da Mineira, aliada aos Mandamentos da Lei do “maior Canhotinha deste país”, que é de Mamar nas Tetas do Governo sobre todas as Coisas dos Contribuintes, possibilitaram a Tempestade Perfeita com o Jeitinho Brasileiro. O Volume Morto está aumentando rapidamente. A precipitação de impostos mal gastos em consonância com o Mar de Lama da Corrupção sustentável produzirão um Déficit nas Contas do Governo brasileiro, algo que é merecedor do “Prêmio (o)Phuskas” todos os anos. Sempre os PIBs passados serão suplantados e ofuscados pelos péssimos resultados dos novos. É o novo milagre brasileiro com jeitinho bolivariano. Haja gol de bicicleta com pedalada criativa, premiado e reconhecido pelo Padrão FIFA. Enquanto isso, na Venezuela, acabar de ser decretado o “Estado de emergência econômica”. É gooooooooooollllllllllllpe. Estava Maduro! Já não chega o vexame recente dos 7 a 1, resolveram colocar o Barbosa outra vez, agora como Ministro da Fazenda. Ele que vai defender a Meta brasileira do ataque especulativo dos gringos. Um outro Maracanaço, Mineiraço? Melhor mesmo é o Panelaço.
      A FINAL já tem data marcada,13 de MARÇO de 2016. A Vitória será do Brasil!

    18. carlos alberto

      Pessoalmente o que motivou Levy a tornar-se ministro? Cafunga, cafunga, cafunga e só resta a mardita da vaidade. Oh bicho burro, esse tar de levi. (Eta nois, acabei me contradizendo, teve dois motivos: vaidade e burrice).

    19. Leonardo

      Preocupante: http://www.sindifisconacional.org.br/index.php?option=com_content&view=article&id=29884:lei-de-repatriacao-transforma-o-brasil-em-lavanderia-de-dinheiro&catid=44:outras-noticias&Itemid=515

    20. marcos

      A destruição de um país ,a lama tóxica que destruiu terra e, agua e,agora a nuvem tóxica destrói o ar,natureza ,cultura,economia,industrias,empregos,saúde,educação,transporte,judiciário,direitos humanos,direitos trabalhistas,a destruição comunista é completa ,não vai restar pedra sobre pedra no final ,é nojento ver a globo defendendo a dilma ,são bilhões destinados para todas as emissoras deturbar a cabeça do povo,a manipulação é notória ,a lavagem cerebral é visível,eles usam de todas as formas para deixar todos alienados,futebol,artistas,novelas,religião,eles enchem o rabo de todos com muito dinheiro ,para que eles os ajudem a manter todos alienados,acabou.É O FIM DO BRASIL.

    21. maria-maria

      Levyano demonstrou uma ingenuidade descabida, impossível em alguém com o currículo dele, ou foi muito bem pago para fazer o jogo do bradesco, associado ao desgoverno. Tudo o que os quadrilheiros precisavam era de um bode expiatório para levar a culpa do descalabro, do improviso, da irresponsabilidade da elementa gerenta. Conseguiram; voltam às raízes do fracasso anunciado, ou melhor, já vivido e, até o dia do juízo final, responsabilizarão o “direitista” levy.

    22. Blumenau

      Augusto.
      Sabe….eu ia assistir o sem edição , ” o petróleo dos jecas” ,mas me nego a prosseguir.
      Sou obrigada a ver uma propaganda do governo ,sobre acidentes de trânsito!!?!
      Totalmente sem propósito,agressiva,nojenta!!!!
      Não me venha dizer que é para meu bem.
      Pense nisso. Na nossa situação com a revista.
      Foi triplmente desagradáve.
      Eu e tu pagamos essa droga.
      É um engôdo e a revista sabe disso.
      A decepção não tem fim?????
      A BR470 que corta o Vale do Itajaí ,ano passado matou mais de 200 pessoas, e o governo federal já inaugurou ,e não cumpriu com dezenas de promessas assassinas.
      Ninguém sai de carro com a família pra morrer no carro. E foi nauseante ,ver como escolheram as cenas mais chocantes de uma mãe!!!

    23. Guilherme Coutinho

      Isso me faz lembrar de um curioso conto das mil e uma noites, mas,não estou afirmando que lá esteja… seria assim…

      O fato passa-se numa pequena cidade na Índia… Algumas pessoas de uma numerosa família procuraram o seu Guru espiritual e falaram… Guru, moramos todos numa mesma casa, como nosso costume e dos nossos ancestrais, porem a família cresceu bastante nestes anos… a casa embora de muitos cômodos não comporta tantos parentes… não queremos separar nossa família, não temos dinheiro e terreno para ampliar esta casa, não podemos vende-la pois é uma casa onde todos os nossos antepassados moraram… O que fazer? O Guru fiando em sua roca, sem interromper o seu trabalho, comenta… ainda tem as suas vacas para cuidar não é mesmo… Sim Guru nossas vacas sagradas… O Guru interrompe momentaneamente o seu trabalho na roca e fala…. coloquem suas vacas dentro de casa… Entreolhando-se os aldeões sorriem e bem satisfeitos retornam para sua casa… Passou-se alguns dias… eis que retornam os aldeões… Guru, a situação ficou muito pior, está insuportável ficar com as vacas dentro de casa, suplicamos que nos ajude… O Guru, estoicamente virou-se e olhando complacentemente, suspirou e disse…. Tirem as vacas de dentro de casa então!… Os olhos brilharam e os sorrisos brotaram daquelas faces ansiosas e foram-se apressadamente…
      Bem, sabe-se que nunca mais voltaram novamente ao seu Guru…
      Moral da estória…tirem as vacas da “Fazenda”…..

    24. Amilcar

      Perfeita a conclusão de Leonardo X – 15/1/2016 às 19:47,
      o PT destruiu a economia, a politica, a sociedade e a cultura deliberadamente, isso tem um objetivo, levar o
      povo em sua maioria a viver de benesses do estado e com
      isso se perpetuarem no poder, é Socialismo Bolivariano,
      falta de papel higiênico é assunto a parte.

    25. Rabelo

      Como é bom saber que esse país ainda têm jornalistas como Augusto Nunes,Reinaldo Azevedo e
      este brilhante J.R. Guzzo.

    26. osvaldo luiz

      Brasil- 15/01/2016 – Quando você pensa que já viu tudo de bizarro que o PT&PMDB podem aprontar, vem que o Ministro da Saúde MARCELO CASTRO do PMDB declarar hoje em rede nacional que: A VACINA CONTRA A DENGUE, FRANCESA, JÁ ESTA PRONTA E APROVADA, MAS QUE ELE PREFERE AGUARDAR A BRASILEIRA QUE ESTARÁ PRONTA APROXIMADAMENTE EM 2017!

    27. Textículos do Jota (ES)

      Joaquim Levy não foi ministro do governo do petrolão por bons propósitos. Também não foi demitido por desígnios nobres, a favor do Brasil e coisa e tal. Ele tinha uma missão a cumprir bem definida pelo núcleo político do grupo criminoso Internacional Socialista infiltrado no Brasil: arrancar mais dinheiro da população, não importava a forma, fosse pela ressurreição da CPMF, do aumento de IOF e outros tributos, e até da legalização de recursos frutos de sonegação fiscal, de cassinos, etc, tudo para cobrir e encobrir o rombo deixado pela megarroubalheira. A principal intenção que a cúpula petralha, franja da esquerdalha mundial, tinha não era arrecadar mais, era se apossar de tudo dos brasileiros. Se o PT pudesse, 100% do PIB seria o limite da carga tributária sequestrada do “contribuinte”. O sonho, como projeto real, da esquerda é que o “povão” – aquelas pessoas que acreditam em “pais e mães dos pobres” (no Saci também) – passe o resto dos seus dias como beneficiário da Caderneta de Abastecimento Bolsa Família. Igual ocorre em Cuba. Como o surgimento da canalhice que a esquerda faz é uma questão de mais tempo menos tempo, o Erário sumiu. Os esquerdofrênicos se viram, mais uma vez na história, diante da “crise” que, metodicamente, criaram. Como a esquerdalha nunca se ocupou de futilidades – como estudar, trabalhar, pensar, planejar, empreender, poupar, investir, e só entende de mentir e meter a mão no bolso alheio – chamou o “direitista” Joaquim Levy para arrumar a casa. Para os esquerdistas, principalmente os que se declaram mais à esquerda do que o PT, a “direita” só serve para duas coisas: encher o saco e fazer falta na hora de encher os cofres públicos. Como o novo ministro do lulopetismo não obteve sucesso, os marginais do poder cumpriram o plano B da missão: chutaram o seu traseiro. A bola já estava na marca da cal desde o princípio da gestão com fracasso ou sem fracasso certo previamente anunciado. Pelo menos Levy não foi afastado por roubalheira, como as demissões dos ministros do governo do apagão geral costumam ser. Dillma é um zumbi que vagueia a horas mortas. Nelson Barbosa é o zumbi do zumbi que vagueia a horas mortas. A cúpula da seita do petrolão, a mídia estatizada esquerdopata e a esquerdaça conformada internacionalizada, uma multidão de zumbis, vagueiam a horas mortas.

    28. olavo

      “A presidente Dilma Rousseff defendeu nesta sexta-feira que o pedido de abertura de processo de impeachment, em análise no Congresso, traz instabilidade política e terá efeitos de longo prazo na estabilidade democrática do país”. E dai? que se cumpra a lei! A lei foi feita para ser cumprida e ponto. Agora vem com essa conversinha pra boi dormir! Se ela não fez, o PT fez e muito, portando que paguem. 65% da população não quer voces mais ai! entenderam?

    29. Tucson58SP

      JORNALISTA GUZZO, sempre impecável nas ideias e colocações…parabéns.
      O problema é que o brasileiro já está ficando acostumado com tudo isso, nada mais espanta, e sente-se sem forças para mudar isso tudo. Afinal, além dos petistas, todos parecem estar envolvidos, senão no Mensalão, Petrolão, mas no mínimo se locupletaram com esses vícios maléficos que se tornou a política brasileira. Acho que não mais existe “MANCHETE BOMBA”, nada mais faz o brasileiro se indignar.

    30. Alexandre FG

      Discordo do titulo, melhor seria ´´Acelerando rumo ao Chavismo´´ … ou implodem o pais como na Venezuela ou saem do poder.

    31. Leonardo X

      Artigo irretocável. O PT não tem quadros qualificados nem para dirigir uma ilha do Caribe, que dizer de um país do tamanho do Brasil. E segue o receituário que resultou nos
      outros países que o adotaram, invariavelmente,em desastre de proporções siderais.
      Só existe, portanto, uma conclusão a tirar. O PT destruiu
      e segue destruindo a economia, a política, a sociedade e a cultura do país deliberadamente.
      Ainda há tempo de evitarmos essa tragédia anunciada. Pelo menos é o que eu espero. Mas logo será tarde demais.

    32. G Carvalho

      Que Brizola nada! O ídolo da Robinhuda Pedalante é João Goulart, cujo desgoverno também se caracterizou pela paralisia decisória e pelo caos administrativo. Era um deficit de atenção para coisas sérias como nunca se vira antes no País. Basta ler Celso Furtado para confirmar a informação.
      Como Furtado, outros ministros sensatos experimentaram com Goulart o que em Espanhol se descreve como ‘carrera corta’. O prognóstico do Autor foi, portanto, acertado. E o meu, também.
      Pelo que percebi, Joaquim Levy vai bem. Reencontrou sua família em Washington e parece restabelecido de um pesadelo anual. Seria ótimo se fosse possível dizer o mesmo de todos os brasileiros, dos quais muitos têm pensado na opção de picar a mula.
      Quem pode se entusiasmar com o repeteco da ‘carrera corta’ ou, na melhor das hipóteses, com a reedição do voo de galinha? Só espero que apaguem as luzes, porque a auditoria da Eletrobrás vai implicar tarifas mais elevadas para o consumidor.

    33. HOMERO VIANNA JR.

      Primoroso artigo.

    34. Marcelo

      O que o Marx não viu é que o mercado é um dos entes mais independentes e sensíveis do Universo, jamais se submeterá às canetadas comunistas.

    35. rosemary

      Quando eu era criança, no final dos anos 50, um querido tio, médico, contava uma piada que eu não entendia muito bem, mas eu ria como todos que a escutavam.
      No céu os anjos ( ou os santos) estão ao lado de Deus observando os países na terra. Na Alemanha o povo trabalha sob um frio intenso; na India, o calor abrasa; no Japão, preparam-se para enfrentar os terremotos, e assim vai. Então, os anjos olham o Brasil e questionam Deus: “Rios, mares, florestas,
      clima bom, flora e fauna exuberantes; tudo o que plantam floresce; o Senhor não exagerou nas riquezas deste país?” Então o Senhor apontou para a bagunça do carnaval e disse: “Mas vejam o povinho que eu botei ali!”

    36. Oliver

      GAIOLA NO POSTE
      É claro que o Guzzo, mais uma vez, foi certeiro e contundente em suas observações. A sucessão de tragédias que nos levou à Dilma do chefe não é lá muito conhecida do distinto público, assim como sua falida lojinha de 1,99. Começa com um lambuzão na presidência, disposto a mimetizar o golpe comuno-petista no poder e durar cem anos pregado naquela cadeira torta, pendendo para a esquerda. Para isso, usou todo o dinheiro indisponível que tinha, além do pouco dinheiro disponível que tínhamos, para emergirmos como potência de segunda num mundo de primeira. Gastou-se saliva, a imaginação do Goebbels em compota e um arsenal de mentiras de longo alcance para cristalizar a maior idiota que o poder republicano já viu por estas paragens, aboletada na poltrona presidencial como uma rainha, até que o “padim” pudesse voltar a nos assombrar com seu terceiro turno. E cortem-lhe a cabeça. Não sobra ninguém naquele palácio em pé. Todos andam de quatro, com os derriéres à mostra, porque foi essa a determinação dessa senhora em chefe em seus tresloucados delírios. Uma determinação sequer contestada, por todos aqueles acostumados ao desfile de vaidades e delírios ali ensaiadas sem o menor pudor ou vergonha na cara. Só uma conjunção bem azeitada de valores ruins pode produzir um vinagre com tamanha acidez. O nosso foi escolhido a dedo. Já contei aqui o “causo” da empresa que não conseguia fazer uma identidade interna porque suas paredes mudavam de lugar toda semana. Ou da diretoria “marca data”, cuja única função era marcar a data de uma eventual ocorrência, uma vez que não tinham a menor ideia do que fazer, do que sugerir ou sequer de como contribuir para que o tal evento ocorresse. É esse governo. Caída de paraquedas no meio do tiroteio, a dona não tem a menor ideia de “pra que serve” a cadeira em que foi colocada. Pensa que é rei. Pensa que manda. Pensa que é obedecida. Pensa até que ganhou as eleições, pois tem certeza que pagou a fatura apresentada por uma tal de Smartmatic, que não me sai da memória. É com um governo desses que querem que duremos até 2018. Não tem poleiro nessa gaiolona? Eu usava um para abater essa ave de mau agouro pousada comodamente em nosso destino. É um peteleco só e a dona voltava para as profundas dos infernos, de onde jamais deveria ter boiado. Eita lama pegajosa, sô !!! Não sai nem lavando…

    37. Bee

      Off topic : A página voltou ao visual normal. Grata.

      Ótimo, Bee! Abraço! Naomi

    38. Waldemar Garcia Carvalho Jr

      Olá, interessante. Quando o Lula foi candidato e foi eleito diziam que ele era incapaz para governar. Um fantoche na mão de outros… um analfabeto incapaz de governar. Agora é o poderoso chefão. Sou contra o governo Dilma, está muito ruim. Foi ruim para o país ela ter sido eleita presidente. Agora teremos que cobrar mudanças, apoiar investigação. Sou da opinião que deveríamos ter eleições gerais, não impeachment, pois o vice é a mesma coisa.

    39. Milton Ribeiro

      Se este governo continuar no poder por mais três anos, com todos estes conchavos, com a corrupção disseminada em todos os setores e com o toma lá dá cá, será a verdadeira falência moral, ética e econômica de um País que sem sombras de dúvidas, esbanja condições de ser uma potência mundial.