Coluna Augusto Nunes

Augusto Nunes

Com palavras e imagens, esta página tenta apressar a chegada do futuro que o Brasil espera deitado em berço esplêndido. E lembrar aos sem-memória o que não pode ser esquecido.

sobre

Colunista de VEJA.com, colaborador da edição impressa e apresentador do Roda Viva. Foi redator-chefe de VEJA e diretor de redação das revistas Época e Forbes e dos jornais O Estado de S. Paulo, Jornal do Brasil e Zero Hora. Autor do livro 'Minha Razão de Viver - Memórias de Samuel Wainer'.

  • Fernando Gabeira: De paz e amor a jararaca

    Por: Augusto Nunes

    Publicado no Estadão

    A crise brasileira é tão asfixiante que às vezes preciso de uma pausa, ouvir música, ler algumas páginas de romance. Em síntese, recuperar o fôlego. As crises assumem ritmos mais rápidos no seu final. A reação de Lula na entrevista coletiva, ao sair da PF, não me pareceu a de um candidato.

    Em 2002 foi difícil vencer com o “Lulinha paz e amor”. Em 2018 será impossível vencer como jararaca. Um candidato não se identifica com uma cobra peçonhenta. Nem se considera a alma mais honesta do Brasil. Verdade que seu marqueteiro está na cadeia. Mas onde está a intuição política que sempre lhe atribuem?

    Ele perdeu a cabeça e, com ela, a chance de representar a serenidade do inocente. Seu marqueteiro representou. Não evitou a cadeia, mas, pelo menos, era um script mais elaborado.

    Lula queria ser algemado. O marqueteiro e a mulher, também. Eles colocaram as mãos para trás, incomoda menos que as algemas reais, mas não tem o mesmo efeito. No fundo, um tremendo esforço para se fazer de vítima, conquistar pela emoção a simpatia que os fatos liquidaram.

    Na Justiça, a decisão vai trabalhar com os fatos. Se alguém, realmente, quer contestar sua provas, precisa argumentar também com evidências.

    Nem sempre as decisões na esfera do crime são bem recebidas. Em muitos pontos do Rio, prisões resultam em protestos, queima de pneus e bloqueios. Alguns líderes religiosos, quando presos, também emocionam seu rebanho.

    No campo da política, há sempre o cuidado com os conflitos sociais. Para quem viu conflitos sociais, o que aconteceu na sexta passada foi apenas uma briga de torcidas e, na verdade, mais pacíficas que as de futebol.

    Leio num jornal brasileiro que iriam buscar, entre outros, um gesto de solidariedade de Nicolas Sarkozy. Leio num jornal francês que Sarkozy também está às voltas com a polícia. Sujou, bro.

    Apesar de seu ritmo, os últimos dias têm trazido uma ponta de otimismo, mesmo nos mercados, que são tão voláteis. Esse otimismo está baseado na queda de Dilma, mas deve ser estendido também a Eduardo Cunha. Os dois são rejeitados pela maioria. Não se trata apenas de festejar uma queda, desfazer-se de uma pedra no caminho. É criar uma chance de, superando o impasse político, recuperar a economia.

    O que move as pessoas no domingo não é só a unânime luta contra a corrupção, mas também a clareza sobre as dificuldades cotidianas. Elas podem não ter uma noção clara do que deva ser feito. Mas sabem que algo precisa ser feito. E urgente.

    Sempre que foi preciso, a sociedade brasileira manifestou-se claramente. Será assim no domingo e, para dizer a verdade, não acredito em conflitos, como algumas vozes do PT sugerem e Dilma confirma, a seu modo, pedindo paz.

    As coisas vão se resolver de forma tranquila e o bicho-papão não tem como amedrontar ninguém. Escaramuças pode haver, mas seriam mais um caso de polícia: mais gente presa e neutralizada.

    É ingênuo supor que as pessoas, dando-se conta de que o país está à deriva, com um governo que se elegeu com grana da Petrobras, numa enorme crise econômica, vão ficar em casa só porque uns caras de camisa vermelha fazem cara feia ou gestos obscenos com o dedo.

    Quando as pessoas denunciam a corrupção estão baseadas em fatos reais, documentados, investigados com rigor. Sabem que a Petrobras foi saqueada, sabem dos milhões de dólares que foram repatriados. Não adianta cara feia. Se isso fosse uma saída histórica, bastava saquear o país e dizer: não me prendam porque senão vamos para as ruas gritar; não apareçam para protestar porque estou bravo, viro uma jararaca.

    Outro dia, o bispo auxiliar de Aparecida recomendou aos seus fiéis pisarem na cabeça da jararaca. E um juiz condenou um adversário do PT a pagar multa de R$ 1,00 por ter criticado o partido. E ironizou que é um partido que tem a pessoa mais honesta de todas.

    O bispo via a luta contra a jararaca como a luta entre o bem e o mal. Quem se colocou como cobra venenosa foi o próprio Lula. E o fez num recado para a Justiça. É uma declaração subconsciente de culpa: jararaca eu sou, acontece que vocês não atingiram minhas funções vitais, sigo sendo uma cobra venenosa.

    Dilma reclamou de injustiça, mas até hoje não defendeu Lula no mérito. Colaborou na forma: protestou pelo fato de a Lava Jato tê-lo levado a depor debaixo de vara.

    Inconscientemente, Lula pediu para ser destruído. O bispo levou-o ao pé da letra. A Lava Jato certamente entendeu de outra forma. E optou pela pesquisa. São os fatos que já existem e os que ainda não foram divulgados que vão definir o destino do governo e de Lula.

    Tanto parlamentares como juízes precisam saber claramente o que a sociedade pensa. Não trabalham com pesquisa e, de qualquer forma, não se antecipam nunca. São viciados no único estímulo: um sopro na nuca, de preferência um vento bem forte, 100 km por hora.

    Em outras palavras, a manifestação de domingo pode ser o sopro que falta para romper o impasse político. Mas, de qualquer maneira, a vaca já foi pro brejo. Não há horizonte com o governo Dilma, exceto empobrecer mais, enquanto ela luta por se agarrar no cargo.

    No domingo há, ainda, a chance de uma aproximação maior de todos os que querem mudança. É fundamental que estejam próximos durante a travessia até 2018. Esta, sim, já me preocupa mais que as bravatas de Lula. Precisa de um mapa do caminho para recomeçar em 2018 com a economia recuperada e um grau de consciência nacional que não deixe jamais o Brasil chegar ao ponto a que chegou.

    Essa é minha esperança. Por ela vou às ruas. Não para me expressar, pois isso posso fazê-lo com liberdade na imprensa. Nem para flertar com a política, interesses partidários ou eleitorais. Vou para a rua porque acho que é o lugar onde devem estar todos os que queiram tirar o Brasil do buraco e encerrar este triste episódio histórico.

    Voltar para a home
    TAGs:

    Comentários

    Aprovamos comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais (e-mail, telefone, RG etc.) e links externos, ou que sejam ininteligíveis, serão excluídos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.

    Conheça as regras para a aprovação de comentários no site de VEJA

    *

    1. deaC

      Eu fui, viu! E foi lindo, me encheu de esperanças que novos ventos de mudança atingirão o Brasil. Foi um tsunami de gente.

    2. Diogo

      Se nós brasileiros não tomarmos juízo,vem outro salvador da pátria(lembram do lulalu em 2002)? e faz coisa ainda pior.
      Temos que acabar com este presidencialismo imperial,fazer uma reforma política decente e de país civilizado,acabar com o senado,reduzir à metade as câmaras e assembleias,acabar com as panelinhas de líderes partidários,parlamentar que for para o executivo perde o definitivamente o mandato etc etc etc

    3. Diogo

      E vejam que a jaratataca é o contrário do sândalo que perfuma o machado que o fere,pois fede quem a fere,principalmente depois de morta,mantém um fedor insuportável.

    4. manuel quaresma da silva

      Caro AUGUSTO, perfeito seu comentário. do alto dos meus 71 anos,já vi de tudo neste país, porem como agora, nunca /queria ter mil AUGUSTOS na imprensa, talvez HISTÓRIA fosse outra.

      Abração, caro Manuel.

    5. Diogo

      Isto não é uma jararaca,é uma jaratataca das mais fétidas.

    6. Diogo

      Isto é o macaco tião de tempos atrás.
      É voto de protesto.
      Isto é um jeca qualquer.

    7. Jacqueline

      Estamos mais próximos da liberdade. A jararaca já levou uma pazada bem no meio do quengo.

    8. Farsa

      É desrespeito, desespero (a verdade que a Operação Lava A Jato revela) e ousadia, um ex presidente dirigir-se a “sua” plateia com citações grosseiras as quais não utilizou para receber milhões em suas palestras para empreiteiras e banqueiros, e nos encontros de bastidores.São dois palcos e uma ação desesperada.
      http://noblat.oglobo.globo.com/geral/noticia/2016/03/o-pedalinho-e-nosso.html

    9. Claudia

      Isso aí Gabeira! Eu também vou pra rua, vou com toda a minha família. Não queremos de maneira nenhuma perder a oportunidade de ajudar o Brasil a se livrar da quadrilha petista. Vamos lá brasileiros! Vamos mostrar para a corja que estamos vivos e alertas.

    10. AHT

      Desesperada, a jararaca não troca os pés pelas mãos só porque não tem pés e mãos. Desesperada, a jararaca não mede consequências e troca a cabeça pelo rabo.

      A Jararaca escapou ilesa do Mensalão: entregou a cabeça do Zé Dirceu.

      A Jararaca está prestes a trocar a cabeça de um dos seus três melhores Amigos para salvar o próprio rabo.

      Nos “finalmentes” do Petrolão,
      a Jararaca entregará a cabeça de quem?
      Da família, ou “apenas” um entre esses três?
      Teixeira, Okamoto ou Falcão?

    11. Miriam

      Gabeira, como escreve bem de forma simples e tão intelectual ao mesmo tempo
      Ele escreve para todos
      Parabéns

    12. Oliva

      Feliz daquele que entende seu papel na sociedade.fico feliz em ver sua maturidade moral e espiritual,entendendo que a vida e uma passagem rapida e que temos que crescer em um nível acima da compreensão humana!
      Estaremos juntos no domingo ,pra eliminar esta força maligna que tenta solapar a dignidade de um povo do bem! tudo tem limite, e este projeto que tentam implantar do nosso querido Brasil, sera derrotado! Assim seja!
      Fora Dilma, fora Lula, fora PT e todosseus seguidores!

    13. Alexandre

      Gabeira é sempre lúcido.

    14. Sergio Dias

      A matemática é simples, alguém q joga a própria família no crime, filhos, mulher, sogra, passarinho, cachorro, peixinho do aquário, alguém q se julga um ser peçonhento, venenoso, repulsivo, vai realmente se importar com vc, comigo, com pobre, com o escambau?????

    15. olga

      Sabe há ainda muita coisa que não entendo… Sei que muitos culpam o próprio povo e, principalmente os que votaram no Pt por tudo que está acontecendo. Mas, ainda não sei como pode milhões ou bilhões de reais “transitar” de maneira tão fácil entre bancos, contas, empresas e, países? Alguma coisa precisa ser mudada de forma urgente e, não é só o governo e, não é só o partido… E, talvez, não seja apenas a consciência nacional, pois se esta contasse noventa por cento destes políticos já estariam na cadeia sem direito a reeleição… Ficha suja, ficha corrida diante do quadro presente em 2018, talvez, no reste uns dez por cento de esperança!

    16. Ivo

      Além da autocrítica a seu passado, Gabeira ñ se deixa levar pela ideia de que todos são iguais. Valeu, Gabeira, dia 13 também será o dia do ñ à banalização da corrupção.

    17. Maria

      Parabéns!

    18. tutti

      Não vejo a hora de nos livrarmos de Dilma e de Lula. Dois seres perniciosos. Duas víboras que insistem em estar nas nossas vidas. Naja Cuspideira e Jararaca.

    19. Anonyma

      Verdade/ a população está cheia de ser sufocada e ver a situação da sua vida cotidiana paralisada/ por este governo do PT que está no poder há 13 anos/ quer de volta a esperança que foi roubada por todo este DESCASO político- moral- e econômico que o petismo foi responsável.

    20. carioca

      O SONHO BRASILEIRO(o milagre do lula!)
      A HERANÇA do PTralhismo para o mundo, nos moldes do famoso sonho americano de vencer na vida que atraiu para os EUA pessoas do mundo todo em várias gerações em todas as épocas, vem o comunizado SONHO BRASILEIRO: estudar para conseguir entrar na classe média do PT ganhando R$ 320,01/mês; o SONHO BRASILEIRO para imigrantes rejeitados nos seus países de origem é abrir um negócio no Brasil burlando os impostos. Nem pensem em se aposentar nos próximos anos pois basta ver hoje, seus pais e avós aposentados públicos humilhados, a médio prazo será o fim da previdência pois o PT acabou com o lastro de dinheiro dos órgãos de previdência e, restará a bolsa-família como esmola. Com o comércio e serviços sem a Nota Fiscal Legítima e os correspondentes impostos(ICMS, IRPJ, IRPF, Previdência, etc.),violência urbana sem precedentes e trabalho informal, nem matando pobre de tanto imposto vai resolver(CPMF). Só político cheio de PTrolão e PTxulecão para votar impostos em cima de pobre vai sobreviver…se a JUSTIÇA do PARANÁ deixar, ah! Agora temos mais um aliado, o MP SP.
      A VACA já foi pro brejo há muito tempo, o BRASIL afundou…na lama da corrupção A taxa de homicídios é 50.000 homicídios/ano. Só um SERGIO MORO pode começar tudo do ZERO, desde a escola. Aqui no RIO2016 e na rua São Francisco Xavier (MARACANÃ), ocorre o exemplo da pátria educadora comunista, as calçadas chegam a ficar cheias de estudantes de várias escolas nos intervalos das aulas, o comércio de refeições e lanches SONEGAM a NOTA FISCAL legítima, atraindo todo tipo de marginais que exploram os estudantes e violência urbana, o estado se recusa a fiscalizar e, estudantes convivem com toda sorte de crimes. As pessoas desde o ensino do 1º grau até pós-graduação das escolas do bairro incorporam na sua formação o péssimo exemplo do crime de SONEGAÇÃO FISCAL no dia-a-dia, esta a grande colaboração do Estado na sua “educação”. Depois os mandatários querem CPMF, o imposto dos pobres, um sucesso comunista pois pobre não reclama nada. Quem conhece o RIO2016 sabe que nos locais onde prevalece a sonegação fiscal, a violência urbana é muito maior porque atrai a marginalidade e o receptação do ROUBO DE CARGA. Sem falar na qualidade duvidosa dos alimentos e bebidas que, da mesma forma da venda sem a nota fiscal legítima, vem de fornedores sem documento legal, pondo em risco a saúde pública: IMPEACHMENT JÁ! SERGIO MORO em 2018!

    21. Oswaldo

      Gabeira, Gabeira…”os mercados são tão voláteis…” (admira-se ele!). Ainda bem!! Está é uma coisa que nem o PT nem os teóricos marxistas do Lago Paranoá (top top) controlam…Os mercados…Mas “eles” (os mercados…) sentem, com seus faros apuradissimos, no vento que varre o pais e o Continente, um cheiro da mudanca que vira…Um vento que vai expulsar esta fedentina de podre (desculpem…) que hoje nos assola…A podridão da mentira e da roubalheira suja…Dela iremos nos livrar, logo logo ..E é isto que “os mercados” pressentem, Gabeira…

    22. celia

      Excelente!

    23. Mãos Para Trás


      ” Lula queria ser algemado. O marqueteiro e a mulher, também. Eles colocaram as mãos para trás, ”

      Acho que o procedimento de colocar as mãos para trás é normal na delegacia da Policia Federal em Curitiba. Pelo menos todos os investigados que tiveram prisão temporária ou preventiva transitavam com as mãos para trás e quase sempre acompanhados pelo japonês da Federal.
      </co

    24. Hilton Takahashi

      Às vezes, tento esquecer o quão estamos infelizes. À revelia, os escândalos nossos de cada dia, estão nos tornando frios e irritadiços com pessoas que nos rodeiam e nada tem a ver com tanta sujeira e podridão. Meu lenitivo? Procuro me embriagar com as sensíveis interpretações da inesquecível Billie Holiday: ‘All The Way’, I’m a Fool To Want You’, ‘God Bless The Child’, que por horas, me fazem sentir saudades de um tempo que não vivi; é a magia eterna, privilégio das canções.
      .
      Mudemos o assunto de pato para ganso. Sim, a vaca, definitivamente, foi pro brejo. A entrevista que a mandatária-marionete concedeu horas atrás, confirma que tanto a ‘criatura’ como o ‘criador’, insistem no mesmo surrado discurso, imputando à oposição golpista, responsabilidade pela sua incompetência. Destilam seu veneno contra todos que desejam apeá-la do (des)governo.
      .
      Prosseguindo na citação de animais, o peixe morre pela boca e a jararaca pode ter o mesmo destino, bastando que morda a língua. Portanto, o raivoso ‘criador’, notório falastrão, corre perigo.
      .
      Caso seja blindado de forma indecorosa, sob a saia justa da ‘criatura’, restará ao STF, nos resgatar do jugo petista. Poderemos desta forma, apagar o desordem e retrocesso que hoje a Bandeira ostenta, retornando o ORDEM E PROGRESSO, que há tempos não temos visto no país.
      .
      Nos moldes do ex-mandatário — que tem a certeza que ainda o é —, que não perde a oportunidade de exprimir alguma inconveniente zombaria, uma sugestão: que a futura condução coercitiva seja realizada até a “Academia da Polícia Dr.Coriano Nogueira Cobra”(parece piada pronta); bem ao lado do Instituto Butantã, onde serpenteam e puLULAm, várias espécies de peçonhentos.

    25. Galileo

      Pois é, caríssimo, tudo tão claro, tudo tão óbvio… que fica cada dia mais difícil entender a persistência de certos intelectuais e jornalistas de prestígio de ainda resistirem a aceitar que erramos, que também fomos enganados.

    26. maria-maria

      Gabeira faz mais pela oposição que os briosos políticos da combativa oposição.
      Disseram-me que a beócia declarou nas TVs que não renuncia, pois foi eleita pela maioria e a democracia lhe assegura manter-se no cargo. Ignora, a mentecapta, que a mesma democracia que permite a posse também permite a destituição em caso de crime cometido.
      Achando pouco, dizem que ela ameaçou resistir pelas armas se preciso.

    27. sim

      “Sergio Moro está atualmente com proteção total da PF. A Juíza Maria Priscila(que deve ser mais jovem do que Moro) é ameaçada e tem sua vida devassada. Será que sou o único que está vendo nisso uma enorme e monumental COAÇÃO?”( Lucas)

    28. Jorge Chequer

      Uma macaquinha chinesa ganhou de presente uma boneca de plástico… ela arregala os dentes sempre que alguém tenta fazê-la devolver o seu mimo.

    29. Justice

      E nas ruas, domingo, dia 13 de março de 2016, em defesa da recuperação e libertação do Brasil das garras da gangue criminosa e incompetente, todos os brasileiros honrados lá estarão!

    30. Oswaldo

      Ô Gabeira, primeiramente para bens pelo artigo excelente, bem como a participação hábil e inteligente na mesa da globonius, com suas mini jararacas traiçoeiras…
      Agora, um instante, que eu vou insistir em um tema. Claro que não morro de amores pelo Cunha e seus milhões. Mas….o “Cunha” foi eleito o “divertissement” predileto petista (e da mídia), para desviar a atenção da Dilma e do Lula. Claro que você já percebeu isto também, Gabeira. Mas virou um atestado de “isenção”, “neutralidade” e “correção” (com duplo sentido!) ser “contra o Cunha também”.
      Meu filho, o Cunha é irrelevante!! Sim, irrelevante!! Há, “por aí” dezenas de políticos espertalhões, que se locupletaram com os milhões da Petrobrás. Por que será que ninguém fala deles? Nunca ninguém falou do Sarney! Nunquinha! Gleisi Narizinho, Pezão, Sergio Cabral, Lobão (o outro, aquele)? Apenas para mencionar os já arrolados judicialmente no Petrolão. Você tem alguma hipótese? Todos quietinhos e caladinhos, assistindo de camarote à “execração nacional do Cunha”…. Faça-me o favor, não me façam de idiota…Nem cogitem disto, porque é um insulto!!

    31. cristina

      Milaaaaaaaaagre!!!!!!!!!!!!

    32. Meia Verdade

      O crime, no Brasil, só não compensa se for de galinha….esses pagam muito caro pelo que fazem.
      COM A BUNDA NA CADEIRA, NÃO VAMOS MUDAR ESTE PAÍS, DIA 13 todos nas manifestações de suas cidades.

    33. Marco Aurélio

      Gabeira, só um comentário: simplesmente perfeito seu texto.

    34. José Almeida

      Grande Gabeira. Como sempre, disse tudo.

    35. Oliver

      PAZ, AMOR e SORO ANTIOFÍDICO
      A crise brasileira é tão asfixiante que às vezes é preciso dar um tapa na pantera, vestir uma sunguinha de crochê e dar umas pedaladas na lagoa. Em síntese, soltar a franga. As crises assumem proporções gigantescas quando são menosprezadas pelos amiguinhos de ideologia barata e folguedos de esquerda. Em 2002, foi difícil vencer com o “Lulinha paz e amor”, mas fizemos juntos o servicinho sujo de enganar os incautos todos. 2018 será impossível vencer como jararaca. Como jiboia talvez. Cadê nossa intuição política? Estaria ela a serviço de uma ideologia bronca, que não pára em pé? Ele perdeu o rabo, mas não a cabeça. Nem a vergonha na cara, que aliás nunca teve. Pelo menos foi o que ele mesmo disse, na porta da delegacia. Se isto vai se constituir num desacato à autoridade é o que saberemos na semana que vem. Eles queriam ser algemados. É parte do meu show, como diria o poetinha. Fazemos um tremendo esforço para nos fazermos de vítimas, de perseguidos, de silenciados e, na verdade, é o que somos mesmo. A gente só abre a boca para defender o indefensável. Na justiça, a decisão vai trabalhar com os fatos. Já no jornalismo a gente pode trabalhar na licenciosidade mesmo. No relativismo. Na elegância do niilismo. Nem sempre as decisões na esfera do crime são bem recebidas. Os líderes sempre emocionam seu rebanho, principalmente se forem presos ostentando a calcinha da patroa sob as vestes, quando há patroa na jogada. No campo político, há sempre o cuidado com os conflitos sociais. Roubar pode, até que o político seja descoberto. A política só não dá espaço para criminosos denunciados; todos os outros podem delinquir à vontade sem o menor problema com os parças. Sujou, bro. Apesar do seu ritmo e da porca cobertura de imprensa, os últimos dias serão os últimos mesmo. O sonho acabou. Só tem mortadela e já está vencida. É a chance de recuperarmos a economia de um bando de embusteiros que enfiaram goela abaixo da nação uma cleptocracia que ninguém queria, fraudando até mesmo as urnas inconclusivas. E dá-lhe brandir a “legitimidade”, como se ela não tivesse sido adquirida com grana roubada, urnas superfaturadas e até pesquisas de opinião compradas, o que lança sobre o “jornalismo da forma geral” uma aura de imbecilidade sem tamanho. Quem não desconfiava de tudo isso? Só os elegantes de sempre que não viram nada no horizonte sombrio. Só os oposicionistas pimpões, que ficaram ouvindo os LPs daquela Mercedez Sôfrega e sonhando com um país mais pujante que aquela ilha caribenha, coalhada de filas para comprar sorvete. Fala serio. Tanto parlamentares como juízes precisam saber claramente o que a sociedade pensa. Já os jornalistas não precisam saber de nada. Nunca. Podem ouvir música ruim e escolher um romance qualquer que tá tudo limpo na escrivaninha. Por isso que certos espaços editoriais andam nadando de braçada nessa lagoa de dejetos lançados em nosso meio ambiente. É só dizer o que o povo quer ouvir e bingo. Dia 13 ninguém vai ficar em casa. Esta é a minha esperança. Por ela vou às ruas. Vou para a rua porque é lá que estará a minha liberdade, apesar de todos aqueles que insistem em dizer o que devo comer, o que devo pensar, o que devo aplaudir e que devo malhar. Vou pra rua porque o buraco é mais embaixo, Gabeira. É isso.

    36. José Costa

      Prezado Gabeira
      Caindo a Dilma, o que é inevitáve.
      Creio que a louca não dura mais que dois ou três meses.
      Logo, logo a economia vai começar a melhorar.
      O maior problema do Brasil neste momento é a falta de confiança.
      Este governo do PT, recheado de criminosos, corruptos e cleptomaníacos que precisam ser presos, não dá estabilidade a qualquer investidor.
      Ninguém sério investe num pais que está sendo pilhado e a saque.
      Acredito que, a solução para o Brasil não passa pelo Temer nem pelo PMDB conivente do PT, mas sim, por caçar a chapa no STE e por novas eleições.
      Como a Argentina, com um novo governo credível,
      o Brasil decola novamente.
      Abraço

    37. silvia

      Simplesmente perfeito. Parabéns.

    38. Leonardo X

      Nunca antes Lula foi tão caricato. O boneco Pixuleco em carne e osso. Jararaca com cara de rato. Sapo da barba
      raspada achando que pode rugir no zoológico da política
      tupiniquim.
      Domingo será o dia do senhor do país enquanto não levam
      nossa democracia para Cuba. Não vão levar.
      O auriverde pendão vai tremular com a esperança. E quem
      não for é mulher de malandro – gosta de apanhar.
      FORA PT! VIVA O BRASIL!

    39. Vi

      Gabeira sempre lúcido,sincero e dizendo o que toda população está sentindo. Onde Gabeira está opinando quero estar sempre. Vou para a rua domingo.Vamos todos.

    40. Cesar

      Graaaaaande Gabeira. Todo mundo na rua ,de verde ,amarelo,azul, branco,gritando a uma só voz ” fora corruptos”

    41. Mafioso Curitiba

      Lula e Dilma colocaram no buraco !!!!

    42. Sem o bigode

      Vou pra rua para, além de tirar dilma e o pt do poder, mas, também para nunca mais ver essa esquerda xexelenta nele!

    43. Milba

      Que tal outubro NOVAS ELEIÇÕES, o lullarápio já na CADEIA e o dilmu presidentoa CASSADA?
      É isso que vc quis dizer? Ou pôs a ladainha que o orerinha fraíncu do RJ coleguinha do Têmi (apontador de ‘dedinhu’ a á hitle como a propaganda petisto-crápula na frente dos Estaleiros que eram ROUBADOS)adora. Aliás, os afiliados do PMDB já SABEM que estarão com a População e não com a trinca de coleguinhas do lulladrão, o j’araraco’.

    44. Claudia

      BRAAAAAAAAVO!!! Disse quase tudo, e o que resta, o povo o dirá!

    45. ANGÈLÌKA - Bulling é crime.

      POR DILMA:
      – Experiência:
      Eu posso não ter experiência de governar como eles governaram com estagnação, desigualdade e desemprego. Agora governar gerando emprego, distribuição de renda, tirando 24 milhões da pobreza e 31 milhões elevando à classe média, eu sei muito bem fazer.
      -Brasil
      O Brasil é um dos países mais sólidos do mundo, que, em meio à crise econômica mundial das mais graves talvez desde 1929, é o país que tem a menor taxa de desemprego do mundo.
      -Inflação
      Quero dizer que a inflação jamais vai voltar e está sob controle.
      – Legado
      O presidente Lula me deixou um legado […], que é cuidar do povo brasileiro. Eu vou ser a mãe do povo brasileiro.
      – Certo
      Isso não tá certo e não pode ser assim.
      ***Neste último, nós concordamos com você, Dilma.
      Desenharemos para você no domingo, 13 de março de 2016!!!