O Nem do PT e o Zé Dirceu da Rocinha

Pena que os dois tenham nascido distantes no tempo e no espaço. Pena que um tenha crescido no morro e outro no PT. Se o destino tivesse sido mais generoso, Antonio Francisco Bonfim Lopes, o Nem, e José Dirceu de Oliveira, o Guerrilheiro de Araque, viveriam celebrando entre tragos e tragadas, no quarto de hotel […]

Pena que os dois tenham nascido distantes no tempo e no espaço. Pena que um tenha crescido no morro e outro no PT. Se o destino tivesse sido mais generoso, Antonio Francisco Bonfim Lopes, o Nem, e José Dirceu de Oliveira, o Guerrilheiro de Araque, viveriam celebrando entre tragos e tragadas, no quarto de hotel de luxo ou no botequim da viela, as semelhanças e afinidades que eternizam a amizade. Ambos ficaram famosos como chefes de quadrilha, enriqueceram com atividades criminosas, são intolerantes com quem diverge, têm chiliques quando contrariados. Ambos gostariam de ser Lula. E também acham, como o ídolo comum, que o Brasil precisa acabar essa mania de tratar coisas iguais de forma distinta.

Precisa mesmo, comprovou o tratamento dispensado aos colegas de ofício no feriadão do 15 de Novembro. Enquanto o chefe do tráfico tentava escapar da Rocinha cercada por mais de mil soldados, o chefe do mensalão estrelava numa Brasília sem polícia o II Congresso Nacional da Juventude do PT. Enquanto Nem era fotografado em posição fetal no porta-malas de um carro, Zé Dirceu posava para a posteridade exibindo uma camiseta, encomendada por jovens milicianos, que transforma culpado em inocente. O bandido da Rocinha não nega o que é. Não consegue ser tão cínico como o colega sessentão.

As imagens berram que a capital da corrupção anda implorando por uma ocupação policial de dimensões superlativas. A turma que sorri em torno do quadrilheiro urbano, por exemplo, ficaria tão bem no retrato de frente e de perfil quanto a guarda pessoal do quadrilheiro da favela. Os meliantes que agem no Planalto Central têm tanto dinheiro quanto os similares dos morros sem lei, e muito mais amigos infiltrados nos três Poderes. Em Brasília, um celular manejado com perícia faz mais estragos que uma bazuca.

Tudo somado, convém confiar a captura do mensaleiro aos dois tenentes da PM que recusaram o suborno milionário oferecido pelo traficante. O Nem do PT pode ser mais persuasivo que o Zé Dirceu da Rocinha.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  1. Comentado por:

    Ricardo G.

    Prezado Augusto, você respondeu a um leitor que considera o país claramente dividido entre honestos e desonestos. Creio que sua análise esteja correta mas tenho a seguinte ressalva: essa divisão se aplicaria somente aos que tivessem um mínimo de educacão e soubessem pelo menos interpretar um texto básico, o que lhes garantiria então um pouco de discernimento político (mínimo, mas um pouco!). Imagino que estes jovens que apóiam o Nem do PT tenham frequentado a escola por alguns anos pelo menos, o que os encaixaria então na metade dos desonestos. O mesmo se aplicaria a grande parte da classe artística. Minha dúvida está em como classificar a grande massa ignorante que idolatra Lula (o Fernandinho Beira Mar do PT): a maioria não tem educacão nem discernimento político, recebe o Bolsa Família e não precisa mais se preocupar tanto em arrumar trabalho e comprar sua comida, como ocorria antes de o PT resolver todos os problemas da nacão. Mesmo assim, ainda creio que uma grande parte desta populacão possa ser considerada honesta, ou nem tanto?! Talvez uma outra dimensão tenha que ser adicionada à equacão: trabalhadores (não confundir com os do PT) ou vagabundos. Assim haveria quatro combinacões possíveis: honestos e trabalhadores, honestos e vagabundos, desonestos e trabalhadores, desonestos e vagabundos (boa parte do atual ministério, por exemplo). O que acha? Isso explicaria melhor a divisão do país? Agradeceria sua opinião. Um abraco e obrigado, Ricardo

    Ótimas observações, caro Ricardo. Vou escrever um texto mais longo sobre isso. abração

    Curtir

  2. Comentado por:

    gunter jr

    Nao vai dizer nada?
    gj

    Vou, Jr: vá pra onde estão mandando o Sarney.

    Curtir

  3. Comentado por:

    gunter jr

    Sarney e uma personagem que apareceu ha pouquissimo tempo nao e mesmo? Sarney esurgiu junto com o PT.
    gj

    Não, Jr. Em 1987, por exemplo, o Lula dizia que ele era o maior ladrão do Brasil. Faz pouco tempo que Madre Superiora virou Homem Incomum. O Lula, o Collor e ele são amigos de infância.

    Curtir

  4. Comentado por:

    ana mara

    Eu gostaria que o MPE investigasse esse senhor como está fazendo com o presidente do Metro.
    No Roda Viva ele zombou de todos os brasileiros. Devia ter saído do programa algemado.
    É inconcebível que o tráfico de influência que exerce não seja punido.
    É uma afronta ver triunfar quem não faz nada de bom pelo país.

    Curtir

  5. Comentado por:

    Cláudio Pérsio

    Talvez se trate de um tremendo “ato falho”: o único objeto apropriado pelo Zé de forma “inocente” poderia muito bem ser a camiseta que exibe. Mas, pensando um pouco mais, nem isso deve ser, pois foi adquirida pelo movimento “Juventude do PT”, que já cria suspeição.

    Curtir

  6. Comentado por:

    Octávio

    Cinismo e desfaçatez em duas fotos deploráveis. Que país….
    Parabéns, Augusto, pelo texto. Sempre leio o Reinaldo para lavar a alma e seu blog para rir bastante, pena que as “voadoras” e outras pancadas nos milicianos estejam mais raras nos comentários…

    Curtir

  7. Comentado por:

    Márcio Medeiros Cavalcanti

    José Dirceu,me permita dizer que agindo assim você pode parecer um tolo,não é hora ainda de você começar a ficar aparecendo na mídia,deixe pelo menos o povo esquecer mais o Mensalão que você comandava,fique na mutuca ,pois quem não é visto não ė LEMBRADO,você eu e todo brasileiro sabe que : o povo tem memória curta de mais um tempo,espere mais o efeito do assistencialismo,das bolsas família ,dos Kits gey,das cotas para o afrodecente enfim tudo que vocês criaram fazer o devido efeito… Aí sim o povo já tem esquecido,você volta.Com outra cara faça nova plastica(isso você já esta acostumado)Astes que eu esqueça volte também com novo nome(isto também você já fez) ou melhor volte escondido,não na mala de um carro…pega mal pra caramba,volte escondido de cara lavada e nome falso,gostounda Dica?

    Curtir

  8. Comentado por:

    xtina

    45 ou 68.Qual foi a maior rave de todos os tempos? Por que Nixon não gostou ?
    1969 , JL e YO colocaram em vários outdoors a frase “The war is over”. Sim ou não , o destino que se cumpriu .JL acabou se envolvendo num ativismo político muito discursivo, enquanto sua genialidade era a cultura pop dos Beatles.
    8 de maio de 1945 foi anunciado o fim da Segunda Guerra na Europa, os jornais estamparam em letras garrafais “ The war is over “. E o dia foi muito louco, uma beijação só, todo mundo agarrando todo mundo : Paris, Londres e Nova York. Baby boom, e os filhos desse dia leram na billboard o que os pais vivenciaram: memória na cultura de massa.
    Quando JD veste uma camiseta vermelha e segura outra com um slogan , é uma foto e um fato antigo , não funciona porque as outras gerações são filhos de todos os dias.

    Curtir

  9. Comentado por:

    Márcio

    Um já está preso. Quando é que vão prender o outro?

    Curtir

  10. Comentado por:

    marie

    OPS!!QUE É ISSO? SÓ PRENDERAM UMMMMM…E OS OUTROS SERÃO LIBERADO COM OS DEMAIS CORRUPTOS?

    Curtir