Neurônio machista

“A crise global deve agravar a feminização da pobreza no mundo”. Dilma Rousseff, durante uma reunião na ONU, informando em dilmês arcaico que a pobreza, por ser um substantivo feminino, dá preferência a mulheres.

“A crise global deve agravar a feminização da pobreza no mundo”.

Dilma Rousseff, durante uma reunião na ONU, informando em dilmês arcaico que a pobreza, por ser um substantivo feminino, dá preferência a mulheres.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  1. Comentado por:

    Alline

    Nem dá pra entender o que ela quis dizer com isso. Achei tão curioso, que até caí na tentação de tentar entender a ideia por traz da frase. Os pobres vão ficar mais femininos? Ou mais mulheres vão ficar pobres? Será que ela está assumindo que as mulheres são as primeiras a ficarem desempregadas quando chega alguma crise?
    Desisti de entender. Acho que caí na pegadinha…

    Curtir

  2. Comentado por:

    Malur

    Antes da crise, o substantivo era “o” pobreza. Culpa da crise, a feminização. Só não entende quem não quer. Ou o Celso Arnaldo, com sua mania de perseguir, sem nenhum motivo, a pobre semi-anarfa.

    Curtir

  3. Comentado por:

    Petista arrependido

    Augusto,
    Agora entendi porque ela colocou tantas mulheres nos ministérios e auxiliares diretas.
    Só as mulheres ficam pobres neste país!!!

    Curtir