Fernando Henrique Cardoso: O certo e o errado

Publicado no Estadão O castelo de areia das grandezas do lulopetismo está desabando ao sopro da crise econômica e da Lava Jato, como tantas vezes escrevi. Em meio ao desmoronamento, o lulopetismo procura embaçar a vista de quem assiste à sua queda dizendo que tudo não passa de uma trama “da direita” para desacreditá-lo por […]

Publicado no Estadão

O castelo de areia das grandezas do lulopetismo está desabando ao sopro da crise econômica e da Lava Jato, como tantas vezes escrevi. Em meio ao desmoronamento, o lulopetismo procura embaçar a vista de quem assiste à sua queda dizendo que tudo não passa de uma trama “da direita” para desacreditá-lo por ser “de esquerda”.

Para desmontar a farsa vale a pena ler a entrevista dada às páginas amarelas da revista VEJA, na semana passada, por José de Sousa Martins, importante sociólogo e insuspeito de ser “de direita”. Martins diz que, no caso do PT, a dicotomia direita/esquerda provém da metamorfose do pensamento católico, que separa os bons dos maus, os fiéis dos que não creem. Há na matriz do petismo um reducionismo que transforma os adversários em inimigos e tem dificuldade de lidar com nuances de opinião. É a essa matriz que o lulopetismo busca retornar, agora como farsa.

Sobre a “esquerda” e a “direita” no Brasil, há anos eu repito a frase que ouvi do historiador Sérgio Buarque de Holanda quando examinava uma tese de livre-docência sobre a política brasileira no Império. No trabalho, o autor confrontava o pensamento liberal, o conservador e o progressista. Sérgio, referindo-se a um personagem simbólico de nossos conservadores naquele período, perguntou com certa ironia ao candidato: você acredita que Bernardo Pereira de Vasconcelos lia Edmund Burke (um clássico do conservadorismo inglês, que via com maus olhos a Revolução Francesa)? Não, respondeu o próprio Sérgio, ele não era um verdadeiro conservador, não defendia ideias; ele era apenas um “atrasado”. Boa parte dos atuais lulopetistas tampouco são de esquerda, defendem ou creem apenas em noções atrasadas.

Mas a disputa política não é uma batalha para ver quem são os mais bem informados. Ela sempre envolve percepções. Assim, o chavão dos “pobres versus ricos”, por mais que seja tosco, pode funcionar. Do mesmo modo pode aliciar muita gente o embuste de que a Lava Jato seja uma manobra para perseguir os deserdados da fortuna em favor dos poderosos, como se os poderosos nos últimos 13 anos não tenham sido eles, em ligação corrupta com parte da elite econômica e política.

Por isso cabe aos políticos de oposição, na luta ideológica, continuar a desmantelar as fortalezas do atraso. Além de desmontar o argumento da “armação jurídica”, é preciso reduzir ao ridículo a ladainha de que a crise atual decorre de fatores externos. Vejam só, dizem eles, estávamos certos, foram as ondas externas (não mais marolas, mas tsunamis) que nos afetaram. Tão certos pensam que estavam que, ao derrubar o ministro Joaquim Levy, renasceu a esperança do “mais do mesmo”, ou seja, mais crédito e mais consumo (por quem já está endividado, muitas vezes com menos renda e não raro sem emprego).

O que está claro para quem tem alguma noção das coisas e da História pode ser turvo para o cidadão comum. Por isso a repetição petista de uma argumentação descabelada pode parecer inútil, mas não é: é uma tentativa de preservar a imagem de que só o PT defende os pobres e só ele se opõe ao capitalismo desumano. Convém persistir em mostrar que o que foi feito na política econômica petista não foi obra do inevitável, mas produto de erros crassos.

Erros que não remetem à divisão esquerda/direita, mas se explicam pelo atraso na compreensão da política econômica e pelo interesse em manter o poder e os bolsos dos partidos e de alguns de seus dirigentes recheados com dinheiro alheio, dinheiro do povo. Que medida no presente pode ser mais “de esquerda”, mais progressista, do que recuperar o emprego e o poder de compra da maioria da população? E como fazer isso sem debelar a inflação? E como debelar a inflação sem ajuste fiscal? E como garantir o emprego futuro sem reconquistar a confiança do setor privado, já que o Estado sem os capitais privados não pode assegurar a retomada do investimento?

Qual a alternativa “de esquerda” a essas medidas? O novo “pacote de crédito público”, versão envergonhada da política que pedalou a ilusão da prosperidade em 2013 e 2014 rumo à reeleição e resultou em mais dívida para as famílias e mais desarranjo das finanças públicas, essa preocupação “de direita” que obceca os “neoliberais”?

Houve quem escrevesse, e o fez em inglês, que às vezes há uma confusão no senso comum entre os conceitos políticos de esquerda e de direita (right) e as noções corriqueiras de certo (right) e errado. As políticas de crescimento econômico do lulopetismo não foram “de esquerda”, mas certamente foram erradas.

É importante repisar isso para mostrar que as políticas de distribuição de renda precisam ser sustentáveis para produzir resultados duradouros. Muito do que foi conquistado desde o Plano Real está hoje ameaçado. Para amenizar o drama da terrível crise atual é preciso manter a rede de proteção social que foi tecida em meu governo e reforçada no governo Lula. Mas é urgente corrigir os desatinos fiscais do lulopetismo, desaparelhar o Estado, reconquistar a confiança da sociedade e retomar a agenda de reformas que o lulopetismo abandonou em favor de anabolizantes pró-crescimento que produziram medonhos efeitos colaterais para o país. Só assim será possível retomar a trajetória que corresponde às aspirações da Constituição de 1988, contra a qual o PT votou, por julgá-la conservadora: um Brasil democrático, não apenas mais desenvolvido, mas, sobretudo, socialmente mais justo.

Há forças capazes de corrigir os desatinos cometidos. Para isso é preciso que lideranças não comprometidas com o lulopetismo, apoiadas pelos grupos sociais que nunca se deixaram ou não se deixam mais seduzir por seu falso encanto, assumam a sua responsabilidade histórica, dentro da Constituição, para fazer o certo em benefício do povo e do país.

Comentários
Deixe uma resposta

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  1. Comentado por:

    Ricardo M

    Se houvesse realmente uma oposição por parte do psdb,o país já teria percebido.Perder 14,15 anos de nossas vidas nas mãos dessa quadrilha também faz parte da responsabilidade desses senhores.
    Quem poderia colocar na tv denúncias evidentes de modo a abrir os olhos da população rude que,longe das letras, e só por conversas, não tem capacidade alguma de se descobrir na armadilha das próprias escolhas ?
    Parece que só se bate forte aqui mesmo nesses espaços,e ainda assim você pode ser tomado por “petista enrustido”,ora por favor!
    O ex-presidente verdadeiro,Fernando Henrique,continua até hoje levando porrete do falso ex-presidente que não solta rédeas.
    Não cobro absolutamente nenhuma postura mais agressiva do Sr. Cardoso,como está escrito abaixo no meu texto,digo que devemos agradecer por seu trabalho.
    Não creio que tenha sido depreciativo com o ilustre brasileiro,mas critico sua releitura ante os fatos que ora se apresentam e mesmo a visão de “esquerda” como governo ,seja lá onde ela exista.

    Curtir

  2. Comentado por:

    Abreu:.

    .
    Fábio Luís Inaimo – em 8/2/2016 às 19:03, comigo, o Augusto Nunes e muitos outros brasileiros, Você não está sozinho, pois há muita gente que partilha da sua opinião e se conduz da mesma foema.
    .
    É normal e aceitável que mesmo dentre os que respeitam FHC e reconheçam os méritos não só dele, mas de muitos tucanos que fizeram e ainda fazem ótimas administrações, haja quem não simpatize com um ou outro e lhe faça críticas, desde que fundamentadas em fatos concretos.
    .
    Contudo, o que vemos “aos montes”, são gritos de preconceitos e palavras de ordem sem consistência, como meras acusações bravateiras provindas de quem tem interesse partidário (na esmagadora maioria das vezes) e seguidas por quem se fundamente em interesses desatendidos (tais como concursados que não são chamados e – principalmente -, servidores cujas demandas justas ou não simplesmente não podem ser acolhidas) e uma minoria de influenciáveis.
    .
    Faz algum tempo, deixei de acompanhar alguns articulistas (até “ex-Veja”), que escrevem como crianças birrentas e são acompanhados por uma horda de leitores que se dizem “de direita” e achincalham com todos os tucanos (ditos do mesmo saco que os petralhas) e não se enxergam com a mesmíssima conduta que sempre reprovamos nos petistas – que é acusar/desqualificar irresponsavelmente.
    .
    E “ai” de quem defenda justo, a responsabilidade e o equilíbrio, que logo é acusado de ser tucano e não ser um autêntico direitista e será acusado de ser de esquerda, etc., etc.
    .
    Não sou tucano (poderia ser, mas não sou!) e não me vejo votando em nenhum outro partido porque por mais que os tucanos mereçam críticas (e merecem mesmo! – em especial por “certa” tibieza), não há outro partido com quadros tão bons quanto, com a mesma estrutura e a mesma credibilidade (queiram ou não).
    .
    Não há nenhum político que não mereça crítica – nem mesmo FHC, mas não se pode perder o respeito como a maioria tem perdido, reduzindo todos os políticos (só porque políticos) à mesma ninharia, tratando a todos como criminosos.
    .
    Aliás, fazem isto também com os policiais, com os professores, com os ricos (e certamente até com os próprios pais e familiares mais bem sucedidos), apenas porque “podem mais” que os críticos e por aí vai.
    .
    Sou “do tempo” em que as pessoas se respeitavam mais e — acredito nisso — , viviam melhor e menos estressadas, com menos ódio, e espero voltar a experimentar a mesma sensação.
    É isso, amigo. abração.
    .

    Curtir

  3. Comentado por:

    ANONIMA

    Porque não publicaram o meu comentário? Estava dentro das regras de aprovação, respeitoso, só gostaria de entender porque?

    Curtir

  4. Comentado por:

    kitty

    Boa noite meu caro Augusto!,
    Eis aqui a diferença entre um estadista-FHC- e, de alguém-Lula-preocupado tão somente com a próxima eleição, para garantir o poder e, assim, zanzar para se vangloriar de seus feitios e, ultimamente, auto-proclamar-se paladino da Honestidade…Como sempre acertou o ex-presidente Fernando H. Cardoso, meu eterno presidente!..Lula pode ter acertado em alguns pontos, especialmente, porque encontrou a economia estabilizada e surfou sobre os alicerces fortalecidos que o antecessor deixou prontos. Entre tanto, Lula caiu na política populista, investindo em programas sociais que visaram em fortalecer a pobreza para que servisse de massa de manobra para manter um esquema perverso para a perpetuação no poder. E em época de crise apostou no consumo em vez de fortalecer a produtividade e fortalecimento da industria. Lula se encantou com a burguesia que tanto desprezava quando um simples operário metalúrgico. A promiscuidade com empreiteiras e a facilidade de pegar dinheiro público para manter sua base de sustentação que, o induziu a fazer vista grossa para permitir a ladroagem na política. Se tudo isto não fosse bastante, acabou escolhendo um poste para sucedê-lo no poder. E juntos, Lula, PT e Dilma Rousseff nos levaram a situação que estamos padecendo hoje em dia. Difícil não fazer comparações entre os dois ex-presidentes. De FHC só tenho elogios, embora que defeitos todos temos, ele nunca me defraudou. Sempre demonstrou muita fidalguia mesmo na critica aos seus predecessores…Ele tem aquele especial savoir-faire e muita capacidade no manejo da política sem precisar da demagogia …por isso, que eu gosto muito dele, aliás, o admiro muito!!!
    Um forte abraço-Kitty
    Um beijo, querida Kitty.

    Curtir

  5. Comentado por:

    Marcelo

    Não é por falta de motivos que o sindicalista inútil adoece de inveja do Mestre Fernando.

    Curtir

  6. Comentado por:

    Joana Carmem

    Fernando Henrique Cardoso tentava se livrar de políticos notoriamente conhecidos, enquanto os petistas cooptaram os bandidos para em conjunto agirem
    Os primeiros só pensavam naquilo, grana, os petistas, nesta, e o poder para aí permanecerem ad eternum.

    Curtir

  7. Comentado por:

    Paula

    Viva FHC!

    Curtir

  8. Comentado por:

    Pois é FHC

    Nunca esquecerei o sorriso de satisfação com que você passou a faixa presidencial para Lula.
    E olha, que Lula e o PT o demoliram enquanto oposição, e Lula continuou demolindo enquanto governo falando da HERANÇA MALDITA.
    Sinceramente, ele souberam fazer oposição, tanto que Lula venceu porque teve mais votos.
    Não culpo apenas você.
    O Brasil, grande parte se formou pobre de bolso e espírito, de educação.
    Um povo alienado em termos de política.
    E isso foi construído cuidadosamente nas últimas décadas.
    Agora, quem ainda tiver alguma sanidade mental está vendo o resultado e não acho justo culpar essa massa ignara… ela é apenas o resultado.
    Se os homens de verdadeiro caráter conseguirem desviar esse imenso navio do desastre, que tenham verdadeiro espírito patriótico para navegar rumo a um futuro melhor para todos, que é o que merece esse país, antes que muitos mais o abandonem.

    Curtir

  9. Comentado por:

    ANONIMA

    concordo que fhc foi de longe no geral o melhor presidente desde a redemocratizaçao do pais mas mais por que collor lula e dilma terem sidos um desastre em todo sentido do que por ele ter sido um ‘grande presidente’ é a minha opiniao

    Curtir

  10. Comentado por:

    Marta

    Quando leio um texto de tamanho nível vindo do ex-presidente e comparo com a estocadora de vento que temos no governo, não é possível deixar de perguntar, perplexa, como foi que os brasileiros erraram tanto…

    Curtir

  11. Comentado por:

    Markito-PI

    Eis a prova do porque; os petistas, Lula mais que o resto, odeiam FHC. Ele , FHC sabe penssar,analisar e escrever.

    Curtir

  12. Comentado por:

    Ernesto Martins

    Infelizmente não sou a favor das políticas sociais correntes. Quem tem que ser ajudado não é o miserável e sim aquele que gera emprego para esse, gerando riquezas de forma continuada. A destruição da Petrobras, em breve aparecerá a destruição da Caixa Econômica Federal, são graves indícios da má administração, do populismo. Claro que FHC tem razão. A destruição do Real, o maior e melhor programa já estabelecido, choca pela crueldade, pelo oportunismo e pela visão míope e egoísta de nossos governantes. Já se espera um novo plano Real, dada a descrição do poder de compra. E lá vamos nós brasileiros pagar pelos crimes, pela incompetência de nossos governantes novamente, vamos, mais uma vez, nos sacrificar enquanto uns e outros riem de nós do alto de suas coberturas ou na tranquilidade das águas de um lago em um sítio…

    Curtir

  13. Comentado por:

    laurindo

    O PT partido dos trapaceiros ta entre o titanic ou efeito dominó,um ta afundando e outro a companheirada ta caindo um por um,tomara q vai todos para a papuda,assaltantes do suor do povo BRASILEIRO agora FHC tem q se cuidar e ajudar a REUNIFICAR O BRASIL NA HORA Q FOR PRECISO.

    Curtir

  14. Comentado por:

    jotamartins

    Confesse e peça desculpas aos brasileiros por deixar como seu sucessor um analfabeto, incompetente e já suspeito de crimes, quando sindicalista e chefão do PT no caso da morte dos Prefeitos Celso Daniel e Toninho do PT. Isto tudo acontecendo bem antes das eleições de 2002 e o senhor como presidente do país com todas as facilidades à mão (ABIN, Ministério público Federal e Polícia Federal etc.) Não mandou apurar com rigor e isenção, mas não o fez, fingiu não saber ou deixou por vingança, ele e o PT com seu projeto criminoso chegar ao poder!

    Curtir

  15. Comentado por:

    Bob Esponja

    De esquerda, o milionário, só tem a mão com 4 dedos.

    Curtir

  16. Comentado por:

    Marcos Meneses

    Existem coisas em que a lógica das coisas parecem deturpadas. Democracia sem direita, pais gigante repleto de recursos, praticamente não sujeito a cataclismos naturais e ainda sim pobre e repleto de miseráveis. A mistura genética que nos forma “deu ruim”? Problemas tão primários e tão sem sentido de existirem aqui nos remete à conclusões das mais inusitadas. Quando a inflação era o nosso flagelo, os “gênios” de nossa economia nos arremetiam sempre as mesmas fórmulas, depois de FHC e o plano real a coisa permanece. Juros flutuantes e altos, arroxo salarial e para conter crises, “reforma da previdência”. A cada nova crise nova reforma da previdência. A mídia entrevista um cara que é apresentado como professor de economia e “bam bam bam da cocada preta” e este vem com a mesma fórmula mágica e segue a risca a cartilha escrita por alguém, reforma da previdência e acordos no Congresso e corte de gastos no Executivo, para enfeitar o pavão. Estes só não são piores que o próprio governo do PT que considera a administração púbica gastar à vontade e compensar depois com jeitinhos e/ou arroxo fiscal. Como quer se manter apesar de todo estrago que faz na democracia e na administração pública do país, gasta a maior parte do que desvia do dinheiro público para continuar a controlar as instituições públicas da nação, abarrotando elas de gente de sua confiança nos cargos de chefia e na compra direta de consciências. Como ninguém trabalha, nem se arrisca de graça a PF começa a pegar as formas de burlar a lei a acumular bens como carros caríssimos no nome de suas empresas e imóveis em nome de laranjas, além do uso de empresas de fachada. O que falta nesta terra e seriedade e compromisso, não há economista que mereça ser respeitado resumindo os problemas do Brasil e colocando tudo nas costas do aposentado.

    Curtir

  17. Comentado por:

    Oliver

    UM VERDADEIRO DEMOCRATA
    Seria boçal de minha parte comprar uma briga totalmente desnecessária com aqueles que ainda defendem o “verdadeiro socialismo”, seja lá o que isso for. Gostaria muito, se nosso mestre e irmão grande assim o permitir, sugerir o artigo de Nivaldo Cordeiro sobre o assunto, para balizar nossas opiniões. Não me espanta que FHC seja tão criticado por suas posições ideológicas. Me espanta que ainda existam pessoas dispostas a não ver do que se trata esta postura, em detrimento do governo até correto que ele fez em passado próximo. Não estamos falando do estadista ou do Presidente do Brasil, que eu saiba. Estamos falando de um professor que ainda professa a causa manca do socialismo. Que não vira o disco. Que finge que não vê que um dos alicerces da democracia é justamente tratar o outro lado como oponente a ser vencido e não como inimigo a ser exterminado. Vou insistir até o fim de meus dias – porque estava muito próximo do centro de decisões daquilo tudo e sei quem foram os mentores da coisa – aquilo que Nivaldo Cordeiro em seu artigo sintetiza de uma forma lapidar: “O Plano Real foi apenas um pingo de sensatez num mar de insensatez socialista que foi o governo de FHC, os dois”. BINGO. Não querer enxergar isso é refutar a verdade. É não aceitar o fato de que o PT e o PSDB são exatamente a mesma coisa, só que um tem mais pressa e menos pudor em atingir seus objetivos. Cientes dessa realidade manca, cada dia mais eleitores do tucanismo e de outras formas da mesma goma se revoltam contra o fato de que isto é uma grande mentira. Mentira esta contada pelo melhor presidente que já tivemos, o que empapa sua biografia, empastela sua cores cívicas e apequena sua história, fazendo-o um chefe de torcida e não um chefe de Estado. É o que está escrito por aqui, pela soma dos leitores indignados que não deixam passar esta verdade encravada no peito dos decentes. Lula nunca me traiu; FHC sim. E o faz toda vez que escreve artigos como este, recheados de citações, certos, errados e a insistente maneira de um esquerdista ver o mundo, que é confiscando a liberdade de pensar alheia. Peço desculpas ao meu grande mentor e amigo por discordar tão veementemente dele em seu próprio espaço editorial. Mais ainda porque sei que ele me publica, sem que eu preste nenhum favor em contrapartida. É um verdadeiro democrata. É disso que estamos precisando, meus caros. Pensar com a própria cabeça e não permitir que escolham por nós o que queremos. Se meu mestre e amigo ainda permite a sugestão, há um excelente vídeo no Youtube:



    que mostra “políticos sendo jogados no lixo na Ucrania”. É o que deveríamos estar fazendo, assim que o carnaval acabar e essa gente voltar a nos bolinar impunes. Se fizermos isso com alguns de nossos principais “representantes” – incluindo aí certos jornalistas que também merecem a lata do lixo como destino – em pouco tempo os caras entenderiam do que se trata o “desconforto popular” que vamos experimentando. É só fazer o apelo pela internet e milhares de convidados se apresentarão para a tarefa de limpeza. Alguém duvida?

    Curtir

  18. Comentado por:

    • Tania

    “Não tem coisa mais fácil do que cuidar de pobre, no Brasil. Com R$ 10, o pobre se contenta”, em 14 de julho de 2009, durante a inauguração de obras de urbanização da orla das praias de Ponta Verde e Jatiúca, em Maceió (AL). “Rico, não. Por mais que você libere, quer sempre mais, nunca se conforma”, comparou (Lula).
    ˙
    ( noticias terra com br ) Lula está com a família em seu sítio em Atibaia, no interior de São Paulo, onde passará o final de ano. Na semana passada, ele se encontrou com a presidente Dilma Rousseff … 29 DEZ 2011
    ·
    http://noticias.terra.com.br/brasil/politica/lula-vai-iniciar-sessoes-de-radioterapia-em-4-de-janeiro

    Curtir

  19. Comentado por:

    danilo

    Os partidos “socialistas” no Brasil são esconderijos de; comunistas, vadios sindicalistas, políticos manipuladores e oportunistas, vendem a imagem de que tudo que fazem `e progressista quando na verdade, o despreparo, a irresponsabilidade, os conchavos, a apropriação indevida do dinheiro e do patrimônio publico e a falta de profissionalismo e patriotismo, características predominantes de seus filiados e partidários, trazem atraso, destroem as instituições, facilitam a corrupção e o crime, enriquecem seus comandantes e empobrece toda a Nação. Partido socialista dirigido por comunistas, sindicalistas e qualquer outro tipo de gigolô do estado nunca sera progressista, mas abrigo de bandidos cujo principal objetivo `e usufruir das benesses do estado e enriquecer seus donos e companheiros de maracutaia, escravizando o povo com imposto absurdos e venda de sonhos irrealizáveis.
    FHC resgata tardiamente a coragem, assume o papel de ex-presidente e cobra atitudes mais honestas do PT e de seus dirigentes, antes tarde que nunca! Omissão leva a conveniência que leva a conivência que pode gerar muitas interpretações. Coragem, honestidade e honradez fazem bem para a dignidade, alem de resgatar a confiança e admiração das pessoas.
    O minimo que os brasileiros que respeitam e amam esta Pátria, esperam de seus políticos e homens públicos `e que tenham dignidade, honestidade e postura.

    Curtir

  20. Comentado por:

    Sandro Ferreira

    Precisamos de oposicionistas mais atuantes também. Que não tenham medo de enfrentar o Lula.

    Curtir

  21. Comentado por:

    ferro

    Aí, seu LuLLa, no popular,
    o homem chamou a ti e seus asseclas de
    LLadrões.
    Entendeu, ou queres que desenhe ?

    Curtir

  22. Comentado por:

    Caio Lima

    Fernando Henrique Cardoso foi, sem dúvida nenhuma, o maior de todos os presidentes que o Brasil já teve. Tão bom que serve até pra petralhada botar a culpa em tudo o que de ruim se tornou o nosso país, com este maldito desgoverno petralha que aí está.
    (Juro que já cheguei a ouvir de muitos petralhas que os inesquecíveis 7 X 1 que tomamos dos “alemão’ foi tudo por culpa de FHC!!!).
    E, como bem o disse FHC, “(…) Boa parte dos atuais lulopetistas tampouco são de esquerda, defendem ou creem apenas em noções atrasadas.(…)”
    E bota atraso nisso; ainda insistem em acreditar num utópico “Brasil Maravilha” socialista/comunista, quando este monstrengo há muito está dando seus últimos suspiros, mesmo com Fidel, Maduro, Dilma, Lula et camarilha insistirem em continuar a insuflar ar pela goela abaixo do demônio agonizante.
    Enfim: da mesma forma que muitos aqui concordam, os verdadeiros culpados daa situação em que se encontra o nosso país não é ninguém mais que os próprios eleitores sem noção que votaram e elegeram esta desgraça chamada PT que aí está.
    Forte abraço, grande Gustão.

    Curtir

  23. Comentado por:

    rosemary

    O meu comentário não foi publicado; resta-me concordar com a última frase do Oliver e despedir-me
    desta coluna.

    Curtir

  24. Comentado por:

    criatura nojenta

    sei que este é este é o terceiro duro comentário que faço
    contra o príncipe da sociologia brasileira que não será publicado,mas,tudo bem!,sem mágoas!até esta hora em que posto,eu aposto que tem muito mais do que os muito poucos setenta e três presentes comentários,muitos dos quais mostrando que não concordam com a tese do nosso estadista de que a dilma é honesta e de que o lula só fez desandar o bolo que fora preparado com a receita dos capacitados técnicos que ele arregimentou na fazenda,ainda nos idos do presidente itamar e itapior-mesmo que este sedutor vice suspeitasse que era para o fantástico!
    prefiro saudar a lembrança do meu verdadeiro herói e
    estadista,procurador-chefe dr.antônio fernando,que
    enviou ao STF uma peça didaticamente montada-real e
    não imaginária!-,demonstrando por a mais b,que havia,como ainda há,um projeto criminoso de poder,similar
    ao do pri-o petê lá do méxico-que iria nos fustigar a vida no BRASIL pelos próximos setenta anos.
    arrogantes,autoritários,prepotentes e cheios de si,nadando de braçada no mar de fezes de suas próprias ignorâncias,iluminados,radiosos,fulgurantes,proativos,
    acreditavam que sua imensa popularidade lhes permitissem
    a licença para emprestar e roubar o que não lhes pertencia!
    embargos infringentes à parte,possuído pela vergonha
    alheia da atitude insensata do dr.melo,vi meus sonhos
    voltarem com a coragem empedernida do pessoal de curitiba-a quem eu dedico de coração o meu muito obrigado!
    o restante e delírio sociológico de príncipes equivocados e sapos barbudos!
    !

    Curtir

  25. Comentado por:

    Fábio Luís Inaimo

    É Oliver, de mentira o sr entende bem, Então o Plano Real foi uma gota no mar de insensatez.
    Lula nunca o traiu…vota nele então.
    Oque realmente me espanta é emprestar a intelectualidade a via petista. Então o PT e o PSDB são a mesma coisa?? E cego, é quem não quer enxergar pela tua ótica, Isto é ser “um verdadeiro democrata”?? Ora faça me o favor!!

    Curtir

  26. Comentado por:

    Nilton

    Tenho minhas dúvidas sobre FHC enquanto presidente, porém, hoje em dia não passa de “em cima do muro” que vive falando a favor de Dilma e Lula, não tem meu respeito.

    Curtir

  27. Comentado por:

    Valentina de Botas

    Foi para Opinião, Valentina. Um beijo. PS: Aproveito o embalo para recomendar a todos os que vivem atacando FHC que imediatamente leiam o primeiro volume dos Diários da Presidência. Quem não fizer isso não está preparado para entender o grande presidente que tivemos.

    Curtir

  28. Comentado por:

    Oliver

    Permite a réplica?
    O comentarista Fábio Luís Inaimo – 21:10 terá o benefício de pegar o bonde andando. Antes de me imputar que “eu entendo bem de mentira” deveria ler o que há publicado de minha humilde lavra por aqui. Não entende porque não quer, aliás como todo eleitor do socialismo pimpão. Lula nunca que me traiu porque nunca me enganou, meu caro. Entendeu agora ou precisa de um desenho? Votei em FHC e votaria de novo. Jamais votei em Lula, no PT, nessa porcaria que eles fizeram e tudo mais. Afirmo – e volto a afirmar – que Lula não traiu minhas expectativas sobre ele, ao contrário do nobre sociólogo que acabou caindo em sua lábia marreta. E quanto ao fato do PT e do PSDB serem a mesma coisa, leia a nota publicada hoje nos antagonistas, meu caro. Aquela que fala dos “milhões de motivos” pelos quais há uma disputa interna no PSDB pela candidatura a prefeito de Sampa. Deixa de ser tolinho que eu tenho mais do que fazer. Cada uma…

    Curtir

  29. Comentado por:

    Oliver

    LÁ VEM BOMBA
    Convidado para dançar uma dancinha esquisita pela minha querida Tina Boots, sou obrigado a dizer que as palavras dela são música em nossos ouvidos. Escreve lindamente, desenha paisagens com letrinhas delicadas e singelas e tece uma realidade muito gostosa de ver e ouvir. Só tenho que discordar – mais uma vez e mais uma vez – daquilo que é a mais pura evidência por aqui: estamos falando de outra pessoa. Não o presidente de esquerda com caráter e que fez um bom governo no passado, mas um professor que professa ainda hoje uma ideologia sem caráter. Toda a poesia do mundo não mudará essa realidade, minha querida. Não quero convencê-la de nada. Tanto que afirmei aqui mesmo – e reitero – que votaria em FHC para presidente outra vez, sem jamais sequer ter cogitado em votar em Lula. Mas há uma coisa da qual já conversamos longamente e você parece desconsiderar em nosso embate: FHC nunca roubou, que eu saiba. Lula também não; mandou roubar. Essa sutil diferença abissal entre os dois é definitiva de quem é um e quem é outro, mas aos olhos da lei ambos podem parecer inimputáveis, neste país de idiotas em que habitamos. Entende minha sutileza, ou tenho que lembra-la das malas de grana que eu já vi na vida? Hoje mesmo – volto a insistir – os Antagonistas levantam a ponta do iceberg tucano aqui mesmo, na prefeitura paulista. Não vá defendendo seus queridos com tanta destreza, minha cara. Por trás de um Demóstenes também bate um coração. E podre. Beijos.

    Curtir

  30. Comentado por:

    Textículos do Jota (ES)

    O ilustre ex-presidente tenta mais uma vez, sem sucesso, dar um salto triplo carpado hermenêutico para separar o joio do joio, distanciar a esquerda do PT, e proteger a fé socialista, mas não tanto, dos malvados conservadores “de direita”. Desta feita, afirma que “as políticas de crescimento econômico do lulopetismo não foram ‘de esquerda’, mas certamente foram erradas”. Como que as políticas econômicas do PT não foram de esquerda? Tanto foram e continuam sendo de esquerda que deram e estão dando erradas. Deram no que tinham que dar: a realidade do governo mais mentiroso, incompetente, criminoso, traiçoeiro, lesa-pátria e ladravaz da história da humanidade. E como esquecer que até o PSDB, partido do qual FHC é o presidente de honra, sempre foi generoso em elogios aos “avanços sociais” do governo do petrolão? Ao escrever “de esquerda” (entre aspas), o ex-presidente sugere que a esquerda é algo que pertence ao domínio dos sonhos. Certo ou errado? Errado. A esquerda é um regime autoritário concreto que nunca deu certo em lugar algum e em qualquer época do mundo. O caos brasileiro é resultado dessas tais “medidas progressistas” postas em prática pela esquerdice nos últimos 13 anos. O Brasil em ruínas de hoje não passa de uma das franjas do projeto de poder da esquerda internacional, nada mais além. Nesta altura dos acontecimentos, até criança não separa os castelos de areia do esquerdismo e do lulopetismo, ambos desabando com todos os seus “matizes ideológicos” ao sopro da Operação Lava-Jato. Custa nada relembrar as palavras de Nelson Rodrigues: “A Rússia, a China e Cuba são nações que assassinaram todas as liberdades, todos os direitos humanos, que desumanizaram o homem e o transformaram no anti-homem, na antipessoa. A história socialista é um gigantesco mural de sangue e excremento”.

    Curtir

  31. Comentado por:

    Heitor

    Por algum motivo não pulicaram meu comentário de hoje. Mas sinto-me compensado pelo comentário do OLIVER logo abaixo às 13:53hs.Como esse Blog é um espaço democrático e o Sr. Augusto Nunes um jornalista que merece o respeito de todos nós, vejo que alguns discordam do Oliver, oque não meu caso,pois acho até que foi brando demais.
    PARABÉNS OLIVER! Teu comentário me parece melhor que o artigo do ex FHC.

    Curtir

  32. Comentado por:

    Ricardo M

    Ao caro amigo Oliver.
    Obrigado,pensei que eu tinha ficado pendurado na caneta.
    Fechamos em opinião,e pagamos por isso.
    Novamente,muito obrigado!
    Ricardo M.

    Curtir

  33. Comentado por:

    Lúcia

    Me decepcionei com FHC, quando ele disse que a Dilma é uma mulher honrada. Um estadista como Fernando Henrique, tem que ter cuidado com as palavras por ser um formador de opinião. Com todo o respeito que ele merece, acho que foi infeliz com o comentário. Melhor não se manifestar.
    Essa quadrilha que está no governo comemora. Como se diz aqui na minha terra é dar a cara pra bater. Algum petista reconhece o legado que FHC nos deixou?Citando o mais importante que foi o Plano Real. Fizeram terrorismo com a Senhora Rute Cardoso, uma senhora íntegra, de caráter.Jamais tiveram a humildade de pedir desculpas pelo ocorrido.Me desculpe, mas na minha opinião, essa quadrilha que está no poder, não merece a mínima consideração. A Dilma tem culpa sim pela safadeza e ladroagem que está ocorrendo. De santa não tem nada. Não roubou, mas foi conivente com a roubalheira, portanto não considero uma mulher honrada. Os bandidos presos da Petrobrás não roubaram hoje, esse roubo já era de muito tempo atras. Estava com a caneta na mão e nada fez. Uma oportunista, que não merece o mínimo de consideração e tem que desocupar a cadeira o mais rápido possível para o bem do Brasil.

    Curtir

  34. Comentado por:

    santos

    Então mãos à obra FH. Chega de cenas, chega de artigos que não dão em nada. Chegam de usarem o Instituto FH para defender o Instituto Lula. Tá na hora de descer do muro e tomar atitude de quem tem vergonha na cara. Até agora o FH fica esperando que uma dádiva caída do céu salve o Brasil. Não vai cair Deus não ajuda pecadores ativos e muito menos pecadores omissos. Até agora o FH se faz de líder mas segue o Lula. É pautado pelo que Lula e os petistas detrminam através da mídia. O FH vive fazendo o jogo do PT no estilo Chaves do SBT “sem querer querendo”.

    Curtir

  35. Comentado por:

    Tarcísio

    É triste ver uma oposição apática.
    É triste ver uma população alienada, esperando que apenas um juiz venha resolver todos os problemas dessa frágil república.
    Acorda Brasil!

    Curtir

  36. Comentado por:

    José C

    Respeito muito o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. Sei da sua elegância com as palavras. Sei da sua preocupação com a estabilidade do Brasil nas áreas social, econômica etc.. Muitos dos comentários abaixo não são dignos da magnitude, das composturas verbal e educacional do ex-presidente. Inequivocamente, é um homem de diálogo e de apaziguamento social. É um homem que vê longe. Que se preocupa com o presente e com o futuro. Ele sabe que o PT não é um rival político. Com a sua inteligência e perspicácia tem consciência que o PT é um inimigo político. Mas sua condição de ex-presidente, sociólogo e intelectual lhe determinam não nivelar as relações por baixo. Nós, povo, é que devemos ter a capacidade de discernir o certo do errado. O belo do feio. O bem do mal. Para tal precisamos ser educados… mas educados não existem sem educação. Pena que para atingirmos esse estágio sofreremos muito.

    Curtir

  37. Comentado por:

    Abreu:.

    .
    Oliver – 9/2/2016 às 23:24, concordamos discordando e discordamos concordando – eu, Você e outros comentaristas, aqui, no blog, mas creio que haja mais do que subliminar maldade de sua parte nesta sua afirmação à Valentina, quando Você diz que «(…)FHC nunca roubou, que eu saiba. Lula também não; mandou roubar.(…)», porque (como os petralhas gostam) você os colocou no mesmo balaio.
    .
    Nada sei sobre as defesas de FHC ao socialismo – e não acho desonesto que alguém simpatize com tal ideologia (pelo contrário!), mas olho exatamente para aquilo que quando teve o poder nas mãos ele realizou: valorizou a meritocracia, privilegiou o livre mercado, associou-se aos melhores e mais bem qualificados, deu prioridade à transparência e distanciou-se o mais que pode dos corruptos e dos obscuros.
    .
    Okay, okay! Romero Jucá esteve em seu governo, mas no final de sua gestão, personalidades como Jáder Barbalho, José Sarney (sim!, ele mesmo!) e Renan Calheiros caminhavam para o ostracismo até serem cooptadas pelo petralhismo para aquilo que hoje ninguém mais duvida, por ser público e notório.
    .
    ‘Odeio’ sair “em defesa” de quem dela não precise (até porque nem qualificado sou, para tanto), mas gosto ainda menos de ver injustiças que eu possa pelo menos questionar.
    .
    Insisto: FHC pode ser socialista – como Você diz, mas como executivo, sempre teve a responsabilidade de ser prático, produtivo e autor das melhores realizações – deixando a ideologia reservada às teses acadêmicas. Aliás, acho que é até por isso mesmo que FHC é tão ardentemente odiado (sim!) por tantos acadêmicos que não lhe poupam críticas de cunho personalíssimo, acusando-o de vaidoso, de príncipe, etc., jamais podendo atacar-lhe a honra e princípios éticos e morais.
    .
    FHC não roubou – não mandou que roubassem nem permitiu que amigos e parentes enriquecessem durante seus dois mandados.
    .
    Lembra-se que seu filho PHC erada casado com a filha (salvo engano) dos Magalhães Pinto, situação em que suas filhas (netas de FHC) seriam herdeiras do Banco Nacional – um dos então mais importantes do Brasil? Pois é: FHC não pestanejou e não interferiu na decisão de intervenção e posterior falência do banco. Idem com o Bamerindus, de seu então amigo e ministro de seu governo…
    .
    Não vou me estender, mas resumo acreditando que se a corrupção seja um dos defeitos humanos mais antigos e arraigados – presente em todas as gestões (públicas ou privadas) ao redor do mundo, FHC e a maioria dos tucanos (que são mesmo tíbios, na maioria das vezes, quando gostaríamos que fossem enfáticos, etc.), não tem a corrupção como plano de governo e jamais a institucionalizam, como desde sempre fizeram os petistas (antes pelo contrário).
    .
    Por isso, acho que Você “pegou pesado”.
    .
    .

    Curtir