Blogs e Colunistas

15/04/2014

às 19:54 \ Feira Livre

Jornalista dinamarquês desiste de cobrir a Copa depois do que viu em Fortaleza

10154502_10152327659570280_7047534159843427369_n

MIKKEL KELDORF JENSEN

Quase dois anos e meio atrás eu estava sonhando em cobrir a Copa do Mundo no Brasil. O melhor esporte do mundo em um país maravilhoso. Eu fiz um plano e vim estudar no Brasil. Aprendi português e estava preparado para voltar.

Voltei em setembro de 2013. O sonho seria cumprido. Mas hoje, dois meses antes da festa da Copa, decidi que não vou continuar aqui. O sonho se transformou em pesadelo.

Durante cinco meses fiquei documentando as consequências da Copa. Existem várias: remoções, Forças Armadas e PMs nas comunidades, corrupção, projetos sociais fechando. Descobri que todos os projetos e mudanças têm como objetivo pessoas como eu – um gringo e também uma parte da imprensa internacional. Eu sou um cara usado para impressionar.

Em março, estive em Fortaleza para conhecer a cidade mais violenta a receber um jogo de Copa do Mundo até hoje. Falei com algumas pessoas que me colocaram em contato com crianças da rua e fiquei sabendo que algumas estão desaparecidas. Muitas vezes, são mortas quando estão dormindo à noite em áreas com muitos turistas. Por quê? Para deixar a cidade limpa para os gringos e a imprensa internacional? Por causa de mim?

Em Fortaleza eu encontrei Allison, 13 anos, que vive nas ruas. Um cara com uma vida muito difícil. Ele não tinha nada – só um pacote de amendoins. Quando nos encontramos ele me ofereceu tudo o que tinha, ou seja, os amendoins. Esse cara, que não tem nada, ofereceu a única coisa de valor que tinha para um gringo que carregava equipamentos de filmagem no valor de R$ 10.000 e tinha um MasterCard no bolso. Inacreditável.

Mas a vida dele está em perigo por causa de pessoas como eu. Ele corre o risco de se tornar a próxima vítima da limpeza que acontece em Fortaleza.

Eu não posso cobrir esse evento depois de saber que o preço da Copa não só é o mais alto da história em reais e centavos – também é um preço que, estou convencido disso, inclui vidas de crianças.

Hoje, vou para a Dinamarca e não voltarei para o Brasil. Minha presença só está contribuindo para um desagradável show. Um show de que eu, dois anos e meio atrás, sonhava participar. Mas hoje eu vou fazer tudo que estiver ao meu alcance para criticar e focar no preço real da Copa do Mundo do Brasil.

Alguém quer dois ingressos para o jogo entre França e Equador no dia 25 de Junho?

*O dinamarquês Mikkel Jensen é jornalista independente

Deixe o seu comentário

Aprovamos comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais (e-mail, telefone, RG etc.) e links externos, ou que sejam ininteligíveis, serão excluídos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.

» Conheça as regras para a aprovação de comentários no site de VEJA

207 Comentários

  1. Karen Victoria

    -

    26/05/2014 às 17:09

    Olhar eu estou chocada com isso eu moro em fortaleza,eu já vir faria coisa mais matar crianças isso é o limite eu tenho 12 anos de idade posso não se adulta mais eu sei o que é certo o que é errador isso foi até além do limite que país é esse que tem tanto interesse que não faz nada pela própria nação na boa eu no seu ligar eu faria o mesmo por dia até se no meu país na minha cidade,eu faria porque é a nossa nação que esta em jogo, ou daqui uns tempo não vai ter né população que nova geração é essa MEU DEUS ,DEUS É MAIS
    Na boa,essa é a primeira copa que eu estou participando mais se eu soube-se que era desse jeito eu iria preferi que né ouve-se copa no Brasil na boa o Brasil é uma POCARIA com todas as letras,só peço uma coisa todos os dias PAZ E UM PAÍS MELHOR , o Brasil só piora …

  2. Marcia Fernandes

    -

    30/04/2014 às 10:31

    Isso é o mesmo que se sente quem vai a Cuba ou a outro qualquer país em ditadura comunista…Na Venezuela nas Ilhas Margaridas com a falta já crônica de papel higiênico estão distribuindo guardanapos(nos hotéis mais finos!).O que ele viu foi só um tira gosto pq se fosse mais ainda para o interior do Maranhão,Piaui iria ver meninas de 10 anos sendo engravidadas pelos proprios pais,irmãos e até mesmo avós,fome cronica,doenças que teoricamente estão extintas.Vem com mais calma sr.que ainda falta muita coisa para se horrorizar aqui no reino de Dom Barba,começando pelos nossos políticos e juízes se a viagem for com pouco dinheiro!

  3. juliana

    -

    29/04/2014 às 13:39

    Deus quer te dar um grande livramento, pois es escolhido do senhor!

  4. Luiz Schuwinski

    -

    28/04/2014 às 20:01

    Felizmente, o jornalista dinamarquês escapou de ser cooptado pela Caixa e pelo Banco do Brasil para fazer apologia da ‘Copa-da-Bola-Furada’!
    O estrangeiro que vier a conhecer o Brasil em profundidade, jamais voltará. Este País é uma verdadeira Ilha do Tesouro – só tem pirata!
    Para o bem da Nação, o Brasil precisa perder a Copa.

  5. Cláudio

    -

    28/04/2014 às 16:56

    O custo real dessa copa “aborto” do lula, será, dentre outras, a miséria moral e financeira de uma nação. Sou e sempre fui a favor da educação como real libertadora de um povo e serei totalmente contra atos populistas como copa e olimpíada como sede em países do terceiro mundo.

  6. Cristina

    -

    28/04/2014 às 16:41

    Esse Mikkel é uma anta!O governo do PT só quer roubar,não quer impressionar gringo nenhum!!!!E os dimenores assassinos estão por cima da carne seca aqui,são seres intocáveis!GRINGO MENTIROSO!!!!!

  7. Luiz Claudio

    -

    28/04/2014 às 12:14

    Fato 1: O nórdico “jornalista independente” falou com algumas pessoas que o colocaram “em contato com crianças da rua” e ficou “sabendo que algumas estão desaparecidas. Muitas vezes, são mortas quando estão dormindo à noite em áreas com muitos turistas” (…). Fato 2: Ele falou com “Allison, 13 anos, que vive nas ruas. Um cara com uma vida muito difícil. Ele não tinha nada – só um pacote de amendoins. Quando nos encontramos ele me ofereceu tudo o que tinha, ou seja, os amendoins. Esse cara, que não tem nada, ofereceu a única coisa de valor que tinha para um gringo que carregava equipamentos de filmagem no valor de R$ 10.000 e tinha um MasterCard no bolso”… Só tem isso de fato, nada mais!… Penso que seja pouca investigação para muita conclusão, adjetivos e, principalmente para falar mal do país que o acolheu. Devia vir e com a liberdade que vigora aqui fazer uma reportagem de verdade, se é que ele foi sincero ao elogiar a generosidade do jovem Allison e considera mesmo o Brasil “um país maravilhoso”. Não desista de vir não, venha, doe os ingressos ou venda e investigue mesmo os supostos desaparecimentos de Fortaleza. Cinco meses foi muito tempo para tão pouco. Ah! Elee falou também de “projetos sociais fechados” e “corrupção”, mas isso não foi a sua causa principal, mas bem que podia investigar isso também e dar nome aos “bois”.

  8. Junior - vila velha es

    -

    28/04/2014 às 9:31

    Parabéns ao Jornalista dinamarquês Mikkel Jensen pela atitude. infelizmente tudo o que ele disse eu tbm presenciei quando fiquei trinta dias em fortaleza. sinceramente eu gostaria q o altíssimo criador colocasse no coração de todos os jornalistas do país a necessidade de se revelar toda a verdade por trás desses eventos para poder mostrar claramente quem são de fato os sangue sugas do país

  9. Eduardo

    -

    28/04/2014 às 8:25

    Seus ingressos nem se você me pagar eu queria, pois em momento nenhum concordei com esta estupides, pois vivemos em um país cheio de necessidades, mas agradeço as suas palavras e faço o mesmo que você, quem vier vai sofrer e muito, pois aqui não existe verdade.

  10. igor

    -

    27/04/2014 às 20:39

    Engraçado como um gringo falando verdades sobre o Brasil açula o ufanismo de alguns, como se vê em alguns comentários abaixo. Isso me lembra o reporter gringo que disse que o Lula tomava umas e outras e chegou a ser expulso do país pelo governo petista. No Brasil, até quem não se diz de esquerda tem um terrível cacoete de esquerda, que é essa reação furiosa a
    qualquer crítica que venha de um estrangeiro. Como jornalista, o dever dele é documentar o que viu.

  11. Francisco Cioffi

    -

    26/04/2014 às 20:02

    Gringo idiota, vem pra Sampa ou Rio e vou te dizer como é a limpeza étnica feita pelos de menor apaniguados do PT, como eles fazem o latrocínio e não dá nada. Ah se fosse aí na Dinamarca, aliás a Dinamarca recentemente, andou se metendo nos assuntos internos do Brasil advogando na ONU que a Polícia Militar brasileira deveria ser extinta como pretende o PT com a PEC 51 ! Curioso né !

  12. Charles A.

    -

    26/04/2014 às 14:05

    Quando o jornalista esteve no Brasil aprendendo português, quanto tempo ficou e onde? Não viu nada acontecendo? Só em Fortaleza acontecem coisas assim? E os menores que assassinam pessoas todos os dias,em todas as regiões do Brasil ,ele não viu? Acha que a violência por aqui só é praticada para impressionar gringos? A Copa no Brasil,assim como o PT, como todos sabem, é uma aberração financeira,humana,política,comercial,etc. Mas o jornalista aí também é uma aberração mal informada. Já li ,ouvi e vi muitas denúncias de prostituição infantil,venda de crianças,turismo sexual e outras barbaridades que acontecem no Brasil,principalmente em Fortaleza.Nunca tinha ouvido falar em limpeza higienista.O jornalista dinamarquês precisaria ver a realidade antes de tirar conclusões.A realidade pode ser pior do que a crítica.

  13. Santos

    -

    25/04/2014 às 23:43

    Um governo que dizia que os investimentos nas obras da copa seriam privados, está gastando mais de 95% de verbas públicas na construção de estádios , na maioria particulares. Enquanto isso faltam leitos e remédios no hospitais públicos, faltam escolas e os professores são mau remunerados, faltam leis contra o crime, e suporte aos policiais. Fora PT.

  14. maurizio

    -

    25/04/2014 às 13:57

    Não duvido de nada mais, o Brasil e um berço de aberrações, cada dia aparece algo que e mais inacreditavel do que algo do dia anterior,o Brasil da copa um verdadeiro gol contra aos brasileiros.

  15. tere

    -

    25/04/2014 às 13:23

    Eu não duvido de mais nada! “Aqui tudo é possível”, como diz o velho ditado!

  16. joaoo dalton barbosa

    -

    25/04/2014 às 10:08

    Va de Retro Satanas ….

  17. sousa

    -

    25/04/2014 às 9:33

    Infelizmente esta e a realidade do nosso Brasil.

  18. dionysio

    -

    25/04/2014 às 1:11

    Nao ha verdade alguma nestes textos dessa pessoa, pesquisando um pouco mais se nota a verdade. Nunca ouvi falar em matanca de monores em Fortaleza como citado por este gringo. Estes dados dessa ong mexicanas nao refletem a realidade, pois a maior parte da criminalidade aqui se faz de bandido contra bandido por controle de areas de trafico de entorpecentes

  19. joão nogueira

    -

    24/04/2014 às 22:52

    O que acontece aqui, como em todo o Brasil, são os menores matando os cidadãos. Desconheço esse tipo de “limpeza” em Fortaleza.

  20. Branco

    -

    24/04/2014 às 14:39

    Absolutamente idiota o texto desse jornalista. Ele veio estudar no Brasil, portanto, ficou algum tempo aqui, e só agora está alarmado com a situação do país. Sou morador de Fortaleza e felizmente nunca ouvi falar dessa “limpeza”, que, particularmente, eu acredito não existir. E, fala sério, esse tipo de “limpeza” para agradar gringo, é uma piada.
    O trecho abaixo é ridículo:

    “Mas a vida dele está em perigo por causa de pessoas como eu. Ele corre o risco de se tornar a próxima vítima da limpeza que acontece em Fortaleza”

    Os moradores de Fortaleza estão constantemente em risco. E não é por conta de gringo nenhum. É por falta de autoridade dos nossos governantes, que são corruptos, incompetentes e não colocam ordem em nosso país

  21. Mirian

    -

    24/04/2014 às 14:29

    Esquisito. Acho que Mikkel Jensen não tem vocação para o jornalismo. Desistiu facilmente e perdeu a chance de documentar o contraditório, expondo as entranhas hediondas de um país explorado e saqueado desde que foi “descoberto”. Um país rico, tão pobre.

  22. Waldomiro Luiz

    -

    24/04/2014 às 12:02

    Este é o retrato de nosso Brasil, pobre de nosso povo, ter que convicer com uma situação como essa.

  23. Regina

    -

    23/04/2014 às 20:48

    ESTE GRINGO NÃO CONHECE O RESTO DO BRASIL, POIS ESTÃO FAZENDO ## LIMPEZA ## EM TODAS AS CIDADES-SEDE E ATÉ A COPA DO FIM DO MUNDO, NÃO HAVERÁ MAIS MENDIGOS EM SEMÁFAROS, EM BAIXO DE PONTES, NAS RUAS OU SEJA, UMA VERDADEIRA LIMPEZA PARA QUEM NÃO O Nº(TÍTULO DE ELEITOR) PARA AS ELEIÇÕES DE OUTUBRO. CAMBADA DE SEM VERGONHAS.

  24. Sonia A. S.

    -

    22/04/2014 às 13:13

    No programa Manhattan Connection, desmentiram isto. É fato ou factoide?

  25. Paulo Roberto

    -

    22/04/2014 às 2:18

    É infalível, dê tempo, nem precisa ser muito, aos auto denominados “progressistas” (mais certo seria denominá-los de vanguarda do atraso) e eles promovem um “exterminiozinho” em massa. Comunistas, socialistas, nazistas, fascistas, castristas, chavistas, petistas, todos muito higiênicos, adoram uma faxina social!

  26. Ricardo Nobrega

    -

    21/04/2014 às 19:59

    O caro nórdico não está acostumado a esta realidade e com certeza nutre em sua essência, a cultura da justiça e da indignação. Essa realidade já foi escancarada para o mundo a bastante tempo, mas o preocupação da ONU no momento parece ser a de cassar ex integrantes dos regimes militares latinos e PONTO. O que o deixou tão sentido é o que vemos ocorrer por todo país. Quem tem pouco, entende a miséria e sabe o que é dividir o pouco que se tem, e este exemplo é tudo que não existe nas classes que dominam a política em “Banânia”. É como deveriam ver e RECEBER os sorridentes senhores que aparecem em seu país com uma comitiva em arrastão e como tudo pago pela classe otária. Ele está de parabéns.

  27. Bruno Sampaio

    -

    21/04/2014 às 14:17

    Recomendo a leitura do artigo de Artue Xexéo, na revista do Jornal O GLobo de domingo, com algumas indagações bem interessantes:
    1. Nas copas que cobri, eu sempre fui na linha de frente. (…) Quer dizer, eu chegava com 30 dias de antecedência (…) O dinamarquês resolveu chegar aqui seis meses antes?
    2. Resolveu tirar férias antes de começar a trabalhar?
    3. Agora, me explica, o sujeito está diante da maior reportagem de sua vida, uma denúncia que, bem apurada, poderia lhe dar todos os prêmio de jornalismo de seu país, e ele volt para casa porque não quer ser o motivo da “limpeza” de Fortaleza?
    Estranho, muito estranho…

  28. Ferreira Pena

    -

    21/04/2014 às 8:34

    Parece que o gringo acima, como jornalista não é dos bons, pois não foi capaz de perceber a quem a copa beneficia: ao Lula e seus sequazes.

  29. andregomes

    -

    19/04/2014 às 23:41

    desde o anuncio da copa no brasil,parece que um ilusionista foi contratado para entrar em cena.oque esse jornalista percebeu é oque nos brasileiros ja sabiamos.oque ele falou que nos nao vivenciamos.o ilusionista parece que conseguiu transformar a copa numa coisa formidavel para um pais emergente e entre aspas :civilizado.conseguimos esquecer todas as nossas feridas e a copa vai num passe de magica transformar o brasil no melhor e mais justo lugar para se viver.viveremos corruptos para sempre.

  30. laércio s.

    -

    19/04/2014 às 20:45

    Boa.Mas reforço o que li num post abaixo:A copa no brasil não foi (tanto)pra impressionar gringo,foi pra encher os cofres da quadrilha do lula.

  31. sabine sofie

    -

    19/04/2014 às 18:34

    Paulo Henrique Dias das 10:58, acho que você está com algum problema de interpretação de texto, ele é um jornalista INDEPENDENTE! Sacou a diferená mané?

  32. jorge

    -

    19/04/2014 às 10:37

    Pessoal infeliz esses dinamarqueses.
    Deus escreve certo por linhas tortas. Às vezes, as pessoas mais felizes chegam fedidas em casa.
    Eu, também, se fosse dinamarquês nem por antropologia viria ao Brazil.

  33. ROBERTO MARIANO

    -

    19/04/2014 às 8:58

    Nada mais é preciso dizer quando tudo já foi dito.

  34. Violência

    -

    19/04/2014 às 0:41

    O jornalista dinamarquês viu a guerra e violência sem fim. Copa para quem?Parece que parte importante de cidadãos do país são coisas.
    http://tribunadoceara.uol.com.br/noticias/fortaleza/jornalista-dinamarques-relata-cenas-de-terror-brasil-na-imprensa-de-seu-pais/

  35. Guilherme

    -

    18/04/2014 às 21:38

    Ok ok, me mande os ingressos =D

  36. rosi casagrande

    -

    18/04/2014 às 17:30

    Incrível a visão desse “gringo” sobre a Copa no Brasil. O brasileiro não tem essa visão. Ou não quer ter.

  37. marcelo

    -

    18/04/2014 às 11:41

    Este sujeito é corajoso e extremamente ético fazendo um protesto contra a palhaçada que virou essa copa no Brasil.
    Verdadeiros frouxos são as pessoas que apesar da roubalheira e da incompetência dos petralhas totalitários, ainda tem a cara de pau de defender essa copa.

  38. Paulo Henrique Dias

    -

    18/04/2014 às 10:58

    Este sujeito não valoriza a ética profissional. É verdadeiro frouxo. Admiro-me se a empresa de serviços jornalísticos enviasse-o para cobrir uma reportagem na Iraque, e se caso recusasse o manteria empregado.

  39. kaldas

    -

    18/04/2014 às 8:47

    Augusto, triste brasil…

  40. Newton

    -

    17/04/2014 às 22:45

    Caro Newton, a denúncia não é da coluna, mas do jornalista dinamarquês. A coluna apenas republicou o texto. Um abraço, Júlia Rodrigues.

  41. Inês

    -

    17/04/2014 às 19:26

    O Brasil do PT está puro terror – ninguém nega isso. Mas, esse estranho dinamarquês, fazendo essas estranhas acusações e escondendo suas estranhas fontes, sei não… muito suspeito. Principalmente por que o que não falta nessa terra é um bando de defensores dos “dimenores”, mesmo quando estupram, assassinam e traficam.
    .
    Por que ele não escreveu sobre o pedófilo do Paraná que estuprou mais de 25 meninas menores de 14 anos, usando seu poder e cargo – e mesmo preso ainda intimida testemunhas e seus familiares.

  42. Silvia Ferreira

    -

    17/04/2014 às 17:54

    Cara, de acordo com as normas de publicação de comentários, não são aprovados textos escritos apenas em maiúsculas. Mais informações, acesse: http://veja.abril.com.br/blog/augusto-nunes/feira-livre/vejam-a-atualizacao-das-regras-da-coluna-para-a-liberacao-de-comentarios/. Um abraço, Júlia Rodrigues.

  43. Oliver

    -

    17/04/2014 às 15:55

    PUTZ
    Uma resposta de mais de três linhas !!! É claro que meu grande mestre sabe que eu não atacaria meu irmão, especialmente de pai e mãe diferentes, em seu próprio espaço de trabalho. Minha crítica não é endereçada ao nobre amigo, muito pelo contrário. É interessante ver aqui o desfile de trapizombas que muitas vezes aparecem por estas bandas e encontrar os sete erros contidos em seus textos elegantes. É que de uns tempos pra cá a coisa tem ficado um pouco mais explícita por partes dos articulistas mesmo. Acho que eles é que estão precisando de uma reciclagem e não nós. O gordo falando de obesos na terra do fininho chega a ser engraçado. O poeta vendo lobos-guaraná em tudo que é canto também. E por aí vai. Acho que o jornalismo brasileiro está chegando numa perigosa encruzilhada. Se de um lado tem comentaristas que não tias na confraria, de outro ficam cada vez mais patéticos os articulistas na defesa de certos mantras da cristalização de suas crenças. O mestre não é mestre por acaso, nem por ironia minha. Basta ler os próximos posts e veremos que não há papas na língua para dar nome aos bois e às vacas deste país bovino. O curral está pronto. A gente que se recusa a se enfiar nele. Um abraço.

  44. Felipe

    -

    17/04/2014 às 14:44

    Caro Felipe, assim como diversos sites e portais, a coluna apenas republicou o texto do jornalista dinamarquês Mikkel Jensen. A nota da ONG cearense que questiona as afirmações de Jensen deve ser endereçada ao jornalista, não à coluna. Um abraço, Júlia Rodrigues.

  45. Cristina

    -

    17/04/2014 às 11:39

    Parabéns Oliver!

  46. Angèlìka

    -

    17/04/2014 às 11:17

    Que diferença faz esse aí “ser ou não ser” jornalista?
    Como dizia minha avó, nossas “vergonhas estão de fora”. TODOS estão vendo.
    Que o diga: o Maranhão; Bahia; Ceará; São Paulo; Rio de Janeiro e todos os demais Estados.
    Pode ser que ele não seja quem ou o que diz ser, mas uma coisa é verdade: a realidade do desgoverno ptista está estabelecida no país e é noticiada nas páginas policiais do mundo.
    O falso noticiou a verdade. Ironia?
    Não.

  47. JT

    -

    17/04/2014 às 11:09

    Muitos jornalistas usam pseudônimos para publicar reportagens. O pseudônimo é legalmente admitido até para registrar o ISBN para publicação de livros. Grandes escritores já usaram pseudônimos para escrever colunas em jornais.

    No entanto, um turista dinamarquês que tinha a intenção de acompanhar a Copa FIFA no Brasil, escreveu um relato sobre sua experiência no nordeste brasileiro, e optou por publicá-lo nas redes sociais usando um pseudônimo, se denominando como jornalista.

    Atenção: para ser jornalista, não é necessário cursar jornalismo na faculdade. Muitos jornalistas cursaram direito, comunicação social, publicidade – ou nem se formaram na universidade – mas são bons profissionais. Ao menos no Brasil não existe um conselho para regulamentar a profissão.

    E o dinamarquês está sendo massacrado justamente por isso. Acusam ele de ser um farsante. Reviraram sua vida no avesso. Pesquisaram no Google como se isso fosse uma grande sacada. Se o cara não está no Google, então ele não existe: é isso mesmo?

    Nenhum elemento que desandou a desqualificar o turista dinamarquês questionou o que ele escreveu. Ninguém negou as mazelas que o dito jornalista de meia tigela apontou. É como se um marido chegasse em casa, encontrasse a esposa nua na cama e o amante no armário, e tivesse colocado fogo no armário.

    Na imprensa brasileira existem muitos “jornalistas” que vivem pondo fogo no armário. Os problemas do Brasil são muitos, menos o relato de um gringo.

  48. Jose Magalhaes

    -

    17/04/2014 às 10:15

    São os horrores do holocastro que está contaminando toda a America do Sul.

  49. aldo soares

    -

    17/04/2014 às 10:02

    O escandinavo percebe rapidinho qual a regra do jogo; e que muitos brasileiros suplicam que sejam mudadas mas não são ouvidos. Governo populista,socialista gosta de plateia; não a de nativos aborígines,pois esta já está no papo. Mas sim! mostrar ao mundo que aqui, o que o governo torra o dinheiro onde quiser sem cobrança alguma{pasadena,mariel,ongs etc.] o congresso apoia e tá tudo certo. País rico é aquele sem analfa: o seu dinamarquês!.

  50. Teresa Cristina

    -

    17/04/2014 às 9:31

    Mikkel, me orgulho de você, infelizmente há muitos jornalistas brasileiros custeados por governos federal, estadual e municipal colaborando para essa grotesca realidade que você descreve. É o que chamamos de sub-jornalismo, jornalismo subsidiado, blog sujos, etc. Quanto ao ingresso, agradeço, mas sinceramente acredito que só os brasileiros SEM NOÇÃO iriam a um jogo dessa copa.

  51. Val

    -

    17/04/2014 às 1:21

    Caro Augusto Nunes:

    Essa matéria está tendo repercussão internacional sim, porque infelizmente, muitos não foram atrás da notícia na íntegra para ler os relatos desse jornalista, do que na verdade nós estamos vendo e vivendo todos os dias: um aumento da corrupção e da violência sem precedentes no Brasil, que começa no topo da pirâmide, e a falta de impunidade e de investimentos em todas as áreas vitais da sociedade (foi o que ele relatou também). Será que o povo brasileiro já está se acostumando com isso e ficando apático ? Eu, jamais vou me acostumar !
    Então, para quem tem dúvidas, aqui estão alguns links importantes:
    http://tribunadoceara.uol.com.br/noticias/fortaleza/jornalista-dinamarques-relata-cenas-de-terror-brasil-na-imprensa-de-seu-pais/
    *
    http://tribunadoceara.uol.com.br/noticias/policia/violencia-no-ceara-numero-de-homicidios-se-iguala-a-guerra-do-iraque/
    *
    http://tribunadoceara.uol.com.br/noticias/policia/violencia-em-fortaleza-766-mortos-em-2014-sendo-433-por-arma-de-fogo/
    *
    Ele tem um blog com várias matérias sobre a copa e o Brasil, e o tempo que ele passou aqui (que não foi apenas uma semana…), relatando diversos fatos. Coloquei no Google tradutor e não vi nenhum exagero:
    http://vmbloggen.dk/

    Parabéns pela matéria. Não estou fazendo apologia a nada, mas se eu fosse estrangeiro, jamais faria a loucura de vir para o Brasil, nem na copa, nem em tempo algum…que Deus olhe por todos nós !

  52. marcello fonttes

    -

    16/04/2014 às 23:59

    Catz! Tá difícil de andar…, gruda muita gosma no sapato.

  53. LABOR

    -

    16/04/2014 às 23:52

    Não queremos neste e em qualquer outro saite, ou em nosso dia-a-dia deixar de dizer aquilo que achamos verdadeiro, contrariar opiniões, etc, tudo dentro de um nível razoável de decência,compostura
    e respeito. Surpreende-me, no entanto, que diante das sabidas táticas adotadas pelo partido no poder (não sei, não vi, não somos culpados, os culpados são eles , e quejandos – vide caso recente da Petrobrás) estejamos nos deslocando do foco principal ao abordarmos aspectos vicinais da questão e deixando de explorar um pouco mais a
    oportunidade que o repórter nos dá, não importa seja ele americano, chinês, africano. O fato é
    que ele tirou o véu da noiva e, se quisermos ir adiante teremos que tirar algo mais.

  54. Oliver

    -

    16/04/2014 às 23:47

    SASHIMI DE JORNALISMO
    Quando ainda fiel escudeiro daquele blogueiro sem brilho – e sem noção – cunhei por lá a expressão “jornalismo sushi” para explicar aquele tipo de notícia que é preparada na cara do cidadão e vai ganhando forma aos poucos, de acordo com as habilidades daquele que manuseia os peixes e as folhas de algas, os teclados e os smartphones. Pois bem. Não deixa de ser engraçado constatar que nosso augusto mestre tem sob sua batuta um time razoável de grandes estrelas do comentarismo afiado e afinado com seu tempo, todos contribuindo para que este condomínio digital por aqui erigido seja um dos melhores lugares da internet para se estacionar o cérebro. O folclore da coisa está no fato de que, de uns tempos pra cá, seja porque a participação de nosso editor-chefe anda mais seletiva ou seja porque algumas figuras que por aqui viscejam já estejam até cansadas de si mesmas, vendo lobos-guaraná em qualquer paragem em que se encostem, o fato é que muitas vezes é muito melhor entender um post por seus comentários – e comentaristas – que pelo que vai amontoado no escrito, pura e simplesmente. Quem se atem só na resenha não sabe o que perde por aqui. O Etrusco 20:54, o Marcos F 16:10, o Leitor do Blog 15:09, e outros que por aqui estão – e os que nem estão, como Leonardo X, Valentina de Botas, Celso Arnaldo, Rey-BH entre tantos outros, fazem das postagens deste nobre espaço um show à parte. Ao longo do dia, a cara mais ou menos ingênua – e toda a carga por trás desse suposta ingenuidade mal financiada – foi se tornando mais nítida através daqueles que não engolem fácil gato por lebre nestas mal traçadas linhas. Se compararmos para comprar as linhas tortas do jornalista dinamarques, ou os lobos vigiados de um Gabeirola ao vento, ou ainda os chamados de luta de sociólogos em pijamas de listras, ou ainda um certo jornalismo que por aqui abunda, reclamando da obesidade mórbida como argumento para a não efetivação da figura em cargos públicos, fico com a impressão de que o melhor está do avesso, aqui embaixo, e não lá em cima. Tivéssemos uma publicação só com estes comentaristas que aqui citei de cabeça, já seria uma das melhores do país. Não ficaria pedra sobre pedra dos editoriais monocórdios dos mausoléus redecorados nem chamamentos à oposição marreta que não ficassem sem resposta à altura. Eu venho aqui por conta dessa turminha animada. Se viesse por conta de certos articulistas, me matava de vergonha. Ainda existe gente que crê que Tancredo Neves foi vítima de uma conspiração que desferiu dois tiros na pobre e incauta Glória Maria junto. Eu digo que foi muito pior; o cara morreu de negligência mesmo. De ausência de profissionalismo no setor público. De falência de múltiplos órgãos públicos. De incompetência generalizada. Não conheço Fortaleza, mas morei três anos em Vitória do ES, que também dizem ser uma das cidades mais violentas do país. A explicação por lá é simples; o Estado quase não tem hospitais e serviços municipais. As ambulâncias vão pra lá e despejam tudo o que encontram pelo caminho nos hospitais da cidade. Aí o sujeito morre e a morte é computada como sendo da capital, quando é na verdade oriunda do Estado inteiro. Por mais que seja um país de broncos, não acredito em limpeza étnica por aqui, por conta da Copa principalmente. O PT jamais deixaria que eliminassem seus potenciais eleitores e aviõezinhos. Eles querem viver no pudê por mais cinquenta anos; como fariam isso sem um exército de famélicos para comemorar o cinquentenário do bolsa-família? Notícia fria. O cara quer alguém para financiar sua viagem por aqui e está tentando conseguir na base do “beijinho no ombro”. Parabéns aos que não compraram a gatunagem. Sushi amanhecido é adubo.

    Você sabe que não publico apenas textos que endosso, grande Oliver. Publico o que acho que merece reflexão e, sobretudo, estimule o timaço de comentaristas a soltar a voz. Já publiquei artigos (e comentários) dos quais discordo parcialmente ou do começo ao fim. Se os devotos da seita conseguissem encontrar argumentos razoáveis, seriam expostos aqui.
    Não estou mais seletivo, amigo. Estou usando parte do tempo para tocar projetos que valem a pena. Mas continuo no comando. Leio todos os posts antes da publicação e, antes ou depois de liberados, todos os comentários. O que acho é que uma coluna de uma nota só é muito maçante, por mais sonora e agradável que a nota seja. abração

  55. hellyétt f.Mamede l.

    -

    16/04/2014 às 22:22

    Esse desgoverno petista enquanto não transformar nosso país numa Venezuela não vai sossegar.Bando de incompetentes e corruptos.

  56. paulo edu

    -

    16/04/2014 às 21:50

    Muitos dirão , qual a novidade…pois é, nos acostumamos com a deterioração dos costumes, nao nos importamos com a devalorização do ser humano, principalmente de crianças e adolescentes, mas fazemos um ESTATUTO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE, uma piada, e de mau gosto. ESSE É O BRASIL, ninguem liga pra nada, e a vida vai passando devagar em ritmo de COPA DO MUNDO. E AS CRIANCINHA DO PELÉ, QUANDO FEZ O MILÉSIMO GOL, ESTÃO ONDE….NO CEMITERIO OU NA PENITENCIARIA…PODES CRER….

  57. Lucia R.

    -

    16/04/2014 às 21:37

    Mas o que diz o jornalista é muito grave.
    E a Polícia Federal sabe disso?
    Ninguém vai fazer nada?
    Nossa, estou com um péssimo pressentimento do que vai ser essa copa. Tomara que nada aconteça.
    Só por Deus.
    E ,sinceramente o desânimo é tão grande que concordo com os demais: Quero que o Brasil perca a copa.

  58. Tuco

    -

    16/04/2014 às 21:06

    .
    .
    .
    E a PF nem pode ouvir o que tem
    a dizer o estupefato jornalista…
    Vai que seja tudo verdade…
    .
    .
    .

  59. Etrusco

    -

    16/04/2014 às 20:54

    Caro Augusto,

    Achei interessante este post, não pelo seu conteúdo opinativo de um jornalista de “1º mundo”, mas pelas reações de nós ‘caras-pálidas’ “3º mundistas”. O que surpreendeu esse nobre jornalista dinamarquês? – A realidade, que pode ser constatada com alguma paciência nos Googles da vida, sem que se sinta com uma visão corpo à corpo como ele relatou. Ora, ele só é mais um dos hipócritas ‘desenvolvidos’, prestando-se como um bom ator a dar veracidade ao óbvio. Por acaso, ele nunca se preocupou a uma análise simples do que ocorre, por exemplo, no continente africano desde que se tem ciência de sua existência? – A interpretar sua indignação com a ‘terra brasilis’; acredito que sim. Agora pergunto, e dai? – O quanto seus irmãos de mundo ‘velho’ se “coçaram” por isso? – Há bem pouco tempo atrás, seus irmãos helvécios, mantinham também seu alto grau de desenvolvimento graças aos inúmeros depósitos em contas numeradas, de bandidos, assassinos, ditadores e outros que tais terceiro mundistas, não é verdade?. Qual a diferença de um comprador de ouro da praça da Sé em São Paulo e desses banqueiros suiços? – Só no tamanho do ‘rombo’ e da miséria que trazem às respectivas vítimas. Não nos esqueçamos, que os patrocinadores dessa ‘orgia’ futebolística tem sua sede nesse seu vizinho e irmão. Mas logicamente, eles só estão tentando auxiliar este pobre pedaço de mundo a se desenvolver de uma maneira proba, não é mesmo?.

    Longe de mim, apoiar qualquer tentativa de monopolizar à uma discussão piegas socialista, pois tenho consciência de quanto ignorante é essa utopia; mas como liberal e adepto da livre iniciativa, também não sou nenhum ‘trouxa’ para aceitar uma descarada hipocrisia.

    Não me sinto nem um pouco envergonhado em ser brasileiro, pois acredito que somos seres mundanos; mais, ou menos, desenvolvidos em locais geográficos distintos, casual e temporariamente.

    Auguri, Augusto!

    Auguri, Etrusco!

  60. Ane

    -

    16/04/2014 às 19:38

    Até parece o Rio da ECO-92 de Collor.
    Duas décadas depois e, pelo menos em Fortaleza, as coisas pioraram…..
    12 homicídios por dia é a média no Estado do Ceará. Mais da metade ocorridos na capital.

  61. Memyself

    -

    16/04/2014 às 19:09

    Estou achando tão estranho, isso… O jornalista pode ser independente, mas vende suas matérias para algum jornal ou alguma revista. Gastou tempo e dinheiro para vir ao Brasil trabalhar e aí vai embora? Nem sequer uma matéria-bomba sobre o que viu?

  62. CANA .40 DIRETOR DE BRASÍLIA

    -

    16/04/2014 às 17:53

    Se isso ocorresse apenas em Fortaleza, seria menos pior. Os “desgovernantes” brasileiros, aí entram o LULA e DILMA também, estão enganando o povo, há tempos. Espero que o povo acorde durante a Copa, faça valer seu poder, mostre o início de uma nova era para o Brasil e não durma mais diante de tanta corrupção, ilusão e enganação! Chega!

  63. paulo miguel

    -

    16/04/2014 às 17:44

    é isso, o pior cego é aquele que não quer enxergar…

  64. sem noção

    -

    16/04/2014 às 17:05

    Pois é… Este país está um lixo… É preciso uma faxina geral.. em outubro… tirar essa PTralhada do poder antes que eles destruam o brasil de vez…

  65. santana

    -

    16/04/2014 às 17:04

    Como deixam passar um comentário como o da dona “Cristina”?-o que o jornalista denuncia é seríssimo e merece condenação veemente, se for verdade!! é crime contra a humanidade,isso aí.

    Toda opinião emitida em termos aceitáveis têm espaço aqui, caro Santana. abração

  66. Miguel Gym

    -

    16/04/2014 às 16:11

    Num país em que os intelectuais se calam,exceto os da Veja,acho o comentario de Jensen,positivo e intigrante para as esquerdas.Se pensassem, o que não fazem,veriam que seu proprio terreno está sendo devorado por seus líderes e aliados.Ele percebeu e escreveu.E oportunizou para o Gomes escrever, abaixo,e ser mais explicito.Espertise para norueguês ver-não mesmo!!!È o sentido do texto.Muito bom!!Miguel

  67. Marcos F

    -

    16/04/2014 às 16:10

    Esse dinamarquês me dá sono. Vindo de um país menor que a Vila Matilde, menor que o Futebol do Brasil, mexe com um assunto que as estatísticas não comprovam – nem mesmo o noticiário.
    Tá. Vai embora, meu!

  68. salomão torrres

    -

    16/04/2014 às 15:39

    Um conteúdo deste precisa ser conhecido dentro e fora do Brasil.

    abraços

  69. Jorge

    -

    16/04/2014 às 15:25

    Ao Gomes – 16/04/2014 às 11:49 = Parabens, voce escreveu o que penso e um pouco mais. Gostaria que mais pessoas lessem sua abordagem que infelizmente não é exagerada. E que Deus nos ajude. Obrigado

  70. Cristina

    -

    16/04/2014 às 15:12

    Mikkel,deixe de se achar o centro do universo!A copa não é pra impressionar gringo não!A copa só serviu para enriquecer os cofres do PT. ACORDA CARA!!!!!

  71. Oliver

    -

    16/04/2014 às 15:09

    DESABAFANDO
    Se o grande mestre Augusto Nunes me permite o desabafo, gostaria de agradecer primeiro o Veritas – 12:22 para comentar depois o “menos” do antipetista – 10:25. Me acho incluso no comentário do Célio – 23:05 e vou explicar porque. A imensa maioria daqueles que pensam em viagens internacionais logo imaginam a Disneylândia e arredores. Se pensam em trabalhar lá fora logo vislumbram que vão lavar latrinas e enfrentar aquele trem mexicano que levam os semoventes por baldeação para os cafundós dos Estados Unidos, debaixo de bala. É evidente que quem tem um certo nível educacional não enfrenta este tipo de privação, mas precisa antes se qualificar se quiser almejar uma colocação profissional mais digna no exterior. Para isso existem centenas de exames avaliatórios das capacidades profissionais de cada um e elas já começam com o TOEFL ou semelhantes, que gabaritam as pessoas a dizer que estão aptas e fluentes na língua inglesa. No meu caso, por exemplo, os certificados são emitidos por empresas desenvolvedoras de softwares gráficos com os quais trabalho e são GRATUITOS nos países de origem. Aqui não. São uma verdadeira fábrica de muambas, exigindo do participante que se inscreva num dos cursos ruins que oferecem os tais certificados, ficando na geladeira por até um ano, em troca da manutenção da papelada, aliás como tudo aqui no Brasil. São tão picaretas que a Argentina, com um universo quase vinte vezes menor que o mercado brasileiro, tem um contingente quase vinte vezes maior de profissionais habilitados a trabalhar com os softwares com os quais trabalho. Tudo isso sem contar com a pirataria avassaladora que o país assiste sem dar um pio, à margem dos tais “marcos civis” e correlatos, que nos coloca oficialmente fora do mercado de trabalho internacional. Quando tive o primeiro contato com a tecnologia que utilizo, me espantei ao ver que a empresa fazia exigências como saber quem e por quanto tempo precisaria ministrar suas apresentações para deixar uma equipe apta a se desenvolver aqui no Brasil. A esmagadora maioria confunde treinamento técnico com falta de educação dos “estrangeiros”, pura e simplesmente. Mas é um compromisso que os caras assumem; eles querem tanto quanto os pagadores que a coisa dê certo. Ninguém aqui entende isso, confundindo a coisa com arrogância, numa visão rasteira e simplista das relações profissionais de hoje. Recentemente tive um contrato rescindido com um órgão público exatamente por isso. Vendo que os caras não sabiam o que compraram, montei e apresentei uma cartilha detalhada explicando como seria o desenvolvimento de um determinado projeto. Para a minha surpresa, eles pagaram e, em seguida, desistiram do projeto. Alegaram que eu não tinha disponibilidade para atendê-los e que estava dificultando as coisas, quando eram eles que não tinham qualquer competência para se inserirem no andamento da bagaça. Fiquei sabendo que a dona que capitaneava o projeto, do lado do tal órgão, sentiu-se ofendida com a minha tentativa de “ensinar” a eles como eles deveriam proceder corretamente num determinado processo. Recebi telefonemas de apoio de quem participou da farsa e queria aprender sem este viés de estupidez latente. Não perdi a chance de dizer como aquilo me frustrava como cidadão. Afinal, é dinheiro público jogado fora. Por gente defintivamente incompetente para ocipar os cargos que ocupam. Fazer o que? Confesso que fiquei abismado em ver como anda o Brasil. Os caras se acham. Cacarejam goma para todo lado, mas quando são instados a participar de um procedimento profissional, fogem do trabalho como o diabo foge da cruz. Alguém aqui acha que este deficiência crônica de conhecimento vai se resolver como que por encanto, com um presidente mais bonitinho? Vai pensando… Sendo assim, não é louco dizer que muitos adiam seus planos de viagem quando descobrem que falta feijão educacional para se verem inseridos numa sociedade verdadeiramente organizada. Nesta tapera em que habitamos, nesta savana em que vivemos, ser um pouco mais esclarecido é quase sinônimo de linchamento, pelo bando de orangotangos com os quais tentamos dividir nosso espaço, fraternalmente. Tá cada dia mais difícil.

  72. Fazer o quê?

    -

    16/04/2014 às 14:46

    O Brasil está um horror mesmo e tem piorado continuamente, e muito, nos últimos 20 anos. E vai piorar mais. Fique na Dinamarca: é melhor, mais seguro e civilizado. O Brasil é como o filme Mad Max.

  73. domingos roberto

    -

    16/04/2014 às 14:36

    Minha torcida é contra a seleção brasileira, quem sabe perdendo o PT caia em desgraça.

  74. Angela

    -

    16/04/2014 às 14:29

    Depois de ler mais um excelente post do Oliver – 16/04/2014 às 10:23, por indicação do Veritas, entendo que o dinamarquês se mandou ao descobrir que iria ser a testemunha ocular da nossa história sobre temas nunca antes imaginados naquele país.

  75. José Ferreira

    -

    16/04/2014 às 14:15

    Boa tarde, Augusto Nunes.
    Sou Cearense, e com muito orgulho, mais fiquei indignado com o escrito acima por este que se diz jornalista. Fortaleza é hoje uma Cidade muito violenta, como temos várias no Brasil. Não existe mortes em Fortaleza ou no Ceará como as expecificada acima, existe mortes de menores de idade, mas são por outros motivos, tais como: Acertos de contas entre bandidos, dividas de quem é consumidor de drogas, de quem vende droga e a policia prende e por isso quando este menores s/ao soltos, como não coseguem devolver a droga perdida com a prisão, são tambem mortos.
    Sou seu leitor de longas datas, mas gostaria de lhe dizer que o que está escrito, em relação a morte de menores, não condiz com a nossa realidade.
    Abraços.

  76. Velho Huno

    -

    16/04/2014 às 14:15

    Olha nós temos de ser realistas, daqui a pouco vão dizer que os comunistas estão matando as criancinhas para comê-las, toda a crítica para a copa é, com certeza, válida (superfaturamento, falta de estrutura, pouca importância com o fator humano) para temos que ter cuidado com as críticas para que não caiam no ridículo tipo essa história de assassinato de criancinhas e aliás nem precisa disso pois é só olhar as estatísticas e ver que a violência atinge em cheio os jovens, principalmente das periferias (apesar de ninguém estar seguro). Acho que se ele queria criticar deveria ter criticado a vergonhosa segurança pública do brasil que para ser horrorosa ainda tem de melhorar muito, apelar para o artifício do assassinato de criancinhas é no mínimo patético.

  77. Izan Roberto Bauer

    -

    16/04/2014 às 14:12

    Triste história que poderia ser usada em uma composição escolar com o tema: Porque me ufano de ser brasileiro.

  78. Élido Marcos Resende

    -

    16/04/2014 às 13:55

    Vejam a que ponto chegamos. Matar crianças para “limpar” Fortaleza e esconder a verdade aos gringos que estão vindo para a Copa do mundo. Esses bandidos não tem limites, não tem escrúpulos e fazem qualquer coisa para se manter no poder. Será que estamos chegando ao “holocausto”? Não duvido.

  79. ANGELO SANTOS

    -

    16/04/2014 às 12:54

    Ó Brasil, queria tanto ter orgulho de ti !

  80. Allan

    -

    16/04/2014 às 12:40

    A realidade do país que esse governo corrupto esconde com seu marketing sobre o slogan, “copa das copas”, é ridículo esse país, se der pão e circo, tá bom pra esse povo ignorante.

  81. Veritas

    -

    16/04/2014 às 12:22

    Oliver – 16/04/2014 às 10:23 mais um grande post.

  82. claudia

    -

    16/04/2014 às 12:04

    Olha o texto não me convenceu mesmo.
    Sou absolutamente contra essa copa e troço que o PT quebre a cara com ela e assim não venha as Olimpíadas. Saiam eles bem rápido.
    Acho que esse reportezinho quer só aparecer, ou como disse alguém ai embaixo se acovardou.
    Ele que prove o que disse. Matança… tenha dó!

  83. Marco Antonio do Prado

    -

    16/04/2014 às 12:01

    pois é, finalmente estão percebendo que o brazil do hoje em dia é um tremendo engodo. Fujam enquanto houver tempo.

  84. Telma Terçarolli

    -

    16/04/2014 às 11:50

    Muita digna sua atitude MIKKEL KELDORF JENSEN, se todos tivessem uma atitude próxima da sua talvez nosso lindo país não estivesse a beira de um caos!! Espero que sua atitude sirva de espelho para todos que estão lucrando com este circo chamado Copa do Mundo!!

  85. Gomes

    -

    16/04/2014 às 11:49

    Os horrores desta ditadura comunista PTista só tiveram e tem existência dia após dia, porque nós Brasileiros somos dos povos mais tristes, ignorantes e “espertos” do mundo, somos tão “espertos” que temos o país com as piores infraestruturas do mundo, somos tão “espertos” que temos maior numero de assassinatos e latrocínios da historia, somos tão “espertos” e temos um corredor da morte chamado de SUS, somos tão “espertos” que as escolas no Brasil produzem cada vez mais analfabetos, somos tão “espertos” que TUDO o que se compra no Brasil tem os maiores impostos do mundo… Somos tão “espertos” que estamos entregando e deixando as nossas vidas e o país nas mãos de uma gangue criminosa assassina disfarçada de partido político no poder do governo, somos tão “espertos” que nem os que se acham realmente espertos conseguem entender que, assim como em Cuba, Coreia do Norte, Venezuela, Bolívia, Angola e agora na Argentina não há nem haverá espaço nem liberdade para serem “espertos” … Ou seja, a ganância e irresponsabilidade é tão monumental que as SBT’s da vida estão mordendo o anzol achando que comem apenas o isco… E quando estiverem presos irremediavelmente pela boca, sendo puxados para a morte (já) anunciada pela HISTORIA, talvez nem consigam perceber que é tarde de mais… … O mundo ocidental EVOLUÍDO olha para nós paízinhos de 5 mundo e tem pena da ignorante anestesia mental em que vivemos… Enquanto isso “NÓS” achamos que somos “ESPERTOS” … A minha ultima réstia de esperança para o nosso “esperto” Brasil, é a UN (Nações Unidas) perceberem que o Brasil é um país que além de fazer parte dos grupos terroristas internacionais (Cuba, Coreia do Norte, Irã, Angola, Venezuela, Bolívia, Rússia, Colômbia, Argentina) é também financiador e operador de cartéis de trafico de armas e drogas, que alimenta e cria o monstro da ditadura perigosa e criminosa comunista MAIOR AMEAÇA A LIBERDADE DO SER HUMANO E SUA CIVILIZAÇÃO… Que a UN nos salve e Deus ajude a nos livrar deste completo mal e terrorista PT.

  86. Cau Marques

    -

    16/04/2014 às 11:42

    Zçábi, zenti! Tinha qui sê loiru di zóiu azú!

  87. Ronaldo

    -

    16/04/2014 às 11:37

    Parabéns pela atitude! Meu mais profundo respeito!

  88. Marcos

    -

    16/04/2014 às 11:30

    Parabéns! Mikkel Jensen e por favor divulgue esse comentário para que todo o mundo saiba o que se passa realmente no Brasil! eu torço até para que a seleção perca a copa de preferência para os argentinos pois do contrário o 9dedos vai dizer que quem ganhou a copa foi os PeTralhas

  89. mairalur

    -

    16/04/2014 às 11:29

    Estamos bem arranjados. Já começaram a sumir com nossas crianças. Em lugar de proteger os “cearensinhos e as cearensinhas” da prostituição e da miséria, somem com os menininhos. Que maldição caiu sobre nossas cabeças. Cearenses, vai ficar por isso mesmo?

  90. Padrão FIFA para serviços públicos, afinal pagamos altos impostos

    -

    16/04/2014 às 11:27

    O padrão FIFA imposto ao Brasil, para realizar o torneio mundial de futebol expôs o nível de atraso e precariedade no atendimento às necessidades básicas da população, para auferir bem estar.O padrão FIFA para estádios expôs que estamos sendo ludibriados pelo que pagamos e não recebemos de retorno em serviços públicos. É hora de exigirmos Escola, Saúde, Transporte, Habitação, revisão tributária, acesso e igualdade na justiça, política, previdência, transparência na governança, tudo padrão FIFA. A FIFA demonstrou o padrão global de desenvolvimento social. Impostos, taxas e tributos que pagamos é padrão FIFA, é hora de exigirmos a contrapartida, a distribuição correta dos recursos que o governo arrecada.

  91. LABOR

    -

    16/04/2014 às 11:20

    O Velho Huno também confirma o que o Mikkel disse.
    Com revólver ou amendoim nas mãos estão lá os menores envergonhando o país. As ilações estão deixando a desejar.

  92. sandovalsader

    -

    16/04/2014 às 11:12

    Caro Jornalista,
    Este artigo é assustador. O que esta acontecendo em Fortaleza dos Gomes? Matando crianças? Limpando a área? Que copa em?

  93. angelo

    -

    16/04/2014 às 11:07

    Senhores,Parabéns pela sua visão de humanidade.
    Aquí nesta Terra,as mazelas são imensas,as maquiagens
    seguem seu curso,para dar a impressão de que está
    tudo em ordem,para a traiçoeira Copa do Mundo.Digo
    traiçoeira pois você como gringo pode perceber as
    traições que fazem com o povo brasileiro, isto é
    apenas uma parcela do que se vê o resto está
    escondido pelos noticiários sem dignidade,pelas
    propagandas mentirosas do desgoverno podre que diz
    fantasias com a Copa da Roubalheira,que entre outras
    coisas está afundando este País imoral.

  94. Flavio

    -

    16/04/2014 às 10:53

    O Face do jornalista:
    https://www.facebook.com/mtkjensen

  95. Amapola

    -

    16/04/2014 às 10:30

    Andei lendo os comentários mais abaixo e digo: acredito piamente no jornalista. Aqui em Belo Horizonte, no governo do Newton Cardoso, levavam pivetes que furtavam na Av. Afonso Pena para a pedreira Prado Lopes e, quando dava meio-dia, tiravam os funcionários da empresa e explodiam tudo para matar aqueles pivetes. Isso nos foi contado por um fugitivo que entendeu a manobra. O que não sabemos dessa petralhada estarreceria até o capeta!!

  96. juscelino

    -

    16/04/2014 às 10:29

    mais uma vez digo.. os maiores covardes são os torcedores que fomentam a corrupção do futebol.

  97. juscelino

    -

    16/04/2014 às 10:28

    veja bem. e isso com apoio de milhares de chafurdadores da corrupção do futebol em nossa imprensa futebolística e por que não nas outras. esse aí é para chorões dos olhos estatalados iguais loucos e beijoqueiros do escudo da amarelinha. façam bom proveito.. ia torcer para argentina sem ver nenhum jogo mas nem isso mais. NÃO AO INÍCIO DESSA PODRIDÃO COVARDE E MACABRA.
    Valeu romarios(não se eximam, você foi um dos principais fomentadores desse evento nefasto que já naquela época não podia nem ser aventado, a não ser por salafrarios do ramo que viviam e vivem disso , o futebole o bandidos da politica), pelé, bebetos , ronaldos tts e afins…MORRAM COM ISSO.

  98. antipetista

    -

    16/04/2014 às 10:25

    Célio – 15/04/2014 às 23:05
    meeeeenos … menos …

  99. Oliver

    -

    16/04/2014 às 10:23

    FUGINDO DA NOTÍCIA
    Ele não é o único, certo? Eu diria que é muito saudável até que pessoas se debrucem a desconfiar do texto ingênuo do jornalista dinamarquês e suas conclusões aparentemente precipitadas. Diria que não entendo um jornalista que se recusa a apurar os fatos, indignado com o que eles representam. É algo assim como a enfermeira que desmaia quando vê sangue na parada. Recentemente, um episódio parecido aconteceu numa rede de tevê brasileira, que mandou um “enviado especial” ao Japão cobrir saquês e sushis. O que ele não contava era com um terremoto seguido de um tsunami no paraíso em que pensou aterrissar. O que para muitos jornalistas seria a oportunidade de uma vida, para o bom vivant foi motivo de matérias onde era visível que o cara estava aterrorizado com a situação. Isso se deu até chegarem os “correspondentes de guerra” no local e passarem a fazer as inserções diárias de lá, salvando a vida e a carreira de um borrado de véspera. Pois é. O cara literalmente está fugindo da notícia, não é mesmo? Com medo de apurar a verdade, inventa a primeira desculpa que lhe vem à cabeça para pular fora da missão a ele confiada. E olha que cobrir futebol não é assim como cobrir um campeonato de crochê, não é mesmo? Tem te que ter alguma adrenalina na parada. E o que o cara diz, no entanto, está desprovido do viés ideológico que amaldiçoa redações por aqui, e me parece uma foto sem retoques para agradar a patuleia, daquelas que os jornalistas tanto gostam de fazer aqui mesmo. O contrário disso é aquele parlamentar que, enquanto a pétubrais acumpanheirada está morrendo por conta de gente que acredita no que ele acreditava, vê lobos-guaranás na parada, águas límpidas correndo chuá-chuá e poesia pós-ideologia morta. Acuso vários dos articulistas que aqui desfilam do mesmo mal e do mesmo modus operandi, apesar de serem aplaudidos pela turma que é chegada em ver “flying saucers in the sky” e não perceber que está sendo ludibriada. Não assino embaixo de nada do que afirmou o jornalista aqui em moldura, mas acho que ele levantou uma das pontas do tapete, sim senhores. Algo de muito podre está acontecendo por aí. Algo com a conivência das autoridades de todos os poderes. Um tapume está sendo levantado diante de nós, para escamotear a verdade. Não acredito numa “limpeza étnica” nos moldes em que o “dinamarca” descreveu. Mas acredito que um país sem leis, sem líderes e sem mandatários dá nisso. O que é uma favela senão um espaço de tolerância do poder público? Qualquer solução “tapa buraco” para o problema é um tapume, meus caros. Esconde a pobreza para quem se recusa a vê-la. Maquia a verdade. Dilui a violência em gráficos coloridos e afirmações mentirosas, como se aquele curral fosse a salvação do cortume político que esses caras gerenciam. No mais, que assuste mais uma penca de dinamarqueses, finlandeses e noruegueses. Assim como cabeça de bacalhau, cabeça de eleitor é uma coisa bem difícil de se encontrar por aqui. Vai indo, Brasil. Não me espera não. A pirambeira é logo ali.

  100. Amapola

    -

    16/04/2014 às 10:20

    Turistas, fujam do Brasil!

  101. Ricardo

    -

    16/04/2014 às 10:17

    Que essas barbaridades sejam contadas mundo afora.

  102. Marques

    -

    16/04/2014 às 10:13

    Uma pessoa viu uma situação em um lugar. O que será que acontece com o Brasil? Será o PTismo tão nefasto quanto Mao na China e Hitler? Alguém, por favor, me diga onde foi parar tanto dinheiro?

  103. ricardo

    -

    16/04/2014 às 10:04

    Entrevista com o jornalista no youtube:

    https://www.youtube.com/watch?v=SjxWXjeOFc8

    Caro Ricardo, o vídeo não está rodando. Abraços, Branca Nunes

  104. Francisco

    -

    16/04/2014 às 10:01

    É isso aí, em ano de COPA E ELEIÇÃO ” a gente faz o diabo”.

  105. Cristiane

    -

    16/04/2014 às 10:00

    Sou contra a Copa no Brasil e esses governantes sujos que temos. Por esses motivos sou leitora assídua desse blog. Mas achei estranha essa denúncia dos assassinatos. Jornalismo no Brasil se faz (ou pelo menos deveria) comprovando as fontes e informações. Se isso estivesse tão claro assim, ele iria reunir provas e fatos e teria um baita furo de reportagem na mão pra publicar e divulgar no mundo todo! Esse texto aí não me convenceu, gringo. Faça jornalismo de verdade e comprove os fatos, por favor.

  106. Galvão

    -

    16/04/2014 às 9:58

    Tudo pelo poder e o poder é $. Parece que estamos no sec. XVII. Os Petralhas & Cia acham que o país é um “FEUDO” de sua propriedade onde tudo podem (pior que podem). Não vejo qquer solução definitiva sem uma GUILHOTINA ou algo parecido. 80% ou + dos políticos, empresários e servidores corruptos, bandidos, imprensa conivente, etc….deveriam DESAPARECER. Não adianta mandá-los para a justiça, pois eles logo voltam: O Color tá aí, o Maluf tá aí. O Zé Dirceu e tantos outros logo estarão de volta..Pensem nisso. Na França funcionou.

  107. Edson Lino Macedo

    -

    16/04/2014 às 9:53

    É lamentável saber destes fatos através de um jornalista internacional, que se surpreendeu com o que constatou. Ele tinha uma outra visão dos fatos, com lindas praias, paisagens deslumbrantes, o povo sorridente, mas…. sofreu na pele e constatou o processo de maquiagem que impera em alguns lugares em prol da Copa do Mundo.

  108. Fabio Neto

    -

    16/04/2014 às 9:34

    Enquanto o voto for obrigatório neste país, a massa que vota e é manipulada por bolsas “pobreza”, infelizmente isto não vai mudar. Não temos certeza de que, se mudar a sigla de quem governa vai mudar a mentalidade oportunista deste pais grande mas medíocre …

  109. STF Ofissial

    -

    16/04/2014 às 9:34

    O Diogo Mainardi disse que vem ver a Copa, coitado.

  110. Wake up

    -

    16/04/2014 às 9:28

    Este poderia estar no meio de oba oba como colaborador da farra, mas tomo a decisão colocando a consciência, ética, e moral acima de todas estas aberrações criadas por saqueadores PTralhas.

  111. Rafael

    -

    16/04/2014 às 9:25

    Eu quero os dois ingressos!!!

  112. Bira

    -

    16/04/2014 às 9:24

    Se a Dilma souber disso vai acusá-lo de ser da oposição…

  113. jose brasileiro descontente com a copa

    -

    16/04/2014 às 9:19

    Quem disse que os comunistas não comem criancinhas???
    esse é o preço alto de um governo que não tem nenhum ideal!!!!
    apenas pensa no próprio bolso!!!

    Acho que o Brasil é um ótimo país, tem governantes péssimos, políticos péssimos, e acima de tudo ELEITORES PÉSSIMOS! O Povo deve ver essas atrocidades e tentar eliminar do cenário politico , não votando mais nesses calhordas, para tentar mudar algo!

  114. de Pinho

    -

    16/04/2014 às 9:01

    Não podemos traçar uma conclusão a partir de um único comentário ou desabafo do jornalista, mas acredito que muitas coisas que ocorrem neste país são escondidas e a mídia chapa branca não quer saber. Eu também gostaria de ir embora por muitos motivos, mas como sou brasileiro, tenho mesmo que ficar. O que posso fazer? Mudar o estado de coisas através do único caminho que “ainda” acho disponho: o voto de oposição em urna eletrônica (mesmo que com possível fraude, sem poder conferir em quem votei).

  115. João Carlos

    -

    16/04/2014 às 8:54

    Não obrigado, infelizmente você comprou os ingressos sem conhecer os petralhas… também não vou participar deste triste espetáculo, espetáculo deprimente, feito pela dupla FIFA e PT.
    A Fifa escolheu um pais com governo corrupto para ter as facilidades de ganhos que não teria em pais sério. O PT, por sua vez, usa a paixão nacional para se locupletar, ou seja, a raposa cuida do galinheiro.
    Bem, estamos em uma democracia, e democracia eu defendo como o melhor sistema de político, portanto, o povo de se dane.
    O povo deve reavaliar estes políticos que estão há 12 anos no poder e fazer escolhas melhores.
    O PT nunca me representou, mas sou brasileiro, não tenho como ir para outro lugar, tenho que conviver com meus conterrâneos e ouvir as reclamações.
    Somente ouvir, pois nunca votei neles, fizer campanha contra, sempre me posicionei claramente.
    Este partido destrói os pilares sociais, econômicos, familiares, educacionais e institucionais do Brasil.
    Quem é de fora enxerga claramente isso, mas os intelectualóides e empresários de renome apoiam estes petralhas, como pode? tudo pelo poder, tudo pelo dinheiro.
    Um grande empresário (que me decepcionou-me muito) que participava do governo como consultor, agora vem à imprensa dizer ao povo para fazer manifestação!!?? Agora, josé!!! agora que você contribuiu e ganhou muito participando das negociatas do governo!!! agora, josé… agora é tarde, você terá que dormir (e morrer) com esta pecha… adeus pobre de espírito.

  116. Rod.

    -

    16/04/2014 às 8:49

    Ele está certo, os outros poderiam seguir o mesmo exemplo.

  117. Velho Huno

    -

    16/04/2014 às 8:45

    Sei tinha só um saquinho de amendoins e deu tudo para o gringo gente boa? claro….me engana que eu gosto, acreditaria se ele falasse que o “di menor” enfiou foi um três oitão na cara dele e levou tudo que ele tinha (como já aconteceu comigo). É fácil vir aqui jogar a culpa nas costas da polícia dizer que tem crianças sumindo e sendo mortas (aliás sem prova nenhuma) e depois se mandar para a Dinamarca fazer “jornalismo” assim é fácil daqui a pouco está sentadinho no colo dos direitos humanos chorando…

  118. Celso Carvalho

    -

    16/04/2014 às 8:41

    Plim plim

  119. LABOR

    -

    16/04/2014 às 8:30

    A kassia vanessa apenas confirmou o que o Mikkel
    disse.

  120. Ulisses Etxera Itzuli

    -

    16/04/2014 às 8:25

    Fora daqui existe algo que o brasileiro desconhece: o nome disso é Moral.

  121. Renato

    -

    16/04/2014 às 8:23

    Esse o país de Lula e Dilma que vieram para “incluir os excluídos”. Pura hipocrisia!

  122. Renato

    -

    16/04/2014 às 8:20

    Será que o dinamarques não quer levar o Lula e a Dilma junto?

  123. Aquiles Pereira

    -

    16/04/2014 às 8:07

    Isso era pra ser dito pelos nossos jornalistas e as nossas mídias sem exceção. Mais que fique a lição de como é importante de termos uma mente sã em corpo salvo dessa podridão que assola o país.
    obs: olhem a foto desse meliante safado de óculos ao lado de deixe o seu comentário.Dá pra fazer um país descente…

  124. Markito-Pi

    -

    16/04/2014 às 8:07

    Boa, Dinamarco. Ontem no CE/TV, a matéria mostrava que V. não está só. TODAS as reservas de hotéis de Fortaleza, foram canceladas.Simples assim.Desista de vender o ingressdo que V. comprou. A FIFA vai acabar dando de presente e talvez até pagando para que alguém vá ao Castelão.

  125. Alex M.

    -

    16/04/2014 às 8:03

    O Brasil é um país vergonhoso desde o descobrimento, mas piorou muuuuuito depois do “segundo descobrimento”, com o advento no PT no poder. Sempre foi e sempre será assim, meu caro Mikkel Jensen.

  126. Kassio Vainessa

    -

    16/04/2014 às 7:59

    Tem gente que lê, rele e não entende uma vírgula. É o tal analfabeto funcional. Vá fazer curso de interpretação de texto minha filha!!!
    País onde “manifestantes pacíficos” (kkkkk)agem mascarados, depredam caixas eletrônicos, prédios públicos e privados e tocam fogo na bandeira da própria Pátria, que eles dizem defender, não pode mesmo ter hóspedes civilizados e de mundo superior.

  127. Mack740

    -

    16/04/2014 às 7:48

    Este é um país para inglês ver… É a nossa sina e maldição.

  128. Diego Mendes

    -

    16/04/2014 às 7:21

    Fazemos parte de um teatro chamado “copa do mundo”. Não somos apenas o país do futebol, mas o país da corrupção e do descaso com as mazelas sociais. Digna de contemplação a tua declaração, pois retrata um país que quer impressionar GRINGOS, TODOS NOSSOS ESTÁDIOS TEM PADRÃO FIFA: QUE NADA MAIS É QUE BILHÕES EM INVESTIMENTO, mas que esquece de melhorar a vida de seus cidadãos.
    Fomos às ruas, gritamos não e onde colocaram nossa voz? Nas manchetes como VANDALISMO, REBELDIAS E DESORDEM. Como se fôssemos uma criança mimada que não quer tomar o remédio do “CALA A BOCA QUE OS GRINGOS NÃO PODEM SABER DISSO”.
    Esperança nos move, mas a corrupção nos afunda.

  129. A. Soares

    -

    16/04/2014 às 7:13

    Realmente, em Fortaleza apesar do Governo tentar mostrar um grande aparato de segurança, com o policiais andando de Hylux, é triste ver a grande quantidade de crianças envolvidas com drogas e prostituição. Uma cidade Linda! Mas, como dizem: “Vamos tapear para a copa.”

  130. Perola

    -

    16/04/2014 às 6:57

    Quantas mais barbaridades estão fazendo por aí por causa da Copa que nem chegaremos a saber?

  131. geroldo zanon

    -

    16/04/2014 às 6:44

    E nós aqui estamos assistindo a maior robalheira que o BRASIL já viu

  132. Stella M A da Costa

    -

    16/04/2014 às 6:30

    Pessoas dignas agem assim.

  133. Francisco

    -

    16/04/2014 às 6:14

    Ele se esqueceu de constatar tambem que cada povo tem o governo que merece. Terceiro mundo e um estado de espirito, e nao tem nada a ver com industrias, etc. Isso e apenas consequencia.

  134. Carlos Eduardo Carvalho

    -

    16/04/2014 às 4:51

    Caro Augusto!
    Mais uma notícia para nos envergonharmos de ser brasileiros!!! Mas um ato nefasto e ordinário da Quadrilha Satânica que (des)governa esse país!!! Deplorável!!! PT e comunas dos Infernos!!!!
    Obrigado por nos pôr a par dessa imundice chamada Governo de Esquerda!—–
    à MIKKEL JENSEN!!
    Parabéns pela genuína preocupação com os desamparados brasileiros! Você foi mais patriota do que muito brasileiro nativo!!!
    MAS, há muito mais podres para você ajudar a divulgar!
    DIVULGUE também, que a revelia ad maioria do nosso povo, estamos nos tornando uma Ditadura Comunista!! Que os países Democratas se atentem e nos ajudem enquanto é tempo!! NAO QUEREMOS O COMUNISMO_SOCIALISTA _MARXISTA!!!!
    Obrigado pelo seu exemplo de coragem, abnegação, dignidade, empatia e responsabilidade social! Você faz muito bem de ficar na Dinamarca, um maravilhoso e lindo país!!!

  135. Maria Gomes

    -

    16/04/2014 às 4:20

    Caro AN,
    Tenho que amadurecer a leitura do jornalista Mikkel Jensen para depois fazer algum comentário sobre o fato.
    Gostaria que você e seus leitores atentassem para o comentário da leitora ” kassia vanessa – 15/04/2014 às 23:16
    Essa história está muito mal contada desse dinamarquês. Sao motivos fantasiosos e que parece ter sido inventados. O que ele nao deve saber o terror que esse menino, ou que meninos de rua, botam na população. Ou que ele esta na rua para nao ir à escola. Ou por droga. Esses exemplos sao so para mostrar que o brasil é muito mais complexo do que esse gringo ingenuo acredita. Esta tudo muito artificial para mim. Só porque ha problemas no brasil ele nao vai vir para a copa? Certo. Me engana que eu gosto. Esse texto, diferente da copa, nao é para ingles,mas para brasileiro ver.”
    Se não estou enganada, ela em entre linhas culpa as crianças por estarem nas ruas em situação de risco?

  136. Daise

    -

    16/04/2014 às 4:04

    Sabe aquela reportagem da Globo em que a entrevistada tem sua correntinha arrancada por um jovem que passa correndo? Pois bem, esta reportagem foi mostrada aqui na Alemanha num dos noticiários mais populares de língua alemã (RTL). Tem gente desistindo de ir ao Brasil, qdo me perguntam o que acho, se devem arriscar ou não,eu como brasileira de bem que sou, desaconselho!

  137. marias

    -

    16/04/2014 às 3:52

    QUE VERGONHA.

  138. sandra m.s.miranda

    -

    16/04/2014 às 3:18

    Se todos os outros jornalistas estrangeiros tivessem o mesmo caráter e visão, não viriam cobrir esta copa e,ainda, mostrariam o verdadeiro caos que é o Brasil…

  139. Veio Chico

    -

    16/04/2014 às 3:06

    Aqui está o vídeo, em inteiro teor. Tremei, cueco-papudo-mensalo-PasaTereiros (e teteiras)! Fora, corja! http://m.youtube.com/watch?v=SjxWXjeOFc8

    O vídeo saiu do ar, amigo. abração

  140. FM

    -

    16/04/2014 às 1:22

    Não gostei não, sabe? Jornalista ou jornaleiro? Pelo que parece ele antes de chegar ele já sabia que Fortaleza era a cidade mais violenta da copa que ainda nem começou. Muita gente pode vir ao Brasil e ficar frustrado com o país, isso acontece e não tem nada de mais. Mas o gringo deve ser estrábico mesmo, pois durante cinco meses documentando e só olhou para o lado das coisas ruins e só conversava com quem acha que desgraça é assunto do momento. Desse jeito até a Suécia vira um inferno. O infeliz achou inacreditável o Allison brasileirinho de 13 anos ter tão bom coração e ser honesto. Como é preconceituoso esse infeliz, no mínimo para ele pobre tem que ser de má índole e ladrão. Seria bom convidá-lo para passar um tempo em Brasília para conhecer nossos políticos e saber quer nossos verdadeiros ladrões vivem bem e não repartem seu amendoim. Agora, inacreditável mesmo é esse fariseu nem ter notado as morenas bonitas bronzeadas pelo sol nas belas praias cearenses.

  141. Cronos

    -

    16/04/2014 às 1:11

    Depois dessa,nem pela televisão.

  142. Clóvis Martínez

    -

    16/04/2014 às 0:19

    E QUEM JA NÃO SABE DISSO NO BRASIL? AQUI HIPOCRISIA FEZ MORADA.SÓ OS QUE NÃO QUEREM VER NÃO VERÃO!

  143. Valdemar Kjaer

    -

    16/04/2014 às 0:08

    Mange Tak, Mikkel Jensen! Muito obrigado, Mikkel Jensen! A verdade dói, mas precisa ser dita.

  144. Lúcia

    -

    15/04/2014 às 23:43

    Mikkel Jensen – Jornalista independente da Dinamarca foi embora – homem decente age assim mesmo. É como ele disse: sem respeito e sem educação não dá. Vergonhoso para o Brasil – neste caso não deu para jogar a sujeira sob o tapete pois o jornalista dinamarquês independente não ficou na epiderme. Foi radical no sentido exato da palavra – raiz dos problemas – mazelas que não tem nada de maravilha.

  145. Tempo

    -

    15/04/2014 às 23:17

    Se o jornalista Mikkel Jensen tomar conhecimento do escândalo Petrobrás e compra de Pasadena, Abreu Lima, Porto Mariel em Cuba, contratos secretos do governo brasileiro com Cuba e países africanos, visitar presídios, escolas públicas, hospitais ele compreenderá nossa política de exclusão e a democracia!!!!!!

  146. LABOR

    -

    15/04/2014 às 23:16

    Não sou de muitos elogios, mas parabéns pelo faro jornalístico. Artigo bem ao sabor da democracia, extremamente necessário ao entendimento do paiseco brasilis, dos imbecis politiqueiros que dele se servem, esquecidos , ou drogados por um minuto de poder e riqueza, que seus descendentes, que gerações futuras terão que colher esse joio que semeiam dia sim e outro também. Vermes apátridas .
    Magnânimo o dinamarquês. Cultura, educação , decência é outra coisa.

  147. kassia vanessa

    -

    15/04/2014 às 23:16

    Essa história está muito mal contada desse dinamarquês. Sao motivos fantasiosos e que parece ter sido inventados. O que ele nao deve saber o terror que esse menino, ou que meninos de rua, botam na população. Ou que ele esta na rua para nao ir à escola. Ou por droga. Esses exemplos sao so para mostrar que o brasil é muito mais complexo do que esse gringo ingenuo acredita. Esta tudo muito artificial para mim. Só porque ha problemas no brasil ele nao vai vir para a copa? Certo. Me engana que eu gosto. Esse texto, diferente da copa, nao é para ingles,mas para brasileiro ver.

  148. Diva

    -

    15/04/2014 às 23:11

    Marvilhosa a declaração do jornalista dinamarquês Mikkel Jensen. Esta Copa vai descobrir o Brasil, que não está na novela nem em discursos de marketeiros.Copa pra “inglês” ver e faturar, bola de ouro.A turma da corrupção (corruptores e corruptos) detonaram o futebol, conseguiram azarar uma paixão, tudo pelo dinheiro fácil e riqueza.

  149. Bottanelles

    -

    15/04/2014 às 23:10

    Caro Augusto,
    .
    Gravíssimo. Mas não me surpreende. É típico dos SOCIALISTAS que SEMPRE foram CÚMPLICES DE ASSASSINATOS EM MASSA.
    .
    São DEMÔNIOS!

  150. Kitty

    -

    15/04/2014 às 23:09

    Olá querido Augusto,
    Li o artigo do jornalista dinamarquês duas vezes porque não conseguia assimilar os fatos estarrecedores narrados por ele. A roda do espetáculo da Copa não pode parar, se parece com as engrenagens de um relógio que tem a obrigação de marcar o tempo..O show que Lula quis montar que tinha o claro intuito de mostrar ao mundo que o Brasil podia organizar uma Copa das Copas e assim mostrar a todos, suas dotes de ‘político visionário’ e, que sabia interpretar os desejos do povo pobrezinho e abandonado pelas perversas elites e que somente ele podia proporcionar-lhe a esse povo uma imensa alegria, e também, um clamoroso perdão ao filho dileto pela roubalheira do mensalão ..havia que montar o grande circo..Veio à tona a dolorosa constatação de que no Brasil não pode-se falar em controle da natalidade ou na paternidade responsável, mas pode-se limpar as ruas do ‘lixo’ humano que acostumam perambular pelas ruas como zumbis e é considerado lícito..imagino o impacto que deve ter tido no jornalista quando comprovou que para que ele tivesse uma imagem pulcra de organização quase que perfeita do governo que se empenhou em trazer a Copa do mundo para o Brasil..rapidamente o mutirão se armou para dar uma boa impressão aos gringos que desembarcariam na terra cearense, enquanto os cadáveres de jovens seriam rapidamente ocultados para não obstruir a imagem das câmaras fotográficas..o jornalista não se dobrou ao jogo sinistro, ele preferiu renunciar a cobrir a Copa do Mundo no Brasil. Calou o sonho longamente acalentado, mas, pensou que não valia o preço a ser pago..desistiu, o que viu era revoltante demais!!! Cariños-Kitty

  151. Célio

    -

    15/04/2014 às 23:05

    Estava indo pra Europa em passeio, e cancelei a viagem, por vergonha de falar que sou brasileiro. Só depois que meu inglês estiver afiado eu resolvo. Posso falar que sou sul africano, australiano ou coisa do tipo.

  152. ze do matogrosso

    -

    15/04/2014 às 22:56

    …corajoso e verdedadeiro. De minha parte obrigado, embora não seja a ralidade do Brasil que queremos. Este omentário deve se compartilhado. Não podemos ser cúmplices da tiste realidade. Não é só Fortaleza. É em todo brasil.

  153. Obervador

    -

    15/04/2014 às 22:49

    Não é a Copa que está fazendo isso, os verdadeiros culpados são Dilma, Lula e uma imprensa com formação intelectual mediocre. Conheço vários países e por experiência posso garantir que o Brasil é um pedaço do inferno, principalmente para crianças pobres

  154. Alexandre Sampaio Cardozo de Almeida

    -

    15/04/2014 às 22:47

    Coitados dos gringos que por aqui aparecerem,vão ser :furtados,esfolados,roubados,sequestrados,surrupiados,enganados,molestados,estuprados,esfaqueados,e mortos.
    NÃO VENHAM !

  155. Anônimo

    -

    15/04/2014 às 22:46

    Que vergonha para o Brasil que já tem uma imagem tão ruim e até distorcida lá fora. Mas também esse dinamarques não precisa exagerar para aparecer na mídia, que deve ser isso o que quer.

  156. rodrigo santos

    -

    15/04/2014 às 22:45

    Nao acredito sensacionalista matandi crancas para limpar?

  157. josue ribeiro

    -

    15/04/2014 às 22:44

    Tucson 58 SP

    Pois, parte para averiguar e veras coisas mais absurdas ainda….Ou pensas que isso é invencionice também da oposição como os PTralhas?????

  158. Isaias

    -

    15/04/2014 às 22:35

    ‘Ladies and gentlemen’… Águas de Junho:
    http://www.youtube.com/watch?v=n4UK7eXNbQk
    . Dá pra atualizar?

  159. BOB

    -

    15/04/2014 às 22:30

    É um tanto fantasioso. Crianças sendo mortas em nome da Copa? Quem disse isso? Alguma ONG? Existem provas? Por que só ficamos sabendo disso através de um jornalista dinamarquês?

  160. Vigio

    -

    15/04/2014 às 22:27

    Srs.,Talvez eu serei criticado como anti-patriota da nação brasileira mas no futuro eu terei a razão de mostrar que seremos mais felizes se não ganharmos a Copa do Mundo pois o perigo que corremos de a seleção brasileira for bem sucedida será muito caro para o povo brasileiro com a manipulação de ocultação do real estado do nosso país economicamente e politicamente, precisamos passar o Brasil a limpo. Outubro é o dia da resposta não devemos nos curva as maracutaias pois nunca antes nesse país houve tanta corrupção como agora.

  161. J.C.

    -

    15/04/2014 às 22:21

    Que vergonha!

  162. Renato

    -

    15/04/2014 às 22:19

    Esse “jornalista” não me engana, coitadinho está preocupado com os pobres.

    Está só levantando a bola para o governo responder com mais COMUNISMO!

    Se que realmente fazer algo por estas pessoas denuncie na Europa que este governo de esquerda é autoritário, censor, corrrupto e violento.

    Que o governo socialista do PT cala a voz de jornalistas (O Reinaldo na folha e agora o Paulo Martins e a Rachel no SBT), usa a policia federal para montar dossies falsos para incriminar adversários (leiam o livro do Tuma) e até MATAM PESSOAS (Celso Daniel, toninho do PT e etc).

  163. Alex

    -

    15/04/2014 às 22:17

    Realmente, não entendi com o que o jornalista ficou chocado em relação ao garoto pobre que ofereceu o pouco que tinha pra alguem cheio de dinheiro. Ele deveria é ficar chocado com as pessoas que acham que qualquer garoto mal vestido que se aproxima é um potencial ladrão. Ainda fala como se o desaparecimento das crianças fosse um problema desencadeado pela copa. Esse jornalista podia ter aparecido no Brasil 20 anos atrás que ele descreveria a mesma situação.
    E o preço da copa inclui a vida de crianças? Ele deveria é escrever sobre a PM dando porrada em professores que protestam para melhorar a qualidade do ensino publico. Isso sim vai custar a vida de muitas crianças (pobres, claro).

  164. mceu

    -

    15/04/2014 às 22:17

    quanto querem apostar que os petebas e cia vão tentar provar que este gringo foi contratado pela oposição para atrapalhar a reeleição da dilma ???

  165. Atentus

    -

    15/04/2014 às 22:04

    Que venham, mas, depois não aleguem ignorância.
    Uma copa para inglês ver!

  166. Marcio

    -

    15/04/2014 às 22:02

    Deveria continuar aqui para mostrar ao mundo o que é o Brasil. Terá uma enorme pauta. E deveria escrever um livro sobre o que viu e ouviu em Pindorama.

  167. Tucson 58 SP

    -

    15/04/2014 às 21:56

    Completando, eu gosto de futebol, sou palmeirense e fã do futebol do Neymar, por exemplo, mas não vou apoiar a seleção brasileira nessa copa da vergonha, a copa da roubalheira desmedida e franqueada aos chegados.

  168. Tucson 58 SP

    -

    15/04/2014 às 21:53

    NÃO CONSIGO ACREDITAR QUE O GRINGO DINARMARQUES ESTEJA FALANDO A VERDADE. Prefiro imaginar que o mesmo esteja buscando algum espaço além do que ele tem. Penso que essa denuncia deveria ser melhor avaliada antes de aceitarmos assim tão facilmente uma coisa tão monstruosa. Eu particularmente não vou replicar essa noticia, prefiro achar que não seja uma verdade, um caso sério.

  169. Renato de Paula Eduardo

    -

    15/04/2014 às 21:52

    A miséria tem que ser combatida. No mundo um milhão de pessoas passa fome.Na Dinamarca não existe , mas é um caso a parte.O próprio causador da miséria é o próprio homem pela falta da estrutura familiar crônica.Uma doença a ser combatida. Eles tem que fazer um mutirão contra a miséria com sangue nas veias e com cultura cerebral.

  170. joge

    -

    15/04/2014 às 21:47

    Caro Augusto;com certeza essa copa,vai ser a copa das tragédias avisadas pois,corre o risco de estádios super-faturados desabarem.
    Comenta-se que estádios foram feitos com material de péssima qualidade pois o empresários amigos da corte,estão apenas preocupados a saquearem os cofres públicos para dividirem com políticos ladrões que pensam apenas em enriquecer.
    Creio eu que o castelo de areia da corte de ALÍ-BABÁ com isso irá ruir de vês.

  171. Marina Land

    -

    15/04/2014 às 21:41

    Concordo como o jornalista. Nao tem que vir ao Brasil.
    Isso é um show para países desenvolvidos. Nao pode ser feito aqui, em um país desistruturado em tudo.
    A Copa será um fiasco! Nao estamos preparados para nenhum evento. Nada funciona! Esta tudo errado! O Brasil trm prioridares muito mais importantes e urgentes. Nosso país nos dá vergonha de sermos brasileiros!

  172. Coisa de loco

    -

    15/04/2014 às 21:39

    Chocante!

    Esse é o país do PT maravilha!

  173. Flavio

    -

    15/04/2014 às 21:33

    Esta copa pode começar mas não precisa terminar. Seria uma vergonha mas, com certeza, nos livraríamos da corja petista.

  174. LOBO

    -

    15/04/2014 às 21:33

    As mazelas do Brasil serão expostas para o MUNDO! A máscara do Lulla cairá e a realidade mostrará a herança maldita da SEITA VERMELHA!

  175. Francisco Neto

    -

    15/04/2014 às 21:28

    Este é o país “MARAVILHA” do Lula e da dona Dilma.

  176. Maurilio

    -

    15/04/2014 às 21:28

    Isto me envergonha como cidadão brasileiro, será que nossas autoridades não tem outras formas para solucionar este problema, pois apologia ao crime e algo inaceitável para pessoas íntegras e corretas pois existem ainda seres humanos diferente, de muito que estão com poder nas mãos mais que suas atitudes são de bandido infelizmente nosso brasil ainda está no arcaico.

  177. Marcus Borelli

    -

    15/04/2014 às 21:23

    Augusto

    Estou na torcida para que esta seja a pior copa de todas as copas, por que digo isto? Para mostrar ao mundo que o Brasil está podre e como está podre vai cair na real cedo ou tarde.

  178. Siará Grande

    -

    15/04/2014 às 21:21

    Augusto, se a acusação for verdadeira, gente graúda deve ir para a cadeia, porque a polícia ou paramilitares que só cometeriam tal genocídio se tiverem ordens superiores. No ano passado, na Copa das Confederações, o que se comentava em conversas de esquina, sem nenhuma prova, era que menores e prostitutas tinham sido capturados e levados para fora da cidade, e liberados depois, mas não se falava em assassinatos.
    De toda forma, em uma acusação grave assim, era bom ouvir a Fifa e a ONU, pois o governo dos PT vai, como sempre, botar a culpa no FHC.

  179. Luis R N Ferreira

    -

    15/04/2014 às 21:18

    Não ficaria surpreso em saber que o Exército Brasileiro está patrulhando as favelas do Rio de Janeiro por ordem expressa do Mister Joseph Blatter.

  180. Douglas

    -

    15/04/2014 às 21:07

    Voce devia documentar isso, em som e imagem, fazer isso correr o mundo pelas redes e pelo youtube. Só fazer as malas não adianta, colha depoimentos e mostre ao mundo que é a Copa da Roubalheira.

  181. Carlos Serafim Martinez

    -

    15/04/2014 às 21:07

    Quero os dois ingressos. Para rasgar.

  182. Leitor do Blog

    -

    15/04/2014 às 21:02

    Qual é a credibilidade do autor do texto?

  183. Jose Antonio - Campinas

    -

    15/04/2014 às 21:02

    Dá vergonha de ser brasileiro, da vergonha de dizer nós aqui no Brasil somos gente, da vergonha que o mundo conheça nos políticos, se gritar pega ladrão não fica um.

  184. pd

    -

    15/04/2014 às 21:01

    Triste realidade.

  185. Francisco Berrettini

    -

    15/04/2014 às 21:01

    É.Não tenho nenhum blog. Mas gosto de escrever. O que o Mikkel Jensen falou é só um sintoma de que as pessoas que vivem no BRASIL não PERCEBEM. E a coisa tá tilintando. Vamos viver um período ARTIFICIAL no mês da COPA, num raio de poucos Km ao redor dos estádios. Se o Mikkel Jensen quiser vir, alugue um helicóptero e pouse na marca do PENALTI.

  186. Geilson

    -

    15/04/2014 às 20:57

    Há poucos metros do Castelão, meninas vendem seus corpos por meros 10 reais; um pouco mais a frente, milhares de barracos numa das maiores favelas da cidade sem qualquer estrutura. Perto dali, traficantes rivais organizam uma guerra que alimenta uma das maiores estatísticas de homicídios do mundo. A copa não só não deixa nenhum legado ao povo cearense, como também deixa um rastro de obras inacabadas e superfaturadas para nós pagarmos a conta.

  187. André

    -

    15/04/2014 às 20:56

    Imaginem se ele ainda por cima entendesse português e escutasse as discurseiras destrambelhadas e dillmescas de dona Dillma Ducheff…..

  188. Vera

    -

    15/04/2014 às 20:53

    Oh, Mikkel, que pena! O Brasil é um país maravilhoso, de gente boa e alegre, mas infelizmente, vc veio em uma época em que o país é dirigido por pessoas que não fazem questão de serem bons para o povo, mas fazem questão de serem bons para seus bolsos. Sinto vergonha pelos milhões de brasileiros decentes que pedem desculpas pelo o que vc viu. Não somos maus, apenas estamos nas mãos deles. Por pouco tempo, espero. Fique Mikkel . Conheça-nos melhor, o o brasileiro correto e envergonhado pelo acontecido.

  189. Vinicius

    -

    15/04/2014 às 20:49

    Eis aí um homem decente a quem devemos todo o nosso respeito.

  190. Oliver

    -

    15/04/2014 às 20:48

    UM DIA MORDEM
    É engraçado como, sem o maldito viés ideológico que contamina todo o discurso dos picaretas brasileiros, a coisa fica fácil de entender, não é mesmo? Por sorte, o jornalista dinamarquês tem uma pátria que preste para voltar para casa. E a minha? Por onde anda? Quem a roubou tão descaradamente que não sobrou nada pelo que lutar? Nada para defender? Já disse aqui mesmo que preparo minha malas e coloquei minha família toda num curso de aperfeiçoamento de inglês. O ano que vem estarei falido. Trabalho com tecnologia; uma coisa cada dia mais em falta neste país famélico. Tudo virando sucata por aqui, profissionais como eu perdendo suas certificações porque os desenvolvedores não acreditam mais que o país possa se levantar dessa pirambeira em que desabou, pagando CINCO VEZES MAIS para renovar meus computadores do que pagariam meus concorrentes do primeiro mundo e tendo que ver uma empresa do porte de uma pétubrais ser vendida como sucata para render propina para um bando de picaretas com mandato. Ontem, mais uma verdade boiou na lama fétida das “políticas sociais” engendradas por aqui. Numa matéria do CQC, ficamos sabendo que uma favela que surgiu à jato por lá no Rio, numa propriedade particular, aconteceu porque nas tais “comunidades pacificadas” a exploração imobiliária atingiu em cheio o “coração” da patuléia incauta. Que meigo. Ninguém imaginava o efeito colateral da pacificação meia-bomba? A Copa exerce o mesmo efeito. Até biscoito de polvilho sofre a inflação das obras de Itaquera, para ficar num exemplo próximo. Este é o legado, meus caros. Um tapume picareta colocado na frente do mundo para tapar a visão do lixo que estão fazendo por aqui. Socialista é um bicho esquisito. Ele brande o tal inclusionismo só de fachada mesmo. Na real ele quer mesmo é o pudê. E como tá difícil pudê o povinho manco todo dia. Um dia eles mordem.

  191. Sonia

    -

    15/04/2014 às 20:46

    MEU DEUS, que vergonha.

  192. TROVÃO

    -

    15/04/2014 às 20:45

    Sr. Jornalista, leve ao mundo o que voce viu aqui, sobre tudo o que disse no texto, mas não esqueça de dizer o principal, que este país tem um presidente de fato e de direito, que está na cadeia, junto com a cúpula do “partido” e que a presidente é, simplesmente, um poste, que nada manda e nada faz sem cumprir as ordens do seu dono político, o lulla X9 alcagüete da ditadura.
    Sr. jornalista, não esqueça de dizer que esse congresso que temos aqui, tem como chefe um político conhecido como renan, que emitiu notas fiscais frias para justificar despesas frias, que a cãmara tem um chefe que responde a mais de 40 processos por vários crimes cometidos e que o vice da cãmara, é comparsa de um doleiro presidiário, além de mais de 400 políticos, que respondem a vários processos por desvio de dinheiro, golpes financeiros, estupros, assassinatos, grileiros de terras, etc.
    Sr. jornalista, quando começar a noticiar o que voce viu aqui, mande as cópias para o Augusto Nunes e peça para fazer a publicação.

  193. Marcelo Henrique Gonçalves @billmask

    -

    15/04/2014 às 20:45

    Um voto de apoio ao Mikkel Jensen

  194. eremita

    -

    15/04/2014 às 20:45

    Mikkel, sinto muito pelo que constatou. Mas faz muito bem com sua atitude. Em toda a história do mundo comunista sempre houve e haverá muitos assassinatos.

  195. Mauro Pereira

    -

    15/04/2014 às 20:42

    Caro Augusto Nunes, boa noite.
    Caro amigo, o texto do jornalista dinamarquês tem todos os ingredientes necessário para desmascarar a farsa que sustenta o lulopetismo e denuncia atos do mais puro nazismo praticados pelo PT e sua horda insandecida: contundência, dramaticidade, terror, higienização social.
    A revelação de Mikkel Keldorf denunciando o assassinato de crianças de rua para esconder dos turistas a miséria social que Dilma, Lula e a família Gomes juram ter erradicado é aterradora!
    Entre tantas alternativas à sua disposição, ele optou por dizer by, by, Brasil, no que fez muito bem. Aos brasileiros que realmente estão preocupados com o futuro do País só resta uma única e derradeira alternativa: gritar by, by Lula, Dilma, Renan, Ciro, Cid, Sarney, Freixo..
    Mikkel viu o fundo do poço. Tudo indica que descobriu ali o cartório em que Lula registrou as maravilhas do brasil que sua paranoia inventou. Tomado pelo medo, convencido pela prudência e atormentado pela consciência se negou a ser usado como caixa de ressonância dos desvarios do governo do PT e seus satélites disfarçados de partidos políticos.
    Sua determinação em denunciar para o resto do mundo os descalabros que testemunhou, indica que tão cedo não retornará por aqui.

  196. egas prieto

    -

    15/04/2014 às 20:32

    Com a palavra o Super homem Lula, depois a Super mulher Dilma, depois todos filhos das bem queridas do PT e seus apaniguados, falem , o espaço é livre!!!!, falem , queremos escuta-los!!!!

  197. Oliver

    -

    15/04/2014 às 20:30

    TÁ TRANSBORDANDO TUDO
    Eu só queria entender… o Coronel hoje publica um vídeo com uma denúncia realmente espantosa contra a pétubrais e seus asseclas aboletados na coisona pública, incluindo aí a cretinona que só anda vendo cachorros em sua frente. Está aqui:
    https://www.youtube.com/watch?v=4-goVQBKQQ4
    Por mais que eu tente fugir da escatologia, é impossível não comparar a empresona pública mais visada do país por estes quadrilheiros vagabundos da esquerda pilantra com um vaso sanitário transbordando de malfeitos, pilhagens e roubalheiras diversas. A coisa vai subindo num crescente que não há CPI que caiba toda a sujeira que está vindo à tona num entupimento cívico de fazer a fuga dos encanadores escalados para consertar tamanho vazamento de fezes administrativas. Me espanta mesmo é saber que as pessoas estão dando a cara à tapa, o nome aos bois e às vacas, explicando como se pilha a maior empresa brasileira e NÃO ACONTECE ABSOLUTAMENTE NADA. Estou enganado ou todos estão esperando pelas urnas? Grandes construtoras e conglomerados aboletados na coisona pública são fontes poderosas de recursos para campanhas políticas. A tentativa torpe da petralharia de mostrar que são irmãozinhos siameses no banditismo de Estado daquela outra agremiação que se diz proba e competente guarda em si uma folclórica realidade. São mesmo. E primos daquele outro partido, sentado eternamente no esplêndido do berço, sócios de ocasião da maior equipe de estelionatários que este país já viu. O que falta para uma “operação mãos limpas” por aqui, por exemplo? Qual a diferença entre aprovar uma CPI para passar a limpo a história do Brasil desde a Idade Média e uma sob medida, como querem os “opositores”? Quem sabe não faz a hora, ao invés de esperar acontecer? Sinceramente estou farto de ver a mesma lenga lenga. O mesmo teatro. A mesma falta de verve e substância. Se há algo no ar passível de nota é que os tais “expoentes” de nossa oposiçãozinha besta andam ainda mais calados que de costume. Ou cansaram de vender este gato por lebre em que se transformou nossa administração pública ou esperam mesmo que a população se levante e derrube um estádio, só para começar a mostrar o tamanho da indignação crescente e pulsante que toma conta de nossa sociedade orfã de representantes. O cara aí fez a denúncia. Era para ser mais uma das muitas bombas que caem nos jardins do palácio dos jaburús que habitam o interior do Planalto. Mas estão todos muito ocupados, lavando o próprio umbigo com cotonete. Estamos próximos de comemorar a data daquela figura que foi toda esquartejada para mostrar para a patuleia incauta como não se deve fazer uma inconfidência. Me parece que temos tudo para repetir a história. Vai ser didático ver o cabeção pendurado num poste de Samber e os testículos próximos à Rua Pouso Alegre, às margens dos marginais do Ipiranga, perto de onde pousou mesmo aquele instituto fabricado por vigaristas para ser o bunker da seita picareta. Eu salgava aquele terreno todo, para não nascer mais nada por ali. E quebrava os megafones um por um, nas cabeças dessa trupe de ladrões da nossa democracia. Vai ficar só na figura de linguagem mesmo. O privado e privada estão se tornando públicos. E o encanador tinha, mas acabou. Uma lástima.

  198. Luiz

    -

    15/04/2014 às 20:30

    Num país que, dados oficiais, mata mais de 55mil pessoas por ano, tudo é possível! A violência está tão inserida na vida dos brasileiros “privilegiados” que já não estarrece mais! Começa-se o dia com os relatos dos jornais de TV,das dezenas de casos de violência e confrontos,sempre com mortes, da noite anterior. Um horror! Depois,segue o dia com os programas que focam somente a violência como o do DATENA, Marcelo Rezende e por aí vai. O brasileiro já nem se importa mais se morrem 10 aqui ou 20 ali, já o estrangeiro se horroriza porque isto não é normal e sim sintoma de um país doente que escondem com futebol,bunda de fora, carnaval e muitas mortes para todos os lados. É vergonhoso mas o que diferente disso poderia haver com a qualidade dos políticos que temos? Já somos o país que mais mata ,no mundo! Nem os países em guerra nos superam!

  199. Rainor

    -

    15/04/2014 às 20:22

    Que coisa mais ridícula, então estão matando criancinhas enquanto estão dormindo? Oh, e depois as cozinham, afinal segundo esse pseudo jornalista, a fome deve ser terrível no Brasil. Nunca li tanta idiotice.

  200. Leuza Rossi

    -

    15/04/2014 às 20:22

    Terrível,não consigo administrar uma coisa horrível dessa, estamos vivendo em que era? Stalin,Hitler,idade da pedra?

  201. BRASILEIRO ASSUSTADO COM A CASA DO ESPANTO !

    -

    15/04/2014 às 20:18

    Augusto, imagine ele assistir uma Sessão do Senado com Renan, Collor, Gleisi, Jucá, Suplicy e tantos outros “espécimes asquerosos” daquela “casa da mãe didi petrobrás ! ” Garanto que ele desistiria de voltar ao Brasil e ia anunciar o mundo como funciona e quem frequenta as nossas casas legislativas. Ele ia confirmar os motivos pelos quais nossas crianças vivem nas ruas estudando na “maior academia de criminosos do universo” que são nossas ruas, claro que educados pelo “mau comportamento contumaz” de nossos legisladores e a defesa deles pela continuação e reinado da impunidade !!!!

  202. Berta Reel

    -

    15/04/2014 às 20:12

    Se é um jornalista de fibra, fica e faz a parte dele que é levar a notícia real durante a Copa. Então não é jornalista…

  203. Shlomo

    -

    15/04/2014 às 20:07

    É disso que TODOS NÓS, cidadãos conscientes, falamos TODOS os dias. Essa copa é a copa da vergonha, do desperdício, da humilhação dos contribuintes, do dinheiro público no bolso dos ladrões e do desprezo para com o futuro do nosso País. Milhares morrem por problemas na Saúde todos os anos, e esses governantes colocando BILHÕES em estádios!

  204. Ricardo

    -

    15/04/2014 às 20:02

    vai pra casa abestado. aqui é casa de bandido e mortos.

  205. Ricardo

    -

    15/04/2014 às 20:01

    como diz o gringo: não entender, não entender. de onde tirou este cidadao em querer vir ao brasil, em fortaleza que esta matando cao a porrada?

 

Serviços

 

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados