Economia & polícia

“Pelo que me consta, as coisas não foram feitas aqui. Deixa eu olhar que eu volto a responder. Nós viemos aqui para conversar sobre a economia mineira. Via email, respondo didático.” Olavo Machado, atual presidente da Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg), durante apresentação de balanços da entidade, sobre as palestras que […]

“Pelo que me consta, as coisas não foram feitas aqui. Deixa eu olhar que eu volto a responder. Nós viemos aqui para conversar sobre a economia mineira. Via email, respondo didático.”

Olavo Machado, atual presidente da Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg), durante apresentação de balanços da entidade, sobre as palestras que o ministro não deu para receber R$ 1 milhão, explicando que estava lá para falar de economia e não de tráfico de influência.

“Com relação a este assunto, não temos mais informações a prestar. Também não temos quaisquer outras declarações a fazer, uma vez que consideramos que todas as informações já foram devidamente prestadas.”

Trecho da nota divulgada pela Fiemg, confirmando que a entidade só trata de casos de economia e não de casos de polícia.

Comentários
Deixe uma resposta

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  1. Comentado por:

    Cláudio Duarte

    Prezado Augusto,
    Os petralhas são o Rei Midas da corrupção: onde tocam, há ou haverá corrupção. Até na FIEMG, quem diria…

    Curtir

  2. Comentado por:

    Petista arrependido

    Augusto,
    Mudou o presidente da Fiemg,mas o fedor é o mesmo!
    Então não resta dúvida que ele faz parte do time.
    As informações foram prestadas para quem?
    A polícia não divulgou nada até agora!!!

    Curtir