Blogs e Colunistas

09/07/2010

às 21:50 \ Direto ao Ponto

Quem é incapaz de dizer o que pensa não sabe pensar. Nem pode governar um país

“E não podia estarmos no melhor lugar”, diz Dilma Rousseff nos primeiros segundos do discurso que abriu oficialmente a campanha em São Paulo. “A poucos metros daqui São Paulo cumeçô. E num cumeçô em torno de um lugar qualquer, cumeçô em torno de um colégio”. Na continuação do falatório, a oradora aprendiz vai criticar o governo José Serra “porque trata mal os professores”. Pela expressão longinqua, nem notou que acabou de assassinar o sistema de ensino.

“Podia estarmos”, disse Dilma. Parece mentira, mas é isso mesmo. Ao internar no Sanatório Geral a fala da sucessora que Lula inventou, o jornalista Celso Arnaldo foi direto ao ponto: “É construção para ser embargada até por um fiscal analfabeto e entra, imediatamente, para a galeria dos piores momentos da pior candidata da história da República”. É coisa suficientemente desastrosa para que Dilma seja interditada por todos os eleitores que não perderam de vez o juízo, acrescento.

O cérebro não é dividido em compartimentos estanques. Quem é incapaz de dizer o que pensa não sabe pensar. E quem não tem a cabeça em ordem não pode governar um país. O doutorado que não houve, hoje, é uma questão irrelevante. Para quem não é idiota por destino ou opção, está claro que Dilma Rousseff, se o sistema educacional funcionasse, não teria completado o curso secundário. Não teria diplomas a pendurar na parede. Mas se apresenta como economista formada em faculdade. De que forma se operou tal milagre?

Os diretores das escolas em que Dilma estudou se recusam a exibir à imprensa os boletins da aluna, as notas que a contemplaram, a demonstração de um teorema, mesmo uma composição à vista de uma gravura. Tal comportamento não depõe a favor da aluna. Por que alguém ocultaria a prova de que participou da formação escolar da superexecutiva nascida para aperfeiçoar o Brasil reconstruído por Lula? Pois tratemos de obter por conta própria o que os cúmplices escondem.

Os leitores e comentaristas da coluna, sobretudo os integrantes do poderoso batalhão acantonado em Minas Gerais, devem transformar-se imediatamente em repórteres incumbidos da reconstituição da misteriosa trajetória da estudante.  Fontes é que não faltam. Não são poucos os ex-professores, ex-colegas de turma ou companheiros de festa de formatura dispostos a contar a verdade. Que sejam todos confrontados, por exemplo, com dois atentados recentes promovidos pela mulher que ameaça virar presidente do Brasil.

Primeiro: “Os meus adversários, principalmente o adversário, eles sistematicamente erram. Fizeram coisas assim que… Por exemplo… Eu não vou dar exemplo porque não é da minha responsabilidade falar sobre ele”. O que quis dizer a declarante? Segunda: “Eu não olhei porque achei que era aquele programa não achei que iam colocar outro programa”. De novo: o que quis dizer a declarante?

Os que fazem cara de paisagem quando ouvem coisas assim, diria a própria Dilma, “não podia serem” mais idiotas. Ou mais espertamente míopes. Ou mais criminosamente cínicos.

Share

Deixe o seu comentário

Aprovamos comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais (e-mail, telefone, RG etc.) e links externos, ou que sejam ininteligíveis, serão excluídos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.

» Conheça as regras para a aprovação de comentários no site de VEJA

Envie um comentário

O seu endereço de email não será publicado

116 Comentários

  • Valentina de Botas

    -

    6/9/2012 às 23:28

    O US Open está na reta final em Nova York, o evento fatura anualmente U$250 milhões, com lucro líquido de 40%. Não é por acaso que os americanos estão no topo do mundo. Merecem. Há alguns anos assisti à partida entre Federer e Tsonga. O suíço ganhava por 2 a 0, quando o francês se machucou. Visivelmente jogando no sacrifício, Tsonga desconsertou de maneira inexplicável o então primeiro do ranking e ganhou o jogo de virada. Não é justo desprezar nenhum dos recursos legítimos para uma vitória. Isso pode ser o que basta para perder de alguém menos gabaritado. Vale para nações, atletas ou políticos. A coluna mostra Dilma como Dilma é desde que ela era apenas uma das más ideias de Lula. Com a ajuda inestimável do grande Celso Arnaldo, você, querido Augusto, mostrou os erros miseráveis de português, a lógica bêbada, a cultura de almanaque, a trôpega sintaxe do pensamento, a cintura dura para o jogo político, o incômodo com a democracia, a pronta vassalagem ao padrinho-caudilho no lugar da pronta dedicação ao país, o apego à mentira, a moralidade rasteira, fora o resto, e tudo formatado pela arrogância típica do imbecil alheio a si mesmo. Serra, incomparavelmente melhor, não soube ganhar de quem não sabe pensar. Depois de alguns anos num emprego, numa discussão com o chefe, uma amiga minha muito especial soube que fora escolhida entre excelentes candidatos porque, além de ter as mesmas qualidades, era a mais bonita. Enganou-se ao pensar que ela se intimidaria com a revelação. Como eu, ela está entre os que acham que beleza e charme pessoal não invalidam a inteligência e a competência. Se tiver de escolher entre dois ótimos empregadores, vou preferir o mais bonito. O que beleza tem a ver com Dilma e Serra? Nada, apenas exemplifico como uma coisa positiva não pode ser punida. A era da mediocridade se perpetua com essa aberração e, assim, acabamos governados por Dilma Rousseff. Um beijo

    Um beijo, Valentina.

  • ailson

    -

    26/12/2011 às 12:20

    Porque para algumas pessoas é difícil compreender o que de fato é certo ou errado, o que faz a pessoa não perceber que o espeço dela termina quando o da outra começa, aonde sera que esta o problema?
    Aonde sera que esta o problema desta sociedade,?
    Parece que o nosso Brasil esta acabando por terra!

  • azul honduras

    -

    13/7/2010 às 14:16

    superxecutiva? não houve um pequeno typo aí?com certeza quis escrever “superexecutiva”…

    Erro corrigido, amigo. grato. abração

  • Rogério

    -

    13/7/2010 às 9:45

    Pena que a VEJA não é lida por todos em nosso País, e matérias com essa não são veiculadas na mídia no geral.

    Mas o que podemos fazer se o povo não quer aprender a pescar para comer o peixe; e sim, somente comê-lo: “DÁ-LHES OS BOLSAS… VOTO DE CABRESTO.”

  • marisa cruz

    -

    12/7/2010 às 13:35

    ^Não há plástica, botox, mudança de guarda-roupa que faça OS NEURÔNIOS DE DILMA FUNCIONAREM EM HARMONIA. DESCONECTADA, DESCONEXA. É O AVESSO DA COMPETÊNCIA. MIOPIA POLÍTICA SÓ PARA OS APADRINHADOS DESTE GOVERNO.

  • Antonio

    -

    12/7/2010 às 6:01

    Realmente, eu gostaria de conhecer os boletins escolares e as notas da faculdade da candidata. Será que ninguém as tem para orgulhosamente mostrá-las? A nota da monografia , pelo menos!

  • Breno

    -

    11/7/2010 às 18:24

    Caro Augusto, li o discurso do presidente de abertura da campanha internacional turística. Nos dá uma pista do por quê da escolha da MULA.

  • Valdecir Lima

    -

    11/7/2010 às 13:28

    gente eu já disse que quanto mais tempo a dilma tiver mais merda ela vai falar e acha que ta falando a língua do povo, tem gente que naum ter jeito mesmo e a dilma é uma delas, mais ela vai pegar uma pisa de voto tão grande que nunca mais ela quer disputar uma eleição com um cara preparado que nem o serra.

  • Creso

    -

    11/7/2010 às 11:32

    Caro Augusto
    No cruzamento de jeque com égua dá burro ou mula; que
    não dá cria,não dá leite só serve para carregar peso.
    Idêntico ao cruzamento do lulla13/171 x Dilma Carabina.

  • Alexandre

    -

    11/7/2010 às 10:28

    Como essa fulana tem coragem de falar em educação? Como essa infeliz que teve chance de ter educação, pelo menos a básica, e jogou essa oportunidade fora, critica as ações em educação do adversário? “Podia estarmos”??? O PT vai ficar satisfeito só quando formos 190 milhões de ignorantes analfabetos? Quem é que gosta de ter o eleitorado ignorante e alienado, mesmo?

  • Quintino

    -

    11/7/2010 às 10:15

    Por tudo o que já se viu e ouviu até agora, vindo da cabeça e da boca da Dilmamá, conclui-se que ela não é capaz de nada. Não pode disputar eleição nem de vereadora. Deus nos livre e guarde.

  • Breno

    -

    11/7/2010 às 7:34

    Caro Augusto, tenho certeza que é casado, tem uma linda família e filhos bem educados. Já a Dani eu não posso dizer o mesmo, pois não sei nada sobre ela. Sou solteiro e ainda jovem, e gostaria de jantar com essa mulher…meus amigos dizem que sou bom de papo. Será que consigo trazê-la para nosso lado? Ainda posso arranjar um namoro…rs… Abração

  • Marília L.

    -

    11/7/2010 às 6:06

    Livros e estudos trocados por guerrilha dão nisso. Nunca mais se recupera a formação intelectual.

  • Guina

    -

    11/7/2010 às 0:36

    Para a Daniela 10.07, 23:40.
    Não acredito no que você escreveu: o Augusto deve estar brincando… O pior cego é aquele que não quer ver ou o pior surdo é aquele que não quer escutar? Ou será que a sua capacidade de compreensão da escrita e da fala é limitada aos discursos da Dilma e do Lula?

    Parece brincadeira, Guina. Infelizmente, não é. Os milicianos são assim mesmo. abração

  • Roberto

    -

    11/7/2010 às 0:02

    Caro Augusto.
    É um tremendo mal estar, um pesadelo. Torço para que seja passageiro culminando a 3/10/2010. Pelo amor de Deus. Nosso País não merece esta coisa estapafurdia. Isto que está aí, se perdurar (bata 3 vêzes na madeira) vai ser o verdadeiro FIM DO MUNDO.

  • Roberto Xavier

    -

    10/7/2010 às 23:40

    Em 2014, estaremos-nos anssiozos para acistirmos-nos a mais um grandiozo filme cinematografico que contará a vida e a esselente tragetoria da “Filha do Filho do Brazil”. Aguardemos-nos intão!

  • daniela

    -

    10/7/2010 às 23:17

    a Dilma da um show de cultura e inteligência em você… (&%¨$$$%#$%¨¨)

    Perdão, amigos. Como vocês percebem, Dani continua pegando pesado comigo. Recorri até ao Vinicius, mas ela não se comoveu. E agora diz que sou pior que a Dilma. Entra tantas outras qualidades, Dani sempre foi muito boa de insulto. Mas isso passa. Tivemos crises piores.

  • beaujolais

    -

    10/7/2010 às 20:51

    Há pessoas que têm alguma coisa para dizer e não sabem como fazê-lo; outras não têm nada para dizer, mas fala pelos cotovelos; há ainda as que não têm nada para dizer e não sabem como fazê-lo – que é o caso da Dilma!
    (um pensamento modificado de Robert Frost)

  • HENRIQUE

    -

    10/7/2010 às 20:08

    GENTE! NÃO É POSSIVEL,ISTO É PROVOCAÇÃO .MEM PARA VEREADORA,ESTÃO GOZANDO COM A NOSSA CARA.SE A PEÇA
    É PALANQUEIRA,IMAGINEMOS SE NÃO FOSSE.AS COISAS TEM
    LIMITE,OU A PETEZADA JÁ REVOGARAM OS LIMITES.BASTA.

  • BETHS

    -

    10/7/2010 às 19:58

    Não há mais qualquer dúvida: É A TREVA!!!

  • Genaro

    -

    10/7/2010 às 18:37

    É inacreditável que o país esteja passando por este processo, depois de tudo o que sofremos para reestabelecer a democracia. Não é possível que o povo continue catatônico e letárgico frente a um governo irresponsável que quer nos empurrar uma descapacitada para assumir como principal mandatário do país. Quando acordamos deste sonho de Cinderela será tarde. Acorda Brasil!!!!

  • Jorge Roriz

    -

    10/7/2010 às 17:43

    O Brasil não pode ter um fantoche como presidente. O “cara” disse: “o nome dela na chapa eleitoral é o meu”. Isso é confissão de falsa ideologia ou estelionato eleitoral.

  • Jorge Roriz

    -

    10/7/2010 às 17:27

    A candidatura desta estrovenga ( não vou ofender as mulheres)é caso de polícia, É caso de impugnação por incapacidade. Assim como não podemos permitir um analfabeto formado em medicina, não podemos permitir uma pessoa que não sabe falar ou pensar, como candidata ao mais importante cargo do país.
    Serre a boneca ventríloqua no primeiro turno. O Brasil não poder ter um fantoche como presidente. O “cara” disse: o nome dela na chapa eleitoral é o meu. Isso é confissão de falsa ideologia ou estelionato eleitoral.
    http://www.jorgeroriz.com.br

  • jp

    -

    10/7/2010 às 17:08

    Em uma família cujo os pais são analfabetos e fa-
    lam errado, a tendência dos filhos é logicamente falarem errado também mesmo que estejam estudando,
    o mesmo acontece no município, no estado e no país
    pois o exemplo vem sempre de cima. Se uma senhora
    dessa chegasse a ser eleita presidente seria um
    desastre para o Brasil em todos os sentidos. A pes-soa para governar um país tem que ter personalida-
    de, falar a verdade, ter firmeza de caráter, falar
    corretamente e acima de tudo não achar que as pes-
    soas são alienadas. Que Deus nos livre da Dilma.

  • Fatima

    -

    10/7/2010 às 16:48

    Como pode mentir tanto essa candidata petista? Essa Lulla de saias caiu em desgraça quando o “erro” (sei…) apareceu na entrega do programa de (más)intenções do governo do PT e quer que acreditemos tratar-se de um erro menor. Ela não se reconhece mais nas entranhas do poder, mas o povo não é bobo. Sabe o quanto ela mente e como é grave o episódio que veio à tona. Esse assunto tem que ser escancarado à população, pois coloca em risco os interesses da Nação que pensa e convive com a democracia. O povo brasileiro deve ir à fundo nesse debate. Caso essa candidata seja eleita, o risco de mergulharmos ainda mais no atraso e sermos transformados numa Venezuela é cada vez mais real. O Brasil e os brasileiros têm que estar acima desse danoso projeto de poder que só ao PT interessa. Se eleitos, eu tenho medo do que são capazes esses aloprados.

  • Ricardo Pavan

    -

    10/7/2010 às 16:24

    Parabéns Augusto.
    Pena que petista não sabe ler e os poucos que sabem não gostam de criticas inteligentes como a sua.

  • valenti

    -

    10/7/2010 às 16:23

    quem só pensa no que diz …

  • Walter Decker

    -

    10/7/2010 às 16:00

    Até a Lily, Nunes !?!
    A velha queimou o filme do Serra !
    Ahahaha !!!

  • serra2019@serra.com.br

    -

    10/7/2010 às 15:59

    Ela não tem perfil de presidente, mas para fantoche do PT serve direitinho, é só retocar para não aparecer o miolo podre e parecer uma pessoa “do povo” que vai distribuir bolsas de todo tipo. Será que vamos ter que engolir esta nulidade assim como engolimos o molusco cachacheiro ? O Serra não ganha nem eleicão para síndico, infelizmente ou felizmente. Mais uma vez ficamos entre o horrível e o terrível, pobre País.

  • anti- pt

    -

    10/7/2010 às 15:51

    por essase outras que não queerem dois professores nas salas de aula, pois neste pais quem estuda, trabalha, paga suas contas em dia, acabba morrendo à mingua, já os Líderes sindicais semi-analfabetos conseguem até ser Presidente do País.”BRASIL,UM PAIS DE TOLLLLLOS

  • Nino (SP)

    -

    10/7/2010 às 15:41

    Pessoal, vamos prestar atenção nas palavras de Lilly Marinho: ela disse que já recebeu um assassino fedorento como fidel castro em casa, por que não poderia receber uma dilma roussef também?
    A Miss França 1938 passou um recado importante para o eleitor. Basta ler nas entrelinhas.

  • CANDINHA

    -

    10/7/2010 às 15:36

    Augusto,
    O aúdio do lançamento da Campanha Internacional Turística para o Brasil 2014 está no link abaixo :
    http://www.info.planalto.gov.br/media/audio/pr1945-2@.mp3

    Gratíssimo, Candinha. Vou começar a publicar daqui a pouco. abraços

  • André Azevedo

    -

    10/7/2010 às 15:23

    explicar a todos porque

    Separe esse porque, escreva por que e tente de novo.

  • André Azevedo

    -

    10/7/2010 às 15:19

    Caro Augusto,
    Você deveria ter umas aulas de linguisticas.

    Só preciso descobrir um curso de LINGUÍSTICAS, milicianandré.

  • Renato SC Vieira

    -

    10/7/2010 às 15:16

    Augusto, o grande caçador de cretinices, Celso Arnaldo estaria disponível para uma viagem e safári à Africa do Sul ?
    A mulla disse lá em um discurso que o povo do país dele, do nordeste, não é bom no inglês não, mas sabe “mimicar” muito bem.
    Referia-se aos micos da mata atlantica ?

    O Celso Arnaldo entra em minutos com a Dilma. Vou cuidar pessoalmente do safári. abração

  • Adele Neubauer - Lake Worth , Florida

    -

    10/7/2010 às 15:11

    DEAR aUGUSTO,
    voce quer saber como a”CRIATURA”se graduou em economia e como tal milagre se operou?? bem, minha conclusao e muito simplista,porem verdadeira:atraves do aluguel de mentes brilhantes ,pensantes e astutas (inteligentes por natureza e pobres por ocasiao)que ela ( a criatura) pagava para conseguir ser aprovada… Pensar doi…por isso muitos desistem do ato de pensar e pagam alguem para pensar por eles !!
    Acredito que voce conheceu muitos deles no seu tempo de college ,dont’t you?? I’m pretty sure, you do…but anyway, your text is fantastic !!! I’ve been learning a lot with you…Please, keep doing what you are doing…I wanna thank you one more time for all hard work you’ve been doing to help us to understand very clear , what is going on in Brazil right now !!! You are very precious to me and I believe it, for all of us brasilian people, who really loves our Country ,and I wish the best for my loved land… Just like you !!!
    God bless you Augusto e be brave as always !!!
    Adele

  • Roberto DeFeo

    -

    10/7/2010 às 14:52

    Caro Augusto Nunes,
    em poucas palavras voce descreve o cenário de campanha do pleito de 2010. Parece que o Brasil chegou na maior encruzilhada politica de sua história.
    Na sua pontuação podemos sentir a respiração de desapontamento em confirmar o que já era sabido: os pés de barro da escultura.
    É possivel perceber seu contrangimento em argumentar sobre a criatura e sua performace.
    É desanimador sentir o desespero e o despreparo da candidata, já na primeira semana da disputa eleitoral.
    O comportamento dela, chega a ser assustador. Parece que está no limite da sua plenitude de idéias e vigor.
    Capacidade máxima marujos! Grita da proa, no entanto ela veleja atada em âncora de navio petroleiro.
    Enquanto isso, o crupiê de nove dedos, já vaí adquirindo aquela cor amarelada dos ratos quando procuram a escotilha do navio que está afundando. Sempre atento, descola com cinismo de psicopata tudo que possa comprometer sua popularidade.
    Uma coisa eles devem saber: Estamos no front.
    E, sé você me permite quero pedir um favor, mesmo estando dificil ver o panorama atual e para evitarmos o por vir, não fique constrangido e SENTA A PUA!
    Grande Abraço
    R.

  • CANDINHA

    -

    10/7/2010 às 14:45

    Augusto, digno de nota é também o discurso do Lula na Africa do Sul na cerimônia de lançamento da Campanha Internacional Turística para o Brasil 2014. É um prato cheio para o Sanatório.
    http://www.info.planalto.gov.br/download/discursos/pr1945-2@.doc

    Perfeito, cara Candinha. Vou começar a publicar ainda hoje. abraços

  • JOSÉ CARLOS WERNECK

    -

    10/7/2010 às 14:45

    Na ala candanga posso de cátedra dar minha colaboração faltou o Chico Leite,que quando George Bush visitou o Brasil,protestou veementemente espalhando faixas,pela cidade,com os dizeres fora Bush!As más línguas dizem que o presidente norte-americano ficou muito “preocupado” e “sentido”,chegando mesmo a dizer:logo o Chaico Milk e logo eu que adoro milk shake…

    Acabou de entrar, caro Werneck. abração

  • TIÂO BENTO RJ

    -

    10/7/2010 às 14:40

    “Eu queria ser bailarina, trapezista e trabalhar no corpo de bombeiros. Eu não sonhava em ser presidente.” Dima no encontro com Lili Marinho. Nem tudo está perdido, tem gente de sorte neste mundo. Isso explica em parte que podemos evitar o desastre. Fui.

    INTERNA!!!

  • Carlo Germani

    -

    10/7/2010 às 14:31

    Material perfeito para os craques do jornalismo sério: Augusto Nunes,Celso Arnaldo,Reinaldo Azevedo
    Do almoço de Dilma com a “patriota” Lily:
    “Na infância eu queria ser bailarina,trapezista e trabalhar no Corpo de Bombeiros.Eu não sonhava em ser presidente”.
    Dilma disse gostar de música clássica.Gosta de Bach.
    É com vocês mestres!

    Grato, Carlo Germani. Enfermeiros a caminho. abração

  • lucia

    -

    10/7/2010 às 14:13

    Augusto, voce vai morrer de rir com o discurso do Lula,na Àfrica, no lancamento da Campanha Turística do Brasil 2014.

    Vou publicar e comentar, Lucia. abraços

  • Cristina Mizon

    -

    10/7/2010 às 14:12

    Oi Augusto. Na veja da semana passada tem uma frase do Lula que diz: “Quando voce tem um politico mau-carater, ele elege uma pessoa muito fraca ou prefer que a oposicao ganhe para poder voltar depois de 4 anos” . Provado o que muitos comentaristas dessa coluna ja haviam previsto.
    Essa mulher e muuuuuuuiiiiiittttoo aaaaantaa. Espero que o povo brasileiro enxergue quem ela eh na realidadel
    Abracos a todos.

  • João Antonio

    -

    10/7/2010 às 14:09

    “Guarda para então as soberbas; que hoje, pobre escrava, só te resta obedecer à voz do teu senhor”
    Alexandre Herculano
    É muito cínismo e arrogância.
    E vem mais por ai.

  • tondamato

    -

    10/7/2010 às 14:04

    acho que voce…

    O que você acha não é de interesse público. O Controle Social da Mídia mandou vetar.

  • rubens lopes souza

    -

    10/7/2010 às 13:59

    não esqueçam que quando o lula era candidato, por ser analfabeto, era considerado um risco brasil

  • Criação Demoníaca

    -

    10/7/2010 às 13:40

    O que contemplamos é o resultado de uma política de perpetuação no poder através da exacerbação da filosofia de que todos tem os mesmos direitos mas sem mencionar algum dever (anti-meritocracia). Assim recursos públicos são distribuídos sem critérios meritocráticos, como as bolsas, vagas em universidades, programas demagógicos, etc. Ou seja tudo para equalizar as pessoas e comprar votos com recursos públicos (OAB, TSE e ministério públicos tem algo a dizer ?). A candidata é uma expressão desta política de mediocracia. Não me surpreende se na próxima reforma ortográfica se retire a palavra meritocracia do dicionário, para que ela serviria em um país governado pelo PT, a não ser para criticar o próprio PT ? O povo (ou a grande maioria) não é estúpido, sabe disso e de tudo isso, mas vai votar mesmo assim na criação do PT/Lula. Duvidam, olhem os estudos e estatísticas demográficas de intenção de voto. Pessoas com e sem formação estarão votando na Dilma 2011, vamos sentir saudade do molusco pomposo e cachacheiro. Joguem a toalha ou façam a maior campanha da história contra a mediocridade e corrupção do PT e desta presidência que não respeita TSE e nem ninguém. Basta ver o desrespeito do nosso Presidente ao falar para o público internacional, em várias ocasiões, o que será que pensam dos brasileiros ? Que tipo de povo vota em tão ignóbil e arrogante pessoa para seu supremo comandante. Deverá ser o bobo da corte no próximo governo ?

  • antonio

    -

    10/7/2010 às 13:38

    Correção feita, caro Antonio. abração

  • essebe

    -

    10/7/2010 às 12:57

    Essa mulher é uma contraventora da palavra. Estropia o vernáculo. Seu discurso é uma colcha de remendos desconexos. Sinto calafrios quando a ouço falar. Valei-me!

  • ana maria ramalho

    -

    10/7/2010 às 12:34

    Pois é, meu Augusto, mas a moça fala francês, sabia? Coleguinha Monica Bergamo noticiou hoje e coleguinha Hildegard há vários dias, frisando como Madame Rousseff é fluente no idioma de Molière e Corneille. Quem sabe no próximo governo não se conclui a negociata dos caças Rafale com o Sarkozy?

    Salve, minha querida amiga. Teu blog é ótimo. um beijo

 

Serviços

 

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados