Blogs e Colunistas

27/07/2011

às 14:16 \ Direto ao Ponto

O que esperam o governo e o Ministério Público para aplicar a lei aos quadrilheiros e recuperar o produto do roubo?

Abstraídos os comparsas, os parentes e os patrocinadores oficiais, desta vez ninguém se atreveu a afrontar a inteligência dos brasileiros decentes com a reapresentação do ato mais surrado do espetáculo do cinismo. Nem a tropa de choque do Senado, a tropa do cheque da Câmara e a diretoria do grande clube dos cafajestes irromperam no palco para a lengalenga costurada em torno da  inocência até prova em contrário, do direito de ampla defesa, do devido processo legal. Nem mesmo Lula suou a camisa no palanque em defesa dos quadrilheiros que agiram durante oito anos e meio no Ministério dos Transportes, sob as bênçãos do Padroeiro dos Companheiros Pecadores.

A presidente Dilma Rousseff precipitou o despejo dos chefões do bando, iniciado logo depois das revelações feitas por VEJA, para não reeditar a exasperante agonia do ex-ministro Antonio Palocci. Ampliou a lista dos demitidos ao constatar, em pesquisas encomendadas pelo Planalto, a exaustão de milhões de brasileiros com as dimensões da roubalheira. Dilma foi longe demais: os quadrilheiros já não podem reivindicar a prescrição do crime por perda de emprego. A malandragem não é aplicável a quem embolsou quantias de deixar ruborizados até o asfalto que se desmancha nas estradas do Dnit, é coisa de empalidecer de espanto até os trilhos inexistentes da Valec. Ao afastar os bandidos, o governo não fez mais que a obrigação. É quase nada.

E será rigorosamente nada se parar por aqui o castigo que mal começou. É preciso recuperar ao menos parte da imensidão de dinheiro roubado pela organização criminosa formada por donos de órgãos públicos com orçamentos obesos, empreiteiras, consultorias e outras abjeções. É preciso enquadrar os meliantes nos numerosos artigos legais que violaram. É preciso mostrar ao Brasil que algo mudou ─ se é que algo tenha mudado.

Por enquanto, o governo limitou-se a determinar à Controladoria Geral da União que pedisse de volta R$ 8 milhões destinados às vítimas das inundações na Região Serrana do Rio e interceptados por meliantes acampados na prefeitura de Petrópolis. Tradução: os pagadores de impostos vão bancar também a conta das patifarias que já não poupam sequer flagelados. Quanto ao pátio de horrores no Ministério dos Transportes, o controlador-geral Jorge Hage fez só uma frase. Acha que o Dnit tem o DNA da corrupção.

O que espera o governo para exigir a devolução do produto do roubo? O que espera o Ministério Público para tomar providências que apressem a condenação dos culpados, todos merecedores de temporadas na cadeia e multas igualmente superlativas? A turma de Valdemar Costa Neto e Alfredo Nascimento vai desfrutar em paz do ócio sem dignidade? Os ladrões vão envelhecer em casa, com tempo e dinheiro de sobra? Se as perguntas não forem adequadamente respondidas, o país será o que é. Enquanto não houver na cadeia um só figurão corrupto, o Brasil será o paraíso dos bandidos de estimação.

Há quadrilhas demais. Todas em liberdade, todas sem motivos para perder o sono. A expansão da ladroagem federal é o ultrajante subproduto ─ tão previsível quanto a mudança das estações ─ da tolerância, negligência, da passividade e da conivência que sublinham o comportamento dos três Poderes.

Deixe o seu comentário

Aprovamos comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais (e-mail, telefone, RG etc.) e links externos, ou que sejam ininteligíveis, serão excluídos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.

» Conheça as regras para a aprovação de comentários no site de VEJA

Envie um comentário

O seu endereço de email não será publicado

137 Comentários

  • Aposentado

    -

    1/8/2011 às 17:08

    Eu que sou aposentado fui condenado sumariamente sem julgamento e sem possibilidade de apelação a pagar por todas as falcatruas daqueles que por voto direto, infelizmente, deveriam nos representar.
    Não tenho direito a recurso, apelação ou a qualquer outra firula jurídica em que me apoiar para livrar-me dessa pena, ao contrário dos corruptos de plantão.
    Fui condenado perpétuamente a sustentar essa bandalha com o erário público sem qualquer chance de contrapartida, pelo menos do SUS ou do INSS, as únicas coisas públicas das quais poderia esperar alguma contrapartida por conta de anos e anos contribuindo para a Previdência Oficial.
    Sr Presidente da República, peço clemência para minha condenação

  • Aba

    -

    31/7/2011 às 22:49

    Se nós, os que temos princípios não fizermos nada, estaremos nos omitindo e o Brasil será para sempre o país do futuro, o país onde civilidade passa longe. Precisamos fundar o nosso partido político e tomarmos as rédeas da nação para que nossos filhos e netos tenham um país melhor.

  • Aba

    -

    31/7/2011 às 22:46

    Essa complacência dos governos em relação ao roubo nos deixa uma certeza clara e cristalina. Êles são cúmplices dos fora-das-leis.

  • Carlos Teixeira

    -

    31/7/2011 às 20:48

    Com relação aos crimes contra o erário, a sociedade civil precisa pressionar para torná-los hediondos, inafiançáveis e imprescitíveis. Mais em:
    http://democraciaja.wordpress.com/2009/07/01/9/

  • Carlos Teixeira

    -

    31/7/2011 às 10:43

    Para ter uma idéia do tamanho de nosso problema, estimo que os participantes dessas quadrilhas sejam da ordem de 150 mil envolvidos! Ou seja, a corrupção está insitucionalizada neste país, com a colaboração de nossa justiça e arremedo de democracia.
    http://democraciaja.wordpress.com/2010/09/22/quantas-seriam-as-pessoas-envolvidas/#entry

  • Carlos Teixeira

    -

    31/7/2011 às 10:39

    Só para dar uma idéia do tamanho do problema, estimei quantos seriam os participantes dessas quadrilhas. A ordem de grandeza é de 150 mil! Ou seja, temos a insitucionalização da corrupção, no Brasil.
    http://democraciaja.wordpress.com/2010/09/22/quantas-seriam-as-pessoas-envolvidas/#entry

  • Valdir da Silva

    -

    31/7/2011 às 10:04

    Em andamento a canonização do novo santo do Brasil,São Lula com toda justiça eleito padroeiro dos cafajestes, faz-se justiça como nunca antes neste pais.

  • brasileirinho

    -

    30/7/2011 às 20:29

    Se há algum resquicio de dignidade e honestidade, a policia e o ministerio público deveriam investigar essa relação pornográfica entre empreiteiros e politicos, em todos os níveis!
    É ai que está o cerne da corrupção que come o brasileiro pelas beiradas!
    No dia em que dar dinheiro para politicos e depois cobrar destes benesses, virar crime hediondo, aí sim teremos esperanças de um Brasil melhor!

  • EVERSON

    -

    30/7/2011 às 18:11

    O MINISTÉRIO PÚBLICO É UMA LAMPADA QUE SE QUEIMOU NO DIA EM QUE LU-LALAU TOMOU POSSE.

  • anônima rs

    -

    30/7/2011 às 15:15

    Realmente, os “beneficiados” de todos esses escândalos não sofrem pressão nenhuma de governo, OAB, CNBB, povo e imprensa, de ninguém mesmo, para que façam a devolução urgente de todos esses de$vio$.
    Nada acontece e aos poucos tudo vai sendo esquecido e virando piadas de salão, como bem disse o “grande” Delúbio.
    Entretanto as finanças dos acusados e de alguns partidos vão alcançando lucros escandalosos…
    É desalentador!

  • brasileirinho

    -

    29/7/2011 às 19:32

    Deu nos jornais que a Petrobras quer ampliar sua participação no mercado do etanos.
    Para tanto quer comprar essa participação da construtora Norberto Odebrecht!
    Fiquei estarrecido em saber que essa empreiteira é detentora da maior fatia do mercado do alcool!
    Foram expulsos do Equador por mutretas efetuads por ela!
    Chegou no Brasil e ganhou, literalmente, de presente, a administração da estrada Via Dom Pedro, na qual, por mais de tres anos como benfeitoria, construiu apenas mais praças de pedágio;
    Vai construir o Itaquerão do Corinthians!
    São donos do Lula;
    São donos do Alkimim;
    São donos da petrobras;
    São donos do alcool combustivel;
    São donos dos politicos;
    Etc.
    Enfim são donos do Brasil!
    Sabemos, portanto, alem dos corruptos, quem são os corruptores!

  • francy granjeiro

    -

    29/7/2011 às 9:26

    Ou ou ou Dona maria das graças vidal de oliveira
    seu comentario foi enorme….Que tal fazer um comentario do assunto no momento sobre O #ForaRicardoTeixeira???????? ATÉ QUANDO VAMOS VER A TURMA DO BLÁ BLÁ BLÁ DESFILAR tirar do nosso bolso que se dizem HONESTOS E MAIS ÉTICOS DESSE PAÍS? era só que faltava né dona GRA-CI-NHA???

  • francy granjeiro

    -

    29/7/2011 às 9:14

    http://primeiraedicao.com.br/noticia/2011/07/28/o-foraricardoteixeira-sai-da-internet-para-as-ruas-do-rio-no-sabado-30O #ForaRicardoTeixeira sai da internet para as ruas “O perfil dele (na publicação) mostra um sujeito inescrupuloso e arrogante.O#ForaRicardoTeixeira já repercute no exterior. Parte dos jornalistas internacionais que cobrirão o sorteio para a Copa também vai acompanhar os protestos. O Movimento Change Fifa, que começou na Inglaterra e tem angariado adeptos pelo mundo. FORAAAAAAAAAA PEIXEIRA FORAAAAAAAAAAA

  • Otávio

    -

    29/7/2011 às 3:25

    Pois é. Quem vive em Petrópolis sabe que a Prefeitura é um pasto de incompetência e vigarice política.

  • Isabel

    -

    28/7/2011 às 22:18

    Tivesse a grande imprensa cobrado com o mesmo empenho as roubalheiars de outros governos, teria menos produtos roubados para recuperar nos tempos de hoje. Descobri que quase 100% da imprensa brasileira tem memória curta. Só fala do Mensalão e do Ministério dos Transportes.

    Muito pior é leitora que não tem memória nenhuma.

  • Silvinho

    -

    28/7/2011 às 21:28

    Muito interessante seria a devolução da fortuna roubada. Como não foi possível totalizar a devolução dos roubos praticados por Lalau, Georgina, difícil, muito difícil mesmo, seria recuperar a roubalheira no Ministério dos Transportes, pois quem devolveria? A maior parte, ou a totalidade da grana roubada foi aplicada na eleição da Dilma. Ou alguém duvida? E o mensalão, não foi prá comprar os votos na reeleição do Lula?
    Devolver, jamais! Se tivéssimos uma justiça…, teríamos esperença de ver alguém preso, mas…

  • luis renato

    -

    28/7/2011 às 20:44

    Sinto que nosso futuro é chorar na planície. Temos que nos dar conta que nada vai mudar. Estamos em uma guerra ética e só atravez da força vamos apear essa corja de criminosos do poder . Pelo sistema político atual esses criminosos da pátria vão se eternizar no poder. Só temos uma alternativa. As armas . A revolução . Em nome das próximas gerações. Chega de hein ,hein ,hein.

  • paulo césar

    -

    28/7/2011 às 18:43

    Fernando Collor tinha um ministro trapalhão, Antonio Rogério Magri(o tipo bobo da corte), que certa vez foi flagrado em um gravação admitindo ter recebido propina de trinta mil dólares. Hoje presenciamos nos noticiários números na casa dos milhões de dólares e ninguém dá a mínima. Os meliantes roubam e ainda usam o produto dos desvios de verba para contratar os melhores advogados para ficarem livres da prisão, que seria o local mais apropriado para esses ratos.

  • Claudio E. Duarte

    -

    28/7/2011 às 17:37

    Prezado Augusto,

    Este país somente tomará jeito depois de correr sangue. Os ladrões, travestidos de políticos, jamais cederão espaço ou deixarão as boquinhas por força do voto ou da Justiça (existe?). Os grandes países se fizeram com sangue: os Estados Unidos, com a Guerra da Secessão; a França, com a Revolução Francesa; a Rússia, com a Revolução de 1917; a China, com a Revolução Comunista de Mao; o Japão, com guerras e duas bombas atômicas no lombo. E o Brasil? Guerra do Paraguai? Canudos? A Revolução Constitucionalista de 32? A de 64? Isto é nada.Temos uma dívida com a História.
    No dia em que lavar as estradas, as rampas, os palácios, os ministérios, as repartições, as autarquias e a sem-vergonhice, mas não com água, pode ser que este país tome jeito. Até lá, pessimista que sou, vamos continuar a aguentar as quadrilhas, os mensalões, os Dnits da vida.
    Não estou fazendo apologia da violência nem incentivando ninguém a nada; estou fazendo ilações sobre a História. Provem-me, se eu estiver errado,

  • luiz Carlos pontes

    -

    28/7/2011 às 15:13

    Este país nos causa orgulho, não temos terremoto, maremoto, tsunami mas temos um povo de causar nojo aos demais paises do planeta.Representado pela espuria relação entre o público e o privado ou vice-versa e os que estão a serviço do governo para o famigerado clientelismo.

    Pior, esses esses batedores de carteira do pavão que deveriam ter um serviço publico de qualidade não tão ruim nem isso tem e eles saem com dinheiro em cueca, em carro forte, são condenados perante a lei e não pagam pelos crimes cometidos, pagarem seus delitos em prisão e não são confiscados.
    Eta paisinho medíocre.

  • maria das graças vidal de oliveira

    -

    28/7/2011 às 15:12

    CARO AUGUSTO.
    COMO LEITORA ASSIDUA DA REVISTA E COMUNGAR PLENAMENTE COM A INDIGNAÇÃO DAS REPORTAGENS DESCRITAS POR SEUS JORNALISTAS, FICO, TAMBÉM INDIGNADA POR ME SENTIR IMPOTENTE NO MOMENTO EM NÃO PODERMOS FAZER NADA COM RELAÇÃO A ESTIRPAÇÃO DA IMPUNIDADE VIGENTE NO PAÍS.
    NÂO SEI COMO, MAIS ESTOU PENSANDO JA ALGUM TEMPO EM SUGERIR UMA STUAÇÃO INSTITUCIONAL QUE TENHA PESO DE LEI QUE AVERIGUE PROVE E CONDENE TODOS OS CORRUPTOS A DEVOLVER O DINHEIRO ROUBADO AO ERARIO PUBLICO.
    EM VISTA DISSO PELO PODER DE DIVULGAÇÃO E CREDIBILIDADE QUE TEM A REVISTA VEJA, MAS QUE ATINGE APENAS UMA PEQUENA CAMADA DA SOCIEDADE PELO SEU NIVEL ELEVADO DE ENTENDIMENTO, FICANDO A MAIOR PARTE DA SOCIEDADE E SEUS ELEITORES A MERÇÊ DESSA INFORMAÇÕES, QUE GERALMENTE ACHAM QUE TUDO QUE A REVISTA DENUNCIA É PURA INVENÇÃO.
    POR ISSO GOSTARIA QUE VOCÊS USASSEM O PODERIO DE ALCANCE DA REVISTA VEJA AOS MAIS DESINFORMADOS CRIANDO UMA COMUNICAÇÃO DE INTERAÇÃO ENTRE TODOS OS ELEITORES NO SENTIDO DE ANGARIAR ASSINATURAS SUFICIENTES PARA A CONFIRMAÇÃO DOS FATOS VERDADEIRAMENTE DENUNCIADOS, INVESTIGADOS E PROVADOS DE FATO, E HAVENDO ESSA COMPROVAÇÃO FOSSEM DENUNCIADOS AO MINISTÉRIO PUBLICO (JUSTIÇA),PARA JULGAMENTO, CONDENAÇÃO E DEVOLUÇÃO DO DINHEIRO ROUBADO, SE CONTINUAR DO JEITO QUE ESTAR CONTINUAREMOS, SENDO OUVINTES DESSAS DENUNCIAS QUE CUJO O DESFECHO SEMPRE PREMIAM A CORRUPÇÃO.
    ATÉ QUANDO VAMOS VER A TURMA DO LULALALAU DESFILAR COMO HONESTOS E MAIS ÉTICOS DESSE PAÍS?

  • Nélio

    -

    28/7/2011 às 14:20

    Augusto, não esqueçam dos corruptores, os grandes sujeitos ocultos de nossas mazelas…

  • Enio

    -

    28/7/2011 às 13:45

    Comenta algo sobre o calote americano.

    Não se assuste, miliciano. O chefe ensinou que, no Brasil, qualquer crise vira marolinha.

  • abreu

    -

    28/7/2011 às 13:18

    Augusto Nunes!! Devolver dinheiro roubado,mas como??Ai sim seria o fim dos petralhas e seus asseclas!Ou estou enganado?Alem do que o pt e seus satélites (partidinhos nanicos) iriam a falência,com certeza!!!E depois,o roubo é em tds os niveis,quer nacional,estadual,municipal,enfim…aqui no RGSul não sei se sabes, o roubo é grande nos municipios,e quase tds são do pt e/ou os “apoiadores”.Então?…Devolver como!!!

  • Reynaldo-BH

    -

    28/7/2011 às 13:05

    Concluindo o que não disse antes, sorry! O vídeo postado não é só uma homenagem a Covas. É mais uma cobrança a Alckmin. Quem sabe ele tenha se esquecido de quem foi o maior adversário de Quércia (Covas saiu do PMDB por causa dele, ao fundar o PSDB) e de Maluf, que também estava na inauguração na nova ponte estaiada “Orestes Quércia”! E se lembre que antes de Covas, Alckmin era somente o Geraldinho que voltou a ser!

  • Reynaldo-BH

    -

    28/7/2011 às 12:57

    Augusto, tenho estado tanto aqui como no site do Setti. Quem sabe um dia os dois não são um só? Hehehe.. a gente tem direito de sonhar, não é?
    Setti hoje fez um post FANTÁSTICO – como sempre – sobre a “homenagem” que Alckmin fez a …. ORESTES QUÉRCIA. Eu não sabia. E me embrulhou o estômago. Alckmin nasceu para o governo quando perdemos Mário Covas. E foi à este, a meu ver, que Alckmin traiu. E ofendeu a mim e a todos os brasileiros com vergonha na cara! Isso, meu amigo de infância, não vou perdoar nunca! Postei em meu comentário no site um vídeo, que talvez vc conheça. Mas que me veio à lembrança assim que li o Setti.
    Não como homenagem a um brasileiro DIGNO como foi Covas. Que mesmo com o mesmo fim e doença do outro, o homenageado, soube ser até o fim digno.
    Envio o mesmo link para todos nós por aqui!
    http://www.youtube.com/watch?v=vXo-OqQ5T6c

    Perfeito, meu amigo de infância. Vou dar o vídeo no História em Imagens. abração, Augusto

  • José Geraldo Coelho

    -

    28/7/2011 às 12:52

    Insisto na minha tese: a corrupção no MT, Denit, Valec e em outros ministérios é mais do que parece.
    É MENSALÃO em nova versão.
    Futrica mais que você acha prá onde foi essa dinheirama.
    Se apertar o Pagot ele entrega o ouro.
    Afinal porque o Paulo Bernardo se manisfestou em defesa da roubalheira.
    A esposa dele, a Gleisi, sempre foi contra essa coisa de não repartir o pão com o partido.
    Foi o que ela cobrou do Palocci. E ele dançou.

  • Cws Multiradio

    -

    28/7/2011 às 12:42

    A PERGUNTA QUE NÃO QUER CALAR>>>Ladrão Rico tem privilégios junto a Dilma ,Lula e o restante da quadrilha PT??Sim porque,ladrão pobre,quando rouba um pacote de biscoito no mercado,se é preso,toma tapa na cara,é é chamado de vagabundo,e TEM DE DEVOLVER O PRODUTO DO ROUBO,…..Porque então nesse governo da quadrilha no poder…OS LADRÕES RICOS ROUBAM ALGUNS MILHÕES,TOMAM O PÉ NO TRAZEIRO,SÓ PARA O GOVERNO MOSTRAR SERVIÇOo,….MAS O PRODUTO DO ROUBO,…VAI JUNTO COM O MELIANTE DEMITIDO…porque Dona Dilma??A LEI É DIFERENTE PARA LADRÃO RICO E LADRÃO POBRE??????

  • MauriC

    -

    28/7/2011 às 12:36

    Caro Augusto, analisando seu texto, concluo que uma premissa para a punição dos quadrilheiros é a honestidade da entidade punidora.
    Haja visto que esta não toma atitude nenhuma que não afastar os “culpados” do olhar da imprensa e, consequentemente, do nosso olhar, imagino que algo mais existe nos meandros dessa instituição chamada Governo Brasileiro que o faz varrer o pó para baixo do tapete.
    Nos tempos que vivemos só existe um parâmetro que guia esse comportamento, a informação. Ela é mais valiosa que o petróleo do pré-sal, mais valiosa que ouro e mais radioativa que plutônio. Nas mãos erradas ela causa um estrago gigantesco, como paralisar um pais, impedir um governo de funcionar… Vemos isso em algum lugar?

    Abraço

  • Edson

    -

    28/7/2011 às 12:33

    Durante o indiciamento daquela promotora em Brasilia, aquela que teve o chilique, desmaiou, etc, pode-se perceber que essas pessoas não estão preparadas para a cadeia. Roubam, sempre contando que ao ser flagradas, nada acontecerá. pois se julgam acima do bem e do mal. Fico aqui pensando se Pagot, Alfredo Nascimento, Arruda, e todos os demais pegos de forma inconteste, surrupiando os cofres do governo, fossem para a cadeia, que mensagem seria dada a esses patifes. No entanto, o que temos, é que a própria presidente trabalha no sentido de livrá-los da pena, sob o argumento da governabilidade. Enquanto isso a cadeia está reservada para pretos, pobres e putas. Realmente o nosso país é formado por pessoas sem caráter, que pensam apenas nos próprios umbigos. É uma pena que um país rico como o Brasil seja governado por um povo tão pobre de alma.

  • jovem

    -

    28/7/2011 às 12:04

    Relendo comentário anterior (às 8:23) e por amor e respeito à língua pátria, uma correção:

    “….Além de inertes, somente um outro governo os faz se movimentar!!!!!!…..”

    Eu tinha colocado os fazem…..!!!!!!

    Desculpinha….

  • Delmar Fontoura

    -

    28/7/2011 às 11:40

    .
    Lula & Fernandinho Beira Mar! Qual a Diferença?…
    .
    Falam muito diuturna e subliminarmente sobre a persistência de Lula, mas Fernandinho Beira Mar também era persistente… …ele não fugia quando a “coisa” ficava preta; ele nunca teve medo de “lutar”, podia: apanhar, sofrer, ser maltratado, mas se mantinha fiel aos seus princípios às suas convicções. Em cada época de sua vida fez o que fez por acreditar no que fazia. Só seguiu o que sua alma e seu caráter mandavam. Nunca se submeteu, nunca abandonou o “barco”.
    .
    Isso não significa que se deva defendê-lo, mas sim condená-lo pelo componente do mal que suas ações possuíam. Analogamente se sabe quais são os componentes do caráter e das ações de Lula… …Então qual a razão e “o porquê” de não considerá-los?…
    .
    Por que ignoram esse fato?… …Não será essa surreal e persistente “negação da verdade” a razão da “farsa sobre a corrupção que grassa solta e livre?… Qual a razão dessa persistência? Por que Lula está isentado – da criminalização – por se dizer verdadeiro?… …Fernandinho Beira Mar também era verdadeiro!…

  • MALDONADO

    -

    28/7/2011 às 11:33

    E LÁ NO “ARRAIÁ DA CURVA TORTA MT”, MAIS UM “DESCRACIFICADO” SE DNIT, MAS EM PRAZO DE POUCO TEMPO TÁ DE “VORTA”, NAS RICAS CONSULTORIAS QUE SE PROLIFERAM NO PORÃO SISTEMA DA “PORTEIRA FEICHADA.

  • ALBERTO

    -

    28/7/2011 às 11:26

    fico pelado em praça publica no dia em que isto acontecer…

  • Saulo Pantoja

    -

    28/7/2011 às 11:14

    Acabei de mandar mensagem para o teu email, caro Saulo. abração

  • Julio

    -

    28/7/2011 às 11:05

    Augusto, creio que hoje, por causa da internet a sociedade brasileira tem em mãos algumas ferramentas para exigir mudanças. Parece que nos falta um elemento catalisador e ele, mais do que nunca, é o combate à corrupção em TODOS os setores da sociedade.Precisamos de ritos mais sumários para a recuperação dos recursos desviados nas obras, serviços para as contas de laranjas, vivos ou mortos. Como nos mobilizarmos, como cidadãos e eleitores, para estabelecermos um novo marco histórico no combate à corrupção? Esse é o desafio que gostaria de colocar para nós.

    Você tem razão, caro Julio. Precisamos encontrar caminhos e fórmulas. E vamos encontrar. abração

  • MARIZE

    -

    28/7/2011 às 10:58

    O MINISTÉRIO PÚBLICO NÃO SE MANIFESTA, PORQUE PRIMEIRO NÃO TRABALHA, SEGUNDO, QUE ESTÁ DOMINADO, EXATAMENTE PARA NÃO FAZER NADA MESMO.

  • fernandes

    -

    28/7/2011 às 10:53

    O maior castigo para ladrões é a devolução do produto roubado. Esperamos que a justiça cumpra seu papel. O povo brasileiro está cansado de ver bandidos dessa espécie comer pizza depois da farra.

  • Markito-Pi

    -

    28/7/2011 às 10:46

    Maravilha ,Augusto.
    Pergunto se V. ( ou alguém) sabe do paradeiro daquele torquemada Luis Francisco qualquer coisa, membro do MP,que processava qualquer um que não fosse petista até por ter cortado as unhas? Será que deu-se por satisfeito e nunca mais houve crime algum desde 1 de janeiro de 2003? Ou, na sua cruzada TFP inversa não admite que Deus ( o titular-Luis Inacio Bokassa II- O atual está em exercicio apenas até que o palhacio desencarne da presidencia brasileira)possa sequer ofender a moralidade , assim como seus acólitos e coroinhas , estes sem-pecado que usam uma estrelinha vermelha no peito?
    PS. Por favor Nunes. Isto não é sugestão para colocar imagens. A deste senhor é nauseabunda.

    O Luiz Francisco foi alvo de uma das primeiras matérias da seção O País quer Saber, republicada há uns dois meses. Vou soltar de novo, grande Markito. abração

  • Cagliostro

    -

    28/7/2011 às 10:43

    A passividade com que o assunto é tratado na cúpola governamental deixa clara a suspeita de que, nessas trapaças todas existe um interesse partidário nos valores subtraidos, que servirão para a continuidade no poder dessa gigantesca quadrilha

  • BSB

    -

    28/7/2011 às 10:31

    Correção eu fiz uma comparação errada dos larápios
    Com as aves os ratos, mais estes animaizinhos só
    Faz isto para alimentar os seus filhos e a si
    Também.
    Mias estes larápios faz por falta de ética vergonha, de princios de respeito pelos os outro?
    falando o português são ladrões mesmos?
    Em alguns pais mais radicais os mesmos já tinha
    ido Para o paredão, e as suas famílias pagado as despesa,no Brasil o ladrão não vai nem para a Cadeia?
    O que acontece a cada ano amenta os ladrões e a
    Corrupção

  • ROSANA

    -

    28/7/2011 às 9:56

    Augusto, outro comentário, precisamos de vocês da Veja, para desmascarar o casal 20 do Planalto – Gleisi Hoffman x Paulo Bernardo, está na hora de sair.

  • Angelo

    -

    28/7/2011 às 9:43

    Senhores,este texto é tudo o que gostamos de dizer,
    e se estePaís fosse sério estariam esses sem-vergonha
    na cadeia,mas,a corrupção é igualmente grande para
    que se tenha justiça nestePaís.É a vergonha nossa
    de cada dia.!!!!

  • arilson sartorato

    -

    28/7/2011 às 9:31

    BRILHANTE ARTIGO CARO AUGUSTO.

  • Ismael

    -

    28/7/2011 às 9:22

    Na mosca. Atacar o bolso dos miseráveis é o melhor castigo. Todos sabemos que não ficam presos mesmo. Como no golpe da Previdência, onde ao que parece só a Georgina Freitas foi presa e já está solta, punir os envolvidos neste caso, no caso do mensalão e no caso do Banestado poderiam ajudar a recuperar nossa dignidade.

  • Rosa Medeiros

    -

    28/7/2011 às 9:06

    À minha incredulidade com o horror dessa corrupção que assola o país soma-se a incredulidade com o nosso Poder Judiciário, que nada faz e onde tudo prescreve e decái.Não há punição para os crimes de corrupção dos peixes graúdos. É por isso que eles roubam com tanta desenvoltura e sem o menor pudor.Até o Arruda ficará impune. E Durval Barbosa idem.E ainda corremos o risco de ver o Arruda eleito novamente no DF.

  • Caco

    -

    28/7/2011 às 8:29

    Augusto,

    Fazendo coro ao jovem e ao Antibes, pergunto se o TCU, ao perceber indício de crime nos contratos do governo federal e das estatais, não seria sua obrigação, sob pena de responsabilidade, encaminhar cópia do processo ao MP Federal para ser determinada a abertura de inquérito policial à PF?

    Um caso interessante é noticiado a seguir:

    http://www.estadao.com.br/noticias/nacional,tcu-aponta-falhas-no-pac-da-seguranca,750729,0.htm

    Juntemo-nos todos a exigir do MP o exercício de seu papel de guardião da sociedade e de Fiscal da Lei!!!!!!!

  • Maridalva Vinhas

    -

    28/7/2011 às 8:29

    Augusto,
    Já pensou a trabalheira?
    Com tantos tentáculos vorazes só cercando TODOS
    os políticos, secretários, assessores, diretores… (acho
    que faltará espaço aqui para nominar), e obrigar a devolução de todos os “seus” bens! Ah, e não esquecer dos chefes e chefas responsáveis pela implantação e manutenção.

  • jovem

    -

    28/7/2011 às 8:23

    Antibes 28/07/2011 às 8:05,

    Precisou o Governo de São Paulo acionar o MP Federal para essa instituição sem iniciativa tomar alguma providência no escandaloso caso do INCRA em São Paulo:

    http://www.estadao.com.br/estadaodehoje/20110728/not_imp751071,0.php

    Além de inertes, somente um outro governo os fazem se movimentar!!!!!!

  • Enio Arantes

    -

    28/7/2011 às 8:12

    Ainda bem que temos gente na imprensa como voçe e o Reinaldo .Onde está o procurador Francisco que infernizou injustamente a gestão de F H C ? Será que está mamando em uma boa têta?

 

Serviços

 

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados