Blogs e Colunistas

03/05/2011

às 16:47 \ Direto ao Ponto

O farisaísmo da tropa que disfarça o choro pela perda do terrorista de estimação

As reações à morte de Osama Bin Laden fotografam com penosa nitidez a cabeça e a alma dos enlutados que disfarçam o choro pela perda do terrorista de estimação. Os soldados rasos das milícias em guerra contra o Grande Satã Americano são apenas idiotas. Acham que os atentados do 11 de Setembro foram produzidos pelas vítimas (lideradas por George Bush), que os heróis são os bandidos, que a Al Qaeda é um exército de libertação e que Bin Laden já estava morto ou não morreu. Se prevalecer a segunda alternativa, os inimigos do imperialismo estadunidense terão encontrado seu Elvis Presley.

A idiotia dos milicianos é tão repulsiva quanto o farisaísmo dos que curtem o luto no governo, no PT ou nas redações. Uns e outros torturando o idioma e a lógica, começam a costurar um samba do terrorista doido. A letra diz o seguinte: recolhido ao lar em companhia de amigos e parentes, o aposentado Osama Bin Laden foi vítima de um ataque que violou a soberania do Paquistão, impôs a pena de morte sumária a quem merecia ser julgado por um tribunal, com direito a ampla defesa e recursos a instâncias superiores, matou cinco inocentes que dormiam na residência, negou ao morto um sepultamento digno e, compreensivelmente, despertará a cólera de combatentes islâmicos postos em sossego.

É muito cinismo, sabe até um sócio-atleta do clube dos cafajestes. Não existem terroristas aposentados. Houve um contra-ataque, em resposta à ofensiva traiçoeira que transformou o 11 de Setembro no Dia da Infâmia: foram executados 2.995 civis inocentes. A Al Qaeda é uma organização criminosa que não respeita fronteiras. Violou há 10 anos a soberania americana ao explodir as Torres Gêmeas, violou a soberania do Paquistão ao instalar a fortaleza clandestina em Abbottabad.

Lá não havia paisanos, mas combatentes engajados na Jihad, a guerra santa que só terminará com a morte do último infiel. O julgamento de Bin Laden transformaria qualquer tribunal no alvo perfeito para a reprise do 11 de Setembro, e promoveria a ser humano uma obscenidade especializada em colecionar crimes contra a humanidade. O mar foi a tumba possível. Nenhum parente reclamaria o corpo. Nenhum país cederia sequer uma cova rasa a Osama Bin Laden.

Homicidas patológicos não precisam de pretextos para matar. As tropas da Al Qaeda estavam ansiosas por mais ataques com Bin Laden vivo. Melhor que tentem atacar sem o chefe que teria tornado o mundo melhor se nem tivesse existido.

Deixe o seu comentário

Aprovamos comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais (e-mail, telefone, RG etc.) e links externos, ou que sejam ininteligíveis, serão excluídos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.

» Conheça as regras para a aprovação de comentários no site de VEJA

175 Comentários

  1. José Kruzic

    -

    25/05/2011 às 18:48

    Sr. Carlos Nascimento: Se Hitler ou Stalin tivessem conseguido a Bomba A antes dos EUA, elea a teriam usado? Sim ou Não!
    Se Truman não tivesse usado a bomba contra o Japão depois desse ter ignorado o ultimato de Potsdam, para chegar ao seu objetivo declarado (rendição incondicional do Japão) teria de invadir as ilhas metropolitanas em ações de guerra que teria, segundo as avaliações da época, custado mais de um milhão de vidas, inclusive muitos milhares de vidas americanas. Quando fosse divulgado que Truman sacrificara essas vidas para não usar uma arma que custou anos de trabalho de 500000 pessoas nos EUA, com custo enorme, ele certamente seria cassado, com razão, creio eu.
    Se Stalin tivesse a bomba certamente a teria usado, apesar da sua notória relutância em cometer “CRIMES HUMANITÁRIOS”, e você hoje plausivelmente o estaria justificando, não?

  2. José Kruzic

    -

    24/05/2011 às 16:42

    O 11 de setembro foi um ato de guerra, precedido por outros, e assim foi assumido pelos EUA. Osama sabia perfeitamente o que o esperava, inclusive que não devia mais dormir duas vezes na mesma cama. A ação que o matou foi um ato de guerra, em que os combatentes tem poder de vida e morte sobre o inimigo. Se o Paquistão fosse um parceiro confiável dos EUA não teria dado abrigo a bin Laden por tanto tempo. Os EUA sempre deixaram claro que não havia refúgio para bin Laden, e quem o acolhesse estaria sabendo disso. Havia muitos riscos, e os EUA os assumiram, e superou todos, inclusive políticos, como o que fazer com o corpo. Foi uma ação competente, refletida, eficiente; e os ‘progressistas’ tem mais uma frustração a digerir.

  3. Antonio Palhares

    -

    14/05/2011 às 13:02

    Concordo com o Carlos Nascimento.Imperio da lei é
    diferente de imperio da força.Os Estados Unidos
    perderam uma grande chance de mostrar ao mundo que realmente são mais civilizados que estes facínoras
    terroristas dementes.Não esqueçamos tambem que como consequencia disto,foi invadido o Iraque e
    200.000 pessoas morreram,quem responde por elas?

  4. luis renato

    -

    14/05/2011 às 1:20

    Os EUA dizem que a guerra é contra os terroristas e não com contra os mussulmanos . Nada mais falso . Assim como os alemães depois da segunda guerra. Ninguem era nazista . A grande maioria dos arabes mussulmanos são simpáticos aos terroristas e apoiam suas ações. os EUA sabem disso só tentam reduzir as tensões entre a cultura acidental e a mussulmana, mas sabem que essa tarefa é impossivel.

  5. Alberto Pessanha

    -

    13/05/2011 às 16:15

    Bim Laden era um herói e será tão motológico quanto cheg Guevara. Só terrorista latino pode ser cultivado pela mídia?

  6. MP CINCO

    -

    13/05/2011 às 15:37

    Augusto,o que nos diferencia destas “viúvas” do Bin Laden é que somos À FAVOR da lei e das regras escritas e não das “pensadas ou de momento”,desta forma eu respeito e muito a sua opinião,mas assino logo abaixo do que escreve o Carlos Nascimento,mesmo com o risco da humanização de um fascínora,mesmo que o Suplicy fosse cantar para o Bin Laden na cela,ainda assim somos diferentes e para nos tornarmos iguais quem deve mudar são “ELES”!Um grande abraço com muita admiração por sua postura e coragem.

  7. luis renato

    -

    13/05/2011 às 15:32

    Não sou profeta mas depois de tudo que anda acontecendo no mundo só enchergo o dia do juizo final com uma guerra devastadora . Os radicais jamais abriram mão de suas posições e o mundo continuara cada vez mais conturbado. Só vejo a solução final atravez de uma guerra entre civilizações. Ganhe quem ganhar , a humanidade vais ter que passar por isso prá recomeçar do zero de preferencia sem o estigma das religiões , que considero a origem de todas as guerras e todos os males da humanidade .

  8. Margarete Lima Almeida

    -

    12/05/2011 às 21:24

    Ok! Não darei mais minha opinião.

  9. Margarete Lima Almeida

    -

    12/05/2011 às 21:18

    Concordo com o Sr.Carlos Nascimento e acho sim que o respeito é fundamental para a manutenção das instituições, coisa que os Estados Unidos não fez alegando defesa, mas então o Japão também tem o mesmo direito.Se todos acharem normal logo os Americanos podem por um motivo qualquer mandar uma bomba para o Brasil alegando qualquer coisa.

  10. Tamara

    -

    10/05/2011 às 14:17

    Teoria da conspiração: Bin Laden não morreu. Quem estava na casa do Paquistão era o Hélio com a Jandira, gravando mais um episódio do Casseta&Planeta, do quadro “cafofo do Osama”.

  11. Joannis Roidis

    -

    09/05/2011 às 16:39

    Ponto para o americano. A morte desse cara é bom lembrete para os demais da Al-Qaeda – serão encontrados e executados, onde estiverem.

  12. duduvieira10

    -

    08/05/2011 às 22:45

    Com certeza sem Bin Laden “O comedor de criancinhas” hoje o mundo é melhor, fora a parte os perfeitos idiotas latinos-americanos.

  13. Emerson Rodrigues

    -

    08/05/2011 às 16:42

    DEUS SALVE A AMERICA E SALVE BARACK HUSSEIN OBAMA

  14. carlos nascimento

    -

    07/05/2011 às 19:53

    Mestre Augusto,
    Nunca fujo das polêmicas, no caso do terrorista sanguinário, não poderia ser diferente, veja o que penso do episódio.
    A morte do louco sanguinário é um alívio para o planeta, pois sua liderança “maligna”, contribuia negativamente para o aumento das tensões entre os divergentes, bem como, estimulou um certo preconceito contra o Islamismo, que agora talvez possa ser analisado e observado de outra forma.
    A ação Americana era inevitável, o desfecho da captura era questão de tempo, demorou demais, agora, minha opinião “pessoal”, a forma como foi executada quebrou várias regras, regras que queiramos ou não, são o equilibrio da Civilização, a invasão de espaço territorial soberano de um País, o sumiço do corpo, podem ter justificativas de mérito, porém, são ilegais.
    Se foi ilegal, mesmo tendo sido liquidado quem foi – bin laden – devemos manter as regras do jogo, sob pena de, para cada situação criarmos regras próprias que possam justificar os nossos interesses.
    Penso que localizado o covil, identificado a presença do alvo, com os recursos tecnológicos – estava monitorado – os Americanos poderiam criar o ambiente Institucional correto, envolvendo o Presidente do Paquistão na operação, e ai sim, prendendo o terrorista.
    Penso que os problemas que irão surgir, seja com o corpo do terrorista lançado ao mar, como se fosse entregue a familia, são de iguais proporções, fanáticos são fanáticos e o desejo de retaliar está na demência dos neurônios.
    O presente caso, guardada as devidas proporções, me fez refletir sobre a decisão do Presidente Americano – Trumann – ao mandar despejar as bombas no Japão, o mérito da questão poderia ser justificado, em minha opinião pessoal , aquilo foi um CRIME HUMANITÁRIO, vários inocentes morreram, sem qualquer chance de defesa, foi correto ? Confúcio dizia “o tempo é o Senhor das soluções”, no episódio do terrorista, o tempo dirá, no episódio do Japão o tempo já respondeu, NÃO.
    Abraços
    Carlos Nascimento.

  15. Cicero

    -

    06/05/2011 às 21:39

    Que pena que o lullllalau não foi junto com o assassino bin laden(letras bem minúsculas).Os Americanos podem e devem combater esses vagabundos, onde eles estiverem para o bem e a paz do planeta terra.Parabens USA.

  16. cistiane rebola

    -

    06/05/2011 às 17:40

    Vocè esqueceu de mencionar os atentados de Madrid , Londres entre outros!!

    Localizado e abatido !!! Como havia de ser !!
    Parabéns aos soldados que entraram lá e cumpriram sua missao!!

  17. Frank

    -

    06/05/2011 às 14:04

    Prezado Augusto: Eu tenho esposa,filhos e filha, netas e neto, genro e nora e não gostaria jamais que eles estivessem nas Tôrres Gêmeas no dia 11.Set.2001. Mais de trinta anos protegendo-os, orientado-os e ajudando dentro das minhas possibilidades. Que dôr sinto pelos que perderam os seus naquele fatídico dia.Dia em que chegando em meu escritório, liguei a TV e vi as imagens da 1a. torre fumegando em um ponto, e o Jornalista Carlos Nascimento dando a notícia, de que não se sabia o que a tinha atingido, falava-se em um avião de pequeno porte. E logo veio o outro avião, e aí ele disse, tudo indica que é um atentado, naquele momento eu chorei e já pensei imediatamente nas vítimas inocentes que sucumbiriam a esta fúria assassina, que depois se descobriria que o mandante do crime fora Bin Laden, e ele mesmo depois assumiu a autoria do atentado,sabendo-se também que os executadores do seu plano pereceram junto as vítimas dos aviões, mas não devem ter sentido nada, já tinham passado por uma boa “lavagem cerebral”.E agora por coinciência, destas que a vida proporciona, e não temos explicações à elas; assistindo o Jornal na TV, pouco mais de dez anos depois, o mesmo Jornalista Carlos Nascimento lá estava, dando a notícia da morte do criminoso Bin Laden. E na sequencia mostrou americanos próximos ao marco zero NY agradecendo Obama pelo feito, que na realidade foi de todos os americanos, a morte dos inocentes de 11 de setembro 2001, foi vingada, porque quem lança mão da espada, morrerá pela espada, disse Jesus.
    Agora, Augusto, eu fico atônito, de ler comentários, reclamando que os Estados Unidos, desreipeitaram a soberania de um país, o Paquistão, e lograram exito na caçada ao algoz de seus cidadãos, dentro do seu território, então Bin Laden podia, mandar fazer o que os seus seguidores fizeram ? Ora, pelo amor de Deus, senhores defensores de Satanás, que só muda de roupa, um dia de turbante, outro dia de terno, mas continua na sua missão de matar e destruir a humanidade. Valha-nos DEUS !!! Augusto, respondendo a sua pergunta ref. o milicianomariofragoso 5/5/11 16:39. acho que a família dele inteira, poderia sim estar no último andar da torre que ruiu primeiro, mas de coração eu te digo, eu não desejaria, pagar com mal, o deboche que êle fêz, : …” O rostos consternados, na redação do … nas ruas … que ridículo ” disse, Aí, Aí Aí, será que ele é mais um sem neurônios, ou é muito novo,e ainda se equivoca com muitas coisas ?, ou ainda é um ser frio ? sem amor, nem pelos seus, nem pelo dos outros, a maneira de um psicopata, será ? tomara que não; acredito que ele é só muito novo, e tem muito o que aprender !!! Abraços.

    Perfeito, caro Frank. Abração.

  18. Almirante Kirk

    -

    06/05/2011 às 0:50

    O mundo está um pouco melhor:um louco revolucionário terrorista(pleonasmo) a menos no mundo!Em vez do prazer com 70 virgens,Osama Bin Laden tem agora,no Inferno,o desprazer eterno com 70 demônios (aí incluído o PRÓPRIO Satanás,é claro!)!!!
    A lista com outros democidas/genocidas,para fazerem companhia a Bin Laden,no Inferno,é longa…Felizmente,a fila anda!!!O problema é quando nem Satanás deseja um muito parecido com ele,como é o caso do zumbi chamado Fidel Castro!

  19. Almirante Kirk

    -

    06/05/2011 às 0:41

    Excelente – como sempre -,caro Augusto Nunes!!!
    Parabéns!!!

    As viúvas esquerdopatas choram a morte dos auxiliares de Satanás na Terra!Eita gentalha esquerdista asquerosa(pleonasmo),esta!!!

  20. josé marins

    -

    05/05/2011 às 20:43

    Ao ótimo jornalista Augusto Nunes
    Tenho lido alguns comentários sobre sua pergunta e fico surpreso com as manifestações, que não são na verdade, respostas à suas indagações. O mais preocupante é pouco ou quase nenhum conhecimento da História mundial recente. A maioria acha que o Ditador Bin Laden, apareceu da noite pro dia organizando o terror no mundo. Não é bem assim, explique pros demais que ele pertence ao principado Saudita, é um dos xeiques árabes e que foi colaborador e aliado do governo americano no Afeganistão contra os russos, e que sua família tem muito dinheiro do petróleo investido em empresas de base americana (multinacionais), inclusive a do anterior vice-presidente americano.
    Não quero passar a mão na cabeça de nenhuma organização criminosa ou não, o que não se pode negar é a História, para isso basta ler os arquivos secretos americanos, que por força de sua constituição, (lá eles respeitam), são obrigados a tornar público de dez em dez anos, os mais simples documentos, e de vinte em vinte os mais comprometedores; e há também os que não podem ser revelados nesta geração. Por isso sou a favor do que falava o saudoso João Saldanha: “Se és governo, sou contra”. Não devemos confiar assim de cabeça em qualquer governo, nesta turma não tem bonzinho.
    Um grande abraço

  21. Toni Silva

    -

    05/05/2011 às 20:30

    Prezado Augusto,
    “Quaisquer que fossem os atos atribuídos a Bin Laden, o assassinato de um ser humano desarmado e cercado de familiares constitui um fato repulsivo” (Fidel Castro – Sanatório Geral).
    E o que dizer dos 2.995 inocentes pulverizados da face da terra sem a menor chance de defesa? Estavam todos armados? Um já foi e não fará falta nenhuma no mundo civilizado.

  22. Gilberto Aldo Silva

    -

    05/05/2011 às 20:06

    Augusto, sou leitor assiduo de seu blog e concordo com muitas de suas opiniões.
    Não lamento a morte de Bin Laden, nem de qualquer outro terrorista.
    Mas, vale ressaltar que os americanos adoram uma guerra. Se não tem, eles criam uma.
    Destruiram o Iraque, mataram milhares de inocentes, sob falso pretexto (armas de destruição em massa, nunca encontradas).
    Em matéria de crimes contra a humanidade, eles são doutores.
    Hiroshima e Nagasaki não nos deixam mentir.

  23. Sabine

    -

    05/05/2011 às 19:40

    Parabéns, Augusto Nunes

  24. Lis Biriti

    -

    05/05/2011 às 19:39

    Parabéns, mais uma vez, pelo magistral artigo.

    Um beijo, Lis.

  25. Miriam Netto

    -

    05/05/2011 às 18:44

    Não entendo como alguém, pode defender,ou lamentar à morte de um ser tão asqueroso e repugnante.
    Graças à Deus, o Bicho ( sem ofensa aos animais ) estar MORTO. Parabéns USA!!!! Menos um bárbaro no mundo.

  26. Samuel

    -

    05/05/2011 às 16:44

    O grande problema dos esquerdistas é justificar todos os seus erros através da defesa da ideologia “pura”, “humana, “justa” e “igualitaria” do socialismo. A ideologia justifica qualquer barbárie. Já os Estados Unidos se matam um terrorista que matou milhares, poderiam ter sido mais de 20 mil se as torres tivessem caído no momento do impacto, e que está a um metro do seu AK-47 é um crime contra os direitos humanos. Já as mortes causadas pelas ditaduras de Stalin, Pol Pot, Tito e Mao, todas elas na casa dos mihões, se justificam. As mortes causadas pelo mito Che Guevara nas guerrilhas são santas, um milagre da religião socialista.

  27. mario fragoso

    -

    05/05/2011 às 16:39

    Me lembro do dia 11 de setembro… os rostos consternados na redação do JL… nas ruas…
    que ridículo.

    Respondam, amigos: vocês não acham que o milicianomariofragoso merecia ter a família inteira trabalhando nas Torres Gêmeas no dia 11 de setembro de 2011?

  28. nilson

    -

    05/05/2011 às 16:20

    Colega ARILSON SARTORATO, você também tem toda razão.
    Mas quem disse que o Dantas é um empresário brilhante foi o FHC.

  29. nilson

    -

    05/05/2011 às 16:12

    Concordo plenamente caro Augusto, até que enfim estamos do mesmo lado em algum assunto.

  30. Frank

    -

    05/05/2011 às 13:57

    Augusto, em com. que ví ontem, um missivista mencionava, que um vereador pediu um minuto de silêncio em respeito a morte do terrorista-criminoso-assassino de 2.995 vítimas inocentes no WTC em NY, mais as vítimas no atentado à emb. USA na Somália e ao destroier americano, mais a vítimas de Londres e Madrid. e outras vítimas igualmente inocentes. Onde será que se esconde este crápula ? sob qual bandeira ? para pedirmos à força “Delta” dos EE.UU. fazer uma visitinha pra ele tb. ? As vítimas de New York estavam começando mais um dia de trabalho, pacificamente, desfrutando dos direitos de suas cidadanias; fora os bravos bombeiros que fizeram de tudo para salvá-las e também perderam as suas vidas.E este sujeito beligerante de que base da Al Qaeda saiu ?tava trabalhando em qual acampamento de treinamento de terroristas-bandidos ? Que tal, ele fazer um minuto de silêncio em Guantânamo ?

  31. MARCOS BH

    -

    05/05/2011 às 13:38

    Este blog é dos blogueiros limpos?
    Faltam mais DEZ 11 de setembro. Porque esta turma aqui do Brasil que gosta dos Yanques, não mundem, para lá, e vão ser lavadores de prato…

    A besta quadrada do Marcos BH pelo menos espanca o português com sinceridade. É terrorista confesso. Os vizinhos dele que se cuidem.

  32. Patricia Neves

    -

    05/05/2011 às 13:30

    Fiquei absolutamente chocada ao ler comentários e matérias jornalisticas sobre a morte desse inominável terrorista. Como se esse ser odioso tivesse algum direito humano ou direito de defesa!Irrelevante se ele estava desarmado ou não.Se o Paquistão foi violado ou não.Quem queria Bin laden vivo, para ser julgado num tribunal, decerto esperava ver milhares de atentados e sequestros praticados pelos seus loucos seguidores, para barganhar a soltura do chefe.
    A morte lhe caiu muito bem.

  33. Delmar Fontoura

    -

    05/05/2011 às 12:26

    .
    A BURRICE.
    .
    Que “estranho” é o comportamento do ser humano em relação a seus heróis; idolatra James Bond na ficção ou um “Luís Brasileira” hipotético, ao mesmo tempo em que demoniza um “Mariner” que mata Bin Laden na vida real…

    Não simpatizo com o comportamento “idiótico” (eu disse comportamento) de parte do povo Americano, mas os “idolatro” por serem os primeiros a dar a vida em nome da Democracia e Paz mundial… …enquanto os “anjos” do Brasil fazem o que? Pois eu sei o que fazem: portam em seus chaveiros as chaves dos Cofres Públicos ou se resignam às patifarias dos políticos brasileiros…

    O maior mal da humanidade é não terem percepção da realidade que os cerca pois: vêem, mas não enxergam; ouvem, mas não escutam!… …isso é BURRICE mesmo.

  34. marcelo rosa melo

    -

    05/05/2011 às 12:17

    Não tem jeito, os esquerdistas sempre defenderão o que não presta na humanidade (corruptos, criminosos, e psicopatas).
    As pessoas honestas, honradas e esforçadas, incomodam estes esquerdistas prá valer. É uma inversão de valores absurda.

  35. arilson sartorato

    -

    05/05/2011 às 10:08

    O LULA DEVE ESTAR DE LUTO COM A MORTE DO DEMÔNIO,POIS TUDO QUANTO É COISA RUIM ELE PASSA A MÃO NA CABEÇA, DEFENDE, E CHAMA DE COMPANHEIRO.POIS OS PARES SE IGUALAM.

  36. nilson

    -

    05/05/2011 às 10:02

    Então como nos filmes hollywoodianos, mata-se o chefe e estamos livres dos seus seguidores.

    Não. Infelizmente.

  37. nilson

    -

    05/05/2011 às 9:38

    Então como nos filmes hollywoodianos, estamos enfim livres do terror.

    Não. Mas estamos livres de um verme. Pena que existam tantos.

  38. commem

    -

    05/05/2011 às 8:59

    Voces precisam entrar num acordo e combinar melhor suas teses

  39. Nei Moreira

    -

    05/05/2011 às 8:22

    Corrigido, grande Nei Moreira. abração

  40. Nei Moreira

    -

    05/05/2011 às 8:06

    Augusto.
    Estamos voltando à era da mediocridade, ao século passado, quando os pseudos- esquerdistas, apoiados por seitas religiosas e inúmeras facções, se posicionaram e passaram a defender os direitos humanos dos ladrões, assassinos e outros pervertidos de nossa sociedade que àquela época tiveram o apoio de dezenas de entidades que foram criadas para defender estes bandidos e em nenhum momento se lembrarem das vítimas desses assassinos. Com a morte deste terrorista cruel, Bin Laden, apareceram seus defensores, pois estes que o defendem são portadores de mentes tão doentias quanto às que possuía o terrorista. Em nome de um Deus cruel e vingativo, juntamente com seus sequazes, promoveu o maior morticínio de inocentes neste início de século com a derrubada das torres gêmeas de Nova York, em 11/09/2001, quando perto de 3000 cidadãos americanos foram vitimas destes assassinos. O que esperar desta humanidade que em nome de religiões, ditadores e políticos é manipulada e levada a extremos, conduzida por estes elementos desprovidos de quaisquer noções sobre o bem e o mal.

  41. Paulo Bruno

    -

    05/05/2011 às 3:46

    Você virou spam. Direto pro lixo. Desperdice o tempo como quiser.

  42. Cássio

    -

    05/05/2011 às 1:36

    Perdão, não foram seiscentos mil mortos. Foram menos de duzentos mil, incluindo os quatro mil soldados americanos. Uma guerra que já se sabia inútil antes mesmo de começar….

    Você cometeu um erro irrelevante. Quatrocentos mil, como sabemos, são pouca coisa. Além do mais, só morreram 4 mil americanos. Numa guerra inútil, claro. Como a Primeira e a Segunda. Útil foi o ataque às Torres Gêmeas.

  43. Cássio

    -

    05/05/2011 às 1:27

    Em momento algum eu lamentei o destino de Bin Laden, como você pode perceber se ler meu comentário com atenção. Na minha opinião, uma morte rápida foi um presente para ele.
    O que eu lamento, isso sim, é que tantos inocentes morram nas mãos desses bárbaros terroristas e americanos: os três mil das torres gêmeas e os seiscentos mil da guerra do Iraque. Farisaísmo puro é você fazer de conta que não sabe disso, sendo um jornalista bem informado.

    O que esperar de alguém que diz que morreram 600 mil no Iraque? Nenhum americano, certamente. Os ianques só matam.

  44. Paulo Bruno

    -

    05/05/2011 às 1:00

    Além de arrogante …

    Abriu o jogo, miliciano? Não era o primeiro e último comentário? Cai fora, imbecil.

  45. Vicente Pinheiro

    -

    04/05/2011 às 22:51

    Brilhante mais uma vez AN, tanto que compartilhei o texto no facebook! Aliás, pena q demorou foi muito pra encontrarem esse bandido covarde e sanguinário e, assim, deu tempo p/ as barbaridades de Madri em 2004 e Londres em 2005 (Quando um jovem brasileiro perdeu a vida por causa desse monstro!)!!! Parabéns aos US Navy Seals, a CIA e, enfim, ao governo dos EUA

    Abração, Vicente.

  46. jfaraujo

    -

    04/05/2011 às 21:35

    Quem critica os EUA são pseudocomunistas retrógrados e hipócritas. Os EUA invadirama Alemanha, o Japão e a Coréia do Sul, saíram de lá e hoje esses dois países são potências capitalistas democráticas. O próprio Brasil hoje é uma democracia capitalista graças à intervenção americana no golpe de 64, que jogou por terra as ameaças de reformas para instituir o regime comunista no nosso país, apesar de ainda hoje sofrermos com a influência de muitos caudilhos populistas. Osama Bin Laden era um criminoso psicopata enlouquecido que teve um julgamento justo, sumário, não deveria continuar vivo se fosse capturado. Sua morte significa uma vitória do bem sobre o mal, da liberdade sobre a opressão, o medo.

  47. Paulo Bruno

    -

    04/05/2011 às 20:04

    Foi a primeira e última vez que escrevi nesse espaço….

    Você escreveu outros dois comentários em outubro de 2010, milicianopaulobruno. E levou dois trancos mais que merecidos. Repito: comente em algum blog estatizado.

  48. Kitty

    -

    04/05/2011 às 20:00

    Prezado Augusto,
    Nem por um momento sequer,fiquei surpresa pelas suas palavras no começo do post. Que diferença faz? São terroristas!!! Uns, como a rede Al-Qaeda, usam os métodos do terrorismo infame, que por defender uma idiología insânia, não se importam em imolar tantas pessoas inocentes explodindo ás Torres Gêmeas; e outros terroristas na forma de guerrilha urbana que queriam impor na America Latina o comunismo castrista,sendo liderada por outro “Bin Laden”, o Che Guevara!!!
    Nunca poderiam apoiar a morte de B. Laden, seria como olhar-se no espelho e dizer “Eu sou você amanhá”. Senão, o que está fazendo Cesare Battisti ainda no Brasil?
    O terrorismo, qualquer que seja a idiologia ou bandeira que dizem defender, é um ato criminoso, porque o fazem de forma sorrateira, e se escondem detrás do anonimato, pouco se importando com as vítimas, porque o lema deles é “O Fim justifica os Meios”.
    Terminando, e fazendo minhas as suas palavras na pergunta: A rede terrorista al-Qaeda não violaram a soberania americana quando lançaram os aviões contra ás Torres? E não impuseram a pena de morte de tantas pessoas inocentes?
    Abraços

  49. Corinthians

    -

    04/05/2011 às 19:33

    Antes de mais nada, ótimo post Augusto.
    Mas devo dizer que fico impressionado com alguns comentários que aparecem aqui – eles mostram o por que o Brasil é o que é…
    Realmente, apesar de válido o argumento de que Osama deveria ser submetido a um julgamento, isso na realidade seria um absurdo.
    Absurdo por que, em primeiro lugar, os militares dos EUA entraram em território estranho e HOSTIL – a periferia de uma cidade, de um país de maioria muçulmana que é comprovadamente campo de treinamento para vários terroristas (mesmo com o governo cooperando com os EUA). Alguém aí imagina o BOPE entrando numa favela para entregar intimações, ou atirando balas de borracha ? É uma situação parecida, pior claro por que nenhum bandido se explode para proteger o traficante líder. Aliás ninguém sabia o que encontrar na casa exatamente – poderiam existir bombas ou outros dispositivos que acionados destruiriam tudo ?
    Osama se entregaria pacificamente ?
    Mesmo que se entregasse, que fosse levado para o tribunal internacional, seus admiradores não iriam gerar uma onda interminável de atentados em todos os lugares ? Os desenrolamentos dos atentados não poderiam levar a uma guerra com um ou mais países muçulmanos – Irã, Síria, Líbano, entre outros ?
    Afinal, se os aliciados do MST aceitam se arriscar para fazer o Abril Vermelho mesmo o líder sendo o Stédille ou o Rainha, se os “professores” da APEOESP fazem greve para afetar as eleições em favor do PT, imagine do que seriam capazes os fanáticos terroristas ?
    Valeria mesmo a morte de tanta gente, tantos riscos só para julgar Osama, que em vídeo confessou ser o mandante dos ataques de 11/09 e outros ?

    Quanto aos comentários de Roberto Vieira Cavalcanti, estou espantado com as teorias de conspiração – me parece até paranóia. Existe alguma prova disso ? Quando você diz quem se beneficiou, você fala em que sentido ?

    Concordo com tudo o que você escreveu, amigo. Essa turma que lamenta a morte do Bin Laden deve ter achado corretíssimos os julgamentos de Moscou e o paredón cubano. Mas criticam o bombardeio de Dresden e o ataque ao bunker do Hitler. Os americanos estão sempre errados. abração

  50. Cássio

    -

    04/05/2011 às 19:22

    Uma nação legítima, civilizada, que obedece a uma Constituição votada; um país que se apresenta como paradigma de princípios morais e éticos, e que se diz ferrenho defensor desses princípios em todo o mundo…..tal país não pode se nivelar a criminosos comuns ao adotar suas práticas selvagens. Ao agir assim, está rasgando sua Constituição e todos os tratados internacionais de que é signatário.
    Quantos seres humanos morreram no Iraque em nome das famosas armas de destruição em massa que eles já sabiam que não existiam mesmo antes da invasão? Quantos cadáveres destroçados, de soldados americanos e civis inocentes, em nome de uma mentira?
    São todos iguais, todos selvagens. A diferença é o discurso.

    Nenhum comentarista que lamenta o que houve com o Bin Laden lembra os 2.995 mortos do 11 de Setembro. Nenhum. Bota farisaísmo nisso.

  51. Té Carvalho

    -

    04/05/2011 às 19:02

    Ótimo texto.
    Incluo, com sua permissão, o fato de ser o “Grande Satã”, no Brasil, o “ParTido”. Aquele que é, sem sombra de dúvida, o explosivo e o detonador das nossas Instituições Nacionais democráticas. Age nas sombras antes de vir à luz,e, covardemente e populatescamente, na base do dinheiro sujo, dos murros e das facadas diárias no coração da Democracia nosso País. Olhos abertos, Brasil.

  52. Dawran Numida

    -

    04/05/2011 às 17:01

    O entendimento tem de ser que o respeito às vítimas dos atentados atribuídos e assumidos por Bin Laden e seu grupelho, vale mais do que eles. Fazer contorcionismos para lograr torná-los maiores do que suas vítimas é um disparate.

  53. Ricardo

    -

    04/05/2011 às 16:59

    Perfeito Augusto,seu texto só desaponta os petistas instalados nos poderes da república e os milicianos.Estes devem estar loucos pra morar no Irã,ou em Cuba.CAMBADA!

  54. Roberto Vieira Cavalcanti

    -

    04/05/2011 às 16:41

    Prezado Dr. Néstor Bucker – 04/05/2011 às 13:13, se eu estivesse aqui para pertubar já teria sido catapultado à moda da casa a muitas horas atrás. Nem todos os que não aceitam tudo que vem do norte é, por dedução, um petralha (o petista da pior espécie). O fato de você usar a sua capacidade de raciocino para concluir o que concluiu é um direito seu, assim como usei a minha para concluir e dizer o que disse nos meus comentários, que só não foram concluídos pelo motivo dado, educadamente, pelo autor desse blog, às 23:22 de 03/05/2011.

  55. fontana

    -

    04/05/2011 às 16:34

    Ó que injustiça. Foram os USA que criaram Bin Laden. Ótimo. Um Artista cria uma obra.Se ela sair perfeita ele a publica.Se sair imperfeita ele a destrói. Nada mais justo.

  56. Carolina Dias

    -

    04/05/2011 às 16:30

    Osama se foi e não me deixou com saudades.Vou evitar tomar banho de mar nas próximas semanas, para não me contaminar…

  57. j.freire

    -

    04/05/2011 às 16:00

    Augusto,
    segundo o velhaco e sua trupe, já deixamos de ser emergente há muito.

  58. j.freire

    -

    04/05/2011 às 15:59

    Augusto,
    sensacional o samba do terrorista doido.

  59. or

    -

    04/05/2011 às 15:44

    AUGUSTO. TU TAIS NERVOSO?

    Não. Por que haveria de estar? A notícia foi muito boa./strong>

  60. Roberto Vieira Cavalcanti

    -

    04/05/2011 às 15:30

    Prezado Augusto, peço direito de completar meu raciocínio em vista do comentário do Dr. Néstor Bucker – 04/05/2011 às 13:13, dando margem a este tipo de comentário que, a propósito acho saudável e ajuda a tornar mais interessante um post, permitindo assim ao prezado acima completar ou não seu diagnóstico, mostrando a ele que não estou sofrendo de nenhuma confusão mental, o único sintoma neurológico possível, já que além de formigamento nas pernas, por ficar horas diante deste computador, não tenho dor de cabeça (cefaléia), desmaios (epilepsia), perda de força (paralisias, plegia ou paresia), alterações visuais (perdas visuais, visão dupla, pontos luminosos), alterações da fala (gagueira, afasia), etc.(http://cefaleias.com.br/blog/principais-sintomas-neurologicos) e apenas estar vivendo uma realidade um pouquinho diferente da dele e da maioria. Por favor nada parecido com a do ex presidente do PT. Talvez se referisse a problemas psiquiátricos. Neste caso, se constado, é só mandar o pessoal da Pinél. O meu IP você já tem.

  61. G G Oliveira

    -

    04/05/2011 às 15:29

    Olá meu irmão e amigo Augusto, já fiz meu comentário sobre o Osama e recebi tua resposta atenciosa; como sempre. O motivo de voltar aqui é para saber se tens conhecimento desta barbarie preparada pelo PT, em caso de morte da presidente Dilma : http://www.youtube.com/embed/hoQMJ8lekqU?rel=0&hd=1 acista este video e teus leitores também. Se for isso é guerra civil mesmo o que eles pretendem. O Bin Ladem é fixinha perto dessa corja.

  62. Marcelo

    -

    04/05/2011 às 15:05

    Em primeiro lugar, creio que OBL ja foi tarde e o mundo esta melhor sem ele. Porem, nao posso concordar com a tese defendida. Nao e porque o sujeito e um facinora que devo me vingar do facinora usando seus metodos. Os nazistas exterminaram milhoes e foram julgados. Que se promovesse o espetaculo circense e depois lhe aplicassem uma injecao letal, cadeira eletrica ou uma bala no meio da testa. Augusto, sem perceber, vc esta validando o discurso do PT, poque outros fizeram, pode-se fazer tambem… Isso e inadmissivel em Brasilia, Washington ou Islamabad

    O julgamento dos nazistas foi possível porque a guerra terminara, caro Marcelo. Mesmo assim, até hoje se discute o que houve em Nuremberg. Os legalistas alucinados ainda afirmam que a lei não poderia ter retroagido em prejuízo do réu. Como se os crimes contra a humanidade não estivessem codificados desde o Dia da Criação. Durante a guerra, Churchill foi contestado por bombardear cidades alemãs. Como se devesse suportar sem reação o bombardeio de inúmeras cidades inglesas.
    O curioso é que só dos americanos e seus aliados se exige respeito a códigos que todos violam sucessivamente e sem que ninguém esperneie. A gritaria pela morte de seis pessoas no Paquistão é a maior que a provocada pela morte de quase 3 mil em Nova York. Só os EUA e seus aliados devem, também, respeitar a soberania das nações. O Bin Laden pode instalar-se à vontade no Paquistão e o Equador pode abrigar as FARC. O que não pode é um comando americano cruzar a fronteiras para revidar ao massacre das Torres Gêmeas, ou a Colômbia pode atacar o acampamento-hotel das FARC no Equador.
    Respeito seu ponto de vista, Marcelo. Mas comparar os métodos usados contra Bin Laden com o que ele fez no 11 de Setembro me parece puro delírio.
    abraços.

  63. gui

    -

    04/05/2011 às 14:46

    Triste é ter que perder tempo e $ com esse bando de malucos esquizofrenicos perigosos. O extremismo islamico é um dos principais causadores de atraso intelectual e, consequentemente, tecnologico da nossa civilização.

  64. Ronaldo

    -

    04/05/2011 às 14:39

    Assunto para outro post:
    Se passaram 5 ANOS! Sim, ninguém comentou o assunto… Na semana passada foram 5 anos do anúncio feito pelo então Presidente Lula comemorando a auto-suficiência em petróleo! De lá pra cá, a gente não sabia que ele iria cobrir cada mentira proferida com uma outra ainda maior!
    http://www1.folha.uol.com.br/folha/dinheiro/ult91u107085.shtml

    Ótimo toque, caro Ronaldo. Vamos nessa. abração

  65. PAULO BOCCATO

    -

    04/05/2011 às 14:09

    AUGUSTO, NÃO CIA, DIGO, NÃO CAIA NESTA…BIN LADEN NÃO MORREU !

    MAS DEIXO VOCE ESCOLHER :

    1-) CORTOU A BARBA, ABOLIU OS ‘VESTIDÕES’ MAS VEIO P. O BRASIL, E HOJE VENDE
    BADULAQUES NA FEIRINHA DO ‘SAARA’ LÁ NO RIO DURANTE A SEMANA POIS NOS FINAIS TRABALHA NA CASA DA ESFIHA MAS A NOITE, TOCA TAMBORIM NUMA ESCOLA DE SAMBA ONDE FAZ EVOLUÇÕES AO LADO DE UMA PELADONA !

    2-) NÃO CORTOU A BARBA, NÃO ABOLIU OS ‘VESTIDOES’
    MAS É CLARO, VEIO PARA O BRASIL ONDE VIVE AGORA EM UMA COMUNIDADE HIPPIE NEANDERTAL EM AREMPEBE…VESTIDO DAQUELE JEITO E COM O BARBÃO, MISTUROU-SE AOS LOCAIS COM SUCESSO!

    3-) APAROU A BARBA, ABOLIU O VESTIDÃO PARA USAR TERNO E GRAVATA , VEIO PARA O BRASIL, E HOJE, DISFARÇADO, TEM UM BLOG (MAIS UM ?!?!?!?!?)NA FOLHA DE SÃO PAULO ONDE ESCREVE SOBRE CULINARIA ARABE, A DIVERSIDADE SEXUAL DAS CABRAS E A INFLUENCIA DO PETROLEO NA VIDA BOEMIA DA VILA MADALENA CULPANDO OS EUA PELA PROLIFERAÇAO DE NARGUILES MADE IN CHINA !!

    …POR FIM :

    4-) NÃO CORTOU A BARBA, VEIO PARA O BRASIL, E SEM ABOLIR O VESTIDÃO ESQUISITO, É HOJE O MAIS NOVO ACESSOR NÃO-PUBLICO DE MARCO AURELIO GARCIA QUE O CHAMA CARINHOSAMENTE DE ‘CUNPAHERO BIM-BIM’ E QUE LHE PEDE TODAS AS NOITES p. FAZER NANA O SEGUINTE:
    “-BIM-BIM,CONTA DE NOVO COM VOCE ATACOU O IMPERIO ?”…!

    PODE ESCOLHER!

    AVE AVGVSTVS !!
    pê-é-çi :…fonte minhas segurissimas da CIA,FBI e do turco ali da esquina onde o Emir Sádico (com a lingua portuguesa) compra seus kibes, me asseguram que o mesmo esta escondido no Brasil onde finge ser o cabelereiro da Marta Suplicio atendendo pelo nome de…”Dorotéia” !

  66. Néstor Bucker

    -

    04/05/2011 às 13:13

    Grande Augusto Nunes,
    Este post mostra que não só alhures, mas também aqui, existem loucos de pedra. Parabéns!
    Sei não amigo, mas parece que os que se locupletam com o nosso dinheiro resolveram contratar alguém um pouco mas inteligente em termos de estratégia para perturbar seu Blog, ou será que o Roberto Veira Cavalcanti tem problemas neurológicos?

  67. Lia

    -

    04/05/2011 às 13:05

    Muito bom. Augusto vou pedir junto com você, se me permite é claro, um diploma em Coimbra também.

  68. Frank

    -

    04/05/2011 às 12:50

    E o pior Augusto, é que infiéis, estes criminosos, consideram que : somos nós mesmos, e eles se consideram os santos da terra; e tem muita gente que não sabe que a guerra contra os judeus e cristãos, que depois foi chamada de Jihad – Guerra Santa do Islã contra todo o mundo ocidental, segundo estes fundamentalistas, não o Islã que pratica o Corão verdadeiramente, começou se não me engano na luta dos Cruzados(cristãos) contra Saladino (Muçulmano) e persiste até hoje. sem entrar no mérito de cada um dos lados, pois em ambos houve excessos nefastos e desnecessários.Então nossa civilização ocidental tem sim de se prevenir, contra os fariseus e hipócritas, que chegam até a negar o holocausto, de 6 milhões de judeus, crianças, homens e mulheres inocentes, que viviam pacificamente, ordeiramente e laboriosamente, até o criminoso Hitler aparecer e destruí-los impiedosamente. enviado-os aos campos de concentração de Auschwitz-Birkenau entre outros, em trens lotados, como se fossem gado sendo levados ao abatedouro.Não nos enganemos, mais um criminoso foi abatido, todavia a humanidade e a civilização global como um todo, corre perigo, a Paz e a Liberdade tem muitos adeptos,ou a maioria deles, seguramente, e nós estamos no meio deles, mas temos de vigiar. E o Brasil precisa se aliar aos Estados Unidos nesta caminhada, sob pena de vermos o nosso país, como morada de terroristas e inimigos da Liberdade e da Paz mundial, não pode tergiversar como diria a nossa Predidenta Dilma Rousseff. Os criminosos da humanidade, não darão trégua nunca, Stalin, Hitler, Bin Laden dentre outros, tombaram, mas deixaram seus exemplos insanos, que isnpiram muitos milicianos que estão na sombra em todo o mundo, inclusive aqui no Brasil. DEUS ILUMINE AS NAÇÕES LIVRES DO MUNDO, PARA QUE SAIBAM SE PREVENIR E SE DEFENDER. Outrossim, não podemos esquecer que as treis religiões monoteístas do mundo : JUDAISMO, CRISTIANISMO E ISLAMISMO pregam o BEM em toda a sua plenitude, o Amor ao Próximo, a crença em um único DEUS, o Deus criador de todas as coisas, nosso pai, e pai de Abrahão também, todavia fundamentalista maluco voce encontra em todas elas, infelismente. Vamos fomentar a união e a paz entre todas as religiões, acredito que este seria um caminho justo, respeitando e sendo respeitado cada povo em sua cultura, mas abolindo a violencia imediatamente. Será dificil, mas não impossível, conseguirmos um mundo de Paz, Liberdade e Amor entre todos os seres vivos.Que Israel e Palestina encontrem a Paz, e se unam, pois todos somos filhos de Abrahão, o amigo de DEUS. Esperamos pela fé em Deus, que um dia, tanto judeus, como árabes, e cristãos, dirão em conjunto : ” O Ano que vem em Jerusalém ” não só os nossos irmãos palestinos.

  69. Ana Muniz

    -

    04/05/2011 às 12:09

    2.995 só no 11 de Setembro, afora os outros. Bin Laden era uma obsenidade, achá-lo bonito é imoral, se é que vc me entende. Esse texto é para ser guardado para a posteridade. Nossos netos precisarão conhecer a história dessa aberração para não usarem camisetas de porcos fedorentes como se estes fossem mártires. Abraço

  70. nilda shaya

    -

    04/05/2011 às 12:02

    Perfeito!
    Sou sua fã.

  71. Luiz Almeida

    -

    04/05/2011 às 11:57

    Estou esperando ver o senador Suplicy subir a tribuna do senado para lamentar e morte de Bin Laden. Que música ele cantará?

  72. arilson sartorato

    -

    04/05/2011 às 11:53

    AOS HIPÓCRITAS DE PLANTÃO: QUER DIZER QUE MATAR 3,000 PESSOAS COVARDEMENTE PODE?SOLTAR BOMBAS ONDE CIRCULAM INOCENTES PODE?INVOCAR A RELIGIÃO PARA MATAR EM NOME DE DEUS, E DEPOIS FICAR COM 72 PU… NO PARAÍSO PODE?O QUE OS HIPÓCRITAS QUERIAM, QUE O ANTI CRISTO, FOSSE PRESO E LEVADO A UM HOTEL 05 ESTRELAS, COM DIREITO A VISITAS DE FAMILIARES LEVANDO CAVIAR E CHAMPAGNE.( como foi feito com a ” prisão” do delinquente Maluf e do Arruda entre outros) LÁ NÃO É O BRASIL.

  73. Roberto Vieira Cavalcanti

    -

    04/05/2011 às 11:33

    Reconheço o fato. Continuarei a minha viagem noutra oportunidade, pois gostaria de conclui-la relatando os indícios apontados. O importante foi que você leu. Saudações.

  74. Renato SC Vieira

    -

    04/05/2011 às 11:13

    Augusto, choram pela morte de um dos seus simbolos, morte mais que festejada nos eua, e bem recebida pelo mundo todo. Menos pelos seus asseclas e fãs.
    Mas o que me intriga hoje é o que o governo fará com os mais de 16 milhões de pessoas que ainda insistem em se classificar como pobres e miseráveis neste país. No mínimo são pessoas sem um mínimo de senso de patriotismo, chatos, ranhetas, que, apesar de viver no melhor dos mundos, com todo conforto, insistem em se declarar como pobres aos pesquisadores do IBGE.
    E, por falar em IBGE, será que cabeças vão rolar após a divulgação dos dados falsos sobre a pobreza no Brasil ? Afinal, conseguir descobrir tanto pobre e miserável escondido por aqui é coisa de louco, não é prá qualquer um, né ?

    Vou escrever sobre isso, grande Renato. abração

  75. V.H.

    -

    04/05/2011 às 11:01

    Alguém do alto escalão ainda vai lamentar em público a morte do terrorista. Oremos.

  76. Renato Carvalho

    -

    04/05/2011 às 9:49

    Bin Laden, na ativa ou aposentado, era o símbolo, o unificador destes malucos terroristas. A figura que, por 10 anos, conseguiu enganar e desdenhar do poderoso império, os EUA (e assim aliciar simpatizantes esquerdopatas). Ao ser abatido, ou melhor, “assassinado” (para melhor entendimento de terroristas) da forma como aconteceu, sem ter chance de sequer tentar fugir, e morando numa mansão e não numa caverna, traído, tendo como pano de fundo a revolução pela liberdade no mundo islâmico, tão somente contribui para apagar uma possível chama desse ícone às avessas. Chegou bem próximo de ver seu objetivo principal realizado; de levar os EUA à bancarrota. Apenas nunca imaginou que um Barack Hussein Obama, negro, descendente de Kenyano, fosse se tornar o Presidente dos EUA e cumprir o que prometeu – seu erro de cálculo. Por fim, o anfitrião do terrorismo virou comida de camarão. Recado aos que disfaçam o luto com retórica esquerdóide de violações de direitos humanos, soberania e quaisquer outras esquisitices que apenas terroristas entendem – sinto muito mas os EUA venceram mais uma.

  77. Mauri

    -

    04/05/2011 às 8:58

    É incrível o ponto a que este pais está chegando!
    Muito boa a coluna, Augusto!
    Tudo bem que, se eu fosse o cara que pegou o Osama, fingiria que o matei e levava pra uma daquelas fortalezas que os americanos têm e faria algo em torno de 2.995 torturas nele pra ele desarmar qualquer esquema terrorista remanescente…
    Quanto à milícia, nem vale pedir um minuto de silêncio pela morte do cérebro deles, não? Acho que nascem sem…
    Abraço!

  78. Carlos RM

    -

    04/05/2011 às 8:43

    Para os psicopatas que comemoraram os ataques de 11 de Setembro, a morte do asqueroso terrorista foi o fim da linha para um aliado no clube da cafajestagem, da canalhice e da infâmia. Para os decentes ele já foi tarde. Mas antes tarde do que nunca. Que fiquem de luto e chorem as viúvas do terorista. São todos iguais. Só mudam de endereço.

  79. Si

    -

    04/05/2011 às 8:13

    É ridículo achar que esse cara não deveria ter sido morto, que “não lhe foi dado direito de se defender”. E ele deu esse direito a quase 3000 inocentes naquele 11/09? A morte dele não vai resolver o problema do terrorismo, talvez até haja tentativa de “vingança”, talvez tudo piore. Mas, haja o que houver, ele mereceu, foi bem-feito e eu adorei. Deveria ter morrido antes.

  80. EDSON GANDARELA

    -

    04/05/2011 às 6:20

    AUGUSTO, URGENTE, JORNAL ‘ O POPULAR ‘ EDIÇÃO DE 04.05.2011 ,- N. 20.941 – PAGINA 16 , DE GOIANIA, CAMARA DE ANAPOLIS FAZ MINUTO DE SILENCIO EM HOMENAGEM A TERRORISTA. .

    O CANALHA CHAMA VALMIR JACINTO DO PP

  81. Paulo Bruno

    -

    04/05/2011 às 4:37

    Todos ignoram (fingem não saber) como se deu o surgimento de grupos como Al-Qaeda. Omitem a história, não se trata de defender ninguém, Bin Laden já foi tarde, mas antes dele surgir e ganhar força com aplausos de estadunidenses, muita coisa aconteceu. Muitos países árabes e muçulmanos tiveram sua soberania maculada pelas potencias ocidentais e o auxilio nobre dos Judeus de Israel, que ganharam um estado em terras já ocupadas. Tudo feito muito direitinho, dentro da lei, assim como a ação que matou Bin Laden. O mais inacreditável agora, é a afirmação de que mostrar fotos do terrorista morto pode causar ódio. Não é engraçado?

    Não sei. O que nada tem de engraçado é alguém aparecer com essa conversa fiada para defender o terrorismo. Deixe de ser cínico. Se isso fizesse sentido, teríamos milhões de bins ladens. Vá contar essa historinha em blogs estatizados.

  82. Roberto

    -

    04/05/2011 às 3:19

    Reproduzindo:

    “Jose Nunes
    -
    03/05/2011 às 23:30

    onde foi mesmo que você mandou fazer seu diploma?

    Não tenho nenhum diploma. Mas agora vou exigir um em Coimbra. Até analfabeto tem.”

    Augusto,pra que ir tão longe? Você esqueceu que Viçosa é logo ali e é pioneira no assunto?
    heheheh
    abraços

  83. Roberto

    -

    04/05/2011 às 3:10

    Para os esquerdofrênicos, o 11/09 foi uma precipitação de aliados afoitos, de malucos do Talibã. Aplaudi-lo ostensivamente seria declarar uma guerra para a qual suas forças não estariam preparadas. Condená-lo in totum seria humilhar-se ante os EUA. Daí as palavras de ordem, ambíguas e escorregadias : maldizer da boca para fora a violência do atentado, mas legitimando-a moralmente e lançando as culpas sobre a vítima, por meio da alegação de que “quem semeia ventos colhe tempestades”.
    Luciana Genro, deputada estadual petista na época, foi uma das vozes inumeráveis que, no coro geral do esquerdismo, ecoaram fielmente na mídia brasileira, falando mal do atentado mas explicando-o como reação lógica – e, em última análise, justa – de povos levados ao desespero pela “opressão imperialista” dos EUA.
    Para os neurônios recalcitrantes de Luciana Genro, stalinista farofeira e uma pertinaz cabuladora de aulas de democracia, mais de 3.000 civis inocentes condenados à morte por um facínora terrorista são apenas o efeito colateral da luta contra os EUA. Três milhares de vidas não importam mesmo pra quem admira grandes assassinos de milhões como Stalin, Mao Zedong, Pol Pot, Fidel Castro et caterva.

  84. Marcos

    -

    04/05/2011 às 2:57

    Bin Laden significava milhões de dólares para treinar e aparelhar terroristas pelo mundo afora, Obama fez muito bem em eliminá-lo. Hoje esse cofre sem fundo não existe mais. Ele era como o PT, que doa nossos suados impostos para terroristas come Stédile, Evo Morales, Hugo Chavez, Battisti, etc. A América do Sul está precisando de uma Primavera Árabe pra tirar esses crápulas do poder. Pena que nosso povo, sequestrado por um governo de ladrões, sofre tremenda síndrome de Estocolmo.

  85. dereck

    -

    04/05/2011 às 2:12

    Bin Laden já foi tarde!

  86. Juju

    -

    04/05/2011 às 1:47

    Caro Augusto, esse povo é mesmo cara-de-pau…como eles não têm coragem de demonstrar claramente o quanto lamentam a morte do terrorista, começam a desconversar…falam do FHC (pra variar), do papa e sei lá mais de quem…quem dá credibilidade para esse povo, ainda?? Provavelmente os mesmos que adoram Guido Manteiga…Deus nos livre desse bando de incompetentes e ineptos…

  87. Cléber

    -

    04/05/2011 às 1:42

    “Os soldados rasos das milícias em guerra contra o Grande Satã são apenas idiotas…” Como perguntar não ofende, por que você não diz isso aos milicianos do Hamas ou do Taliban?

    Porque não conheço nenhum desses animais. Já que você conhece, traduza e mande pra eles, milicianocléber. Agora, desapareça por algum tempo, cara. Você aparece aqui todo dia pra levar pancada. A grana do Delúbio é tão boa assim pra pagar até masoquista? Considere-se spam.

  88. EDSON GANDARELA

    -

    04/05/2011 às 0:57

    CARO AUGUSTO, LI RAPIDAMENTE UM COMENTÁRIO,

    QUE EM ANAPOLIS UM VEREADOR EM SESSÃO PEDIU UM MINUTO DE SILENCIO E O PRESIDENTE ACEITOU.

    LEVANTA DIREITINHO, SE É VERDADE, QUEM FOI O VEREADOR, O PRESIDENTE E OS PRESENTES.

    NÓS QUEREMOS ESPINAFRAR, ESSES CANALHAS.

    Já está a caminho do Sanatório, caro Edson. abração

  89. EDSON GANDARELA

    -

    04/05/2011 às 0:51

    O ODORICO PARAGUAÇU DE SÃO BERNARDO SE CONSULTADO FOSSE, PARA NE UM ATO SOLIDÁRIO E HUMANISTICO RECEBER A CARCAÇA DO VIL SANGUINÁRIO, DE IMEDIATO, NA HORA, MANDAVA UM JATINHO IR BUSCAR E AQUI MANDAVA CONSTRUIR UM MAUSOLEU.

    ACREDITEM QUEM QUISER.

  90. Wesak

    -

    04/05/2011 às 0:50

    Notícias da madrugada: petralhada se reúne e manda celebrar homenagens em desagravo a Bin Laden. Saiu a lista de quem se ocupará com o quê:
    1.Missa de Sétimo Dia: Frei Betto.
    2.Conta-corrente para quem quiser fazer um depósito para auxiliar o que restou da AlQaeda: Delúbio Soares.
    3.Aula na USP enaltecendo “o grande terrorista árabe”: Marilena Chauí, ou outra.
    4.Discurso cheio de cacófatos e ignorâncias: Lula.
    5.Mulher repleta de botox chorando pitombas, na primeira fila: Marta Suplicy.
    6. Velhinho meio penetra, puxa-saco prá xuxu: Sarney.
    7. Homem repugnante, fazendo gestos imorais em público enquanto segura e beija foto do Bin Laden: Top-Top Garcia.
    8. Inclusão do nome de Bin Laden no currículo de todas as escolas públicas do Brasil: Fernando Haddad.

  91. pedro curiango

    -

    04/05/2011 às 0:43

    Justiça é a forma que o Estado tem de praticar vingança: a coletividade controla a vingança a que o indivíduo tem fundamental direito. Por isto é que crimes de morte nunca prescrevem, ou seja, nunca caem em “arquivo morto.” E também, nos EUA, a pena de morte quase sempre é aplicada àqueles que matam agentes da Lei. Se não pela morte (CONFESSADA ABERTAMENTE, EM LIBERDADE E SEM QUALQUER USO DE FORÇA) de civis nas Torres Gêmeas,de não-americanos que se encontravam na embaixada americana do Quênia, de militares no navio Cole, Bin Laden também era responsável pela morte de dezenas de bombeiros e policiais de Nova York. Será que alguém pensa que ele já não foi suficientemente julgado, até mesmo aquele blogueiro anti-americano que o considera “um bárbaro terrorista assassino?” Ao EXECUTÁ-LO (esta deve ser a palavra correta) os EUA apenas mandaram uma mensagem a outros candidatos a terroristas: crime não prescreve e criminoso não se esconde eternamente. Não se celebra a morte de ninguém mas sim a vitória da Justiça.

    Perfeito, amigo. É isso. abração

  92. Regina Melo

    -

    04/05/2011 às 0:40

    Conheço o miliciano rick. É o maior chato que já vi na vida. E covardão.

  93. Leonardo X, na Resistência

    -

    04/05/2011 às 0:29

    Dizia-se dos político dos primórdios da república que governar era “arrecadar e pagar, prender e soltar”. Segundo essa velha cartilha dos coronéis do sertão de Minas, também no raciocínio priítivo dos esquerdistas – que se diziam vanguardistas, mas não passavam de retaguardistas, como o são ainda hoje, impenitentes – “inimigo do meu inimigo é meu amigo”. Esse bloco dos eternos complexados ressentidos que odeiam qualquer coisa que lhes seja superior em algum aspecto, seja científico, tecnológico, c cultural ou institucional, qualquer um, identifica na Europa Ocidental e nos Estados Unidos o grande satã que os irmana na adversidade a todo tipo de bandido. E estão sempre prontos se perfilar com Barrabás, com quem se identificara a turba dos judeus no ódio a Roma. A ascensão desses ressentidos ao poder desaqualificou assim, brutalmente, nossa tradicional política externa, que passou a imitar um cachorro viralata sarnento latindo contra a carruagem que passa, escoltada por dálmatas de pedigree que nem olham para o infeliz mestiço indigente.
    Recuperar essa nota que nos rebaixou perante o mundo civilizado talvez seja mais árduo do que superar o descrédito que afugentou os investidores, internos e externos, da nossa economia. Afinal, não é nada fácil acreditar num país que optou por arafats, kadhafis, armadinejads, irmãos castros e quejandos sem provocar qualquer reação perceptível de algum setor da sociedade, como se fosse muito natural condecorar um psicopata como Che Guevara para afrontar a consciência dos brasileiros e das nações que mantêm laços diplomáticos e comerciais tradicionais, como fez o bêbado aloprado Jânio Quadros em 1961.

  94. Wesak

    -

    04/05/2011 às 0:26

    Enquanto isso, no fundo do mar, Osama Bin Laden ainda manda mensagens. Ele disse:
    – Fui !

  95. Maria

    -

    04/05/2011 às 0:01

    AUGUSTO, socorro, este deputado deve ter surtado.

    Extra Online

    Enquanto o mundo inteiro se sente aliviado com a morte de Osama bin Laden, o vereador Walmir Jacinto (PR) usou a tribuna, durante a sessão desta segunda-feira, na Câmara de Vereadores de Anápolis, Goiás, para pedir um minuto de silêncio em homenagem ao terrorista.

    O vereador Wilmar Jacinto alega que Osama era ‘filho de Deus’ Foto: Reprodução

    De acordo com o que Sírio Miguel (PSB), outro vereador, divulgou no Twitter, o pedido foi deferido pelo presidente da Câmara, Amilton Batista (PTB), no momento em que foi solicitado para homenagear um empresário local, que morreu em um acidente no Rio Araguaia. Wilmar Jacinto aproveitou a deixa e pediu um minuto de silêncio pela morte do terrorista mais procurado do mundo.

    - Osama bin Laden foi um referencial que perpetuou uma grande investigação e neste final de semana, no desfecho de tudo isso, nada mais do que honrosamente a cidade de Anápolis também entender que morreu uma pessoa que é filho de Deus – justificou o vereador.

    ENFERMEIROS!!!

  96. Roberto Vieira Cavalcanti

    -

    03/05/2011 às 23:49

    Em tempo. Me refiro ao atentado do dia 11 de setembro.

  97. ito

    -

    03/05/2011 às 23:47

    No programa estúdio i da globo news,teve um tal de “pontual”,se não me engano,que criticou a euforia dos americanos,dizendo que era uma falta de respeito ao morto.Agora tenho certeza que o dia que cesare batisti for solto e delúbio voltar,tal jornalista(?),vai dar pulinhos e dançar igual aquela petista(angela gulgemin ?) que dançou na câmara a dança da pizza.Nunca se roubou tanto na história desse Brasil-il-il-il

  98. MS

    -

    03/05/2011 às 23:40

    Perfeito, Augusto.
    Só criminosos podem apoiar criminosos. Só terroristas apoiam terroristas.
    Queria ver se a cólera seria “compreensível” se os mortos fossem os filhos deles. Que vão todos para o inferno, junto com o que já está por lá e foi tarde.

  99. Jose Nunes

    -

    03/05/2011 às 23:30

    onde foi mesmo que você mandou fazer seu diploma?

    Não tenho nenhum diploma. Mas agora vou exigir um em Coimbra. Até analfabeto tem.

  100. Roberto Vieira Cavalcanti

    -

    03/05/2011 às 23:29

    Em caso de um crime costuma-se perguntar: Quem foi que se beneficiou dele? para tentar encontrar o suspeito. No caso presente pergunta-se: Quem foi que se beneficiou dele.

  101. Jose Nunes

    -

    03/05/2011 às 23:24

    Olha, digo, Veja: a Veja é a melhor revista do mundo.

  102. Roberto Vieira Cavalcanti

    -

    03/05/2011 às 23:22

    Desculpe, Roberto, mas até na internet há limite para comentários. O teu ficou maior que todos os posts da coluna. Não dá.

  103. G. Carvalho

    -

    03/05/2011 às 23:20

    Prezado Augusto,
    Aos poucos se tem acesso aos pormenores do encontro do comando de Virginia Beach (SEAL) com Osama Bin Laden, que ocorreu ao travar-se o tiroteio entre membros daquela força de elite americana e os guardas da fortaleza de Abbottabad. O episódio, que será examinado em profundidade em numerosos artigos e livros, vem sendo tratado com humor negro, igualmente lamentável e inevitável nessas ocasiões. Um diplomata latino-americano, que por muitos anos representou o seu país no Paquistão, declarou que Osama poderia haver saído vivo da fortaleza, se tivesse engolido uma simples condição: a de ouvir diariamente, na cadeia, gravações de discursos de eminentes estadistas do nosso hemisfério. Ao gritar que preferia morrer mil mortes a ter de lidar com tamanha diarréia verbal, Osama agitou-se de tal modo que levou um integrante do comando a dar-lhe o tiro do nunca mais.

  104. O Brasil na zona

    -

    03/05/2011 às 23:18

    Dentre os obtusos da esquerdopatia ressurgiu ontem, na Folha Online, “a membra” iluminada da USP, Maria Aparecida de Aquino, colega de “Dona Doida” Chaui, e como que rememorando os fundamentos do “Foro de São Paulo”, comentou que não há motivos para se comemorar a morte de Bin Laden. Está de luto a “véia”. Veja-se a quantas chegou esse país, que mantém numa universidade pública, de gabarito diga-se de passagem, uma intelectualoide ciclotímica, que ainda encontra espaço na imprensa, para desatarraxar seus complexos e transbordar penicos com besteirol. Comecei e não tive estômago para acabar a leitura.

  105. Ziu

    -

    03/05/2011 às 22:51

    Caro Augusto Nunes,
    Não restam dúvidas que a idiotia dos petistas e assemelhados é tão repulsiva quanto o cinismo daqueles que se sentem “penalizados” com o destino dado ao sanguinário Bin Laden, pois por por vias tortas essa gente já começa disfarçadamente a advogar a tese de que os EUA deveriam pedir licença para adentrar a casa do terrorista, como se este fosse uma lady, merecedora de toda deferência, mesmo depois de ter matado inúmeras pessoas mundo afora, apenas e tão somente porque o facínora queria implantar e submeter o mundo a um modo de vida cabível lá para o homem da Idade da Pedra lascada.
    Diz essa gente indecente: Oh, “toda pessoa merece um julgamento justo”, “os EUA não foram civilizados ao matar Bin Laden…”. Perfeito. Mas vamos voltar um pouquinho o filme e dar uma espiadinha se os “humanistas” de agora se mostraram sincera e verdadeiramente compungidos quando Bin Laden deixou milhares de pessoas entre pais, filhos, cônjuges, amigos e outros, chorando os seus mortos sem entender como alguém podia ser tão impiedoso com gente que ele nem mesmo conhecia.
    Você tem toda razão: essa gente é mesmo muito cínica!!!

  106. Domitila Madureira

    -

    03/05/2011 às 22:43

    Aos que reclamam para Imundo bin Laden os direitos de um julgamento num tribunal regular aviso que não se preocupem: ele já está diante do Juiz.

  107. IG BARROS

    -

    03/05/2011 às 22:36

    Augusto
    O seu artigo é um “cala boca” á hipocrisia petralhista e aos historiadores e juristas de meia tijela.

  108. Helio T.

    -

    03/05/2011 às 22:36

    Parabens, Augusto, voce foi perfeito neste post. No dia da morte do desclassificado, entrei no blog do Reinaldo e, pasmen, fiquei chocado com o numero significativo de idiotas que DEFENDIAM o mesmo e atacavam os USA com argumentos os mais estapafurdios, alguns de uma pobreza de carater flagrante e explicita. Qual nao foi a minha agradavel surpresa ao ve-lo neste momento falando com todas as letras o que ja estava precisando ser dito desde anteontem. Continue nao aliviando para esta corja, nunca, pois a guerra e muito mais dificil de ser vencida do que a maioria de nos imagina (ja vistes o apedeuta de volta as TVs, em media duas a tres vezes por hora??). Abracos, HCT.

  109. Marcus

    -

    03/05/2011 às 22:33

    Você está cada vez mais brilhante, Augusto. É isso o que enfurece a cambada. Parabéns.

  110. Márcia

    -

    03/05/2011 às 22:32

    Adoro as pancadas que você dá nos milicianos que aparecem por aqui, Augusto. São todos uma antas masoquistas.

  111. O Vampiro de Curitiba

    -

    03/05/2011 às 22:31

    Perfeito, Augusto!
    Disse tudo, como sempre.
    Eu pensei que ao menos num caso como esse os idiotas teriam um pouco mais de cuidado ao relinchar suas desvairadas opiniões, mas que nada!, ouvi cada idiotice…
    Excelente foi essa do Macaco Simão: “Bin Laden, Rest in pieces”!

  112. Marx

    -

    03/05/2011 às 22:24

    &*%%¨$###. Mas ainda dá tempo, com bastante treino, de ler o Manifesto Conmunista!

    Já tentei, Karl. Não deu. É péssimo. Como disse o Nelson Rodrigues, você é uma besta quadrada.

  113. G G Oliveira

    -

    03/05/2011 às 22:21

    O Bin Laden aqui no Brasil seria um parceiro perfeito para o Battisti, formartam junto a alguns politicos brasilleiro uma banda de respeito. Mas meu amigo Augusto, hoje em minha cidade vi algo que me deixou com sabor de vitória: os carros de uma determinada categoria ; com a bandeira da CUT em pleno businaço e com cartazes de: “Estamos em greve.” Pois é, eu só não sei ainda, se é contra o nosso desgoverno,ou se é pela morte do Bin Laden. O meu amigo e irmão, AUGUSTO NUNES, pode me tirar a dúvida?

    Boa pergunta, grande G G Oliveira. abração

  114. Jonda O B Serva

    -

    03/05/2011 às 22:19

    Não consigo paralisar meu pensamento. Esterilizar minhas ideias. Mas Sei la si estou certo mergulhado nessa loucura irracional contra o amor ao irmão humano, quando não faz mal a quem não faz mal.Será que alguem entende a minha linguagem nesse mundo injusto de falsidade ou valentía, impunidade ou crueldade, egoismo ou terrorismo ? E que melhor para mim é assistir ao circo pegar fôgo, enquanto não acabar sapecado? Mas aqui estou eu com medo de encontrar nesses comentários outros “bin-ladens” destruidores.

  115. Nelson Santana

    -

    03/05/2011 às 22:18

    Maravilhoso este post.
    Bin Laden foi vitima do Imperialismo.
    Um martir dos petralhas!
    Alias vc deve ter lido exatamente isto no blog do noblat.Ele estah furioso com a violaçao dos direitos humanos do terrorista.Alguem precisa consola-lo.

  116. Brancaleone

    -

    03/05/2011 às 22:08

    Escutando a um comentário de uma docente de uma universidade estadual percebi que ela nitidamente estava indignada pelo fato do Bin Laden ter sido traído por algum paquistanês quando na verdade deveria ter se indignado pelo fato do Bin Laden morar tanto tempo naquele país sem que o serviço de inteligência tivesse notado. Lamentável e criminoso.

  117. Paulo

    -

    03/05/2011 às 22:07

    Augusto Bin Laden foi, o Brasil está nú de verdades. Augusto não seria melhor sabermos como está o Brasil do momento DilmoLulistico. Elles estão aqui para causar muita confusão e combustão. Vamos dar um basta nesta canalhice que nos cerca. Não somos perfeitos, mas somos bem melhores que elles. Vamos trabalhar melhor nossas ideias, que são bem mais saudaveis que esses cacos mentais que hoje querem ser a verdade.

  118. jfaraujo

    -

    03/05/2011 às 22:06

    Não entendo porque os governos de diversos países agora temem represálias com a morte de Bin Laden, como se com ele vivo os riscos de atentados terroristas fossem menores.

  119. regina

    -

    03/05/2011 às 22:06

    Post espetacular, Augusto

  120. manoel barbosa da silva

    -

    03/05/2011 às 22:04

    Quanto mais o tempo passa, mais me dou conta que essa corja é tão perigosa quanto os terrorista do Bin Laden, aqui eles apenas se contem, porem torcem pelo que ha de pior na política do oriente medio. Se o Bin Laden tivesse explodido algum edificio, em algum lugar do mundo, é possivel que eles estivessem soltando rojões.
    http://www.manoelbsilva.blogspot.com

  121. Oséas R. Oliveira

    -

    03/05/2011 às 22:02

    Nenhum país????
    Se Lulla estivesse no poder, com certeza o Tarso Genro ofereceria uma campa para a família do Osama no Rio Grande do Sul e ele seria enterrado com honras militares. Ele conseguiu refúgio para o terrorista italiano. Ainda bem que o Obama foi mais rápido, nos livrou de mais uma vergonha.

  122. regina celia

    -

    03/05/2011 às 21:55

    augusto sera que a oposiçao nao le a Veja, nao e ossivel que diante de tanta safadeza e robelheira,documentada publicada por voces, essa gente nao faça nada

  123. God save the Usa

    -

    03/05/2011 às 21:28

    Augusto Nunes,
    Acontece que as informações divulgadas parecem não seguir nenhum roteiro no que diz respeito a veracidade dos fatos. Primeiro disseram que o Bin Laden foi morto em sua mansão por bombas, depois já foi divulgado que foi assassinado por Marines com um tiro na cabeça, e ainda surge a notícia de que ele estava desarmado no momento em que foi alvejado a bala (s). E ainda mais uma vez surge o boato de que ele poderia estar armado e que uma aeronave foi abatida na operação. Eu acredito em tudo!

  124. rick

    -

    03/05/2011 às 21:25

    Pensei que você fosse aparecer, miliciano. Pelo visto, aprendeu a controlar o chilique. E só é valente com nome de guerra. Deveria trocar imediatamente: rick é coisa de imperialista estadunidense.

  125. Marx

    -

    03/05/2011 às 21:22

    *&¨((¨%$

    Salve, Karl. Abração pro Engels. Pague o que você deve a ele desde 1840.

  126. Oliver

    -

    03/05/2011 às 21:16

    AUGUSTO
    Conheci bem de perto outra madraçal do vigarismo, quando as tvs brasileiras tiveram que se render os neo evangelismo barato, tipo fast foods da fé. Os caras são meio estranhos mesmo. Aliam-se automaticamente a qualquer idiotice que represente alguma vantagem aos seus falidos conceitos éticos, sem sequer se preocupar com a torcida. Aquele bispo repleto de malas, certa vez falou em uma reunião a qual presenciei quando chutaram a santa que “os maiores inimigos de nossa causa somos nós mesmos”. Ele está certo. O petralhismo, tanto quanto o neo evangelismo, formam os tais milicianos. Uma gentinha idiota que não consegue terminar uma frase sem pisotear a língua e o pensamento. Mas são franco-atiradores. Gostam de vir aqui levar piaba, na esperança da tal água mole em pedra dura; tão bate até que molha. Seriam motoristas perfeitos de aviões sequestrados, se ao menos soubessem passar no exame psicotécnico para motonetas. Pilotar algo com quatro rodas não vale; ele não cai com a mesma facilidade de um boeing. Dizem que o Bin esteve por aqui, tentando recrutar milicianos para a sua causa; derrubar as torres gêmeas de Brasília. O máximo que ele conseguiu na época foi um bêbado, que ensaiou o ataque jogando o torno que ele pilotava contra a parede. O resultado não foi bem o esperado, pois a única vítima foi um mindinho guardado em um vidro de maionese. Em todo caso, ficaram o ensinamentos do mestre; com perseverança e muitas doses de pinga é possivel destruir um país inteiro sem jogar aviões em lugar nenhum. É só aprender a distribuir a mortadela.

    Muito bom, Oliver. abração

  127. chorei antes de nascer

    -

    03/05/2011 às 21:03

    Crenças impostas provocam psiquiálise. (lise do psiquismo, destruição do psiquismo)
    Filhos de muçulmanos nascidos na Alemanha, não conseguem acompanhar os demais colegas na escola, necessitam de salas e professores à parte.
    Mais claro que isso, só desenhando!

  128. Ondina

    -

    03/05/2011 às 21:02

    Curioso como um plano emergencial de mídia do maior anunciante das Américas Central e do Sul, o Governo brasileiro, consegue silenciar o noticiário sobre o estado de saúde da presidente do Brasil.
    Só mesmo em uma nação que conjuga, à perfeição, má-fé e ignorância é possível tanto silêncio sobre assunto de tamanha importância.

  129. FM

    -

    03/05/2011 às 21:01

    É triste sabermos que exista brasileiros, no governo, no meio artístico cultural ou num partido político, que molde a história e os acontecimentos mundiais as suas malucas ideologias. A única lástima justificável é não ter acontecido com Bin Laden logo após os atentados em 2001 o que só aconteceu agora depois de quase 10 anos. Ter algum sentimento pela morte do terrorista que por todos esses anos, mesmo após o atentado que vitimou 3000 inocentes, vem ameaçando Deus e o mundo com mais terrorismo, é meio doentio para não dizer satânico.

  130. Joao Couvert

    -

    03/05/2011 às 20:49

    Quando Che Guevarra foi capturado, decidiu-se pela sua execução logo, decisão acertada, pois não tardaria e haveriam sequestros de pessoas ilustres com o proposito de fazerem aquela “troca de refens”, isto inclusive aconteceu no Brasil, quando do sequestro do Embaixador dos EUA. Em relação ao Bin Laden, muito mais teriam os EUA a temer, ele simplesmente preso, aguardando um julgamento que poderia se alongar por anos, e o seu grupo terroristas ameaçando explodir o mundo para obrigar a libertá-lo. Os EUA fizeram bem, não deram margem para conversa fiada encerraram o assunto rapidamente, que descanse em paz no fundo do oceano.

  131. Roberto Vieira Cavalcanti

    -

    03/05/2011 às 20:31

    Já foi o tempo em que uma nação pretendia dominar o mundo. Hoje o conceito de país mudou com o projeto da globalização e que caminha rapidamente para um governo central, a New World Order, como repetido por todos os seus vassalos, do Bush ao lulla com a sua Nova Ordem Mundial, a partir da destruição do dolar e a criação de uma moeda única. Com a moeda sendo criada como hoje pelos bancos, a partir do nada, apenas da expectativa de que os devedores paguem suas dívidas e da mesma maneira como hoje acontece nos Estados Unidos, com o Banco Central pertencendo aos Bancos Associados, cabendo ao novo governo a tarefa de imprimir a moeda.

  132. Lancelot

    -

    03/05/2011 às 20:23

    Que coisa curiosa, Augusto.
    A vida é mesmo o palco privilegiado de suas próprias ironias.
    Lula, o analfabeto honoris causa milionário, gastou um bocado de dinheiro público e de seu “prestígio pessoal” para, em menos de um ano, ver-se na iminência de entregar o Palácio do Planalto a Michel Temer e ao glorioso e patriótico PMDB.
    E o PMDB velho de guerra dificilmente precisará do PT para…”governar”.
    Haja ironia.

  133. Eunice

    -

    03/05/2011 às 20:21

    Outro post nota 10, Augusto

  134. maria-maria

    -

    03/05/2011 às 20:21

    Na cidade onde moro, um grupo petralha reclama o “ato de selvageria duzamericânu, retirando de bin laden o direito a um julgamento justo”.
    Para quem se baseia nos humanistas castro…

  135. Wesak

    -

    03/05/2011 às 20:07

    Gostei do detalhe que veio no noticiário: “No porta-aviões americano, um oficial leu orações muçulmanas antes de se jogar ao mar o corpo do Bin Laden. Um outro oficial, intérprete, TRADUZIU a oração para o árabe”. Rito rápido, cai o pano, joga o corpo, bye-bye.
    O detalhe da tradução da oração é sensacional.
    Americano quando quer ser “sharp” é insuperável.
    Nem o Dirty Harry do Clint Eastwood faria melhor !! Adorei.

  136. Roberto Vieira Cavalcanti

    -

    03/05/2011 às 20:06

    Quais seriam hoje os prováveis candidatos a dominadores do mundo.
    - O Grupo Bilderberg, grupo secreto de banqueiros internacionais, que reúne membros importantes de vários países, pessoas influentes na política e na imprensa. Fundado em 1954 todos os anos têm reuniões secretas, não divulgadas na imprensa, planejam guerras, estratégias, nova ordem mundial, situação econômica mundial, etc.
    O grupo influencia certas organizações como Banco central Europeu, Banco Mundial, Nato e outras. Bill Clinton, Tony Blair e outras autoridades pertencem ao grupo. Domina a política e a imprensa mundial e pretendem, assim como o que é feito na economia com as fusões, a criação de um governo único e uma única moeda. Parte do plano já foi ou está sendo implementado, através da criação dos Blocos Economicos,a União Européia, na América do Norte a ALCA ( Área de livre comércio das Américas, a sua equivalente na Ásia a APEC (Cooperação Econômica da Ásia e do Pacífico) e o Mercosul,
    - Os Illuminati, Os iluminados de idéias radicais que se rebelaram contra a Igreja no século 18 e se misturaram à maçonaria para criar a mais poderosa organização subterrânea que já existiu ou ambos são a mesma coisa.

    Mas que viagem, hein, Roberto?

  137. Kátia Bacana Bahia de Oliveira

    -

    03/05/2011 às 19:52

    Simplesmente PERFEITO. De novo e sempre, PARABÉNS.
    Hoje ouvi de um demente, filiado ao PCdoB, que a morte de Bin Laden foi uma jogada política do Obama. Que, certamente, ele estaria “guardando” Bin Laden para matar agora, que sua popularidade está em baixa.
    É cada um pior do que outro, não tem jeito.

    Um beijo, Kátia querida.

  138. f tavares

    -

    03/05/2011 às 19:52

    - AN, seu texto às vezes me lembra, como hoje, a navalha daqueles velhos barbeiros que conversavam longamente com seus fregueses, enquanto afiavam a lâmina numa tira de couro, pra depois cortar um fio de cabelo solto no ar… funciona pra botar no lugar devido (êpa!) a canalha diletante, que aproveita o momento e o tema pra divulgar argumentos em favor dos terroristas, quando o mundo todo sabe, e a história está aí pra comprovar, que terroristas são como os diamantes… para sempre. o destino de bin laden, qualquer que tenha sido, é o caminho para punir todos os que atiram covardemente nas costas das pessoas, matam inocentes por nada além de uma convicção de consistência duvidosa, que insistem em coletivizar, usam seu fanatismo para justificar a crueldade e a falta de caráter. estranha, essa condescendência, a partir de quem nega terminantemente a existência do mensalão, de quem concede perdão – cum lauda – ao delubio e a toda a cachorrada que roubou por toda a vida, sem julgamento pelos setores competentes… como é regra entre a canalha, aos amigos tudo, aos inimigos, a lei…

    Como sempre, tocamos de ouvido, grande FT. abração

  139. Anonimo

    -

    03/05/2011 às 19:49

    Bin Laden morreu e se viu cercado por não sei quantas virgens. E disse: “É O PARAÍSO!”
    .
    Ao que as virgens “do Bin”, em coro, lamentaram:
    “NÃO, É O INFERNO!”

  140. E Bartlett

    -

    03/05/2011 às 19:47

    Um dia o imbecil que disse isso pode muito bem vir a ser uma vitima de um ataque da Al Qaeda. Para eles qualquer um que nao for muculmano e infiel e deve morrer.

  141. Roberto Vieira Cavalcanti

    -

    03/05/2011 às 19:39

    Continuação.
    O mundo passou a ter apenas uma potência militar, que ainda, graças ao que restou da USSR ou CCCP e a China, ainda não está fazendo o que bem entende

  142. Roberto Vieira Cavalcanti

    -

    03/05/2011 às 19:36

    Tomada nº 2 (take #2)
    A idéia de querer dominar o mundo não morreu com os conquistadores da antiguidade, com a morte de Hitler e nem com o fim do comunismo, sempre existiu, existe agora e continuará a existir. A propósito tenho uma opinião antiga: O mundo ainda irá se arrepender, diria até amargamente, com a queda da antiga União Soviética, naquilo que ela representava.

  143. Wesak

    -

    03/05/2011 às 19:35

    Agora tem petralha “viúva” do Osama bin Laden chorando aí pelos cantos… Ah, mas é de admirar a cara-de-pau e cinismo… Ô petralhada !!! Alegrai-vos, gente ruim:
    Agora o Osama está no céu rodeado de mil virgenssensuais!!!
    Ele só não está gostando é das “explicações” que centenas (talvez milhares) de crianças que se explodiram a si mesmas em atentados ordenados por ele estão exigindo com veêmencia. “Por que tivemos de morrer tão cedo ?” – dizem os baixinhos. O Bin Laden, que até depois de morto NÃO PRESTA, faz cara de paisagem…

  144. Marco

    -

    03/05/2011 às 19:26

    Amigo A. Nunes: A turma da metade negativa, gosta de uma obra de destruição bem radical. Pq daí sai o essencial a crítica sobre a modernidade !
    Abs.

  145. Gilda Mello

    -

    03/05/2011 às 19:25

    Post fantástico!

  146. Paulo

    -

    03/05/2011 às 19:22

    Caro Augusto, Kennedy Alencar o porta voz do PT, na grande imprensa(CBN,Folha de São Paulo e a nanica rede TV), o Bim Ladem também é vítima. Augusto mais uma vez parabens pelo texto. Abraços.

  147. Mariazinha

    -

    03/05/2011 às 19:18

    Parabéns pelo texto, calou a boca dos milicianos de plantão.

  148. julio

    -

    03/05/2011 às 19:17

    KKKKKKKKKKK Caro Nunes, quem cantará esse samba?
    Se brincar, tendo um jabuti por trás… até o chico.
    Mas a vossa precisão e clareza do texto são fantásticas!
    Eu rio muito, porque vejo as cenas com detalhes, e até lularápio vermelho, juntamente com os soldados rasos afinal ele é povão, suado, furioso e banhado num mar de lágrimas esconde o rosto, com aquealas mãos gordas, de nove dedos.

    Enfim, um teatro de FDP (Filhos Do PT) que tem lá também o seu aposentado, mas esse continua com o terror contra a língua, contra a nação e sua cria segue à risca a trilha do horror.
    Falando sério, caro Nunes, o estrago na alma nacional que essa gange já causou, quando estatizaram a roubalheira e a desmoralização geral, levará muitas décadas para restaurar.
    O Brasil é muito maior que isso, mas não é intocável nem inesgotáveis são os seus recursos de toda a ordem.

    Fraterno abraço

    Júlio

  149. Roberto Vieira Cavalcanti

    -

    03/05/2011 às 19:16

    Alguém aí poderia me informar quando será a missa de 7º dia.

  150. Sergio-BH

    -

    03/05/2011 às 19:16

    Augusto,estou impressionado. Raras vezes um assunto atiçou tanto o ninho dos milicianos. Será que queriam enterro com honras militares, desfile em carro aberto e feriado? Ou será que estão tão desorientados com a morte do ídolo, que perderam as estribeiras? De qualquer maneira é preocupante como um assassino desprezível como o dito terrorista consegue arregimentar seguidores e simpatizantes. Vade-retro súcia.

  151. CW

    -

    03/05/2011 às 19:12

    Augusto, esse país está ficando surreal. Hoje em minha cidade, Anápolis-GO, um vereador pediu um minuto de silêncio em homenagem “ao nosso companheiro Bin Laden.” E o presidente da câmara aceitou. Deve estar disponível no YouTube.

    Bota surreal nisso, CW. Vou ver isso. abração

  152. Roberto Vieira Cavalcanti

    -

    03/05/2011 às 19:11

    Não é certo considerar o outro idiota pelo simples fato de discordar do que pensa. Tão idiota seria aquele que acredita quão aquele que não acredita, mera questão de opinião. Uns mais do que os outros, principalmente quando esses tem o poder de decidir o que publicar ou não. Na democracia a divergência é salutar e necessária, ela só não existe quando se trata do PT, nesse caso passa ser inimizade. Como dizia o saudoso Nelson Rodrigues, “Toda unanimidade é burra”. A todos foi dado o dom de analisar e decidir, uns maiores, outros menores e o que também depende de estar interessado ou não, de ter uma idéia pré-concebida ou de ser facilmente influenciado.

  153. Fabiana

    -

    03/05/2011 às 19:07

    Estou aplaudindo de pé!

  154. PT da PRIVATIZAÇÃO dos AEROPORTOS

    -

    03/05/2011 às 19:02

    … Até hoje não vi ninguém, nem ONG nem Governos nem Jornalistas, se importarem com as pessoas Honestas e Honradas que são assassinadas em assaltos todos os dias neste Paizzzzzzzzzz

  155. Pedro Erik

    -

    03/05/2011 às 18:53

    Gratíssimo, amigo. abração

  156. AEduardo

    -

    03/05/2011 às 18:51

    Grande Augusto
    Artigo que desmonta em pouquíssimas palavras, um
    pensamento, as barbaridades de uma seita que infelizmente encontra seguidores,imitadores.
    O itálico de seu resumo, é de uma criatividade e
    inteligência, difícil de encontrar hoje em dia.
    Parabéns a você, por ter deixado meu dia mais
    suave,neste oceano de imbecís de plantão.
    Estaremos sempre do outro lado de sua tela, na vigília de seus pensamentos,naquilo que você escreve!
    Sua sombra é muito grande,amigo.
    AEduardo

    Abração, meu grande parceiro.

  157. esther correa

    -

    03/05/2011 às 18:35

    Oi Augusto
    Muito bom o seu texto.
    Só essa que nos faltava = o Bin Laden se tornar vítima.
    Acho que só a execução foi pouco para ele. Deveria antes ter sido torturado a exemplo da tortura que impingiu a milhares de inocentes, que, diante do pavor de morrerem incendiados preferiram pular das Torres Gêmeas.
    Quer tortura maior que esta a inocentes, cujo´único crime era estarem trabalhando e cumprindo com seus deveres?
    Imperdoável tb é o ataque traiçoeiro e covarde que só por isso já leva vantagem perante as vítimas…

  158. Tchelo

    -

    03/05/2011 às 18:35

    O mundo ficou mais inseguro.
    Agora os seguidores do Osama podem se dar o direito de tentar matar o Obama para o resto da vida dele.
    Kadafi tambem, inclusive os filhos do Obama e seus netos, se algum dia os tiver.
    Podemos nos aqui tambem fazermos uma limpeza em certos estados do norte e nordeste. Os governantes de alguns estados ja mataram muito mais do que as supostas 2600 pessoas das torres gemeas, com suas roubalheiras. E Cuba, França, Coreia do Norte, Russia,Venezuela etc, tambem estao precisando de uma limpezinha. Vamos acabar com os Castro??? Agusto, não estou lamentando a morte do Osama, so me parece estranho o mais forte escolher o que fazer e o que é melhor para todos nos. Eu não tenho uma solução.

  159. Pedro Erik

    -

    03/05/2011 às 18:26

    Caro Augusto,

    A Igreja Católica também soube reconhecer que o tal do Osama era uma mal para a humanidade e mereceu a morte. A Igreja, seguindo sua mesma doutrina de “guerra justa” não condenou o ataque, lembrou a responsabilidade de Bin Laden nas milhares de mortes, lembrou que o inferno existe, e pediu paz. Apenas disse que os católicos não devem celebrar a morte de ninguém:

    http://www.ncregister.com/blog/killing-bin-laden-catholic-perspective?utm_source=feedburner&utm_medium=feed&utm_campaign=Feed%3A+NCRegisterDailyBlog+National+Catholic+Register#When:15:24:37Z

    Os esquerdistas não querem paz, querem morte da cultura ocidental e daqueles que a defendem.

    Parabéns pelo texto.

    Grande abraço,
    Pedro Erik

    Abração, grande Pedro Erik.

  160. Anonimo

    -

    03/05/2011 às 18:23

    Adivinha quem comemorou como um gol, em frente à TV, vendo as imagens dos aviões colidindo com as Torres Gêmeas de Nova Iorque?
    E depois, com as implosões das duas?
    .
    Umas dicas:
    Eles já disseram a um ex-general octagenário vieticongue (que hoje em dia, nem lembra mais o que é comunismo, tão integrado que está às benesses do capitalismo)que “torciam muito prar o Vietnã na guerra contra os EUA”…e a baranga chegou a pedir autógrafo ao atônito velhinho oriental…(pois é, vista do ex-prisidente lula e ex-ministra dilma ao Vitnã…)
    .
    O nome de outro dos facínoras começa com Top e acaba com Top

  161. wilson

    -

    03/05/2011 às 18:20

    Augusto aqui em banania pátria das fadas madrinha
    do terrorista desamparado vai ter um choró daqueles.

  162. Siará Grande

    -

    03/05/2011 às 18:16

    Csro Augusto, o texto em itálico foi realmente escrito ou Você criou baseado no que estão chorando as hostes petistas?

    Só traduzi um punhado de frases escritas ou ditas pelos órfãos do Bin Laden, amigo. abração

  163. Leopoldo Dogher

    -

    03/05/2011 às 18:15

    Belo texto, parabéns.
    Agora, veja só o que disse a “historiadora” Maria Aparecida Aquino, da Usp, ao portal do Uol:
    “Uma coisa que normalmente não se comenta é que os Estados Unidos gostam de jogar na cara de todos os outros países que eles são os guardiões da democracia do mundo, e sempre interferem nos outros países para assegurar a democracia. Entretanto, o que eles fizeram nesse caso é simplesmente um assassinato. Se houve um crime e você está atrás de uma pessoa que é teoricamente uma das responsáveis por esse crime, você tem o direito de pegar essa pessoa e submetê-la a um julgamento. Mas o que aconteceu foi simplesmente um assassinato.”
    Será que Maria Aparecida Aquino finalmente encontrou, no barbudo Bin, um Elvis pra chamar de seu?

  164. Anonimo

    -

    03/05/2011 às 18:14

    Bin Laden = Marighella?
    .
    Terrorista “torturado” em Guantânamo (colocado no pau-de-arara) dedurando a localização do aparelho do Osama?
    .
    Ih!…Mas então tem muito petralha graúdo (e graúda) com muito rancor e revolta nesse momento de (mais uma) derrota…
    .
    Morreu o Che Guevara dos ricos (dos petro-dólares)…
    .
    morreu o genocida do novo milênio!

  165. Eneida

    -

    03/05/2011 às 18:13

    Você sempre se supera, Augusto

  166. Sergio S. Oliveira

    -

    03/05/2011 às 18:06

    Para quem é Cristão, claro, matar não faz parte do nosso dicionário e vocabulário. Mas para esse fanático do Islã, nós todos, cristãos católicos ou evangélicos e, principalmente, os judeus, somos a escória do mundo. Precisamos ser eliminados. Esta criatura, que nem ouso chamar de homem porque não era, era uma besta-fera, tinha em sua mente a aniquilação do Ocidente, representado pelo grande “satã”, os Estados Unidos. A morte dele é um alívio para mim, um louco e desumano ser que deixa de existir. Suas idéias vão influenciar outros loucos e doentes mentais? Vão sim, mas a força motriz acabou, morreu e isto faz com que a organização perca força e foco, sendo mais fácil aniquilá-la. Sim, o mundo só terá paz realmente quando loucos e fanáticos como ele ganharam a prisão eterna ou uma cova rasa com 7 palmos, ou o mar, nas suas profundezas. Deve estar abraçado ao diabo agora. Ah, antes que eu me esqueça: o atentado de 11 de setembro não foi somente um atentado às Torres Gêmeas, aos Estados Unidos. Foi um atentado contra a HUMANIDADE.

  167. A. Silva

    -

    03/05/2011 às 18:00

    Eu só lamento não ter estado lá prá ver a cara do animal dando o último suspiro. Tem problema não. Em 2014 eu hei de ver o fim da Era da Mediocridade pelo justiçamento ético das urnas. Será o fim dos 20 anos mais curtos da história da humanidade…

  168. Vera Scheidemann

    -

    03/05/2011 às 17:52

    O incrível é a gente constatar que, a cada hora,
    cresce o número de idiotas que defendem a tese
    do assassinato. Não é mole…
    Vera

  169. Dulce QC

    -

    03/05/2011 às 17:46

    Caro Augusto, artigo brilhante, como sempre!
    E veja no link abaixo o que acabo de ler no Globo Online. O secretário de comunicação do PT com certeza ainda queria holofotes, além do tapete vermelho estendido pela companheirada para o Delúbio em seu regresso ao lar-doce-lar! Abraços!

    http://oglobo.globo.com/pais/mat/2011/05/03/no-twitter-secretario-do-pt-diz-que-morte-de-bin-laden-ofusca-refiliacao-de-delubio-924372908.asp

  170. gaúcha indignada

    -

    03/05/2011 às 17:31

    Bravo Augusto, bem no “fígado”.

  171. Jeremias-no-deserto

    -

    03/05/2011 às 17:26

    Mais uma vez, um artigo fantástico,Augusto.E o que é ainda mais sintomático é o silêncio das nossas autoridades diante de um fato tão emblemático como a morte desse mega terrorista, fato que clama por uma definição dos chefes de governo mundiais. Até na América do Sul, governos como os da Argentina, Colômbia e Chile manifestaram-se favoàvelmente à ação empreendida pelos EUA.Já por aqui, a imperatirz está com pneumonia e os vassalos não têm o que dizer.

  172. Mirian

    -

    03/05/2011 às 17:25

    Querido Augusto, por favor corrija no 4º parágrafo: “o julgamento de Osama” …
    Não precisa publicar, seu artigo tá perfeito!
    Beijos.

    Claro que publico. Faço questão de registrar as observações dos amigos. Só me ajudam. Já mudei. Um abraço, querida Mirian.

  173. Alberto Tomasi

    -

    03/05/2011 às 17:21

    Por favor, na segunda frase do penúltimo parágrafo, acredito que tenha ocorrido um erro, onde se lê “O julgamento de Obama” deveria se ler “O julgamento de Osama”.
    Maravilhoso texto, inclusive essa frase, com a correção foi postada no meu facebook com os devidos créditos.

    Obrigado pela correção e pela força, caro Alberto. Já mudei. abração

  174. Wesak

    -

    03/05/2011 às 16:56

    Grande Jornalista Augusto Nunes.
    Artigo magistral. Perfeito.

    Abração, meu grande parceiro.

 

Serviços

 

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados