Blogs e Colunistas

01/02/2012

às 19:37 \ Direto ao Ponto

Solidária com a democracia cubana, Dilma Rousseff ataca a ditadura ianque

O comentário de 1 minuto para o site de VEJA, nesta quarta-feira, trata de parte da discurseira de Dilma Rousseff em Havana. Num dos piores momentos, a presidente ensinou que quem luta pelo respeito aos direitos humanos deve deixar em paz a democracia consolidade pelos irmãos Castro e declarar guerra à ditadura ianque. Quem não enxerga diferenças entre os Estados Unidos e Cuba sofre de confusão mental ou de miopia seletiva. Ou de ambas as coisas. É o caso de Dilma.

Deixe o seu comentário

Aprovamos comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais (e-mail, telefone, RG etc.) e links externos, ou que sejam ininteligíveis, serão excluídos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.

» Conheça as regras para a aprovação de comentários no site de VEJA

64 Comentários

  1. Valentina de Botas

    -

    16/04/2012 às 16:25

    Em algum lugar, aqui em casa, tenho o meu ‘Millôr Definitivo’ afirmando que ‘democracia tem hora’, pois ‘já pensou um avião comandado por um piloto escolhido pelo nosso Congresso?’. Cito de memória. Não me lembro de quando é a frase, mas o Congresso há algum tempo não contribui para a democracia brasileira, nem mesmo os moldes em que é escolhido são democráticos. Para Dilma e sua política externa esquerdopata e, por isso inclusive, canalha, democracia também tem lugar. Nesta bela tarde outonal e inspiradora, permite-me um causo ameno? Vitimiado por uma doença rara e geralmente fatal no fígado, um querido e doce amigo contrariou o diagóstico médico que não lhe dava mais do que um ano de vida. Salvo por um transplante e por sua fé inquebrantável, resolveu celebrar o 55º aniversário renegado pelos médicos, com os amigos, no apartamento de 400m2. Bom, não? Não para 250 convidados! Por minha experiência pessoal e profissional em organizar pequenos eventos, chamou-me para cuidar de tudo. A primeira providência foi convencê-lo a mudar o lugar. Reclamou que queria algo intimista (!), com os amigos que amava num ambiente acolhedor, nada da impessoalidade de buffets ou hotéis. Disse-lhe que ninguém tinha 250 amigos íntimos. Retrucou que se Roberto Carlos queria ter 1 milhão de amigos, ele poderia ter 250, sim! Devolvi que aquilo fora mera força de expressão do rei . Perdi essa, mas consegui convencê-lo a levar para um lugar mais apropriado objetos e alguns móveis que recriassem a atmosfera do acolhedor apartamento. Foi tudo perfeito naquela noite e, quase de manhã, restaram os amigos mais íntimos – 18 pessoas. Alguém, então, propôs um jogo: completar a frase ‘o homem é o único animal que…’. Valiam citações, paráfrases e pérolas de lavra própria. Até que tivemos a vencedora ‘escolhe os amigos’. A canalhice lulo-petismo avisa que também é o único que os escolhe entre os inimigos dos inimigos. Um beijo, Valentina.

    Um beijo, Valentina.

  2. Petista arrependido

    -

    07/02/2012 às 19:00

    Augusto,
    O Obama nem dormiu aquela noite…

  3. Cagliostro

    -

    04/02/2012 às 8:22

    O comunismo é como se fosse um virus. A partir da hora em que toma conta do organismo debilitado pela ignorância intelectual, torna-o cégo e fanático, a ponto de ter visões, como por exemplo, enxergar democracia em Cuba e ditadura nos EUA.

  4. e bartlett

    -

    03/02/2012 às 2:30

    Amigos, alem de ler AN e RA que sao uma luz nessa escuridao chamada Brasil, recomendo tambem ler o livro – O QUE SEI DE LULA, de Jose Neumanne Pinto. Estou bem no final deste livro. Ele deveria ser leitura obrigatoria nas escolas, para abrir a cabecinha da maioria dos iludidos brasileiros. Serve tambem como um bom presente para cada amigo petralha que, infelizmente, todo mundo tem.

  5. carlos jaime fehn

    -

    02/02/2012 às 22:58

    Os efeitos das torturas no regime militar,atacam a presidenta,como uma bomba de efeito retardado.

  6. precisamos pressionar

    -

    02/02/2012 às 22:16

    Caro AN , em relação ao psot anterior sobre o desmentido do senador Aloysio , acho que foi perda de tempo. Primeiro porque a massa que elegeu dilma , uiz marola, e assemehados não lê jornal.Quando muito o utiiza para limpar o numero dois dos seus cachorros , além do mais ele se utilizou de palavras que o povão nem sabe o significado.Prgune pra um eleitor da massa que bota essa gente lá se sabe o que significa “Sinecura”,acho que foi esta uma das palvras que ele utilizou e referindo á Dilma. Par chegr ao povão , que é quem precisa saber a verdade ele deveri imprimir milhares de prospectos com o texto e entregar , de mão em mão ao povo de pinheirinos. O PSDB é ruim de comunicação prá caramba . Se fosso o pt , saberia exatamente como fazer , mas…

  7. Incisiva

    -

    02/02/2012 às 17:57

    O “suposto operário”(engole quem é trouxa) é analfabeto, então fala besteira por todos os poros. Mas a “Mãe Dilmona”, pelo que se diz por aí, frequentou universidade… então, qual a explicação para tanta falta de conhecimento? Para tanta cavalgadura? Já existia o ENEM de HADAD, quando ela conseguiu pisar numa escola superior?

  8. Sonia Regina

    -

    02/02/2012 às 17:14

    Alguem tinha duvidas desse tipo de comentário? A unica duvida era quando.

  9. Leila

    -

    02/02/2012 às 16:20

    Caro Augusto Nunes, rogo para que Deus o proteja sempre para que tenhamos professioanis sérios como você lutando e mostrando com coragem o que estes apedeutas estão fazendo com o futuro do nosso país. Quem sabe um dia o povo abre os olhos. Veja o que eles fazem para lavagem cerebral, em todos os cantos onde se possa imaginar eles estão afoitos para adestrar tudo e todos que encontram pela frente. Um camatrada que vem a ser o presidente desta coisa “transparente, imparciale apartidária” fica postando mensagem lulistas em comunidades do facebook e adivinha quem paga a conta? O apoio incondicional do “Brasil- um país de tolos”. http://www.inbraelei.org.br/apoio.html

  10. Cláudia

    -

    02/02/2012 às 16:09

    Dilma é uma anta.

  11. Sínter.

    -

    02/02/2012 às 15:33

    só pode ser burrice!
    só pode ser burrice!
    só pode ser burrice!
    A professora me mandou escrever mil vezes.
    só pode ser burrice!

  12. Marcus

    -

    02/02/2012 às 15:18

    Para a turma esquerdopata de petê e aliados, Cuba é uma democracia com mandatos de 50 anos, enquanto os Estados Unidos são uma ditadura que obriga o povo a votar de 4 em 4 anos para presidente.

    E é isso que tem não sei quantos porcento de popularidade no Brasil.

    Abraços!

  13. luis

    -

    02/02/2012 às 15:11

    Dima não representou o Brasil e nem a opinião dos cidadãos brasileiros que são totalmente contra o que aconteceu e acontece em Cuba. Dilma foi representar um partido e sua ideologia atrasada, babando naqueles velhos decrépitos ditadores assassinos que são na verdade sua referencia ideológica. Que vergonha. O Brasil não merece isso e que o mundo saiba que os cidadãos brasileiros não compactuam com a opinião desses esquedopatas atrasados!

  14. joseanelotti@bol.com.br

    -

    02/02/2012 às 14:49

    Quem entende de direitos humanos é …

    …o Fidel, claro.

  15. Otavio

    -

    02/02/2012 às 14:33

    Creio ter uma explicação para o comportamento da presidenta Dilma Rousseff. É que ela poucas vezes na vida viu, realmente, a dita dura.

  16. Tostão

    -

    02/02/2012 às 14:29

    É ilustrativa a indumentária da figura (soldado) que aparece em primeiro plano, primeira pagina do Estadão de 01/02/12, no momento em que D. Dilma, com otoridades cubanas, “passa em revista” as tropas: seu “coturno” é uma botina “mateira”…

  17. jgomes

    -

    02/02/2012 às 14:21

    Caro Augusto,
    Está chovendo muito pelos lados de Brasília, e o
    neurônio solitário entrou em curto circuito. Só pode.

  18. Gilberto Monteiro Mazot

    -

    02/02/2012 às 14:03

    Só para tomar ciência: dois comentários impublicáveis do Gilberto Mazot:

    CUBA E BRASIL: NOSSO TELHADO DE VIDRO ESTÁ INTACTO?
    Segundo a Presidente Dilma, o Brasil não pode questionar a política “antidireitos humanos” do governo cubano, cuja ditadura, que perdura desde 1959, e ainda há poucos dias permitiu mortes de presos políticos em greve de fome. Isso porque, “direitos humanos não são arma político-ideológica”.

    Não são é? Lembrou-me de imediato aquele tal “princípio civilizatório da presunção da inocência” para a defesa de acusados de corrupção.

    Voltando. Cuba, não é apenas uma ditadura, Cuba é uma ditadura das mais cruéis da história, não sendo por outra razão, que não permitem seus cidadãos de saírem do país. Só permitem, é claro, àqueles que têm sobejadas razões (além do amor à pátria e a coragem) para voltar: são os defensores do regime. Certamente aqueles que não passam por necessidades básicas.

    Para Dilma, a razão de não podermos apontar o dedo aos cubanos e cobrar uma posição sobre uma política que respeite os direitos humanos, é bastante simples: teríamos nós, “telhado de vidro”. E, segundo ela, “quem atira a primeira pedra tem telhado de vidro”. Disse ainda que para falar de direitos humanos teríamos que primeiro falar da Base Americana de Guantánamo.

    Só é preciso lembrar que essa base não encarcera presos políticos americanos, mas sim encarcera acusados de terrorismo, como, por exemplo, acusados de participar do atentado às torres gêmeas em NY. Acusados de matar milhares de pessoas, mulheres, crianças, inocentes.

    As frases da Presidente em si, em si, causam a mim tanta perplexidade, que minha diminuta inteligência foi incapaz de interpretá-las. Mas vou tentar.

    Ora, se quem “atira a primeira pedra tem telhado de vidro”, e foi jogada uma pedra robusta pela Presidente Dilma justamente na Base Americana de Guantánamo, então significa que o nosso telhado de vidro está ameaçado. Ou estraçalhado pela insensatez de uma política internacional que não sabe exatamente o que somos, nem tampouco o que queremos.

    Dilma – há poucos dias – falando de economia no Fórum Social Temático, realizado em Porto Alegre, disse que a Europa tem “receitas atrasadas”. Apenas de não se saber exatamente quais são as receitas do atraso e quais as nossas receitas de um futuro promissor e altaneiro (80º I.D.H. – Índice de Desenvolvimento Humano), foi impossível não fazer algumas comparações.

    Meteu-se o dedo nos EUA, por manter a base de Guantánamo; meteu-se o dedo na cara da Europa, que tem, para a Presidente, usado “receitas atrasadas”. Mas o pobre povo Cubano vitimado pela Dinastia Castrista não pôde ouvir da Presidente um alento para a sua falta de liberdade, para o atraso em que vivem devido a esta falta de liberdade.

    Em Cuba, só para citar um exemplo do atraso, não se consegue uma conexão com internet. Produzir e jogar um vídeo na rede pode levar dias. Depois de uma catástrofe climática por que passou, nem bananas havia. Talvez apenas no poder.

    Pois o Brasil vai “investir” (a fundo perdido certamente) mais de um bilhão de dólares para comprar comida aos famintos irmãos cubanos e construir um Porto.

    Será que o Brasil, que põe o dedo na cara da Europa; e joga uma pedra na vidraça dos EUA, por tentar combater terroristas; não poderia fazer uma “barganha do bem”, e vender caro este bilhão de dólares em troca de uma efetiva melhora ou definição de uma abertura na cruel ditadura Cubana?

    Lá a ditadura de “esquerda”, a ditadura, dita comunista, mata opositores, Presidente? Ou deixa morrer de greve de fome. Ou matar não é um problema?
    Somos tão valentes, mas não podemos nos imiscuir nisto, em nome da não intervenção aos assuntos internos de outro país. Bem, então não vamos nos meter com assuntos internos Iranianos, só para citar um exemplo. Vamos respeitar – sem opinar – que eles decidam sobre sua política energética. Mundo complexo, não é? Ou seria um complexo de atraso comunista?

    Você, brasileiro, conheceu alguma democracia, dita comunista? Eu não!

  19. Gilberto Monteiro Mazot

    -

    02/02/2012 às 14:01

    Só para tomar ciência: dois comentários impublicáveis do Gilberto Mazot:

    CUBA E BRASIL EO TELHADO DE VIDRO II: Uma reafirmação. Alternância no poder é o oxigênio da liberdade.
    A cada dez manifestações de apoio acerca das opiniões por nós emitidas acerca da visita do Estado brasileiro à Cuba, recebemos uma manifestação contrária. É preciso reafirmar que acreditamos ser muito simplista a explicação de que temos “telhado de vidro” e não podemos questionar uma inexplicável ditadura de mais de 50 anos, e, ainda, darmos mais de bilhão de dólares do povo brasileiro para ajudar um país a manter uma dinastia familiar.

    Basta lembrar as nossas necessidades aqui dentro. No Rio de Janeiro, por exemplo, milhares de famílias que sofreram com deslizamentos de terra em anos anteriores ainda hoje não possuem um lugar decente para viver. Mas temos de ajudar os povos do mundo, enquanto para nossos irmãos brasileiros, além de não ajudarmos efetivamente, ainda jogamos o dinheiro de forma a permitir que fosse desviado por corruptos e não chegasse às mãos dos necessitados.

    Voltando a Cuba. Por que não fazem eleições livres em Cuba se eles têm certeza de que o povo apoia tal esdrúxulo regime?

    No Brasil – lembre-se – convivemos com todo este trauma depois de um regime totalitário, que nunca, por óbvio, teria meu apoio, mas que, reconheça-se (surgiu também para combater supostas ideias comunistas que se alastravam no poder). Aqui o regime totalitário durou 15 anos graves – se considerarmos a Lei da anistia, em 1979, e depois mais uma década para a redemocratização, pelo menos no papel. E em Cuba, temos uma ditadura, que foi governada por um homem por 50 anos, sucedido em família. É uma vergonha e uma indignidade manifestar apoio a tal regime. Será que no Brasil pretendemos, com uma sequência de reeleições, realizar tal regime destes de uma forma disfarçada?

    Alternância no poder é o oxigênio da liberdade.

    Nesta visita à Cuba, perdemos sim a oportunidade de protagonizar a história – clamando por redemocratização – e não apenas ajudar a história de agonia de um povo, fornecendo-lhes combustível para continuar uma ditadura.

    Na verdade, o que pode explicar estes afagos aos ditadores Cubanos? A velha cantilena da ideia de que uma suposta solução “comunista” resolva algum problema? Não acredito. Se acreditássemos teríamos receio de sermos atacados por radicais. Esta aí o filme “J. Edgar” para ajudar a rememorar a história. Demonstra que arregimentou-se o FBI nos EUA para prevenir e combater ataques de terroristas comunistas.

    Diria mais, tais afagos em ditadores depois que um preso político -, em pleno ano 2012, acabara de morrer depois de 80 dias de greve de fome – na minha modesta opinião – soa como um escárnio aos direitos humanos; e uma demonstra que – em tese – o Brasil pode se alinhar e este tipo de “condução política”.

    E essa tal ideia romântica de que temos de ficar adulando e homenageando ditadores, porque foram salvadores da pátria em outro momento histórico, convenhamos, é absurda, e não se coaduna com o Estado que pretende assento permanente no Conselho de Segurança da ONU. Se pretendemos ser um dos fiscais do mundo, precisamos esquecer o nosso telhado – ou consertá-lo – e dizer para o mundo o que pensamos. Se nada temos a dizer, como pretendemos ser fiscais do mundo?

    Sobre a Europa (em matéria de economia) dizemos que estão usando “receitas atrasadas”, e sobre Cuba, não temos o que dizer, a não ser que devemos ficar calados por que em matéria de respeito ao ser humano “temos telhado de vidro”!?

    Pois então, quem está no poder que trate de reconstruir o telhado, colocar uma cobertura mais digna do ser humano, e que, de preferência, nos proteja do sol escaldante da corrupção.

    Acho que a frase da Presidente pode representar uma visão pessoal de futuro, ou uma imagem pessoal do passado. Não acredito seja uma posição que incorpore a visão do brasileiro, ainda que este possa estar com visão embaçada pelas políticas populistas e eleitoreiras: a velha história inebriante da mãe dos ricos e pai dos pobres.

    Se não temos respeito ainda por direitos humanos no Brasil – a sexta economia do mundo – muito se deve às escolhas políticas, que não optam pela única saída efetiva para o respeito ao ser humano em qualquer lugar do mundo: educação (real de qualidade) e liberdade; liberdade e educação.
    Levantar escolinhas com telhado de zinco ou em contêineres – como já se faz no Brasil – e jogar “bolsas miséria” para o povo realmente não significa respeito aos direitos humanos.

    Voltando. Cuba fez uma revolução acertada em 1959 e depois fez o quê? Fechou-se numa inexplicável redoma. E nós – brasileiros – temos de apoiar isso e ficar impassíveis? Por quê? Porque os mandatários do poder têm na memória um saudosismo de uma ideia de revolução salvadora comunista?
    E o hoje, coitados, eles nem sabem o que querem. Escutei que Raúl Castro pensa que o estado não deve se meter em negócios entre indivíduos. Isso é o oposto ao direito. É quase entregar a sociedade à lei do mais forte. É quase à barbárie. Isto é, eles estão tão fechados em si, que nem mais sabem o que dizem, nem o que pretendem, nem sequer como sair desta realidade terrível.

    A liberdade – inclusive na economia – é a forma pela qual o homem moderno escolheu para viver. Mas com um estado forte, interventor para defender a justiça social; regulador; fiscalizador; e, principalmente, não viciado pela corrupção. Assim a sociedade administra a liberdade e a economia.

    Assim, as sociedades mais avançadas do mundo progrediram rapidamente. Olhe para a Oceania. São mais jovens que nós, e, no entanto…

  20. Suzana

    -

    02/02/2012 às 12:40

    Grande Augusto!

  21. Mamed

    -

    02/02/2012 às 12:37

    Perdeu uma ótima oportunidade de ficar calada.
    .
    Poderia ao menos dizer que é a SUA opinião e não representa os valores do Brasil… Ah, Mas lembrei que ela estava ali como Chefe de Estado!
    .
    São nesses momentos que me dar vontade de ir embora!

  22. Celso Arnaldo

    -

    02/02/2012 às 12:32

    Já incluí o vídeo, meu irmão. abração

  23. Think tank

    -

    02/02/2012 às 12:24

    Alguém ai conhece alguma forma de desbancar esta gangues composto por mitomaníacos que usurparam os três poderes da nação? Com tipos de instituições como STF que hoje temos, se bobear, num dia vamos acordar em Cuba-II.

  24. Juliano

    -

    02/02/2012 às 12:13

    A Dilma é uma criação do molusco. É pau mandado! Não tem autonomia e coragem alguma! Inclusive por estas “características” é que foi a escolhida!!! Essa gente não pensa no Brasil, pensa apenas em manutenção de poder pela manutenção do poder. Imagina se iriam colocar alguém lá que pudesse não rezar na cartilha petralha!! Só bobo para acreditar nisto!

  25. Think tank

    -

    02/02/2012 às 12:11

    Não sei como em plena era da informação estes saqueadores do bem estar social, seja em termos de liberdade pessoal ou bens materiais, ainda ficam propalando estas aberrações.
    Quantos milhões de vidas mais querem estes ceifar para manter a própria mamata com estas mazelas? A prova mais contundente é o caso da extinta Alemanha Oriental, mesmo o povo mais brilhante da Europa, sob o manto destes transformaram aquilo num estado em bancarrota, a ex URSS foi para o brejo por mesmo motivo. Diante de tantos fatos a EreDilma ainda vem com lorotas de que a bancarrota de Cuba é por causa dos USA?

  26. Celso Arnaldo

    -

    02/02/2012 às 11:56

    Gratíssimo, irmão! Outro texto antológico. abração

  27. ADRIANO MAGALHÃES

    -

    02/02/2012 às 11:48

    DIDÁTICO!!!! 02/02/12

    Brado Retumbante
    Artigo no Alerta Total – Péricles da Cunha. –

    Tenho assistido a esta mini série e comecei a me surpreender com o rumo que ela tomou, fugindo daquele tema corriqueiro que sempre leva a: – pau nos políticos; – pau na Revolução e etc.

    Eu me pergunto: – O que há por trás desta “fumaça”?

    Vou dar a minha opinião e depois me cobrem:

    1.Os que me acompanham sabem de uma conversa que tive com um dos maiores empresários brasileiros, depois do impeachment de Collor. Mostrava a preocupação com o cenário político que se formava (Brizola, Lula, MST, moratória, etc.), falta de lideranças civis e militares. E ele me tranqüilizou garantindo que o Lula e sua turma nunca seriam um real problema.

    Continua aqui: – http://www.alertatotal.net

  28. Paulo Bomfim

    -

    02/02/2012 às 10:57

    Augusto, o Kassab começou a fazer o pagamento como parte da promessa de assinatura de contrato de aluguel ao PT: doou (!!!) uma área pública de 4000 m² ao Instituto Lula. Quanto será que custa a consciência dele?
    E o STF adiou – de novo! – a decisão sobre o CNJ. Das duas, uma: ou os ministros têm sérios problemas pra pensar e só o conseguem fazer ali, na hora do julgamento, ou… todo mundo sabe o que é o “ou”…
    Abração, Augusto.

    Vou comentar num post ligeiro a doação do pedaço da cidade, grande Paulo Bomfim. abração

  29. Marcelo Ferreira Soares

    -

    02/02/2012 às 10:56

    A oposição parece doente, apática. Ela precisa honrar os 44 milhões de brasileiros que rejeitaram Dilma e PT! Depois dessa proposta rídicula de ceder espaço público para as “Organizações Lula”, Kassab mostrou o que é uma traição, uma vez que seus eleitores lhe confiaram a prefeitura de São Paulo com o objetivo de renovar e manter os esquerdistas longe da administração direta.

  30. Mairalur

    -

    02/02/2012 às 10:45

    Que os petralhas me perdoem e não me processem, mas essa senhora é desequilibrada. Deve ser sequela das torturas.

  31. José de Araújo Madeiro

    -

    02/02/2012 às 10:37

    Augusto,

    No caso dos prisioneiros cubanos, a President(A) Dilma está corretíssima.

    Em Cuba nunca existiu ofensa aos direitos humanos. Antes disto, os prisioneiros foram e são fuzilados. E estando mortos, é claro, que precisam apenas de ¨rezas para salvarem suas almas¨. Jamais precisarão de direitos humanos, dos vivos, por questões ideológicas.

    Parabéns, President(A) Dilma PTralha, como a senhora é inteligente e admirável!

    Abs; Madeiro.

  32. Oliver

    -

    02/02/2012 às 10:22

    AUGUSTO
    No meu comentário no post referente ao impasse com a blogueira Yoanes, 26/01/2012 às 15:17, afirmei que apostava com qualquer um aqui que íamos ouvir a dona faxineira dizer “Eu fiz minha parte”, tal qual Pilatos fez a parte dele, com uma bacia dágua e um balde de covardia.
    Feito e dito. É escárnio. Várias burrices somadas terminam por moldar uma cebola idiotizada. Concorrem para isso anos de aprendizado nas guerrilhas de esquerda, administrações de lojinhas de um real, uma passadinha pela cadeia e um estágio com o maior vigarista que este país já viu na política. O resultado é este. Uma piloto de um navio parado, adernado entre as pedras. E o opostunismo explícito do rei do tártaro e tripudiador de mortos em acidentes aéreos, que bafejou nas “mídia” com sua boca podre que o “preço” pela visita da blogueira teria que ser o fim do Generación Y, fazendo de quebra o servicinho sujo para os irmãos múmias. Para o assassino italiano, festa. Fala sério. Alguém aqui acredita mesmo que essa gentinha se converteu em alguma coisa que preste ? Até me assusta essa nova ideia. Vão tirando as camadas da cebola podre e o que vemos é ainda mais cebola podre. Vigaristas.

  33. Leonardo X, na Resistência

    -

    02/02/2012 às 10:21

    A governanta Dilma tem uma grande vantagem sobre o seu inventor, o camarão-camaleão Lula: ele fala de menos, enquanto o outro falava demais. Mas o silêncio de ambos desmente o provérbio que o considera de ouro, porque silenciam quanto ao deveriam denunciar. Essa viagem a Cuba, paga com o dinheiro do contribuinte, não é realizada no interesse nacional, assim como não o foram as de seu antecessor. É mais uma peregrinação ao santo ditador mais antigo do mundo, do qual vão pedir bênçãos e ouvir conselhos de como perpetuar uma ditadura até o amargo fim. E abençoá-lo com o nosso pobre dinheirinho. Espero que a visita agendada a Cuba pelo Papa Bento XVI seja para dar ao coma andante a extrema unção da ilha-presídio.

  34. pedro viana

    -

    02/02/2012 às 10:10

    a omissão do psdb e aliados os fazem tão indecentes quanto a dilma e seus facínoras !!!!!!

  35. pedro viana

    -

    02/02/2012 às 10:09

    depois desta, se declarar petista é o mesmo que se declarar marcolista ou beiramarzista !!!! como uma pessoa deste nível conseguiu chegar á presidência de uma nação ???? seria ela muito esperta, ou nós muito burros ????

  36. Carlos RM

    -

    02/02/2012 às 10:05

    Grande Augusto, como sempre, você presta um serviço ao povo brasileiro. Como no caso do post Marli, meu travesti do Amaury, hoje e até o fim do mês você e os demais decentes do país, tem um compromisso obrigatório. Um encontro com a verdade. No blog de um declarado leitor e admirador seu ( qual decente do país não o é ?, o Coronel Noturno ( Coronel Leaks ), num tópico intitulado VAZARAM AQUI, foram postados uma enormidade de vídeos e documentos comprometedores sobre a quadrilha no poder. Imperdível meu irmão. É munição pra mais de metro. Grande abraço. PS : que me desculpem, você e os demais leitores pelo comentário off-topicc, mas é bom demais para ser verdade.

    Vou nessa, meu irmão. Sou leitor e admirador do Coronel, que faz um grande trabalho no Coturno Noturno. abração

  37. Mariazinha

    -

    02/02/2012 às 9:18

    Na verdade, a governanta padece de confusão mental e miopia seletiva, aliás, como todo esquerdofrênico latino americano. ao ignorar o grave problema dos direitos humanos em Cuba, a dilmarionete preferiu afagar os direitos dos manos, dos manos Castro é óbvio.

  38. Paulo

    -

    02/02/2012 às 9:11

    Lula&Cia tem um público específico: são 3 milhões de trabalhadores e 20 milhões de aposentados que ganham 1 sal.mínimo + 20 milhões de família cadastradas nas diversas bolsas. Há os falsos intelectuais que ainda idolatram Che Guevara e Fidel + os interessados em boquinhas no governo. O discurso é para essa turma, não para o “resto” do país. O “resto” do país serve para dar ares de democracia ao país e para pagar tributos. Os revolucionários comunistas do Governo Militar venceram e cativaram um público fiel. Perdemos a guerra. O atraso intelectual e a esperteza venceram.

  39. Lyon

    -

    02/02/2012 às 8:48

    É um espanto.
    A capacidade petralha e de esquerda para escamote e inverter a verdade.
    A propósito:

    DITO
    “O canalha, quando investido na liderança, faz, inventa, aglutina e dinamiza massas de canalhas. Façam a seguinte experiência: — ponham um santo na primeira esquina. Trepado num caixote, ele fala ao povo. Mas não convencerá ninguém, e repito: — ninguém o seguirá. Invertam a experiência e coloquem no mesmo caixote, um pulha indubitável. Instantaneamente, outros pulhas, legiões de pulhas, sairão atrás do chefe abjeto.” (Nelson Rodrigues)

  40. bruno

    -

    02/02/2012 às 8:47

    Por os petistas amam Cuba e detestam os Estados Unidos? inveja……este ano irei a Orlando gastar muitos dólares e comprar produtos muito mais barato que no Brasil……ciao Brasil….ciao tolos…..

  41. bruno

    -

    02/02/2012 às 8:44

    Que coisa mais ridícula!!!!!

  42. Suzana

    -

    02/02/2012 às 8:13

    Post antológico!

  43. Serginho

    -

    02/02/2012 às 8:08

    Parabéns, AN!

  44. Nei Moreira

    -

    02/02/2012 às 8:00

    Augusto,
    Não entra na cabeça de qualquer cidadão com um mínimo de inteligência, as declarações imbecis da PRESIDENTA em relação a ditadura Cubana e os EUA. Querer defender aqueles animais presos em Guantânamo, responsáveis pelo 11 de Setembro em que morreram milhares de cidadãos americanos bem como outras pessoas inocentes de várias nacionalidades que trabalhavam no World Trade Center por ocasião do infame atentado. Somente uma mente perturbada e incapaz de dirigir a nação brasileira pode fazer tão burras declarações no intuito de louvar os irmãos Castro, assassinos, que há mais de cinqüenta anos sufocam os moradores daquela ilha com repressão criminosa contra os que não concordam com sua revolução falida e ultrapassada, quando, em nome dela, cometem crimes hediondos contra seus moradores. Somente uma mente tacanha de uma ex-guerrilheira irresponsável que não pagou pelos crimes que cometeu em sua juventude contra a nação brasileira, pode fazer uma sustentação tão infeliz. Pobre Brasil, com estes vermelhinhos, que em nome de uma ideologia, estão roubando os bens do país numa corrupção criminosa e perversa em detrimento de sua população.

  45. Dexter

    -

    02/02/2012 às 7:44

    Existe um terceiro motivo para a Dilma não enxergar a diferença entre os EUA e Cuba : Conveniência Petralha.

  46. Nopt

    -

    02/02/2012 às 7:36

    Augusto, a mulher nāo sofre de confusāo mental. Para ele as coisas estāo muito claras. Confusāo mental sofre quem vota no PT.

  47. Duda Bello

    -

    02/02/2012 às 6:05

    Grande Augusto,
    Me permita uma pequena correção. Ianque não seria a palavra apropriada para essa gente e sim, estadunidense…Hiiiiiiirrrrrrrk! Por favor continue com a boa luta desmascarando sempre a “canalha”! Forte abraço.
    P.S.: Brasileiros como vocês ainda nos dão muito orgulho. Fique com Deus.

    Certíssimo, Duda. Fica instituído oficialmente o “estadunidense”. Grato pela força. abração

  48. PARTIDO - PÊQUÊPÊ

    -

    02/02/2012 às 4:30

    .
    CARO AUGUSTO,
    .
    O MAIS CONSTRANGEDOR É VER OS MILHARES DE “AMERICANENSES” TENTANDO FUGIR DOS EUA PARA cuba , NAQUELAS LANCHAS ULTRA MODERNAS E YATES INCRIVEIS
    .
    O QUE OS AMERICANENSES SENTEM DE VERDADE EM RELAÇAO AA CUBA, É INVEJA ! ELES INVEJAM TANTA LIBERDADE E PROSPERIDADE
    .
    DAI VEM A TURMA DO … “ah mas eles fez embargo….” É, “ELES FEZ EMBARGO”, E cuba ESTAVA intentando AMEAÇAR OS EUA COM BOMBAS ATOMIQUINHAS FABRICADAS E TRAZIDAS PELA EX UNIAO SOVIETICA, COLOCADAS ALI NO QUINTAL DOS EUA, QUE MEIGO TUDO ISSO, TAO INOCENTE O FIELZINHO
    .
    É OTIMO ALMOÇAR COM FIDEL E COM O OUTRO, O FIDEL MENOR E MAIS NOVO. PODE-SE FALAR SOBRE METODOS COVARDES DE EXTERMINIO ENQUANTO APRECIA-SE UM MANJAR DOS dEUSES, COISA PARA POUCOS, BEM POUCOS…. POUQUISSIMOS; SO A FAMILIA CASTRO E CORJA
    .
    O RESTO OU É FANATICO, OU É OPRIMIDO E CALADO, OU É TRATADO COMO TRAIDOR DA PATRIA EM UMA MASMORRA OU… BOM, DEVE TER MAIS COISAS…
    .

  49. carlos nascimento

    -

    02/02/2012 às 2:04

    Grande Law, o eterno jovem ancião, sua participação na Coluna é sempre um bálsamo, além de grande fator de motivação para continuarmos nossa luta por dias melhores, diria que é igual ao bom vinho, lógico que da safra dos anos 30. Coisa rara nos dias atuais.

  50. Corinthians

    -

    02/02/2012 às 1:40

    É o terrorismo seletivo. Como boa ex-terrorista de esquerda que quria uma ditadura comunista no Brasil, o que ela pode fazer é tentar defender a ditadura cubana da única maneira que os petistas sabem fazer… dizendo bobagens.

  51. José Geraldo Coelho

    -

    02/02/2012 às 1:10

    Ela pode dizer o que quizer.
    Não trazendo a Democracia Cubana prá cá.
    Eu, particularmente, prefiro a Ditadura Perversa dos americanos.

  52. Emmanuel Vieira

    -

    02/02/2012 às 0:33

    Pensei…

    Você não pensa desde o dia do parto, emmanuelanta.

  53. Law

    -

    02/02/2012 às 0:24

    Read well: ….sobre essa insanidade…

  54. Law

    -

    02/02/2012 às 0:22

    Os regimes comunistas mataram milhões, as populações que viveram sob o seu tacão não tiveram liberdade, passaram fome, foram perseguidas, torturadas, ficaram afastadas da modernidade, entre tantas outras perdas. Isso é sabido por qualquer pessoa que se interesse por informação, disponível em sites confiáveis.
    Cuba mal se sustenta há décadas e é uma ilha-calabouço há mais de cinqüenta anos, mantendo hoje o que afirmei acima. Eu estive lá duas vezes recentemente e andei, viajei, vivi ne meio de pessoas e vi a tragédia dessa pobre nação.

    Quem a presidente do Brasil quer enganar entre uma minoria -mas, mesmo assim, milhões- de pessoas preparadas que sabem que isso que ela fala é mentira? Ou será que ela quer provocar as pessoas decentes que conhecem a verdade? E por que outras publicações da grande imprensa não se manifestam sobe essa insanidade?
    Até quando teremos de viver sob esse triste espetáculo do circo-hospício em que essa gente tranformou o Brasil?

    Um exemplo de circo hospício-provocação fora da política, mas diretamente por ela influenciado? Simples, há cenrtenas, mas fiquemos no caso recente, do ‘cartoonist’ da Folha desrespeitando acintosamente mulheres e crianças-meninas dentro de restaurante usando e querendo continuar a usar (quero-porque-quero) impunemente banheiro reservado às mulheres, moças e meninas. E indo reclamar junto à Secretaria Estadual de Justiça e nenhuma autoridade o põe no seu mísero lugar!
    Pergunto: mas que c@r@#ho é isso?
    Basta! Fora! Está demais!

  55. MALDONADO

    -

    02/02/2012 às 0:06

    E A NOSSA MAIORAL, VAI DE VENTO EM POUPA, LÁ PELAS BANDAS DA ILHA DO FIDEL, DE UMA SÓ VEZ INALGURA
    A DIPLOMACIA DO “VISTO VAI NUM VAI” ASSOCIADO AO ARREMESSO DE PEDRA NO TELHADO DE VIDRO ALHEIO, SE A MODA PEGAR, SE CUIDA AI AUGUSTO, QUE VAI SER PEDRADA PRÁ TUDO QUANTO É LADO.
    NOTA: ACHO QUE ATÉ AQUI, A HUMANIDADE NUNCA VIU ALGO IGUAL.

  56. Rafael

    -

    02/02/2012 às 0:01

    Sei que foge ao assunto do post, mas gostaria de saber o que você acha da doação, por Gilberto Kassab, de um terreno na cracolândia, em nome do Instituto LULA ?! Agora complicou geral!

  57. FM

    -

    01/02/2012 às 23:43

    É um verdadeiro espanto como esses débeis mentais ideológicos tem facilidade de se agacharem para os facínoras da ilha. Na teoria deles, só tem que escancarar são os excessos dos militares americanos, mas a vergonhosa opressão que os cubanos sofrem do seu governo, eles escondem atrás do cínico biombo de não intromissão nos assuntos internos de outros países que como já vimos no passado, não valeu para o Governo Hondurenho. No dia que nosso povo menos esclarecido abrir os olhos e diminuirem o apoio que dão a essa corja, minguarão também as bolsas usadas como moeda de troca.

  58. guigui artista

    -

    01/02/2012 às 23:30

    Por isso o Br não é levado a sério.

  59. Quaker

    -

    01/02/2012 às 23:19

    Falta pouco para Cuba ser a maior potência mundial.
    Dilma está garantindo um meio para que Cuba em futuro próximo não invada o Brasil e toma o poder.
    A economia cubana dominará o mundo até 2018.
    O brasil já lançou foguete agora,segundo o Macaco Simão vamos ver “CUBA LANÇAR”.

  60. Cícero Pithan Reis

    -

    01/02/2012 às 23:09

    A gerente geral, já que êh peoa, tem a filosofia da vaca: andando e cagando ao mesmo tempo. O que entope os bueiros não êh o lixo e sim, o voto que êh posto na urna.

  61. Beatriz

    -

    01/02/2012 às 23:08

    Esperavam o que da terrorista??? POBRE POVO BRASILEIRO, QUE SOMENTE TEM AMEBA AO INVÉS DE CÉREBRO!

  62. Alerta Brasil

    -

    01/02/2012 às 22:43

    Só um comentário: SURTOU DE VEZ

  63. PAPAGAIO

    -

    01/02/2012 às 22:17

    O QUE EU REPAREI NA PRESENÇA DE DILMA EM CUBA, PELAS IMAGENS NA TV, É QUE LÁ OS PODEROSOS MORAM EM LUGARES COM PAISAGENS DESLUMBRANTES , ANDAM EM CARRO DO ANO E NOVOS, MORAM EM CASAS DESCENTES. ENQUANTO O POVO CUBANO, COITADO, AS CASAS ESTÃO COM O REBOCO CAINDO DE TÃO VELHAS, OS CARROS ANTIGOS ANDANDO SÓ DEUS SABE, INFRAESTRUTURA SEM INVESTIMENTO.
    SERÁ QUE NOSSA PRESIDENTE FOI BUSCAR O MODELO DE CUBA PARA TRAZER PARA O BRASIL?
    PELO MENOS JÁ ESTAMOS A CAMINHO, É SÓ OLHAR A CORRUPÇÃO COMENDO SOLTA.
    QUAL PROXIMO PAÍS QUE ELA VAI VISITAR DAR APOIO AO REGIME?
    SERÁ O IRÃ?
    OH!!!! DUVIDA CRUEL

  64. albina maria joao

    -

    01/02/2012 às 19:42

    isso é um POBREMAAAAAAAA,MEXER COM PEIXE GRANDE????´´E CASO DE INTERNAÇAO…KKKKKKKKKKKKKKKKKKK

 

Serviços

 

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados