Blogs e Colunistas

29/08/2010

às 12:56 \ Direto ao Ponto

Celso Arnaldo: uma das mais estarrecedoras entrevistas da curta e assombrosa história política de Dilma sobre a face da Terra (1)

Ainda bem que fui alertado com algumas horas de antecedência: “Acredite, é uma das mais estarrecedoras entrevistas da curta e assombrosa história política de Dilma sobre a face da Terra”, avisou-me Celso Arnaldo ontem à noite. Claro que acreditei. Nem por isso escapei dos sobressaltos. A coisa é tão perturbadora que, para permitir ao leitor recuperar o fôlego e recuperar-se do assombro, a coluna decidiu publicá-la em dois capítulos. A parte final entra no ar às quatro da tarde. Apertem os cintos, amigos. Estamos entrando no túnel do espanto:

Faltam 35 dias para as eleições e, a menos que seja asfixiada por um colar de anacolutos no discurso de posse, a mulher completamente desarticulada que aparece neste vídeo não é mais a candidata tosca e folclórica à Presidência, uma sátira à la Zorra Total, mas a mulher que vai receber, de mão beijada pelo bafo de Lula, um mandato pelo qual os brasileiros a autorizam a exercitar na prática o conjunto de suas sapiências, suas expertises, nas diferentes áreas da administração federal.

O assunto que Dilma Rousseff escolheu para esta “conversa” com a imprensa é a “assistência integral” à criança. A iniciativa de discorrer sobre o tema foi portanto dela, o que elimina qualquer atenuante para o assombroso teor desta entrevista. É crime doloso, é o infanticídio de um governo natimorto.

Ela chega toda animada, já com ares de presidente e aquele sorriso falso que põe um dente na calçada e logo se recolhe. E aparentemente entusiasmada com o que vira na véspera:

– Até porque, eu tive (sic) ontem na Bahia…

Da Bahia trouxe mais um subsídio para incluir no projeto que promete revolucionar a assistência à criança no Brasil, da barriga da mãe até o “ensino fundamental, mé….fundamental e médio, ensino básico”, como ela explicará mais tarde.

“Salta aos olhos uma coisa, né? Porque um país do tamanho do nosso, com a população de crianças e jovens que nós temos, é um pais que vai tê de sê medido pela capacidade que tivé de fazê uma política que inclua as crianças”.

Seja lá o que for isso, soa como um mea culpa: nos oito anos do governo Lula, os 60 milhões de crianças brasileiras de 0 a 14 anos formaram um coral de Macaulays Culkins: “Esqueceram de nós, esqueceram de nós!!!”

Mas como a presidente Dilma pretende “incluir” as crianças em seu governo?

“De uma forma especial. Que construa o cuidado com as crianças desde o momento da gestação da mãe, passano obviamente pelo parto e chegando até ao atendimento à criança nos seus primeiros anos de vida, que é um momento muito especial”.

A presidente Dilma deve ter aprendido esse “construa” com a ex-companheira Marina, mas aprendeu também que as crianças nascem — aliás depois da gestação da mãe, e não do pai, como às vezes acontecia no governo da oposição — e precisam de cuidados desde o momento em que vêm ao mundo. Ninguém ainda havia pensado nisso.

E o que a presidente Dilma vai fazer, ou já fez, para inventar no Brasil a assistência materno-infantil, que nem Lula pensou em criar? Ela explica com autoridade:

“Nós, pra isso, pra essa, pra esse cuidado, construímos a Rede Cegonha”

Olha ela aí gente!! Novidade: a Rede Cegonha já foi “construída” pela presidente Dilma. Para levar o Brasil no bico.

“A Rede Cegonha é um….primeiro, ela tá baseada num ponto de prevenção, que é o tratamento da mulher quando grávida. O acompanhamento da gravidez, todos os exames de praxe e também a avaliação do feto e todo o acompanhamento que isso requer. Será feito através de Clínicas da Mulher”

Não deu para entender muito bem. Dilma pretende criar isso? O que ela descreve como “meta de governo”, embora com outro nome, é o beabá da assistência materno-infantil, disponível em todo o Brasil. Melhorar é outra história. São Paulo, aliás, tem um programa da mulher quase modelar, em nível municipal e estadual.

“Depois tem a questão fundamental do parto. Ter maternidade de baixo risco e alto risco. E, na sequência, no tratamento dos primeiros dias, meses da criança, é a estrutura de UTIs neonatais, com hospitais de referência da criança”.

A presidente Dilma acaba de criar, por decreto, a Obstetrícia e a Pediatria Neonatal no Brasil. Começa bem. Mas o que será oferecido nesses hospitais de “referência”?

“Cê tem basicamente um atendimento que eles chamam, né, já mais sofisticado, né, com maior nível de complexidade. Então lá se trata de problemas que vão desde a questão do coração, né, por exemplo, crianças que nascem com problemas de coração, passando por todas as doenças que podem levá a risco de vida do bebê”

Nos hospitais criados por Dilma, doenças serão tratadas, bem como doenças afetivas, a tal “questão do coração”.

Mas, depois de dona Cegonha, é hora de introduzir outra pérola que a deslumbra: o SAMU, o já consagrado serviço de resgate federal.

Traduzindo: é o serviço, aliás eficientíssimo e valoroso, que vem até você quando se disca 192. A presidente quer reinventar o SAMU -– lembram do debate da Band, “aquele serviço que transporta crianças”?

“Junto a isso, nós temos o SAMU. Porque o SAMU tem desempenhado no Brasil um papel fundamental, que é juntá toda a rede e olhá onde que tem disponibilidade e onde que a criança, ou o adulto, no caso, deve ser levado”

A presidente Dilma descobriu recentemente que os motoristas e atendentes do SAMU só levam seus passageiros a prontos-socorros e hospitais onde eles possam ser atendidos prontamente, depois da óbvia checagem pelo rádio, no caminho -– é isso que ela chama de “juntá toda a rede e olhá onde tem”.

Mas estava na hora de juntar SAMU com cegonha, não? Lógico:

“Para as crianças criamos o SAMU Cegonha”.

Ah, já criou? Posso chamar? A presidente Dilma aciona a sirene:

“O SAMU Cegonha é basicamente para o atendimento da mulher no momento da gravidez”

Ou seja: engravidou, já chama o SAMU Cegonha para lhe dar os parabéns. Mas espere:

“E o SAMU Cegonha da fase já do bebê é o atendimento pra levá a criança, justamente ou pruma, prum tratamento na UTI neonatal ou prum hospital de referência de alta complexidade”

Ou seja: o SAMU Cegonha fará exatamente o que já fazem as ambulâncias. Mas parece claro que, no governo Dilma, a “fase já do bebê” será coisa de gente grande.

(A segunda e última parte do grande texto de Celso Arnaldo será publicada às quatro da tarde)

Share

Deixe o seu comentário

Aprovamos comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais (e-mail, telefone, RG etc.) e links externos, ou que sejam ininteligíveis, serão excluídos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.

» Conheça as regras para a aprovação de comentários no site de VEJA

Envie um comentário

O seu endereço de email não será publicado

101 Comentários

  • Neusa

    -

    10/9/2010 às 19:41

    Ela fez a mesma faculdade da Vanusa cantando o Hino Nacional???? Me lembrou muito esse momento e olha que a V. nao e candidata a nada!!!!!!!

  • Fontenelle

    -

    7/9/2010 às 9:30

    QUI(como ela diz)COISA ASSUSTADORA….mas,estou muito decepcionado, o mosqueteiro JOSÉ EDUARDO CARDOZO não mais aparece nos videos. É tão BIITINHO A CARINHA DELE…
    Sugiro a criação do ENROLÔMETRO para premiar e deixar para a posteridade essas pérolas..
    CONTINUAMOS A CAMINHO DA GUILHOTINA….

  • Sidney

    -

    3/9/2010 às 14:01

    Em um desses comentários a pessoa diz que D.Dilma,representará o Brasil, um pais destrambelhado, desconexo,e que o Brasil é assim.Acho que a maioria dos brasileiros não são bem assim, pelo contrário é um povo forte, inteligente,e não temos nada de desconexos.Alguns poucos, sim são levados e pensar e a deixar se dominar por enganadores,arrogantes,e que só querem o bem próprio e de seus companheiros (PT),se perpetuando no govêrno. (ET): Não tenho nada de desconexo,e destrambelhado, e creio, como muitos que aqui comentam.

  • Sérgio

    -

    3/9/2010 às 13:23

    Não duvido se, pela ululante incompetência para o discurso, vier a surgir uma afonia aguda, como desculpa para evitar o afundamento da campanha dessa radical mais desprovida que seu antecessor.
    Mais de vinte anos se passarão depois de sua posse, para acontecer alguma reação… quem viver verá.
    Que pena desse meu povo já por demais sofrido por tanta picaretagem… Educação já!!!

  • Raimundo Soares

    -

    3/9/2010 às 8:40

    Se ela for eleita, eu juro de pé junto que não será culpa minha…
    VALHAMEDEUS…

  • MariaElizabeth L Nunes melo

    -

    1/9/2010 às 22:09

    Senhores, Dilma era pedetista, amiga de Brizola.
    O fato dela estar hoje para baixo e para cima com o Lula(que era chamado de sapo barbudo por Brizola) e ainda filiada ao PT é uma prova que ela não merece um ovo, quanto mais a presidencia do Brasil.
    Será que merecemos ser representados por uma terrorista?

  • Fabio

    -

    1/9/2010 às 12:57

    Como já disse uma vez o Mario Amato, se essa ex-terrorista for eleita vou para o aeroporto imediatamente. Diogo Mainardi que me espere!!

  • Lucia

    -

    1/9/2010 às 1:05

    “Cê” viu, Augusto, que a candidata vai construir a partir do 1º dia, 4, algma coisa de creches “pur todo Brasil” e que elazinha “num é de robá ” idéia e criação ” dus otros”.
    “Tô muito orguoisa da nova presidenta qui vai entrá no palacio do pranarto escoida pelo brasir débir mentar”
    Saudações tristes e democráticas.

  • Flamarion Almeida

    -

    31/8/2010 às 22:49

    O melhor do Brasil é a extraordinária capacidade de auto remissão dos pecados. De fato, em menos de mil dias, de meados março de 1990 a inicio de outubro de 1992, outra idolatria, uma doença, instalada no mesmo Planalto, experimentou ascensão vertiginosa, seguida de queda abrupta!

    Desta vez, no primeiro dia se setembro, a trinta e três dias do pleito, já se vislumbra não apenas resistência notável; mas, há profunda indignação por parte do resto do mundo! Nestes termos:

    Marxist Terrorist is Next Brazil President

    http://www.henrymakow.com/bulgarian_marxist_terrorist_ti.html

    Sendo assim, o que se teme pode até não acontecer; mas, se por ventura . . . , ora, uma coisa é certa: o regime de Berlin depois do incêndio do Reichstag requereu 12 anos para desisntalação; o supracitado não chegou a três; portanto, pelo andar da carruagem, eis que a Comunismo-Islâmico, com o pé na Albânia não suportará doze meses. Afinal, conhecer História nos permite emitir este tipo de extrapolação.

  • SOMAR

    -

    31/8/2010 às 17:00

    SE CONFIRMAR O QUE A IMPRENSA PAGA TA QUERENDO, TAMO FU, E AÍ É QUE NINGUEM PODE PREVER O FUTURO DESSE OBA OBA DA Margaret Thatcher BRASILEIRA ACHO QUE NINGUEM PODERA FREAR ISSO AI!, MAS AS VEZES O POVO PODE ESTAR ERRADO E O POLVO MANDA E NÃO PEDE NÉ, É QUE É, DEMOCRA-CIA NÉ MEMO, TO CO MEDO

  • Rogerio Verderoce Vieira

    -

    31/8/2010 às 8:50

    Olha, é lamentável, triste e insuportável, mas devo admitir que só mesmo uma pessoa como a Dilma pode representar o Brasil, o pais é assim mesmo, desconexo, destrambelhado…exatamente como ela. Infelizmente ela “orna” como o país.

  • Creso

    -

    31/8/2010 às 2:18

    Ela só pode estar bêbeda.
    Tomou uma 29 mais uma 51 com o lulla para os dois sumirem de 80 pro inferno.

  • Creso

    -

    31/8/2010 às 1:58

    Que falta faz Paulo France,Nelson Rodrigues, não vou falar em Carlos Lacerda porque não ia ter nem lulla.

  • Creso

    -

    31/8/2010 às 1:50

    O pior de tudo que é o meu o seu o nosso que estão na
    reta.

  • nbini

    -

    30/8/2010 às 23:32

    alguns pressupostos sobre essa loucura proposta ai:
    .
    ou dilma não entende de gestação, parto e vida de um recém-nascido ou é uma . é..enfim, uma péssima construção de candidata lulista.
    .
    a mistureba q apresenta como “projeto-cegonha” vai até o ensino básico, crianças como futuro do pais
    mas já – previsivelmente, por ela – necessitadas de
    tratamento pro coração e outras doenças mais.
    .
    dá-lhe mais uma bolsa: a bolsa cegonha!
    .
    não existe na cabeça dessa mulher/ mãe um projeto
    de eme nenhuma: ela é um emaranhado de palavras soltas, unidas por um “num tem? e “afins” mas delas
    não tem noção de seu significado.
    .
    e é tudo incluído em mais um PAC. agora o CEGONHA.
    .
    a mãe gestante, (importa a idade?)terá assistência durante a gravidez, mas no caso de um aborto, qual é a dessa mãe e do nascimorto? taí: a insana, quem sabe, não poderá ser uma candidata nascimorta?
    .
    não a considero uma piada. considero a maior vergonha para o pais, que estejamos submetidos a uma farsa tamanha.
    .
    abrs

  • André

    -

    30/8/2010 às 22:04

    Augusto,
    O intelectual, professor e jornalista espanhol Fernando Savater escreveu: ”Creio que há coisas sérias, mas não creio muito nas pessoas sérias( sobretudo nas que franzem o cenho como sinal de autoridade respeitável). Continuemos sorrindo, meu filho. Ninguém menos que Virgílio, um poeta que não é de brincadeiras, deixou dito que ” aquele para quem seus pais não sorriram será para sempre indigno do banquete dos deuses e do leito das deusas”Por mim você não vai deixar de comer na melhor companhia e de … Bem, por mim, não vai deixar.” Pois é, Augusto, essa ”senhora” que se veste de ‘séria e de ‘durona’ para esconder a flagrante ignorância e o destrambelhado ”raciocínio”, é mesmo uma piada de mau gosto.

  • Jacor1976

    -

    30/8/2010 às 19:49

    Caro Augusto,
    Vc. não vai acreditar, mas eu consegui ver estes 12 min. de nonsenseeeee…sem vomitar… estou ficando bom nisso, é um descalabro em cima do outro, nem o tiririca conseguiria ser pior que ela.
    É o supra-sumo de um projeto de saúde … só no bico mesmo…se alguém precisar de tradução simultânea para entender o video, é só ligar para o chefe dela depois de 20 gorós ele vai traduzir tudinho …e eu ainda perco tempo vendo isso… fui

  • graziela

    -

    30/8/2010 às 18:44

    Ela sofre de incompatibilidade neuronal.O neuronio da direita nao conversa com o da esquerda e nós ficamos nesse mar de palavras desconexas!!! E se ela for eleita,só posso dizer que sinto muito, muito mesmo!É somente da ignorancia que devemos nos libertar e é exatamente o que o povo brasileiro quer agregar.

  • RICARDO

    -

    30/8/2010 às 17:36

    Augusto,
    Desculpe-me pelo atraso.
    Mas.., tá de brincadeira! Isso é molecagem! Tô falando sério, heheheh!!!
    Essa mulher é uma Carlota Joaquina, kkkkk

  • Romeo Zanchett

    -

    30/8/2010 às 17:18

    Imaginem essa mulher como Chefe Suprema das Forças Armadas. Só na cabeça de um bêbado.

  • Romeo Zanchett

    -

    30/8/2010 às 17:16

    A nossa democracia está acabada. Precisamos de um novo Castelo Branco para presidente. Os bandidos estão na política e nas ruas. Estamos completamente à mercê dos estelionatários que se apoderaram do nosso país. Temos de trabalhar apenas para pagar impostos a êles. A única saída é voltarmos a 1964 e começar tudo de novo.
    EU AMO A DEMOCRACIA, mas estou horrorizado com o que estou vendo.
    .

  • Maria Paula

    -

    30/8/2010 às 14:18

    Alguem traduz pra mim, não entendi nadica
    O povo brasileiro virou zumbi,tipo faremos tudo qe o rei mandar -Lula mandou votar em Dilma- porque se parar pra pensar por alguns minutos com pensamento independente do marketing de Lula não votam nessa mulher.
    Aberração, aprece que estamos assistindo um programa humorístico numa daquelas sátiras políticas, mas quando a gente pensa em rir, lembra que é real e ai é pra chorar mesmo

  • Luiz Correa

    -

    30/8/2010 às 12:50

    Está explicado porque a Dilma ultrapassou o Serra.

    Ela fala exatamente o que o povo quer ouvir.

    E o povo entende exatamente o que ela fala. Não a mensagem clara integral (esta é incompreensível). Entende a intenção da fala: VAMOS CUIDAR DE TODOS VOCÊS, DESDE O NASCIMENTO, OU MELHOR, DESDE A CEGONHA. Simples.

    EU TIVE LÁ. Todos entendem. E assim vai…

  • Alex

    -

    30/8/2010 às 11:59

    Augusto, assim não dá. Você acabou de criar o slogan da mais nova e fantástica criação do – já – governo Dilma. “Rede Cegonha, levando o Brasil no bico.”

  • Almir Sperle

    -

    30/8/2010 às 10:17

    Que tortura ouvir essa senhora falar. Imagina ela discursando para uma platéia internacional? Seremos motivo de chacota na certa.
    Ah, ela descobriu a pólvora. Me poupe!

  • P.I.G mento

    -

    30/8/2010 às 10:10

    Celso Arnaldo, inacreditável!
    Vai ver eu mereço! Nós, brasileiros, merecemos! Merecemos? Será?

  • Marcos Pereira

    -

    30/8/2010 às 9:36

    Arnaldo,

    Não, não é possível, uma pessoa destas não serve para ser presidente, digo prefeita, nem de Maracangaia. Santo Pai, que criaturinha limitada. Não consegui suportar os dois primeiros minutos do vídeo. Constrangedor. Vai ser difícil para todos suportá-la na presidência. Pior, parta tentar elegê-la, a qualquer preço, lula rompeu de forma indecorosa, com todo um estado de direito: Torrando e jogando pelo ralo dinheiro público. Para êle, pelo que é e representa tudo se resume em sua máxima: Um político deve usar de todas as forças e recursos existentes para não ter, nunca, jamais, prejuízo político e perda de capital eleitoral. Isto é lula: pior que êle, superando-o por larga margem, sua destrambelhada criatura dilma.

  • eumesmo

    -

    30/8/2010 às 9:03

    Se o Brasil for circo, é o palhaço certo. Se for hospício, não tem cura.
    …e o pior é que os aeroportos estão aquela droga!

  • Paulo Aldebarã

    -

    30/8/2010 às 5:38

    Não consegui terminar de ver. Interrompi o vídeo com 1:48 de exibição. Não deu mesmo. Não é preciso ver o resto. Seremos todos afetados se essa senhora se eleger – isso é ponto pacífico. Os mais pesadamente afetados, no entanto, serão todos aqueles citados como futuros beneficiários de políticas públicas, que não virão porque, sabemos, não existem. O vídeo não é uma entrevista. Trata-se de uma exibição perversa e inequívoca de que milhares de brasileiros destituídos ficaram mais desamparados depois de 12 minutos.

  • Roberto

    -

    30/8/2010 às 3:38

    Bem feito!!!
    Porque permitiram que analfabeto votasse?

  • @MauroVS

    -

    30/8/2010 às 1:04

    Gostei da Boneca psicologa que vai cuidar da cabeça da criança.
    http://www.youtube.com/watch?v=1ur6m98vKws#t=04m39s

  • Sandra D'Agostini

    -

    30/8/2010 às 0:49

    AUGUSTO, AGUARDE-ME. ESTOU ESCREVENDO, POR QUE SOU MULHER E NÃO VOTO EM DILMA, A FARSA!

  • Souza

    -

    30/8/2010 às 0:01

    Realmente não dá! não dá! Não dá! Assistir/escultar tantas futilidades incoerentes e rasteiras proposituras, entre lambidas dos dentes, internos e externos, bicos de esqüilos, gaguejos mórbidos e traquejos pesados, de um balançar prá lá e prá cá enfadonhos, seguidos de uma incontinência verborratíca pesada, arrastada, inútel, vã, tola, tudo envolto numa embalagem de sepulcro caiado, maquiada, com ares de importância transformadoras, em tão ralés, rasas, primitivas performance; com quem será que esta espécime aliënígina estar se propondo, se expondo, se dirigindo? aos trogloditas? aos primatas, às mais rasteiras e primitivas consciências da mais rasa condição humana, das mais incipientes e irracionais formas de sobrevivência? Não se estar referindo a um ser social ou à sociedade do século xxi, isto eu tem absoluta certeza. O Brasil, com essa naipe de eleitores que homologa tamanha exorbitante aberração monstrenga, não é o Brasil, produtivo, racional, independente, consistente, evolutivo, profissional, que lastreia uma sã sociedade; é um Brasil mórbido, esquálido, inane, medíocre, de oportunismos, subnutrido, inculto, deseducado, infértil, árido, moleque, oportunista, idólatra, sem crênça“I believe”, sem identidade, órfão, pedinte, dependente, desonesto, roubador, cego, sem amor próprio, viciado, vicioso, doente, languido, autofágico, chafurdento em imundícias, mundano, inculto, inépto, inápto, enganador, enganado, alegre, festivo, macaco, imoral, irracional, sem ciência, incircunspecto, invejoso, vaidoso, supérfluo, sensual, lasso, desigual, monstrengo, desforme, desestruturado; são índoles rasteiras e irracionais; vale a citação: “Como prostitutas, néscias, carregadas de pecados, cheias de concupiscências, que estão sempre aprendendo, mas nunca chegam ao conhecimento da verdade”; esta é a nossa realidade, esta e a nossa sociedade, que mal avançou para o estágio da ciência/tino/discernimento, trôpega, desvairada, que nunca chega a lugar nenhum, sempre embada por oportunistas inflados por esta débil irracional esperançosa fatídica consciência social.

  • Dilton de Oliveira Santos

    -

    29/8/2010 às 23:46

    Nossa jovem democracia está em perigo caso o povo coloque na Presidência Dilma (embora tenha uma vasta cultura, com vários cursos que nunca completou, ou seja, consta na biografia sem constar nas Universidades, ou fez de mentirinha. Vamos viver no pais das mentiras.
    Dilton

  • beaujolais

    -

    29/8/2010 às 23:45

    O Serra precisa mudar de discurso e de marqueteiro. O McCain despediu o seu na campanha para a presidência – antes não ter nenhum a ter um que não soma.

  • NORDESTE LIVRE

    -

    29/8/2010 às 23:19

    Conrad
    - 29/08/2010 às 14:20,
    Essa ‘cara lisa’ aqui no ‘Nordeste que presta’ se chama FALTA DE VERGONHA NA CARA!

  • la Résistance

    -

    29/8/2010 às 22:51

    Essa é o Millor: Pergunta pro Presidente Lula: “Em que exato momento histórico nossa ignorância passou a ser virtude cívica?”

  • la Résistance

    -

    29/8/2010 às 22:30

    Até senti certa simpatia pela abestalhada quando disse que irá ser avó em breve, mas logo se perdeu. Disse que em barriga de mulher, boca de urna (?) e cabeça de juiz não se sabe o que sai (??). Será outra besta ? E logo depois disse que ela e seus amigos são assim, ficam abobados quando ficam avós. Será possível ficar mais abobalhada do que isso ? Deus no livre desta criatura como está, e se ficar mais abobalhada do que isso, chamem o SAMU para o Brasil. Quem sabe foi uma tentativa besta de se desculpar por sua sandice constante, Freud explica …

  • Campanha Humilde e Medrosa

    -

    29/8/2010 às 22:29

    Porque Serra não desmascara essa mulher no horário eleitoral? Porque a campanha de Serra é tão desesperadoramente humilde e medrosa?

  • Diva

    -

    29/8/2010 às 22:01

    TÔ rindo até agora!!! Essa anta não tem jeito mesmo!

  • Arnesto

    -

    29/8/2010 às 21:33

    PAIEEEE! eu nun quero se fio desta muié do lula,mai do brasir,purque nun quero se fio de uma jumenta cum Mulla sin cabeça, u pió,fio da ptuta.Num precisu que esta muié venha dize pra nois da cigonha,purque nois sabe qui é tudo mentira desta disgraçada.Ela que vá parí suas cria cun lulla in otras paróquia,Deus nus livre desta destemperada.

  • Vera

    -

    29/8/2010 às 21:08

    Ela tem cara de quem pega criancinha “prá fazer sabão”. Não deixem uma vassoura perto dela, é capaz de sair voando.

  • JR

    -

    29/8/2010 às 21:06

    A arte de falar um monte de coisa ( me.rda ) e não dizer nada.
    O nível intelectual dela é muito baixo , compatível com os companheiros do pt.

    +++++++
    OFF

    Vejam esse vídeo do Kajuru , não gosto dele como comentarista , mais aqui ele foi perfeito .

    Ele fala de pesquisas , ibope , bolsa família , dos 4% que não aprovam o governo lulla , e ainda faz uma pesquisa informal com o auditório em um programa popular (Raul Gil) , o resultado é bem diferente do que os petralhas gostariam .
    +
    Vale a pena ver o vídeo e divulgar .

    http://www.youtube.com/watch?v=sHK-7JyNHEM&feature=player_embedded#!

  • Nelson®

    -

    29/8/2010 às 21:03

    Tentei mas não consegui ir até o fim. É torturante Dilmais. Os que vivem em São Paulo devem se lembrar da campanha para a prefeitura que o Serra foi candidato. No desespero de se reeleger, Marta apresentou um troço chamado Céu Saúde que era tão somente uma maquete. Esse Cegonha não sei das quantas é o mesmo embuste. Aliás, que fim levou o tal PAC da saúde lançado com a pompa vigarista de sempre e também invariavelmente repercutido pela imprensa sem vergonha de ser capacha?

  • Argemiro Brito

    -

    29/8/2010 às 20:47

    É verdade… os programas de humor estão mudando, em vez de humoristas, agora apresentam canditados analfabetos, mal informados, maus caráter, mentirosos, e outros tantos osos… por ai a fora. Tenham piedade de nós Brasileiros. Amém!!!

  • ilmarnasc

    -

    29/8/2010 às 20:36

    Não entendi nada o que anta disse.Essa é candidata que Lula animador de palco quer eleger?.Essa mulher não tem condições de governar o Brasil…

  • Brasileira

    -

    29/8/2010 às 20:28

    Falou, falou, gesticulou bastante, aquelas mãos inquietas e irritantes,e não disse coisa com coisa. Ela não é a candidata da continuidade? Deveria, como braço direito e esquerdo do presidente, saber que tudo que ela apresenta como novidade e solução já existe.

  • ROGERIO MELLO, O LEGÍTIMO

    -

    29/8/2010 às 20:11

    Netinho
    - 29/08/2010 às 13:49
    Conrad
    - 29/08/2010 às 14:20

    Mesmo com essa conversinha mole, voces não me enganam. São dois milicianos clamando por um aconchego…por um abraço apertado. O que houve? Foram trocados pelos namorados? Tudo bem! Vou quebrar o galho de voces e do bicho, que tá com todo o gás. Fiquem em posição que o jegue já está indo abraçá-los bem forte, que é como voces gostam. Mas não se esqueçam! É um abraço só. Se voltarem, já sabem, né? Uma semana com a Idelli Salvati e Tarso Genro(vestido de burka)no Irã.

  • Cleanto

    -

    29/8/2010 às 20:09

    Se essa demente vencer, o fim do mundo começará aqui mesmo.

  • João Campos

    -

    29/8/2010 às 19:04

    Caro Augusto Nunes… será que Dilma Roussef é um POSTE??????
    Parece que sim!!!

 

Serviços

 

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados