Com três frases, Pedro Taques ensinou como age um oposicionista sem medo

A contagem das aparições de Lula na propriedade rural cujo dono oficial é um amigo do filho inspirou ao governador de Mato Grosso, Pedro Taques, uma comparação antológica: “Lula foi 111 vezes para o sítio em Atibaia. Minha mãe mora aqui do lado e não fui tantas vezes visitá-la. Devo ser mesmo um filho desnaturado”. […]

A contagem das aparições de Lula na propriedade rural cujo dono oficial é um amigo do filho inspirou ao governador de Mato Grosso, Pedro Taques, uma comparação antológica: “Lula foi 111 vezes para o sítio em Atibaia. Minha mãe mora aqui do lado e não fui tantas vezes visitá-la. Devo ser mesmo um filho desnaturado”.

Perfeito. Como costuma lembrar o empresário Pedro Neves, que também vive em Cuiabá, a ironia fina é uma forma superior de inteligência. Com três frases, o matogrossense recém-filiado ao PSDB desmoralizou a conversa fiada de Lula ─ e ministrou uma aula de oposição elementar ao partido que ainda trata um ex-presidente fora da lei como se lidasse com alguém acima de qualquer suspeita.

Governantes eleitos pela imensidão de brasileiros antipetistas qualificam eufemisticamente de “relações republicanas” as demonstrações de tibieza subserviente que marcam seu comportamento frente aos poderosos farsantes.

Sem ferir nenhuma das normas que regem o convívio entre contrários nas democracias adultas, Pedro Taques jamais perde uma chance de deixar claro que luta pelo fim do governo Dilma e da  Era da Canalhice. Millôr Fernandes diria que oposição é isso. O resto é armazém de secos e molhados.

http://videos.abril.com.br/veja/id/ed521a33bab97027deef349180a8ed2b?

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  1. Comentado por:

    Maria

    Anderson,
    Não sei se vem ao caso, sou de MT e até onde tenho conhecimento, o vencimento do funcionalismo estadual está em dia!!

    Curtir

  2. Comentado por:

    vera lygia giannini

    Bem, pelo menos um representante do PSDB com lucidez e coragem.Estou profundamente decepcionada com o que vem propondo esse partido ao qual sou eleitora. Parece-me que há no ar uma indicação de rabos presos. Cheiro de medo contido, aquele que faz transpirar frio!

    Curtir

  3. Comentado por:

    Rudi Celso Fritzen

    A petezada, conseguiu o milagre. Os postes mijarem nos cachorros!

    Curtir

  4. Comentado por:

    José Luiz Celeste

    Graça Forster, em declaração ao vivo na TV, diante do senado, revelou que o rombo na Petrobrás montava a 90 bihões de reais. O valor desse triplex é menos de 1/90 desse rombo. Esse triplex representa muito pouco frente ao total desviado. Claro que as investigações devem prosseguir, mas, onde está esse dinheiro todo? Certamente que não foi empregado “in totum” nas campanhas eleitorais. Estaria na Itália, Alemanha, USA, França? Lógico que não, esses países tem acordos de extradição com o Brasil. Está, dizem, num dos BRIC, excetuado o “B”. Estará então financiando a tal base russa no Brasil?

    Curtir