Com tantas meninas estupradas por aí, a ministra Iriny decidiu que o problema da mulher é Gisele Bündchen. Foto explica

Em 31 de outubro de 2007, uma menina com 15 anos, 1m50 de altura e 38 quilos foi presa por tentativa de furto numa casa de Abaetetuba, cidade paraense a quase 100 quilômetros de Belém. Durante o interrogatório, declarou a idade à delegada de plantão Flávia Verônica Monteiro Teixeira. Por achar o detalhe irrelevante, a […]

Em 31 de outubro de 2007, uma menina com 15 anos, 1m50 de altura e 38 quilos foi presa por tentativa de furto numa casa de Abaetetuba, cidade paraense a quase 100 quilômetros de Belém. Durante o interrogatório, declarou a idade à delegada de plantão Flávia Verônica Monteiro Teixeira. Por achar o detalhe irrelevante, a doutora determinou que fosse trancafiada na única cela do lugar, ocupada por homens. Já naquela noite, e pelas 25 seguintes, o bando de machos se serviu da única fêmea disponível.

Depois de 10 dias de cativeiro, a garota foi levada à sala da juíza Clarice de Andrade. Também informada de que a prisioneira tinha 15 anos, a segunda doutora da história resolveu devolvê-la à cela. A descoberta do monumento ao absurdo não reduziu a força do corporativismo criminoso: por decisão do Tribunal de Justiça do Pará, ficou estabelecido que o comportamento da juíza Clarice não merecia qualquer reparo. Meses mais tarde, a magistrada foi punida com a aposentadoria compulsória pelo Conselho Nacional de Justiça.

A Secretaria de Políticas para as Mulheres, uma inutilidade inventada pelo governo Lula, não deu um pio sobre o caso.

O pesadelo ocorrido em 2007  foi reprisado há três semanas na colônia penal agrícola Heleno Fragoso, que abriga 320 condenados em Santa Isabel do Pará, a 70 quilômetros de Belém. Desta vez, de novo com a conivência de funcionários da instituição, uma brasileira de 14 anos ficou quatro dias em poder de cinco presos. “Eu e outras duas meninas que ficaram lá também”, informou a garota em 19 de setembro. “Lá dentro eles obrigaram a gente a usar droga e a beber. Eles esqueceram a porta aberta, porque lá eles deixam a porta trancada. Foi quando consegui fugir”.

A Secretaria de Políticas para as Mulheres, uma inutilidade mantida por Dilma Rousseff, não deu um pio sobre o caso. Não se sabe qual é a posição que meninas violentadas em cadeias ocupam no ranking de prioridades de Iriny Lopes, ministra-chefe da secretaria.

O que o país acaba de descobrir é que a lista é encabeçada pelas peças  publicitárias da Hope Lingeries protagonizadas por Gisele Bündchen. Lançada no dia 20, a campanha mostra qual é a melhor maneira de transmitir más notícias ao marido. No vídeo abaixo, por exemplo, Gisele primeiro conta que bateu o carro usando trajes pouco sedutores. Esse é o método errado. Em seguida, ela repete a notícia semivestida com uma lingerie da Hope. É muito mais sensual. E é esse o jeito certo. “Você é brasileira, use seu charme”, ouve-se dizer uma voz masculina. Confira:

No terceiro dia da campanha, movida por “diversas manifestações de indignação contra a peça”, Iriny contra-atacou com dois ofícios. Num, comunicou ao empresário Sylvio Korytowski, diretor da Hope, seu “repúdio” ao desempenho da top model. Noutro, pediu ao Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária, o Conar, que o comercial fosse suspenso. Como a subserviência e a pressa andam de mãos dadas, já nesta quinta-feira o Conar abriu processo contra Gisele de calcinha e sutiã. Atendeu a queixas formuladas por 15 espectadores. Isso mesmo: quinze.

Quinze mais Iriny: “A propaganda promove o reforço do estereótipo equivocado da mulher como objeto sexual de seu marido e ignora os grande avanços que temos alcançado para desconstruir práticas e pensamentos sexistas”, declama a ministra. “Também reforça a discriminação contra a mulher, o que infringe a Constituição Federal”. Os avanços passam ao largo de cadeias em delegacias e presídios no campo. E o governo só consegue enxergar discriminação num comercial de alguns segundos na TV.

A exemplo dos colegas de primeiro escalão, Iriny não assina sequer um cartão de Natal sem a autorização de Dilma Rousseff. (Embora não consiga lidar com mais de um assunto por vez, o neurônio solitário faz questão de ser consultado até sobre o cardápio das recepções no Itamaraty). É claro que a ofensiva de Iriny foi combinada com quem, depois de se tornar a primeira mulher a abrir uma assembleia da ONU, virou doutora em questões femininas.

O Brasil anda infestado por tumores que crescem sob o olhar complacente do governo. Exploradores da prostituição infantil, pedófilos impunes,  pais que violentam filhos e outras obscenidades vão transformando o país num viveiro de crianças traídas. Com tantas meninas estupradas por aí, Iriny cismou com Gisele Bundchen. Eis um caso que foto explica.

Comentários
Deixe uma resposta

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  1. Comentado por:

    Moisés Santos da Silva

    Ela não tem culpa de nascer assim, sem dotes de beleza. Mas se ocupar de assuntos módicos e passar batido o que realmente é de interesse para o país, isto sim é “medonho”. Aliás, o PT também só faz feio. È tanta corrupção, ladroagem, oportunismo, fisiologismo, etc. que podemos resumir tudo que este hediondo partido fez e continua fazendo numa frase tirada de um filme famoso: “O HORROR, O HORROR”.

    Curtir

  2. Comentado por:

    nilton

    Putz, pensei que fôsse o Laerte travestido kkkkkkkkkkkk.

    Curtir

  3. Comentado por:

    Sergio Leal

    É impressionante que este pessoal dos direitos humanos, comissão da verdade e a turma do pt só se preocupam com as torturas no tempo da ditadura e as que acontecem hoje eles não falam. Atualmente temos mais torturas no sistema prisional do que nos vinte anos da ditadura.

    Curtir

  4. Comentado por:

    Luiz Henrique Barbosa Nunes

    O grande problema é que as ptistas são todas umas grandes barangas. daí a inveja que sentiram da pobrezinha gostosíssima Gigi (para os íntimos).

    Curtir

  5. Comentado por:

    Vera Suyama

    É a cara do Laerte!

    Curtir

  6. Comentado por:

    diana

    Brrr, nesse caso, aposentadoria compulsória é um presente, não uma punição. Que nojo! A mulher ainda é tratada por muuuuuuuuita gente como uma não-pessoa, a exemplo do ano de 1929, no Canadá. Depois, caçoam das mulheres que queimaram os sutiãs. Alguma doideira tinha que ser feita. Imagine a atrocidade de lançar uma pobre adolescente aos leões famintos na cela da prisão. Garanto que essa menina não pertence à família de nenhuma autoridade policial. Chorei muito quando tomei conhecimento dessa insanidade tão brutal, que dispensa comentários e adjetivos.

    Curtir

  7. Comentado por:

    Rosimeire Daniel de Figueiredo

    Olha pra foto de uma e pra foto da outra. É óbvia a inveja da Irina pela Gisele.Gisele se fez, com esforço, dignidade e competência para administrar a própria vida. A outra é simplesmente a outra. Eu nem sabia que existia.

    Curtir

  8. Comentado por:

    Marcos Porto

    como se chama o dragão de óculos? Manda ela por um biquíni e uma calcinha e como cabeça com um saco e libera o bicho para o estado islâmico!

    Curtir

  9. Comentado por:

    Tania Cunha

    A reportagem vinha sem retoques até a última frase. Desnecessária, ofensiva e discriminatória com as mulheres que não seguem o padrão de beleza. A relevância da reportagem ficou embotada pelo comentário infeliz.

    Curtir

  10. Comentado por:

    Claudio / RS

    Imaginem se a gente pegasse a Graça Foster, a irany e a Dilma, misturasse tudo e fizesse uma uma só mulher ???…
    Só imaginem QUE TIPO DE DRAÇÃO SAIRIA…

    Curtir

  11. Comentado por:

    pedro salvador

    Nosso brasil poderia ser o pais mais rico do mundo se foce bem administrado, porque brasileiro não gosta de trabalhar, provavelmente porque quem trabalha não tem o retorno desejado em salario ou aposentadorias, pro PT ser bandido é ter a proteção do governo e dos direitos humanos”, pra mudar pra melhor tinha que acabar com seguros desemprego, acabar co 80% das bolças familia, acabar com gastos de 8.000.00 com cada bandido preso, gastar só 200.00 e colocar estes bandidos a trabalhar sem redução da pena, não condenar ninguém por crimes leve ok? mais aumentar em 100% a condenação pra crimes grave sem mordomias, acabar com aposentadorias precoce, acabar com aposentadorias pra agricultores e filhos doentes sem pagar nada pra previdência, acabar com aucilio reclusão pra familia dos bandidos, pagar o salario integral pra quem se aposentou acima de 65 anos até 5 cinco salario minimo ok? não podemos ter idade pra crimes grave cadeia e ponto final, não podemos ter idade pra começar a trabalhar porque na bolivia começa a trabalhar jovem, já no brasil só pode trabalhar a partir dos 2 a 4 anos de idade jogadores de futebol e artista ai o fraco PT aceita ok?

    Curtir

  12. Comentado por:

    Roberto

    Não seria adequado colocar a Sra. Iriny Lopes numa das cadeias citadas por 1 dia que fosse, para ver sua reação após?… Acho que palavrório não resolve nada. Ação sim. Quem sabe olharia mais para o sistema carcerário do Pará em vez de propagandas da Gisele…..

    Curtir

  13. Comentado por:

    Marquês de Casca Fina

    Putz!!!…

    Curtir

  14. Comentado por:

    lucilia da rocha pitta o. silva

    Sera que essa senhora,tem mãe.filhas.irmãs,e Mulheres com letra maiuscula sim,aquelas que defendem seus direitos e o dos outros tambem,que se respeitam como mulher e pelo cargo que ocupam ,fazendo jus ao sálario que recebem,e fazendo justiça com o cargo que exerce.Que vergonha !!!!!

    Curtir

  15. Comentado por:

    Pedro Paulo

    A sugestão do Roberto, comentário postado em 05/01/2015, não ia funcionar, acho que ele não avaliou direito a foto da tal Iriny. Os presos não iam encarar…
    Uma dúvida: – Vcs tem certeza que a foto não é do cartunista Laerte?

    Curtir

  16. Comentado por:

    Neves Falcão

    E atualmente, qual cargo-para-sugar-o-dinheiro-do-contribuinte-e-nada-de-útil-produzir a clone do Laerte (ou seria o oposto? Qual criatura veio primeiro?) está ocupando? Essa gente roda, roda, roda, roda… e não para de mamar nas tetas do dinheiro público. Vide a “Madre Superiora”. Será que ao ver a estampa dessa aí o Bolsonaro acharia a Maria do Rosário pegável?

    Curtir

  17. Comentado por:

    Elias

    A maior indignidade foi cometida pelas próprias mulheres,que se apequenaram diante de fatos gravíssimos envolvendo a prisão devida em local indevido e com indivíduos de sexo diverso das presas.Outra indignidade foi a ação corporativista dos membros do Judiciário,que simplesmente se omitiram diante de fatos graves;trazendo até o desejo de se aplicar a lei pelas próprias mãos,contra os omissos.A Lei de Talião, um dia será aplicada!

    Curtir

  18. Comentado por:

    Sergio RR

    Se tem 15 que assinaram contra, eu sou um que assina a favor do comercial. Aonde devo assinar, por favor???

    Curtir

  19. Comentado por:

    Jósemar Monteiro Coelho

    Fatos como esse aprofundam os sentimentos de indignação e incerteza quanto ao futuro,que assolam a nossa pátria.

    Curtir

  20. Comentado por:

    Claudia

    Augusto, tem certeza de que não é uma foto do Laerte no lugar da foto da sinistra? Ops… Ministra? Hehehe

    Curtir

  21. Comentado por:

    EdGois

    Se colocar este dragao na cela na prisao do Para, a nivel de criminaliade no Estado vai para zero. Quem vai ser o louco de arriscar ser companheiro de cela da pseude-ministra.

    Curtir

  22. Comentado por:

    OLHO VIVO

    Os movimentos feministas(?) não são mais que campanhas idiotas, feitas por idiotas amestradas. Certo vez vi uma dessas militantes dar uma declaração à uma repórter, foi então que vi o quanto de alienação existe entre esses grupos. A imprssão que deixou foi que a entrevistada estava apenas se divertindo e feliz por estar quebrando paradigmas. Imbecis.

    Curtir

  23. Comentado por:

    FAROFINO

    Essa ministra Iriny, já peca pelo grotesco nome! Mas o caso é outro: essa criatura é um exemplo mais que acabado do padrão dilma de qualidade, ou seja, escolher idiotas para administrar esses ministérios e secretarias, são homens e mulheres absolutamente incapacitados até para serem donos e donas de uma loja de 1,99 – epa! a presidanta também foi, ah…tá explicado.

    Curtir

  24. Comentado por:

    Pedro Burlandy

    Dilma como é público e notório é uma desastrada, incompetente, e outras cositas más e quando se trata de escolher suas assessoras, sai de baixo, a mulherzinha é terrível: vejam essa lista: Graça Foster, Iriny Lopes, a Irany da casa civil, a própria Isabela Teixeira e por aí vai, se fosse apenas a falta de gosto estético, dava pra aturar, mas o pior é que faz questão de escolher feiura com mal caráter ou simplesmente por incompetência. No caso da Gleisi Hoffmann nem foi por feiura, afinal a loirinha até que é bonitinha, por fora, mas por dentro, sai de baixo, a mulher é uma megera! O caso das meninas do Pará é um caso típico de falta de competência com mal caratismo. A fulana que dirigia a pasta dos direitos humanos nem se ligou no escândalo criminoso e as ativista, que apenas queriam aparecer nem deram bola para o caso. Quando o lula sacou o poste para presidente, achei que as mulheres finalmente iriam melhorar o governo, a política, ledo engano; temos uma lista imensa de mulheres que se equiparam perfeitamente aos homens em matéria de incompetência e canalice, há inúmeros exemplos: Rosinha, Benedita, entre outras no Rio de Janeiro, a governadora do Rio Grande do Sul, a prefeita de Fortaleza, Roseana Sarney e lamentavelmente muitas outras. Mas é tudo inveja da linda Gisele Bundchen.

    Curtir

  25. Comentado por:

    MAC TREFFE

    Dragão de Komodo.

    Curtir

  26. Comentado por:

    João Caetano

    Iraní, lindeza, você não teve condições nenhum de ter sido parida juntamente com dilminha, caveirão ex-petoRoubais, ideli, katia ministra e toda mulher filiada ao PeTralhismo.

    Curtir

  27. Comentado por:

    José Magalhaes

    Gisele Bundchen, é o Brasil que deu certo.

    Curtir

  28. Comentado por:

    RedFox

    É a Iriny? Jura? E eu acreditava que era o Laerte…

    Curtir

  29. Comentado por:

    JESSICA

    Não se dá ouvido a feminista. São simplesmente mulheres em crise, histéricas. Não representam nada… Lutam contra o que buscam na realidade…

    Curtir

  30. Comentado por:

    darcy gomes

    estou maluco?, como chefe de secretarias são MINISTROS. SÓ NO PT mesmo.

    Curtir

  31. Comentado por:

    Eliporto

    Até hoje não sabemos que fim levou a pobre garota, que teve a vida transformada num inferno por incompetência da justiça. No entanto, o corporativismo que impera nos meios jurídicos levou o caso da juíza ao STF, que não viu qualquer irregularidade no caso da tal Clarice sob o argumento de que ela “não tinha como saber as condições da cela em que a garota ficou trancafiada”, sem entrar no mérito dela ter dado pouca importância para a idade da garota. Tendo sido reconduzida ao cargo, a tal juíza foi promovida por merecimento para assumir a Vara de Crimes Contra a Criança. O Brasil é mesmo o país da piada pronta.

    Curtir