Celso Arnaldo abate a criatura em pleno voo e começa a decifrar o espantoso DilmaBoy

Seria uma insidiosa jogada dos inimigos, dispostos  a tudo para espalhar a perplexidade entre as tropas da candidata? Outro sobrevoo de Marcelo Branco na estratosfera, pronto para confundir o ruído de um bate-estaca com os acordes de uma sinfonia? Ou apenas a confirmação de que tudo pode acontecer num país em que Dilma Rousseff se […]

Seria uma insidiosa jogada dos inimigos, dispostos  a tudo para espalhar a perplexidade entre as tropas da candidata? Outro sobrevoo de Marcelo Branco na estratosfera, pronto para confundir o ruído de um bate-estaca com os acordes de uma sinfonia? Ou apenas a confirmação de que tudo pode acontecer num país em que Dilma Rousseff se acha preparada para a Presidência?

Missão para Celso Arnaldo, comecei a desconfiar no instante em que chegou outro texto oportuníssimo. Embora ainda não saiba de onde veio, quem é e para onde vai a criatura espantosa, o grande caçador de cretinices começou a decifrar o mistério que tornou um pouco mais amalucada a campanha da sucessora que Lula inventou. Caetano Veloso garante que, de perto, ninguém é normal. Mas nunca se viu tanta coisa tão anormal vista de qualquer distância perto de uma mesma candidata. Confira:

Dilma no twitter — onde ela revelou que ficou triste com a derrota da seleção na Copa e reclamou de o galo só cantar em período eleitoral – é a tradução mais completa de inutilidade em 140 toques, ou menos. Mas hoje a twitteira Dilma me surpreendeu com esta mensagem — pelo menos para mim — enigmática:

“Um grande abraço ao Paulo Reis, o querido DilmaBoy. Visitem os links: http://www.youtube.com/pauloenriquerc http://www.galeradadilma.com.br/?p=3244”

DilmaBoy? Nome estranho, de conotação suspeita – embora não tenhamos (ou tênhamos, como ela diria) nada a ver com a vida privada de Dilma. Nossa implicação é com a candidata ao mais alto cargo público da nação.

Eu ia entrar nos links anunciados para matar a curiosidade, quando vi que o twitt seguinte prometia um atalho:

“E vamos seguir o @dilmaboyoficial também, não é, gente….”

Esse “também, não é, gente” por um segundo me deu a impressão de “também não é gente”. Mas Dilma, como se sabe, tem problemas graves com a estética da língua: come interrogações e cospe vírgulas-perdigotos sem levar a mão à boca.

E deu a impressão de estar execrando o tal DilmaBoy. Nada disso. DilmaBoy, o garoto a quem ela manda um abraço caloroso e recomenda seguir no twitter — não é, gente — tem tudo para se transformar num dos ícones da campanha petista.

Tente assistir — não é fácil, eu sei, mas isto é História, é o retrato do Brasil de Dilma, da sem-noção de Dilma, do vale-tudo, absolutamente tudo, pela manutenção do poder. Agora me ocorreu: será zoeira do Marcelo Branco? Assista, se conseguir:

http://www.zocial.tv/today/All/1771830

Dilma adorou, twittou, está ajudando a divulgar o rapaz, que é uma graça. Parece a versão 2010 do menino do MEP. Que tal o rebolation? A criatividade da letra? A espetada no Serra? A divisão melódica? E por falar em divisão: não, DilmaBoy não é o menino magro e triste da nota rasgada, devolvendo a gentileza em notas esgarçadas e desafinadas.

Aquele era mineiro e hoje provavelmente é secretário das finanças de algum dos 800 municípios do estado. DilmaBoy é o goiano Paulo Reis, 25 anos e, surpresa!, “apaixonado por Dilma”, coitado.

O twitter do cara está bombando de milicianos – 14 mil seguidores.

Essa versão de “Telephone”, da Lady Gaga, supostamente foi o “sexto mais twittado do mundo” este mês, espalham os dilmistas, eufóricos. O do meu cachorro roendo um osso foi o quinto.

Um site petralha entrevistou DilmaBoy:

Você sonha em conhecer a Dilma?

Ah com certeza! Queria muito conhecer a Dilma. Gostaria de ouvir as propostas de governo dela, da boca dela.

Da boca dela? É Dilma na cabeça, sem dúvida.

Imaginem o que estaria berrando a companheirada se aparecesse uma figura dessas na campanha de qualquer adversário. Celso Arnaldo avisa que estão felizes.

É pouco dizer que os milicianos a serviço do stalinismo farofeiro não são normais. São doidos de pedra. Deveriam estar todos gritando palavras de ordem na eleição do orador da turma do hospício..

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  1. Comentado por:

    Hercules de Freitas

    …Em Tempo,
    pode parecer uma coisa batida na Coluna, mas veja só a propaganda do tesoureiro Delúbio “Omerta” Soares faz para o filho da Jorgina de Freitas e Frei Beto sobre o vídeo de apoio à candidatura presidencial de Dilma: O sucesso de Paulo, por conta de sua espontaneídade e talento, é o prenúncio de uma grande vitória. Assistamos essa manifestação artistica do já consagrado “Dilmaboy” e a repassamos adiante. DM de 22.07.2010.
    O sem voz, sem honra, sem vergonha, sem senso crítico, sem juizo, manisfesta apoio ao Dilmaboy, num jornal representante de tudo que falta neste velho conhecido do Conglomerado do PT Corporation.
    Não é de rir um pouco mais!

    Curtir