Bonita, a amizade

“Ele me disse que o pai dele me respeita muito e que a família me admira por tudo o que eu já fiz pelo Brasil. O filho do presidente é um perseguido, como eu. Responde a um processo na Justiça. Eu respondo a 15! Dei meu telefone para ajudá-lo no que for preciso”. Protógenes Queiroz, […]

“Ele me disse que o pai dele me respeita muito e que a família me admira por tudo o que eu já fiz pelo Brasil. O filho do presidente é um perseguido, como eu. Responde a um processo na Justiça. Eu respondo a 15! Dei meu telefone para ajudá-lo no que for preciso”.

Protógenes Queiroz, no jantar de aniversário do ministro Orlando Silva, relatado pela colunista Mônica Bergamo, descrevendo o “diálogo maravilhoso, emocionante mesmo” que teve com Fábio Luís, o filho de Lula que reapareceu no noticiário policial graças às descobertas feitas pela Operação Satiagraha, comandada pelo policial que desistiu de policiar.

Comentários
Deixe uma resposta

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s