A penúltima do Palocci: o homem com quem o ministro diz ter fechado o contrato de aluguel é um velho conhecido da polícia

Intrigado com o caso do apartamento alugado em São Paulo por Antonio Palocci, e também com o estranho prenome do suposto proprietário, o jornalista Celso Arnaldo Araújo saiu à caça de informações sobre Gesmo Siqueira dos Santos. Acabou encontrando um velho conhecido da polícia. Vejam o prontuário resumido do homem com quem Palocci, na nota […]

Intrigado com o caso do apartamento alugado em São Paulo por Antonio Palocci, e também com o estranho prenome do suposto proprietário, o jornalista Celso Arnaldo Araújo saiu à caça de informações sobre Gesmo Siqueira dos Santos. Acabou encontrando um velho conhecido da polícia. Vejam o prontuário resumido do homem com quem Palocci, na nota divulgada em resposta à reportagem de VEJA, confessou ter “firmado um contrato em bases regulares de mercado”.

POR CELSO ARNALDO ARAÚJO
Foi só pesquisar a esmo – encontrou-se um Gesmo.

A casa própria – o apê de 7 milhões, por baixo – já não tinha mistério: ali está investida uma pequena parcela do dinheiro do tráfico da boca de Palocci, que funcionou a todo vapor por quatro anos.

Mas o imóvel alugado, do mesmo padrão da casa própria, era muito, muito esquisito – mesmo para o dono de uma clínica insalubre de economia sanitária. Vinte tantos mil por mês jogados pela janela, quando se tem um imóvel vago, todo seu? A descoberta do laranja Dayvini, por VEJA, é só o primeiro pesponto da costura que pode levar a um esquema muito mais suspeito que a Projeto.

É tentador classificar Dayvini como um novo Francenildo na vida de Palocci – o humilde capaz de abater o poderoso só por existir. A diferença, porém, é radical: Francenildo era crítico, Dayvini é cítrico. O primeiro não mercantilizou sua dignidade, embora pudesse. O segundo alugou o nome, embora não precisasse.

Mas se o primeiro escândalo palocciano acabou em Francenildo, o segundo, ao que parece, apenas começa em Dayvini. Porque outro nome esdrúxulo merece agora toda a atenção do mundo civilizado: Gesmo Siqueira dos Santos. Sem medo do clichê: guardem bem esse nome.

O Google já o guardou, para sempre, invariavelmente atrelado a malfeitos de toda ordem. Em 2006, por exemplo, os jornais noticiavam sua autuação por desobediência. Um de seus postos de gasolina, o Auto Posto Trevão – ah, esses nomes! – havia sido lacrado pela Polícia Civil e agentes da Fazenda Tributária por – adivinhem! – combustível adulterado. Mas o que é um lacre para Gesmo? Na calada da noite, encostou um caminhão no posto interdito, dele puxou uma vistosa mangueira e encheu o tanque com a gasolina bêbada e álcool inchado de água – 4 mil litros no total. Horas depois, ainda noite, descarregava o precioso líquido em outro posto de sua propriedade, o Morumbi, quando foi preso em flagrante.

Sim, o Dr. Gesmo Siqueira dos Santos — OAB/SP 161.145-1 – nunca foi, exatamente, um guardião da lei. Uma pesquisa perfunctória no site de busca o mostrará como réu também em inúmeros processos trabalhistas. Num deles, de 2010, na vara de São Carlos, ele a mulher Elizabete da Costa Garcia, são intimados à penhora de bem em ação movida por Cosme Rocha de Lima. Intimados, sim, porque Gesmo e Elizabete se encontravam em “lugar incerto e não sabido”.

Esse tem sido o lugar preferido do casal, enquanto enriquecem fazendo negócios escusos e deixando um rastro de ilegalidades pelo caminho – ambos são fiéis na riqueza e na riqueza e na comunhão de processos na Justiça: 35, até agora.

Mas o deputado federal Antonio Palocci não teve nenhum problema em localizar o incerto e o não-sabido. Em sua própria nota de defesa para a matéria de VEJA, que vai acabar por derrubá-lo, ele escreve: “O contrato foi firmado em bases regulares de mercado entre Antonio Palocci Filho e os proprietários Gesmo Siqueira dos Santos, sua mulher, Elisabeth (sic) Costa Garcia, e a Morumbi Administradora de Imóveis.”

Ou seja: Gesmo, confessadamente, é o dono de fato e direito do apartamento alugado que deu muita sorte a Palocci – morando ali, ele ficou podre de rico.

No ano passado, estreei na malha fina do IR porque um Javert da Receita descobriu – e nem eu sabia – que sou sócio com 1% de microempresa desativada, em nome de um de meus filhos, com capital de 1 real. Caí na malha, portanto, por 1 centavo.

Gesmo permanece ativo – comprando imóveis de milhões e alugando-os a deputados federais e ex-ministros da Fazenda. Declara-os à Receita, para perguntar o mínimo?

Palocci continua ministro – alugando imóveis milionários de plantadores de laranja e portadores de alentadas folhas corridas. A quem declara ele pagar os alugueres, para perguntar o mínimo?

Gesmo é personagem típico da era PT. Gesmo é mais do mesmo.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  1. Comentado por:

    EXTREMA DIREITA

    CARO AUGUSTO, POR FAVOR, DEPOIS DA BOMBA NUCLEAR DISPARADA PELA FOLHA DE SÃO PAULO, QUE IMPLODIU O PALLOCCI, QUE CONTINUA GORDO E SORRIDENTE, VOCÊ PODERIA TOMAR UMA ATITUDE EXTREMAMENTE PATRIÓTICA PARA OS BRASILEIROS E PARA O EX-MINISTRO, DESANUVIANDO DE VEZ ESSA PECHA NEGATIVA QUE SE REFORÇOU COM A SUA RENÚNCIA. PEÇA À PRODUÇÃO DO “RODA VIVA” PARA CONVIDAR O PALLOCCI PARA EXPLICAR NO PROGRAMA O QUE REALMENTE, INTERESSA. O MINISTRO EM 2006 TINHA DECLARADO COMO PATRIMÔNIO TOTAL R$ 375.000,00 À RECEITA. EM 2010 a DECLARAÇÃO FECHOU EM , PELO MENOS R$ 7,5 MILHÕES. DIGITANDO NUMA CALCULADORA FINANCEITA TEMOS QUE : R$ -375.000 é PV ( Valor presente), 5 é 60 “n”,( tempo) , o valor futuro, “FV” é o VALOR FUTURO DE R$ 7,5 MILHÕES, OU SEJA O MÍNIMO, REPRESENTADO APENAS PELOS DOIS IMÓVEIS. ORA, CALCANDO A TECLA DA INCÓGNITA i”%”, TEMOS QUE O EX-MINISTRO OBTEVE UMA VARIAÇÂO PATRIMONIAL POSITIVA DE ESCABROSOS E OBSCENOS 5,11%( CINCO INTEIROS e ONZE CENTÉSIMOS POR CENTO AO MÊS), DURANTE TODO UM LONGO PERÍODO DE 60 MESES, QUANDO O MERCADO, PARA QUANTIAS APLICADAS ACIMA DE R$ 1 MILHÃO, PAGA TÃO SOMENTE, EM CASOS RARÍSSIMOS, 1% AO MÊS. PARA DAR MAIS PROCEDÊNCIA TÉCNICA AO EXEMPLO AQUI DADO, CONVIDE COMO DEBATEDORES, UM ECONOMISTA DE PESO, COMO O LUIS CARLOS MENDONÇA DE BARROS E/OU GESTORES DE GRANDES FORTUNAS DE IDÊNTICO PESO, COMO O GUSTAVO CERBASI OU O ARMÍNIO FRAGA. GARANTO A VOCÊ, QUE VAI SER , PELO MENOS PARA MIM, O MELHOR ” RODA VIVA” DE TODOS OS TEMPOS, PORQUE A CHALEIRA VAI FERVER. QUERO VER A CARA DO PROCURADOR GERAL DA REPÚBLICA DEPOIS DESSA, DO SECRETÁRIO DA RECEITA FEDERAL, DO CONTROLADOR GERAL DA UNIÃO, A DO SENADOR ROMERO JUCÁ E A DO EX MINISTRO DO STF SEPÚVEDA PERTENCE QUE, AO INVÉS DE DIZER BOBAGENS, DEVERIA ESTAR EM CASA CUIDANDO DOS NETOS, TODOS ELES DEFENDENDO PALLOCCI. EU PRECISO APRENDER SOBRE EM QUE INSTITUIÇÃO ELE CONSEGUE REMUNERAÇÃO CADENCIADA MENSAL DE MAIS DE 5% AO MÊS, COM SEGURANÇA, POIS ESTOU VENDENDO ALGUNS DE MEUS IMÓVEIS, COM BAIXÍSSIMA RENTABILIDADE DE ALUGUÉIS, PARA BUSCAR MELHORES TAXAS NO MERCADO FINANCEIRO, MAS MESMO COM QUANTIA PESADA, NÃO ENCONTREI NADA ALÉM DE 1% AO MÊS. SERÁ QUE ESSES 5% SÃO REMUNERAÇÃO PRIVILEGIADA EM TROCA DE INFORMAÇÔES DA MESMA NATUREZA?
    Ótima ideia, amigo. abração

    Curtir

  2. Comentado por:

    Juçara

    Esse Gesmo que alugou o apartamento ao paloci é filiado ao pt, de maua-sp, onde tem um prefeito petista, berço dos petistas…. ah bom… só queria entender…

    Curtir

  3. Comentado por:

    Marcelo Renato

    Brasileiros?????
    Pelo jeito aqui no Brasil as coisas só resolvem através do Paredon. Vai morrer muita gente boa mas vai morrer muito mais gente ruim.

    Curtir

  4. Comentado por:

    luis renato

    O meliante saiu debochando de todo mundo com direito a discurço de despedida e falando que se sacrificou pelo bem da nação. É muita cara de pau . Ainda tivemos que engolir guela abaixo elogios da presidenta e da nova ministra . É estarrecedor saber que esse meliante traficante vai reabrir a empresa dos milagres .

    Curtir