Blogs e Colunistas

17/06/2011

às 18:30 \ Esporte

As 10 coisas que fazem de Neymar nossa aposta para 2014

Depois de dois vexames na Alemanha e na África do Sul, a seleção brasileira vai disputar a próxima Copa do Mundo em casa, sob pressão enorme para levantar o hexa – e um jovem craque de cabelo moicano é a principal esperança da torcida.

Por Giancarlo Lepiani

10. Ele tem tudo para chegar na Copa voando baixo
(Foto: Luiz Fernando Menezes/Fotoarena/Folhapress)

(Foto: Luiz Fernando Menezes/Fotoarena/Folhapress)

Hoje com 19 anos, Neymar terá 22 em 2014. Depois de arrumar algumas confusões, ele tem amadurecido bastante nos últimos meses, e está sendo submetido a um cuidadoso tratamento de fortalecimento muscular – o que permitirá que ele não caia tantas vezes nas divididas com os zagueiros. Terá disputado Copa América e Copa das Confederações, e possivelmente trocado o Santos por um gigante do futebol europeu. Apesar de jovem, ele pode chegar a 2014 no seu melhor momento.

Deixe o seu comentário

Aprovamos comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais (e-mail, telefone, RG etc.) e links externos, ou que sejam ininteligíveis, serão excluídos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.

» Conheça as regras para a aprovação de comentários no site de VEJA

15 Comentários

  1. Muricy

    -

    25/06/2011 às 1:01

    Muricy na seleção já!!! O mano é bom técnico mas o Muricy é melhor, e o Muricy também é ótimo psicólogo, esta aí o segredo do Muricy ganhar tantos campeonatos.

  2. moises dias

    -

    23/06/2011 às 9:28

    Respondendo ao Fabricio:

    1. Este mesmo Neymar não conseguiu desequilibrar nem final de Campeonato Paulista, só marcou na segunda partida devido falha absurda do goleiro corinthiano.
    R. Ou seja, com falha ou sem falha quem decide é o Neymar.

    2. Suas quedas não devem-se a estrutura física e sim “jeitinho brasileiro”.
    R. Jeitinho brasileiro que já amealhou 5 títulos de Copa…vamos bem com Neymar.

    3. Nas últimas 05 partidas pela seleção apenas duas vitórias não tem decidido nada.
    R. Neymar não é leão de treino.

    4. No primeiro jogo da Libertadores teve apenas um lance pessoal em 90 minutos, pouco para um novo Pelé.
    R. Marcou 5 gols na Libertadores e inspirou o time todo o tempo. No último jogo da Libertadores abriu o caminho para o título. O maior jogador do Santos depois de Pelé, o que não é pouco, porque ninguém no mundo será igual à Pelé.

    5. Geralmente é o jogador que sofre maior número de desarmes devido prender demais a bola.
    R. Sofre falta porque não sabem como tirar a bola dele.

    6. Prefere cair e ficar com a falta que avançar em direção ao gol.
    R. Prefere cair porque sabe quando não poderá prosseguir com a bola: isto se chama inteligência.

    7. Quando ele decidiu um jogo com a amarelinha principal???
    R. A amarelinha está em ritmo de treino ainda…não teve nada para decidir.

    8. É café com leite da mídia, mesmo quando some do jogo é poupado pelos josrnalistas.
    R. A genialidade dele é daquelas que permite estar apagado quase o jogo inteiro e em um segundo decidir a partida. Só os puros craques podem se dar esse luxo.

    9. Não sabe perder, quando não ganha tudo atrapalha, desde vulcão e juíz até gramado e iluminação do estádio.
    R. Concordo. Não sabe perder. Dos 5 títulos que disputou, ganhou 4!!!

    10. Brasil deverá jogar muito pressionado pois garantiu a vaga apenas como país sede em uma Copa repleta de problemas. Sem pressão ele não vem decidindo amistoso, imagina com peso nas costas…
    R. Os 4 títulos conquistados em 5 disputados e o protagonismo que ele assume sem medo no grupo da seleção, sendo tão jovem, prometem uma Copa maravlhosa com ele. A inveja que têm dele parece que funciona como combustível para esse rapaz. Bom para o Brasil.

  3. Marcos

    -

    22/06/2011 às 15:48

    Cuidado com o garoto, não o queimem. Ele tem muito talento e deverá aprimorar suas qualidades, amadurecendo. Vejam o comentário dum jornalista argentino sobre um Pelé muito jovem, em 1961 ( traduzi para vocês, pois sou argentino morando no Brasil):”Organiza. Realiza. Premedita. Improvisa. Inicia. Concreta. Dribla. Economiza. Chuta. Cabeceia. Ataca. Defende. Pivota. Obstrui. Habilidoso. Inteligente. Talentoso. Jovem (21 anos). Futebolisticamente maduro (“vê” onde poucos enxergam, tem “panorama” do que se passa onde ele não está). Veloz como um sprinter. Pausado como um estrategista. Astuto. Rude onde tem que ser rude. Prestidigitador com a bola. Sutil e malabarista. Duro e chocador quando é necessário. Estrela excludente em qualquer equipe que integre, seja no Santos ou na seleção brasileira. Mas ao mesmo tempo generoso para brindar-se como pião. Poderia jogar muito bem como eixo que faça girar aos outros. Prefere façé-lo melhor: é eixo e satélite. As vedetes que como ele produzem o futebol de quando em quando, são moles; ele é vedete sendo duro, indo “às brasas” da área, buscando voltando aonde encontrou rudezas. Suportándo-as. E devolvendo-as também. Porque joga COM GANA. O SINTE. Tudo isso o reúne Pelé, além das duas pernas e uma cabeça destras e maduras. Hábeis e talentosas. Sincronizadas. Conceição e execução. Tudo isso é possível para o Pelé. Tudo isso é o Pelé, certamente o mais extraordinário e completo futebolista do mundo nestes momentos. Buenos Aires gostou da delicia dum futebol assim, dum futebolista assim de excepcional, na noite da quinta feira 28 na cancha do Huracán. Mais fácil que dizer o que é o Pelé, resultou determinar o que lhe falta ao Pelé. Ser branco, pois é negro. De ter sido branco só lhe faltaria ser negro. Futebolisticamente o tem tudo. O pode tudo. Pelé numa cancha de futebol é futebol feito prazer. Prazer de genialidades, que todas são possíveis em Pelé, o sem metáfora fenômeno Pelé. A existência do Edson Arantes do Nascimento no futebol é um fenômeno no capricho da criação humana para o futebol. Os há poucos no meio século do futebol organizado. Pouquíssimos: Orth, na Europa Central; Matthews, nas ilhas britânicas. Pedernera, na América do Sul… Pelé para todo o mundo na atualidade”. Dante Panzeri, El Gráfico, 4 de outubro de 1961

  4. ana garcia

    -

    22/06/2011 às 11:12

    E ainda tem gente que diz que Neymar não joga nada. Deve ser algum corintiano ou são paulino frustrado, invejoso…

  5. IGOR

    -

    21/06/2011 às 10:33

    VAMOS COM CALMA, ROTULAR O NEYMAR DE CRAQUE ACHO Q E MUITO PRECIPITADO, DIZIAM O MSM DO ROBINHO E DO DIEGO E A EXPECTATIVA NAO SE CONFIRMOU, O NEYMAR AINDA NAO GANHOU NADA COM A SELEÇAO, E ACHO Q SOZINHO NAO VENCE UMA COPA DO MUNDO.

  6. janio

    -

    20/06/2011 às 14:21

    O Santos deve vender o Neymar para o Real Madrid ou para outro clube grande da Europa para o bem dele e para o bem da Seleção brasileira em 2014.

  7. china

    -

    20/06/2011 às 11:53

    Falam que o Brasil é o país do futebol e carnaval, mais é verdade, são esses dois que ainda nos dão alegria, principalmente com o Neymar disputando a copa de 2014 aqui no Brasil, pois os políticos só fazem palhaçada, a começar pelo ex-presidente da república.

  8. RÔ Dias

    -

    20/06/2011 às 11:48

    A imprensa brasileira é algo a ser estudado profundamente. O Dunga teve uma performance maior do que esse Mano Menezes e ele é coberto por uma capa protetora inexplicável. Não serei leviana de inferir qq interesse comercial ou financeiro nessa história. No entanto, é de se estranhar a postura da imprensa diante do fracasso, até agora, do técnico atual da seleção.Espero que a veja saia na frente é faça uma análise justa, colocando os números. Não para defender o técnico Dunga, que ele não precisa, mas sim, mostrar o que protege tanto esse técnico.

  9. Ronaldo B.

    -

    20/06/2011 às 11:43

    Neymar é gênio da bola, da linhagem de Romário e Ronaldo. Vai ganhar a Copa para o Brasil se Mano Menezes não atrapalhar.

  10. Hildeberto Aquino

    -

    20/06/2011 às 11:42

    Mais um endeusamento da mídia esportiva que vive a criar mitos, pois deles sobrevive. Foi assim com o Ronaldinho, com o Robinho, com o Kaká e tantos outros que quando chegam à seleção se apagam completamente. Falta muito a essa gente!

  11. Junio Gama

    -

    20/06/2011 às 11:33

    Considero o Neymar um excelente jogador, porém sem todos os predicados midiáticos que muitos insistem em divulgar.
    Ele assume uma postura “saltitante-pedalante” , que até pode agradar as platéias que buscam divertimento, o que deve ser considerado, contudo, é pouco objetivo. Se coloca muito na ponta esquerda, o que no futebol moderno penso que já está ultrapassado.
    Resumindo … está muito mais para Robinho do que para Pelé .

  12. Fabricio Carvalho

    -

    20/06/2011 às 11:20

    +10
    1. Este mesmo Neymar não conseguiu desequilibrar nem final de Campeonato Paulista, só marcou na segunda partida devido falha absurda do goleiro corinthiano
    2. Suas quedas não devem-se a estrutura física e sim “jeitinho brasileiro”
    3. Nas últimas 05 partidas pela seleção apenas duas vitórias não tem decidido nada
    4. No primeiro jogo da Libertadores teve apenas um lance pessoal em 90 minutos, pouco para um novo Pelé
    5. Geralmente é o jogador que sofre maior número de desarmes devido prender demais a bola
    6. Prefere cair e ficar com a falta que avançar em direção ao gol
    7. Quando ele decidiu um jogo com a amarelinha principal???
    8. É café com leite da mídia, mesmo quando some do jogo é poupado pelos josrnalistas
    9. Não sabe perder, quando não ganha tudo atrapalha, desde vulcão e juíz até gramado e iluminação do estádio
    10. Brasil deverá jogar muito pressionado pois garantiu a vaga apenas como país sede em uma Copa repleta de problemas. Sem pressão ele não vem decidindo amistoso, imagina com peso nas costas…

  13. Guimarães

    -

    20/06/2011 às 11:13

    Estão fazendo muito carnaval com este rapaz. Não tem tanto futebol assim não, a mídia construiu este garoto. Lucas joga muito mais objetivamente e não recebe o mesmo tratamento, pois não interessa ECONOMICAMENTE. Ele sabe “jogar bola” só isso! No futuro, quando estiver na Europa…. todos verão sua verdadeira posição no esporte. Boa sorte para todos, inclusive nós!

  14. Wagner

    -

    20/06/2011 às 9:50

    Não confio no Mano Menezes, prefero Felipão Ou Murici Ramalho que é o melhor tecnico do Brasil…

  15. maiara rocha dias

    -

    18/06/2011 às 10:53

    nossa!!! tem mtas coisas pra falar do neymar mais espero que ele faça mtos gols nessa copa de 2014!!!e tmb essa copa vai ser aki no brasil!!!vamos la neymar estou apostando em vc!! meu ar bjks

 

Serviços

 

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados