Últimas notícias / Agência Estado

17 de Fevereiro de 2011

Comportamento

Conheça as "luzes texanas" a tendência do momento

São Paulo, 17 (AE) - As luzes do verão 2011 têm sotaque europeu: ombre hair. O termo que vem do francês define uma técnica de coloração capilar que já pegou entre as fashionistas e fez a cabeça das famosas em Hollywood. Por definição, ombre significa ‘sombra’, e designa um tingimento dos cabelos sem mechas marcadas, com o objetivo de iluminar o visual. As adeptas estão nas revistas de celebridade: as atrizes Julia Roberts e Drew Barrymore são algumas das referências da técnica atualmente, e convenceram muitos hair stylists por aqui de que a tendência vai marcar a estação.

O aspecto democrático das luzes texanas, como também é chamado o efeito do ombre hair, é seu grande apelo, dizem especialistas. De acordo com Rodrigo Cintra, stylist do programa "Esquadrão da Moda" (SBT), o ombre hair não tem contraindicação, e pode ser aplicado a qualquer tipo de cabelo, comprido ou curto, liso ou ondulado, e cai bem em loiros e castanhos. "Cabelos curtos pedem mais cautela na hora do tingimento, já que o tamanho do cabelo dificulta o efeito das mechas e o efeito pode aparentar manchado", diz a cabeleireira e especialista em coloração Gaby Diomkinas, do salão Bardot. "Se for um chanel desconectado, repicado, por exemplo, fica legal."

O hair stylist Maurício Morelli, do Vimax Art Hair Beauty, lembra que a técnica permite fazer um visual personalizado, a partir da escolha do tom das luzes, que leva em conta as características de cada rosto. "A coloração vai ser definida a partir do tom da raiz. A cor dos olhos e o formato do rosto também contam." Em geral, as mechas começam na altura do lóbulo da orelha. "Se o tom mais claro inicia na altura da testa, os olhos se destacam. Se começarem na altura do nariz, clareiam o rosto. O visual é iluminado e natural", diz Morelli.

Manutenção e cuidados - A manutenção da cor não é dispendiosa, já que pode ser feita a cada três ou quatro meses, para reequilibrar as nuances do dégradé e realçar o brilho dos fios. "Em alguns casos, a manutenção só é necessária quando a cliente quer mudar o corte, reforçar ou escurecer o cabelo", diz Gaby Diomkinas e lembra que o principal cuidado é a hidratação. "Pode ser feita em casa ou no salão, de preferência semanalmente."

BOXE 1:

QUEM ESTÁ USANDO

DREW BARRYMORE - É referência entre as fashionistas e uma

das primeiras a adotar luzes em dégradé. A raiz é mantida no

tom natural, e o fio é clareado gradualmente, até dourar as pontas;

RACHEL BILSON - A atriz que ficou famosa como a Summer do seriado "The O.C", exibe exemplo da coloração em cabelo escuro. As luzes, em dégradé, têm efeito suave;

LEIGHTON MEESTER - A atriz do seriado "Gossip Girl", optou por luzes menos espaçadas, que começam na altura do nariz, num tom mais loiro. A versão, mais ousada, rouba a atenção do castanho;

JULIA ROBERTS - Ela mostrou que o ombre hair não precisa mudar radicalmente a cor das madeixas. O cabelo castanho escuro da atriz ganhou efeito muito sutil com a técnica de clareamento;

ALEXA CHUNG - A apresentadora inglesa fashionista foi uma das precursoras da tendência e mostrou que os curtos também têm vez. Seu chanel desconectado ganhou mechas mais claras;

Boxe 2:

LEMBRA DAS CALIFORNIANAS?

Há quem confunda ombre hair com mechas californianas, técnica de tingimento que imita o efeito do sol no cabelo, também envolve sombra

e marca as pontas dos fios de loiro. Mas a semelhança com a técnica que fez sucesso nos verões passados é só coincidência.

O hair stylist Rodrigo Cintra explica que, no ombre hair, as mechas são mais sutis e pouco definidas. "Fios em tom natural se fundem aos tingidos. O tom cai em dégradé", explica ele. Na técnica californiana, as pontas dos fios são marcadas e têm efeito artificial.


Copyright © Agência Estado. Nenhuma das informações contidas neste servidor pode ser reproduzida, seja a que título for, sem o acordo prévio da Agência Estado.



 

Serviços

 

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados