Publicidade
buscas
cidades PROGRAME-SE
Edição 1 768 - 11 de setembro de 2002
Guia Viagem

estasemana
(conteúdo exclusivo para assinantes VEJA ou UOL)
Índice
Seções
Brasil
Especial
Internacional
Economia e Negócios
Geral
Guia
 

Teste seu preparo para dirigir
Prêmio aos tagarelas
Segredos da pele
O custo do divórcio
Garanta o melhor lugar no avião
Busca de vaga é mais eficiente pela internet
O que estou lendo

Artes e Espetáculos

colunas
(conteúdo exclusivo para assinantes VEJA ou UOL)
Claudio de Moura Castro
Gustavo Franco
Diogo Mainardi
Roberto Pompeu de Toledo

seções
(conteúdo exclusivo para assinantes VEJA ou UOL)
Carta ao leitor
Entrevista

Cartas
Radar
Holofote
Contexto
VEJA on-line
Veja essa
Arc
Gente
Datas

Para usar
VEJA Recomenda
Os livros mais vendidos

arquivoVEJA
(conteúdo exclusivo para assinantes VEJA ou UOL)
Arquivo 1997-2002
Reportagens de capa
2000|2001|2002
Entrevistas
2000|2001|2002
Busca somente texto
96|97|98|99|00|01|02


Crie seu grupo




 
Garanta o melhor lugar

Nem todas as poltronas do avião
são iguais.
Saiba como evitar os
micos e viajar com conforto

O avião é o mesmo, mas os lugares são muito diferentes, mesmo na classe econômica. A localização é um dos aspectos que podem fazer grande diferença numa viagem longa. É bom verificar, por exemplo, o modelo da aeronave e a posição das turbinas. Qualquer passageiro pode consultar o mapa do avião durante o check-in, mas o ideal é fazer a reserva com antecedência, pois as poltronas mais confortáveis são muito disputadas.

A primeira fila da classe econômica e aquelas correspondentes à saída de emergência costumam ser as mais espaçosas, porque não há cadeiras na frente. A grande vantagem é que ninguém vai reclinar o assento em cima de suas pernas. Isso é muito bom especialmente na hora da refeição e permite ler com mais tranqüilidade. Dependendo do avião, porém, essa primeira fileira não é recomendável para quem gosta de ver filmes. A tela costuma ficar muito próxima do passageiro e muito alta em relação a sua posição. É torcicolo na certa. Se a idéia é assistir à fita, é mais negócio escolher um lugar ao lado do corredor, entre a terceira e a sétima fileira.

Quando a viagem ocorre na baixa temporada, um bom truque é reservar aquele assento do meio, de que ninguém gosta. Como o vôo estará quase vazio, os demais passageiros preferirão escolher outras fileiras, deixando a sua inteirinha a seu dispor.

Em relação ao barulho das turbinas, as poltronas da frente costumam ser as mais confortáveis. O mesmo acontece quanto às sacudidelas de turbulência, muito mais perceptíveis na parte de trás. O ponto mais estável é bem em cima da asa, onde nem sempre as pessoas gostam de viajar porque não há como ver a cidade na decolagem ou no pouso. Mico certo são os assentos próximos ao banheiro ou nas imediações da cozinha, por causa do movimento. Evite-os.

 

Busca de vaga é mais eficiente
pela internet

Candidato precisa saber aproveitar
as vantagens do cadastro digital

A internet tornou-se uma ferramenta de contratação utilizada pelo departamento de recursos humanos das empresas. Levantamento feito por VEJA indica que 76 das 100 maiores companhias privadas do país recebem currículos em seu site, a maioria por meio de formulário padronizado. A vantagem é que o profissional não precisa preocupar-se com o formato, um problema habitual de quem está à procura de emprego. O melhor do envio pela internet é que, enquanto boa parte dos currículos que seguem pelo correio acaba na lata do lixo, esse cadastro digital fica arquivado para futura consulta, mesmo que não haja interesse imediato. É no banco virtual de currículos que começa a busca pelo profissional adequado quando surge uma vaga. Outra boa novidade é que as grandes companhias passaram a anunciar diretamente em seu site as vagas em aberto, sobretudo aquelas que exigem maior qualificação. As 100 maiores empresas oferecem hoje empregos aos quais é possível candidatar-se sem sair de casa e gastando apenas alguns minutos. Veja no quadro os endereços de alguns sites que anunciam as vagas e recebem currículos.


Colaboraram Josélia Aguiar e Maurício Oliveira


 
 
   
  voltar
   
  NOTÍCIAS DIÁRIAS