Os empresários que deram o que falar

Eles lideraram negócios que deram certo - e outros nem tanto. Ainda assim, movimentaram o mercado de fusões e aquisições no país e avançaram na consolidação de seus conglomerados

1 de 8

Abílio Diniz - O ambicioso

Um dos homens mais ricos do Brasil, o fundador e presidente do conselho do Grupo Pão de Açúcar (GPA), Abílio Diniz, protagonizou em junho de 2011 um dos episódios mais desgastantes da história recente do cenário empresarial. Diniz teria idealizado, junto à gestora Estáter, uma tentativa de fusão com o grupo francês Carrefour. O problema é que o empresário esqueceu-se de comunicar sua vontade a seu sócio, Jean-Charles Naouri, presidente do grupo Casino – que detém 48,1% das ações do GPA. Naouri jurou ter ficado sabendo das negociações por meio da imprensa e acabou acionando Diniz na Câmara Internacional de Arbitragem, por quebra de contrato. A polêmica tentativa de Diniz, que o tornaria o maior acionista individual do grupo Carrefour, foi por água abaixo no mês de agosto. Ao que tudo indica, em 21 de junho de 2012, o empresário terá mesmo de deixar o posto de comando do GPA, como está previsto no contrato de acionistas. Essa mudança de cargo, aliás, teria sido o motivo de todo o imbróglio.

Arte: André Fuentes | Programação: Lucas Dantas
Compartilhar
 

Serviços

 

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados